bloguei
  Eu blogo, tu blogas, ele bloga, nós blogamos e todos dão opinião.
bloguei Ribeirão Preto Dicas, Notícias e Muito mais...
 
 História Cemitério Da Irmandade Da Santa Casa De Misericórdia de RS
A cidade de Porto Alegre foi uma região habitada inicialmente pelos índios Guaranis. No século XVII o tropeiro Jerônimo de Ornellas Menezes e Vasconcelos estabeleceu-se em um pequeno sítio às margens da lagoa do Viamão, dando início a formação do povoado. Porto Alegre teve quatro nomes diferentes antes de ser considerada cidade: Porto de Viamão (1732), Porto do Dorneles (1740), Porto dos Casais (1772) e Nossa Senhora Madre de Deus de Porto Alegre (26 de março de 1772). 

Em 1808 foi elevada à categoria de vila e em 1822 à de cidade. O cemitério Santa Casa foi construído em 1843, no “Alto da Azenha” pelo general Luis Alves de Lima e Silva – o Duque de Caxias, devido à necessidade urgente da construção de um novo cemitério, já que o antigo ficava nos fundos da igreja matriz, e estava superlotado. Inaugurado em 1850 coube a Santa Casa assumir a administração do mesmo. Atualmente o cemitério possui onze hectares de área, contado com as galerias para os sepultamentos em gavetas; área nobre para os jazigos e monumentos funerários; local para os sepultamentos comuns e para indigentes. 

Ele reúne um belo e rico acervo de monumentos com esculturas de mármore, de granito e de bronze, realizados por marmoristas e escultores locais e de demais partes do Brasil. Vê-se a forte influência da arte funerária européia na ala histórica do cemitério.

Cronologia:
1732 - o Tropeiro Jerônimo de Ornelas Menezes e Vasconcelos se instala nas terras às margens da lagoa de Viamão.

1740 - Jerônimo de Ornelas recebe a carta de Sesmaria, e traz seus parentes e agregados, formando assim uma comunidade.

1752 - Chegaram sessenta casais açorianos com seus filhos para se instalarem próximos ao povoado de Viamão.

1753 - Notícias do Cemitério de Porto Alegre, localizado na antiga Praça da Harmonia na beira do rio Guaíba.

1772 - A freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Viamão é dividida em duas.

1772 - Os sepultamentos passaram a ocorrer no cemitério e dentro da Igreja Matriz. O cemitério se estendia desde os fundos da Matriz, na Rua Duque de Caxias até a rua do arvoredo, hoje Coronel Fernando Machado.

1773 - Novo edital rebatiza a pequena povoação como Madre de Deus de Porto Alegre, houve a transferência da câmara municipal de Viamão para Porto Alegre.

1784 / 1790 - Instalação do primeiro Cemitério junto com a Igreja Matriz, cemitério da Santa Casa de Misericórdia.

1803 - Lançada à pedra fundamental para a construção da Santa Casa de Misericórdia.

1808 - Porto Alegre elevada à categoria de vila.

1822 - Porto Alegre elevada à categoria de cidade.

1825 – Autorização para a construção de outro cemitério no território da Igreja Matriz, ele seria destinado a enterrar os condenados à pena capital.

1825 - Autorização para fazer a Capela dos Passos ao lado da Santa Casa de Misericórdia. Cemitério no local.

1835 - Guerra da Farroupilha.

1836 - Os imperiais retomam a cidade.

1843 - No alto da colinha Azenha inicia-se a construção do novo cemitério secularizado, o da Santa Casa de Misericórdia, previsão para ocupar uma área de 8,4 ha. de superfície.

1845 - Primeiros imigrantes italianos e alemães desembarcaram na capital do estado do Rio Grande do Sul.

1849 - Instituiu-se o regimento para o Cemitério da cidade de Porto Alegre.

1850 - Inauguração do cemitério Santa Casa.

1856 - Instalação do Cemitério Evangélico Luterano, área contígua ao cemitério da Santa Casa. Possui vegetação de grande porte, por isso denominado também de Cemitério Floresta.

1865 - Guerra do Paraguai.

1888 - Início do cemitério São José I, comunidade alemã católica, Alto da Azenha.

1893 - O cemitério da Santa Casa já continha 43 anos de existência e 50.000 mortos.

1908 – Inauguração do Cemitério da Irmandade São Miguel e Almas. A referida Irmandade se desvinculou do Cemitério da Santa Casa. Foi Instalado no lado oposto da estrada da Cascata.

1915 - Ampliação do cemitério Evangélico, chamado a segunda parte de cemitério São José II.

1931 – Ampliação do Cemitério São Miguel e Almas. Inauguração da primeira parte das galerias com catacumbas. Projeto de Armando Boni.

1936 - Inauguração do cemitério público São João distante do bairro Azenha.

1940 - A cidade assume seu caráter de centro administrativo, comercial, industrial e financeiro do Estado do Rio Grande do Sul.
Final do século XX - Instalação nos Altos da Azenha os cemitérios: Batista, Espanhol e da União Israelita.
 
 
 
posts bloguei Posts
Setembro de 2010 5  postagens    
Fevereiro de 2011 5  postagens    
Março de 2011 26  postagens    
Maio de 2011 19  postagens    
Julho de 2011 11  postagens    
Agosto de 2011 11  postagens    
Janeiro de 2012 19  postagens    
Julho de 2012 8  postagens    
Outubro de 2012 1  postagens    
Novembro de 2012 8  postagens    
Maio de 2013 4  postagens    
Junho de 2013 16  postagens    
Outubro de 2013 1  postagens    
Novembro de 2013 1  postagens    
Dezembro de 2013 1  postagens    
Janeiro de 2014 4  postagens    
Junho de 2014 9  postagens    
Agosto de 2014 1  postagens    
Setembro de 2014 1  postagens    
Novembro de 2014 1  postagens    
Dezembro de 2014 5  postagens    
Janeiro de 2015 7  postagens    
Fevereiro de 2015 36  postagens    
Março de 2015 19  postagens    
Abril de 2015 17  postagens    
Maio de 2015 29  postagens    
Junho de 2015 16  postagens    
Julho de 2015 44  postagens    
Agosto de 2015 73  postagens    
Setembro de 2015 214  postagens    
Outubro de 2015 238  postagens    
Novembro de 2015 198  postagens    
Dezembro de 2015 125  postagens    
Janeiro de 2016 70  postagens    
Fevereiro de 2016 125  postagens    
Março de 2016 126  postagens    
Abril de 2016 28  postagens    
Junho de 2016 1  postagens    
Todos os Posts
Categorias
0
Cemitérios
Cidades
Ciência
Cultura e Lazer
Dicas
Economia
Educação
Esporte
Gastronomia
Iphone
Meio Ambiente
Moda
Mundo
Natureza
Notícias
Parques
Planeta Bizarro
Política
Prefeituras
Saúde
Tecnologia
windows 10
 
Untitled Document