bloguei
  Eu blogo, tu blogas, ele bloga, nós blogamos e todos dão opinião.
bloguei Ribeirão Preto Dicas, Notícias e Muito mais...
 
 Conceito prevê Facebook Messenger adaptado ao Windows 10 Mobile
A Microsoft anunciou durante o lançamento de seus novos Lumias com Windows 10 Mobile em novembro passado que aplicativos importantes seriam adaptados para a nova geração de sua plataforma para dispositivos móveis, incluindo clientes de Instagram, Facebook e outros. Até o momento, contudo, vimos apenas o app feito pela própria casa de Redmond para a rede social receber uma reformulação para se adequar ao novo padrão visual, não havendo qualquer indício de que o mesmo acontecerá a Messenger e Instagram em um futuro próximo.

Buscando prever como esta mudança afetará o design do app responsável pelas conversas entre usuários do Facebook, o pessoal do WindowsBlogItalia preparou um interessante conceito mostrando como seria o Messenger caso fosse totalmente adaptado para o Windows 10 Mobile. De acordo com o que pode ser visto nas imagens disponibilizadas, teríamos ícones mais minimalistas e refinados, além de fontes mais discretas do que o que temos atualmente no app de mensagens. Além disso, a organização dos anexos seria muito mais intuitiva e prática, permitindo que usuários compartilhassem imagens, vídeos, emojis e até mesmo notas de áudio de maneira facilitada.

Além das explicativas imagens que podem ser encontradas acima, tivemos também a publicação de um rápido vídeo mostrando o aplicativo por meio de um emulador, o que gerou uma série de rumores sobre a possibilidade do portal ter tido acesso em primeira mão à uma nova versão ainda em fase de desenvolvimento do app. Como o próprio site afirmou se tratar de apenas um conceito, contudo, não há como sabermos no momento se a edição oficial do Messenger será semelhante ao que é visto no vídeo, restando aguardarmos que a própria Facebook Inc. se pronuncie sobre o assunto para que possamos ter uma ideia melhor do que está sendo planejado para os usuários do Windows 10 Mobile.

Vale lembrar que algumas funções tidas como certas para esta nova edição do app são as chamadas de voz e as notificações interativas, permitindo assim que seja possível responder mensagens recebidas diretamente pela central de ações, sem sequer abrir o aplicativo. Como nada foi confirmado até o momento, entretanto, devemos esperar por algo oficial para que possamos afirmar que estas funcionalidades serão de fato adicionadas.

Fonte: tudocelular.com
 
 
 Mercado de tecnologia no Brasil terá avanço de 2,6% em 2016, prevê IDC
O mercado de tecnologia no Brasil terá crescimento de 2,6% em dólares da receita em 2016. O percentual é metade do avanço registrado em 2015 e representa um dos piores desempenhos na história do setor, segundo a IDC. A consultoria ainda não fechou os números de 2015, mas a estimativa inicial era que a receita chegasse a US$ 165,6 bilhões.

Com a economia em recessão, consumidores e empresas estão adiando a troca de produtos antigos e a compra de novas tecnologias, o que tem afetado o desempenho dos fornecedores. Entre os principais responsáveis pela desaceleração do setor estão a queda nas vendas de celulares, tablets e PCs e a migração das empresas para serviços de dados, o que reduz a receita das operadoras com ligações de voz (queda de 0,5%).


Na avaliação de Pietro Delai, gerente de pesquisa para empresas da IDC, apesar do crescimento fraco, o mercado de tecnologia no Brasil ainda está saudável, entre os dez maiores do mundo em diversas categorias. “O Brasil ainda é importante em tecnologia”, disse. De acordo com ele, na medida em que o uso de tecnologia permeia mais o dia a dia das empresas, algumas dinâmicas passam a gerar demanda de forma natural, como mais espaço para guardar informações e novos equipamentos para processar informações, o que movimenta o mercado. Mas o cenário de crescimento mais lento gera algumas mudanças na forma como a tecnologia é comprada. Segundo Denis Arcieri, presidente da IDC, uma tendência é a compra de projetos de menor porte, que são entregues mais rapidamente.


“O comprador não vai mais fazer um proposta e analisar as ofertas de dez fornecedores. Ele vai procurar os três principais da área que ele lembra. A referência de marca nunca foi tão importante”, disse. E isso não significa que só os grandes fornecedores terão vez. Na verdade, se uma empresa pequena tiver uma oferta que seja reconhecida como a melhor em uma determinada área, ela também pode se beneficiar disso, afirmou Delai.

Entre os segmentos que vão sustentar o segmento de tecnologia em 2016, a IDC destacou os sistemas de análise de dados em tempo real (analytics), a conexão de diversos dispositivo à internet (internet das coisas, ou IoT, na sigla em inglês) e os pagamentos móveis.


Fonte: valor.com.br
 
 
 Feira em SP aposta em tecnologia para acabar com o medo de dentista
Medo de dentista atinge três em cada 10 adultos, aponta pesquisa. 
Mistura química promete dar fim à cárie dispensando o motorzinho.

A maior feira de odontologia do país aposta nas novidades tecnológicas para acabar com o medo de ir ao dentista.
Os pesquisadores já criaram até uma mistura química que promete acabar com a cárie e sem o tal do motorzinho. Essa é uma das novidades que está sendo apresentada em uma feira odontológica em São Paulo.
Uma pesquisa da Sociedade Americana de Odontologia aponta que de cada dez adultos, três têm medo de ir ao dentista.
Na feira em São Paulo, profissionais e fabricantes se esforçam para deixar os pacientes mais, digamos, à vontade.

Fonte: g1.globo.com/
 
 
 iPhone 7 Plus terá câmera dupla
O iPhone 7 Plus, com lançamento previsto para setembro deste ano, deverá ser o primeiro celular da Apple com tecnologia de câmera dupla. Ela adquirida pela fabricante em 2015. Segundo o analista de mercado Ming-Cho Kuo, o smartphone terá um sensor duplo de 12MP fabricado pela Sony – com direito a zoom ótico em vez do tradicional zoom digital.

Contudo, há dúvidas sobre a capacidade do sistema iOS de administrar e alternar as imagens de alta resolução geradas pelos dois sensores. Vale lembrar que o LG G5 deve trazer um sensor duplo na câmera principal, solução já implementada com sucesso pela HTC no seu top de linha de 2014, o M8.

Com lançamento distante, ainda há poucas informações sobre quais inovações o iPhone 7 ou a versão Plus podem trazer. Os rumores dão conta de que haverá um sistema de sensores capazes de absorver impactos de quedas, protegendo o display; um mecanismo de proteção contra água; e novos fones de ouvido que "aprendem" o gosto musical do usuário. Todos esses recursos são baseados em patentes descobertas recentemente.

Fonte: techtudo.com.br
 
 
 Patente da Apple revela iPhone capaz de se consertar automaticamente
Os próximos modelos de iPhone – entre eles o iPhone 7 – poderão ter a capacidade de “se regenerar”, se depender de uma patente registrada pela Apple. O documento fala sobre uma tecnologia para que o celular conserte os próprios erros e lesões, o que evitaria gastos com assistência técnica e ainda aumentaria a durabilidade do smartphone.

A ideia não é exatamente inovadora, já que modelos da LG, como G Flex e G Flex 2, já podem recuperar a traseira de arranhões, por exemplo. No entanto, segundo o documento, o iPhone poderá corrigir problemas físicos ainda mais graves. A patente foi registrada pela Apple em julho de 2014, mas só foi publicada no dia 7 de janeiro pelo United States Patent and Trademark Office

O aparelho poderá se regenerar automaticamente ao detectar, por exemplo, a entrada de água no alto falante ou com testes de diagnóstico para fixação de pixels mortos (dead pixels) na tela.
 Além disso, assim que o telefone perceber uma área molhada – através da monitoramento do ambiente, ele será capaz de ativar um tom alto pela saída de som, expulsando a água. Isso tudo, é claro, de forma automática. 

Problemas com a câmera e a conectividade do celular poderião ser resolvidos da mesma maneira, sem ser necessário levar o iPhone para reparos. Para completar, testes mais demorados poderiam ser realizados durante a noite, para não atrapalhar o uso do cliente.

A ideia, sem dúvidas, é animadora, já que poderia economizar bastante dinheiro com assistência técnica ou evitar consertos que colocam os celulares em risco. Apesar disso, a patente pode demorar para chegar ao mercado, sem previsão de lançamento para os aparelhos da Apple, tanto no exterior quanto no Brasil. 


Fonte: techtudo.com.br/
 
 
 Baixe a versão mais recente do sistema operacional da Microsoft
Windows 10: baixe a versão mais recente do sistema operacional da Microsoft

Windows 10 é a mais recente versão do sistema operacional da Microsoft. Multiplataforma, ele pode ser instalado em PCs e dispositivos móveis como smartphones e tablets. A versão liberada para computadores une a interface clássica do Windows 7 com o design renovado do Windows 8, criando um ambiente versátil capaz de se adaptar a telas de todos os tamanhos e perfeito para uso com teclado e mouse, como o tradicional desktop.

Menu Iniciar

O Menu Iniciar do Windows 10 é compacto e é praticamente uma mistura do formato encontrado nas versões 7 e 8 do sistema. De um lado ele possui uma lista de locais, aplicativos instalados e documentos, e do outro lado, ficam os blocos dinâmicos (live tiles), onde são exibidos ícones de programas, informações de clima, notícias e dados de softwares. Há também atalhos para contatos e websites prediletos.

O menu do sistema pode ser personalizado: os blocos podem ser rearranjados e redimensionados, e tudo pode ser fixado e desafixado do Menu Iniciar, permitindo que o mesmo fique cheio de informações, de acordo com as necessidades do usuário. O Menu Iniciar também pode ser expandido de forma que fique como uma janela maximizada.

Task View

Bastante útil durante a alternância de apps, a prévia de programas abertos exibe miniaturas grandes dos softwares em execução, facilitando a identificação de cada um deles.

Snap

Snap permite organizar as janelas abertas, incluindo maximização e redimensionamento, apenas arrastando e soltando uma janela para diferentes bordas da tela. Basta arrastar uma aplicação para um dos lados que o sistema encaixa e já oferece uma miniatura das outras para que você escolha qual quer colocar no outro lado da tela. Assim que você soltar o botão do mouse, a janela irá pular para essa posição.

Agora, além de encaixar janelas para a metade esquerda ou direita da tela, você pode jogar janelas para quatro lados da tela. Isto lhe dará um pouco mais de flexibilidade quando for trabalhar com múltiplas aplicações ao mesmo tempo. 

Múltiplas áreas de trabalho

Comum em outros sistemas, os desktops múltiplos finalmente chegaram ao Windows com a versão 10. Ao clicar em um botão localizado na barra de tarefas, um desktop novo com programas e pastas independentes poderá ser criado para oferecer mais organização ao computador.

O usuário pode testar a combinação de teclas Windows + Tab, como uma versão mais luxuosa de Alt + Tab. Mas em vez de alternar os aplicativos, o atalho mostrará a interface estilo Expose (ou Mission Control) do recurso, onde poderá criar ou alternar entre vários desktops. Além disso, você pode pressionar Ctrl+Windows+direito ou esquerdo, para se mover entre as áreas de trabalho virtuais.

Para tornar o gerenciamento disso tudo possível, foi adicionado à barra do Windows, um novo botão de visualização de tarefas. Ao clicar nele, é exibido basicamente o mesmo que na combinação das teclas ALT + TAB. Porém, na parte inferior, aparece uma lista das áreas de trabalho abertas e, ao passar o mouse sobre os itens, é oferecida uma opção para fechar apps, adicionar ou remover desktops.

Apps "Modern" em janelas

Nessa versão todos os aplicativos, mesmo os feitos para a interface "Modern" - antiga Metro - do Windows, ficam dentro de uma janela completa e integram-se bem com o Desktop, podendo até mesmo ser redimensionados, maximizados e minimizados. No novo sistema, apps "Modern" e programas comuns trabalharão lado a lado em janelas redimensionáveis.

Novas abas no Explorer

Nesta versão do sistema, a aba "Computador" foi removida e o app recebeu as abas "Compartilhar" e "Inicio", além das tradicionais "Arquivos" e "Exibir".

A nova aba chamada "Início", funciona como uma página inicial padrão ao abrir uma nova janela do programa. Essa janela mostra os locais que você marcou como favoritos, bem como seus arquivos e pastas utilizados recentemente. Para completar, o Windows Explorer permite fixar as suas pastas favoritas na Home para facilitar o acesso a elas. Apesar de simples, o recurso se destaca por dar mais agilidade na hora de acessar arquivos e pastas.

Cortana

Uma das maiores novidades do Windows 10 é a assistente pessoal Cortana. Ela nasceu no Windows Phone e é um dos melhores recursos desse sistema, que agora chega ao Windows 10. Ela pode ser chamada por meio de comandos de voz simples como "Hey Cortana" e permite escolher uma música, abrir apresentações, consultar a previsão do tempo ou e-mails usando apenas a voz.

Novo app de configurações

O antigo "Configurações do PC" ganhou um substituto simples e intuitivo, que irá facilitar a vida do usuário na hora de configurar o seu computador. Ele foi desenvolvido para lembrar o antigo Painel de Controle, e conta com um conjunto de ícones inéditos. O aplicativo é organizado por área de configuração e ajuda o usuário a ir direto ao ponto. 

Xbox One no Windows

O Windows agora está mais integrado do que nunca com o console da Microsoft. Junto com o novo sistema operacional vem um aplicativo Xbox renovado com uma lista de jogos e amigos, incluindo chat da Xbox Live. A interface "My Games" organiza o conteúdo em colunas, tornando design e usabilidade muito parecidos no desktop, tablet e smartphone. Nele você poderá postar na sua timeline, ver as atividades de seus amigos, assistir vídeos de gameplay em DVR e muito mais. Com o programa também é possível interagir com amigos da Xbox Live no computador.

Mas a melhor novidade é uma função que concorre como o Remote Play, do Playstation 4: no novo Windows, jogos do Xbox One poderão ser transmitidos pela rede e jogados em qualquer dispositivo Windows 10 sem a ajuda de fios. Com isso, é possível usar o recurso de gravação de cenas para criar vídeos do gameplay e até editá-los no PC, para compartilhar nas redes sociais.

Busca do sistema

A ferramenta de busca do Windows agora está fixada no Menu Iniciar e na Barra de tarefas, o que facilita seu uso e a vida do usuário. Com a busca do Windows é possível encontrar não apenas arquivos e documentos, mas também apps instalados no PC e resultados na web.

OneDrive

O OneDrive também recebeu algumas melhorias no seu método de funcionamento. Agora o usuário já pode escolher os arquivos que serão armazenados em nuvem. Também é possível escolher o local onde o documento será guardado, mesmo quando o computador estiver sem uma conexão com a Internet.

Suporte nativo para arquivos MKV

Bastante popular, o formato de arquivos multimídia MKV agora é suportado nativamente pelo sistema. Ou seja, arquivos nesse formato podem ser reproduzidos diretamente no Windows Media Player, bem como nas aplicações de sua preferência, sem a necessidade de instalar codecs. O suporte é tão completo que o sistema exibe miniaturas e metadados dos arquivos no Windows Explorer.

Suporte para tecnologia DLNA

A Microsoft também melhorou o suporte para a tecnologia DLNA ou Digital Living Network Alliance. Isso tornará bem mais fácil a integração do PC com dispositivos de mídia, e ouvir músicas ou assistir vídeos do computador na sua TV será muito mais simples. 

Central de notificações

Seguindo uma tendência dos sistemas mobile e do OS X, o novo Windows agora tem uma Central de notificações. Ela exibe alertas interativos que podem ser executados instantaneamente, e pode ser acessada através de um botão em formato de balão localizado perto do relógio. Quando chegam novas notificações, o botão da Central fica preenchido; caso contrário, exibe apenas contornos.

A Central do Windows traz ainda atalhos rápidos para que o usuário alterne entre o modo tablet e computador, se conecte a outros dispositivos sem fio, acesse configurações, use VPN, modo avião, entre outros. Tudo de forma bem parecida com o que é encontrado em telefones com Windows Phone e Android.

Microsoft Edge: o novo navegador sucessor do IE

Resultado do tão aguardado Project Spartan, o novo navegador da Microsoft promete superar o atual Internet Explorer em desempenho e funcionalidades. Visualmente ele é bastante parecido com o Google Chrome: abas ficam na parte superior e o restante fica logo abaixo.

No novo browser, a Microsoft investiu em um modo de leitura para sites de notícia, anotações manuscritas e sincronizadas com o OneDrive e, claro, a integração com a assistente de voz Cortana. Assim como o Google Chrome e o Mozilla Firefox, o Microsoft Edge também suportará complementos, plugins e extensões.

Nossa opinião
O Windows 10 é o resultado de um trabalho conjunto da Microsoft com seus usuários e uma grande autocritica. O resultado é um sistema com boas funções e que entrega uma ótima experiência de uso.

Sem dúvida, um dos maiores destaques dessa nova versão do sistema é a assistente pessoal Cortana. Assim como fez no Windows Phone, ela tem potencial para mudar a experiência de uso do sistema no desktop.

Embora não traga uma nova funcionalidade, o Edge se destaca por dar uma nova chance a um navegador da Microsoft, já que o Internet Explorer perdeu seu espaço e a simpatia dos usuários no decorrer dos últimos anos.

Muito além de suas novidades, um dos principais méritos do Windows 10 são as funcionalidades que o sistema trouxe de outros sistemas como os múltiplos desktops, a Central de notificação e outras mudanças. Essa faceta do novo sistema ajuda os usuários a terem mais recursos a sua disposição, sem que estes precisem usar outros sistemas.

