bloguei
  Eu blogo, tu blogas, ele bloga, nós blogamos e todos dão opinião.
bloguei Ribeirão Preto Dicas, Notícias e Muito mais...
 
 Mercado prevê mais inflação e queda maior do PIB em 2015
Expectativa é que o IPCA chegue a 10,38% e o PIB recue 3,19%.
Previsão de inflação para 2016 foi mantida, mas cresceu para queda do PIB.

A previsão dos economistas do mercado financeiro é que a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) feche 2015 em 10,38% e o Produto Interno Bruto (PIB) registre queda de 3,19%. Se confirmado, será o pior resultado em 25 anos, ou seja, desde 1990 – quando houve retração de 4,35%.


Os valores estão acima das estimativas divulgadas na semana anterior pelo boletim Focus, do Banco Central. No último boletim, o mercado previa que o IPCA chegaria a 10,33% no final deste ano e que o PIB recuaria 3,15%.
Para 2016, a expectativa se manteve para a inflação oficial, em 6,64%, mas para o PIB, a previsão de queda aumentou, de 2,01% para 2,04%.
IPCA
Essa foi a décima primeira alta seguida no indicador de inflação. O BC informou, no fim de setembro, que estima um IPCA de 9,5% para este ano. Segundo economistas, a alta do dólar e, principalmente, dos preços administrados (como telefonia, água, energia, combustíveis e tarifas de ônibus, entre outros) pressiona os preços em 2015.
Pelo sistema que vigora no Brasil, a meta central para 2015 e 2016 é de 4,5%, mas, com o intervalo de tolerância existente, o IPCA pode oscilar entre 2,5% e 6,5%, sem que a meta seja formalmente descumprida.
Recentemente, o BC admitiu que não conseguirá trazer o IPCA para a meta central de 4,5% no próximo ano. Segundo a autoridade monetária, isso será possível somente em 2017.

PIB
Se a previsão se concretizar, será a primeira vez que o país registrará dois anos seguidos de contração na economia – a série histórica oficial, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), tem início em 1948.
O PIB é a soma de todos os bens e serviços feitos em território brasileiro, independentemente da nacionalidade de quem os produz, e serve para medir o comportamento da economia brasileira. No mês passado, a "prévia" do PIB do BC indicou uma contração de 3,38% até setembro.
No fim de agosto, o IBGE informou que a economia brasileira registrou retração de 1,9% no segundo trimestre de 2015 em relação aos três meses anteriores, e o país entrou na chamada "recessão técnica", que ocorre quando a economia registra dois trimestres seguidos de queda. De janeiro a março deste ano, o PIB teve baixa de 0,7% (dado revisado).

Taxa de juros
Após o Banco Central ter mantido os juros estáveis em 14,25% em novembro, o maior patamar em nove anos, o mercado manteve a estimativa de que não devem ocorrer novos aumentos de juros em 2015.
Para o fim de 2016, a estimativa subiu de 13,75% para 14,13% ao ano – o que ainda pressupõe redução da taxa Selic ao longo do ano que vem, embora em menor intensidade.
A taxa básica de juros é o principal instrumento do BC para tentar conter pressões inflacionárias. Pelo sistema de metas de inflação brasileiro, a instituição tem de calibrar os juros para atingir objetivos pré-determinados. As taxas mais altas tendem a reduzir o consumo e o crédito, o que pode contribuir para o controle dos preços.

Câmbio, balança e investimentos
Nesta edição do relatório Focus, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2015 ficou mantida em R$ 3,95 por dólar. Para o término de 2016, a previsão dos analistas para a taxa de câmbio ficou estável em R$ 4,20.
A projeção para o resultado da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações) em 2015 subiu de US$ 14,95 bilhões de resultado positivo para R$ 15 bilhões. Para 2016, a previsão de superávit recuou de US$ 31,78 bilhões para US$ 31,68 bilhões.
Para este ano, a projeção de entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil permaneceu em US$ 62,8 bilhões. Para 2016, a estimativa dos analistas para o aporte caiu de US$ 59 bilhões para US$ 58 bilhões.

Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 Confiança da indústria cai em novembro, diz FGV
A queda atingiu 12 dos 19 principais segmentos da pesquisa.
Confiança dos serviços também teve queda no mês.

A confiança da indústria medida pela Fundação Getulio Vargas (FGV) recuou 1,4 ponto em novembro, ao passar de 76,2 para 74,8 pontos. O resultado sucede altas de 0,3 ponto em setembro e 3,1 pontos em outubro, depois de o índice atingir o mínimo histórico em agosto.

A queda atingiu 12 dos 19 principais segmentos da pesquisa e foi determinada pela redução de 2,8 pontos do índice de expectativas, para 75,1 pontos. O índice da situação atual ficou estável, em 74,8 pontos.

“O resultado mostra que o ambiente dos negócios continua desfavorável ao setor.  Nos últimos meses, houve melhora, ainda que discreta, em alguns aspectos dos negócios, como a percepção sobre a demanda externa e sobre o nível de estoques. Mas o setor dificilmente observará uma melhora contínua, como poderiam sugerir as altas em setembro e outubro, enquanto não ocorrer uma reação mais expressiva da demanda interna”, disse Aloisio Campelo Jr., superintendente adjunto para ciclos econômicos da FGV/IBRE.

Depois de avançar 8,6 pontos no mês anterior, o indicador que capta as expectativas do setor com relação à evolução da produção nos três meses seguintes foi o que mais contribuiu para a queda do índice de expectativas entre outubro e novembro, ao passar de 82,5 para 76,6 pontos. O mínimo histórico havia sido registrado em setembro (73,9 pontos).

A estabilidade do índice da situação atual em novembro combinou a estabilidade do nível de estoques, em 74,5 pontos, com movimentos de piora na avaliação dos negócios e de melhora na percepção sobre a demanda. O indicador de situação atual dos negócios passou de 75,1 para 74,5 pontos, o mínimo histórico. Já o indicador de nível de demanda aumentou de 77,0 para 77,6 pontos, com melhora das avaliações em relação às demandas interna e externa.

O nível de utilização da capacidade instalada atingiu o mínimo histórico em novembro, ao recuar 0,3 ponto percentual, de 74,9% para 74,6%.
Serviços
A FGV também indicou que o Índice de Confiança de Serviços (ICS) recuou 1,2 ponto em novembro sobre outubro e chegou ao segundo menor nível da série iniciada em junho de 2008. O ICS chegou em novembro a 66,9 pontos, na oitava queda já registrada neste ano.
"O ambiente econômico marcado pelo aumento do desemprego e por pressões inflacionárias, aliado às incertezas no campo político, acaba por manter a percepção pessimista do setor sobre o rumo dos negócios, sinalizando uma nova redução no nível de atividade no último trimestre do ano", disse o consultor da FGV/IBRE Silvio Sales.
O destaque ficou para o recuo de 3,2 pontos do Índice da Situação Atual (ISA-S), para 65,9 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE-S) teve ganho de 0,9 ponto, para 68,4 pontos.


Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 Poluição escurece a China, faz mal à saúde e compromete a visibilidade
Cidades chineses amanhecerem com densa névoa nociva no ar.
Nível de partículas é 7 vezes maior que o considerado seguro pela OMS.

No primeiro dia da Conferência das Nações Unidas para o Clima, a COP 21, na França, a China sofre com efeitos de um fenômeno prejudicial à saúde, consequência da poluição lançada na atmosfera. Uma névoa densa cobriu algumas cidades do país, especialmente a capital, Pequim, nesta segunda-feira (30). A visibilidade ficou comprometida.

A capital da China amanheceu envolvida em uma densa camada de poluição que mantém a metrópole em alerta laranja, o segunda mais grave depois do vermelho. É o primeiro alerta laranja que se ativa neste ano.

O nível de partículas nocivas no ar às 10h (local), já era quase sete vezes maior do que o considerado seguro pela Organização Mundial da Saúde. (OMS).
O medidor de concentração de partículas PM 2,5, aquelas de um diâmetro inferior a 2,5 mícrons e as mais perniciosas para a saúde, localizado na Embaixada dos Estados Unidos em Pequim, indica um resultado de 592 microgramas por metro cúbico no ar da capital chinesa.
Com um nível recomendado de 20 microgramas pela OMS, os moradores amanheceram com uma nova sensação de "airpocalypse" (apocalipse do ar), como se denomina popularmente o intenso cinza do céu, que quase não permite visualizar o alto dos arranha-céus da cidade.

De acordo com a agência de notícias chinesa, o ar deve ficar assim por mais dois dias, até que uma frente fria chegue na quarta-feira (2).

O alerta laranja em Pequim obriga as indústrias a reduzir ou cancelar sua produção.
Além disso, se proíbe a circulação de caminhões pesados nas estradas e se ativou a revisão das licenças para as usinas a carvão, a principal fonte de energia do país e um dos maiores poluentes, enquanto se recomenda aos idosos e às crianças que fiquem em casa.
Apesar deste cenário, o Ministério de Meio ambiente publicou no domingo (29) que a China cumpriu com seus objetivos de redução de poluição nos últimos cinco anos.

Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 Brasil divulga novos números de microcefalia e Pernambuco lança Plano de Enfrentamento
Em Gravatá, ministros da Saúde, Marcelo Castro, e da Integração Nacional, Gilberto Occhi e todos os prefeitos pernambucanos reúnem-se contra a dengue, Chikungunya e Zika

O Ministério da Saúde divulga nesta segunda-feira o terceiro Boletim Epidemiológico, com números atualizados de casos de microcefalia, e de investigação das causas. Na ocasião, a equipe técnica do ministério irá falar sobre os casos de óbitos pelo vírus Zika, registrados na última semana em todo o país.

A entrevista coletiva, marcada para as 11h (horário de Brasília), 10h (horário local), será concedida na splanada dos Ministérios e transmitida pelo Blog da Saúde (www.blog.saude.gov.br), Web Rádio Saúde (webradio.saude.gov.br/radio) e pelo Twitter @minsaude.

Em Pernambuco, está sendo lançado nesta segunda-feira o Plano Estadual de Enfrentamento às Doenças Transmitidas pelo Aedes aegypti. O encontro, coordenado pelo governador Paulo Câmara no Hotel Canarius, em Gravatá, Agreste do estado, reune os ministros da Saúde, Marcelo Castro, e da Integração Nacional, Gilberto Occhi e todos os prefeitos pernambucanos contra a dengue, Chikungunya e Zika.

Neste domingo, o governador disse acreditar que muitos estados estão “sub-notificados” em relação ao vírus zika, causador do aumento dos casos de microcefalia, lembrando que Pernambuco foi o primeiro a identificar e a discutir publicamente o problema, que considera alarmante.

O governador de Pernambuco lembrou que o vírus zika já atingiu 18 Estados e não demorará a chegar aos demais. “Nós tivemos uma vigilância mais rápida e eficiente. Para Câmara, houve um “relaxamento” do poder público e da sociedade com o mosquito Aedes Aegypti. Na avaliação do governador, com a crise econômica, iniciada ainda em 2014, os cortes nas despesas terminaram também por atingir a saúde pública e o problema se agravou. 

Paulo Câmara conclamou todos a participar em um mutirão, a olhar suas casas e ajudar a combater o mal. “Nós estamos escrevendo a história de uma nova doença no Brasil”, disse, pedindo união e colaboração da população com os agentes públicos.  “Nossa preocupação é o aumento desse problema a partir de janeiro (após a chegada oficial do verão)”, frisou o governador.


Fonte: diariodepernambuco.com.br
 
 
 Como exibir arquivos ocultos no Windows 10
O Windows 10 traz vários arquivos e pastas ocultos no gerenciador de arquivos d
Em algum momento, porém, pode ser preciso acessar uma pasta ou arquivo oculto, seja para corrigir problemas, remover vírus ou efetuar alterações avançadas no sistema. Confira a dica e saiba como exibir os arquivos ocultos no Windows 10.
Passo 1. Abra o Windows Explorer e clique em “Arquivo”, no canto superior esquerdo da janela. Em seguida, clique em “Alterar opções de pasta e pesquisa”;
Passo 2. Agora, na aba “Modo de Exibição”, selecione a opção “Mostrar arquivos, pastas e unidades ocultas”, e desmarque o item “Ocultar arquivos protegidos do sistema operacional”;
Passo 3. Uma mensagem de confirmação será exibida. Clique em “Sim”, para confirmar que está ciente dos riscos e, por fim, pressione “OK”;
Passo 4. Sempre que quiser ocultar ou exibir os arquivos ocultos e protegidos pelo sistema, basta clicar em “Exibir” e marcar ou desmarcar a opção “Itens ocultos”.
Pronto! Com essas dicas, você poderá exibir os arquivos e pastas ocultas no Windows 10. Lembre-se de que esses arquivos são importantes e não devem ser apagados ou modificados.
 
 
 Microsoft Edge travando, não abre ou fecha sozinho? Saiba corrigir
O Microsoft Edge, novo navegador da Microsoft, já vem integrado com o Adobe Flash Player, plugin multiplataforma para Windows, Mac e Linux. No entanto, muitos usuários estão tendo problemas com travamentos ou erros na execução do browser. 
Confira o passo a passo para resolver os erros e fique livre de incômodos no sucessor do Internet Explorer. Você pode escolher entre alternar as configurações do Adobe Flash ou desativar o software no browser, caso o problema persista.
Alterar configurações do Adobe Flash
Passo 1. Acesse o site de suporte do Flash (helpx.adobe.com/flash-player) pelo Microsoft Edge e selecione “Test Flash Player”. Em seguida, clique com o botão direito do mouse na animação com árvore e selecione “Configurações”;
Passo 2. Uma pequena tela será aberta para ajustar o Flash. Selecione o item “Pasta” e arraste a barra até 0 Kb em “Armazenamento Local”. Marque a caixa de texto em “Não perguntar de novo”. Confirme em “Fechar”;
Passo 3. Em seguida, limpe os dados do navegador. Para isso, no Edge, selecione o menu lateral indicado por “três pontos” e selecione “Configurações”;
Passo 4. Em “Limpar dados de navegação” clique em “Escolher o que limpar”. Marque todos os itens e selecione “Limpar”. Reinicie o navegador e use de forma tradicional.
Desativar o Flash no Microsoft Edge
Passo 1. Caso o problema continue, o jeito é desativar o Adobe Flash do navegador. Para isso, acesse o menu lateral, indicado por “três pontos” e selecione “Configurações”. Clique em “Exibir configurações avançadas”;
Passo 2. Em “Usar o Adobe Flash Player” mude a chave para “Desativado”. Reinicie o navegador e utilize normalmente.
 
 
 Windows 10 – Criar ligações com tráfego controlado
A mobilidade que os computadores e os tablets hoje nos oferecem hoje em dia, deixam-nos trabalhar em todo o lado. Associado a eles está quase sempre uma ligação à Internet, que depressa se esgota se não tivermos o devido cuidado.
O Windows 10 tem disponível uma funcionalidade que ajuda imenso nestas alturas, ao restringir e controlar o consumo de dados sempre que o quisermos.
Vamos aprender a configurar essa funcionalidade e a conseguir controlar os consumos de dados sempre que pretendermos.
É sempre complicado gerir os consumos do acesso à Internet, ainda para mais com as aplicações a gastar os dados sem qualquer controlo.
As possibilidades que temos é restringir ao máximo esse consumo, evitando que as aplicações estejam a correr. Mas na verdade isso nem sempre é possível porque estas ficam a correr em segundo plano.
Mas a Microsoft tem no Windows uma funcionalidade que pode ajudar todos os utilizadores, estabelecendo algum controlo e garantindo que apenas são consumidos dados em situações realmente necessárias.
As ligações com tráfego limitado estão disponíveis e podem ser activadas a qualquer altura, sempre que se entender serem necessárias.
Na prática limitam o acesso às actualizações automáticas do Windows, as actualizações das aplicações através da loja do Windows, as actualizações dos Tiles dinâmicos e as actualizações de ficheiros offline. Outras aplicações e outras funções do Windows podem também ser afectadas.
Como activar as ligações com tráfego limitado
Estas ligações podem ser activadas a qualquer altura e conseguem de imediato aplicar essas limitações e controlo. Para fazer a activação devem estar ligadas a essa ligação.
Comecem por, no Windows 10, abrir o Menu Iniciar e escolher o acesso às Definições.
Dentro da janela das Definições devem agora procurar a opção referente às ligações de rede. A opção chama-se Rede e Internet.
Depois devem, na nova zona, escolher o separador Wifi. Aí e imediatamente depois da lista das redes Wifi disponíveis, devem escolher o link Opções avançadas.
Dentro das Definições avançadas vão ver várias opções disponíveis. Neste caso a que procuram é a que activa a Ligação com tráfego limitado.
Apenas necessitam de carregar no interruptor para que a activem. Esta opção tem efeito imediato e a partir dai o Windows começa a controlar o tráfego que sai da vossa máquina.
Se precisarem, por detectarem comportamentos anormais no vosso Windows, a forma de reverter este controlo é idêntico e apenas precisam de desactivar a opção.
Esta é uma forma simples de limitarem os consumos de dados na vossa ligação. É também uma forma simples de conseguirem controlar os consumos anormais de dados.
 
 
 Como importar favoritos do Google Chrome para o Microsoft Edge
O Microsoft Edge possui uma ferramenta para importar os sites preferidos do usuário no Chrome. A função é muito útil para quem deseja utilizar o browser como navegador padrão do Windows.Além disso, com ela, você também pode importar links favoritos do antigo Internet Explorer. Veja como usar o recurso.
Passo 1. Abra o Microsoft Edge e clique sobre o ícone de três barras;
Passo 2. Clique no ícone de estrela e acesse a ferramenta “Importar favoritos”;
Passo 3. A importação de dados do Internet Explorer estará marcada. No entanto, você vai precisar ainda ativar a mesma função para o Chrome ;
Passo 4. Para finalizar o procedimento e iniciar a importação dos favoritos, toque no botão “Importar”.
Pronto. Aguarde alguns segundos. Depois, volte a tela de favoritos do passo 1 para acessar os links dos seus sites favoritos do Chrome no Microsoft Edge.
 
 
 Preview de abas está chegando ao Microsoft Edge no Windows 10
O Microsoft Edge, sucessor do Internet Explorer, está prestes a ganhar um novo recurso no Windows 10: o preview da visualização de abas em miniaturas. A função promete ajudar principalmente quem fica com muitas páginas abertas no navegador e não sabe o conteúdo de cada uma, precisando abrir novamente.
A novidade foi acidentalmente revelada durante uma conferência realizada pelo vice-presidente corporativo da Microsoft no início deste mês, na Nova Zelândia. Joe Belfiore deixou escapar uma imagem do preview durante a apresentação.
No evento, Belfiore falava sobre como a Cortana, assistente pessoal da Microsoft, irá ajudar a tornar as buscas mais rápidas. Ao passar o slide, o executivo acabou mostrando sem querer uma visualização em miniatura de guias no navegador. A novidade é semelhante ao recurso de pré-visualização em miniatura na barra de tarefas do Windows.
Depois de voltar a falar sobre Cortana, o vice-presidente corporativo introduziu o recurso e afirmou que a função chegará em breve para os desenvolvedores participantes do programa Windows Insider.
“Vocês devem ter notado outro recurso que eu revelei equivocadamente (…) uma pequena característica que ainda não mostramos para ninguém: a pré-visualização de abas”, revelou Belfiore.
A novidade promete melhorar a experiência do usuário no Microsoft Edge, aumentando a produtividade. Até o momento, os navegadores Google Chrome e Firefox não possuem a pré-visualização de abas sem um plugin de terceiros, ou seja, o recurso será exclusivo do navegador da Microsoft.
O recurso, porém, já havia sido mostrado no vídeo de apresentação do Edge, em abril.
 
 
 Como usar o Microsoft Edge no Windows 10; um guia de primeiros passos
Com a chegada do Windows 10 no último 29 de julho, os usuários do sistema ganharam mais um navegador nativo: o Microsoft Edge. Desenvolvido para substituir o polêmico Internet Explorer, o browser vem cheio de novidades e com uma interface completamente reformulada. Conheça os principais recursos do Microsoft Edge para começar a usar o mais recente browser do Windows.
1) Como usar o Microsoft Edge?
Há, pelo menos, três maneiras de iniciar o novo navegador da Microsoft: pelo Menu Iniciar, pela aba "Todos os aplicativos" ou pela barra de tarefas. Logo após a atualização seu ícone é fixado na barra por padrão, basta clicar para começar a usar. 
2) A Tela Inicial
A tela inicial no Microsoft Edge é dividida em três áreas principais. A primeira é a barra de busca, onde você pode fazer pesquisas na web ou digitar endereços de sites. A segunda, se chama “Sites principais” e exibe as páginas visitadas com mais frequência. 
A última é o feed de notícias, que reúne links para os principais sites de notícias da Internet, além de alguns widgets, como previsão do tempo e o resultado dos jogos do Campeonato Brasileiro.
3) Personalizando o seu feed de notícias ou a tela inicial
É possível personalizar as notícias que aparecem em seu feed ou, ainda, a própria tela inicial do navegador. Para isso, clique em “Personalizar”, link que se encontra no canto superior direito, entre a barra de busca e os sites principais.
Na página que abrir é possível definir o conteúdo da tela inicial do programa, seu idioma, e ainda os assuntos de maior interesse como: “Dinheiro”, “Estilo de Vida”, “Entretenimento” ou “Notícias” em geral.
4) A barra de ferramentas do Microsoft Edge
Os principais diferenciais da barra de ferramentas do Microsoft Edge ficam do lado esquerdo da tela. Primeiro, com ícone em formato de livro, é o modo leitura, que ajusta a exibição da página web focar somente no texto. Depois do botão de favoritar, fica o novo botão Hub, que reúne em um único lugar os seus favoritos, lista de leitura, histórico e downloads. 
Logo em seguida fica, o botão para criar anotações nas páginas da web, o ícone de compartilhamento e, por fim, as configurações do navegador. 
5) Alterando o buscador padrão do Microsoft Edge
Por padrão, o Microsoft Edge faz pesquisas utilizando o Bing. Mas, para quem não está acostumado com o buscador da Microsoft, é possível alterar essa configuração de forma muito simples.
6) Abrindo novas abas
Abrir novas abas no Microsoft Edge é extremamente intuitivo e igual aos outros navegadores. Basta clicar no botão “+” ao lado da última aba aberta para abrir uma nova. Outra maneira é usar o atalho “Ctrl + T” para isso.
7) Navegando de forma anônima
Para usar a navegação InPrivate, ou navegação anônima, basta clicar no botão “…” no canto direito da barra de ferramentas e depois na opção “Nova janela InPrivate”. A nova janela aberta não criará registros no histórico nem salvará cookies. 
8) Definindo um site como página inicial
Por padrão, a página inicial do Microsoft Edge é o um compilado de notícias e links para os sites mais visitados. No entanto, é possível definir um endereço web para ser a sua página inicial. 
Para isso, clique em “…” e depois vá em “Configurações”, na nova janela que se abrir clique em “Exibir configurações avançadas” e ative a primeira opção, “Mostrar o botão da página inicial”. Em seguida, digite o endereço do site que você deseja que seja a sua página inicial.
9) Alterne entre os temas “Claro” e Escuro”
O Microsoft Edge possui dois temas para a sua interface: um claro e outro escuro. Para alternar entre eles, clique novamente no botão de menu “…”, depois em “Configurações” e selecione o tema do navegador na primeira opção, “Escolha um tema”.
10) Importando favoritos
Para importar os favoritos de um outro navegador para o Microsoft Edge, você deve novamente acessar as configurações do programa, clicar em “Importar favoritos de outro navegador” e, então, escolher o browser. Depois, é só clicar no botão “Importar” e esperar o processo ser concluído.
11) Modo Leitura
O Microsoft Edge conta com um novo recurso chamado de “Modo Leitura”. Quando ativado, ele remove banners publicitários, cabeçalho, rodapé e barra de navegação para que o usuário possa se concentrar somente no texto. Para habilitar o Modo Leitura, basta clicar no ícone de livro aberto, que se encontra no canto superior direito da barra de ferramentas. 
12) Adicionando uma página à sua “Lista de Leitura”
No Microsoft Edge é possível criar uma lista de leitura com textos que você pretende ler mais tarde. Para incluir uma página na sua lista de leitura, basta clicar no botão de “Favoritos”, ícone em forma de estrela, e selecionar a opção “Lista de Leitura”. Depois, é só clicar em Adicionar, e você poderá voltar naquele texto quando tiver mais tempo. 
13) O Hub
O Hub é mais um novo recurso presente no Microsoft Edge. Ele reúne, em um único espaço, todos os sites marcados como favoritos, os textos que estão na sua lista de leitura, o seu histórico e os downloads recentes. Para acessá-lo, clique no quarto botão da direita para a esquerda na barra de ferramentas, representado por três linhas.
14) Anotações Web
Com o recurso de Anotações Web o usuário pode escrever com o mouse nas páginas abertas. Para habilitar a função, é só clicar no botão em formato de caneta na barra de ferramentas. 
É possível usar pinceis de pontas e cores diferentes, borracha, criar balões de fala e até recortar determinadas partes da página. Depois de todas as edições serem feitas, você pode salvar e compartilhar a página web modificada.
15) Configurações do Microsoft Edge
Clicando no botão “…” do Microsoft Edge, é possível acessar as configurações do programa. Nessa aba, é possível alterar o tema do navegador, a página inicial, limpar os dados de navegação, personalizar o modo de leitura e mais. 
Nas configurações avançadas o usuário pode bloquear pop-ups, escolher usar ou não o plugin Adobe Flash Player, gerenciar as senhas salvas, alterar o buscador padrão, bloquear cookies, ativar o filtro SmartScreen, dentre outras opções de segurança e de uso.
 
