bloguei
  Eu blogo, tu blogas, ele bloga, nós blogamos e todos dão opinião.
bloguei Ribeirão Preto Dicas, Notícias e Muito mais...
 
 Teste do HC de Ribeirão Preto detecta tuberculose em apenas dois minutos
Técnica adotada permite avaliação rápida e impede que doença se espalhe.
Método do exame já é aplicado para diagnosticar malária, hepatite e HIV.

Um teste simples vem permitindo que o Hospital das Clínicas (HC) de Ribeirão Preto (SP) estabeleça um plano mais eficaz de combate à tuberculose e evite que a doença se espalhe. Com apenas uma fita e um reagente, a contaminação é detectada em até dois minutos – tempo que chega a ser 30 vezes mais rápido que o exame até então realizado.

Chamado “point of care test” (Poct), o procedimento já é usado por profissionais de saúde em outros diagnósticos como de hepatite, malária e HIV. Há um ano e meio, o HC passou a utilizá-lo também para detectar casos de tuberculose, melhorando o tempo de análise. “O diagnóstico rápido e o tratamento efetivo são os dois pilares do controle da doença”, explica o médico infectologista Valdes Bollela.

Para que o teste seja feito, é coletada uma mostra de catarro do paciente, que é misturada com um reagente e colocada sobre um equipamento do tamanho de um pen drive que detecta exclusivamente o causador da tuberculose.
"Quando eu coloco a mostra, ela reage com o bacilo. Se ele estiver presente, aparece uma marca que indica a doença. Quando a cultura tem uma bactéria que não é da tuberculose, aparece uma linha que é do controle e não aparece a linha da tuberculose”, ressalta Bollela. Ainda segundo ele, o teste sai mais barato que qualquer outro método.

Eficácia
Devido à sua rapidez, o Poct aumenta a eficácia do tratamento para a tuberculose, uma vez que permite um diagnóstico precoce da doença. Antes dele, a mostra passava por um exame molecular, que levava dois dias para apresentar os primeiros resultados. Tal análise era feita apenas no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo (SP).

O diagnóstico rápido também impede que a doença se espalhe. Segundo Bollela, um doente pode infectar até 15 pessoas no período de um ano se não receber o tratamento adequado. O HC faz, em média, 100 testes de tuberculose por mês, dos quais 15% apresentam resultado positivo.
Desenvolvimento

Agora, o objetivo dos profissionais de saúde é fazer com que o teste também seja realizado pelo próprio paciente. “Já temos estudos mostrando que você pode pegar o escarro do paciente para testar e detectar a doença. Os testes ainda não estão liberados para esse uso, mas a pesquisa está sendo nessa direção”, afirma Bollela.
 
 
 
posts bloguei Posts
Setembro de 2010 5  postagens    
Fevereiro de 2011 5  postagens    
Março de 2011 26  postagens    
Maio de 2011 19  postagens    
Julho de 2011 11  postagens    
Agosto de 2011 11  postagens    
Janeiro de 2012 19  postagens    
Julho de 2012 8  postagens    
Outubro de 2012 1  postagens    
Novembro de 2012 8  postagens    
Maio de 2013 4  postagens    
Junho de 2013 16  postagens    
Outubro de 2013 1  postagens    
Novembro de 2013 1  postagens    
Dezembro de 2013 1  postagens    
Janeiro de 2014 4  postagens    
Junho de 2014 9  postagens    
Agosto de 2014 1  postagens    
Setembro de 2014 1  postagens    
Novembro de 2014 1  postagens    
Dezembro de 2014 5  postagens    
Janeiro de 2015 7  postagens    
Fevereiro de 2015 36  postagens    
Março de 2015 19  postagens    
Abril de 2015 17  postagens    
Maio de 2015 29  postagens    
Junho de 2015 16  postagens    
Julho de 2015 44  postagens    
Agosto de 2015 73  postagens    
Setembro de 2015 214  postagens    
Outubro de 2015 238  postagens    
Novembro de 2015 198  postagens    
Dezembro de 2015 125  postagens    
Janeiro de 2016 70  postagens    
Fevereiro de 2016 125  postagens    
Março de 2016 126  postagens    
Abril de 2016 28  postagens    
Junho de 2016 1  postagens    
Todos os Posts
Categorias
0
Cemitérios
Cidades
Ciência
Cultura e Lazer
Dicas
Economia
Educação
Esporte
Gastronomia
Iphone
Meio Ambiente
Moda
Mundo
Natureza
Notícias
Parques
Planeta Bizarro
Política
Prefeituras
Saúde
Tecnologia
windows 10
 
Untitled Document