Entretanto, comparando com outros sistemas o Windows 10 ainda fica devendo nas opções de personalização da interface. Ele até permite um certo grau de modificação do visual padrão, mas é pouco diante de seus concorrentes. Para o usuário que gosta de uma aparência diferente, resta apenas usar programas de terceiros, que podem ser instáveis e até o momento, ainda não são compatíveis com o novo sistema.

Prós
Sistema possui boas funções e entrega uma ótima experiência de uso
Cortana pode mudar a experiência de uso do sistema no desktop
Edge é a nova chance da Microsoft na área de navegadores
Tem boas funcionalidades vindas de outros sistemas
Contras
Ainda fica devendo nas opções de personalização da interface,


Fonte: techtudo.com.br/
 
 
 Windows 10 ganha nova build 14251 com mudanças para PCs Fast Ring
A Microsoft liberou nesta quarta-feira (27) uma atualização do Windows 10 destinada aos membros do programa Windows Insider, reservada ao grupo Fast Ring, que recebe updates mais cedo. A build 14251 traz melhorias principalmente à Cortana, que está mais proativa e inteligente para gerir compromissos, e ao app renovado do Xbox One, que foi lançado na versão Beta.

Além disso, houve correções de bugs que apareciam durante a execução de jogos, de apps de acessibilidade e, em alguns casos, no Windows Explorer.

Destaque da atualização, a Cortana se tornou capaz de solicitar carros do Uber com comandos de voz, rastrear voos e encomendas e criar lembretes geolocalizados, que podem ser ativados no celular ou no PC. Em geral, a Microsoft garante que a assistente está mais proativa, oferece informações mesmo sem que o usuário necessite pedir, por voz ou digitação.

No entanto, talvez a maior novidade seja a capacidade de a Cortana entender quando o usuário tem algum compromisso ou precisa se encontrar com alguém e se esquece de marcar no calendário: a promessa é de que o programa dê conta dessa tarefa voluntariamente. A Microsoft, porém, não esclareceu se o Windows irá rastrear ainda mais informações do usuário, como ler e-mails, para fazer o recurso funcionar.

Xbox Beta
O Xbox Beta ganhou algumas melhorias de interface, uma loja de avatares renovada para customizar seu personagem e integração com o Xbox News, que se dedica a informar o jogador sobre as novidades mais recentes sobre os games do console. Para quem prefere um visual mais discreto no PC, o aplicativo agora também pode ser minimizado para uma janela de uma só coluna, imitando o design do Windows Mobile.

Possíveis erros
Como de costume, há alguns bugs que acompanham updates do fast Ring, que ainda serão resolvidos antes da segunda onda de atualizações. Entre as falhas, está um erro na DLL WSClient, a ausência do botão “Conectar” na central de ações, e interrupções abruptas em diversos apps.

Fontes: techtudo.com.br/
 
 
 Imagens revelam detalhes da nova Build do Windows 10 Mobile
Nesta semana começaram a circulas rumores de que a Microsoft planeja lançar em breve uma atualização cumulativa para o Windows 10 que também vai afetar os smartphones já equipados com o sistema. Como forma de comprovar essas alegações, surgiram na última terça-feira (26) capturas de tela que correspondem à esperada Build 10586.71 para o Windows 10 Mobile.
A expectativa é a de que a novidade chegue aos próximos dias àqueles que já estão testando a plataforma através do programa Insider oferecido pela Microsoft. Aparentemente, a atualização não traz grandes novidades no momento atual, se focando principalmente na resolução de bugs e em trazer mais estabilidade antes da chegada da versão final do sistema, que deve começar a ser distribuída em larga escala a partir de fevereiro.

Responsável pelo vazamento das imagens, o site WinBeta não soube entrar em detalhes sobre quais os bugs corrigidos pela nova build. Vale notar que, para receber a novidade, vai ser preciso estar inscrito na opção rápida do Insider, que costuma entregar atualizações de forma mais veloz ao mesmo tempo em que não garante uma experiência de uso totalmente estável.

Fonte: tecmundo.com.br/
 
 
 Windows 10 build 11103 vaza na Web
Enquanto os participantes do Windows Insider Program esperam por um novo build oficial, o Windows 10 build 11103 vazou na Web nesta semana e já pode ser encontrado em sites de compartilhamento de arquivos.

De acordo com o grupo russo Wzor, este build foi inicialmente pela Microsoft para seus parceiros. A versão vazada está disponível apenas para plataforma 64 bits.

O Windows 10 build 11103 foi compilado no dia 16 de janeiro (10.0.11103.1000.rs1_release.160116) e um detalhe sobre esta ISO vazada é que ela foi modificada (inclui links e outros itens de terceiros) e por isso não é recomendável que os usuários façam sua instalação.

Quem já instalou este build afirma que ele não traz novos recursos ou funcionalidades, já que a Microsoft está se focando primeiro em melhorias internas.

Windows 10 build 11103:

Artigos Relacionados Faça o download do Windows 10 build 11102 Faça o download do Windows 10 build 11099 Faça o download do Windows 10 build 11082 Site BuildFeed já lista builds do Windows Redstone Primeiros detalhes sobre a Cortana no Windows Redstone Rumor: Primeiro build público do Windows Redstone pode sair ainda em 2015 Opção para receber o Windows Redstone aparece para alguns usuários Atualização Threshold 2 para o Windows 10 será lançada em 10 de novembro 


Fontes: http://noticias.r7.com/
 
 
 Erro do Windows 10 mobile consome pacote de dados mesmo conectado ao WiFi
É comum ver sistemas recém-atualizados sofrendo com aqueles bugs de dia zero, que aparecem assim que a atualização acontece, e com o Windows 10 não foi diferente. Em um tópico do Reddit, diversos usuários do Windows Phone que atualizaram o sistema para a sua versão mais recente relatam que ele continua consumindo o pacote de dados mesmo quando o aparelho está conectado ao WiFi. 

Conforme os relatos, o problema acontece com pessoas que possuem a build 10586.63 do sistema instalado em seus gadgets e provavelmente está relacionado com o serviço de backup de mensagens do Windows 10 mobile. A Microsoft tomou conhecimento da falha e um representante da companhia comentou o tópico informando que as medidas cabíveis estão sendo tomadas para a correção do problema. 

“A equipe de dados está investigando ativamente os seus relatos sobre este problema — obrigado por trazer isso ao meu conhecimento”, relatou o funcionário da Microsoft. “Conforme alguns usuários já notaram, desligar o aplicativo de backup e a sincronização de mensagens deve ajudar a reduzir o uso de dados que você está vendo, mas nos avise se isso não acontecer”, concluiu. O jeito é apelar para a gambiarra enquanto a solução definitiva para o problema não sai. Algum usuário do Windows 10 mobile notou esta situação em seu aparelho? Se sim, não deixe de registrar a sua experiência aqui embaixo, na caixa de comentários.

Fontes: Reddit, Windows Central
http://canaltech.com.br/
 
 
 Windows 10 Redstone build 14251 é lançado e onfira principais problemas e soluções
Com anúncio de Gabe Aul no Blog do Windows, a Microsoft lançou oficialmente a build 14251 do Windows 10 Redstone disponível para Windows Insiders. Esta compilação não traz nenhuma característica impressionante ou recurso adicional, embora a empresa tenha adicionado melhorias para a Cortana e outras pequenas mudanças.

Esta atualização também traz o aplicativo Xbox Beta para Windows 10, que exatamente agora já está sendo testado por alguns Insiders que relatarão sua experiência à Microsoft.

Como já citamos, esta compilação não contem, de fato, grandes correções de bugs ou melhorias realmente significativas, embora a Microsoft tenha feito as seguintes mudanças:

- Foi corrigido o problema onde jogos para PC deixavam de funcionar quando a resolução era alterada, ou então devido a um bug devido aos drivers de vídeo do Windows 10;
- Foram corrigidos problemas com os aplicativos Narrator, Magnifier e outros que utilizam tecnologias assistivas;
- A Microsoft também corrigiu uma falha que atingia o File Explorer quando as configurações de DPI estavam em 175%.

"Estamos no início de um novo ciclo de desenvolvimento para a nossa próxima grande atualização para o Windows 10, e isso significa que as equipes estarão verificando os novos códigos se eles podem se integrar com os recursos. Se você é um Insider, saberá das últimas alterações mais rapidamente e trabalhar com novas builds que são relativamente novas, mesmo para os funcionários da Microsoft."

Principais problemas e soluções

Gabe Aul também listou os principais problemas de funcionamento que já são de conhecimento da Microsoft.

- Um erro com código de "WSClient.dll" pode ocorrer após o login no Windows; a Microsoft já está trabalhando em uma correção definitiva, embora já existe uma alternativa para contornar o problema. Você pode executar as seguintes linhas de comando (como administrador):
— schtasks /delete /TN “MicrosoftWindowsWSWSRefreshBannedAppsListTask” /F

- O botão "Conectar" pode não aparecer na Central de Ações em notebooks. A solução para este aqui é pressionar as teclas Windows + P e clicar em "Conectar-se a uma rede sem fio".
Devido a uma recente mudança no gerenciamento de memória, você pode se debater com aplicativos reiniciando e outros erros de memória. A solução aqui é mais simples, e basta que você reinicie o computador.

Como de costume, a Microsoft incentiva que os Insiders possam atualizar seus computadores sempre para a última versão das builds, mas também alerta que, se você encontrar bugs ou problemas de funcionamento mais assíduos, poderá voltar para uma versão anterior e mais estável do sistema.

Fonte: tudocelular.com/
 
 
 Windows 10 Redstone pode finalmente trazer o recurso Live Tiles
Pode não parecer, mas já se passaram cinco meses desde que a Microsoft iniciou o processo de atualização para Windows 10 ao redor do mundo. E mesmo que isto seja pouco tempo, a empresa já prometeu a primeira grande atualização para o sistema, que vem sendo chamada internamente de Redstone, apesar de fazer surpresa e não liberar nem mesmo para os participantes do programa Windows Insider as principais novidades que virão.

Além de correções importantes de segurança e melhorias de desempenho também significativas, o Windows 10 Redstone deve trazer correções para o navegador Edge e alguns novos recursos, como o Live Tiles, que torna os ícones (ou tijolos) do sistema interativos. Isto é algo que os usuários estão aguardando desde antes do software ser liberado oficialmente, embora a Microsoft possa ter adiado a adição do mesmo por razões internas.

No ano passado, a equipe de pesquisas da Microsoft "brincou" um pouco com os usuários ao mostrar como o Live Tiles pode funcionar. Alguns vídeos foram liberados para ilustrar o conceito, mostrando que os usuários poderão interagir com as Tiles de diferentes maneiras, dependendo, é claro, do contexto e conteúdo.

Um bom exemplo é o aplicativo de e-mail da Microsoft, que pode ser expandido através da própria Tile, permitindo que um usuário possa ler o conteúdo de um e-mail específico sem abrir o app. No "Tempo/Clima" acontece a mesma coisa, onde o usuário pode verificar como o clima estará ao longo da semana sem que o aplicativo seja aberto.

A Microsoft voltou a comentar sobre o Live Tiles durante a conferência Ignite, que aconteceu no ano passado. Ela comentou que o recurso estava em processo avançado de desenvolvimento e que seria lançado em uma das futuras atualizações do Windows 10.

Mas, é claro, o recurso faria total sentido se também fosse lançado para Windows 10 Mobile, pois transformaria a maneira como um usuário interage com seu smartphone; leve em consideração que, aqui, os ícones/Tiles seriam transformados em espécies de Widgets, e que você poderia realizar determinadas tarefas sem ao menos abrir alguns apps.

Como o Redstone é a primeira grande atualização para o Windows 10, esta parece ser uma hora bastante favorável para a Microsoft adicionar o recurso Live Tiles. Além dele, é esperado que a Microsoft lance o Windows 10 Mobile 64-bit junto ao Redstone.

Fonte: tudocelular.com/
 
 
 Como receber a atualização do Windows 10 Mobile para Lumia 535
O Lumia 535 foi um dos primeiros celulares da Microsoft a receber a atualização para o Windows 10. Os usuários do Windows Phone na América Latina passaram a baixar o update, após um período de testes e algumas etapas do programa de atualização montado pela Microsoft. 
Ferramenta descobre quais apps de Android têm versão para Windows Phone
Se você possui o smartphone de entrada da Microsoft, descubra se o seu dispositivo já está pronto para receber o novo Windows 10 Mobile e saiba como realizar a atualização.

Passo 1. Acesse as configurações do Windows Phone e toque em “atualização do telefone”.

Passo 2. Em seguida, toque em “verificar atualizações”. Se o Windows 10 Mobile estiver disponível para você, o download começará imediatamente.

Passo 3. Quando terminar de baixar, basta tocar em “instalar” e aguardar. A atualização leva entre cinco e dez minutos para ser concluída.

Pronto! Está concluído o processo de update do Lumia 535 para o Windows 10 Mobile. Com a última versão do sistema instalada, você poderá desfrutar das inúmeras novidades do sistema.

Fonte: techtudo.com.br/
 
 
 Imagens do Windows 10 Mobile build 10586.71
O site Winbeta.org divulgou hoje algumas imagens do Windows 10 Mobile build 10586.71. Rumores dizem que este build será disponibilizado como uma atualização cumulativa ainda nesta semana.

De acordo com o site, este build traz apenas correções de bugs e melhorias no desempenho.

Imagens do Windows 10 Mobile build 10586.71:

Lançamento do Windows 10 Mobile adiado para fevereiro
De acordo com um email interno da Microsoft divulgado recentemente, o lançamento do Windows 10 Mobile para smartphones da linha Lumia com Windows Phone 8.1 foi adiado para fevereiro.

O plano original era disponibilizar a atualização para os smartphones Lumia com Windows Phone 8.1 em dezembro de 2015. Depois o prazo foi alterado para janeiro e agora para fevereiro.

O novo prazo foi confirmado através de um email enviado pela Microsoft para seus parceiros.

A versão final do Windows 10 Mobile está disponível para os participantes do Windows Insider Program desde novembro de 2015 e o sistema operacional também já vem pré-instalado no Lumia 550, Lumia 950 e Lumia 950 XL. Esta versão já recebeu algumas atualizações cumulativas e a mais recente delas deve ser disponibilizada nesta semana.

Entre os smartphones que receberão o upgrade em fevereiro estão:

- Lumia 430
- Lumia 435
- Lumia 532
- Lumia 535
- Lumia 540
- Lumia 635 com 1GB de RAM
- Lumia 640
- Lumia 640 XL
- Lumia 735
- Lumia 830
- Lumia 930


Artigos Relacionados Microsoft disponibiliza novo firmware para o Lumia 550 Windows 10 Mobile é adiado para fevereiro Windows 10 Mobile agora suporta processadores x86 Microsoft lançará aplicativo Windows 10 Upgrade Advisor para Windows Phone *ATUALIZADO* Aplicativo Windows Insider para Windows Phone recebe atualização Baixe a atualização cumulativa para o Windows 10 Mobile build 10586 v1511 Archos lança o smartphone 50 Cesium com Windows 10 Mobile Acer anuncia o smartphone Liquid Jade Primo 

Fonte: http://noticias.r7.com/
 
 
 Como desinstalar o OneDrive do Windows 10
Como desinstalar o OneDrive do Windows 10

O Windows 10 trouxe algumas novidades e, como é de praxe com serviços da Microsoft, veio também com aqueles aplicativos e serviços quase impossíveis de serem removidos por meios comuns. Um desses é o OneDrive, o serviço de armazenamento na nuvem da companhia que oferece alguns gigabytes na web para você guardar as suas coisas. Se você é usuário deste serviço, ótimo, é só aproveitar. Contudo, se este não é o seu caso, o item se torna desnecessário. 
Infelizmente, a função que permite a remoção do OneDrive não está disponível para o Windows 10 Home. Apenas quem utiliza uma versão superior a essa, como a Pro, é que pode acessar uma função específica do sistema para remover o OneDrive por completo. 

Então, se você tem uma versão Pro do Windows 10, faça o seguinte: 

Passo 1 
Abra o Menu Iniciar e procure pela função “Editar política de grupo”. Clique sobre ela. 

Passo 2 
Na nova tela, siga o caminho Política do Computador Local > Configuração do Computador > Modelos Administrativos > Componentes do Windows > OneDrive. Agora, ative a opção “Impedir o uso do OneDrive para armazenamento de arquivos” na seção “Editar”. 

Passo 3 
Para concluir a remoção do OneDrive, você precisa abrir o Prompt de Comando do Windows. Para isso, abra o Menu iniciar e procure “Prompt de Comando”. Clique sobre ele. 

Se você utiliza sistema de 32 bits, execute o seguinte comando: 

%SystemRoot%System32OneDriveSetup.exe /uninstall 

Caso você use sistema de 64 bits, execute este comando: 

%SystemRoot%SysWOW64OneDriveSetup.exe /uninstall 

Apenas isso já é o suficiente para remover o OneDrive de sua máquina. Vale observar, porém, que não há nenhuma tela de confirmação ou algo do tipo, então é preciso conferir manualmente se o serviço foi removido. Além disso, é importante ressaltar que as pastas utilizadas pelo OneDrive não serão removidas — isso deve ser feito manualmente ou com a ajuda de algum programa de limpeza.


Fonte: http://canaltech.com.br/
 
 
 Como criar e configurar uma conta para crianças no Windows 10
A Microsoft adicionou ao Windows 10 uma ferramenta que permite criar contas para crianças no computador e monitorar suas atividades, como a navegação pela internet, aplicativos e jogos acessados. A funcionalidade ajuda a impedir que elas façam compras dentro de apps.