 
 Golpe usa upgrade do Windows 10 como isca para invadir computador
O upgrade gratuito para o Windows 10, oferecido pela Microsoft desde a última quarta-feira (29), está sendo utilizado como isca para golpes de hackers. Para atrair vítimas, são enviados e-mails falsos com links para supostas atualizações. Um caso grave que começou na Tailândia e envolve chantagem por dinheiro, com sequestro de dados, foi identificado pela Cisco. Saiba como proteger o seu computador.
O golpe começa com um e-mail que reproduz o layout utilizado pela Microsoft para promover o Windows 10. No texto, os hackers explicam os detalhes do upgrade e incluem mensagens de autenticação como "E-mail enviado pela Microsoft" e "Conteúdo verificado por antivírus". 
Outro detalhe que pode enganar os usuários é o remetente: "update@microsoft.com", dando ainda mais credibilidade ao e-mail. Caso o usuário caia na armadilha, irá clicar no link para o suposto upgrade. 
96 horas para pagar
Caso clique no link do falso update, o usuário será contaminado. O link instala, na verdade, o CTB-Locker, um ransomware que criptografa os dados do computador. Logo em seguida, um pop-up com uma contagem regressiva de 96 horas aparece para o usuário. Esse é o prazo dado pelos hackers para que o usuário pague o valor exigido e tenha seu computador desbloqueado.
A janela também contém a ameaça “Não tente remover o programa, ou perderá os seus dados para sempre”. Por isso é importante tomar muito cuidado com e-mails desconhecidos e manter seu antivírus sempre atualizado. É importante lembrar também, que a Microsoft não envia nenhum link de download do upgrade do Windows 10 por e-mail. Tudo é feito diretamente pelo próprio computador do usuário.
 
 
 Microsoft Edge motivos para usar ou fugir do navegador do Windows 10
O Microsoft Edge chegou para aposentar um dos mais antigos navegadores do mundo: o Internet Explorer. Pré-instalado no Windows 10, o app promete mais velocidade para o usuário e foco em produtividade. Entretanto, o browser ainda desperta certa desconfiança. Está em dúvida se deve abandonar o Chrome, Opera ou Firefox? Confira agora motivos mara migrar e outros para não usá-lo.
Motivos para usar o Microsoft Edge
1 – É rápido para carregar suas páginas
Esqueça o Internet Explorer. O Edge chegou para brigar com a concorrência. Batizado anteriormente de Spartan, o novo navegador da Microsoft foi desenvolvido do zero: diversos protocolos e motores antigos foram eliminados. Isso significa que ele também abandonou as polêmicas barras de tarefas (Toolbars).
No teste Benchmark Octane 2.0 rodado pelo TechTudo, o Edge superou o Chrome em alguns quesitos, mas acabou ficando com uma pontuação levemente inferior no placar geral: 24.689 pontos contra 26.084. Já no HTML5, o navegador do Google conseguiu 526 pontos contra 402 do app da Microsoft. Embora não tenha vencido, o Edge apresenta um grande avanço em relação ao velho Internet Explore.
2 – Suporta anotações na web e tem integração com o OneNote
Se você costuma trabalhar com a Internet ou quer compartilhar algo interessante com um amigo, o Edge traz um interessante recurso de anotações. Com ele, você pode desenhar nas páginas, usar caneta marca-texto e até adicionar comentários em balões. É possível salvar tudo no seu bloco de anotações do OneNote ou enviar para um amigo. Imagine que seu browser é como um livro.
3 – Dúvidas? Pergunte à Cortana!
As assistentes pessoais estão cada vez mais presentes no nosso dia a dia. O Microsoft Edge traz a Cortana que roda diretamente no navegador do Windows 10. Ao selecionar um texto em uma página da web, é possível clicar com o botão direito e selecionar a opção “Ask Cortana” para que a assistente exiba informações relacionadas. Além disso, o recurso funciona também na barra de endereço, como um atalho para pesquisas. A novidade, porém, está disponível apenas em inglês, por enquanto.
4 – Está sem tempo? Salve na lista de leitura.
Quem nunca encontrou alguma notícia ou vídeo interessante quando ia sair de casa, não é mesmo? O Microsoft Edge traz uma ótima função para quem quer salvar páginas para ler depois. Trata-se da lista de leitura, que salva todo o conteúdo no Hub do navegador e evita que o usuário precise adicionar páginas desnecessárias no favoritos ou em blocos de notas. Para usar o recurso no Chrome e no Firefox, não há ferramenta nativa, é preciso baixar extensões como Pocket nas lojas de web apps.
5 – Evite distrações nos seus sites preferidos
Outro recurso nativo no Edge é o Modo de leitura. Com ele, o usuário mantém apenas o título, texto e imagens de uma notícia, eliminando barras de navegações e propagandas. Para quem deseja evitar a sensação de “vista cansada”, o Edge traz também a opção de deixar o modo leitura com o fundo preto (tema black), que é menos agressivo para a visão e ideal para quem está navegando antes de dormir.
Motivos para fugir do Edge
1 – Sem suporte às extensões
Quer fugir das propagandas do YouTube ou adicionar recursos do seu antivírus no browser? Então, o melhor é ficar longe do Edge por enquanto. Ao contrário dos rivais Firefox e Chrome, o navegador da Microsoft ainda não suporta extensões. A empresa já confirmou que o recurso deve chegar neste ano, mas os usuários precisarão se contentar apenas com as funcionalidades nativa do navegador até lá.
2 – Sem Cortana no Brasil
Apesar da integração do Edge com a Cortana, o recurso não está disponível para o idioma português. Por enquanto, o navegador da Microsoft oferece apenas uma ferramenta de pesquisa básica para os usuários brasileiros por meio do Bing ou outro mecanismo, sem respostas diretas e objetivas para as perguntas. A boa notícia, porém, é que Cortana deve chegar ao Brasil até o fim do ano para os usuários do Windows Insider, que testa o sistema da Microsoft. Ainda em versão beta, sem acesso para todos.
3 – Sem suporte a temas
Embora não seja unanimidade, o suporte a temas e modificações é um recurso interessante para quem gosta de um visual mais personalizado. No navegador da Microsoft, é possível escolher apenas entre o padrão claro e o escuro, sem a possibilidade de aplicar imagens ou outras cores. Chrome e Firefox, por outro lado, contam com lojas próprias de temas que personalizam o navegador por completo.
4 – Sem integração com smartphones
Um dos recursos mais interessantes do Chrome é a possibilidade de sincronizar as páginas abertas no computador em celulares e tablets com Android ou iOS. O Edge, por enquanto, traz a função apenas para quem é usuário da versão preview do Windows 10 Mobile. Além disso, a empresa já confirmou que não planeja lançar o navegador para outras plataformas, deixando os usuários sem a sincronização.
5 – Não suporta o WhatsApp Web oficialmente
Se você gosta de responder o WhatsApp no seu computador, talvez seja melhor continuar no Chrome, Opera ou Firefox. Por padrão, a versão web do aplicativo de mensagens não está disponível para o novo navegador da Microsoft, mas o TechTudo possui um tutorial com um “jeitinho” para burlar essa restrição. Apesar disso, é possível que alguns bugs persistam ao usar o WhatsApp no Edge.
 
 
 Como mostrar ou ocultar sua barra de favoritos no Microsoft Edge
A barra de favoritos do Microsoft Edge, novo navegador do Windows 10, fica desativada por padrão. No entanto, muitos usuários preferem deixá-la à mostra para acessar rapidamente os seus atalhos e sites favoritos em poucos cliques.
Confira o passo a passo para ativar ou ocultar a exibição da barra de favoritos no sucessor do Internet Explorer. O recurso ajuda a encontrar com facilidade as páginas que mais você acessa no browser da Microsoft.
Passo 1. Clique sobre o botão “…”, no canto superior direito da janela. No menu do navegador, clique em “Configurações”;
Passo 2. Por fim, logo abaixo de “Mostrar a barra de favoritos”, escolha entre “Ativado” ou “Desativado” para exibir ou esconder a barra.
Pronto! Com essa dica simples você poderá ativar ou ocultar a barra com os seus links favoritos no Microsoft Edge.
 
 
 Windows 10 traz 'propagandas' de aplicativos dentro do Menu Iniciar; entenda
O Windows 10 ganhou uma seção de sugestões de aplicativos no Menu Iniciar, que tem visual e comportamento semelhante ao de anúncios. A novidade, presente na última build para desenvolvedores do sistema da Microsoft, não parece ter qualquer relação com o padrão de comportamento do usuário e o redireciona diretamente para a página do aplicativo. 
A versão do Windows 10 que traz a mudança está disponível somente para membros do programa Windows Insider, ou seja, ainda está em fase de testes. 
A nova seção pode ser atualizada pelo usuário, o que fará com que o aplicativo sugerido seja alterado, ou ainda desativada com apenas dois cliques. Outra forma de desligar o recurso é por meio das configurações do sistema. Basta selecionar "Personalização" e depois "Iniciar". Depois, o usuário deverá desmarcar o item “Exibir sugestões ocasionalmente no Iniciar”.
A build 10565 também trouxe melhorias importantes. Entre elas, está a integração do Skype ao sistema, incluindo chat, voz e vídeo; prévia de páginas no Microsoft Edge ao passar o mouse sobre uma aba, além de novos ícones e incrementos de desempenho na Cortana.
 
 
 Advogado que tramou fuga de Cerveró é preso no Rio
Edson Ribeiro era esperado pela PF no aeroporto do Galeão

RIO - O advogado Edson Ribeiro, um dos acusados de tentar obstruir as investigações da Operação Lava-Jato, foi preso na manhã desta sexta-feira, ao desembarcar no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. O advogado foi localizado pela polícia americana e concordou em voltar ao Brasil voluntariamente. A Polícia Federal e o Ministério Público Federal foram avisados e ficaram de prontidão para prender o advogado.

Edson Ribeiro embarcou num voo da TAM em Miami e chegou ao Rio às 8h04m. O advogado teve a prisão decretada pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), na terça-feira, no mesmo despacho em que foram emitidas as ordens de detenção do senador Delcício Amaral (PT-MS), do chefe de gabinete dele, Diogo Ferreira, e do banqueiro André Esteves, dono do BTG Pactual. Antes de ter a prisão decretada, Ribeiro já estava nos Estados Unidos.

Ontem, Teori determinou a inclusão do nome do advogado na lista vermelha da Interpol. Horas depois, ele foi localizado pela polícia americana. O Ministério Público Federal avisou aos americanos que o advogado tinha dois prováveis endereços em Orlando, um deles seria uma casa perto de um parque aquático. A partir das informações, a polícia americana teria rastreado a movimentação do advogado na região.

A volta do advogado espontaneamente ao Brasil é considerada uma vitória dos investigadores. Se fosse preso nos Estados Unidos, a Procuradoria-Geral da República teria que pedir a extradição dele, um processo que poderia se arrastar por um longo período.

O advogado é acusado de se associar a Delcídio e Esteves para tentar manipular decisões do STF e do Superior Tribunal de Justiça para atrapalhar a Lava-Jato e, ao mesmo tempo, de tramar a fuga do ex-diretor de Internacional da Petrobras Nestor Cerveró. Diálogos que mostram a trama foram gravados por Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor, e entregues à Procuradoria Geral da República.

O conteúdo da conversa surpreendeu os procuradores do caso. Para eles, pareceu inacreditável que o grupo tenha se reunido para tramar contra ministros do STF, do STJ e, ao mesmo tempo, patrocinar a fuga de um dos principais réus das investigações. Cerveró está preso em Curitiba desde o ano passado e recentemente fez acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República.


Fonte: oglobo.globo.com
 
 
 Banqueiro André Esteves passa noite em presídio de Bangu, no Rio
Dono do BTG Pactual estava preso desde quarta-feira (25) na sede da PF.
Ministro do STF negou revogação da prisão e autorizou transferência.

O banqueiro André Esteves, dono do BTG Pactual, passou a noite no presídio Bangu 8, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ele deixou a sede da Superintendência da Polícia Federal na quinta-feira (26) para cumprir a prisão temporária em um presídio comum, passou por triagem no presídio Ary Franco, na Zona Norte da cidade, e foi transferido.

Esteves deixou a sede da PF por volta das 22h20 em um carro da corporação, que foi acompanhado por um comboio até o Instituto Médico Legal (IML), onde ele fez exame de corpo de delito. Ele permaneceu no local por cerca de dez minutos, antes de seguir para o presídio Ary Franco, onde chegou por volta das 23h.

Depois de passar pela triagem no presídio Ary Franco, o banqueiro foi transferido para Bangu 8. Como tem curso superior, ele tem direito a ficar em cela especial, por isso foi transferido para a outra unidade prisional.
O banqueiro foi preso na quarta (25), por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF), suspeito de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato.

Nesta quinta, o ministro Teori Zavascki, do STF, negou um pedido apresentado pela defesa do banqueiro para revogar sua prisão temporária e autorizou a transferência dele da Superintendência da PF para uma unidade prisional.
Em ofício ao STF, a PF do Rio informou que não teria condições de manter o banqueiro preso na carceragem e sugeriu transferência para o presídio Ary Franco.

Como está em prisão temporária, André Esteves, que já foi o 13º mais rico do Brasil, deve ficar encarcerado até domingo (29), quando termina o prazo de 5 dias para esse tipo de detenção.
Esteves foi citado em conversas do senador Delcídio Amaral (PT-MS), também preso, como interessado em evitar uma delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, ou ao menos retirar suspeitas relacionadas ao banco de seu conteúdo.

No pedido para revogar a prisão, a defesa de Esteves alegou que não se justifica mantê-lo preso porque a decisão se baseia exclusivamente em conversas nas quais diversas outras autoridades também foram mencionadas, sem que tenha se suspeitado delas.
Os advogados do banqueiro admitem que ele conhece Delcídio e outros parlamentares, mas afirmou que ele nunca falou com o chefe de gabinete do senador nem com o advogado de Nestor Cerveró, também presos pela PF.

Além de Esteves, também foram presos nesta quarta o senador Delcídio Amaral (PT-MS) e o chefe de gabinete dele, Diogo Ferreira.

Fonte: g1.globo.com
 
 
 Delcídio confirma que voz gravada é dele, mas se diz inocente
Senador preso na PF prestou depoimento de quase quatro horas.
Ele é acusado de tentar impedir delação de ex-diretor da Petrobras.

O líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS), confirmou em depoimento que é a voz dele que está na gravação em que o senador apresenta um plano de fuga para o ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró, segundo informou a defesa do parlamentar. Ele alegou, no entanto, ser inocente e negou que tenha oferecido mesada de R$ 50 mil mensais para que Cerveró evitasse fazer acordo de delação premiada.
As informações foram dadas pelo advogado do senador, Maurício Silva Leite, após depoimento de Delcídio de quase quatro horas de duração na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. O senador está preso no local desde quarta-feira. Ele é investigado por supostamente ter tentado atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato.
"Sim, sim [é ele que está nas gravações]. Nas reuniões que foram apresentadas, inclusive, ele confirmou a presença dele na reunião. E, nas explicações, ele explicou tudo o que foi conversado", contou Leite. "Ele alega inocência, certamente, e estamos aqui para provar isso", completou o advogado.

O advogado contou ainda que, durante o depoimento, Delcídio do Amaral foi "confrontado" com trechos da gravação e que "deu todas as explicações" para o delegado da Polícia Federal. "Nos questionamentos que foram realizados, ele foi confrontado com o áudio, deu todas as explicações de maneira contundente", afirmou Leite.

Leite disse também que Delcídio negou que tenha oferecido uma mesada, de R$ 50 mil, para Nestor Cerveró evitar um acordo de delação premiada ou, então, omitir o nome do senador durante depoimentos à Justiça Federal.
"Isso não ocorreu [de o senador ter oferecido dinheiro a Cerveró para convencê-lo a não fazer a delação]. Amanhã, nós vamos soltar uma nota à imprensa, explicando essa situação, mas já está esclarecido no depoimento dele e ele esclareceu essa situação, que isso não ocorreu", disse o advogado de Delcídio.
 Maurício Silva Leite declarou ainda que Delcídio está "chateado" com o fato de ter sido preso, no âmbito da operação Lava Jato, mas que não comentou a decisão dos senadores que votaram pela continuidade de sua prisão. 
"O senador está muito chateado, está aguardando sereno o desenrolar das investigações, mas está muito preocupado com tudo isso que aconteceu", contou o advogado.
A defesa de Delcídio do Amaral disse que o suposto dinheiro – US$ 1,5 milhão – que o líder do governo teria recebido de Cerveró no processo da compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, não esteve entre os questionamentos do delegado da Polícia Federal.

Novo depoimento
O advogado de Delcídio disse que, provavelmente, o senador vai prestar um novo depoimento à Polícia Federal e ao Ministério Público para tratar de questões que não foram abordadas no interrogatório desta quinta-feira, como a possível propina na aquisição da refinaria de Pasadena pela Petrobras. 
"Ele, inclusive, provavelmente terá um novo depoimento, onde vai trazer novas declarações e vai responder a novos questionamentos. Isso foi conversado hoje e será marcado para uma próxima oportunidade. Imagino que seja o mais rápido possível, porque estamos tratando de um senador que está preso", argumentou Leite.

O advogado disse, ainda, que Delcídio não recebeu visita de familiares e que não foi cogitada a possibilidade de o petista ser transferido para uma detenção em Mato Grosso do Sul para ficar próximo da família. Marcelo Leite afirmou que não sabe quanto tempo Delcídio precisará ficar preso na Superintendência da PF.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Expoestados, uma mostra da gastronomia, artesanato, música e folclore do Brasil
A exposição com pavilhões de 26 estados e o Distrito Federal acontecerá até domingo no estacionamento do Estádio Nacional Mané Garrincha. São esperadas 100 mil pessoas.

Começou, na noite desta quarta-feira (25), a Expoestados, uma feira com pavilhões de 26 estados e o Distrito Federal com amostras de gastronomia, artesanato, música e folclore. A exposição acontecerá até domingo no estacionamento do Estádio Nacional Mané Garrincha e aguarda 100 mil pessoas.

Nos cinco dias de feira, os visitantes poderão provar pratos típicos de 22 estados por até R$ 25. Os portões abrem às 18h na quarta e na quinta e às 11h, de sexta a domingo. A entrada custa R$ 30 a inteira e R$ 15 a meia.

Um exemplo é o chef André Carvalho, do Bistrô Escondido, na Asa Norte. Criado em Pernambuco, André aprendeu a cozinhar desde cedo. Para a feira, ele preparou uma moqueca de sururu, um bolo de rolo e um arrumadinho. “No Nordeste todo mundo é criado dentro da cozinha”, brinca.As barracas de comida dos estados são tocadas por chefs de Brasília escolhidos a dedo pela curadora Renata Carvalho, do restaurante Loca Como Tu Madre. “Escolhemos pessoas que entendem da culinária de seus estados e podem representa-la com veracidade”, disse.

Além de poder provar a culinária de cada estado, os visitantes também poderão participar das aulas show, que ensinam os pratos típicos. Podem participar até 200 pessoas de cada aula.

No meio da feira, os visitantes podem passear por barracas de artesanato. São 34 barracas de artesãos do DF e uma do Rio Grande do Norte. O artesanato potiguar foi feito por pescadores da Vila Ponta Negra, em Natal.

“Estamos resgatando uma festa que tinha virado muito comercial”, diz Marco Antonio Toccolini, Presidente do Fórum Nacional das Representações Estaduais, entidade que organiza a feira. A Expoestados não acontecia em Brasília desde 2009.


Fonte: http://fatoonline.com.br/
 
 
 Prefeitura confirma 1ª parcela do 13º dos servidores de Ribeirão Preto, SP
Depósitos caem nas contas nesta sexta (27), diz secretário da Fazenda.
Benefício foi alvo de impasse após Executivo negar antecipação em junho.

A Prefeitura confirmou que a primeira parcela do 13º salário cai nas contas dos servidores de Ribeirão Preto (SP) nesta sexta-feira (27). Segundo o secretário municipal da Fazenda, Francisco Sérgio Nalini, o pagamento parcial de funcionários da administração direta representa um gasto de R$ 19 milhões.
Cinco mil servidores esperavam receber o benefício em junho, como adiantamento até então facultado pela administração municipal. Mas este ano a Prefeitura voltou atrás e decidiu fazer o pagamento apenas no fim do ano, alegando dificuldades financeiras.
Depois do impasse, o Executivo prometeu pagar a primeira parcela na próxima segunda-feira (30), mas os valores foram adiantados para que os funcionários possam utilizar os recursos para compras de Natal no fim de semana.

"Fiz um pedido à prefeita e ela me ouviu. O funcionalismo receberia na segunda-feira, o que queimaria o último fim de semana tranquilo para compras", afirma Nalini.
A segunda parcela, cujo montante não foi informado, está prevista para 20 de dezembro.
Entenda o caso
Durante os últimos anos, a Prefeitura deu aos servidores a opção de receber o benefício ainda no primeiro semestre. Este ano, no entanto, a administração municipal anunciou que não faria o adiantamento, sob a justificativa de falta de recursos.
Funcionários não concordaram com a medida e chegaram a paralisar as atividades em diferentes repartições.

Em julho, a Justiça de Ribeirão obrigou a prefeita Dárcy Vera (PSD) a pagar a primeira parcela por meio de uma liminar, mas a decisão foi suspensa pelo Tribunal de Justiça (TJ-SP).
Em outubro, Nalini anunciou que os valores seriam pagos entre novembro e dezembro. Segundo ele, os R$ 19 milhões agora depositados para a primeira parcela são resultantes de receitas geradas por meio de Dívida Ativa e de contenção de gastos.
"Ribeirão está com débitos trabalhistas de outros anos, endossou contas da Cohab, teve o Fundo de Participação dos Municípios sequestrado. Quando veio a crise fiscal no Brasil, Ribeirão já estava descapitalizada. (....) Ficamos de janeiro a junho reunindo recursos para fazer o adiantamento, mas este ano não reunimos o suficiente. Precisamos reunir até novembro", diz.


Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 Crimes caem até 46% em Ribeirão Preto nos 10 primeiros meses do ano
Casos de roubo de veículos foram os que mais diminuíram, segundo SSP.
Para delegado, melhora na segurança se deve ao alto número de prisões.

Os índices gerais de criminalidade caíram em Ribeirão Preto (SP) nos 10 primeiros meses de 2015, segundo os últimos números da Secretaria de Segurança Pública (SSP), divulgados na quarta-feira (25).

A queda mais acentuada é observada nas ocorrências que envolvem roubo de veículos na cidade. O índice caiu 46% entre janeiro e outubro deste ano, em comparação com o mesmo período de 2014. Foram 670 casos este ano, contra 1.260 no ano anterior.
Os furtos de veículos também caíram no período: 34%, segundo a SSP. No acumulado de 2015, foram 1.612 casos este ano, contra 2.469 em 2015. As quedas também foram registradas nas ocorrências de estupro (31%), roubo em geral (20%) e homicídio (6,9%).

Entre os casos de estupro, foram 57 denúncias nos 10 primeiros meses de 2014 e 39 este ano. Ainda segundo a SSP, os roubos em geral caíram de 3.765 no ano passado para 2.998 em 2015. Já os homicídios diminuíram de 43 para 40.

Aumento de prisões
Segundo João Osinski Júnior, diretor responsável pelo Departamento de Polícia Judiciária Interior de Ribeirão (Deinter-3), a redução da criminalidade em Ribeirão Preto é motivada principalmente pelo aumento nas prisões.
“Nestes últimos meses o que aconteceu foi que muitos dos criminosos que estavam praticando esses tipos de crimes foram retirados de circulação”, disse. “O ladrão só para quando é preso e houve um aumento de prisão graças ao trabalho de investigação e de preventivas decretadas”, disse Osinski.

De acordo com o delegado, houve um alto índice no esclarecimento de homicídios na cidade. “Quase 100%”, disse. Além disso, segundo ele, houve também um aumento na desarticulação de quadrilhas especializadas em roubos de veículos.

“Conseguimos prender as quadrilhas especializadas em clonagem de veículos, várias quadrilhas encarregadas de furto de veículos que acabaram presas, tudo isso vai desmotivando esse tipo de crime”, afirmou o delegado.

http://g1.globo.com/
 
 
 Papa critica arrogância dos homens e o desprezo às mulheres em Nairóbi
Francisco está no Quênia e fez declaração durante missa.
Ele pediu defesa da família e proteção 'ao inocente que ainda não nasceu'.

