bloguei
  Eu blogo, tu blogas, ele bloga, nós blogamos e todos dão opinião.
bloguei Ribeirão Preto Dicas, Notícias e Muito mais...
 
 Exercícios da moda ou a simples caminhada?
Sem excessos e adequada ao perfil do praticante, toda atividade física favorece a vida saudável; leque de opções não para de crescer

O leque de novidades para perder peso e ganhar um corpo bonito não para de crescer, arregimentando adeptos de todos os perfis – daqueles que já praticam uma atividade física e decidem aderir à nova onda aos sedentários que, de repente, resolvem mudar de vida. Tem o crossfit (treinos que combinam força e resistência física), mahamudra (mistura de crossfit com artes marciais e yoga) e power plate (atividades feitas em plataformas vibratórias), entre outras.

Estimular a atividade física é um dos pontos positivos desses modismos. Afinal, sedentarismo e sobrepeso aumentam os riscos de doenças cardíacas e acidente vascular cerebral (AVC), males que, no Brasil, matam mais que o câncer. Aliás, atividade física também ajuda a prevenir alguns tipos de câncer.

Nem por isso vale tudo na hora de escolher o exercício a ser praticado. Dependendo da pessoa e do tipo de atividade física, o sonho de perder rapidamente os quilos a mais ou ganhar uma barriga tanquinho pode se revelar uma aventura arriscada.

“Tudo que é em excesso é ruim. Exercícios extenuantes podem causar problemas musculares, vasculares, nos tendões e até fraturas por fadiga óssea”, alerta o dr. Mário Lenza, ortopedista do Hospital Israelita Albert Einstein. “Toda atividade exige bom senso para ser realizada de forma adequada”, completa ele.

O crossfit, uma prática inspirada nos treinamentos militares, é um exemplo. Por ser uma atividade de alta intensidade, que trabalha vários grupos musculares conjuntamente, pode causar danos musculares e tensões nos tendões em diversas áreas do corpo, especialmente quando o praticante não tem condicionamento físico e quer ir além de seus limites. Em casos extremos e mais raros, lesões das fibras musculares resultam na liberação no organismo de mioglobina, uma substância que afeta os rins, podendo levar à falência renal.

Até exercícios em equipamentos que parecem mais inofensivos, como o power plate, exigem cuidados. O uso adequado dessas plataformas vibratórias agrega, sim, benefícios, conforme sugerem alguns estudos médicos. “Para idosos, ajuda na coordenação motora, equilíbrio e postura, o que contribui para prevenir quedas. Para usuários de forma geral, melhora o desempenho esportivo. Após sessões de power plate, a pessoa corre mais rápido ou pula mais alto, por exemplo”, explica o dr. Mário. Todavia, as mesmas vibrações podem gerar problemas vasculares, derivados da formação de microcoagulações que afetam a circulação sanguínea dos ossos, podendo provocar a necrose óssea, que pode ser transitória ou permanente.

A pressa na obtenção de resultados costuma ser má conselheira. “É comum receber no consultório pacientes com um histórico de sedentarismo que querem, do dia para a noite, se transformar em atletas. Isso é uma armadilha”, adverte o dr. Leandro Echenique, cardiologista do Einstein. Antes de tudo, é indispensável uma avaliação médica prévia para afastar riscos associados a doenças silenciosas, como cardiopatias e lesões dos tendões provocadas pelo próprio sedentarismo. “Uma pessoa com 50 anos de idade, sedentária, com uma placa de gordura silenciosa na coronária, que resolve aderir a uma atividade física de alta intensidade, pode apresentar um infarto”, acrescenta o dr. Leandro. Mas, mesmo sem problemas preexistentes, exercícios de alta intensidade não são recomendados para iniciantes.

Do ponto de vista da saúde, o maior salto de benefícios é obtido quando a pessoa sai do sedentarismo e passa para uma atividade física moderada, como uma caminhada acelerada na qual, mesmo ofegante, o indivíduo consegue falar com quem está ao seu lado. “Ou seja, quem busca saúde não precisa correr a São Silvestre ou ultramaratona”, observa o dr. Leandro. Segundo ele, diversos estudos apontam que os ganhos em termos de proteção cardiovascular são menores quando a pessoa passa da atividade física moderada para a intensa.