A única exigência para ativar a função é possuir uma conta da Microsoft, que irá possibilitar o controle parental a partir de qualquer PC. Veja abaixo como configurar as contas para crianças no Windows 10.
Passo 1. Acesse o menu de configurações do Windows 10 clicando em iniciar e depois na opção “Configurações”. Você também pode utilizar o atalho “Win + I”;

Passo 2. Assim que o painel de configurações se abrir, clique na opção “Contas”;

Passo 3. Nesse painel, selecione a opção “Família e outros usuários” que fica no menu esquerdo. Depois, clique em “Adicionar um membro da família”;

Passo 4. O assistente de configuração irá perguntar se você deseja adicionar uma criança ou um adulto. Clique no botão “Adicionar criança” e insira o email da conta da Microsoft dela, depois clique em “Próximo”;

Passo 5. Confirme as informações. Um email com um convite será enviado para o endereço adicionado no passo anterior;

Passo 6. A criança deve aceitar o convite. No email, basta clicar no link “Aceitar convite”;

Passo 7. Depois de clicar no link, aperte o botão “Entrar e participar” e finalize a adição da conta;

Passo 8. Assim que o convite for aceito, a conta será adicionada ao painel “Microsoft Família”. Eles poderão logar e usar o computador como um usuário comum;

Passo 9. No menu “Família e outros usuários” do Windows 10, você verá as alterações realizadas. Clicando em “Gerenciar configurações de família online” será possível criar as regras de uso.

Agora, é só definir as regras para a criança de acordo com as suas preferências. É possível bloquear sites específicos, definir um tempo de utilização máximo e obter relatórios com a atividade recente do seu filho.


Fonte: techtudo.com.br
 
 
 Como ativar a criptografia no Windows 10 Mobile
O Windows 10 Mobile, versão móvel do sistema da Microsoft, permite ao usuário criptografar o celular. Quando ativado, o recurso impede que os arquivos e dados pessoais sejam acessados por estranhos, em caso de perda ou roubo do smartphone. A novidade, porém, vem desabilitada, por padrão, e precisa ser ativada manualmente para dar mais segurança e privacidade ao smartphone.

A dica é útil para os usuários que têm documentos ou imagens importantes na memória do telefone. Para saber como ativar a criptografia de dados do celular no Windows 10, confira o tutorial a seguir. Vale lembrar que, antes de fazer isso, é importante que o smartphone esteja protegido por senha.

Passo 1. Vá até as configurações do Windows 10 Mobile e toque em “Sistema”.

Passo 2. Em seguida, clique em “Criptografia do dispositivo”. Por fim, defina a opção como “Ativado”.

Pronto. Depois disso, é só esperar até que os dados armazenados no celular sejam criptografados. Vale dizer que você pode usar o smarphone normalmente enquanto isso.


Fonte: techtudo.com.br
 
 
 Versão Windows 10 do Xiaomi Mi Pad 2 será lançada amanhã por US$ 183
Embora tenha sido lançado com Android há alguns meses, a versão do do Mi Pad 2 com o novíssimo sistema operacional da Microsoft destinado a eletrônicos mais potentes, Windows 10 'padrão', ainda não havia chegado oficialmente às prateleiras das lojas filiadas à companhia chinesa, mas isto está prestes a mudar. Usando suas mídias sociais, a empresa asiática confirmou que a novidade chegará ainda amanhã, 26 de janeiro, às varejistas de seu país natal, agraciando quem já havia sido conquistado pelo tablet, porém estava aguardando a edição que 'abandona' o ambiente virtual da Google, a plataforma do robozinho. Cada embalagem com um exemplar do dispositivo portátil, em seu modelo mais caro, com 64 GB de espaço nativo, custará US$ 185 aos interessados, um valor bem moderado ao analisar de perto as características do gadget.

Traduzindo ao nosso contexto, a quantia de US$ 185 pode ser transformada em R$ 760, usando a cotação atual do dólar como base de conversão e ignorando os impostos que são cobrados no Brasil. É no mínimo interessante tentar concluir sobre o porquê da Xiaomi ter escolhido o Windows 10 para alimentar seu mais novo tablet ao invés do Windows 10 Mobile, que, em teoria, teria mais a oferecer ao Mi Pad 2, justamente por trabalhar de forma natural com aparelhos com displays sensíveis ao toque. Ainda assim, a versão pode chamar a atenção de quem busca por produtividade e flexibilidade, levando o pacote Office, por exemplo, e os demais softwares que podem ser instalados no Windows 10 de modo fácil e rápido, sem precisar colocar o notebook na mochila. Relembre na lista abaixo todas as especificações técnicas que preenchem o potente produto da marca oriental:

- Tela de 7,9 polegadas, usando a resolução de 2048 x 1536 pixels para a reprodução de conteúdo, resultando em 326 pixels por polegada

- 2 GB de RAM (LPDDR3)

- Chipset Intel X5-Z8500

- Processador de quatro núcleos, rodando, no máximo, a 2,4 GHz cada

- Intel HD Graphics como placa gráfica

- 16 GB ou 64 GB de memória para o armazenamento interno

- Câmera principal de 8 megapixels (sem LED para o flash)

- Câmera frontal de 5 megapixels

- Bateria de 6.190 mAh

- Android 5.1 Lollipop ou Windows 10 com sistema operacional, podendo incluir a interface MIUI 7


Embora seja mais fino e leve do que seu antecessor, a promessa da Xiaomi é que o Mi Pad 2 consiga permanecer por 12 horas longe de tomadas ou quaisquer fontes de alimentação de energia elétrica, oferecendo um desempenho favorável de autonomia ao usuário. O eletrônico está disponível em três cores distintas, sendo elas a escura, cinza e a ouro champagne, sendo que, por enquanto, o tablet é exclusivo ao mercado chinês, não havendo informações sobre a estreia internacional da novidade, então nada de esperá-lo no Brasil, pelo menos por enquanto.


Fonte: tudocelular.com/
 
 
 Como instalar fontes no Windows 10
Instalar fontes no Windows 10 é uma tarefa bem simples e que não requer muitos cliques ou comandos complicados. Mas o procedimento pode ser uma incógnita para quem está começando a usar um computador. Se esse é o seu caso, confira as dicas e aprenda a instalar rapidamente uma ou várias fontes de uma vez no PC com a última versão do sistema da Microsoft.

Passo 1. Para instalar uma fonte, localize o arquivo da fonte (extensão .ttf) e dê um duplo clique sobre ele para abrir a pré-visualização;

Passo 2. Basta clicar em “Instalar”, no canto superior esquerdo da janela.

Instalando várias fontes de uma vez
Passo 1. Se você gostaria de instalar mais de uma fonte, o jeito mais rápido é copiar todas elas para o diretório de fontes do Windows. Para isso, pesquise por “fontes” e clique sobre “Exibir as fontes instaladas”;

Passo 2. Agora é só copiar todas as fontes para o a pasta que se abre. Nela, você também pode localizar e remover as fontes que não quer mais usar.

Pronto! Com essas dicas simples, você poderá adicionar e remover fontes de tipografia no Windows 10.


Fonte: techtudo.com.br
 
 
 Como girar e cortar fotos no Windows 10
O Windows 10 permite que o usuário faça edições básicas em suas imagens usando o aplicativo nativo de fotos do sistema. Dentre as opções disponíveis, está a possibilidade de rotacionar e recortar as imagens para ajustar o ângulo da câmera.

O recurso pode ser útil caso você tenha tirado uma foto com o celular virado ou queria alterar o enquadramento da cena. Se você precisa fazer isso, confira a dica e aprenda a girar e cortar imagens sem precisar instalar nada, usando o próprio aplicativo de fotos do Windows 10.

Passo 1. Clique com o botão direito do mouse sobre a imagem que você quer editar e, no menu de contexto, vá até “Abrir como”. Em seguida, clique em “Fotos”;

Passo 2. A imagem será aberta no aplicativo de fotos nativo do Windows 10. Para editá-la, clique sobre o ícone representado por um lápis;
Clique sobre o botão indicado para editar a imagem (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 3. Para rotacionar a foto, basta clicar em “Girar”, na barra lateral direita da janela. Quando acertar a posição da foto, clique sobre o ícone do disquete para salvá-la;

Passo 4. Caso queira recortar a imagem, clique em “Recortar”, na barra lateral direita da janela;

Passo 5. Feito isso, ajuste o enquadramento da foto. Você pode arrastar os pontos e a imagem para justá-la na posição desejada ou usar uma as opções de proporção. Para isso, clique sobre o primeiro botão da barra localizada na parte superior da janela;

Passo 6. Após realizar os ajustes desejados, clique sobre o botão indicado na imagem para aplicar a mudança;

Passo 7. Por fim, clique sobre o ícone do disquete para salvar as alterações realizadas na foto.

Pronto! Aproveite as dicas para ajustar o enquadramento e corrigir fotos viradas no Windows 10.


Fonte: techtudo.com.br/
 
 
 Confirmado o atraso do Windows 10 Mobile para Fevereiro
O Windows 10 Mobile, na sua versão final, está a ter problemas em chegar aos utilizadores e aos seus smartphones. Adiado no final do ano passado, esteve já várias vezes dado como certo.

Depois de terem surgido informações não oficiais de que seria mais uma vez adiado, é agora a própria Microsoft a informar os seus parceiros desse novo atraso, mais uma vez sem qualquer explicação para o mesmo.

A sustentar a informação que apresentámos no final desta semana e que dava como certo um novo adiamento para o final de Fevereiro, surge uma nova informação directamente da Microsoft.

Segundo um email interno da empresa de Redmond, dirigido aos seus parceiros e obtido pelo site VentureBeat, este adiamento é real e deverá abranger também a actualização mensal dos próprios Lumia 950 e 950XL.

A informação constante do email dá ênfase à necessidade de tornar a versão final mais madura e mais estável. Os trabalhos estão a decorrer de forma fluída e em breve esta versão chegará, mais uma vez sem qualquer data oficial a ser adiantada.

Lumia 650 também foi adiado

Mas o Windows 10 Mobile não é o único a sofrer um atraso no lançamento. O futuro smartphone da Microsoft, o Lumia 650 foi também colocado em espera por mais algum tempo.

Apontada como sendo provável a sua chegada nos primeiros dias de Fevereiro, viu agora o calendário ser reajustado e a nova data está agora a apontar para meados de de Fevereiro, provavelmente a preparar a chegada do Windows 10 Mobile.

Segundo fontes conhecedoras deste processo a causa que levou ao adiamento está relacionada com alterações de última hora necessárias para resolver problemas de software/firmware que foram encontrados.

Fonte: http://pplware.sapo.pt/
 
 
 Preview do Windows 10 traz histórico do Edge, mas sofre com bugs em games
Nova build do sistema da Microsoft finalmente conta com aguardado recurso do navegador. Problemas com jogos são ponto negativo.

A Microsoft liberou nesta quinta-feira, 21/1, a versão preview 11102 do Windows 10 com um novo e aguardado recurso do Edge, mas os gamers devem ficar ligados com alguns problemas importantes do sistema.

A nova build do Windows traz um recurso no Edge em que os usuários podem agora clicar nas setas para voltar ou avançar e ver uma pequena janela com a localização da página atual no histórico de visualização do usuário. Mas é só quanto a novos recursos.

Bugs para gamers

Os problemas com a versão são mais preocupantes, especialmente se você joga games no PC. O VP de engenharia da Microsoft, Gabe Aul, afirmou que é “altamente recomendável prestar atenção nos problemas conhecidos dessa versão, uma vez que alguns deles vão impactar na sua experiência com games no PC”.

Mais especificamente, alguns games vão travar durante a mudança do modo janela para tela cheia, durante uma mudança de resolução do jogo, ou mesmo durante a inicialização do game por conta de um bug na parte gráfica do sistema. Os jogos em que a Microsoft registrou problemas incluem títulos conhecidos como The Witcher 3, Fallout 4, Tomb Raider, Assassin’s Creed e Metal Gear Solid V. Aparentemente, ainda não há uma solução disponível.

E isso não é tudo. Sua placa wireless de repente pode informá-lo que não é compatível com o Windows 10, exigindo que você saia atrá do driver mais recente.


Fonte: http://idgnow.com.br/
 
 
 Windows 10 Mobile ainda indisponível para grande parte dos equipamentos
Apesar da recente disponibilização da atualização para o Windows 10 Mobile do Lumia 640 na Polónia (entre outros raros casos), os restantes equipamentos ainda terão de aguardar pela sua vez de receber este tão esperado update do sistema operativo dos equipamentos da Microsoft.

Há cerca de 3 meses, em Outubro de 2015, a Microsoft anunciou que o Windows 10 ficaria disponível para os dispositivos Lumia mais antigos a partir de dezembro de 2015, o que, claramente, não se verificou. Como tal, na sequência dos acontecimentos, fez-se um segundo anúncio, afirmando que, afinal, a Microsoft apenas iria disponibilizar a atualização em inícios de 2016.

Esta atualização, que traz muitas vantagens para os Windows Phone com uma melhoria significativa do Action Center, o desenvolvimento do Office Mobile e do Outlook, a introdução do Microsoft Edge e tantas outras novas funcionalidades nas aplicações como Calendário e Mapas (entre outras), considerando o registo de diversas fontes, apenas chegará aos equipamentos Lumia mais antigos no início de fevereiro deste ano. Contudo, esta data ainda não é definitiva, e certamente não chegará a todos os países na altura desejada. Resta apenas aguardar e esperar que não haja mais atrasos no lançamento desta atualização!


Fonte: http://www.tecnologia.com.pt/
 
 
 Microsoft adia lançamento do Windows 10 Mobile e deixa utilizadores irritados
A chegada do Windows 10 Mobile aos aparelhos mais antigos da linha Lumia está longe de ter um final feliz. Depois de ter chegado oficialmente aos Lumias 950 e 950 XL, em dezembro, a Microsoft esperava lançar para os restantes aparelhos no mesmo mês do ano passado.

Tal não se confirmou, e o lançamento oficial do Windows 10 Mobile ficou adiado para este mês de janeiro. Tal como aconteceu em dezembro de 2015, os utilizadores voltaram a ficar à ‘seca’ com o update para o Windo3ws 10 Mobile. A marca de Redmond voltou a adiar o seu lançamento, agora para o mês de fevereiro.

No entanto, não é a própria Microsoft que afirma que o update para o Windows 10 Mobile chega em fevereiro. Essa informação foi feita pela operadora, Bouygues Telecom, em resposta a uma pergunta de um utilizador. A operadora afirma que o Windows 10 Mobile para os restantes aparelhos chega no final de fevereiro!

No entanto, e como se não bastasse, há mais informações de vários sites de tecnologia a inquietar os utilizadores. Segundo várias fontes, Lumias das series 20 e 30 (620, 720, 820, 630, 730 e 830) ainda não deverão receber, para já, o Windows 10 Mobile, uma vez que o mesmo não estará numa versão estável para estes dispositivos.

Apesar de ser possível instalar o Windows 10 Mobile – através do programa Windows Insider (versão beta), a verdade é que a Microsoft está a falhar redondamente, ao adiar sucessivas vezes o lançamento da versão Mobile do Windows 10.

A marca de Redmond assumiu que o sistema ainda não é estável e, portanto, esta não é a melhor altura para o mesmo ser lançado. Podemos confirmar o mesmo, com uma versão preview instalada nos Lumias 820 e 830.

Acreditamos que a Microsoft tenha a melhor das intenções ao querer lançar o Windows 10 Mobile quando o mesmo estiver ‘limpo’, sem bugs. No entanto, é incompreensível que a marca ande, há meses, a fazer promessas aos utilizadores: hoje, amanha, depois…

São muitas as mensagens de irritação para com a marca de Redmond, quer nas redes sociais, quer nos sites especializados. Isto não é bom para a Microsoft, numa altura em que a quota de mercado do Windows Phone ainda deixa muito a desejar.


Fonte: http://ptjornal.com/
 
 
 Aplicativo universal do Dropbox para Windows 10 já está disponível
A Microsoft anunciou no blog oficial da equipe do Windows que o aplicativo universal do Dropbox para Windows 10 já está disponível na Windows Store. O aplicativo é gratuito.

O Dropbox é um popular serviço para armazenamento e sincronização de arquivos na nuvem. O serviço oferece 2GB de espaço gratuitamente e também oferece planos pagos a partir de US$ 9,99 por mês.

Novidades no aplicativo universal do Dropbox para Windows 10
- Baseado na Universal Windows Platform. O aplicativo oferece melhor desempenho e inicialização mais rápida no Windows 10.

- Suporte para o Windows Hello. O novo aplicativo universal do Dropbox para Windows 10 permite que os usuários utilizem o sistema de autenticação biométrica Windows Hello* ao invés da senha do serviço para oferecer maior segurança para os arquivos.


- Acesso rápido aos arquivos recentes. Usando a Jump List, você só precisa clicar com o botão direito do mouse no ícone do aplicativo na barra de tarefas para acessar os arquivos mais recentes.

- Notificações interativas. Aceita o convite para acessar uma pasta compartilhada sem precisar abrir o aplicativo.


- Busca rápida. Você não precisa clicar no ícone para iniciar uma busca, basta digitar para começar.

- Arraste e solte arquivos. Para mover ou copiar um arquivo para o Dropbox, basta arrastar e soltar o arquivo que você quer do Explorador de Arquivos para o aplicativo universal do Dropbox para Windows 10. Dentro do aplicativo você também pode mover ou copiar arquivos para outras pastas (segure a tecla Ctrl para copiar).


- Comentários. Adicione comentários aos seus arquivos e inclua outras pessoas na discussão com @mentions.


*Requer hardware compatível.


Artigos Relacionados Usuários poderão continuar com seus 15GB de espaço no OneDrive Microsoft reduzirá capacidade da versão gratuita do OneDrive Versão 3.3 do app do Dropbox para Windows já está disponível Microsoft anuncia integração do Office Online com o Dropbox Microsoft atualiza o OneDrive for Business Aplicativo do OneDrive para Windows Phone recebe atualização Como obter mais 100GB de espaço no OneDrive RapidShare encerrará suas atividades em março .