O Papa Francisco denunciou nesta quinta-feira (26) diante de centenas de milhares de quenianos, reunidos para uma missa em Nairóbi, "a arrogância dos homens e o desprezo às mulheres", e pediu a defesa da família e a proteção "ao inocente que ainda não nasceu".
"Estamos chamados a resistir às práticas que favorecem a arrogância dos homens, que ferem ou desprezam as mulheres, que não cuidam dos idosos e ameaçam a vida do inocente que ainda não nasceu", declarou o pontífice na missa celebrada no campus da Universidade de Nairóbi.

O Papa, no segundo dia de visita ao continente africano, celebrou o fato de que "a sociedade do Quênia se viu abençoada durante muito tempo por uma sólida vida familiar", sentida no "profundo respeito à sabedoria das pessoas mais velhas".
"A saúde de toda sociedade depende sempre da saúde das famílias. A fé na palavra de Deus nos chama a apoiar as famílias em sua missão no interior da sociedade, a acolher as crianças como uma bênção para nosso mundo", completou em sua homilia, pronunciada em italiano e traduzida para o inglês.
A solidez da família "é especialmente importante hoje em dia, quando assistimos ao avanço de novos desertos criados por uma cultura de materialismo, egoísmo e indiferença".
Em um país traumatizado por episódios de violência étnica nos últimos anos, o papa também fez um apelo aos jovens para que "rejeitem tudo o que leva ao preconceito e à discriminação, porque estas coisas já sabemos que não são de Deus".
O pontífice está desde quarta-feira no Quênia, primeira etapa de sua viagem ao continente africano, que prosseguirá por Uganda e República Centro-Africana.


Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 Os 100 anos da Relatividade Geral
A Teoria da Relatividade Geral, de Albert Einstein, completa 100 anos nesta semana. Impossível exagerar o significado dela para a humanidade, para a nossa compreensão do universo em que vivemos e para a transformação de um simpático gordinho meio avoado em um dos maiores ídolos pop da espécie humana. A relatividade também é uma prova da distância que separou o homem comum do conhecimento ao longo dos séculos XIX e XX e da dificuldade de conciliar nossas intuições com a verdade.

Historiadores da ciência consideram o dia 25 de novembro de 1915 o marco inicial da Relatividade Geral de Einstein. Foi nesse dia que ele apresentou, numa conferência em Berlim, os cálculos que explicavam um enigma que intrigava os físicos, um avanço de 43 segundos de arco a cada século na órbita do planeta Mercúrio em torno do Sol. Para isso, criou um conjunto de equações que simplesmente viravam do avesso a forma como os físicos tratavam do movimento, do espaço e do tempo desde os tempos de Isaac Newton. Quatro pequenos artigos, publicados em sequência na revista da Academia Prussiana de Ciência, apresentaram sua teoria ao mundo.

A criação da relatividade não foi resultado do estalo de inspiração de um gênio solitário. Foi, na verdade, consequência de um trabalho de anos, em que Einstein teve de acomodar suas intuições certeiras à matemática mais avançada de sua época, contando para isso com a colaboração de vários amigos, entre eles Marcel Grossman e Michele Besso, com quem ele estudara na Escola Politécnica Federal de Zurique.

Einstein lutava com a questão pelo menos desde 1905, o ano miraculoso em que publicara três de seus artigos seminais, o mais célebre deles estabelecendo a Teoria da Relatividade Restrita. Pela Relatividade Restrita, a luz sempre se move a uma velocidade constante, que nenhum corpo pode ultrapassar – e à medida que chega perto dela, coisas estranhas acontecem, como a dilatação do tempo ou a contração do espaço percorrido. Como seu próprio nome diz, a Relatividade Restrita aplicava-se a um caso especial, em que corpos se movem a velocidades constantes. Einstein queria entender também como eles aceleram, em especial o mecanismo que rege a força da gravitação postulada por Newton para explicar a atração exercida por qualquer matéria no espaço.

Sua intuição lhe dizia que qualquer corpo, em queda livre, era incapaz de sentir o próprio peso. Era uma situação análoga à vivida por um pedaço de matéria solta no espaço. A aceleração, portanto, não poderia ser “causada” por uma força chamada “gravidade”. Ele intuiu que, na verdade, a aceleração dos corpos “era”, ela própria, a gravidade – uma propriedade provocada no espaço pela presença de matéria. O movimento que Newton explicara como “atração” era, de acordo com a intuição de Einstein, o percurso que um pedaço de matéria tem de seguir para manter seu caminho natural, uma espécie de “linha reta”, quando o próprio espaço é retorcido pela presença de outro pedaço de matéria.

Toda a sua dificuldade estava em formalizar essa intuição matematicamente. Suas anotações num caderno de Zurique mostram que ele já havia chegado às equações corretas para a Relatividade Geral em 1912. Ele descobrira a teoria três anos antes, mas as rejeitara, tamanhos eram os paradoxos que derivariam dessa formulação. Ele lutou com a matemática durante os três anos seguintes, até entender que as formulas estavam certas lá no início. O Universo era paradoxal. “Levou muito tempo para que seus conceitos se adaptassem a suas fórmulas”, me contou mais de 20 anos atrás o alemão Jürgen Renn, um dos líderes das pesquisas com os manuscritos de Einstein no Instituto Max Planck, em Berlim.

Num artigo comemorativo publicado neste mês na revista britânica “Nature”, Renn e Michael Ransenn narram a emocionante história dessa luta de Einstein consigo mesmo. Em 1913, ele e o amigo Grossmann, um matemático mais equipado que Einstein, propuseram um rascunho da Relatividade Geral. Mas as equações ainda eram insuficientes para explicar o desvio na órbita de mercúrio. O matemático David Hilbert passou a dedicar-se ao problema e publicou um artigo apontando novas ideias para resolvê-lo. Einstein percebeu que deveria correr, ou sua teoria seria formalizada por outro.

A verdade é que suas equações estavam erradas. Einstein já postulara seu elegante conceito de espaço-tempo, o tecido em quatro dimensões no qual os corpos movem – três das dimensões correspondem ao espaço que conseguimos ver; a quarta é o tempo. Mas ainda se recusava a aceitar a natureza paradoxal de sua criação. Só fez isso ao entender que a matéria era, na verdade, uma propriedade geométrica do espaço-tempo, não algo independente, separado, a mover-se nele. A melhor explicação desse salto teórico foi dada pelo próprio Einstein, em 1930: “A estranha conclusão a que chegamos é a seguinte: agora parece que o espaço terá de ser encarado como uma coisa primária, e a matéria é derivada dele, um resultado secundário. Sempre encaramos a matéria como algo primário, e o espaço como resultado secundário. O espaço agora está tendo sua vingança e, por assim dizer, engolindo a matéria”.

As consequências disso para a física e para a nossa compreensão do Universo foram gigantescas. “Com a Relatividade Geral, o próprio palco entra em ação”, escreve Dennis Overbye no New York Times. “O espaço-tempo poderia curvar-se, dobrar-se, enroscar-se em torno de uma estrela morta ou desaparecer num buraco negro. Poderia ondular como a barriga do Papai Noel, ou girar como a massa na batedeira. Poderia até romper-se ou rasgar, esticar e crescer. Ou poderia entrar em colapso num ponto de densidade infinita no início ou no fim dos tempos.”

Não se tratava, apenas, de uma questão teórica. Em 1919, o astrônomo inglês Arthur Eddington comprovou, ao observar um eclipse solar, a curvatura na luz das estrelas prevista teoricamente pelas equações de Einstein. Cientistas observaram ainda este ano o mesmo fenômeno, chamado “lente gravitacional”, ao verificar a luz da explosão de uma estrela supernova desviada pela gravidade de galáxias distantes e distribuída em quatro pontos distintos, numa figura conhecida como “cruz de Einstein”.

Embora tenha servido para explicar quase à perfeição as observações de estrelas, galáxias, quasares e buracos negros, a teoria de Einstein entrava em contradição com a segunda maior inovação da física do século passado – a mecânica quântica. Os postulados quânticos eram ainda mais contra-intuitivos que a relatividade e se chocavam com algumas convicções profundas de Einstein. Ele jamais aceitou a natureza probabilística do movimento das partículas ou do universo, embora ela tivesse sido provada repetidas vezes. Passou o resto de sua vida em busca de uma teoria de natureza mais determinística, que fosse capaz de unificar as forças atômicas, eletromagnéticas e gravitacionais. Em vão. A maior candidata a fazer isso hoje, a Teoria das Supercordas, deve mais à quântica que ao pensamento relativístico de Einstein.

Mas nada foi ainda capaz de derrubar sua Teoria da Relatividade Geral, aquele conjunto de dez equações apresentadas ao mundo em 1915. Sua comprovação experimental transformou Einstein em ídolo pop. A opinião dele passou a ter peso político.  Einstein havia sido um pacifista na Primeira Guerra – e pagou um preço por isso em sua carreira acadêmica. Não apenas se negou a assinar um manifesto isentando o governo alemão pela responsabilidade de crimes de guerra na Bélgica, como promoveu um contra-manifesto.

Com a ascensão do nazismo, Einstein, judeu e simpatizante do sionismo, teve de fugir da Alemanha para os Estados Unidos. Nunca mais pôs os pés em sua terra natal e, em plena Segunda Guerra, escreveu uma carta ao presidente Franklin Roosevelt pedindo que os americanos desenvolvessem a bomba atômitca antes que os alemães o fizessem. Sua carta foi essencial para o início do Projeto Manhattan.

Onde ia, Einstein passou a ser ouvido sobre tudo. Quando visitou o Brasil, em 1925, o jornalista George Santos conseguiu entrevistá-lo no Hotel Glória, onde estava hospedado, e publicou artigos em “O Imparcial” e na “Ilustração Brasileira”. Questionou-o sobre literatura, música, cinema, futebol e, naturalmente, política. Ao final da entrevista, o repórter pediu um autógrafo. Em alemão, Einstein escreveu: “É interessante para um europeu visitar um país novo, que começa por si mesmo a fazer-se e a mostrar suas formas”.


Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 O sal e o açúcar são mesmo vilões para a saúde?
Usados para realçar o sabor dos alimentos, o sal e o açúcar também são considerados grandes vilões da alimentação saudável. São eles os responsáveis, principalmente, pelos problemas de hipertensão e obesidade. No entanto, o título pode soar injusto se levarmos em conta a importância dos dois para o funcionamento do organismo. Como qualquer ingrediente, basta consumir com moderação para evitar alterações de saúde.

Composto de cloreto de sódio, o sal tem a função de regular e conter o volume de água que passa pela membrana celular. Se há excesso de água, a célula incha e pode "morrer". Agora, se há falta de líquido, ocorre a desidratação. O sódio também ajuda a controlar a pressão sanguínea e é responsável pela transmissão de impulsos nervosos.

Já o açúcar é uma das principais fontes de energia para o nosso corpo. Ao ser ingerido, o pâncreas libera insulina para que a glicose seja quebrada e enviada às células. Além disso, também ajuda no funcionamento do cérebro, da retina e dos rins.

O que transforma esses "bons moços" em vilões é o consumo excessivo. No caso do sal, o sódio acaba sobrecarregado as células, provocando a retenção de líquidos e, consequentemente, uma série de doenças. "Ele se associa com hipertensão arterial, acidente vascular cerebral, hipertrofia do músculo do coração, osteoporose, câncer de estômago e até catarata", explica o médico Celso Amodeo, diretor da Sociedade Brasileira de Cardiologia. O açúcar, por sua vez, quando consumido além da conta, causa diabetes, obesidade, depressão, baixa a imunidade, entre outras doenças.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que a ingestão de açúcar não passe de 5% do total energético diário, o que equivale a seis colheres de chá de açúcar em uma dieta de duas mil calorias, por exemplo. No Brasil, a média de consumo é três vezes maior do que a recomendada, segundo dados da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). Cada brasileiro consome entre 51 e 55 quilos de açúcar por ano, enquanto a média mundial por habitante corresponde a 21 quilos por ano.

Quanto ao sal, a recomendação da OMS é que se consuma menos de 5 gramas por dia. Por aqui, a média chega a ser mais que o dobro do recomendado, 12 gramas. "Não é incomum encontrarmos pessoas que chegam a consumir 15g de sal de adição por dia", diz a nutricionista funcional Thaianna Velasco. 

Devo tirar da alimentação?
A resposta é não. Mesmo se quiséssemos excluir todo o açúcar e sal de nossa alimentação seria algo difícil. Eles estão presentes em vários alimentos de forma oculta, principalmente nos industrializados.
"Cortar o sal da dieta pode acarretar na má absorção de nutrientes, pressão baixa, tonturas, entre outros", diz Thaianna. "É preciso tomar cuidado, sem suspender o consumo. O sódio é muito importante para equilibrar o funcionamento do organismo. Para se ter uma ideia, pense em alguém desidratado. Em muitas situações, a pessoa precisa tomar um composto que tem sódio para se reidratar", explica Abrão Cury, cardiologista e clínico geral do HCor (Hospital do Coração), em São Paulo.

O açúcar pode ser excluído da dieta, já que o ingrediente também é encontrado naturalmente nas frutas, conhecido como frutose. "O grande vilão é o açúcar refinado, que não tem vitaminas, nem minerais, e, possui grande quantidade de calorias", diz a nutróloga Liliane Oppermann.

Alternativas
De acordo com os especialistas, além da moderação, a sugestão é buscar tipos de sal e açúcar menos refinados e com mais nutrientes. Mas vale lembrar que, no caso do açúcar, a quantidade de calorias não reduz, necessariamente. "Os açúcares indicados são os mais naturais possíveis". Para facilitar, tenha em mente que, quanto mais escuro for, mais rico em nutrientes ele é", conta a nutricionista Thaís Vilaça.
Seguindo a recomendação, o mascavo aparece no topo da lista como o menos processado, pois apenas a água é tirada. Dessa maneira, ele conserva vitaminas e minerais, como o cálcio, ferro, fósforo e potássio.

Em seguida, temos o açúcar demerara, que passa por um processamento leve, mas não recebe nenhum tipo de aditivo químico. Seus grãos são mais claros que os do açúcar mascavo, mas com uma quantidade de nutrientes bem parecida.

Além das opções derivadas da cana-de-açúcar, o açúcar de coco tem como vantagem ser menos calórico e de baixo índice glicêmico. Ou seja, não causa um pico de liberação de insulina, é nutritivo e fonte de vitaminas e minerais, como zinco, potássio, ferro e magnésio.

Sal amigo
A recomendação é a mesma do açúcar: substituir o sal de cozinha refinado por outros menos processados. Para os especialistas consultados, o sal rosa do himalaia é o mais indicado. "Ele não sofre nenhum tipo de processamento, sua coloração rosa é justificada por isso. Ali se concentram mais de 80 minerais diferentes, como cálcio, magnésio, potássio, cobre e ferro. É livre de toxinas e age como antioxidante no nosso organismo", explica a nutricionista Thais Villaça.
Outra dica é evitar temperos industrializados, como molhos, caldos em cubinhos, ketchup e shoyu na hora de preparar as refeições. Assim, é possível eliminar uma boa quantidade de sal oculto nestes ingredientes.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/

 
 
 Ministério da Saúde envia equipe para investigar microcefalia no RN
Epidemiologistas se reuniram com a Sesap nesta quinta-feira (26).
Número de casos notificados no estado subiu para 60.

Uma equipe de epidemiologistas foi enviada pelo Ministério da Saúde para acompanhar os casos de microcefalia no Rio Grande do Norte. De acordo com a Secretaria do Estado de Saúde Pública (Sesap), os profissionais já se reuniram com a Coordenação de Promoção à Saúde (CPS) nesta quinta-feira (26). A Sesap divulgou nesta quarta-feira (25) que o número de casos subiu para 60 no estado.

Os epidemiologistas fazem parte da equipe de Vigilância em Saúde, que desenvolve o Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicado Aos Serviços do SUS (Episus), onde se capacitam na área de epidemiologia de campo para potencializar a capacidade de resposta às emergências em saúde pública.

A secretaria também anunciou que técnicos dos programas de Saúde da Família e da Atenção Básica estão elaborando o roteiro das visitas que serão realizadas casa a casa, checando dados das mães, para que as investigações sejam iniciadas. O Ministério da Saúde coloca a relação com o zika vírus como principal hipótese para os casos de microcefalia.

“Fizemos a solicitação e o ministério nos atendeu. Teremos todos os casos de microcefalia e malformação investigados por esses profissionais da saúde, que vieram nos dar total apoio”, afirmou Cláudia Frederico, coordenadora de Promoção à Saúde da Sesap.

De acordo com a Sesap, dos 60 casos registrados no estado até está quarta, 22 foram apenas em Natal. Depois da capital, os municípios que mais tiveram notificações foram Mossoró (5), Ceará-Mirim (4) e Parnamirim (3). Natal também lidera o número de óbitos registrados entre os casos, com três. Ceará-Mirim e Nova Cruz também registraram mortes.


Protocolo definido
A Sesap também informou que, nesta segunda-feira (22), foi definido o protocolo de 'Atenção à Saúde para atendimento às gestantes e mães com bebês diagnosticados com microcefalia'. De acordo com a secretaria, o documento define fluxo de cuidado, exames laboratoriais e de imagem.
Ainda nesta quarta, uma equipe do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicado aos Serviços do Sistema Único de Saúde (Episus) do Ministério da Saúde estará em Natal para traçar estratégias de investigação dos casos notificados.

Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Agora é possível calcular diferença entre datas no Windows 10
Você já precisou contar nos dedos para saber quanto tempo precisaria esperar para a chegada de uma data importante? Isto é muito comum principalmente com a aproximação de épocas festivas como Natal e aniversários, fazendo com que muita gente precise se desdobrar para ver a diferença de dias e/ou semanas até que a tão esperada ocasião chegue. Caso você possua um dispositivo com Windows 10 isto não será mais necessário, pois uma atualização liberada pela Microsoft inseriu a interessante função de "Cálculo de data" na calculadora nativa do sistema.
Como o nome já diz, para utilizar a nova funcionalidade basta escolher duas datas e permitir que a calculadora verifique automaticamente a diferença de dias e semanas entre elas, tudo de forma bastante prática e intuitiva. Em nossos testes foi possível perceber que tudo ocorreu da forma como planejada, com exceção de uma pequena característica que pode ser encarada como um erro que pode confundir aos mais desavisador. Ao selecionar a data inicial, o lógico seria que o segundo quadro apresentasse apenas datas a partir do primeiro dia selecionado, assim como temos em sistemas de reservas de hotéis, por exemplo, evitando assim que o usuário acabe inserindo um dia anterior ao primeiro.
Considerando que esta é a primeira vez que a função chega à plataforma, entretanto, é possível dar uma "colher de chá" para a Microsoft, já que o problema pode ser resolvido com uma simples atualização que bloqueia o período imediatamente anterior à primeira data escolhida. Outro ponto interessante é que esta função seria muito bem vinda no aplicativo padrão de calendário do sistema, o que seria muito mais intuitivo para o usuário que procura saber a "distância" para determinada ocasião e não quer ter que contar manualmente os dias.
Para baixar a nova versão da Calculadora do Windows, basta acessar a Windows Store com seu dispositivo e realizar o download de cerca de 3MB em smartphones e 5MB em desktops.
 
 
 Dados do governo dos EUA mostram evolução do Windows 10 e declínio do Windows 7
Em março, os dados do programa Digital Analytics Program (DAP, uma versão personalizada do Google Analytics, só que dirigida por agências do governo dos EUA, que coleta informações de visitantes de um total de 3800 sites) apontava que 71,1% dos usuários Windows utilizavam a versão 7 do sistema operacional, de acordo com o zdnet.
Agora que o Windows 10 já está público por quase 4 meses, os números mais recentes do DAP podem ser úteis para acompanhar a evolução da adoção da plataforma. A fatia de 90 dias de dados brutos representa mais de 1,5 bilhão de visitas de empresas e consumidores em todo o mundo, usando uma variedade de hardware: PCs, Macs e dispositivos móveis.
Cerca de dois terços dos visitantes usam PCs e Macs, sendo que o terço restante chega através de dispositivos móveis ou tablets. Esses números não mudaram significativamente durante o intervalo de tempo.
Aproximadamente 85% dos visitantes de desktops e laptops estão usando o Windows, mas as versões que estão usando hoje são um tanto diferentes da mescla que vimos no início 2015.
Curiosamente, o sistema que mais sofreu queda de usuários para a atualização para o Windows 10 foi o Windows 7, que teve redução de uso em 7%. O Windows 8 foi o que menos teve redução, sendo de 0,6%. O uso do Windows 10 aumentou gradualmente, de zero no início do ano para 12,4% hoje. Isso significa que 1 em cada 8 PCs desktop que visita a ampla gama de websites do governo dos EUA estão usando o Windows 10.
Ainda assim o Windows 7 continua sendo o mais utilizado, e nesse sentido o declínio do Windows XP e Windows Vista são ainda mais acentuados. Coletivamente, esses dois sistemas operacionais antigos representaram cerca de 10% de todo o tráfego no primeiro trimestre de 2015. Nos últimos 90 dias, o número soma o total de 6%.
A julgar pelos dados, o Windows 7 está em seu caminho para ser aos poucos substituído pelos sistemas operacionais mais modernos entre os consumidores, representando menos de 50% do tráfego de fim de semana nos PCs.
Claro que esses dados não apresentam a realidade do uso de computadores no mundo inteiro, uma vez que o DAP monitora apenas as visitas - em uma grande quantidade - de sites do governo norte-americano. Mas ainda assim serve muito bem como um reflexo que mostra um pouco da evolução da plataforma.
Este conjunto de dados fornecidos pelo DAP é, em geral, um exemplo surpreendentemente amplo e diversificado de conteúdo que atravessa amplamente categorias, incluindo os cidadãos comuns, bem como aqueles que fazem negócios com o governo. Os dados são liberados para o domínio público no site analytics.usa.gov, que é alimentado por um software de código aberto.
A Microsoft tem um objetivo estipulado para o Windows 10 que é alcançar 1 bilhão de instalações dentro de três anos. Para isso, sua política de atualização do sistema demonstrou facilitar o acesso para usuários de versões piratas, mas também foram utilizadas estratégias menos agradáveis como a atualização forçada em máquinas com Windows 7 e 8/8.1.
 
 
 Windows 10, Dez dicas para usar o app de e-mail do sistema
O Windows 10 tem um novo aplicativo de e-mail gratuito e cheio de recursos para quem deseja organizar suas mensagens. Com o programa, que já vem instalado no sistema, é possível juntar diferentes contas em um só lugar, receber notificações na área de trabalho e até configurar respostas automáticas de férias.
Confira dez dicas sobre o aplicativo renovado do novo sistema operacional da Microsoft e veja tudo o que a ferramenta pode fazer para te ajudar no dia a dia.
1) Reúna todas as suas contas em um só lugar
Uma das grandes vantagens do cliente de e-mail do Windows 10 é que o usuário não vai precisar mais acessar separadamente suas contas de e-mail no navegador. Para adicionar um novo endereço, basta acessar o menu Configurações > Contas > Adicionar conta. O app da Microsoft possui suporte ao Outlook.com, Gmail, Yahoo Mail, iCloud (Apple), Exchange e outros serviços via POP ou IMAP.
2) Deixe o aplicativo do seu jeito
A Microsoft investiu bastante na aparência do aplicativo de e-mail e dá ao usuário diversas opções de personalização. Em Configurações > Personalização, é possível alterar o esquema de cores, definir tema claro e escuro e escolher um papel de parede padrão ou nas fotos do PC. Fora isso, a aba lateral esquerda também pode ser minimizada para economizar espaço na tela.
3) Adicione uma assinatura ao seu e-mail
Se você usa um e-mail para trabalho ou estudos, uma assinatura pode dar um tom mais profissional às suas mensagens e facilitar o contato do destinatário. Para adicionar, basta ir até Configurações > Opções e selecionar a conta que você deseja adicionar a assinatura. Ao criar um novo e-mail, o conteúdo será adicionado automaticamente na mensagem.
4) Veja apenas mensagens não lidas ou importantes
Está com a caixa de entrada cheia de e-mails? O aplicativo do Windows 10 permite que o usuário filtre a exibição. Para isso, toque sobre o menu “Tudo”  indicado e selecione se quer ver apenas as mensagens não lidas ou aquelas sinalizadas com bandeiras. Os e-mails que não se encaixam nos critérios serão ocultados.
5) Configure o texto do e-mail antes de enviá-lo
Assim como na versão web dos serviços de e-mail, o aplicativo do Windows 10 também traz um editor para as mensagens. É possível definir o texto como negrito, itálico e sublinhado, fazer listas com marcadores e numeração, mudar cor, fonte, recuo de parágrafo, usar modelos pré-definidos, entre outros.
6) Personalize ações rápidas para economizar tempo na caixa de entrada
No aplicativo da Microsoft, é possível adicionar dois botões na caixa de entrada para tomar decisões sem precisar abrir a mensagem. Em Configurações > Opções, é possível optar por marcar e-mail como lido, sinalizar, arquivar, excluir e mover mensagem. Se o usuário tiver um tablet ou PC com toque, é possível usar gestos para fazer as ações escolhidas.
7) Vai sair de férias? Crie respostas automáticas
Se não puder acessar sua caixa de entrada por algum motivo, é possível adicionar uma resposta automática no aplicativo de e-mail. Com essa função, você pode informar automaticamente sobre a sua ausência ou sugerir que o remetente procure um colega, por exemplo. Para isso, acesse Configurações > Opções > Respostas Automáticas.
8) Decida quando receber ou não uma notificação
O aplicativo de e-mail é integrado com a Central de Notificações do Windows 10, o que pode virar um incômodo. No entanto, é possível decidir em “Configurações > Opções” quais contas podem exibir notificações e também emitir sons e alertas visuais para novas mensagens. Assim, o usuário pode ser alertado apenas com e-mails do trabalho e deixar contas com e-mails de redes sociais e propagandas de fora.
9) Fixe atalhos no Menu Iniciar
Outra boa integração para o Windows 10 é a possibilidade de fixar atalhos no Menu Iniciar no sistema. Se quiser, o usuário pode colocar um bloco para a caixa de entrada ou qualquer pasta de uma conta para pular diretamente para os rascunhos ou itens enviados, por exemplo. Assim, é possível poupar tempo para visualizar conteúdo específico.
10) Compromisso novo? Pule direto para o aplicativo de calendário
O Windows 10 também lançou um atalho direto para a o calendário do sistema. Para acessá-lo, basta tocar no botão indicado para abrir a agenda e, então, adicionar um novo compromisso. Assim, é possível ser alertado quando o evento estiver próximo.
 