Outra boa notícia é que mesmo que os 150 minutos de atividade física moderada por semana (30 minutos por dia, cinco dias da semana) ou 75 minutos de atividade física intensa por semana preconizados pela literatura médica não sejam cumpridos pelo indivíduo, tempos menores já agregam benefícios à saúde.

Um estudo recente com mais de 55 mil pessoas acompanhou corredores e sedentários por um período de 15 anos e mostrou redução de 30% na mortalidade nos corredores em relação aos sedentários. Esse benefício foi semelhante entre os que corriam menos de 60 minutos por semana em comparação ao grupo dos que corriam mais de 180 minutos.

A pessoa também não precisa fazer os 30 minutos diários de atividade física moderada de uma só vez. Esse tempo pode, por exemplo, ser dividido em dois períodos de 15 minutos. Isso pode significar ir para o trabalho a pé ou subir e descer escadas em vez de usar o elevador.

Abolir o sedentarismo, que favorece a gordura abdominal, o diabetes, o aumento do colesterol e triglicérides, é fundamental. Atividades físicas ajudam a prevenir doenças cardiovasculares e a reduzir o risco de cânceres, como o de mama e o de cólon de intestino. “Também ajudam a evitar a osteoporose (perda da massa óssea) e a sarcopenia (perda de massa muscular), dois problemas associados ao envelhecimento”, observa o dr. Mário.

Exercícios aeróbicos regulares combinados com musculação e dieta adequada, além de não fumar, continuam sendo a base para uma vida saudável e boa forma física. Para os sedentários, caminhada ainda é uma boa dica para sair da perigosa zona da inatividade. Para quem tem vida ativa e gosta de exercícios mais intensos, evitar exageros e usar o bom senso é a melhor forma de aproveitar apenas o que eles trazem de bom.

Fonte: progresso.com.br
 
 
 
posts bloguei Posts
Setembro de 2010 5  postagens    
Fevereiro de 2011 5  postagens    
Março de 2011 26  postagens    
Maio de 2011 19  postagens    
Julho de 2011 11  postagens    
Agosto de 2011 11  postagens    
Janeiro de 2012 19  postagens    
Julho de 2012 8  postagens    
Outubro de 2012 1  postagens    
Novembro de 2012 8  postagens    
Maio de 2013 4  postagens    
Junho de 2013 16  postagens    
Outubro de 2013 1  postagens    
Novembro de 2013 1  postagens    
Dezembro de 2013 1  postagens    
Janeiro de 2014 4  postagens    
Junho de 2014 9  postagens    
Agosto de 2014 1  postagens    
Setembro de 2014 1  postagens    
Novembro de 2014 1  postagens    
Dezembro de 2014 5  postagens    
Janeiro de 2015 7  postagens    
Fevereiro de 2015 36  postagens    
Março de 2015 19  postagens    
Abril de 2015 17  postagens    
Maio de 2015 29  postagens    
Junho de 2015 16  postagens    
Julho de 2015 44  postagens    
Agosto de 2015 73  postagens    
Setembro de 2015 214  postagens    
Outubro de 2015 238  postagens    
Novembro de 2015 198  postagens    
Dezembro de 2015 125  postagens    
Janeiro de 2016 70  postagens    
Fevereiro de 2016 125  postagens    
Março de 2016 126  postagens    
Abril de 2016 28  postagens    
Junho de 2016 1  postagens    
Todos os Posts
Categorias
0
Cemitérios
Cidades
Ciência
Cultura e Lazer
Dicas
Economia
Educação
Esporte
Gastronomia
Iphone
Meio Ambiente
Moda
Mundo
Natureza
Notícias
Parques
Planeta Bizarro
Política
Prefeituras
Saúde
Tecnologia
windows 10
 
Untitled Document