Fonte: http://noticias.r7.com/
 
 
 Windows 10 Mobile sofre novo atraso e agora só chega em fevereiro
A informação que todo mundo esperava agora parece ter sido oficializada pela Microsoft: a versão móvel do Windows 10 está sendo adiada mais uma vez e deve chegar apenas em fevereiro. Esse é o segundo atraso consecutivo no sistema operacional, que deveria ter sido lançado em dezembro de 2015 para os aparelhos compatíveis da linha Lumia. Por mais que a Microsoft afirme publicamente que o sistema operacional está quase pronto para o lançamento, parece que ainda falta um pouco de trabalho para que ele seja efetivamente disponibilizado. De acordo com fontes ligadas ao desenvolvimento, a companhia estaria em busca de um alto nível de polimento e, com a ajuda dos usuários cadastrados no programa Insider, continuaria encontrando bugs e problemas no firmware que exigem atenção e devem ser solucionados antes do lançamento final. 

Com o atraso no lançamento do Windows 10, o Lumia 950 e seu irmão de tela maior, o XL, também devem ter atualizações adiadas. Por mais que o dispositivo já esteja nas lojas desde o final do ano passado como o único a contar com a nova plataforma, ele também passa pelos mesmos problemas que teriam sido identificados pelos usuários e, sendo assim, os donos do dispositivo devem esperar um pouco mais para receber a prometida atualização que adicionaria novos serviços. 

A informação, entretanto, não foi revelada diretamente à imprensa, e sim em um e-mail enviado pela Microsoft a seus parceiros que trabalham com a plataforma. No texto, a empresa usa jargões e uma linguagem complicada para falar sobre o adiamento, mas também deixa claro que não pretende liberar o sistema antes que ele esteja efetivamente pronto. 

A mensagem não dá uma data precisa, mas a previsão é que os trabalhos, agora, se encerrem até meados de fevereiro. Os usuários, então, podem esperar a atualização para o final do mês que vem. Facilita a vida o fato de que a Microsoft não conta com parceiras de fabricação e controla todo o processo relacionado à linha Lumia, o que acaba agilizando a liberação de atualizações e correções. Ainda assim, essa espera parece estar ficando longa demais. 

Fonte: Venture Beat 
Fonte: http://canaltech.com.br/
 
 
 Windows 10 Mobile e nova compilação no Insider a qualquer momento, build 11105 em testes
Microsoft liberou há poucas horas uma nova compilação do Windows 10 para computadores inscritos no Insider, imediatamente os usuários da versão mobile levantaram as antenas na espera de novidades e isso poderia ocorrer a qualquer momento.
Vimos recentemente que a gigante de Redmond está tendo dificuldades em cumprir com os prazos para liberação do Windows 10 Mobile aos milhões de dispositivos Lumia espalhados pelo mundo, apesar de algumas operadoras já terem iniciado o processo e os novos dispositivos Lumia 950 e 550 também já saírem das lojas com o novo sistema. Pois bem, os trabalhos de desenvolvimento continuam e já temos informação sobre uma compilação candidata a ser liberada para os insiders nas próximas horas ou dias.
Como vemos na imagem acima, a Microsoft está testando internamente, já no ciclo rápido, a compilação de número 11105, séria candidata a desembarcar nos dispositivos inscritos no programa de testes, também no ciclo rápido. Esse passo também daria abertura para levar a compilação 11102 ao ciclo lento.
Também é importante lembrar que a Microsoft já alertou sua escolha por polir o OneCore, ou núcleo do sistema compartilhado entre todas as versões, em busca de erros e possibilidade de aprimoramento do desempenho, em detrimento de trabalhos em novos recursos.
Em uma resposta dada por Gabriel Aul no Twitter ele alerta que não teremos novidades na versão mobile hoje, mas não impede que recebamos o final de semana com uma nova compilação, vamos aguardar.
 
 
 Loja de apps no Windows 10 apresenta problemas que irritam desenvolvedores e usuários
A Windows Store da Microsoft é um recurso chave do ecossistema para o Windows 10, o que faz com que seja essencial que a empresa se dedique para tonar a experiência dos usuários na loja impecável. Porém, a Microsoft não fez muito disso ainda. Após apresentar uma falha na opção de compras em dezembro, a Windows Store do novo sistema ainda deixa a desejar e desenvolvedores a tem criticado pela frustração em alguns aspectos.
Um dos problemas da loja de aplicativos que já deve ter incomodado muitos, é o fato de que ela não mostra as datas das últimas atualizações. Imagine olhar para um app pago na loja do Windows, conferir o changelog com a lista das últimas alterações e, em seguida, baixá-lo apenas para descobrir que ele não foi atualizado nos últimos doze meses? Isso seria muito chato, de fato, mas é o que pode acontecer, uma vez que não há nenhuma data para indicar quando a última atualização foi realizada.
E os problemas não param por aí, qualquer pessoa familiarizada com a tela de configurações do Windows 10 sabe que a Microsoft permite automaticamente autoatualização da loja de aplicativos. Isso seria muito bom se a loja não escondesse quando os aplicativos são atualizados.
E mais. Quando os desenvolvedores atualizam seus aplicativos na loja, eles muitas vezes colocaram um changelog para indicar o que mudou. Seja correções de bugs e melhorias ou uma lista maciça de recursos novos. No Windows Phone 8.1, não só você pode ver este changelog, mas também poderia pular rapidamente para os apps que estão atualizando para ver os detalhes. No Windows 10 ainda não. Não só o processo de obtenção do changelog em dispositivos móveis é extremamente ruim, mas o changelog atual não aparece na loja em pelo menos 6 a 8 horas.
Com esses problemas, as grandes atualizações de apps poderiam passar por despercebidas porque a loja ainda tem que atualizar, e até mesmo os engenheiros da Microsoft, ao atualizar os aplicativos da empresa, têm recorrido a outros meios para postar o changelog, às vezes o Reddit ou nas páginas do fórum dedicado.
E tem ainda mais. Os algoritmos de busca da loja revelam que mesmo que a Microsoft tenha atualizado suas diretrizes do Windows e se comprometeu a remover um aplicativo da loja, ela precisa adotar uma política de banimento de desenvolvedores e endereços IP. Inchaço da loja com aplicativos não está fazendo aos desenvolvedores qualquer bem, o que também não é vantagem para nenhum usuário.
Alguns desenvolvedores tem escrito artigos sobre suas dificuldades com a loja da Microsoft, incluindo problemas com o sistema de buscas. Um deles diz o seguinte:
"O problema: desde que o Windows 10 chegou, as vendas de todos os meus apps, que foram muito baixas em comparação com outras lojas de apps, caíram significativamente, quase a zero (mesmo o que eu tenha atualizado para Windows 10). E não é de estranhar que este é o caso: você não consegue encontrar meus apps em qualquer lugar na loja de apps. Se você não sabe o nome exato do meu aplicativo, você não vai encontrá-lo. Você pode digitar qualquer uma das palavras-chave que tem no título, descrição ou mesmo na lista de palavras-chave enviada à loja, e meus apps não serão listados. Não é como se este fosse um bug recente ou similar: é assim desde cerca de meio ano. Não sei o que a Microsoft está pensando aqui. Parece que há esta grande corporação, e as pessoas lá dentro não tenham ideia o que estão fazendo."
E por fim, uma das bizarrices mais estranhas da loja é que os últimos aplicativos que você baixou, de acordo com o sistema, foram o Twitter e o Candy Crush Saga. Também foram os últimos que você baixou ontem. E serão os últimos que baixou amanhã. Duvida? Basta ir até a sua biblioteca de apps na Windows Store e eles sempre estão no topo dos mais recentemente instalados, com a data do dia atual. Ah, você não tem eles instalados? Não tem problema, eles estarão lá no topo, na data atual, com um botão para você fazer o download.
Aparentemente, por alguma razão, a Microsoft ama o Twitter e o Candy Crush Saga.
 
 
 Ative recurso nativo do Windows 10 para ter uma inicialização rápida
Microsoft conseguiu números marcantes com o Windows 10 em apenas seis meses de vida no mercado, o sistema operacional já é o segundo mais usado no planeta e arranca elogios dos seus usuários, ao contrário da versão antecessora. Mas para aqueles que estão achando o sistema lento nós temos uma dica interessante, pelo menos no que diz respeito ao tempo gasto na inicialização do equipamento.
Possuir um computador com hardware de ponta e que inclua processadores potentes, bastante memória RAM e SSD no lugar do HD geralmente é garantia de inicialização rápida, mas um recurso nativo do Windows 10 garante uma boa ajuda nesse quesito, a “Inicialização rápida”. Trata-se de um recurso disponibilizado no Windows 8.x e também presente na nova versão, que combina características da hibernação no processo de desligamento para permitir que seu Windows 10 reduza significativamente o tempo de inicialização.
A “Inicialização rápida” (“Fast Startup”) vem habilitado por padrão em novas instalações do Windows 10, mas é possível que esteja inativo em alguns equipamentos, principalmente naqueles em que se realizou a atualização por cima do Windows 8.1. Caso este seja o quadro do seu equipamento, abaixo mostramos como reativar o recurso.

Ativando a “Inicialização rápida” no Windows 10
1 – Clique com o botão direito do mouse no botão Iniciar e selecione “Opções de Energia”.
2 – Na lateral esquerda, clique em “Exigir senha ao despertar” para acessar as Configurações do Sistema de Opções de Energia.
3 – Clique em “Alterar configurações não disponíveis no momento” para modificar as “Configurações de desligamento”. Marque a opção “Ligar a inicialização rápida” e salve as alterações.
Alguns equipamentos podem estar com a opção “Ligar a inicialização rápida” oculta, talvez devido ao modo de hibernação estar desabilitado em seu computador, o que requer primeiro a disponibilização do recurso via linha de comando. O passo a passo também pode ser conferido a seguir.

Tornar disponível o recurso de “Inicialização rápida”
1 – Clique com o botão direito do mouse no botão Iniciar e selecione “Prompt de Comando (Admin)"
2 – Digite o seguinte comando: “powercfg /hibernate on” e pressione Enter. Este comando ativará o recurso de hibernação, que é um componente importante para a inicialização rápida.
3 – Agora você pode repetir os passos demonstrados mais acima e deve ser capaz de ver a opção “Inicialização rápida (recomendado)” nas opções das configurações de desligamento.

Apesar de se uma dica válida para a maioria dos usuários, vale alertar que talvez não seja o melhor meio de acelerar a inicialização em equipamentos com determinadas configurações, tais como espaço limitado no disco rígido ou configuração de dual-boot. Esperamos que a dica seja proveitosa para sua máquina.
 
 
 Dropbox e Microsoft anunciam novo app universal para Windows 10
O Dropbox é um dos serviços de armazenamento em nuvem mais utilizados do mundo, contando com milhões de usuários nas mais variadas plataformas, sejam elas para dispositivos móveis ou desktops. Agora, os responsáveis pela ferramenta anunciaram um estreitamento ainda maior em sua parceria com a Microsoft, gerando como fruto um novo aplicativo universal para o Windows 10, que chega à loja do sistema com uma série de novidades interessantes.
Segundo revelado no blog oficial de ambas as companhias, o novo aplicativo conta com um visual melhor adaptado para os padrões de design do Windows 10, algo que vai desde a organização de seus elementos até as formas geométricas utilizadas. Além disso, ele se adapta perfeitamente aos mais variados tamanhos de tela, permitindo assim que possa ser utilizado por praticamente qualquer dispositivo com a plataforma de maneira otimizada e intuitiva.

As principais funções inseridas na nova edição do app Dropbox são:
Arrastar e soltar arquivos para dentro do Dropbox a partir do gerenciador de arquivos - ou até mesmo entre pastas do próprio Dropbox - para copiá-los ou movê-los;
Ferramenta de busca rápida para que você encontre o que está procurando de maneira facilitada. Conforme você digitar as letras serão exibidos resultados que se encaixem no contexto;
Notificações interativas sobre pastar compartilhadas, para que você aceite ou não convites sem nem mesmo precisar abrir o aplicativo;
Compatibilidade com o Windows Hello para o uso de leitores biométricos na autenticação do aplicativo, seja por leitura de impressões digitais, íris, facial, etc;
Adicione comentários em seus arquivos e convide amigos para a discussão com menções utilizando o símbolo "@";
Acesso rápido aos arquivos recentes com o uso da lista de atalhos do Windows 10, bastando clicar com o botão direito do mouse sobre o atalho na barra de tarefas.
Devemos destacar que até o momento o aplicativo é compatível apenas com o Windows 10 em desktops e tablets, porém a versão otimizada para dispositivos móveis será disponibilizada na loja em breve, segundo informado. Infelizmente, contudo, ainda não há qualquer detalhe sobre quando de fato isto acontecerá, restando aguardarmos que mais informações sobre o assunto sejam disponibilizadas para que possamos usufruir de todas estas novidades também em dispositivos móveis com o Windows 10 Mobile.
Para realizar o download do novo app do Dropbox, basta acessar a Windows Store e baixar o arquivo de cerca de 27 MB gratuitamente.
 
 
 Microsoft anuncia novos recursos para Xbox One Preview e para o app beta do Windows 10
Em novembro, a Microsoft disponibilizou a nova experiência do Xbox para o Windows 10. Após liberar uma atualização de menores ajustes em dezembro, trazendo correções de melhorias de estabilidade, a companhia anunciou novos recursos a caminho, e como sempre os membros do programa Xbox One Preview poderão testar as novidades primeiro.
Serão duas "ondas" de atualizações a caminho, e a primeira começou ontem para os membros do Xbox One Preview. Entre as novidades anunciadas, a companhia listou os seguintes destaques:
Agora você pode ver quem está em uma "party" antes de se juntar online
Você agora pode re-organizar Pins individuais na tela inicial de um Xbox, e Pins também estarão disponíveis para quando estiver offline.
Seu feed de Atividades será agora atualizado com as notificações de novos itens. Como a Microsoft explica: "Clicando no link você será levado para o topo do seu feed onde você verá posts mais recentes, para que você sempre tenha o conteúdo mais atual ao seu alcance."
Em Log-in> Ver conquistas, agora você vai ser capaz de ver o Gamerscore Leaderboard, oferecendo uma visão geral de sua pontuação total e os de seus amigos, assim como quem fez os maiores ganhos nos últimos 30 dias
Game Hubs e tiles de jogos lhe permitirá juntar-se facilmente a transmissões através do Twitch se seus amigos estiverem transmitindo transmitindo
Em resposta ao feedback dos usuários, agora você pode ocultar o conteúdo como betas, testes, jogos e aplicativos que você não deseja instalar a partir da lista "ready-to-install'.
Há novas melhorias para o recurso de Sugestões de Amigos na Comunidade e na lista de amigos no Guia.
As melhorias também estão a caminho para membros do Xbox Preview que usam o app do Xbox Beta no Windows 10 e Windows 10 Mobile. Estas chegarão na próxima semana e incluirão:
Nova loja de avatares integrada (acesso à loja estará disponível através do mesmo app no Windows 10 para PCs e telefones)
Postagens de notícias do Xbox serão adicionadas no Feed de atividades, incluindo detalhes do novo hardware, atualizações de console, lançamentos de jogos, torneios de jogos, conteúdo de entretenimento e muito mais.
Um novo ponto de acesso para itens de Trending, que levará você para uma página dedicada do Trending com vídeos populares, screenshots, conquistas e outros conteúdos.
Novos recursos e funcionalidades no app Xbox Beta em 'modo compacto', permitindo que você alterne facilmente entre visualização de amigos, party, mensagens e alertas de atividade.
Esta é a primeira dentre muito mais atualizações que certamente estão a caminho para o Xbox One e o aplicativo do Xbox para Windows 10 ainda este ano. Os que não estão participando do programa de visualização prévia terão que esperar mais um pouco, mas mas é certo que uma distribuição geral eventualmente será disponibilizada para esses usuários no mês que vem.
 
 
 Windows 10 já é o segundo maior sistema do mundo
Há muito tempo estamos acompanhando o desenvolvimento do Windows 10 no mercado, sistema da Microsoft que foi adotado de forma avassaladora pelos usuários. Ao que tudo indica, parece que o Windows 10 ultrapassou o Windows 8.1, tornando-se a segunda versão do Windows mais utilizado no mundo.
Ao longo do mês tanto o Windows 7, Windows 8.1 e Windows XP viram declínios substanciais no uso, especialmente o Windows 8.1 e Windows 7, que diminuíram mais fortemente do que o uso XP. Curiosamente, após uma descida mais acentuada em novembro e dezembro, o Windows 7 parece ter parado de perder usuários tão rapidamente, isso pode ser atribuído a usuários que não gostam do Windows 10 e reverteram sua decisão para uma versão anterior.
Em sua trajetória de atual o Windows 10 provavelmente vai alcançar o título de OS mais usado quando crescer cerca de 30% marca. Tal como está agora, o Windows 10 é uma atualização gratuita para usuários de Windows 7 e 8.x, esta oferta deve terminar no verão, após o que provavelmente veremos adoção do sistema operacional começar a abrandar - este problema pode significar que o Windows 10 demore ainda mais para vencer a vantagem do Windows 7.
 