 
 Windows 10, Afinal quem anda a consumir os seus dados
A facilidade com que actualmente nos ligamos à Internet traz para os PCs os mesmos problemas que temos com os smartphones, no que toca a consumos de dados.
Se nos nossos telefones temos facilidade de saber quais as aplicações que mais dados estão a consumir, é agora a hora de ter a mesma funcionalidade no Windows 10.
Vamos descobrir quais os grandes culpados por termos a nossa ligação 3 ou 4G consumida em tão pouco tempo.
Com esta informação, que está acessível de forma rápida e directa, qualquer utilizador pode ter acesso à lista das aplicações que mais dados consomem no seu Windows, conseguindo assim descobrir quais as que devem ser controladas e/ou removidas do sistema.
Esta funcionalidades está associada às ligações que o Windows tem configuradas e, infelizmente, não permite que os consumos de dados sejam separados por interface.
Ainda assim é uma informação extremamente útil e que nos devemos habituar a consultar para detectar situações anormais e que requerem uma atenção especial dos utilizadores.

Verificar consumos de dados no Windows 10
Estando esta informação na zona de configuração das interfaces de rede, é por isso necessário chegar aí. Para isso comecem por abrir o Menu Iniciar e escolham a opção Definições.
Na zona de definições do Windows 10 devem escolher a opção de acesso às interfaces de rede. Escolham por isso a opção Rede e internet.
Nessa nova janela devem procurar um separador onde vão poder ver a informação de forma agregada. Este é o separador Utilização de dados.
Comecem por aí e vejam, de forma agregada e num gráfico a utilização de dados que tiveram nos últimos 30 dias, por tipo de interface (wifi, 3G, etc).
Para acederem à informação com maior detalhe devem carregar na opção Detalhes de utilização, que fica abaixo do gráfico.
É aqui que vão ver toda a informação com maior detalhe, sendo agrupada por aplicação e por volume de consumo de dados.
A ordenação da lista é precisamente por este último campo, podendo o utilizador ver por ordem quais os principais culpados dos consumos anormais de dados.
Como referimos antes não existe qualquer detalhe adicional sobre os dados consumidos, sendo apenas apresentada informação por aplicação, de forma agregada.
No nosso caso temos de ter mais cuidado com o Netflix. No entanto, no caso de estarmos ligados via wifi não existe grande problema, uma vez que não existem propriamente “limites”. Mas ainda assim, e neste caso particular, podem sempre usar as dicas que apresentámos para melhorar a utilização do Netflix.
Habituem-se a verificar esta informação de forma periódica e a tentar descobrir aplicações que consumem dados de forma anormal. Os passos seguintes são conhecidos e passam apenas pela sua remoção e monitorização constante!
 
 
 Como usar um vídeo como fundo na tela inicial do Windows 10
O Windows 10 permite adicionar a foto do usuário na tela de entrada durante a digitação da senha. No entanto, é possível substituir a imagem por um vídeo gravado com a câmera do notebook ou PC. O melhor é que isso tudo pode ser feito em poucos passos.
Além de ser divertido, o recurso pouco conhecido é uma alternativa interessante para personalizar o sistema. Para aprender a usar um vídeo como fundo na tela inicial do Windows mais recente, confira o tutorial a seguir.
Passo 1. Para começar, abra as configurações do sistema;
Passo 2. Em seguida, toque sobre a opção “Contas”;
Passo 3. Na guia “Seu email e contas” - a primeira -, role a página até que a opção “Criar sua imagem” apareça;
Passo 4. Depois disso, toque sobre a opção “Câmera”;
Passo 5. O aplicativo de câmera do Windows abrirá. Toque no botão indicado para iniciar a gravação do vídeo;
Passo 6. Faça um vídeo de, no máximo, oito segundos, já que o Windows não exibe mais do que quatro segundos. Quando terminar, toque no botão de vídeo novamente;
Passo 7. O Windows exibirá uma prévia do vídeo. Se estiver bom, toque em “OK”. Se não, escolha o botão “Repetir”;
Passo 8. O Windows 10 exibirá uma prévia do seu vídeo. Se quiser conferir o resultado, aperte a tecla “Windows+L” para bloquear o PC.
Pronto! A partir de agora, o seu vídeo poderá ficar na tela de entrada do Windows 10.
 
 
 Black Friday da Microsoft: Windows e Office ganham desconto de R$ 100
A Microsoft está com promoções na Black Friday para quem está de olho no Windows 10, Office, Xbox e outros produtos. Até segunda-feira (30), os clientes que comprarem uma versão do novo sistema operacional da empresa ou do pacote de produtividade ganharão cupons-desconto para mais compras. A empresa também está oferecendo cartões de assinatura da Xbox Live e de crédito para a Windows Store e Groove Music.
R$ 100 de desconto
Para quem está de olho no pacote Office, a Microsoft oferece um cupom desconto de R$ 100 na compra do Windows 10 (microsoftstore.com/Windows10) ou outro software da empresa. Ou seja, comprou um, paga R$ 100 a menos na compra de um segundo programa/sistema.
Microsoft Office
Os preços foram mantidos, o Office 365 anual sai a R$ 209 no pacote Personal (1 PC ou 1 Mac OS) e R$ 259 nos pacotes Home (5 PCs ou 5 Macs) e University (4 anos de assinatura) para universitários. Já o Office 2016 “Home & Student” é vendido a R$ 347 e o “Home & Business” sai a R$ 837.
Windows 10
Quem não está elegível para atualização gratuita do Windows 10 e quer comprar uma licença do sistema terá R$ 100 de desconto para Office (microsoftstore.com/Office) e outros programas. 
A versão Home do sistema sai a R$ 469,99 e a edição Pro a R$ 809,99. Para estudantes, os preços são R$ R$ 422,99 e R$ 728,99, respectivamente.
Há cartões de desconto de R$ 100 sendo distribuídos também nos softwares profissionais da empresa (microsoftstore.com/Pequenas-Empresas) como o Office 2016 Professional, Visio, Project e Visual Studio Professional. 
Segundo a Microsoft, os descontos desta Black Friday valem apenas na compra adicional de um software no valor superior a R$ 200.
Xbox Live Gold
A loja oficial também está vendendo assinatura para a Xbox Live Gold a R$ 119 no plano anual (microsoftstore.com/XboxLiveGold) e R$ 49 no plano trimestral (microsoftstore.com/3-meses). 
Há também cartões-presentes para a Xbox, aplicativos, músicas e jogos na Windows Store nos valores de R$ 100, R$ 50 e R$ 30. No entanto, nenhum deles tem oferta de preço baixo específica até o momento.
 
 
 Atualização do Windows 10 causa erro na criptografia BitLocker
A atualização de novembro do Windows 10, como sempre, trouxe novas funções, mas também não veio sem sua boa cota de problemas. E em meio a melhorias de performance e a chegada de extensões para o navegador Edge, usuários do sistema de criptografia BitLocker, da própria Microsoft, se viram impossibilitado de ativar a proteção após a instalação do update. O problema parece estar relacionado a novas implementações do sistema de segurança, que utiliza criptografia para proteger partições do HD contra acessos não-autorizados. Seja em instalações limpas do sistema operacional ou na primeira ativação para quem ainda não usava a proteção, o que se observa são mensagens de erro relacionadas a parâmetros incorretos do sistema. De acordo com os relatos de usuários, aqueles que já possuem o sistema de proteção habilitado não encontram problemas em acessar os arquivos protegidos e a segurança continua habilitada normalmente. Caso ela seja desativada, não é mais possível restabelecer o sistema, por isso, a indicação para quem utiliza o BitLocker é que não mexa em nada até que a Microsoft apresente uma solução. Outros usuários apontam que as falhas estariam relacionadas a hardwares específicos e, sendo assim, podem acontecer com uma parte dos utilizadores do Windows 10, enquanto outros podem simplesmente não serem afetados. Essa ideia, inclusive, torna a correção da falha ainda mais complexa. Uma atualização que resolva o problema não tem previsão de ser lançada. A empresa ainda não se pronunciou sobre o assunto, mas a expectativa é que novas atualizações para corrigir especificamente essa falha sejam liberadas nos próximos dias. Até lá, os usuários ficam sem poder contar com um dos sistemas de segurança mais usados do Windows.
 
 
 Página da Microsoft para apps Android no Windows 10 é retirada | Atualizada
A Microsoft chamou muita atenção durante o lançamento oficial do Windows 10 ao confirmar o desenvolvimento das ferramentas chamadas internamente de Projeto Astoria e Islandwood, sendo o primeiro voltado para o porte de aplicativos Android em apps universais do Windows 10 enquanto o segundo focaria nos desenvolvedores do iOS. Algum tempo depois, vimos a chegada de um subsistema dentro do próprio Windows 10 Mobile que permitia a instalação de aplicativos Android sem qualquer tipo de conversão, demonstrando assim que os responsáveis por eles não teriam praticamente nenhum trabalho para levá-los à Windows Store caso desejado. Com isso, entretanto, começaram a surgir problemas de desempenho graves na plataforma, indicando que o robozinho verde estava puxando todos os recursos disponíveis, fazendo com que o sistema operacional em si ficasse "pesado" demais mesmo em smartphones mais parrudos.
Devido aos inúmeros problemas, desde a build 10549 do Windows 10 Mobile que não temos mais um subsistema Android inserido na plataforma, algo que começou a fomentar diversos rumores sobre o encerramento do projeto para um maior foco na migração de apps do iOS (Islandwood), Web (Westminster) e Win32 (Centennial). Como nada foi comentado sobre o assunto por parte da própria Microsoft, não há como sabermos os planos da empresa para o futuro, porém uma nova "pista" dada pela empresa pode marcar o fim do tão comentado Projeto Astoria.
Como pode ser visto ao acessarmos o site criado pela Microsoft para desenvolvedores do Windows Bridge for Android, o endereço aparentemente foi descontinuado pela empresa, sendo exibido o conhecido "error 404" de página não encontrada. Isto indica que a companhia realmente desistiu do projeto ao menos por enquanto, não havendo qualquer motivo para que a página continue sendo acessada se a ferramenta em si não será utilizada. Infelizmente, contudo, não foi revelada a razão pela qual o endereço está fora do ar, sendo necessário aguardarmos que a companhia libere um comunicado oficial sobre o assunto para sabermos o que realmente aconteceu.
Com a chegada cada vez mais frequente de aplicativos universais na Windows Store, vemos que a política de unificação em que a Microsoft apostou realmente tem dado resultado, fazendo com que pouco a pouco o "abismo" visto entre a loja e o que temos em plataformas rivais seja extinto. Considerando que ainda estão ausentes clientes famosos como o polêmico Snapchat e tantos outros continuam "abandonados", resta aguardarmos pelos próximos meses para vermos se este panorama irá realmente mudar ou não.
E você, concorda que a Microsoft precisa focar nos aplicativos do iOS e deixar de lado ao menos por enquanto os desenvolvedores do Android? Acha que o sistema da Apple possui uma política semelhante ao que temos no Windows 10 e por isso a adoção das empresas criadoras de conteúdo pode ser maior do que teríamos com o projeto Astoria? Deixe-nos seu comentário abaixo!
Atualização: após algumas horas a página voltou a funcionar normalmente, o que significa que não foi dessa vez que o projeto Astoria viu seu fim. Segundo informações extraoficiais, a instabilidade foi causada apenas por problemas no servidor.
 
 
 Windows Store agora oferece links para a Microsoft Store
O Windows 10 Mobile ainda não foi lançado para os consumidores ao redor do mundo, mas há pouco foi revelado que ele já está disponível em 7% dos smartphones com o sistema da Microsoft, consumidores que estão testando a novidade. Porém, em breve a companhia de Bill Gates deve disponibilizar a novidade para os milhares de usuários ao redor do mundo, e por isso está aprimorando a capacidade dos seus serviços.
Agora foi lançada uma atualização na Windows Store, e os consumidores da marca podem pesquisar outros produtos da Microsoft diretamente na loja. Por exemplo, em vez de pesquisar por um aplicativo, é possível buscar por “Xbox One” e ser redirecionado para um link da Microsoft Store.
Aqui no Brasil a Microsoft Store está disponível normalmente, então as buscas na Windows Store deverão funcionar tranquilamente. Quando você estiver na Windows Store e quiser buscar, por exemplo, pelo Lumia 640 XL, um link te redirecionará para fazer a compra do produto.
Já que a Microsoft ainda precisa caminhar muito para entrar no lugar de gigantes como a Samsung e Apple, ela está criando novas estratégias para fazer seus consumidores comprarem mais produtos das suas marcas.
Por enquanto a novidade só funcionará com produtos que realmente são da Microsoft, aqueles que estão disponíveis na loja e são de outras fabricantes não possuirão links na Windows Store. Agora vamos aguardar por mais novidades da companhia, e não deve demorar muito já que daqui a poucas semanas ocorrerá a CES 2016.
 
 
 Como mudar a partição em que os apps são instalados no Windows 10
O Windows 10 foi atualizado recentemente e ganhou algumas novidades. Entre as melhorias está a possibilidade de baixar e instalar aplicativos da loja em outra partição do computador ou no cartão de memória, caso você tenha um tablet.
O recurso é útil para quem não conta com mais espaço disponível na partição em que o sistema está instalado. Se você já atualizou para a nova versão do sistema da Microsoft, confira a dica e aprenda a mudar o local de instalação de novos aplicativos no PC ou tablet.
Passo 1. Abra o novo painel de controle do Windows 10. Para isso, acesse o Menu Iniciar e clique em “Configurações”, na coluna à esquerda;
Passo 2. Nas configurações, clique em “Sistema”;
Passo 3. Na lateral esquerda da janela, clique em “Armazenamento” e, à direita, selecione a partição desejada em “Novos aplicativos serão salvos em” e clique em “Aplicar”.
Pronto. Dessa forma, você poderá instalar novos aplicativos em outros lugares ou cartão de memória se a partição do Windows 10 estiver lotada.
 
 
 Nove dos 13 senadores que votaram por liberar Delcídio são do PT
Outros 4 que defenderam fim da prisão são do PSB, PDT, PMDB e PTB.
Apenas dois petistas votaram por manter a prisão do líder do governo.

Dos 13 senadores que registraram nesta quarta-feira (25) voto pela derrubada da prisão do senador Delcídio Amaral (PT-MS), líder do governo, 9 são do PT. Os outro quatro são do PSB, PDT, PMDB e PTB. Apenas o PT orientou a bancada a derrubar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), mas dois senadores petistas votaram por manter a posição do Corte – Walter Pinheiro (PT-BA) e Paulo Paim (PT-RS). Ao todo, 59 votos foram favoráveis a manter a prisão e houve uma abstenção.
Dos 12 senadores que são alvos de inquérito no Supremo (sem contar com Delcídio Amaral) por suspeita de envolvimento nos crimes investigados pela Operação Lava Jato, quatro votaram pela continuidade da prisão: Benedito de Lira (PP-AL), Fernando Bezerra (PSB-PE), Valdir Raupp (PMDB-RR) e Romero Jucá (PMDB-RR).

Outros quatro defenderam a revogação: Fernando Collor (PTB-AL), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Humberto Costa (PT-PE) e Lindberg Farias (PT-RJ). Três não participaram da votação: Gladson de Lima Cameli (PP-AC), Ciro Nogueira (PP-PI) e Renan Calheiros (PMDB-AL), que não votou por estar presidindo a sessão. Um dos investigados registrou abstenção – Edison Lobão (PMDB-MA).

Veja a lista:

Votaram por revogar a prisão:
Ângela Portela (PT-RR)
Donizete Nogueira (PT-TO)
Fernando Collor (PTB-AL)
Gleisi Hoffmann (PT-PR)
Humberto Costa (PT-PE)
João Alberto Souza (PMDB-MA)
Jorge Viana (PT-AC)
José Pimentel (PT-CE)
Lindberg Farias (PT-RJ)
Paulo Rocha (PT-PA)
Regina Sousa (PT-PI)
Roberto Rocha (PSB-MA)
Telmário Mota (PDT-RR)

Abstenção
Edison Lobão (PMDB-MA)

Votaram por manter prisão
Acir Gurgacz (PDT-RO)
Aécio Neves (PSDB-MG)
Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP)
Ana Amélia (PP-RS)
Antônio Carlos Valadares (PSB-SE)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Benedito de Lira (PP-AL)
Blairo Maggi (PMDB-MT)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Cristovam Buarque (PDT-DF)
Dalírio Beber (PSDB-SC)
Dário Berger (PMDB-SC)
Davi Acolumbre (DEM-AP)
Douglas Cintra (PTB-PE)
Eduardo Amorim (PSC-SE)
Elmano Ferrer (PTB-PI)
Eunício Oliveira (PMDB-CE)
Fernando Coelho (PSB-PE)
Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN)
Hélio José (PSB-DF)
Ivo Cassol (PP-RO)
Jader Barbalho (PMDB-PA)
João Capiberibe (PSB-AP)
José Agripino (DEM-RN)
José Maranhão (PMDB-PB)
José Medeiros (PPS-MT)
José Serra (PSDB-SP)
Lasier Martins (PDT-RS)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Lúcia Vania (PSB-GO)
Magno Malta (PR-ES)
Marcelo Crivella (PRB-RJ)
Marta Suplicy (PMDB-SP)
Omar Aziz (PSD-AM)
Otto Alencar (PSD-BA)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Paulo Paim (PT-RS)
Raimundo Lira (PMDB-PB)
Randolfe Rodrigues (REDE-AP)
Reguffe (PDT-DF)
Ricardo Ferraço (PMDB-ES)
Ricardo Franco (DEM-SE)
Roberto Requião (PMDB-PR)
Romário (PSB-RJ)
Romero Jucá (PMDB-RR)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Rose de Freitas (PMDB-ES)
Sandra Braga (PMDB-AM)
Sérgio Petecão (PSD-AC)
Simone Tebet (PMDB-MS)
Tasso Jereisseti (PSDB-CE)
Valdir Raupp (PMDB-RO)
Vanessa Graziotin (PCdoB-AM)
Vicentinho Alves (PR-TO)
Waldemir Moka (PMDB-MS)
Walter Pinheiro (PT-BA)
Wilder Morais (PP-GO)
Zezé Perrella (PDT-MG)


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Forte terremoto atinge a região norte do Brasil
Tremor teve magnitude 6,7 e atingiu Tarauacá, no Acre.
Não há informações sobre danos ou vítimas.

Um intenso, mas profundo, terremoto de magnitude 6,7 sacudiu nesta quinta-feira (26) o extremo da região norte do Brasil, anunciou o Centro Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês).

O tremor foi registrado à 0H45 (local, 3h45 em Brasília), a uma profundidade de 604 km. O terremoto aconteceu 130 km ao sudoeste de Tarauacá, município do noroeste do Acre, que fica a 400 km da capital Rio Branco.
Não há informações sobre danos ou vítimas.
Na terça (24), moradores de ao menos seis cidades do Acre - Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Sena Madureira, Xapuri e Santa Rosa do Purus - sentiram um tremor de terra. O sismo também foi sentido em Rondônia e Manaus.
Segundo informou o USGS, um tremor de magnitude 7,6 aconteceu às 20h45 (hora de Brasília) na região fronteiriça entre Peru e Brasil - com epicentro no Peru. Ainda segundo o USGS, o tremor teve profundidade de 602 km.

Um vídeo feito pela estudante Thaynah Santos, de 22 anos, mostra o momento em que ela percebeu o tremor em Rio Branco. "Estava deitada no meu quarto mexendo no meu celular, senti a cama tremer e em seguida o guarda-roupas. O tremor parou e voltei a deitar, foi quando voltou. Saí correndo para rua com medo de acontecer alguma coisa e todo mundo tinha saído das suas casas. Fiquei com muito medo, me arrepiei inteira", lembra.

Acreanos relatam susto
O estudante de radiologia, Neto Bacelar, de 25 anos, conta que se assustou ao chegar à faculdade em Rio Branco e perceber o tremor. “Estava no estacionamento esperando a hora em que começaria uma prova quando percebi que o carro estava tremendo. Então vi as pessoas saírem do prédio assustadas”, conta.
Moradora de Xapuri, município a 188 km da capital Rio Branco, a estudante Kécia Melo conta que estava sozinha quando sentiu os tremores. "A antena da tv a cabo começou a balançar. Parecia que ia cair em cima da casa e eu saí correndo", conta.
A jornalista Sandra Brito, de 22 anos, que mora em Santa Rosa do Purus, disse que a última vez que sentiu a terra tremer na cidade foi em 2010. Nesta terça, ela diz que todos ficaram assustados. "Ficaram todos assustados. Foi um terror, pessoas segurando guarda roupas, televisores. Minha moto estava em frente da casa e eu vi quando ela tremeu bastante. Deu muito medo", diz.
A técnica em saúde bucal Maria José França, de 36 anos, conta que estava em casa, no município de Cruzeiro do Sul, quando percebeu que a fiação e os objetos da casa começaram a tremer.  “A casa estava balançando muito, então peguei meus filhos. Foi assustador”, lembra.
De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros do Acre, Carlos Gundim, não há registro de danos em Rio Branco. “Apenas pessoas assustadas pedindo fiscalizações em prédios”, disse.
Tremor em Manaus
O tremor também foi sentido em algumas zonas de Manaus. Uma faculdade na Zona Centro-Sul liberou alunos. Moradores de prédios na mesma zona desceram dos prédios após sentirem o abalo.
De acordo com o universitário Thiago Correa, de 29 anos, o tremor durou alguns segundos e foi sentido no prédio do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM). "Nós estávamos trabalhando normal, no computador, quando sentimos um tremor forte. Uma moça que trabalha na frente da minha sala foi nos avisar e perguntar se também estávamos sentindo. Aí a gente já foi abrindo a porta e descendo as escadas. Encontramos com outras pessoas de outros andares que também sentiram. Umas até sentiram muito forte, disseram que o monitor do computador chegou a tremer".


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Manifestantes jogam lama no Congresso e são presos por 'crime ambiental'
Polícia diz que os manifestantes foram detidos com base em artigo sobre pichação da lei de crimes ambientais; para deputado, ausência de prisões nas mineradoras 'é um paradoxo'.

Um grupo de cinco pessoas que fez uma performance com lama em corredores do Congresso, na tarde desta quarta-feira, foi preso em flagrante sob alegação de crime ambiental.

O auto de prisão feito pela Polícia Legislativa, ao qual a BBC Brasil teve acesso, diz que os manifestantes foram detidos com base na lei de crimes ambientais (9.605/98). O documento oficial cita o artigo 65 ("pichar ou por outro meio conspurcar edificação ou monumento urbano"), além dos artigos 140 (injúria) e 329 (resistência) do Código Penal.

Segundo o texto assinado por Roberto Rocha Peixoto, diretor da Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados, um dos jovens foi "flagrado pichando algumas paredes e piso da Câmara dos Deputados, sujando as pessoas que transitavam no local, bem como ter resistido à prisão".
O protesto aconteceu no anexo 2 da Câmara, próximo ao Departamento de Taquigrafia. Os manifestantes seguravam um cartazes com os dizeres "Terrorista é a Vale" e "Código de Mineração + Mariana + Morte".

O alvo era a controladora da mineradora Samarco, dona da barreira de rejeitos de mineração que estourou há 20 dias, espalhando o equivalente a 25 piscinas olímpicas de resíduos químicos em Minas Gerais e no Espírito Santo.

À reportagem, a presidência da Câmara afirmou, em nota, que "jovens que teriam entrado na Câmara como visitantes picharam o local com uma substância que se assemelha a lama".
A nota prossegue: "a palavra 'morte' foi identificada entre as pichações, o que pode significar uma referência à tragédia ambiental em Mariana (MG)".

'Paradoxo'
Logo após a prisão dos cinco manifestantes, os deputados federais Jandira Feghali (PCdoB), Chico Alencar e Ivan Valente (ambos do PSOL) pediram a liberação imediata dos detidos.

À BBC Brasil, Alencar classificou como "paradoxo" a prisão por crime ambiental de manifestantes que criticavam o derramamento de lama.

