bloguei
  Eu blogo, tu blogas, ele bloga, nós blogamos e todos dão opinião.
bloguei Ribeirão Preto Dicas, Notícias e Muito mais...
 
 Técnicos são capacitados para licenciar atividades relativas à fauna silvestre
Técnicos do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) participam até esta quinta-feira (8) da primeira etapa de capacitação para o licenciamento de empreendimentos e atividades que fazem uso e manejo da fauna silvestre nativa e exótica no Estado. Essa é uma das etapas para que o IAP passe a ser responsável pela gestão da fauna silvestre no Paraná. O repasse dessas atividades para o órgão ambiental estadual atende a Lei Complementar Federal nº 140/2011 e a parceria firmada entre as entidades em 2013 – IAP e Ibama. 

O curso é ministrado por técnicos do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e de Recursos Naturais Renováveis (Ibama), atualmente o único órgão responsável por essa atribuição no Paraná. Ao terminar todas as etapas da capacitação, a alimentação e a gerência do Sistema Nacional de Gestão de Fauna (Sisfauna) passam a ser de responsabilidade do IAP. 

O Sisfauna é uma ferramenta eletrônica de gestão e controle dos empreendimentos e atividades relacionadas ao uso e manejo da fauna silvestre em cativeiro. O sistema conta hoje com um módulo de cadastro e emissão de autorização, o qual permite ao usuário verificar também a situação legal de seu empreendimento. 

Após a capacitação completa de seus técnicos e do cumprimento de outras medidas regulatórias – que já estão em desenvolvimento pelo Instituto em parceria com a comunidade científica e representantes de demais setores de proteção e criação da fauna silvestre – o IAP será responsável pelo licenciamento das atividades relacionadas no Estado. “Estamos em processo de discussão com os representantes de todos os setores envolvidos na questão, e também com universidades, para desenvolver um programa de gestão da fauna no Paraná que servirá de exemplo para outros estados do País. O objetivo é fazer a gestão desse segmento, inibindo cada vez mais o tráfico de animais e garantir o repovoamento e a continuidade das espécies nativas na natureza”, explicou o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto. 

NA PRÁTICA – Os empreendimentos sujeitos ao cadastramento e licenciamento ambiental seguem as seguintes categorias: Zoológico; Centro de Triagem da Fauna Silvestre; Centro de Reabilitação de Fauna Silvestre; Mantenedor da Fauna Silvestre; Criadouro Científico da Fauna Silvestre para fins de Pesquisa; Criadouro Científico da Fauna Silvestre para fins de Conservação; Criadouro Comercial da Fauna Silvestre; Estabelecimento Comercial da Fauna Silvestre (revenda); Abatedouro e Frigorífico da Fauna Silvestre, entre outros. 

De acordo com o presidente do IAP, para iniciar as atividades é necessário que empreendimentos desse segmento obtenham o licenciamento ambiental e o cadastro no Sisfauna. As duas ferramentas têm o objetivo de propiciar melhor gestão da fauna silvestre em cativeiro e maior controle dos empreendimentos. 

LEGISLAÇÃO – O repasse dessas atividades para o órgão ambiental estadual atende a Lei Complementar Federal nº 140/2011 e a parceria firmada em 2013 entre as entidades – IAP e Ibama. A Lei Complementar estabelece que os órgãos ambientais estaduais passam a ser responsáveis pela análise de solicitações e emissão de autorizações de empreendimentos desse gênero. Assim, as solicitações para novos empreendimentos que envolvem a fauna silvestre deverão ser direcionadas ao IAP. 

Para controlar os processo e licenciar novos empreendimentos, o IAP publicou a portaria nº 299/2013 e a Instrução Normativa Ibama nº 07/2015, que tratam de normas e procedimentos para o Licenciamento Ambiental e para o manejo de animais silvestres em cativeiro. Para isso, foi utilizada como referência a Resolução n° 065/2008 do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Cema), que dispõe sobre o licenciamento ambiental, estabelece critérios e procedimentos a serem adotados para as atividades poluidoras, degradadoras e/ou modificadoras do meio ambiente. 

Fonte: aen.pr.gov.br
 
 
 
posts bloguei Posts
Setembro de 2010 5  postagens    
Fevereiro de 2011 5  postagens    
Março de 2011 26  postagens    
Maio de 2011 19  postagens    
Julho de 2011 11  postagens    
Agosto de 2011 11  postagens    
Janeiro de 2012 19  postagens    
Julho de 2012 8  postagens    
Outubro de 2012 1  postagens    
Novembro de 2012 8  postagens    
Maio de 2013 4  postagens    
Junho de 2013 16  postagens    
Outubro de 2013 1  postagens    
Novembro de 2013 1  postagens    
Dezembro de 2013 1  postagens    
Janeiro de 2014 4  postagens    
Junho de 2014 9  postagens    
Agosto de 2014 1  postagens    
Setembro de 2014 1  postagens    
Novembro de 2014 1  postagens    
Dezembro de 2014 5  postagens    
Janeiro de 2015 7  postagens    
Fevereiro de 2015 36  postagens    
Março de 2015 19  postagens    
Abril de 2015 17  postagens    
Maio de 2015 29  postagens    
Junho de 2015 16  postagens    
Julho de 2015 44  postagens    
Agosto de 2015 73  postagens    
Setembro de 2015 214  postagens    
Outubro de 2015 238  postagens    
Novembro de 2015 198  postagens    
Dezembro de 2015 125  postagens    
Janeiro de 2016 70  postagens    
Fevereiro de 2016 125  postagens    
Março de 2016 126  postagens    
Abril de 2016 28  postagens    
Junho de 2016 1  postagens    
Todos os Posts
Categorias
0
Cemitérios
Cidades
Ciência
Cultura e Lazer
Dicas
Economia
Educação
Esporte
Gastronomia
Iphone
Meio Ambiente
Moda
Mundo
Natureza
Notícias
Parques
Planeta Bizarro
Política
Prefeituras
Saúde
Tecnologia
windows 10
 
Untitled Document