 
 Microsoft faz parceria para novos processadores só aceitarem Windows 10
A Microsoft realmente quer que os usuários do Windows comecem a instalar a nova versão do sistema lançada no último ano. Desde o lançamento do software que a companhia possibilita a atualização gratuita para a nova versão, só que isso irá acabar já em julho. Porém, agora a empresa de Bill Gates está realizando mais uma estratégia para aumentar o número de computadores com o sistema.
Foi revelado uma nova política que “ajudará” os consumidores a utilizarem o Windows 10, e em parceria com outras empresas. A Microsoft negociou com as fabricantes de processadores, como Intel, AMD e Qualcomm, para elas fabricarem chips que só aceitem o Windows 10 ou superior.
Com os novos processadores os usuários só poderão instalar as versões mais recentes do Windows. O primeiro processador com a limitação será o Skylake. A Microsoft realmente quer que os consumidores utilizem o novo sistema, porém, infelizmente ela está fazendo isso de uma forma um pouco agressiva.
Além do Skylake, o Kaby Lake, AMD Bristol Ridge, e 8996 da Qualcomm só devem suportar a nova versão do sistema. Aqueles que ainda possuem máquinas com Windows 7 e Windows 8.1 podem ficar tranquilos, os sistemas receberão suporte até janeiro de 2020 e 2023, respectivamente.
As datas citadas são apenas para os consumidores finais, as empresas precisarão atualizar para o Windows 10 até 17 de julho de 2017. A recepção para a nova política da Microsoft não foi nada boa, os consumidores não ficaram contentes com a limitação que a empresa está fazendo.
 
 
 Microsoft anuncia evento sobre Windows 10 e Xbox
A Microsoft anunciou nesta semana um evento sobre Windows 10 e Xbox que será realizado em fevereiro em San Francisco, Califórnia.
Evento sobre Windows 10 e Xbox
De acordo com o anúncio, este evento sobre Windows 10 e Xbox será realizado no dia 25 de fevereiro e contará com a presença de Phil Spencer (foto abaixo), atual responsável pelo Xbox na Microsoft.
Nos convites enviados para a imprensa, a Microsoft informou que os presentes poderão ter acesso a jogos e “outras experiências” que chegarão ao Xbox e Windows 10 neste ano.
A Microsoft anunciou nesta semana um evento sobre Windows 10 e Xbox que será realizado em fevereiro em San Francisco, Califórnia
Windows 10 para Xbox One
A Microsoft disponibilizou no último dia 12 de novembro de 2015 o Windows 10 para Xbox One. Com a atualização, a versão do sistema operacional do console passou a ser 10.0.10586.1006 (th2_xbox_rel_1510.151107-2322).
Note que assim como no Windows 10 v1511 (Threshold 2) para desktops, o build da versão final do Windows 10 para Xbox One também é o 10586.
O changelog completo do Windows 10 para Xbox One foi publicado aqui pela Microsoft e alguns destaques podem ser vistos abaixo.
- Nova interface mais rápida e mais social: Com a integração do Windows 10 à Nova Experiência do Xbox One, você pode acessar vários recursos de jogos populares até 50% mais rápido do que antes.
Inicie imediatamente um grupo, veja quais amigos estão jogando e obtenha atualizações para os jogos executados recentemente na tela Início sem precisar esperar.
- Retro compatibilidade com jogos do Xbox 360: O Windows 10 para Xbox One implementa o suporte para retro compatibilidade com jogos do Xbox 360. Reproduza um número cada vez maior de jogos digitais ou em disco do Xbox 360 no Xbox One e tire vantagem de recursos como como capturas de tela, transmissões e DVR de Jogos. Acesse os arquivos salvos anteriormente, os complementos de jogos e as conquistas.
Os assinantes Xbox Live Gold podem reproduzir jogos multijogadores com amigos independentemente do console que eles estejam utilizando.
- Hubs de jogos aprimorados: Acesse os hubs de jogos com apenas um clique diretamente na tela Início para exibir ou iniciar o último jogo que você reproduziu, acesse a Loja para obter mais detalhes sobre outros jogos ou veja quais amigos estão jogando exatamente agora no Xbox Live.
 
 
 Windows 10 Mobile agora suporta processadores x86
A Microsoft atualizou recentemente sua página com os requisitos de hardware para o Windows 10 e Windows 10 Mobile. Com a atualização, o Windows 10 Mobile agora suporta processadores x86.
Antes da atualização, o sistema operacional da Microsoft para smartphones suportava apenas chips baseados na arquitetura ARM.
Com a confirmação de que o Windows 10 Mobile agora suporta processadores x86, é possível que um smartphone equipado com chips da Intel sejam anunciados nos próximos meses.
Imagem mostrando que o Windows 10 Mobile agora suporta processadores x86:
Em 2015 a Microsoft e Intel uniram forças em uma iniciativa visando ajudar os fabricantes na criação de smartphones e phablets mais baratos com Windows 10 Mobile equipados com processadores da linha Atom x3.
Os aparelhos com Windows 10 Mobile podem ter tela com até 7 polegadas e resolução máxima de 1560 x 1440.
Na época a Intel disse que os smartphones com o Atom x3 custariam cerca de US$ 75, mas as versões atuais do processador suportam apenas redes 3G.
Versões mais rápidas do Atom x3 com suporte para 4G LTE serão lançadas agora em 2016.
 
 
 CEO do Telegram confirma planos para app universal no Windows 10
Pavel Durov, CEO do Telegram, confirmou em resposta a um usuário do Twitter que "definitivamente" sua empresa tem planos para lançar uma versão universal do mensageiro para Windows 10. O Telegram, atualmente, é um dos aplicativos para troca de mensagens mais utilizados ao redor do mundo, embora ainda esteja trás do seu principal concorrente, o WhatsApp.
A reposta veio quando um usuário do Telegram perguntou a Durov, no Twitter, se a empresa tinha planos para atualizar o aplicativo de Windows Phone para uma versão universal do Windows 10, o que facilitaria e muito a vida de quem utiliza o app tanto no PC quanto no celular. Rapidamente o CEO respondeu a mensagem com um simples "definitivamente".
Por hora, isso é basicamente tudo o que temos sobre o lançamento de um app universal para a plataforma, visto que Durov ainda não revelou nenhum detalhe sobre o aplicativo do Telegram para Windows 10, muito menos uma data de lançamento.
Na semana passada o Telegram recebeu uma atualização que aumenta a velocidade no envio de GIFs, e assim como seu rival WhatsApp, a empresa por trás do aplicativo costuma lançar updates com uma certa frequência, sejam eles para experimentar novos recursos ou para melhorar a experiência de uso.
De qualquer maneira, ainda não temos nada sobre como funcionará o aplicativo universal do Telegram para Windows 10, mas a empresa certamente pode anunciar alguns detalhes nas próximas semanas.
 
 
 Como ativar rolagem de janelas em segundo plano do Windows 10
O Windows 10, a versão mais recente do sistema operacional da Microsoft, tem várias ferramentas que podem te ajudar na produtividade, como a rolagem de janelas em segundo plano. Com esse recurso, o usuário que utiliza mais de um programa de uma única vez pode dar scroll em ferramentas que estejam inativas, mas sem precisar trocar de aplicativo.

Esse recurso pode agilizar o uso no PC e facilitar o seu trabalho. Aprenda como fazer a rolagem de janelas em segundo plano neste tutorial do TechTudo.

Passo 1. Acesse as configurações do Windows;

Passo 2. Toque na opção Dispositivos;

Passo 3. Escolha a opção Mouse e Touchpad;

Passo 4. Ative a opção “Rolar Janelas Inativas quando focalizá-las com o mouse”.

Agora você já pode rolar a página enquanto utiliza outros programas como aplicativo principal. Isso promete ser muito útil para digitação no Word enquanto acessa algum site, por exemplo.
 
 
 Novos processadores só vão aceitar rodar Windows 10, diz Microsoft
Os futuros processadores da AMD, Intel e Qualcomm terão suporte restrito ao Windows 10, deixando de lado versões antigas e populares do sistema operacional, como o Windows 7 e Windows 8.1. A medida, anunciada pela Microsoft, reflete sobre alguns modelos Skylake atuais da Intel e é focada em versões corporativas do sistema.

A mudança da Microsoft pode ser vista como um movimento estratégico para empurrar seus clientes corporativos a realizarem o upgrade para o Windows 10. Ao restringir o suporte do sistema operacional a processadores mais novos, a companhia coloca pressão para que empresas do mundo inteiro realizem a migração para o sistema mais novo.

Para atender às necessidades de grandes empresas que podem demorar ainda no processo de migração do Windows 7, ou 8.1, para o 10, a Microsoft vai manter o suporte a alguns processadores Skylake da Intel até julho de 2017.

Do ponto de vista do usuário doméstico, no futuro, isso significará que novos computadores equipados com as futuras gerações de processadores da AMD, Intel e Qualcomm não terão suporte a Windows antigos. Na prática, isso pode significar desde perda de algumas funções desses sistemas até instabilidade e mal funcionamento.

Segundo a Microsoft, há um considerável volume de trabalho necessário para garantir que versões antigas do Windows funcionem corretamente em processadores mais novos.
A medida de restringir suporte a essas edições em novos processadores é também uma forma de agradar os fabricantes de hardware, que acabam desobrigados a investir na criação de drivers para manter os sistemas velhos operando em novos computadores.
O Windows 10 vale a pena? Comente no Fórum do TechTudo
Vale destacar que a mudança não significa que Windows 7 e o Windows 8.1 deixarão de ser suportados nos equipamentos em que rodam atualmente. Atualizações de segurança e correção de bugs devem continuar sendo liberadas pela Microsoft até que os prazos de suporte dos dois produtos seja encerrados em 2020 e 2023, respectivamente.

Via Microsoft Experience Blog
Fonte: techtudo.com.br
 
 
 Microsoft amplia lista de dispositivos com suporte ao Continuum do Windows 10 Mobile
Continuum foi um dos aspectos mais exaltados pela Microsoft durante o lançamento da nova linha de dispositivos Lumia (950, 950 XL e 550) e apresentação do Windows 10 Mobile. No evento realizado em outubro de 2015 o novo recurso foi demonstrado rodando em um Lumia 950 e imediatamente se levantou o questionamento sobre quais smartphones também teriam suporte. E a gigante de Redmond acaba de ampliar a lista, incluindo modelos mais modestos.

Há alguns dias vimos o lançamento do Nuans Neo, um smartphone intermediário personalizável que traz suporte para Continuum. Agora sabemos que esse dispositivo com processador Qualcomm Snapdragon 617 não estará sozinho, graças a atualização da lista de requisitos de hardware para uso do dock que transforma smartphones em computadores desktop.

Os requisitos mínimos para o Modo Continuum exigem 3 GB de memória RAM para telas com resolução igual ou superior a 1080p ou 2GB de RAM nos modelos com 720p, memória interna com no mínimo 16GB, Bluetooth 4.0, Wi-Fi 802.11n dual-band (se recomenda Wi-Fi 802.11ac), USB 2.0 (se recomenda USB 3.0 Tipo C), os processadores Qualcomm Snapdragon 810, 808 e o recém-adicionado Snapdragon 617 (MS8952) com GPU Adreno 405.

A Microsoft deve continuar expandindo essa lista com o lançamento de novos dispositivos e talvez até para modelos já existentes no mercado, apesar de a empresa não ter prometido isso ao revelar que dispositivos intermediários também receberiam o recurso. O mais provável é que apenas aparelhos lançados em 2016 recebam esse extra, possivelmente veremos alguns durante o Mobile World Congress no próximo mês. Alguém mais pensou em Lumia 750/850?

Fonte: tudocelular.com
 
 
 Windows 10 ultrapassa Windows 8.1 e já é o segundo SO mais popular
Um novo relatório do StatCounter acaba de revelar que o Windows 10 ultrapassou o Windows 8.1 no mercado internacional. Com isso, a versão mais recente do SO da Microsoft chega à segunda colocação no ranking dos sistemas operacionais para desktop — pouco mais de cinco meses após o lançamento oficial da primeira versão estável dele. De acordo com os relatórios já mencionados, hoje o Windows 10 domina 13,42% do mercado.

Apesar do aparente sucesso, esse valor é relativamente baixo se analisarmos quem ainda está no topo do ranking. O Windows 7 ainda é o grande campeão no mercado, apresentando a marca de 46,7% dos computadores espalhados pelo mundo — lembrando que em novembro do ano passado esse número era ainda maior: com 49,27%. 

É importante mencionar que o Windows 10 só consegue a medalha de prata porque o Windows 8 e o Windows 8.1 são analisados separadamente. O primeiro deles ainda está em 3,19% dos PCs, enquanto o segundo chega aos 11,79%. Somados, eles chegam aos 14,98%, um valor que seria suficiente para vencer o Windows 10 nesta medição. 

Fonte: tecmundo.com.br/
 
 
 Microsoft diz que novos processadores só vão funcionar no Windows 10
Em breve, PCs com as mais novas gerações de processadores da Intel, AMD e Qualcomm não terão suporte a Windows 7, 8 ou versões anteriores. Uma parceria entre a Microsoft e as fabricantes dessas peças, anunciada esta semana, indica que somente o Windows 10 será suportado pelos novos computadores do mercado.
"O Windows 10 vai ser a única plataforma Windows compatível com as futuras linhas Kaby Lake, da Intel; 8996, da Qualcomm; e Bristol Ridge, da AMD", anunciou a Microsoft. A princípio, os novos processadores não trarão atualizações de segurança para as versões mais antigas do Windows - embora, em alguns casos, os chips sequer irão funcionar com um sistema anterior ao 10.
Isso não significa, é claro, que as duas plataformas serão totalmente abandonadas pela Microsoft. O Windows 7 continuará recebendo atualizações em PCs atuais ou mais antigos até 14 de janeiro de 2020, enquanto o Windows 8.1 será sustentado até 10 de janeiro de 2023. Recentemente, o Windows 8 original perdeu o suporte da Microsoft.
A atual linha de processadores Skylake, da Intel, será a primeira a adotar o Windows 10 como exclusividade, embora a Microsoft tenha prometido que uma série de sistemas que usam o chip mais moderno da Intel ainda receberá atualizações no Windows 7 e 8.1 até 2017. Naturalmente, ainda será possível comprar PCs com essas outras versões do Windows e com chips mais antigos.
 
 
 Windows 10 e Atalhos essenciais no Explorador de Ficheiros
Para quem utiliza o Windows diariamente existem alguns atalhos que tornarão a sua utilização ainda mais eficiente.
A chegada do Windows 10 trouxe algumas ligeiras alterações aos atalhos do teclado já existentes mas muitos deles foram mantidos. Como tal, deixamos-lhe alguns dos atalhos essenciais a utilizar no Explorador de Ficheiros do Windows.
A principal alteração que a Microsoft fez relativamente aos seus atalhos, prende-se desde logo com o atalho da combinação de teclas Windows + E. Nas versões anteriores do Windows, este atalho abria o explorador em “O meu computador”. Além de “O meu computador” ter passado para “Este PC”, este conjunto de teclas abre agora directamente o novo “Acesso Rápido” do Explorador. Algo que até veio facilitar muito o acesso não só às pastas mais frequentes como também aos ficheiros recentemente utilizados.
Depois existem outros atalhos que certamente já está familiarizado com eles, mas outros que não sabia que existiam e que lhe trarão alguma rapidez na execução de tarefas simples e alguma produtividade extra.

-F2 – Alterar o nome do ficheiro seleccionado
-F11 – Activar/desactivar o modo fullscreen
-Alt + Seta para esquerda – Retroceder
-Alt + Seta para direita – Avançar
-Alt + Seta para cima – Abrir a pasta antecedente na hierarquia
-Alt + P – Abrir o separador Partilhar
-Alt + D – Activar a barra de endereço do Explorador
-Alt + Enter – Abrir as propriedades de um ficheiro seleccionado
-Shift + Delete – Eliminar de forma permanente um ficheiro
-Ctrl + W – Fechar a janela do Explorador aberta
-Ctrl + N – Abrir uma nova janela do Explorador

Mas o Windows ainda lhe permite a execução de muitos mais atalhos através do teclado, como pode encontrar em 21 teclas de atalho bastante úteis para o Windows 10. Além do mais, o Explorador de Ficheiros conta com a ajuda de alguns comandos que pode executar de forma muito simples. 
 
 
 Microsoft revela como se livrar da notificação de atualização do Windows 10
Você já está de saco cheio de fechar pacientemente a janelinha que seu Windows 7 ou 8 apresenta oferecendo a atualização para o Windows 10 enquanto mentalmente sussurra um “não, obrigado” para Bill Gates e sua turma? Pois a Microsoft finalmente resolveu atender aos pedidos de quem ainda não quer se aventurar pela nova versão do sistema operacional.
Assim como aquele vendedor chato que gruda na gente quando entramos em uma loja “apenas para dar uma olhada”, as notificações do Windows para lembrar o usuário de fazer a atualização incomodam muita gente que não está interessada na atualização. Tudo isso porque a Microsoft tem como objetivo levar todo mundo para o novo SO.

Procedimento arriscado
Depois de muita reclamação de quem não está dando a mínima para o Windows 10 (pelo menos por enquanto) e só que trabalhar/se divertir em paz, a Microsoft resolveu divulgar o método para se cancelar a notificação insistente. Porém, ainda não é motivo para se comemorar a graça alcançada, visto que o processo envolve um considerável esforço e o risco (sem contar a dificuldade) do usuário lidar com o próprio registro do Windows.
Isso significa acessar o Editor de Registro do Windows, e como o próprio site da Microsoft informa: “Sérios problemas poderão ocorrer caso você modifique o Registro incorretamente. Antes de modificá-lo, faça o backup do Registro para a restauração no caso de ocorrer problemas”. Lá dentro você deve modificar chaves para o sistema operacional parar de notificar a atualização do Windows 10. Para conferir o processo completo e como proceder para realizar essa ação, acesse este link que o levará para o site da Microsoft.
https://support.microsoft.com/pt-br/kb/3080351
 
 
 Como alterar o tipo de arquivo bloqueado no Windows 10
Toda vez que um arquivo é obtido da internet, o Windows o bloqueia temporariamente devido a sua natureza. Veja três maneiras para alterar essa configuração.