"A gente vive na Câmara dos Deputados do Brasil um tempo de inversão absoluta de valores", diz. "Que paradoxo total é esse? Quem vem se manifestar na casa do povo acaba sendo detido sob acusação de crime ambiental. Mas os responsáveis pelo mar de lama da Samarco e da Vale, que vitimou diretamente 22 pessoas, incluindo os 11 desaparecidos, e os todos os danos ao rio Doce, chegando ao oceano Atlântico, continuam soltos."

"Qual é o real crime ambiental?", questiona o deputado, afirmando que a liderança do PSOL na Câmara foi cercada pela Polícia Legislativa durante quatro horas. Parte dos manifestantes procuraram representantes do partido em busca de defesa.

Sobre as alegações de crime ambiental, a Samarco tem dito que "não há confirmação das causas e a completa extensão do ocorrido" e que "investigações e estudos apontarão as reais causas".

Outra manifestação de repúdio à mineradora, envolvendo lama, aconteceu na sede da Vale, no Rio de Janeiro, logo após o derramamento em Mariana. "Naquela ocasião ninguém foi preso", diz Alencar.
Segundo a BBC Brasil apurou, parte dos manifestantes desta tarde Brasília faz parte do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), enquanto outros participam de movimentos sociais que criticam os impactos sociais e ambientais da atividade mineradora.

Detenção
À reportagem, a Câmara dos Deputados disse que as pessoas envolvidas no protesto foram "detidas e encaminhadas ao Departamento de Polícia Legislativa, onde seguem prestando depoimento sobre o ocorrido".
O advogado Fernando Prioste, que defende os presos, disse que eles devem passar a noite detidos.
"Foram presos por fazer um protesto lícito contra as violações de direitos humanos perpetrados pela Vale", disse.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Mesmo com crise, serviço de beleza cresce até 20% no fim de ano
Mesmo com a crise econômica do país, o mercado de beleza e estética está otimista com os resultados. De acordo com a empresária Daniela Fiszpan, as vendas de apliques crescem pelo menos 20% todo fim de ano, independente da crise. A marca Fiszpan, com 80 anos, já enfrentou quase uma dezena de mudanças de moeda e algumas crises no país, e com muita segurança garante que a venda de cabelos cresce sempre no final do ano. 

“Os apliques são os mais procurados para quem busca transformações rápidas, como alongar o cabelo à La Gisele, ou produzir um penteado diferente”, conta Daniela.

Para Rudi Werner, sócio-fundador da rede de salões Werner Coiffeur, corte e coloração são serviços bastante procurados porque transformam o visual e elevam a autoestima: “Cortar as pontas ou apostar em um corte mais radical, fazer luzes ou mudar de vez a cor do cabelo, isso depende do estilo de cada mulher, mas o desejo de mudança é único e todas acabam vindo para o salão a partir de novembro”, explica.

Fonte: jb.com.br
 
 
 Quatro novos serviços de moda que vão fazer você repensar seu guarda-roupa
Impulsionado por jovens fashionistas e empreendores, novas formas de consumo começam a dar as caras em meio à crise econômica. De guarda-roupa compartilhado a aluguel de bolsas de grife, veja como aderir a essa nova onda

Novas formas de consumo de moda começam a ganhar espaço no Brasil. Projetos que estimulam troca, aluguel e compartilhamento de roupas e acessórios, assim como a compra de peças sob medida se tornaram a nova febre entre fashionistas e novos empreendedores. “O hiperconsumo está ultrapassado”, diz Giovanna Nader, do Projeto GAVETA.

De olho nisso, reunimos quatro serviços que você precisa conhecer – e explorar - diante desse novo cenário.
Projeto GAVETA
Sabe quando aquela amiga que tem o guarda-roupa dos sonhos diz não ter nada para vestir? Pois foi diante de uma cena como essa que as amigas Giovanna Nader e Raquel Vitti Lino decidiram criar o Projeto Gaveta, uma rede de troca de roupas e acessórios que acontece anualmente em São Paulo, mas tem planos de expansão.
A iniciativa foi inspirada na cultura dos brechós e das feiras de troca de Barcelona, cidade onde as duas se conheceram. “Diante da ‘reclamação’ da nossa colega, a Raquel sugeriu uma troca entre amigas e foi assim que o projeto surgiu”, conta Giovanna. “A ideia começou a crescer, assim como o número de pessoas interessadas. A primeira edição aberta rolou em 2013.” O próximo está marcado para o dia 28 de novembro, e vai acontecer no MIS (Museu da Imagem e do Som).

Há um mês, 200 pessoas se inscreveram para participar e entregaram nas mãos das idealizadoras 50 peças em perfeito estado, mas que já não usavam mais. Todos os itens foram avaliados e se transformaram em uma “moeda” interna, que será usada para as trocas. O que sobra é doado para instituições de caridade.
“A parte mais interessante do projeto é a curadoria das roupas, que precisam sempre carregar uma informação de moda”, explica. “O GAVETA virou um movimento de moda mais humana, de um estilo mais autêntico, para provar que não necessariamente as pessoas precisam seguir tendência. Estilo é uma forma de expressão.”
O sucesso das primeiras edições motivou as meninas a expandirem o projeto. Neste ano, além das trocas, ele contará com palestras sobre consumismo, barracas de brechós e marcas sustentáveis, workshop de customização, festival de fashion films e exposição de arte. “A nossa intenção é conseguir organizá-lo duas vezes ao ano e realizá-lo em mais uma capital, Belo Horizonte ou Rio de Janeiro.”
Serviço:
MIS (Museu de Imagem e do Som), em São Paulo
Sáb. (28), das 12h às 22h


House of Bubbles
Roupateca: é assim que as sócias e consultoras de estilo Daniela Ribeiro e Nathalia Roberto, ao lado do empresário Wolf Menke, definem o projeto recém-inaugurado em São Paulo. Esqueça a ideia de brechó, o espaço localizado em Pinheiros abriga um guarda-roupa compartilhado. “A gente queria algo sustentável e que não estivesse atrelado à venda de peças”, conta Daniela.

O acesso ao acervo construído de maneira colaborativa se dá por meio de uma assinatura. O plano permite tirar uma, três ou seis peças por R$ 100, R$200 e R$300, respectivamente. Cada associado pode ficar com cada item por no máximo dez dias. “Mas se o cliente quiser, ainda pode trocá-lo todos os dias. Nesse caso, um vira 30, três viram 90 e seis viram até 180 peças no mês”, explica.  Na hora da entrega, tudo o que for retirado precisa estar lavado e em perfeito estado. Por isso, a casa contempla também uma lavanderia self-service.

A princípio, a House of Bubbles trabalha com um limite de 50 assinantes. Mas a ideia é que esse grupo cresça, a medida que o closet se torne mais numeroso. Por isso, eles abrem espaço também para quem deseja contribuir com a seleção de roupas e para marcas parceiras, como Flavia Aranha, Kimonaria, Reserva e Insecta Shoes. Tudo para atender mulheres e homens dos mais variados tamanhos.

Serviço:
Rua Doutor Virgílio de Carvalho Pinto, 61 – Pinheiros
Seg. a sex., das 11h às 20h. Sáb., até às 17h

056
Neste caso, o que está em jogo é a praticidade. Depois de anos à frente de uma loja de roupas, Mônica Carvalho trocou a vitrine física pelo Instagram, e a sacolinha descartável por uma malinha. Nasceu assim a 056, que faz roupas sob medida e entrega na casa da cliente, sem custo de frete.

“Depois que a cliente identifica a peça que gostou, ela preenche um cadastro no site com o pedido”, explica Monica, que é também responsável pela criação e confecção de cada item. “Em seguida, preparo uma mala não só com aquilo que foi solicitado, mas também com algumas peças extras, que sugerem uma boa combinação.” Quem comprou tem até quatro dias para experimentar os produtos e devolver o que não deseja.

O diferencial fica por conta do atendimento personalizado. O delivery pode ser acompanhado de uma vendedora, que além de dar algumas lições de estilo, marca todos os ajustes necessários para a roupa cair como uma luva. Desta maneira, a empresária garante que consegue trabalhar com menos estoque – sem desperdício – e ajuda as consumidoras a se sentirem mais seguras ao comprar online.

O serviço costuma se concentrar na cidade de São Paulo e região. Encomendas feitas para fora dessa área são entregues via Sedex.

Serviço:
@zerocincomeia e zerocincomeia.com.br


BagMe
Já pensou em ter todo mês uma bolsa de grife diferente para usar? Essa expectativa virou realidade nas mãos das empresárias Luiza Nolasco e Elisa Melecchi, fundadoras da BagMe. Inspiradas no e-commerce norte-americano “Bag, Borrow or Steal”, elas criaram seu próprio brechó online, que tem como diferencial, além da compra e venda, o aluguel de bolsas luxuosas de segunda mão.

Chanel, Louis Vuitton, Prada, Gucci... O acervo é recheado de modelos grifados, sonho de consumo de muitas mulheres. E a locação se divide em três categorias: um final de semana, uma semana e um mês. “Para isso, fazemos um acordo de cobrança online, que nos garante receber o valor da bolsa integram, caso ela não seja entregue dentro do prazo estabelecido”, explica Elisa. “Esse preço total costuma ser 30% menor do que o da loja da marca, já o de aluguel varia entre R$ 70 e R$ 390, que é o caso de uma Chanel clássica.”
A autenticidade das peças é certificada pelas próprias idealizadoras, que se especializaram no assunto para garantir segurança às consumidoras.  E a entrega é feita no Brasil todo.

Serviço:
www.bagme.com.br



Fonte: http://revistamarieclaire.globo.com/
 
 
 Desenvolver lideranças está mais do que na moda
Prática não está relacionada apenas com chefes, mas inclui todos os colaboradores, que devem contar com a capacidade de influenciar

Não é tendência passageira: desenvolver capacidades de liderança dos funcionários é vital para preparar melhores profissionais e pessoas, acredita Ruy Shiozawa, presidente do Great Place to Work Brasil. Segundo ele, as companhias que encontram essa fórmula saem à frente e, junto com práticas como comunicação, mantêm um excelente ambiente para trabalhar.

Shiozawa destaca, no entanto, que o aprimoramento de líderes não transita apenas no âmbito dos gestores. "Vai além. É o desenvolvimento de pessoas com capacidade de influenciar e isso não é ensinado nas universidades", conta.

Na entrevista que segue, o executivo ressalta as práticas das Melhores Empresas para Trabalhar em TI, como elas gerenciam seus talentos e até o que podem aprender com o Google, que pelo sétimo ano consecutivo configura no topo do ranking.

Revista IT Forum - o que faz das empresas listadas no ranking As Melhores para Trabalhar em TI?

Ruy Shiozawa - Se pudéssemos resumir em um item, o que faz dessas empresas as melhores para trabalhar é como elas desenvolvem a liderança. Isso não está no campo do chefe, vai além: é o desenvolvimento de pessoas com capacidade de influenciar e isso não é ensinado nas universidades, que têm uma preocupação maior com a formação técnica. Fui por mais de 20 anos da área de TI, estudei na melhor escola de engenharia do Brasil e não tive nenhuma disciplina comportamental. Esse é o desafio e as melhores empresas perceberam que têm de preparar essas pessoas antes que elas virem gestores, apostando em ‘so skills’. A boa notícia é que essa preocupação não é tão complexa quanto parece, porque pode-se colocar em prática ações simples. A Radix, por exemplo, descobriu essa fórmula. Todos os dias, o presidente consome uma hora, do momento que chega à empresa até a sua sala, porque ele faz questão de andar pela companhia, conversar com os funcionários e mostrar o lado humano da organização. Quando ele faz isso, conhece as pessoas e passa a dar o exemplo, desenvolvendo lideranças. Esse mecanismo prepara melhores líderes para a empresa e para a sociedade.

Revista IT Forum - Já que você citou o desenvolvimento, uma das práticas consideradas essenciais em excelentes ambientes de trabalho, qual outra iniciativa as companhias estão mais empenhadas em conduzir neste ano?

Ruy Shiozawa - Falar e escutar, promovendo uma verdadeira proximidade com o funcionário. Isso leva à transparência. Esse item é vital nos tempos atuais, de crise financeira Esse cenário pode causar muitas dúvidas nos colaboradores, que se sentem receosos. Uma empresa que fala abertamente que está imaginando um ano difícil conquista a confiança e mantém a transparência. É importante saber que na hora que se compartilha, a organização tem mais aliados.

Revista IT Forum - Falar e escutar promove um feedback constante entre os times. Como você avalia esse quesito entre as melhores?

Ruy Shiozawa - A média geral das empresas premiadas é de 85% de satisfação, algo muito relacionado ao número de feedbacks que o funcionario recebeu. Quando o colaborador não tem nenhum feedback ao longo do ano, essa taxa cai para 69%. Quando a pessoa recebeu quatro ou mais feedbacks sobe para 90%. O feedback significa proximidade entre líder e funcionário e, como consequência, desenvolvimento. Suponhamos que alguém tem de ciência em espírito de equipe, o líder ajuda a desenvolver. Nos questionários do GPTW, os colaboradores citam que esperam mais comentários sobre seus trabalhos.


Fonte: http://itforum365.com.br/
 
 
 Contra transfobia, UFJF libera uso de banheiros por todos os gêneros
Campanha "Libera meu xixi" foi adotada e começou a valer nesta quarta (25).
Próximo debate será instalação de banheiros unissex, diz coletivo LGBT.

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) liberou nesta quarta-feira (25) o uso de todos os banheiros da instituição por qualquer pessoa, conforme o gênero que se identifica. A iniciativa se deu pela adoção da campanha “Libera meu xixi”, voltada ao combate da transfobia em espaços públicos. Nos próximos dias, banheiros de todo o campus receberão uma placa com a frase “Aqui você é livre para usar o banheiro correspondente ao gênero com que se identifica.”.
De acordo com a diretora de Ações Afirmativas da universidade, Carolina Bezerra, a medida demonstra que a UFJF está se enquadrando cada vez mais ao mundo contemporâneo. “Estamos buscando cada vez mais o respeito à diversidade para criar um ambiente mais democrático, diverso e que respeite às diferenças. Ouvimos os setores mais conservadores e progressistas e assim conseguimos achar o meio, o ideal. É um movimento muito complexo e delicado”, disse.

Bezerra também contou que todo o projeto foi feito em conjunto e diversas modificações foram necessárias para que o resultado enquadrasse o maior número de pessoas possível. 

“A ideia de conversar com os movimentos sociais é no sentido de construir junto, dialogar com alunos, professores, funcionários. Neste caso, trabalhamos muito com a equipe da Secertaria de Comunicação. A campanha tinha que ter um foco, mas o problema é que quando você especifica, acaba deixando algum grupo de fora. Por isso adaptamos a mensagem”, contou.
Um dos coordenadores do Coletivo Duas Cabeças, que representa o movimento LGBT dentro da UFJF, Juber Pacífico, disse ao G1 que a decisão pela liberação é só o começo de uma ampla discussão sobre a adoção de banheiros unissex na instituição.
“A demanda chegou através de alunos transexuais que se sentiam constrangidos de utilizar os banheiros, por medo de represálias. Durante a ocupação da Reitoria da UFJF, reivindicamos a mudança. De lá pra cá, fizemos várias reuniões com a Diretoria de Ações Afirmativas e para discutir como seria e chegamos até a campanha. A partir de agora, vamos começar a discutir instalação de banheiros unissex, até para nos posicionarmos de forma oficial sobre o tema”, afirmou.

Identidade social
Em fevereiro deste ano, o Conselho Superior (Consu) da UFJF já havia aprovado o uso do nome social para estudantes e servidores da instituição. Com isso, qualquer pessoa pode se identificar com a identidade sexual ou de gênero que tem em todos os documentos da universidade, como carteirinhas, chamadas de frequência acadêmica, entre outros.

Poucos dias depois, em março, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República publicou a resolução nº 12 do Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoções dos Direitos de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais, que recomendava o uso de banheiro e uniforme escolar de acordo com a identidade de gênero.

A campanha “Libera meu xixi” é nacional.

Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Quatro cidades da região de Ribeirão Preto estão em alerta contra dengue
Segundo Ministério, até 3,9% das casas visitadas tinham larvas do mosquito. 
Franca e Sertãozinho apresentaram índice satisfatório do Aedes aegypit.

Ribeirão Preto (SP) e outras três cidades da região estão em estado de alerta para epidemias de dengue, zika vírus e febre Chikungunya em 2016, segundo levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde na terça-feira (24). Nenhum município da região está em situação de risco.
Além de Ribeirão, Pontal (SP), Sales Oliveira (SP) e São Joaquim da Barra (SP) também estão no mesmo nível. O alerta ocorre porque nessas quatro cidades entre 1% e 3,9% dos imóveis visitados apresentaram larvas do mosquito Aedes aegypit, transmissor das doenças.
De acordo com o Ministério da Saúde, o município é considerado com situação satisfatória se o resultado do Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) der abaixo de 1%. A cidade está em situação de risco se o índice chegar a 4.

No boletim, Sales Oliveira aparece com 1,7%, seguida de Ribeirão Preto, com 1,6%, Pontal (1,3%) e São Joaquim da Barra (1,2%). Os dados foram coletados entre os meses de outubro e novembro deste ano em 22 cidades da região.
As cidades de Franca (SP) e Sertãozinho (SP) apresentaram índice satisfatório para infestação do mosquito. Até novembro, nenhuma cidade da região apresentou risco de surto. As cidades de Barretos, Bebedouro e Jaboticabal não participaram da pesquisa.
Na Região Sudeste, os principais logradouros do Aedes foram encontrados dentro das residências, em vasos de plantas, calhas e garrafas. O estado de São Paulo é o segundo com maior incidência do mosquito Aedes aegypit no Brasil.

Medidas contra epidemia
Procurada pela reportagem do G1, a Secretaria de Saúde de Ribeirão Preto informou que vai continuar seguindo as orientações do estado de São Paulo e do Ministério da Saúde no controle do mosquito Aedes aegypit, para evitar epidemias de dengue, zika vírus e febre Chikungunya em 2016.
A secretaria informou ainda que capacita os profissionais da área de saúde para fazer diagnóstico diferencial do zika vírus. "Principalmente na identificação de deslocamento fazendo avaliação epidemiológica, pois a sintomatologia da doença no inicio é muito inespecífica", afirmou em nota. Não há casos, até o momento, de Zika Vírus na cidade.
A Secretaria de Saúde de Pontal também foi procurada pela reportagem, mas não respondeu à solicitação de informações. Os departamentos responsáveis pelo assunto em Sales Oliveira e em São Joaquim da Barra não foram encontrados. 

Dengue em Ribeirão
O número de casos de dengue aumentou 530% em Ribeirão Preto em outubro de 2015, segundo boletim mais recente divulgado pela Secretaria de Saúde, no dia 17 de novembro.
No comparativo, a cidade confirmou 63 casos da doença no mês passado, contra 10 no mesmo período de 2014.
No acumulado do ano, Ribeirão já registrou 3.746 ocorrências de dengue até outubro. O número é 836% maior que o confirmado durante todo o ano passado, quando 400 pessoas tiveram a doença, segundo a Prefeitura.
A cidade registrou duas mortes por dengue em 2015. A primeira vítima foi uma idosa de 60 anos, que possuía doença crônica e morreu em janeiro.
Cinco meses depois, uma mulher de 28 anos também morreu em decorrência de dengue, três dias após ser internada.

Chikungunya
Ribeirão registrou dois casos de Chikungunya em 2015. O primeiro caso foi confirmado em julho e o segundo em setembro.
Os dois pacientes viajaram para a Bahia em momentos diferentes e contraíram a doença no Estado – que junto com o Amapá concentra os casos da doença no Brasil.
Ao todo, 17 suspeitas da doença foram notificadas pela Prefeitura até outubro. No mesmo período do ano passado, dois ribeirão-pretanos apresentaram sintomas.

Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 Ribeirão Preto (SP) recebe as finais dos ralis Mitsubishi neste fim de semana
Última etapa do Mitsubishi Motorsports e do Mitsubishi Outdoor encerram temporada de competições de 2015 no dia 28 de novembro; credenciamento de imprensa está aberto

Diversão, aventura, muita lama e poeira. Os participantes dos ralis Mitsubishi Motorsports e do Mitsubishi Outdoor se reúnem em Ribeirão Preto (SP) neste sábado, dia 28 de novembro, para a última etapa dos ralis em 2015. Mais de 400 carros já estão inscritos para as competições, que desbravarão as trilhas e caminhos off-road nos arredores da cidade paulista.

"Quem gosta de tirar o seu Mitsubishi do asfalto e colocá-lo na lama pode esperar um dia com muita diversão. Ribeirão Preto tem ótimas trilhas, e sempre recebe muito bem a final da temporada", adianta Fernando Julianelli, diretor de Marketing da Mitsubishi Motors do Brasil.

Nos ralis, há espaço para os proprietários se divertirem a bordo dos crossovers ASX e Outlander, dos SUVs Pajero e da picape L200. "Comprei meu carro com a intensão de usá-lo também fora do asfalto. Como em cada etapa o desafio é diferente, sempre aprendemos um pouco mais sobre como usar o 4x4", explica Jorge Chaguri Filho, que participar do Mitsubishi Motorsports.

Mitsubishi Motorsports


Realizado há 21 anos, o rali de regularidade da marca dos três diamantes é uma das competições off-road mais tradicionais do Brasil. Somente em 2015, a prova já passou por 12 cidades, 11 Estados e percorreu mais de 2000 km em todo o País. Nele, o importante é manter-se dentro do tempo e velocidade estipulados pela organização. São três categorias: Graduados, para duplas mais experientes, Turismo, com experiência intermediária, e Turismo Light, para quem nunca teve contato com o rali. Podem participar proprietários de veículos da linha L200 e Pajero nas versões 4x4.

Para esta etapa, os percursos das categorias Graduados e Turismo percorrerão um trajeto de 200 km em meio a fazendas de cana, áreas de reflorestamento, trechos de areia e trilhas com piso bastante escorregadio. "Tanto o piloto quanto o navegador podem esperar uma prova bastante divertida. Teremos elementos ideais para quem busca uma boa aventura off-road", comenta Julianelli.

Já a Turismo Light terá um percurso exclusivo com 150 km em meio a contornos de matas, áreas de reflorestamento e estradas sinuosas na Serra de São Simão, que promete um belo visual da região.

Mitsubishi Outdoor
No Mitsubishi Outdoor, podem participar até 10 pessoas em cada equipe, sempre em dois veículos 4x4. O objetivo é fazer o maior número de atividades, que vão de práticas esportivas, como mountain bike e trekking, a tarefas culturais relacionadas às características da região.

São duas categorias: na categoria Fun, destinada aos iniciantes, e podem participar veículos 4x4 das linhas ASX, Outlander, Pajero e L200. Já na Extreme, para as equipes mais experientes, apenas das linhas Pajero e L200, também com tração nas quatro rodas.

"Neste ano, a prova será feita em uma área inédita com mais de 1.100km², a maior da temporada. Com certeza teremos tarefas bastante divertidas e criativas", explica Julianelli.

A prova será realizada em um verdadeiro labirinto de cana de açúcar, um desafio que exigirá uma navegação atenta e uma estratégia muito bem definida, que deverá aliar a eficiência na escolha dos incontáveis caminhos com a rápida solução das diversas aventuras e tarefas escondidas pelas plantações.

Como itens opcionais, a organização pede que os competidores levem smartphone, mountain bike, capacete, cola escolar e tesoura, que já dão pistas sobre as atividades que serão realizadas.


Como participar
As inscrições são abertas sempre 12 dias antes da competição. Os interessados devem acessar o site www.mitsubishimotors.com.br e preencher o cadastro. As vagas são limitadas.

Na sexta-feira véspera da competição, os participantes se encontram para entregar os alimentos, confirmar a inscrição e adesivar os carros. À noite, há um briefing sobre as trilhas e aula de navegação. No sábado, a partir das 7h, os competidores se reúnem para a largada.


Credenciamento de imprensa
O credenciamento de imprensa está aberto e pode ser feito pelo e-mail: imprensa@mmcb.com.br. Os interessados devem enviar o nome do veículo e os dados completos do jornalista.


Mitsubishi Pró-Brasil - Ação Social
A Nação 4x4 da Mitsubishi também está envolvida no espírito de solidariedade e cidadania com a ação social Mitsubishi Pró-Brasil. Desde 1994, foram arrecadadas mais de 980 toneladas de alimentos, em doações através das inscrições. Para participar das provas, os competidores fazem a doação, por carro, de 30 kg de alimentos não perecíveis e seis produtos de higiene, que serão destinados a associações da cidade.

O Mitsubishi Motorsports tem patrocínio de Petrobras, Itaú, Dalgas, W. Truffi, Transzero, Pirelli, Clarion, Unirios, Embracon, STP, Tecfil, Mapfre, Pilkington, Flamma, Rede, Sky, Sideral, Artfix e Air Etihad.

O Mitsubishi Outdoor tem patrocínio de Petrobras, Mapfre, Transzero, Atlântica Midori, Pirelli, Clarion, Unirios, Pronutri, Brascabos, Cisa Trading, W. Truffi, Pilkington e Artfix.