Como alterar o tipo de arquivo bloqueado no Windows
A alteração na configuração pode ser feita tanto no Editor de Políticas de Grupo Local, disponível apenas para versões Pro do Windows ou pelo Editor de registro do Windows, recomendável para quem utiliza a versão Home.
Vale lembrar que essa mudança é voltada para aqueles que não possuem costume de obter arquivos de sites duvidosos e que ainda assim é importante manter o Windows Defender ou um outro antivírus ativo no computador. O que a configuração faz é apenas desativar o prompt mostrado abaixo.

Editor de políticas de grupo
Para acessar o Editor de políticas de grupo Local, abra o Executar (Windows+R) e digite gpedit.msc.
Dentro dele, acesse Configurações do Usuário -> Modelos Administrativos -> Componentes do Windows -> Gerenciador de Anexos.
Clique duas vezes em Não preservar informações de zona em anexos de arquivo. Altere de Não Configurado para Habilitado, clique em Aplicar e OK.

Editor de Registro
Já para o editor de registros do Window, acesse-o ao digitar regedit no Executar (Windows+R). Dentro dele navegue até a seguinte chave: HKEY_CURRENT_USERSoftwareMicrosoftWindowsCurrentVersionPoliciesAttachments.
Caso não exista a chave Attachments, clique com o botão direito sobre Policies e escolha Novo -> Chave.
Clique com o botão direito, escolha Novo -> Valor DWORD (32bit) e nomeie-o SaveZoneInformation.
Clique duas vezes sobre o valor e altere para 0.

Limitar os tipos de arquivo
Há uma terceira opção para quem não quer desativar completamente a função, mas também não quer que alguns aplicativos sejam bloqueados. Nesse caso você pode criar um novo valor da cadeia de caracteres com quais extensões o Windows deve considerar de baixo risco.
Ainda no registro do Windows, vá para HKEY_CURRENT_USERSoftwareMicrosoftWindowsCurrentVersionPoliciesAssociations. Se a pasta não existir, criq da mesma forma que criou a pasta Attachments.
Clique em Novo -> Valor da cadeia de caracteres e o nomeie LowRiskFileTypes.
Clique duas vezes para alterar os valores. As extensões devem ser colocadas da seguinte forma: “.zip;.rar;.txt;.exe;.bat;.htm;.html;.gif;.bmp;.jpg;.mp3;” (Sem aspas).
 
 
 Próxima build do Windows 10 Redstone deve ser lançada “em alguns dias”
A primeira build de preview do Windows 10 Redstone (codinome da próxima etapa de desenvolvimento do SO) foi lançada há algumas semanas para usuários inscritos no programa Insider, mas a Microsoft já planeja liberar mais uma atualização com ainda mais novidades em um futuro próximo. De acordo com Gabe Aul, vice-presidente da companhia, a próxima build prévia (11097) já está sendo finalizada e estará disponível “em alguns dias”.
O executivo usou seu Twitter pessoal para dar a notícia, após ser questionado por uma série de internautas ansiosos pelo update. Ainda não há informações concretas sobre quais melhorias no Windows 10 virão com as builds Redstone, mas se especula que poderemos testemunhar uma Cortana aprimorada, suporte para plugins de terceiros no navegador Edge e mudanças na central de notificações.
Porém, essas alterações mais drásticas não devem chegar tão cedo, visto que o próprio Gabe afirmou que o novo update não trará mudanças na interface do SO, sendo limitado somente a melhorias estruturais e de desempenho. Caso você esteja interessado em testar essas novas atualizações o mais rápido possível, clique aqui e se inscreva no programa Windows Insider.
 
 
 Faça o download do Windows 10 build 11099
Os usuários registrados no Windows Insider Program que optaram pelo canal de distribuição Rápido já podem fazer o download do Windows 10 build 11099 via Windows Update.
Este é o segundo build público da atualização "Redstone".
Nota: Este build não tem uma ISO disponível.
Windows 10 build 11099

Faça download do Windows 10 build 11099
Os usuários registrados no Windows Insider Program rodando o build 11082 podem fazer o download do Windows 10 build 11099 seguindo as instruções abaixo.

- No menu Iniciar, clique em Configurações:
- Agora clique em Atualização e recuperação:
- Clique no Windows Update para procurar por novas atualizações e o build 11099 aparecerá como disponível:

Assim como ocorreu com o build 11082, a Microsoft confirmou que os usuários não notarão grandes mudanças ou novos recursos. No momento, a equipe do Windows está focada na implementação de melhorias com base no feedback enviado pelos usuários.
A boa notícia é que o bug que faz com que a janela de progresso não seja exibida quando o usuário copia, move ou apaga um arquivo foi corrigido.
 
 
 Microsoft anuncia atualização para o Windows 10 IoT Core
A Microsoft anunciou nesta semana a disponibilidade de uma atualização para o Microsoft anuncia atualização para o Windows 10 IoT Core.
Novidades na atualização para o Windows 10 IoT Core
Com esta atualização para o Windows 10 IoT Core, o build do sistema operacional agora é 10586.63. Dispositivos com este sistema operacional instalado receberão a atualização automaticamente.
De acordo com o anúncio da Microsoft, esta atualização traz melhorias na estabilidade do secure shell (SSH) do Windows 10 IoT Core e melhorias no Windows Device Portal.
A Microsoft anunciou nesta semana a disponibilidade de uma atualização para o Microsoft anuncia atualização para o Windows 10 IoT Core

Windows 10 IoT Core
O Windows 10 para “Internet das Coisas” permite que desenvolvedores e entusiastas criem dispositivos conectados à nuvem e outros projetos usando placas de desenvolvimento como a Raspberry Pi 2, a MinnowBoard Max e a Qualcomm Dragonboard 410c. Mais detalhes sobre estas placas podem ser encontrados aqui.
A Microsoft falou pela primeira vez sobre esta versão do Windows 10 em novembro de 2014.
Os interessados podem fazer o download da versão final do Windows 10 IoT Core para as placas Raspberry Pi 2, Intel MinnowBoard MAX, Qualcomm Dragonboard 410c e das ferramentas adicionais aqui. O sistema operacional está disponível gratuitamente.
O site oficial do Windows 10 IoT Core inclui informações sobre ele, modelos de projetos que podem ser usados pelos desenvolvedores e muito mais.

Windows 10 IoT Core Pro
Diferente do Windows 10 IoT Core, o Windows 10 IoT Core Pro é uma versão do sistema operacional voltada para uso comercial.
De acordo com a Microsoft, esta versão já está disponível para os fabricantes de dispositivos (OEMs e ODMs ou Original Device Manufacturers).
O Windows 10 IoT Core Pro também permitirá que os fabricantes tenham maior controle sobre as atualizações e sua distribuição via Windows Server Update Services (WSUS).
Fabricantes podem obter mais detalhes sobre esta versão aqui.
https://www.windowsforiotdevices.com/
 
 
 Como criar trocar e apagar perfil de usuário no Windows 10
Alguns erros do Windows 10, como os relacionados ao Menu Iniciar, só podem ser resolvidos caso o usuário troque o perfil cadastrado na máquina. É preciso criar um novo usuário off-line, copiar os arquivos, migrar a conta da Microsoft – que fica sempre online para buscar atualizações – e eliminar o perfil antigo para que a mudança ocorra. O procedimento é trabalhoso, mas pode ser importante para solucionar falhas no sistema. Veja o passo a passo.

Passo 1. Crie uma nova conta off-line no Windows 10, ou seja, sem um perfil da Microsoft vinculada;
Passo 2. Em seguida, volte ao menu “Configurações > Contas > Família e outros usuários” e clique sobre a conta recém-criada. Selecione “Alterar tipo de conta”;
Passo 3. Mude a conta para Administrador;
Passo 4. Abra o menu Iniciar e clique no seu nome para abrir o menu de usuários. Clique no usuário recém-criado para fazer login;
Passo 5. Aguarde o Windows configurar o novo usuário. Ao ganhar acesso pela primeira vez, abra o Windows Explorer e vá até o caminho “C:Users” e acesse a pasta do usuário antigo. Você precisará de privilégios de administrador para prosseguir;
Passo 6. Abra todas as pastas do seu interesse e copie o conteúdo para o novo usuário. Para deixar tudo mais organizado, certifique-se de que copiará arquivos da pasta Imagens para a pasta Imagens do novo usuário, Documentos para Documentos, e assim por diante;
Passo 7. Ao copiar tudo o que interessa, vá ao menu Contas nas configurações e faça login com sua conta da Microsoft;
Passo 8. Insira seu e-mail e senha para prosseguir e espere o Windows baixar seu papel de parede, atalhos do Iniciar e outros itens personalizados por você;
Passo 9. Ao final, vá até o menu “Família e outros usuários” e remova o usuário antigo;
Passo 10. Se certifique de que copiou todos os arquivos que precisava e exclua de vez do usuário defeituoso. Clique em “Excluir conta e dados”.

Ao terminar, o Windows irá se livrar do usuário antigo, e você usará a nova conta para acessar o computador. Com isso, vários problemas com o sistema poderão ter sido resolvidos, entre eles possíveis falhas na abertura do menu Iniciar.
 
 
 Como desativar a central de notificações do Windows 10
A Central de Ações do Windows 10 agradou muitos usuários, mas há quem o ache uma função irrelevante que só consome RAM e outros recursos do PC. Se você está entre os insatisfeitos, é possível desabilitar a área de notificações do sistema em poucos passos.
Como lidaremos com editores de registros, é recomendado que o usuário crie um ponto de restauração do Windows 10 antes de começar. Assim, é possível garantir que o sistema voltará ao normal em caso de erros.

Passo 1. Abra o menu Iniciar e pesquise por “Regedit”;
Passo 2. Dê um clique com o botão direito no resultado e escolha “Executar como administrador”;
Passo 3. Na barra esquerda do editor de registro, navegue pelas seguintes pastas “HKEY_CURRENT_USERSOFTWAREPoliciesMicrosoftWindowsExplorer”;
Observação. Se você não encontrar a pasta “Explorer” dentro de Windows, é preciso criá-la. Para isso, clique com botão direito em Windows, escolha a opção “Novo” e, por fim, “Chave”.
Passo 4. Dentro da pasta Explorer, dê um clique com o botão direito na coluna da direita e escolha a opção “Novo”, seguida por “Valor DWORD (32 bits)”;
Passo 5. Nomeie o valor que aparece como “DisableNotificationCenter” sem as aspas e tecle enter;
Passo 6. Dê um duplo clique sobre a entrada criada e altere o campo “Dados do valor” para 1 e clique em “OK”;
Passo 7. Reinicie o sistema. A Central de Ação deverá estar desativada quando o computador voltar;

Pronto! Agora você já sabe como desativar a Central de Notificações do Windows 10. As faixas de alertas, como na do Windows 8, continuarão a aparecer
 
 
 Como imprimir em PDF no Windows 10
O Windows 10 permite que o usuário salve páginas em PDF de forma nativa a partir de qualquer programa instalado no PC. O recurso é útil para criar arquivos e enviá-los por e-mail, exportar trabalhos a serem publicados na Internet, salvar boletos ou documentos, dentre outras utilidades. Se você não sabe como usar a nova ferramenta embutida na última versão do sistema da Microsoft, confira a dica e aprenda.

Passo 1. Abra a página da Internet ou documento que você quer salvar em PDF. Feito isso, acesse a opção para imprimir o arquivo – o atalho “Ctrl + P” deve funcionar, mas o caminho pode mudar de acordo com o aplicativo que você está usando;
Passo 2. Agora, em “Impressora”, selecione a opção “Microsoft Print to PDF”. Em seguida, caso queira, ajuste as outras configurações de impressão e, feito isso, clique em “Imprimir”;
Passo 3. Por fim, escolha um nome para o arquivo e selecione a pasta em que você deseja salvá-lo.

Pronto! Com essa dica simples, você poderá criar arquivos em PDF no Windows 10 facilmente, sem precisar instalar nenhum programa extra.
 
 
 Saiba quantos usuários do Windows 10 utilizam o sistema em smartphones, Xbox e desktops
A Microsoft anunciou recentemente que mais de 200 milhões de usuários já utilizam o Windows 10 apenas seis meses após seu lançamento público, o que certamente é uma taxa considerável para uma plataforma remodelada quase que completamente para se adequar à nova política de universalização da empresa. Na época, contudo, não foram revelados detalhes sobre em quais tipos de dispositivos o sistema estaria sendo executado, já que a nova forma de encarar o Windows como um serviço permite que o mesmo seja encontrado em aparelhos que vão desde simples produtos voltados para a Internet das Coisas até os gigantescos Surface Hub.
Agora, a conhecida Mary Jo Foley do portal ZDNet resolveu consultar suas fontes dentro da Microsoft para destrinchar um pouco estes números, permitindo que os usuários e investidores possam ter uma ideia melhor de quais tipos de dispositivos estão de fato "carregando o sistema nas costas". Durante o último episódio do Windows Weekly, Foley afirmou que conseguiu acesso aos números reais da distribuição do Windows 10, revelando que:
-Desktops foram responsáveis por 180 milhões de instalações;
-Consoles Xbox One foram responsáveis por 18 milhões;
-Smartphones foram responsáveis por "pouco mais de um milhão" de instalações.
Com isso, podemos ver que o programa Insiders continua a todo o vapor dentre os usuários do Windows Phone, algo provavelmente devido à demora da Microsoft em disponibilizar o Windows 10 Mobile oficialmente para eles. Ainda assim, o número certamente é menor do que muitos imaginavam, já que a faixa de pouco mais de um milhão de ativações possui uma representação ínfima dentro do total de smartphones que circulam atualmente em todo o mundo, sendo necessário aguardarmos pela publicação oficial do sistema para vermos se sua adoção será tão alta quanto o que foi visto em desktops.
Vale notar que os números não consideram dispositivos que já saem de fábrica com a plataforma, estando relacionados apenas com aparelhos que foram atualizados para o Windows 10 em todas as suas versões. Devido a isto, não é possível sabermos por enquanto como os novos Lumias e outros modelos que foram anunciados já com o Windows 10 Mobile estão se saindo em relação ao número de vendas, restando aguardarmos pelo balanço da Microsoft para o último trimestre de 2015 para termos uma ideia melhor da aceitação do público para com a plataforma.
 
 
 Campo Minado para Windows 10 recebe atualização com otimização para telas touchscreen
O clássico jogo Minesweeper (Campo Minado), um dos jogos mais antigos da Microsoft, que acompanha os usuários Windows há quase mais de 20 anos, e que já havia passado por uma reformulação no Windows 8, foi novamente atualizado para tirar o melhor proveito do Windows 10 em telas sensíveis ao toque.
O jogo agora recebe suporte para integração do Xbox, mudanças na interface do usuário, melhorias na experiência de jogo, e também aproveita para uma atualização com várias correções e otimizações a fim de suavizar o funcionamento em dispositivos Windows desktop e de telas touchscreen.
Para quem ainda não havia conferido as inovações que a Microsoft trouxe para este jogo no Windows 8, vale a pena conferir o modo aventura e os desafios diários, que trazem uma nova abordagem a um jogo simples e desafiante, tudo isso sem perder o que o Minesweeper já tinha de melhor.

-Modo Clássico: Jogue o jogo de lógica que você conhece e adora, agora com gráficos e sons atualizados. Jogue com uma tela de toque ou usando o mouse e teclado para marcar os locais de todas as minas sem ativar nenhuma delas! Comece um quebra-cabeça fácil e evolua até o Expert.

-Modo Aventura: Introduzindo um novíssimo modo para os jogadores de Minesweeper que querem um novo desafio! Use suas habilidades no modo Aventura para guiar o bravo herói ao centro da Terra, coletando riquezas no caminho. Misturando as regras clássicas do Minesweeper com novos objetivos divertidos, o Modo Aventura é uma versão revigorante de um clássico!

-Desafios Diários: Jogadores recebem novos desafios diariamente. Complete um número suficiente de Desafios Diários em um mês para ganhar emblemas e competir com seus amigos.

-Integração com Xbox: Conecte-se à sua conta Xbox para obter conquistas, competir com amigos, publicar sua pontuação nos Placares de Líderes e acompanhe suas estatísticas de jogo.

A parte substancial da atualização para o Windows 10 é a nova otimização para dispositivos touchscreen, considerando a nova propagação desses aparelhos entre os donos de smartphones com Windows e os esforços da Microsoft em proporcionar a melhor experiência móvel. O Campo minado faz bastante sentido para dispositivos touchscreen, uma vez que o jogo inteiro é construído em torno de toques em "tiles". É bom saber que agora ele está otimizado para as mais diversas telas móveis.
O jogo é gratuito para instalação, porém possui compras in-app para atualizações. Os usuários podem encontrá-lo na página do Minesweeper na Windows Store.
 