Acompanhe as novidades dos ralis Mitsubishi através das redes sociais: Twitter.com/nacaomitsubishi, Facebook.com/Mundomit e Instagram @MundoMit. Para mais informações, vídeos, fotos e inscrições, acesse: www.mitsubishimotors.com.br.

Programação - Mitsubishi Motorsports e Mitsubishi Outdoor
27 de novembro - Sexta-feira
Entrega de kits, vistoria, briefing e aula de navegação - das 17h às 22h
Endereço: Centro de Eventos Taiwan - Rodovia Ribeirão Preto - Bonfim Paulista, Km 310 - Royal Park - Ribeirão Preto/ SP

28 de novembro - Sábado
A partir das 8h - Início das largadas
A partir das 14h - Chegada e almoço 
A partir das 17h - Premiação
Endereço: Centro de Eventos Taiwan - Rodovia Ribeirão Preto - Bonfim Paulista, Km 310 - Royal Park - Ribeirão Preto/ SP
David Santos / Mitsubishi


Fonte: maxpressnet.com.br/
 
 
 Após denúncia de ONG, 'Monopoly Império' deixará de ser vendido
Instituto Alana entrou com ação por publicidade irregular para crianças.
Jogo de tabuleiro da Hasbro continha 22 logotipos de marcas.

A fabricante de brinquedos Hasbro não irá mais vender o jogo de tabuleiro "Monopoly Império" a partir de 2016 no Brasil. O Ministério Público de São Paulo investigou a denúncia feita pelo Projeto Criança e Consumo, da ONG Instituto Alana, e constatou que o brinquedo veiculava indiretamente publicidade para crianças por cauisa de 22 logotipos de marcas na embalagem e no tabuleiro.
Em abril de 2014, a ONG denunciou a publicidade inadequada no jogo, destinado para crianças a partir de 8 anos.

No início deste ano, a Hasbro e o Ministério Público firmaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no qual a empresa é obrigada a deixar de importar o jogo de tabuleiro e escoar o estoque restante até 31 de dezembro. A Hasbro também não poderá mais comercializar ou distribuir o produto em território nacional a partir de janeiro de 2016.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Turquia quer evitar 'escalada' com Moscou após derrubada de jato russo
'Simplesmente defendemos nossa segurança', disse o presidente turco.
Um piloto morreu após derrubada de caça na fronteira com a Síria.

A Turquia deseja evitar uma "escalada" com a Rússia, apesar de ter derrubado na terça-feira (24) um jato russo perto da fronteira com a Síria, afirmou o presidente Recep Tayyip Erdogan.
"Não temos a menor intenção de provocar uma escalada depois deste assunto", declarou Erdogan em um fórum de países muçulmanos em Istambul.
"Simplesmente defendemos nossa segurança e o direito de nossa população", completou Erdogan, em referência ao incidente, no qual Ancara acusou o avião russo de ter violado seu espaço aéreo.

Erdogan justificou novamente a derrubada do Su-24 russo, que recebeu, segundo ele, 10 advertências em cinco minutos para que se afastasse da fronteira.
Também afirmou que ao abrir fogo, as forças turcas ignoravam a nacionalidade do avião.

"Fomos informados da presença de um avião de nacionalidade desconhecida", disse o chefe de Estado turco.

Erdogan voltou a denunciar a intervenção militar da Rússia em defesa do presidente sírio Bashar al-Assad, do qual pede a renúncia com uma condição para solucionar o conflito na Síria.

"Ninguém deve se enganar. Eles (os russos) dizem que pretendem atacar o Daesh (acrônimo árabe do grupo Estado Islâmico), mas nesta área não há Daesh nesta área. Eles atingiram os turcomanos de Bayirbucak", disse Erdogan.

O avião russo derrubado na terça-feira caiu no extremo noroeste da Síria, ao norte de Latakia, cenário há vários dias de combates entre o exército sírio, apoiado pela aviação russa, e grupos rebeldes, entre eles os da minoria de língua turca da Síria.
Erdogan afirmou ainda que dois cidadãos turcos ficaram feridos com a queda dos destroços do avião russo.

Fonte: g1.globo.com
 
 
 Derrubada de avião russo na Turquia foi 'facada nas costas', diz Putin
Presidente russo disse que relações entre os países serão afetadas.
Ancara disse que aeronave russa invadiu seu espaço aéreo perto da Síria.

O presidente russo Vladimir Putin afirmou que a derrubada de um avião russo pelas forças de segurança turcas terá graves consequências nas relações entre os dois países.

"A perda de hoje é uma facada nas costas que foi dada pelos cúmplices dos terroristas", declarou Putin em coletiva de imprensa na presença do rei da Jordânia, Abdullah II.
"Certamente, vamos analisar o que aconteceu. E os eventos trágicos de hoje vão ter consequências sérias nas relações russo-turcas", acrescentou.
"Nosso avião, nossos pilotos, não ameaçavam a Turquia", disse ainda.

Ancara afirma que a aeronave violou o espaço aéreo turco. Moscou admitiu que o avião foi derrubado, um caça do tipo Sukhoi Su-24, mas garantiu que o aparelho sobrevoava o espaço aéreo sírio.
Como resposta, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, suspendeu nesta sua visita à Turquia. Lavrov também recomendou aos russos que não viajem ao país devido à crescente ameaça terrorista, de acordo com a imprensa local.

Otan convoca reunião
Após o incidente, a Turquia entrou em contato com a Otan, que convocou uma reunião extraordinária de seus 28 representantes permanentes para informar aos Aliados sobre o ocorrido. A reunião deve ocorrer durante a tarde
A Aliança Atlântica afirmou anteriormente que estava em contato com a Turquia a respeito do incidente.
"A Otan segue de perto a situação. Estamos em contato com as autoridades turcas", afirmou a fonte.


Justificativa turca
O primeiro-ministro turco Ahmet Davutoglu, por sua vez, justificou a decisão de suas forças armadas de abater o avião militar russo que, segundo Ancara, violou seu espaço aéreo, ao afirmar que a Turquia tem o dever de fazer de tudo para proteger suas fronteiras.
"Todo mundo deve saber que é nosso direito internacional reconhecido e nosso dever adotar todas as medidas necessárias contra qualquer coisa que viole nosso espaço aéreo ou nossas fronteiras", declarou Davutoglu à imprensa.
O Su-24 caiu no extremo noroeste do território sírio, ao oeste da cidade de Idleb, cenário há alguns dias de violentos combates entre o exército leal ao presidente Bashar al-Assad, apoiado pelos russos, e os rebeldes.


Obama
Após reunião com o presidente francês Fançois Hollande, Barack Obama disse que a derrubada dos caças turcos na fronteira sírio-turca revela "um problema com as operações russas" na Síria. Ele instou Moscou e Ancara a conversarem para prevenir uma "escalada das tensões".

Fonte: g1.globo.com
 
 
 Remédio proibido nos anos 80 vira 'droga dos jihadistas' na Síria
Remédio à base de anfetaminas proibido na década de 80 por ser altamente viciante é usada por combatentes para dar 'energia e coragem'.

Ela é conhecida como a "droga dos jihadistas" na Síria. Tida como fonte de coragem e artifício para superar medo e dor, a droga captagon tem sido amplamente usada por combatentes que lutam na guerra civil do país.
A droga, bastante popular no Oriente Médio, é fabricada em grandes quantidades na Síria e no Líbano. Segundo especialistas, sua produção tem ajudado a alimentar o conflito sírio, gerando milhões de dólares em lucro para fabricantes no país.

As pílulas contêm anfetamina e cafeína e se tornaram uma das favoritas entre combatentes. "(Ela) proporciona aos soldados uma energia sobre-humana e coragem", disse um ex-combatente sírio à BBC.
O captagon era a marca comercial do cloridrato de fenetilina. Sua produção teve início em 1963 para tratar narcolepsia (sonolência) e depressão. Mas a substância foi proibida na década de 1980 por ser altamente viciante.
Essa dependência também pôde ser observada na Síria."Alguns ficaram viciados, esse é o problema", disse um outro ex-combatente, que fazia parte de um grupo de cerca de 350 pessoas que receberam os comprimidos sem saber exatamente do que se trava.
Seu uso alivia dor, cansaço, sono e fome, e prolonga o estado de atenção. "Me sentia o dono do mundo, como se tivesse um poder que ninguém tem", disse um consumidor à BBC no documentário A Droga da Guerra da Síria, transmitido em setembro.
Outro disse: "Eu não sentia mais medo depois de tomar o captagon".
Além da dependência, os efeitos colaterais podem incluir um estímulo excessivo do sistema nervoso central e psicose, segundo especialistas.


Droga que financia combate
O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) já apontava em 2010 que a "frequência e o tamanho" das apreensões de captagon estavam "aumentando", e que elas ocorriam, cada vez mais, no Oriente Médio.
Fatos recentes contribuem com esse diagnóstico. Na sexta-feira, autoridades turcas apreenderam 10,9 milhões de unidades da droga perto da fronteira com a Síria, um recorde, segundo o Ministério do Interior do país, citado pela imprensa local.
Em outubro, duas toneladas de pílulas foram apreendidas no aeroporto de Beirute, Líbano. A droga estava dentro de malas que eram colocadas em um avião particular. Dez pessoas estão sendo processadas, inclusive um príncipe saudita, que não foi identificado.
A Síria foi, por muito tempo, rota de trânsito das drogas procedentes de Europa, Turquia e Líbano rumo a países ricos do Golfo Pérsico, disse o UNODC. Agora, o país testemunha o crescimento da popularidade do captagon em seu próprio território.
"Desde os extremistas do grupo autodenominado Estado Islâmico até membros do grupo rebelde Al-Nusra e também soldados do Exército Livre da Síria (usam a droga)", disse um traficante em reportagem do canal de TV franco-alemão Arte, em maio de 2015.
"Os combatentes a utilizam para controlar seus nervos e também aumentar seu rendimento sexual", contou, com o rosto coberto.
Rawdan Mortada, jornalista libanês que cobre a guerra na Síria, disse que o consumo do captagon se tornou popular com o início do conflito, em 2011, e que a droga serve, também, como financiamento das operações militares.
"As milícias na Síria consumem uma parte e exportam outra, especialmente aos países do Golfo. O lucro permite que elas financiem a compra de armas e operações militares".
O consumo de drogas em conflitos, no entanto, não é novidade.
"O uso de anfetaminas tem uma grande tradição em contextos bélicos", disse Claudio Vidal, integrante do Energy Control, da Associação de Bem Estar e Desenvolvimento, à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Neuropediatra diz que casos de microcefalia indicam uma nova doença
Sem estudos em toda a literatura médica que relacionem a infecção de gestantes pelo vírus Zika com o nascimento de crianças com microcefalia, a neuropediatra Vanessa Van der Linden defende que os novos casos dessa deformidade no cérebro revelam uma nova doença, já que fogem do padrão conhecido. “Se é provocada pelo Zika ou por outro vírus, ou outro agente, não sabemos. O que posso dizer é que os casos não seguem o padrão que a gente vê nas outras pacientes que têm infecção congênita e filhos com microcefalia”, explicou Vanessa, do Hospital Barão de Lucena, presidente da Associação de Assistência à Criança Deficiente do Recife.

Ela foi a primeira médica a buscar a Secretaria de Saúde de Pernambuco para alertar sobre o aumento do número de casos de crianças com o crânio menor que o normal. “Um dia, cheguei à UTI [Unidade de Terapia Intensiva] e tinha três casos de crianças com a cabecinha assim, isso me deixou intrigada, normalmente a gente via uma a cada mês ou a cada dois meses”, relatou. Segundo dados do Ministério da Saúde, o número de casos de microcefalia saltou de 147, em 2014, para 739 neste ano, a maioria (487) em Pernambuco.

A microcefalia é uma má-formação congênita, em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada. A neuropediatra esclarece que essa condição pode ter diversas causas, como agentes químicos e infecções por toxoplasmose ou pelo citomegalovírus. Cada causador provoca um quadro típico, como alteração na visão, na audição ou em outros órgãos. Segundo a médica, em muitos desses novos casos os recém-nascidos têm comprometimento do coração, “mas a amostra ainda é muito pequena para dizer que está relacionado à nova doença”.

À medida que os casos foram chegando, a neuropediatra pedia exames para toxoplasmose e para citomegalovírus, e todos deram negativo. A especialista diz que recebeu informações de casos parecidos fora do Nordeste e que tudo deve ser bem investigado.

Vanessa participou nessa terça-feira (24) de um seminário para profissionais de saúde do Distrito Federal, em Brasília. Segundo ela, há casos de crianças com microcefalia que se desenvolvem, têm filhos, mas que em outros casos o bebê tem muitas convulsões e por isso pode não ter o desenvolvimento adequado. 

A relação entre o aumento de casos de microcefalia e a presença do vírus Zika em gestantes foi cogitada mais fortemente há pouco mais de uma semana, quando o Laboratório de Flavivírus, do Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio, constatou a presença do vírus em amostras de duas gestantes da Paraíba, cujos fetos foram confirmados com microcefalia. Segundo o Ministério da Saúde, apesar de ser um resultado  importante, os dados atuais não permitem confirmar a relação da infecção pelo Zika com a microcefalia.  Essa correlação está sendo investigada em parceria pelo governo federal e os estaduais.

Os primeiros casos de Zica no Brasil foram registrados em maio de 2015.

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/
 
 
 Delcídio do Amaral, senador do PT, é preso pela Polícia Federal
Segundo investigadores, o senador está atrapalhando a Lava Jato. 
Também foi preso o banqueiro André Esteves, do BTG Pactual.

A Polícia Federal prendeu na manhã desta quarta-feira (25) o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), líder do governo no Senado. Segundo investigadores, o senador foi preso por estar atrapalhando apurações da Operação Lava Jato.
Também foram presos pela PF nesta manhã o banqueiro André Esteves, do banco BTG Pactual, o chefe de gabiente de Delcídio, Diogo Ferreira e o advogado Édson Ribeiro, que defendeu o ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró.

A prisão de Esteves está ligada a inquéritos no âmbito da Lava Jato que tramitam no STF. A assessoria de imprensa do banco BTG informou ao G1 que, até as 8h50, não tinha a informação oficial sobre a prisão do banqueiro.
As prisões foram um pedido da Procuradoria-Geral da República e autorizadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF). As prisões de Delcídio e de Ribeiro são preventivas, que é quando não há data determinada para terminar. As demais são temporárias, com data de término.
Delcídio foi preso por tentar dificultar a delação premiada de Cerveró sobre uma suposta participação do senador em irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. Segundo investigadores, Delcídio chegou até a oferecer fuga a Cerveró, para que o ex-diretor não fizesse a delação premiada, o que reforçou para as autoridades a tentativa do petista de obstruir a Justiça.
A prova da tentativa de obstrução é uma gravação feita pelo filho de Cerveró que mostra a tentativa do senador de atrapalhar as investigações e de oferecer fuga para o ex-diretor não fazer a delação.
A assessoria do senador informou que o advogado dele, Maurício Leite, recebeu uma ligação do Delcídio e embarcou de São Paulo para Brasília para acompanhar o caso.
O senador foi preso no hotel onde mora em Brasília, o mesmo em que estava hospedado o pecuarista e empesário José Carlos Bumlai quando foi preso nesta terça-feira (24).
Também foram realizadas buscas e apreensões no gabiente de Delcídio, no Congresso, e na casa dele, em Campo Grande (MS).
A Constituição diz que membros do Congresso não poderão ser presos, "salvo em flagrante de crime inafiançável. Nesse caso, os autos serão remetidos dentro de vinte e quatro horas à Casa respectiva, para que, pelo voto da maioria de seus membros, resolva sobre a prisão".

Ainda na manhã desta quarta, uma sessão extraordinária na Segunda Turma do STF deverá analisar os mandados de prisão, informou o ministro Gilmar ao chegar ao tribunal.
Histórico
O líder do governo foi citado na Lava Jato na delação do lobista conhecido como Fernando Baiano. No depoimento, Baiano disse que Delcídio recebeu US$ 1,5 milhão de dólares de propina pela compra da refinaria.
Em outubro, Delcídio havia negado o teor da denúncia de Baiano e disse que a citação a seu nome era "lamentável".
 Delcídio  também foi citado em outro contrato da Petrobras, que trata do aluguel de navios-sonda para a estatal. Segundo Baiano, houve um acordo entre Delcídio, o atual presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o senador Jader Barbalho (PMDB-PA) e o ex-ministro Silas Rondeau, também filiado ao PMDB, para dividir entre si suborno de US$ 6 milhões.
O líder do governo havia classificado a denúncia de uma "coisa curiosa" que não tem lógica.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Museu Les Arts Décoratifs, em Paris, revisita 300 anos de moda
O museu Les Arts Décoratifs, em Paris, completa em 2016 30 anos de vida. Para comemorar, vai apresentar uma exposição que homenageia os 300 anos de história da moda, marcando a primeira vez que roupas serão exibidas no salão principal do museu, que já recebeu a coleção de carros antigos de Ralph Lauren e um desfile da marca francesa Berluti.

““Fashion Forward — Three Centuries of Fashion” traça a evolução da moda de 1715 até 2015, através de 300 peças que pertencem ao acervo de costumes do Les Arts Décoratifs, que soma mais de 150 mil itens que variam de tecidos antigos a roupas de alta-costura e prêt-à-porter, acessórios , desenhos, fotografias e arquivos de designers como Elsa Schiaparelli e Madeleine Vionnet.

A direção artística da exposição fica a cargo de Christopher Wheeldon, nomeado pelo Tony Awards como “Um Americano em Paris”. A cenografia é de Jérôme Kaplan, a direção criativa de Marc Ascoli e a curadoria de Pamela Golbin, que responde também pelas retrospectivas de Valentino (2008),  Hussein Chalayan(2011) e Louis Vuitton (2012).  A mostra ficará em cartaz entre os dias 07 de abril e 14 de agosto. Promete!

Fonte: glamurama.uol.com.br/
 
 
 Com dois títulos, ciclismo de Ribeirão Preto encerra participação na Copa São Paulo
A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto encerrou a participação da edição de 2015 da Copa São Paulo com dois títulos conquistados. Na categoria juvenil, o troféu foi para Gabriela Martins e na infanto-juvenil o vencedor foi João Henrique Scaranti. A 11ª etapa, realizada em Bauru no último domingo (220, foi a última da temporada.

Na prova, Scaranti e Gabriela ficaram com a prata. O time ribeirão-pretano ainda teve Vítor Tavares (júnior) na quarta posição da etapa e da categoria e Felipe Tetslaff (júnior) em quinto lugar em Bauru e entre os 10 melhores da competição.

O título por equipes da Copa São Paulo ficou com Barra Bonita, seguida de Ibitinga e Santa Bárbara D’Oeste, que somou 25 pontos a mais do que Ribeirão Preto. “Foi uma Copa muito boa. Nossos ciclistas estão de parabéns pelo trabalho. A Gabriela conseguiu chegar ao tricampeonato consecutivo e o João Henrique correu muito bem para a vitória. Por pouco não ficamos no top 3 da classificação geral”, disse o técnico das categorias de base de Ribeirão Preto, Fernando Bassanezi.

Dessa forma, a base do ciclismo ribeirão-pretano encerra a temporada com 32 medalhas conquistadas, sendo 18 de ouro, sete de prata e sete de bronze. Este ano, a equipe disputou, além da Copa São Paulo, as seletivas para os Jogos Escolares e algumas provas e competições em conjunto com os ciclistas de elite.


Fonte: ribeiraopretoonline.com.br/
 
 
 Lama invade Praia de Regência e coloca em risco paraíso do surfe no ES
Ondas do "Havaí Brasileiro" são ameaçadas pelo desastre ambiental provocado pelo 
rompimento de uma barragem em Mariana-MG. Surfistas e outros atletas se manifestam

No pequeno vilarejo de Regência, com 1.200 habitantes, no litoral do Espírito Santo, está uma praia de ondas tubulares e perfeitas, também conhecidas como as "primas de Bali". Nas ruas de areia e terra batida, os moradores caminham descalços, de bicicleta ou a cavalo. A comunidade situada na área da reserva ecológica de Comboios, onde fica a foz do Rio Doce, sempre viveu do surfe e da pesca. Mas o futuro do "Havaí Brasileiro" está ameaçado por uma das maiores catástrofes ambientais da história do país. A lama com rejeitos de minério oriunda do rompimento de uma barragem da Samarco, em Mariana-MG, chegou ao oceano e está acabando com um dos melhores locais para a prática de surfe no Brasil. 

- Regência é uma das pérolas, uma das joias brasileiras do surfe. Estou chocado. Olhar essas imagens dá um nó na garganta. É algo que vai atingir outros estados, e a gente não sabe nem por onde começar. Tudo vai depender das correntes, mas esse mar de lama pode chegar ao litoral do Rio de Janeiro e da Bahia. Não sabemos ainda quanto tempo vai demorar a decantar no mar. Isso me faz lembrar de uma frase de um tal de JC (Jesus Cristo): "Pai, perdoa, eles não sabem o que fazem" - lamentou Teco Padaratz, bicampeão mundial do QS (Divisão de Acesso).

O surfista Krystian Kymerson, campeão do SuperSurf 2015 e que tem a praia como seu quintal, está revoltado. No último sábado, já em um prenúncio do que estava por vir, foi realizado o evento "O último dia antes do fim", no qual os locais surfaram em meio à lama e se despediram do pico.
- Fico chateado com essa situação que está rolando em Regência. Não poder treinar nas melhores ondas do Brasil. É triste. Essa lama veio para estragar o pico. Eu surfo em Regência desde os 15 anos de idade. Gosto muito de treinar lá. São ondas tubulares, que gosto muito. Agora, vai ficar meio difícil treinar lá com essa situação. Fico vendo as fotos, é chocante ver isso que aconteceu. Dá até raiva de falar. Agora só vamos ficar ouvindo falar que Regência tinha altas ondas e não vamos poder surfar mais. É revoltante - desabafou Kymerson.

A prefeitura de Linhares interditou as praias de Regência e Povoação e espalhou placas avisando que os locais estão impróprios para o banho. A água barrenta que se alastra pelo mar azul e praias preservadas da região provocou a morte de centenas de peixes e já tem surtido efeito no turismo da região. Tartarugas marinhas protegidas pelo Projeto Tamar em Regência também estão ameaçadas. Boa parte das pousadas teve suas reservas para o fim do ano canceladas. Marcely Fraga, gerente da Pousada Bocana Surf Camp, perto da Boca do Rio, em Regência, contou que o clima na região é de desespero. 

- Regência é uma vila onde a maioria da população se sustenta da pesca e do turismo, onde as ondas são internacionalmente conhecidas, recebemos surfistas profissionais o ano todo. Agora o que se vê na vila são pescadores desolados, sem saber para onde ir, donos de pousadas que investiram todo dinheiro para receber os turistas no Ano Novo estão apavorados com ligações de cancelamentos de reservas. Acabaram com o paraíso! Destruíram não só a natureza, mas os sonhos e sustento da vila inteira - disse Marcely.
Ainda é cedo para apontar as consequências do impacto ambiental provocado pelo rompimento da barragem da Samarco. Um desastre sem precedentes, segundo o oceanógrafo Eric Mazzei, residente em Regência. Ele afirma que o trabalho para a retirada dos rejeitos de minérios provocará uma mudança estrutural no ambiente, alterando o fluxo do mar e as correntes, o que pode provocar a extinção das ondas tão apreciadas por surfistas de todo o mundo.  
- O estrago é sem precedentes. Já gerou tanta morte e destruição e ainda tem muita coisa por vir. O entendimento pleno do que está acontecendo virá depois. Eu, que sou técnico e vejo o desequilíbrio, é uma perda catastrófica, não tem dinheiro que pague. Não tem como remediar. O que estamos nos mobilizando é para repor a dignidade e dar uma oportunidade para as pessoas continuarem a vida delas - lamentou Mazzei.

- Hoje, o surfe acabou. Se vai voltar? Não sei. Só vai ter surfe em Regência se tiver a recuperação como um todo do ambiente. Ninguém pode entrar na água. Se entrar, vai ser acreditando em laudos de governo, laudos desse tipo, que irão dizer se a água está contaminada ou não. Vão ter que dragar as praias, o fundo do rio, tudo para tirar esses sedimentos. Esse é o grande risco. Fazendo isso, vai mudar a bancada, o fluxo do mar, as correntes, e não dá para saber o que vai ser. A praia precisará ser artificialmente trabalhada para que possa voltar a ter a mesma topografia aquática de antes. Só Deus sabe o que vai acontecer - acrescentou. 

A Praia de Regência apresenta diferentes condições para a prática do surfe. A foz do Rio Doce traz um maior volume de água que torna as ondas pesadas. Além das mais curtas e lisas, que quebram para a esquerda e direita e lembram até as de Puerto Escondido, no México, os surfistas também encontram as longas e tubulares. O acesso ao local é restrito. Para conhecer o paraíso escondido, a cerca de 120km da capital Vitória, é preciso viajar pela rodovia BR-101 e ainda andar 32km por uma estrada de terra.  
- Regência tem ondas muitas boas. Tem essa na boca do rio, que é muito longa e pode ser comparada à Indonésia nos dias bons, uma das melhores ondas do Brasil. Um pouco mais para a direita, mais para o meio da praia, tem outra onda muito boa também, tubular. Acho que essa catástrofe acabou com duas ondas incríveis a nível internacional. Mas não foi só o surfe que acabou, a vida marinha também. Tinha uma tartaruga de couro que só tinha ali... É uma coisa muito séria, pior do que as pessoas imaginam - explicou o big rider Pedro Scooby. 