 
 Imagens idealizam recurso de tela dividida do Windows 10 Mobile Redstone
Há algum tempo temos rumores sobre a chegada do recurso "tela dividida" na versão do Windows presente em smartphones, algo que pode ser encontrado em tablets e desktops com o sistema há anos. Agora, novas informações sobre o assunto foram disponibilizadas, sendo especulado que a funcionalidade pode finalmente ser disponibilizada na atualização Redstone do Windows 10 Mobile, que tem previsão de chegar aos dispositivos no início do segundo semestre deste ano.
Diversas imagens demonstrando o que seria a função em ação foram liberadas por meio de um perfil no Facebook, o que significa que não há como sabermos se estamos diante de um vazamento real de informações ou apenas de um conceito idealizado pelo usuário responsável pela publicação. De acordo com o conhecido portal Nokia PoweUser, a segunda opção é a mais provável, principalmente se levarmos em conta que até o momento nenhum tipo de detalhe sobre o assunto foi disponibilizado pela Microsoft, e que as imagem podem ter sido facilmente manipuladas.
Ainda assim, considerando o que foi apresentado, seria ao menos interessante vermos algo do gênero sendo apresentado pela casa de Redmond no update Redstone de sua plataforma para dispositivos móveis, já que há bastante tempo que os usuários procuram por este tipo de função. Como pode ser visto, a tela será dividida por uma barra idêntica ao que temos na central de ações, o que faria com que todos pudessem se identificar com o padrão visual já utilizado no sistema para desktops quando temos a divisão da tela entre mais de um aplicativo.
Não sabemos, contudo, se será possível redimensionar as "janelas" livremente ou se isto ficará restrito ao tipo de app utilizado, e nem se será preciso que os desenvolvedores adaptem seus serviços para compatibilizá-los com a função, o que certamente faria com que ela demorasse ainda mais para ser considerada útil. Dizemos isto pois funcionalidades interessantes como as notificações interativas até o momento não foram plenamente exploradas por desenvolvedores, fazendo com que poucas opções que realmente exploram os diferenciais do Windows 10 Mobile estejam disponíveis até o momento.
Relatos apontam para o lançamento da primeira build Redstone do Windows 10 Mobile por meio do programa Insiders ainda neste mês de janeiro, restando aguardarmos que a Microsoft se manifeste sobre o assunto para vermos se as grandes mudanças desta nova geração da plataforma serão de fato liberadas dentro do prazo, algo que a empresa não tem conseguido fazer de uns tempos pra cá. Mais interessante do que isto, contudo, é que a companhia se pronuncie sobre o lançamento do Windows 10 Mobile para o público em geral, sendo especulada a data 12 de janeiro para isto, ou seja, amanhã, algo que ainda não foi confirmado.
 
 
 Como ativar ou desativar a rotação da tela no Windows 10
O Windows 10 gira a tela automaticamente de acordo com o posicionamento do dispositivo. Esse comportamento padrão pode ser útil para quem precisa adaptar a tela do tablet de acordo com a posição do aparelho, mas pode atrapalhar quem, por exemplo, quer usar o tablet deitado.
Seja qual for o seu caso, confira a dica e aprenda a desativar ou a ativar a rotação automática da tela em dispositivos e tablets com Windows 10.

Passo 1. Abra a central de ações do Windows 10. Para isso, basta clicar sobre o ícone representado por um balão de texto, à esquerda do relógio, ou deslizar o dedo da borda direita da tela em direção ao meio;

Passo 2. Por fim, clique ou toque em “Bloqueio de rotação”. Caso a opção não esteja visível, clique em “Expandir” para visualizá-la. O caminho é o mesmo tanto para ativar quanto para desativar a rotação da tela.

Pronto! Com essa dica simples, você poderá desativar a rotação automática da tela e escolher se quer usar o tablet em modo paisagem ou retrato.
 
 
 Primeira build de 2016 para o Windows 10 Mobile Insider Preview é lançada
Os fãs da Microsoft já estão sentindo falta das novidades para o Windows 10, já que a companhia colocou uma pausa de lançamentos durante o período festivo de fim de ano. Porém, não demorou muito para que eles começassem a aproveitar do que a companhia estava preparando para seus consumidores; neste sábado (9/1) a Microsoft lançou a primeira build de 2016 para os participantes do programa Windows Insiders.
A build 10586.63 do Windows 10 Mobile Insider Preview já está disponível, mas infelizmente a companhia não lançou nenhuma lista com as novidades que foram adicionadas ou sobre a correção de problemas. Mas não demorou muito para o chefe do programa Windows Insider, Gabe Aul, se pronunciasse sobre o assunto.
A última atualização que os Insiders haviam recebido foi da build 10586.36, e como na época o Windows 10 Mobile havia sido atualizado com diversas novidades, provavelmente a primeira build do ano esteja recheada com pouco conteúdo. É possível que a atualização tenha sido realizada apenas para correção de bugs e pequenos aprimoramentos.

1/ Sorry #WindowsInsiders for confusion on the new update for W10 Mobile today

— Gabriel Aul (@GabeAul) January 8, 2016
3/ Since we were partially staged, some people were able to detect the update

— Gabriel Aul (@GabeAul) January 8, 2016
5/ We’re now resuming the update and it will roll out to #WindowsInsiders in the Fast ring today

— Gabriel Aul (@GabeAul) January 8, 2016
Assim que os Insiders ficaram sabendo da atualização, Gabe afirmou que nos próximos dias devem ser reveladas mais informações sobre a build. Aparentemente a build foi liberada um pouco antes do que estava sendo previsto pela Microsoft.

O profissional revelou que alguns usuários já conseguiram fazer download da build, mas outros ainda não estão conseguindo. De qualquer forma, em breve a atualização estará disponível para todas os participantes do programa, e segundo Gabe, essa build trará correções a problemas específicos do Windows 10 Mobile.
 
 
 6tin cliente alternativo ao Tinder receberá app universal para Windows 10
O renomado desenvolvedor Rudy Huyn é responsável por uma série de aplicativos alternativos para serviços que não contam com clientes oficiais no Windows Phone, ou que estes clientes não sejam satisfatórios, como o caso do Instagram. Agora, ele anunciou por meio de seu Twitter que uma nova versão do 6tin voltado para acesso ao Tinder será disponibilizada, sendo mais um a entrar para a seleta lista de aplicativos universais do Windows 10.
Com isso, espera-se que uma interface completamente reformulada seja inserida por Huyn, permitindo que o app possa ser utilizado tanto em dispositivos móveis quanto em desktops de maneira otimizada. Até o momento, contudo, nenhum detalhe sobre o assunto foi liberado por ele, que se limitou a dizer que está muito orgulhoso de seu trabalho e que mudanças realmente interessantes serão inseridas com a grande atualização.
Outro ponto que deve animar os usuários é que Rudy Huyn prometeu focar no 6tag após a liberação do update para o 6tin, o que significa que o cliente alternativo para o Instagram receberá um novo update em breve, possivelmente contando com mais mudanças visuais e funções exclusivas, algo que é o principal diferencial do app em relação à opção oficial disponibilizada pela equipe da Facebook Inc. Até que ele se pronuncie com informações mais concretas, entretanto, não há como sabermos quais serão as alterações realizadas.
Além de tudo isto, Huyn também resolveu atiçar a curiosidade dos usuários do Windows 10 Mobile afirmando que um aplicativo "oficial" será anunciado junto ao update para o 6tin, não revelando quaisquer detalhes sobre o assunto. Caso lembremos que ele deu a entender ainda ao final de novembro de 2015 que uma versão do Snapchat seria finalmente publicada na Windows Store, não há como não ligarmos as coisas, sendo necessário esperarmos que o misterioso app seja de fato liberado para que possamos saber do que se trata.
 
 
 Windows 10 chega a 200 milhões de PCs após Black Friday
Um relatório da Microsoft para abrir 2016, divulgado nesta segunda-feira (4), aponta que o número de dispositivos que usam o Windows 10 saltou para 200 milhões em todo o mundo. Segundo a desenvolvedora de software, o aumento ocorreu após as vendas da Black Friday e o ritmo do crescimento ultrapassa o obtido por versões anteriores do sistema operacional. O uso da Windows Store nos últimos meses também cresceu, fazendo com que a loja online duplicasse a atividade durante o mês de dezembro de 2015.
O fator que mais impulsionou o aumento foram as vendas da Black Friday, responsáveis por cerca de 36 milhões dos novos dispositivos. Após a data, a parcela de novos usuários do Windows, que usam Windows 10 cresceu de 58% para 87%.
Estes números também revelam que a adesão à nova versão tem sido mais rápida do que a das edições anteriores do Windows, sendo 140% mais rápida que a do Windows 7 e 400% a mais que a do Windows 8.
Os últimos dados da Microsoft sobre o Windows 10 foram divulgados em outubro. Na época, o número de usuários do software chegava a 110 milhões, mas o objetivo da desenvolvedora é de atingir a marca de 1 bilhão de dispositivos nos próximos anos.
O relatório também inclui dados sobre como os usuários tem usado o Windows 10. Segundo ele, o navegador Microsoft Edge atingiu a marca de mais de 44,5 bilhões de minutos de uso em dezembro, enquanto a assistente pessoal Cortana recebeu mais de 2,5 bilhões de perguntas e o número de pesquisas no Bing (buscador rival do Google) por usuários do software cresceu 30%.
A loja Windows Store também passou a ser mais usada nos últimos meses. De acordo com a Microsoft, o número de usuários pagantes para PCs e tablets duplicou durante os feriados de fim de ano, com 60% dos clientes serem novos. A receita gerada pelo Windows 10 neste período foi 4,5 vezes maior do que a do Windows 8.
 
 
 PC do tamanho de celular de 5 polegadas roda Windows 10 e custa pouco
O pequeno dispositivo chamado de Kangaroo chamou a atenção na CES 2016, feira de tecnologia em Las Vegas. Com corpo todo preto, ele lembra um smartphone com a tela virada para baixo. Só que ao girar o aparelho, nenhum display aparece. Na realidade, ele é um PC completo, porém pequeno, capaz de rodar o Windows 10.
Também chamado de mini-PC, o Kangaroo conta com os principais recursos que alguém busca para realizar tarefas básicas no PC. O diferencial é o preço: o produto completo e pronto para usar custa US$ 99 nos Estados Unidos (aproximadamente R$ 408).
De tão parecido com um telefone celular, a fabricante InFocus chega a dizer no material de divulgação que o aparelho tem o tamanho equivalente ao de um smartphone de 5 polegadas. No entanto, pudemos constatar que ele é mais espesso do que os dispositivos mais visados do momento. Talvez se empilhar dois iPhones ou dois Galaxy S6.
Nas entranhas está um processador Intel Cherrytrail (Z8500). O chip quad-core alcança 2,24 GHz, segundo consta no site da Intel. A ficha técnica fala ainda em memória RAM de 2 GB, memória interna de 32 GB (eMMC).
O Kangaroo tem conexão por Wi-Fi 802.11 ac e Bluetooth 4.0. Em outras palavras, está preparado para a maioria dos cenários de uso de PCs dentro de casa. A segurança se dá por meio de um leitor biométrico de impressões digitais.
Para completar o pacote, a bateria dura quatro horas com “uso casual”, segundo seus criadores. A InFocus não deu detalhes sobre esse cálculo. Ainda há a promessa de ser bastante silencioso, já que não possui nenhuma ventoinha em seu interior.
Por se tratar de um substituto para o PC, o mini-PC tem uma porta USB 3.0 e uma porta USB 2.0, além do HDMI para conectar a um monitor. A alimentação é feita com cabo Micro USB – o mesmo de um smartphone. Por isso, é possível usar um tablet como monitor, por exemplo. Ele pesa entre 200 gramas e 470 gramas, dependendo dos acessórios conectados nele.
 
 
 Como criar uma assinatura no app de e-mail do Windows 10
O aplicativo de e-mail nativo do Windows 10, por padrão, vem configurado com uma assinatura que faz referência ao sistema da Microsoft. Se você não quer fazer propaganda gratuita ou gostaria de usar sua assinatura pessoal, é possível personalizar o texto da assinatura de e-mails ou desativá-la. Confira a dica e aprenda como criar uma assinatura pessoal com seus dados de contato no app de e-mail do novo Windows.

Passo 1. Abra o aplicativo de e-mails e clique sobre o ícone da engrenagem, no canto inferior esquerdo da janela;

Passo 2. Nas configurações do app, clique em “Assinatura”;

Passo 3. Selecione a conta para a qual você quer personalizar a assinatura ou marque a opção “Aplicar a todas as contas”. Por fim, escreva a sua assinatura no campo de texto abaixo.

Pronto! Com essas dicas, você poderá configurar assinaturas para os seus e-mails enviados através do cliente nativo do Windows 10.
 
 
 Microsoft lançará seu próprio chip SIM para aparelhos com Windows 10
De acordo com informações divulgadas nesta semana, a Microsoft está planejando lançar seu próprio chip SIM para aparelhos com Windows 10, como tablets e laptops.
Chip SIM para aparelhos com Windows 10
Com ele a empresa poderá oferecer conectividade via rede celular onde o sinal Wi-Fi não é uma boa opção*. Especulações sobre o serviço começaram a surgir depois que o aplicativo Celullar Data apareceu na Windows Store.
*Como em locais sem Wi-Fi ou com sinal fraco.
A descrição do aplicativo da Microsoft na loja diz o seguinte:
Você está procurando uma maneira confiável e conveniente de permanecer conectado onde quer que esteja, mesmo quando o Wi-Fi não estiver disponível? O aplicativo Cellular Data permite que você conecte a uma rede de dados de celular confiável em todo o país usando apenas sua conta da Microsoft.
Conecte-se com – e pague por – um plano de dados de rede celular em seu dispositivo Windows 10 usando apenas as informações de sua conta da Microsoft. Isso significa que não há contrato fixo e compromissos de longo prazo com uma operadora de celular.
Agora você pode comprar e usar dados móveis em sua própria conveniência. Essa é a maneira mais fácil de acessar a Internet usando uma rede confiável em todo o país. Compre um plano na Windows Store em qualquer lugar em que haja cobertura da rede disponível.
O aplicativo Cellular Data pode conectar você a qualquer momento com uma conexão de celular de alta velocidade. Este aplicativo foi projetado para funcionar exclusivamente com dispositivos Windows 10 específicos e requer um chip SIM da Microsoft.
O serviço está disponível em alguns mercados e as ofertas são apenas para planos domésticos – ofertas de roaming internacional estarão disponíveis em breve. Para comprar um plano de dados, você pode facilmente seguir estas etapas:

1. Clique no ícone de Wi-Fi na extrema direita da barra de tarefas.

2. Na lista de redes, procure uma rede chamada Cellular Data e selecione-a.

3. Nas configurações do celular, selecione 'Exibir planos' e siga as etapas para comprar dados de rede celular e acessar a Internet.

Note que a descrição do aplicativo menciona claramente que ele requer um chip SIM da Microsoft e não de outras operadoras de telefonia celular.
De acordo com diversos sites, o chip SIM para aparelhos com Windows 10 e o serviço serão oferecidos em parceria com a empresa Transatel. O próprio chip será baseado no atual Transatel SIM 901.
A Transatel está presente atualmente em 38 países e esse número deve chegar a 50 no dia 15 de janeiro.
 
 
 Microsoft fecha 2015 com Windows 10 em 164 milhões de PCs
Cinco meses após seu lançamento, o Windows 10 está presente em cerca de 164 milhões de PCs, segundo dados liberados nesta sexta-feira, 1/1, pela Net Applications.
A fatia de mercado do Windows 10, uma estimativa da porção de todos os computadores do mundo que rodam o sistema, cresceu 1% em dezembro e fechou o ano com 10%.
O aumento de participação do sistema em dezembro (1%) foi um pouco menor do que o registrado no mês anterior (1,1%), continuando uma tendência de crescimento desacelerado – em outubro, esse crescimento foi de 1,3%, também abaixo do 1,4% de setembro.
Vale lembrar que a Microsoft lançou o Windows 10 oficialmente em 29 de julho de 2015.
O Windows fechou dezembro respondendo por 10,9% de todos os aparelhos Windows, um número maior do que os dados crus de usuários porque o Windows está presente em 91,3%, e não 100%, dos sistemas medidos pela Net Applications.
A fatia de usuários da Net Applications representou quase 164 milhões de PCs com Windows 10 no mundo, partindo de um total de 1,5 bilhão de sistemas Windows em uso. A Microsoft citou frequentemente esse último número ao falar sobre oportunidades de rendimentos para desenvolvedores na plataforma Windows.
A empresa de Redmond não atualiza seu número oficial de aparelhos com Windows 10 desde o começo de outubro, quando um executivo revelou que 110 máquinas rodavam o sistema.

Cresceu?
Por outro lado, a empresa de dados StatCounter aponta que o Windows 10 viu seu crescimento subiu em dezembro, fazendo com que o sistema fechasse o ano com 11,8% de participação graças ao aumento de 1,7% no último mês da temporada.
É importante destacar que a Microsoft disse em julho que tem planos ambiciosos com o Windows 10 e espera que o sistema alcance o total de 1 bilhão de aparelhos até o meio de 2018. 
 
 
 O Windows 10 Mobile vai chegar já a 12 de Janeiro
Há já muito que se espera pela chegada da versão móvel do Windows 10. Prometida para o final de 2015, acabou por ser adiada para o início de 2016.
Mas se muitos julgavam que esta ainda demoraria a chegar, sabe-se agora que deverá ser mostrada ao mundo já na próxima semana, no dia 12 de Janeiro.
Os rumores mais recentes dão como certo que a Microsoft deverá apresentar a todos os utilizadores do Windows Phone a sua mais recente criação, o Windows 10 Mobile, já no próximo dia 12 de Janeiro.
Esta não é uma informação oficial mas começa a ganhar alguma dimensão graças a vários factores. Estes rumores vêm de várias fontes tidas como credíveis e que já no passado deram informações precisas.
Depois de ter sido prometido para o final de 2015, a Microsoft acabou por adiar para o início de 2016 a chegada do Windows 10 Mobile. Na altura não foi dada qualquer razão para este atraso.

O que diz a Microsoft?
Mas mesmo sem confirmar qualquer data, a própria conta de apoio da Microsoft no Twitter tem estado a informar os utilizadores que a chegada do Windows 10 Mobile estará para breve, algo que é diferente de toda a informação já antes dada.
Esta conta de ajuda está também apontar aos utilizadores uma página de suporte da Microsoft, mostrando-lhes os requisitos necessários para esta actualização.
Lá é mostrado que nem todos os Lumia vão ser actualizáveis para o Windows 10 e que vão ser necessários 8GB de memória interna.