O mundo do surfe se manifestou diante do desastre ambiental. Tops da elite do surfe mundial como Adriano de Souza, o Mineirinho, Wiggolly Dantas e Filipe Toledo usaram as redes sociais para postagens que mesclavam preocupação e revolta. 

-  Não tive a oportunidade de surfar em Regência, mas tenho muitos amigos do Espírito Santo que sempre surfavam lá. Mas, além da impossibilidade do surfe naquela região, acho que o problema é a destruição total do ecossistema daquela área. Todo o berço de reprodução, que cerca a desembocadura do Rio Doce, foi destruída. Aliás, transformaram o Doce em amargo. Apenas queria citar uma frase que li e achei muito interessante, de um pescador local: "Se algum pescador fosse pego pescando na época da reprodução da piracema, certamente ele iria preso! Mas e quem destrói o rio todo? O que acontece com ele?". Além de ser o único lugar onde desova a tartaruga de couro, no Brasil - disse com exclusividade Filipinho, vice-líder do ranking e um dos principais candidatos ao título na última de 11 etapas do Circuito Mundial, em Pipeline, no Havaí. 
Campeão mundial na remada e no tow in, Carlos Burle chamou a atenção para a necessidade de uma reflexão mais profunda. Apesar de nunca ter surfado no local, o pernambucano sempre teve um carinho pelo que via de Regência em fotos, filmes e documentários. 
- Estou arrasado, muito triste. Infelizmente, estamos vivendo um momento onde vemos que existem consequências sobre as atitudes dos seres humanos. Precisamos entender que vivemos em um mundo só e trazer uma mudança profunda nos nossos valores. O ser humano busca o "ter", o conquistar. Precisamos criar outros valores, criar o prazer em coisas que não sejam materiais. É necessária uma reflexão da nossa existência, onde queremos chegar e qual o legado iremos deixar para o futuro. 


Fonte: globoesporte.globo.com/
 
 
 Polícia Federal prende empresário amigo de Lula em Brasília
Prisão, que é preventiva, faz parte da 21ª etapa da Operação Lava Jato.
Atual fase foi batizada de Operação Passe Livre e cumpre 25 mandados.

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira (24) , em um hotel de Brasília, o pecuarista José Carlos Bumlai, na 21ª fase da operação Lava Jato. A prisão é preventiva, que não tem data para vencer. Ele será levado para a Superintendência da PF, em Curitiba.
Bumlai deporia nesta terça na  CPI do BNDES, que investiga operações envolvendo o banco, por isso viajou a Brasília.
A Polícia Federal (PF) cumpre, desde a madrugada desta terça-feira, (24), a 21ª fase da Lava Jato, batizada de Operação Passe Livre. Ao todo, foram expedidos 25 mandados judiciais, sendo um de prisão preventiva, além de 25 mandados de busca e apreensão e seis de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento. A ação é realizada em São Paulo, Rio de Janeiro,  Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.
Pecuarista do Mato Grosso do Sul e empresário do setor sucroalcooleiro, Bumlai tinha acesso franqueado ao gabinete de Lula durante os oito anos em que o petista comandou o Palácio do Planalto. Os dois se conheceram em 2002, apresentados pelo ex-governador sul-matogrossense Zeca do PT, e estreitaram a relação nos anos seguintes.
Um dos delatores da Operação Lava Jato, o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, afirmou em depoimento ao Ministério Público Federal que repassou R$ 2 milhões a Bumlai referente a uma comissão a que o pecuarista teria direito por supostamente pedir a intermediação de Lula em uma negociação para um contrato e que Bumlai afirmou a ele que o dinheiro seria usado para pagar uma dívida imobiliária de uma nora de Lula.
Em entrevista ao jornal "O Estado de S.Paulo" publicada em 25/10, Bumlai afirmou que não repassou R$ 2 milhões para a nora do ex-presidente Lula, desmentindo Fernando Baiano.
Na entrevista, Bumlai disse que não é tão próximo de Lula como é noticiado. Mas o pecuarista confirmou que levou um empresário do setor de petróleo para uma audiência com o ex-presidente em 2011 a pedido de Fernando Baiano

'Passe livre'
As investigações concentradas na atual fase da Lava Jato partem da apuração das circunstâncias de contratação de um navio sonda pela Petrobras com indícios concretos de fraude no procedimento licitatório, segundo a PF.
Entre os crimes investigados na atual fase estão fraudes a licitação, falsidade ideológica, falsificação de documentos, corrupção ativa e passiva, tráfico de influência e lavagem de dinheiro, entre outros.
De acordo com a PF, complexas medidas de engenharia financeira foram utilizadas pelos investigados para ocultar a real destinação de valores indevidos pagos a agentes públicos e diretores da estatal.
Os mandados serão cumpridos na capital paulista, em Lins e Piracicaba, também em São Paulo, Rio de Janeiro, Campo Grande e Dourados, no Mato Grosso do Sul, e Brasília, no Distrito Federal.
20ª fase
A 20ª fase da Operação Lava Jato cumpriu 18 mandados judiciais e prendeu o ex-gerente executivo da Petrobras Roberto Gonçalves e Nelson Martins Ribeiro, apontado como operador financeiro.
O objetivo desta etapa, conforme o Ministério Público Federal (MPF) e a PF foi buscar provas documentais sobre crimes cometidos dentro da petrolífera. Os dois presos são suspeitos de participação no esquema criminoso de fraude, corrupção e desvio de dinheiro.
Eles são investigados por receber valores indevidos de representantes de empresas com contratos relacionados às refinarias Abreu e Lima, em Pernambuco, e Pasadena, nos Estados Unidos, segundo a PF.


FONTE: g1.globo.com/
 
 
 Venda da Alpargatas está entre os 10 maiores negócios anunciados no ano
Venda da Alpargatas está entre os 10 maiores negócios anunciados no ano
Dona da JBS está por trás de 3 das 10 maiores transações, aponta PwC.
Camargo Correa vendeu controle da dona das Havaianas por R$ 2,66 bi.


A venda do controle da Alpargatas em operação avaliada em R$ 2,66 bilhões (cerca de US$ 717 milhões) é a 9º maior negocio do ano envolvendo empresas brasileiras, segundo levantamento da consultoria PwC.

A Camargo Corrêa vendeu o controle da Alpargatas, dona de marcas como Havaianas, Osklen, Mizuno, Timberland e Dupé, para a J&F Investimentos, dona da JBS Friboi, segundo anúncio feito nesta segunda-feira (23).
A J&F disse que o objetivo da operação é a "diversificação do portfólio de negócios investidos pela J&F". Além da processadora de carnes JBS, dona das marcas Friboi, Seara e Swift, o portifólio do grupo inclui também as empresas Vigor (produtos lácteos), Flora (cosméticos e limpeza), Eldorado (celulose); Banco Original (instituição financeira voltada ao agronegócio), o  Canal Rural (televisão) e Oklahoma e Floresta Agropecuária (setor de agronegócios).
Das 10 maiores transações envolvendo empresas brasileiras no ano, 3 são de negócios do grupo J&F num total de US$ 3,7 bilhões. Veja quadro abaixo
Dados da PwC mostram que o número de fusões e aquisições realizadas no Brasil em 2015 caiu 14% na compração com o mesmo período de 2014. Entre janeiro e outubro, foram realizadas 618 transações do tipo no Brasil, frente a 717 no mesmo do ano passado.
Atraídos pela desvalorização do real frente ao dólar, os investidores estrangeiros estiveram em 285 transações, um aumento de 5% em relação ao mesmo período de 2014.


Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 Vestido de O Mágico de Oz é vendido por US$ 1,56 milhão em NY
Peça foi a principal atração da venda de quase 400 itens de Hollywood.
Segundo item mais caro do leilão foi uma peça usada por Marilyn Monroe.

Um vestido usado pela atriz Judy Garland no papel de Dorothy no filme "O Mágico de Oz" foi vendido por US$ 1,56 milhão nesta segunda-feira (23) em Nova York, anunciou a casa de leilões Bonhams.

O vestido foi a principal atração da venda de quase 400 peças de Hollywood, organizada pela casa de leilões e pela Turner Classic Movies. O evento arrecadou mais de quatro milhões de dólares.

O vestido de Dorothy foi comprado por um dos três concorrentes que participaram no leilão por telefone. O preço superou a estimativa inicial de US$ 800,000 a US$ 1,2 milhão, informou a Bonhams.

O vestido leiloado é um dos dois trajes completos de Dorothy existentes, informou a diretora de memorabilia de entretenimento da Bonhams, Catherine Williamson.
"O vestido é considerado um ícone autêntico e eterno da Hollywood clássica", disse.

Judy Garland era uma adolescente quando protagonizou "O Mágico de Oz" em 1939, um dos clássicos da era de ouro de Hollywood.

O filme, que venceu o Oscar nas categorias de melhor canção ("Over the rainbow") e melhor trilha sonora.
O segundo item mais caro do leilão foi uma peça usada por Marilyn Monroe no filme "Os Homens Preferem as Louras", vendido por US$ 425.000.

Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Deputados prometem reação se houver manobra no Conselho de Ética
PPS, Rede e PSOL querem impedir sessão se Conselho de Ética não votar.
Órgão se reúne para apreciar relatório sobre processo de Eduardo Cunha.

Líderes de partidos da base aliada e da oposição ouvidos pelo G1 disseram que vão “reagir” se o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ou aliados manobrarem para impedir os trabalhos do Conselho de Ética.

Na semana passada, deputados da oposição e de partidos ditos independentes deixaram o plenário da Casa, durante sessão de votação, em protesto contra tentativas de postergar o processo que investiga Cunha por suposta quebra de decoro parlamentar.

PSDB e DEM vão se reunir nesta terça-feira (24) para decidir se agirão para impedir as votações em plenário até que o parecer preliminar que defende a continuidade do processo do peemedebista seja votado no Conselho de Ética. PSOL, PPS e Rede já decidiram que irão obstruir as sessões.

O Conselho de Ética se reúne às 14h30 desta terça para a leitura do parecer do relator, o deputado Fausto Pinato (PRB-SP), mas a votação só deverá ocorrer na próxima semana, já que o deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), aliado de Cunha, adiantou que pedirá vista (mais tempo para analisar o caso).

“Vamos reunir a bancada para tomar uma posição em conjunto. A nossa indicação é de que haja obstrução das votações, tanto da Câmara quanto do Congresso. Que não se vote mais nada enquanto o conselho não definir o futuro do presidente. Queremos ter certeza de que o relatório será votado”, afirmou o vice-líder do PSDB Nilson Leitão (MT).

O presidente do PSOL, deputado Ivan Valente (PSOL-SP), disse que os integrantes da sigla sequer comparecerão à reunião de líderes, que ocorre toda terça para definir a pauta do plenário. "O partido vai ajudar na obstrução e não vai à reunião de líderes, porque isso seria legitimar a presidência do Eduardo Cunha", afirmou.
Aliados prometem quórum
Líderes de partidos aliados do presidente da Câmara afirmam que vão trabalhar para dar quórum na votação do plenário, mas prometem se insurgir se houver nova tentativa de manobra dos trabalhos do Conselho de Ética.

A avaliação é de que Cunha errou ao permitir que o segundo-secretário da Casa, Felipe Bornier (PSD-RJ), cancelasse a reunião da última quinta, do conselho. Só depois do levante ocorrido em plenário, com o esvaziamento da sessão, é que o peemedebista decidiu revogar a decisão de Bornier.

“A posição do PR é de ser contra a paralisação da Câmara. Vamos votar as matérias. Mas também queremos que o Conselho de Ética funcione. Somos contra qualquer manobra. O Felipe Bornier errou ao cancelar a reunião do colegiado e o Eduardo Cunha demorou para consertar. O PR não vai aceitar tentativas de interferência nem manobra contra o Conselho de Ética”, disse ao G1 líder do PR, Maurício Quintella Lessa (AL).

Na mesma linha, o líder do PSD, deputado Rogério Rosso (DF), afirmou que a bancada não irá obstruir as votações no plenário, mas destacou que irá “reagir” em caso de manobra contra o Conselho de Ética.

“Vamos botar presença em plenário, para votar matérias relevantes. Agora, qualquer tentativa de manobra no conselho, o PSD vai reagir. Entendo que, da mesma forma que Cunha tem direito de se defender, qualquer tentativa de obstrução do Conselho de Ética tem que ser repreendida. O partido não vai aceitar”, afirmou.
Já o líder do PT, Sibá Machado (AC), acusou a oposição de usar as investigações de Cunha como desculpa para impedir a votação de projetos importantes para o governo. “Essa conta é dos tucanos. Eles têm que pagar essa conta. Não venham colocar problemas deles na nossa responsabilidade. Sabemos o que estamos fazendo. Nossa responsabilidade é com o Brasil e não estamos aqui para alimentar firula política”, disse o petista.
O deputado Paulo Teixeira (SP), vice-líder do governo, defendeu que o Conselho de Ética atue "sem interferências". "O interesse do governo é que as matérias continuem. O processo do Conselho tem que tramitar sem qualquer tipo de obstrução. Agora, a oposição também não pode obstruir o plenário e o funcionamento do parlamento."

'Não haverá paralisação'
Em entrevista nesta segunda, Eduardo Cunha minimizou a possibilidade de partidos “independentes” e da oposição utilizarem manobras regimentais para impedir votações no plenário. “Todos eles juntos não têm número suficiente para impedir a Casa de funcionar. Não ficará paralisada”, afirmou o peemedebista.

Ele disse ainda que não vai se “constranger” com manifestações em plenário. “Não estou pensando em contar com apoio de A ou B. Quem faltar à sessão terá salário descontado. Quem quiser obstruir que registre em plenário", disse.

Esvaziamento
Na última quinta (19), deputados esvaziaram a sessão em protesto contra o que chamaram de manobra de Cunha e de aliados para impedir o funcionamento do Conselho de Ética.

O colegiado iniciou reunião naquela manhã para a leitura do parecer preliminar do relator do processo, deputado Fausto Pinato (PRB-SP). No entanto, às 10h44, Eduardo Cunha abriu sessão no plenário principal da Câmara, o que impediu a continuidade da reunião do Conselho de Ética. Pelo regimento interno, o início da chamada “ordem do dia” no plenário impede votações nas comissões.

Posteriormente, aliados do presidente da Câmara apresentaram uma questão de ordem no plenário pedindo a anulação da reunião do Conselho de Ética. A intenção era adiar ainda mais o processo que investiga o peemedebista, já que uma nova sessão do colegiado teria que repetir a leitura da ata do encontro anterior. Além disso, questionamentos já respondidos pelo presidente do Conselho poderiam ser refeitos.

Com a decisão do deputado Felipe Bornier (PSD-RJ) – que estava atuando no final da manhã como presidente em exercício da Câmara – de acolher a questão de ordem e cancelar a reunião, deputados passaram a deixar o plenário da Casa aos gritos de “vergonha!” e “fora, Cunha!”.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Brasil investe mais em educação, diz OCDE, mas gasto por aluno é baixo
Estudo da OCDE analisa sistema educacional de 34 países.
No Brasil, 20% de jovens entre 15 e 29 anos não trabalha nem estuda.

O Brasil teve o maior crescimento proporcional em investimento na educação pública entre mais de 30 países, mas perdeu em outros indicadores e no gasto médio por aluno, segundo dados da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgados na manhã desta terça-feira (24).

Apesar do investimento público total ser alto, proporcionalmente, em relação aos outros países, o gasto brasileiro anual por aluno da educação básica ainda é baixo, na comparação. O Brasil gastou cerca de 3.000 dólares anuais por aluno da educação básica, enquanto, em média, os países da OCDE investem cerca de 8.200 dólares por aluno dos anos iniciais, 9.600 por aluno dos anos finais e 9.800 por aluno do ensino médio.

Os dados foram incluídos na última edição do estudo "Education at a Glance" ("Um olhar sobre a educação", na tradução livre do inglês), que compara, no cenário internacional, dados de 2012 e 2013 do sistema educacional dos 34 países membros da OCDE. Assim como a Rússia, o Brasil não integra a OCDE, mas compõe o relatório.

O estudo aponta que no Brasil, em 2012, 17,2% do investimento público total foi destinado para a educação, em 2005, esse percentual foi de 13,3%. Entre os países analisados em 2012, apenas México e Nova Zelândia dedicaram maior proporção do que o Brasil.

Em 2012, o investimento em educação básica no Brasil foi da ordem de 4,7% do PIB, enquanto a média OCDE é de 3,7%. Em relação a 2005, o investimento por aluno da educação básica no Brasil cresceu 210%, enquanto na média da OCDE esse crescimento foi de 121%.

"O Brasil está gastando quase 20% em educação ao ano, é o terceiro país que mais gasta. Não temos a ideia do esforço que fazemos. Quando vemos esse dado na comparação internacional, mostra como mudamos de 2000 para cá. Mais do que em termos reais o que gastamos em educação básica, mas era necessário porque gastávamos muito pouco", afirma o presidente do Inep, Chico Soares, em entrevista ao G1.
Geração ‘nem-nem’

Se o Brasil supera os demais países no quesito investimento em educação, se assemelha aos vizinhos latino-americanos e perde na média dos países da OCDE quando somam-se os jovens com idades entre 15 e 29 anos que não estudam nem trabalham. A geração 'nem-nem', como é chamada, atingia mais de 20% dos brasileiros em 2013.

Esse índice é semelhante aos de outros países latino-americanos como Chile (19%), Colômbia (21%) e Costa Rica (19%), mas está acima da média OCDE, de 16%.
Entre os países analisados, o Brasil (76%) apresenta o maior percentual de jovens de 20 a 24 anos de idade que não está estudando. No entanto, nessa mesma faixa etária, 52% dos jovens estão empregados, sendo essa também a maior proporção observada entre os países.

"Só lamentamos esse dado. As nossas taxas de abandono da escola são altas, e todo o planejamento é para tornar o ensino médio mais útil. É nesse sentido que o Plano Nacional de Educação sinaliza. O pouco sucesso no ensino médio pode ser atribuído ao fato de não oferecemos o que muitos jovens querem", diz Chico Soares.
No Amapá (29%) e Alagoas (30%) o percentual de jovens de 15 a 19 anos que não trabalha nem estuda é próximo ao da Grécia (28%), enquanto em Santa Catarina (12%) e Rio Grande do Sul (14%) apresentam percentuais similares aos de países como Austrália (13%) e Reino Unido (14%).

Avanços
Apesar de ter diminuído o índice de adultos, com idades entre 25 e 34 anos, que não concluíram o ensino médio, o Brasil ainda está no grupo que possui as piores taxas nessa modalidade.
China, Indonésia, México, Turquia, Costa Rica e Brasil apresentam, nessa ordem, os maiores percentuais de jovens e adultos que não têm o ensino médio completo.
Comparadas as pessoas de 55 a 64 anos de idade no Brasil, a proporção de não concluintes de ensino médio é de 72% nessa faixa etária e de 39% entre aqueles de 25 a 34 anos.

Entre os países analisados, Coréia do Sul, Rússia, República Tcheca e Polônia são os que apresentam a menor proporção de jovens que não possuem o diploma do ensino médio.

O Brasil também está, ao lado do Canadá, entre os países que têm o menor percentual de concluintes do ensino médio que cursaram educação profissional, com menos de 5% em relação ao total de concluintes do ensino médio. Na média dos países da OCDE, 46% dos jovens concluintes do ensino médio tem formação profissional.

Mais estudo, maior renda
O levantamento da OCDE também aponta que, no Brasil, quem possui um diploma de nível superior tem em média renda 152% maior que aqueles com somente um diploma de ensino médio. O Brasil e o Chile são os países que apresentam a maior diferença de renda média entre a população com educação de nível superior em relação aos que possuem nível médio.

Fonte: g1.globo.com
 
 
 Cai o valor do metro quadrado em Ribeirão Preto
Informações constam no Boletim Construção Civil do Ceper/Fundace

A crise econômica começa a afetar o mercado imobiliário em Ribeirão Preto, já que neste ano o número de lançamentos de empreendimentos imobiliários, de vendas e o preço do metro quadrado caíram. De acordo com o Boletim Construção Civil do Ceper/Fundace, o valor médio do metro quadrado passou de R$ 3.850,00 para R$ 3.800,00.

Segundo os economistas da Fundace, o movimento de queda dos preços, mesmo que suave, ocorreu devido à redução nos lançamentos em Ribeirão Preto e também em outras regiões do Brasil, já que isso também indica uma retração da demanda.

Em outubro, os valores médios do metro quadrado dos imóveis diminuíram 0,7%, sendo o terceiro mês seguido que este índice apresentou retração.

Os empreendimentos com Valor Geral de Vendas (VGV) - que é o valor bruto estimado de venda para ser lançado em um determinado empreendimento – previstos para o ano foram de 600 em 2015, bem menor dos 1,5 mil imóveis lançados no ano passado.

Entretanto, os responsáveis pelo levantamento apontam que o município ainda apresenta imóveis mais baratos do que em outras regiões do Estado de São Paulo, porque existe mais espaço para o crescimento da mancha urbana, e isso também influencia na valorização das regiões mais centralizadas, pois, por esse motivo, a demanda por infraestrutura e centro comerciais nos novos locais é maior, e acaba demorando um pouco mais para serem implantadas.

Foto: Arquivo Revide 
Fonte: revide.com.br
 
 
 Ribeirão Preto terá Dia de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher
Nesta quarta-feira (25), às 9h, no Salão Nobre, a Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de Assistência Social e o Conselho Municipal de Direitos da Mulher iniciam uma série de atividades, que seguem até 10 de dezembro, com a finalidade de promover uma campanha pelo fim da Violência Contra a Mulher.

O objetivo do evento é envolver a sociedade ribeirão-pretana para o Enfrentamento a Violência Contra a Mulher em todos os sentidos.

A campanha será desenvolvida durante 16 dias de ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, envolvendo toda sociedade para que possa se comprometer com o enfrentamento da barbárie das relações desiguais de gênero, por meio de ações contundentes, pois “Uma vida sem violências é um direito das mulheres”.

A campanha teve origem em 1991, quando 23 mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (Center for Women’s Global Leadership - CWGL), lançaram a campanha dos 16 dias de ativismo com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo. As participantes escolheram um período de significativas datas históricas, marcos de luta das mulheres, com a abertura da Campanha no dia 25 de novembro - declarado pelo I Encontro Feminista da América Latina e Caribe (em 1981) como o Dia Internacional de Não Violência Contra as Mulheres - e finalizando no dia 10 de dezembro - Dia Internacional dos Direitos Humanos. Desse modo, a campanha vincula a denúncia e a luta pela não violência contra as mulheres à defesa dos direitos humanos.

Hoje, cerca de 130 países desenvolvem esta Campanha, conclamando a sociedade e seus governos a tomarem atitude frente à violação dos direitos humanos das mulheres.

No Brasil, os 16 dias de ativismo foram assumidos pelo movimento feminista brasileiro, sintonizado com a Campanha Internacional. Conquistou espaço na agenda brasileira e desde 2003 vem sendo coordenado pela organização não governamental Agende (Ações em Gênero, Cidadania e Desenvolvimento), com importantes ações de divulgação, mobilização e organização da campanha. O Brasil antecipou o início desta Campanha para o dia 20 de novembro – Dia Nacional da Consciência Negra - pelo reconhecimento histórico da opressão e discriminação contra a população negra e, especialmente, as mulheres negras brasileiras que têm suas vidas marcadas pela opressão de gênero, raça e classe social.

Programação:

25/11/2015 – Lançamento da Campanha - Salão Nobre da Prefeitura Municipal – 9h;

25/11/2015 – Palestra:  Sistema de Justiça e o Enfrentamento à Violência - Local: UNAERP – Palestrante: Dra. Carolina Moreira Gama – Horário 19h;

30/11/2015– Palestra: Dicotomia entre o Direito da Mulher e Violência - Dra. Rosana Chiavassa - Local: Salão Nobre Prefeitura Municipal-Horário 19h;

2/12/2015- Roda de Debates entre Mulheres: O Empoderamento da mulher através do trabalho, uma forma de Enfrentamento à Violência – Local: Sindicato dos Servidores Municipais – Horário: 14h;

4/12/2015 – Palestra: O perfil psicológico do agressor – Palestrante:    IPEBJ – Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos – Local: Centro Cultura Palace – Horário: 9h;

5/12/2015- Evento de Mobilização na Praça XV – Panfletagem e distribuição de laços brancos pelo compromisso de enfretamento à violência. Horário: 9 horas da manhã até 11h;

6/12/2015 - Evento de Mobilização na Ciclofaixa - Panfletagem e distribuição de laços brancos pelo compromisso de enfretamento à violência. Horário: das 9h até 11h;

8/12/2015 – Palestra: Lei Maria da Penha e os Tipos de Violência- Local: Penitenciária Feminina de Ribeirão Preto – Palestrante: Najla Leite Ferraz- Presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres – Horário: 14h;

9/12/2015- Palestra: Tráfico de Mulheres no Brasil - Desafios e Avanços. Palestrante: Claudia Patrícia de Luna - Presidenta da ONG Elas por Elas - Vozes e Ações das Mulheres de SP. Local: Centro Cultural Palace - Horário: das 8h às 13h.