Que mais novidades vai trazer a Microsoft?
Esta versão final do Windows 10 Mobile poderá não chegar sozinha. Fala-se também que um novo Lumia deverá chegar, o 850, e que este sim deverá ter a versão do Windows 10 Mobile.
Os Lumia 950 e 950 XL, que muitos julgavam ter já esta versão final estão agora a receber as actualizações e também eles a aguardar o Windows 10 Mobile.
Caso estes rumores se confirmem, ajudados por informações que várias operadoras já anunciaram, a próxima semana será de fortes novidades para os lado da Microsoft.
 
 
 Como alterar o leitor de PDF padrão no Windows 10
Por padrão, o Windows 10 exibe arquivos PDF usando o Microsoft Edge. Além demorar um pouco para mostrar o arquivo, nem sempre queremos executar um navegador para uma tarefa tão básica. Felizmente existem diversos outros aplicativos que podem fazer, como Adobe Reader e Foxit Reader. 
Ou seja, você pode usar o programa que quiser. Contudo, se você estiver usando uma dessas opções e por algum motivo não consegue mais usá-lo para ver arquivos PDF, veja como alterar o leitor de PDF padrão no Windows 10 e resolver o problema.

Passo 1. Abra o Explorer e vá para uma pasta que tenha algum arquivo PDF;
Passo 2. Clique no arquivo usando o botão direito do mouse. Quando o menu de contexto aparecer, clique na opção “Abrir com” e depois em “Escolher outro aplicativo”;
Passo 3. Na pequena janela que aparece, clique na opção “Mais aplicativos” para poder ver todas as opções disponíveis;
Passo 4. Quando a lista de programas for exibida, clique naquele que você quer usar para abrir arquivos PDF. Em seguida marque a opção “Sempre usar esse aplicativo para abrir arquivos .pdf” e confirme a mudança, clicando no bot “OK”.

Com essa pequena mudança, você pode finalmente usar seu programa favorito para visualizar PDFs.
 
 
 Grave os seus jogos com o Windows 10
Estamos na Era do YouTube onde milhares de pessoas passam horas a ver outros a jogar. Os canais dedicados aos jogos são imensos e os números de seguidores e de visualizações têm uma expressão gigante.
Com este cenário, a Microsoft introduziu no seu novo Windows um recurso com vista a satisfazer os jogadores, dando-lhes uma funcionalidade simples para gravarem os seus jogos.
Para activar a gravação de jogo do Windows 10 deverá fazer a conjugação de teclas Windows+G. Irá surgir-lhe então um popup sobre o que estiver a executar a perguntar de pretende abrir a Barra de jogo.
Ao confirmar que pretende abrir a Barra de jogo, irá então surgir uma barra que lhe permite executar algumas funções, como gravar, tirar um printscreen do ecrã ou aceder à Xbox, ou ainda aceder às configurações.

Configurações:
Ao clicar no botão vermelho, o seu ecrã activo começará a ser gravado e quando terminar a gravação, o vídeo será guardado na aplicação da Xbox no seu Windows, permitindo uma partilha mais simples.
Além de poder gravar jogos, poderá ainda gravar outras janelas no seu Windows que contenha aceleração gráfica, como o Chrome, por exemplo.
 
 
 Flipagram ganha app universal no Windows 10 para transformar suas fotos em vídeos
Windows 10 acaba de ampliar sua lista de aplicativos universais com uma importante solução para os amantes de fotos. Flipagram, um app bastante conhecido em outras plataformas móveis e também no Windows Phone 8, agora pode ser instalado em computadores, tablets e smartphones com o novo sistema da gigante de Redmond.
Para os que não recordam, Flipagram foi um dos aplicativos que a Microsoft fez questão de prometer quando revelou sua aposta em apps universais para o Windows 10. Trata-se de uma solução que ajuda os usuários a compartilharem suas fotos ou vídeos nas redes sociais de uma forma mais divertida, adicionando música e criando vídeos únicos.
O funcionamento do Flipagram é muito simples, basta selecionar algumas fotos ou vídeos favoritos na galeria do dispositivo ou do Facebook e crie uma história com eles, adicionando música e escolhendo o comprimento desejado para compartilhar na própria rede do Flipagram, Facebook, Twitter, Whatshapp, etc.
Entre os destaques nos recursos disponíveis temos o suporte para adicionar fotos e clipes de vídeo, 60 segundos de música grátis, cronometragem automática para o Instagram, pausar e avancar seus Flipagrams momento a momento, receber curtidas e comentários, encontrar amigos para seguir, canais para ajudar a descobrir os Flipagrams mais populares, fontes bonitas, notificações de atividades interessantes, explorar usuários, #hashtags e escolhas dos editores, controle da privacidade de seu perfil e de cada Flipagram que criar. Também será possível usar a Cortana para abrir o Flipagram e procurar usuários ou hashtags e ver suas atividades, dentre outras opções.
Flipagram é um aplicativo gratuito, mas adiciona uma marca d’água em seus vídeos, os que desejarem um vídeo sem esse detalhe terão que adquirir a versão completa que custa R$ 5,90. Abaixo você confere o link para download.
https://www.microsoft.com/pt-br/store/apps/flipagram-for-windows-phone/9wzdncrdlk0g
 
 
 Outlook Mail recebe grande update no Windows 10 com unificação de caixas e mais
A Microsoft liberou recentemente uma grande atualização para o aplicativo Outlook Mail, fazendo com que ele chegasse em sua versão de número 17.6525.42272.0 e recebesse uma série de novidades que certamente irão agradar aos usuários do Windows 10, seja em dispositivos móveis ou em desktops com a plataforma.
A primeira mudança é a volta da unificação das caixas de entrada, permitindo que você possa acompanhar os e-mails recebidos em todas as suas contas em um único lugar, não precisando ficar migrando entre as pastas para acessar o que deseja. Além disso, foi finalmente inserida a tão esperada possibilidade de selecionar todos os itens de uma pasta, algo que vem sendo pedido por usuários do programa Insiders desde que a primeira versão do aplicativo foi disponibilizada. Vale notar que a seleção pode ser feita em qualquer pasta, e não apenas na de "excluídos" como geralmente se vê em apps de e-mail.
Por último, temos a possibilidade de desfazer ações realizadas equivocadamente, sejam elas de exclusão de arquivos recebidos ou até mesmo de arquivamento ou qualquer outro ato que você se arrependa de ter feito. Devemos destacar que apenas a última ação realizada poderá ser desfeita, logo é preciso alguma atenção ao manusear seus e-mails, principalmente quem utiliza gestos para excluir ou mover os itens recebidos.
Caso não tenha sido notificado sobre o update para o Outlook Mail, basta acessar diretamente a Windows Store com seu dispositivo e realizar o download manualmente, lembrando que ele faz parte da suíte de apps universais do Windows 10 e por isso contará com a atualização em todas as suas versões.
 
 
 Como fixar um bloco dinâmico no Menu Iniciar no windows 10
O Windows 10 trouxe de volta o já tradicional Menu Iniciar com um diferencial: os blocos dinâmicos, tijolinhos coloridos e animados. Também conhecidos como live tiles, esses novos ícones gráficos podem mostrar atualizações e informações de aplicativos sem a necessidade de abri-los na tela do PC. Se você acabou de atualizar o seu computador e quer aprender como fixar um bloco de sua preferência, confira este tutorial completo:

Opção 1. Fixar a partir do menu Iniciar
Passo 1. Abra o menu iniciar e toque em “Todo os Aplicativos”;
Passo 2. Procure pelo aplicativo que deseja fixar e toque com o botão direito;
Passo 3. No menu que aparece, toque sobre a opção “Fixar no Início”;
Passo 4. O bloco aparecerá no fim do menu Inciar.
Pronto! Agora é possível redimensionar, arrastar e remover o bloco dinâmico do menu Iniciar à vontade.

Opção 2. A partir da Área de Trabalho ou Windows Explorer
Passo 1. Toque sobre o ícone de programa ou pasta com o botão direito;
Passo 2. No menu que aparece, toque sobre a opção “Fixar no Início”;
Passo 3. O bloco aparecerá no fim do menu Iniciar;
Pronto! Agora o usuário pode fazer o que quiser com o bloco fixado no menu.
 
 
 Como limpar arquivos temporários do Windows 10 e liberar espaço no HD
O Windows 10 gera arquivos temporários, que são usados para acelerar o carregamento do sistema e aplicativos. No entanto, com o passar do tempo, esse cache pode ocupar um espaço considerável no disco rígido do seu computador. 
Para evitar que o uso indevido do HD atrapalhe o desempenho do PC, confira como usar a ferramenta nativa do sistema da Microsoft para limpar os arquivos temporários do seu computador ou tablet e liberar espaço em disco.

Passo 1. Abra o novo painel de controle do Windows 10. Para isso, acesse o Menu Iniciar e clique em “Configurações”, na coluna à esquerda;
Passo 2. Nas configurações, clique em “Sistema”;
Passo 3. Na lateral esquerda da janela, clique em “Armazenamento” e, à direita, clique sobre o disco ou partição do qual deseja apagar arquivos temporários;
Passo 4. Aguarde até que o Windows calcule o tamanho de cada item. Quando terminar, deslize a tela e clique em “Arquivos temporários”;
Passo 5. Clique em “Excluir arquivos temporários” e, por fim, em “Sim, tenho certeza”, para confirmar.

Pronto! Com essa dica simples, você poderá apagar os arquivos temporários do Windows 10 e liberar espaço no HD. Lembre-se de repetir o procedimento nos outros discos e unidades do seu computador.
 
 
 Microsoft pode lançar Xbox One
A Microsoft conseguiu chamar bastante atenção ao levar o Windows 10 para seu console de jogos Xbox One, permitindo que uma série de novidades fossem adicionadas ao dispositivo, incluindo retrocompatibilidade com títulos de seu antecessor e pleno acesso à Windows Store, o que pode se tornar um verdadeiro trunfo no futuro. Ao que parece a empresa tem planos ainda mais ambiciosos, pois novos relatos apontam para o projeto de uma versão mais barata do console, fazendo com que um número ainda maior de usuários possa ter acesso ao ambiente unificado de jogos da casa de Redmond.
Segundo revelado no relatório do portal Petri, a Microsoft estaria planejando um concorrente direto para a Apple TV, sendo uma versão diminuta do Xbox One compatível apenas com jogos da Windows Store. Ainda não sabemos qual seria o hardware presente no dispositivo, já que a partir de 2016 teremos títulos consideravelmente pesados como Rise of Tomb Raider na loja de jogos do Windows 10, o que significa que ainda precisamos aguardar por mais detalhes para que possamos saber até que ponto iria o poder de fogo deste novo console.

"Tenho ouvido de fontes internas que a empresa está considerando planos para uma "versão leve" do Xbox One que só poderia executar jogos da Windows Store e iria competir com a Apple TV, mas não está claro se esses planos foram descartados. Um dispositivo semelhante foi especulado próximo ao lançamento do Xbox One e esses planos foram suspensos, mas este novo produto seria de uma linha similar. Se este dispositivo se concretizar, não será lançado até o segundo semestre do ano e terá um preço muito mais baixo do que o Xbox One."

Como visto, não está claro se o suposto Xbox One "mini" será de fato apresentado, e caso isto ocorra ele deve chegar ao mercado apenas no segundo semestre de 2016, o que significa que ele viria de fábrica já com a atualização Redstone do Windows 10, garantindo assim uma série de novidades que devem ajudar a alavancar as suas vendas ainda mais. Além disso, caso a companhia seja capaz de disponibilizá-lo por um valor abaixo ao que é cobrado pela Apple TV no mercado internacional, é provável que a empresa de Cupertino precise se mexer para continua comercializando a sua central multimídia no mesmo ritmo.
Como ainda não há qualquer comentário sobre o assunto por parte da própria Microsoft, não podemos confirmar as informações reveladas, restando aguardarmos que a empresa se pronuncie para que possamos saber quais as reais características deste novo console de jogos e se ele será de fato comercializado em um futuro próximo. Considerando a quantidade de conferências que temos no primeiro semestre de 2016, é provável que mais detalhes sejam disponibilizados durante os próximos meses.
 
 
 Google Chrome não funciona no Windows 10 Veja o que fazer
O Windows 10 trouxe diversas novidades em relação à versão anterior do sistema, mas a atualização também pode adicionar incompatibilidade com alguns aplicativos. Se você instalou a última versão do Windows e está enfrentando problemas com o Chrome, confira as dicas que o TechTudo preparou.
Na lista a seguir, você encontrará as respostas sobre vários problemas no Windows 10 e dicas sobre como solucioná-los. Saiba como deixar o Chrome “redondo” no novo sistema da Microsoft e dicas sobre como resolver os problemas mais comuns.

Atualize o Chrome
A última versão estável do Google Chrome é oficialmente compatível com o Windows 10. Se o navegador não estiver funcionando, pode ser que você esteja usando uma versão antiga do aplicativo. Nesse caso, basta atualizar o Chrome para resolver o problema. Veja como atualizar o Google Chrome, aprenda a baixar e instalar a última versão do navegador.

Verifique o modo de compatibilidade
Conforme comentado acima, o Google Chrome é totalmente compatível com a última versão do sistema da Microsoft. Dessa forma, ativar o modo de compatibilidade do Windows pode causar efeito contrário ao esperado e tornar o aplicativo instável.
Confira como verificar se o aplicativo está configurado para ser executado em modo de compatibilidade e, caso necessário, veja como desativar.
Passo 1. Para verificar se o Chrome está sendo executado em modo de compatibilidade, acesse as propriedades do navegador;
Passo 2. Abra a guia “Compatibilidade” e, caso necessário, desmarque a opção “Executar este programa em modo de compatibilidade” e pressione “OK”;

Verifique conflitos
O Chrome conta com uma ferramenta integrada que permite verificar se existem conflitos entre o navegador e outros aplicativos do sistema. Para acessá-lo, digite “chrome://conflicts” (se as aspas) na barra de endereços do navegador e pressione enter.

Touch não funciona
Se você possui um tablet ou computador com tela touch e os toques no Chrome não estão sendo reconhecidos, experimente habilitar uma configuração avançada do aplicativo. Para isso, basta acessar a página de experimentos e ativar os “eventos de toque”. Veja o passo a passo.
Passo 1. Digite “chrome://flags/#touch-events” (sem aspas) na barra de endereços do Chrome e pressione enter;
Passo 2. Em “Ativar eventos de toque”, selecione a opção “Ativada”. Por fim, clique em “Reiniciar agora”;

Navegação anônima não está funcionando
O modo de navegação anônima do Google Chrome será desabilitado se o usuário estiver logado uma conta do tipo “família” ou em uma conta de criança. Nesse caso, não se trata de um bug ou incompatibilidade, e sim de uma proteção para evitar abusos em perfis monitorados.
Se você precisa usar o modo privado do Chrome, peça para o administrador do computador verificar o tipo da sua conta de usuário e, caso ela seja de criança ou uma conta familiar, mudar para uma conta normal.

Reinstale o Chrome
Se nada disso funcionou, resta remover o Chrome do computador e reinstalá-lo. Antes de fazer isso, certifique-se de que você fez login em sua conta Google e sincronizou todos os seus dados pessoais – incluindo favoritos e extensões. Agora, siga os passos abaixo para desinstalar o Chrome no Windows 10 e, posteriormente, reinstalar o navegador.
Passo 1. Abra as configurações do Windows 10 e clique em “Sistema”;
Passo 2. Na lateral esquerda da janela, clique em “Aplicativos e recursos”. Em seguida, à direita, localize o Chrome e clique em “Desinstalar”;
Passo 3. Após remover o navegador do seu computador, baixe o Chrome novamente e execute uma nova instalação.

Pronto! Seguindo essas dicas, é provável que o Google Chrome volte a funcionar em seu computador após atualizá-lo para o Windows 10.
 
 
 
Categorias
0
Cemitérios
Cidades
Ciência
Cultura e Lazer
Dicas
Economia
Educação
Esporte
Gastronomia
Iphone
Meio Ambiente
Moda
Mundo
Natureza
Notícias
Parques
Planeta Bizarro
Política
Prefeituras
Saúde
Tecnologia
windows 10
posts bloguei Posts
Setembro de 2010 5  postagens    
Fevereiro de 2011 5  postagens    
Março de 2011 26  postagens    
Maio de 2011 19  postagens    
Julho de 2011 11  postagens    
Agosto de 2011 11  postagens    
Janeiro de 2012 19  postagens    
Julho de 2012 8  postagens    
Outubro de 2012 1  postagens    
Novembro de 2012 8  postagens    
Maio de 2013 4  postagens    
Junho de 2013 16  postagens    
Outubro de 2013 1  postagens    
Novembro de 2013 1  postagens    
Dezembro de 2013 1  postagens    
Janeiro de 2014 4  postagens    
Junho de 2014 9  postagens    
Agosto de 2014 1  postagens    
Setembro de 2014 1  postagens    
Novembro de 2014 1  postagens    
Dezembro de 2014 5  postagens    
Janeiro de 2015 7  postagens    
Fevereiro de 2015 36  postagens    
Março de 2015 19  postagens    
Abril de 2015 17  postagens    
Maio de 2015 29  postagens    
Junho de 2015 16  postagens    
Julho de 2015 44  postagens    
Agosto de 2015 73  postagens    
Setembro de 2015 214  postagens    
Outubro de 2015 238  postagens    
Novembro de 2015 198  postagens    
Dezembro de 2015 125  postagens    
Janeiro de 2016 70  postagens    
Fevereiro de 2016 125  postagens    
Março de 2016 126  postagens    
Abril de 2016 28  postagens    
Junho de 2016 1  postagens    
Todos os Posts
 
Untitled Document