Programação dos dias livres:

Atividades junto as Secretarias Municipais, Câmara Municipal,   Defensoria Pública, Sociedade Civil “30 minutos de conversa sobre formas de Enfrentamento à Violência” – Divulgação dos serviços disponíveis e telefones para denúncia.

23/11/2015- Programa Mãos Estendidas Mulheres em Ação. Horário: 14h – Local: Rua Eliseu Guilherme 1252;

26/11/2015 – Secretaria Municipal de Assistência Social – Secretaria da Educação;

27/11/2015 – Defensoria Pública – Câmara Municipal;

1/12/2015 – Secretaria de Infraestrutura e Coordenadoria de Limpeza Urbana;

3/12/2015 – Secretaria da Cultura e Centro Cultural Palace;

7/12/2015 – Secretaria de Esportes - Secretaria da Saúde;

10/12/2015 – Calçadão – Esplanada Teatro Pedro II.


Fonte: Prefeitura de Ribeirão Preto
 
 
 Ribeirão Preto participa da Semana Nacional da Conciliação
"O caminho mais curto para resolver seus problemas". Este é o mote da X Semana Nacional da Conciliação promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que acontece entre os dias 23 e 27 de novembro em todo o país, com a participação de todos os tribunais brasileiros. Trata-se de um esforço concentrado do Judiciário que tem como objetivo buscar entendimento entre as partes e disseminar a cultura da resolução dos conflitos judiciais por meio de audiências de conciliação.

O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região está engajado no mutirão, em especial, por intermédio dos Centros Integrados de Conciliação de 1º Grau, instalados nos Fóruns Trabalhistas de Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José dos Campos e São José do Rio Preto, além do CIC de 2º Grau de jurisdição, que funciona na sede administrativa do Tribunal. Os CICs, criados pela Resolução Administrativa 12/2014, pretendem difundir a cultura conciliatória com ênfase ainda maior, incentivando a mediação, na qual empresas e trabalhadores se tornam protagonistas diretos na construção de uma solução para os conflitos.

Os juízes e servidores das 153 varas do trabalho e dos 10 postos avançados da Justiça do Trabalho da 15ª Região que atuam em toda a jurisdição, composta por 599 municípios, também participarão do esforço concentrado de conciliação, com o agendamento de audiências durante a semana. As empresas, os trabalhadores e os escritórios de advocacia interessados em solucionar seus processos mediante proposta de acordo podem solicitar a designação de audiências para tentativa de conciliação na secretaria das varas do trabalho ou através do site http://portal.trt15.jus.br/conciliar. A solicitação também pode ser feita via email: cic@trt15.jus.br.

Iniciativa teve início em 2006

De acordo com o CNJ, a conciliação e a mediação são instrumentos efetivos de pacificação social, solução e prevenção de litígios, e a sua apropriada disciplina nos programas já implementados no país tem reduzido a excessiva judicialização dos conflitos de interesses, a quantidade de recursos e de execução de sentenças. Ao implantar o Movimento pela Conciliação em agosto de 2006, o CNJ teve por objetivo alterar a cultura da litigiosidade e promover a busca de soluções para os conflitos mediante a construção de acordos. O Movimento promoveu encontros e debates sobre o tema e lançou a Semana Nacional da Conciliação, evento anual que abrange todos os tribunais do país.

A Semana Nacional da Conciliação é uma das principais ações institucionais do CNJ, que atua padronizando a campanha, apoiando as ações dos tribunais e promovendo a divulgação. A iniciativa vai ao encontro também da Política Judiciária Nacional de tratamento adequado dos conflitos de interesses no âmbito do Poder Judiciário, prevista na Resolução 125 do CNJ, de 2010.


Fonte: 
- Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região
- ribeiraopretoonline.com.br/
 
 
 Tecnologia facilita negociação de insumos agrícolas
Ferramenta pode ampliar o volume de negociações e a necessidade de um intermediário

A negociação entre compradores e vendedores de produtos agrícolas ganhou uma tecnologia que encurta distâncias e agiliza o processo. Uma empresa de Curitiba (PR), criou uma plataforma que permite comparar propostas comerciais do setor agrícola e fechar transações comerciais.

“Existem muitos fatores que definem o momento certo da venda de insumos agrícolas, como a variação do preço, a necessidade de caixa e a capacidade de armazenamento dos grãos de cada produtor”, diz Antonio Carlos Bentin, fundador e sócio da OSalim.

Antes de criar a empresa, Bentin trabalhou como corretor do mercado de grãos. “Presenciei muitas transações que não tiveram prosseguimento por conta de entraves com intermediários. A informatização vai ajudar muito setor”, afirma.

O uso da plataforma amplia o volume de negociações, elimina distâncias geográficas e a necessidade de um intermediário e reúne todas as informações em um único banco de dados, que fica estruturado no servidor do cliente, segundo Bentin.  “Percebemos a necessidade de integrar a plataforma com os sistemas de gestão das empresas para garantir mais segurança aos compradores. Por isso, o software é customizado para atender às necessidades de cada organização”, afirma.

Produtores rurais e algumas cooperativas estão entre os que já utilizam a plataforma. A maior parte delas fica no Paraná. Um exemplo é a Sementes Mutuca, premiada duas vezes como a produtora de soja mais produtiva do país. Outros são as cooperativas Sementes Castrolanda e Sementes Agrária. Agora, a empresa está desenvolvendo um aplicativo.

A previsão é que o lançamento aconteça no início de 2016. “A ferramenta terá mais funções. O objetivo é atender cada vez mais setores do agronegócio”, diz Bentin.

Fonte: http://revistagloborural.globo.com/
 
 
 Terrorismo. Empresas de tecnologia defendem criptografia.
Terrorismo. Empresas de tecnologia defendem criptografia.

Associação que reúne Apple, Google, Microsoft, Twitter e Samsung diz que colocar backdoors em sistemas de criptografia vai beneficiar os bandidos, em vez de ajudar as autoridades a combater a violência.


O Conselho da Indústria de Tecnologia da Informação (ITIC) divulgou nota na última semana em que critica a posição de diferentes governos de cobrar dos desenvolvedores formas de acessos a informações criptografadas para facilitar o combate ao terrorismo. A entidade representa empresas de tecnologia do mundo inteiro, entre as quais, Apple, Dell, Ericsson, Facebook, Google, Microsoft, Nokia e Twitter.

Em nota, Dan Garfield, presidente da entidade, lembra que a criptografia é usada no dia a dia para impedir criminosos de invadir contas bancárias e sistemas de carros ou aviões, garantindo a segurança dos usuários. “Enfraquecer as ferramentas de criptografia ou criar backdoors para dispositivos que usam a criptografia para facilitar o acesso dos mocinhos criaria, na verdade, brechas que poderiam ser exploradas pelos bandidos”, diz.

Esta não foi a primeira vez que o ITI se posiciona contra a proposta de facilitar o acesso de autoridades aos dados protegidos que transitam na rede. A entidade já havia criticado a proposta do governo norte-americano de pedir a criação de backdoors em dispositivos em julho deste ano. Desta vez, Garfield volta a repetir: “Enfraquecer a segurança com o objetivo de avançar em segurança é algo que não faz o menor sentido”.

Com os atentados terroristas ocorridos recentemente em Paris, o governo dos EUA volta a cogitar a aprovação de leis que obriguem as desenvolvedoras de tecnologias seguras a garantir formas de acessos para agências de inteligência. No começo do ano, o primeiro-ministro inglês David Cameron foi duramente criticado ao sugerir que aplicativos sem backdoors fossem banidos do Reino Unido.

Fonte: telesintese.com.br/
 
 
 Secretaria de Saúde investiga morte de bebê suspeito de ter microcefalia
Secretaria de Saúde investiga morte de bebê suspeito de ter microcefalia
Óbito foi registrado em uma maternidade particular em Teresina.
Bebê tinha hidrocefalia, mas há suspeita também de microcefalia.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) irá investigar a morte de um bebê nascido em uma maternidade particular de Teresina no domingo (22). A suspeita é de que a criança tenha morrido em decorrência da microcefalia, anomalia caracterizada por um crânio de tamanho menor que a média.

Médicos que fizeram o acompanhamento da gestante afirmaram, no entanto, que o bebê foi diagnosticado com hidrocefalia (acúmulo de líquido dentro do crânio) ainda na 23ª semana de gestação, mas que há a possibilidade da criança também ter sido acometida pela microcefalia. A mãe relatou que no quinto mês de gravidez teve uma virose, mas não foi identificado o tipo de vírus.

O G1 ouviu o obstetra Anatóle Borges e ele explicou que uma anomalia não descarta a outra e que ambas podem ter relação com o fato da mãe ter tido zika vírus, mas ainda não há um estudo fechado sobre essa hipótese.
"Um feto com hidrocefalia pode ter ao mesmo tempo a microcefalia porque quando temos o acúmulo de água no cérebro, ele pode contrair e ficar pequeno", falou.
O Piauí está entre os estados com altos números de registros de bebês portadores de microcefalia. São 27 casos somente este ano, um aumento de 350% em relação às notificações no ano passado. As causas ainda estão sendo investigadas. Uma das hipóteses relaciona o aumento de casos a infecções por zika vírus - vírus que foi identificado pela primeira vez no país em abril deste ano.

Diante da alta incidência de bebês nascendo com essa anomalia, a Sesapi instituiu em parceria com outros órgãos como a Universidade Federal do Piauí (UFPI), Fundação Municipal de Saúde (FMS), Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), Maternidade Santa Fé, Ciamca, Laboratório Central do Estado (Lacen) e Ministério da Saúde, o Comitê de Operações de Emergência em Saúde-Microcefalia.

Além do Piauí, outros estados do Nordeste têm registrado um aumento nos casos de microcefalia. Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraíba também relataram preocupação com os últimos dados.
Segundo documento divulgado pela Secretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SEVS/SES-PE), parte das mulheres que tiveram bebês com microcefalia apresentaram erupções na pele durante a gravidez. Apesar de este ser um dos sintomas do zika vírus, não há evidências suficientes para associá-lo à microcefalia, de acordo com o órgão.


Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 Ministra do Meio Ambiente admite que desastre ambiental em Mariana ainda não terminou
Apesar de a dimensão dos estragos do acidente ainda não estar definida, a ministra garantiu que a Bacia do Rio Doce, seriamente afetada pelo mar de lama, será recuperada

A catástrofe ambiental provocada pelo rompimento da barreira da mineradora Samarco em Mariana ainda não terminou, admitiu neste domingo, 22, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Técnicos agora acompanham a trajetória da lama, rumo ao litoral. Apesar de a dimensão dos estragos do acidente ainda não estar definida, a ministra garantiu que a Bacia do Rio Doce, seriamente afetada pelo mar de lama, será recuperada. "Devolveremos a bacia", prometeu Izabella, ao dizer que ela poderá ficar "em melhores condições".

A ministra admite estar diante do pior desastre ambiental enfrentado pelo Brasil. Mas afirma que o episódio pode ser considerado como um "aprendizado." "Todas as vezes que problemas como esses ocorrem, há uma tendência de se rever parâmetros. Vamos discutir todo aperfeiçoamento necessário", argumentou.

A preocupação maior, nesta primeira etapa, é acompanhar a trajetória da lama procedente da barragem, que rompeu dia 5, provocou 8 mortes e deixou 15 pessoas desaparecidas. Entre as questões mais urgentes estão garantir o abastecimento de água para população da área afetada e garantir a retomada da pesca.

Izabella afirmou que um comitê de avaliação e monitoramento, integrado por representantes da sua pasta, por governos estaduais e municipais está trabalhando de forma coordenada. Além de tentar reduzir o impacto dos estragos causados pelo rompimento, o grupo se debruça para avaliar medidas de compensação que tem de ser cobradas, como multas e indenizações.

Para a ministra, o episódio mostra a necessidade da inovação do modelo de governança. "Todos os relatórios estarão disponíveis. Temos de ser transparentes", completou. Entre documentos que serão divulgados estão estudos da Agência Nacional de Águas e laudos do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

Uma das principais dúvidas sobre o impacto do acidente está relacionada à composição da lama e quanto tempo ela deve permanecer no ambiente. Quando do rompimento da barragem do Fundão, em Mariana, a empresa Samarco garantiu que os rejeitos não eram tóxicos. Até agora, no entanto, nenhum dado foi entregue às autoridades públicas para comprovar que essa afirmação é verdadeira.

O abastecimento de água em Colatina, cidade no Espírito Santo que foi atingida pelo mar de lama, foi suspenso. Voluntários iniciariam uma operação para tentar resgatar peixes do Rio Doce, onde vivem cerca de 70 espécies nativas.

Uma operação semelhante foi feita em Linhares, mas desta vez organizada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente. A ideia é manter mostras de espécies nativa para que depois elas possam ser usadas, se necessário, para repovoar o rio atingido pelos desejos da mineradora.

Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/
 
 
 Biólogos alertam para consequências gravíssimas no Rio Doce
Segundo especialistas, a mortandade visível é só o começo de uma série de danos ao ecossistema da região.

Na foz do Rio Doce, o maior risco é que a lama quebre a cadeia alimentar das espécies.
A presença de urubus já é um triste sinal de tem bicho morto nas praias de ondas marrons. Boiando no rio de lama, caídos na areia suja.

Os técnicos recolhem tudo para exame. Enquanto isso, os biólogos alertam que a mortandade visível é apenas uma ''pontinha do iceberg''. O problema maior, e de mais longo prazo, é a extinção de plâncton e outros micro-organismos que formam a base da cadeia alimentar - principalmente na foz do Rio Doce, reduto de reprodução de animais aquáticos.

“Afetando o plâncton, vai estar afetando quem diretamente? As larvas e peixes que nascem, que se alimentam desses plânctons. Essas larvas sevrem de alimento para peixes um pouco maiores, que servem de alimentação pra todas espécies de peixes carnívoras, pra quase todas a aves que se alimentam de peixes e depois cobras, lontras, ariranhas, jacarés. Até chegar na onça”, conta Paulo Ceccarelli.

Paulo Ceccarelli é analista ambiental do CEPTA, Centro de Pesquisa de Biodiversidade Continental e do Instituo Chico Mendes. Ele diz que nem precisa fazer testes para comprovar a presença da lama nos igarapés que formam o manguezal.

Paulo mostra uma prova irrefutável da presença de rejeitos de mineração: a lama marrom que deixa resíduos depositados na margem.

Além do estuário, está o mar. A equipe do Jornal Nacional foi exatamente à barra do Rio Doce, na foz, onde o rio marrom muda a cor do Atlântico. E essa é uma das grandes preocupações dos ambientalistas: descobrir como o oceano vai reagir ao mar de lama.

“É difícil prever, porque depende de movimento de maré, de onda, de vento e do próprio sedimento. Quanto mais ele adentrar o mar, melhor pra essa vida aqui”, diz Carlos Sangália, vice-presidente do Comitê da Bacia do Rio Doce.
O Tamar, programa de conservação de tartarugas marinhas, declarou que a média de desova nas praias ao sul e ao norte da foz do Rio Doce caiu de 40 pra menos de 20 por dia. Outras mudanças irão acontecer. Mas quais serão as consequências dessas alterações? Quanto tempo elas vão durar? Por enquanto, só a natureza e o tempo têm as respostas.

Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 A Microsoft liberou uma grande atualização para seu aplicativo Fotos, também conhecido como a galeria padrão do Windows 10
A Microsoft liberou uma grande atualização para seu aplicativo Fotos, também conhecido como a galeria padrão do Windows 10, seja em dispositivos móveis ou em desktops. Agora em sua versão 15.1118.12032.0, o app recebeu uma série de novidades interessantes, permitindo que o usuário consiga realizar ainda mais tarefas sem precisar apelar para outras aplicações.
Além de correções de bugs e melhorias gerais de desempenho, tivemos a chegada da edição de vídeos diretamente da galeria, evitando assim que você tenha que utilizar outra ferramenta para cortar o clipe e manter apenas o momento exato desejado. Com isso, é esperado que um número maior de funções relacionadas ao assunto chegue nas próximas semanas ao Fotos, permitindo que outros tipos de alterações possam ser realizadas de maneira prática e rápida.
Além disso, agora é possível criar álbuns manualmente com suas fotografias e vídeos preferidos, bastando ir até a aba Álbuns e tocar no pequeno símbolo "+" na parte inferior da tela. Após isto, você poderá escolher os itens que seja inserir, o nome do álbum e até mesmo a ordem em que as imagens serão exibidas, podendo compartilhar o conteúdo por meio de um link do OneDrive ou simplesmente guardá-lo para visualização futura.
Por último, temos uma novidade inserida pela atualização conjunta do "plug-in de Fotos" que modifica a forma como a Captura Rica funciona. A partir de agora é exibida logo de início a prática barra deslizante para que você escolha o melhor modo de edição, ao invés das quatro opções disponibilizadas anteriormente. Com isso, a função se torna muito mais intuitiva e dinâmica, já que não será preciso passar por várias configurações até finalmente conseguir terminar a sua personalização na imagem.
Caso não tenha sido alertado pela atualização do Fotos, basta acessar diretamente a Windows Store e realizar o download de cerca de 9MB na versão mobile e 55MB no desktop, lembrando que apenas as opções de criação de álbuns e edição de vídeos estão disponíveis para computadores.
 
 
 Minecraft Pocket e Windows 10 Edition ganham templos no deserto, coelhos e mais
Microsoft continua melhorando uma de suas mais exitosas aquisições nos últimos anos, a franquia de jogos Minecraft adquirida da Mojang. E as novas atualizações que chegam para todas as principais plataformas atualiza a lista de materiais, inclui templos nos desertos e mudanças nos comportamentos das criaturas, além de outras novidades.
Na descrição do jogo nas lojas de aplicativos do Windows, Android e iOS nós lemos que com Minecraft você pode construir qualquer coisa, de abrigos improvisados aos mais grandiosos castelos, sendo possível não somente criar como também explorar o seu próprio mundo, onde o único limite é o da sua imaginação.
Os jogadores iniciarem sua jornada agora são alertados a construírem um bom abrigo antes que caia a noite, como medida de proteção contra os monstros. Você poderá encontrar materiais e confeccionar ferramentas, itens, comida e armas para sobreviver. Um modo multijogador na rede local também está presente, permitindo unir até 4 amigos, mesmo que em multiplataformas usando Minecraft: Pocket Edition.
Mergulhe em um mundo gigantesco, agora com novas melhorias nos efeitos de clima, com acúmulo de neve, transições suaves e até tempestade de neve. Inclui ainda galinhas, zumbis, porcos, barcos, esqueletos armados, ba ta tas, lulas bebês, itens encantados, aldeões, ovelhas tosquiadas, golens de ferro, poções, ghasts, picaretas, cenouras e muito, mas muito mais. Confira a descrição completa das novidades na versão 0.13.0:
Circuitos de redstone básicos, entre eles o cabo de redstone; o primeiro conjunto dos produtores de redstone (sensores de luz solar, placas de pressão, ganchos de armadilha e outros); e o primeiro conjunto dos consumidores de redstone (trilhos do ativador, blocos de nota musical, TNT, alçapões e outros). As funções restantes do redstone já estão chegando... fique ligado.
Templos no Deserto! Mas talvez deva ficar fora do telhado... não diga que não avisamos.
Mantenha os zumbis afastados com portas de Pinheiro, Eucalipto, Selva, Acácia e Carvalho Escuro.
Lindos e fofos coelhos comedores de plantações!
Os links para download ou atualização estão logo abaixo. A versão para Android custa R$ 20, para iOS (requer a versão 5.1+ e 27MB) sai a US$ 7 e no Windows fica por R$ 16 (Pocket Edition) ou R$ 24 (Windows 10).
https://play.google.com/store/apps/details?id=com.mojang.minecraftpe
https://itunes.apple.com/br/app/minecraft-pocket-edition/id479516143?mt=8
https://www.microsoft.com/pt-br/store/games/minecraft-pocket-edition/9wzdncrdzsbb?tduid=(bd6081230b0f1475023a0c1e3f1b1dd0)(259740)(2542549)(d_wp)()
https://www.microsoft.com/pt-br/store/games/minecraft-windows-10-edition-beta/9nblggh2jhxj?tduid=(bd6081230b0f1475023a0c1e3f1b1dd0)(259740)(2542549)(d_wp)()
 
 
 Como desativar o gerenciamento automático de impressoras no Windows 10 v1511
Confira neste artigo como desativar o gerenciamento automático de impressoras no Windows 10 v1511 (Threshold 2), que foi lançado no último dia 12 de novembro.
Quando o gerenciamento automático está ativado, o Windows 10 v1511 sempre definirá como padrão a impressora usada recentemente pelo usuário.
Por exemplo, se você tem duas impressoras em um pequeno escritório, impressora A e impressora B, e usar a impressora B, ela será definida como padrão automaticamente caso a opção esteja ativada. Se você usar a impressora A depois dela, então ela será definida como padrão pelo Windows também automaticamente.
Se você não gosta deste comportamento, é possível desativá-lo facilmente.
Como desativar o gerenciamento automático de impressoras no Windows 10 v1511
Siga os passos abaixo para desativar o gerenciamento automático de impressoras no Windows 10 v1511:
- No menu Iniciar, clique em Configurações:
- Agora clique em Dispositivos:
- Na categoria Impressoras e Scanners, mova o slider da opção Deixar o Windows gerenciar minha impressora padrão para aposição Desativado:
Nota: A categoria Impressoras e Scanners no app Configurações oferece apenas controles básicos. O Painel de Controle clássico ainda é a melhor opção para adicionar, remover e configurar impressoras, já que ele oferece maior controle sobre elas:
A categoria Impressoras e Scanners no app Configurações oferece apenas controles básicos. O Painel de Controle clássico ainda é a melhor opção para adicionar, remover e configurar impressoras, já que ele oferece maior controle sobre elas
 
 
 Quer ganhar 20GB de espaço em disco no Windows 10?
Apesar de actualmente os discos terem uma boa capacidade de armazenamento, é verdade que quem tem hardware mais antigo tem ,normalmente, problemas relacionados com falta de espaço. A falta de espaço afecta a performance do Windows, ainda mais em alturas como as que atravessamos, com a chegada do Windows 10 e das primeiras actualizações.
O Windows faz uma gestão criteriosa deste espaço mas, por vezes, não consegue impor-se à vontade dos utilizadores mesmo quando recebem vários alertas. Hoje vamos dar uma dica simples e tentar libertar mais de 20 GB.
Esta dica deve ser aplicada não apenas por quem já recebeu um alerta de falta de espaço, mas sim por todos os que realizaram recentemente a actualização para o Windows 10 ou para a primeira grande actualização deste.
O que vai acontecer é que o próprio Windows vai eliminar ficheiros que não precisa, ganhando assim o tão desejado espaço.
Pode não parecer lógico que o Windows mantenha tanto espaço em disco ocupado com elementos temporários, mas a verdade é que estes podem acabar por ser úteis.
Como libertar espaço no Windows 10?
Esta dica vai apenas adicionar uma opção à limpeza de disco, que na verdade faz toda a diferença na hora de limpar o “lixo”. Na prática vão ser removidas versões anteriores do Windows e que não fazem qualquer falta.
Comecem por abrir a pesquisa e escrevam disco. Vão ver surgir a opção Limpeza do disco. Escolham essa opção e acedam à interface do Windows para limpeza compulsiva dos ficheiros desnecessários.
Já nessa interface de limpeza do disco vão poder ver os ficheiros que têm marcados para remoção. Mesmo podendo ter aí um volume considerável, devem aceder a uma segunda zona, onde vão descobrir muito mais.
Escolham então a opção de acesso aos ficheiros do sistema para que a pesquisa seja ainda mais exaustiva.
De imediato o Windows vai “olhar” para os seus ficheiros e identificar aqueles que podem ser eliminados, sem que isso influencie o comportamento do sistema operativo.
Esta pesquisa demorará o tempo necessário para que todo o disco seja avaliado e determinar quais os ficheiros que podem ser eliminados.
Depois dessa pesquisa a janela de limpeza do disco vai voltar a surgir, mas agora com os elementos do sistema disponíveis. Desçam na lista e procurem a opção Instalação(ões) anterior(es) do Window.
No nosso caso estavam mais de 24GB disponíveis para serem eliminados, o que é um ganho considerável de espaço. Estes valores podem variar, dependendo das instalações anteriores que existirem.
Podem aproveitar e avaliar outros itens que estejam nessa lista e que vos permitam ganhar mais espaço. Após uma avaliação criteriosa o PC do Pplware conseguiu libertar perto de 32 GB de espaço.
Esta é uma manutenção que se pode habituar a fazer periodicamente e assim garantir que todo o espaço que o Windows ocupa está limitado ao que realmente necessita, evitando ter ficheiros temporários desnecessários ou outros que estão apenas a ocupar espaço que tanta falta faz.
 
 
 Windows 10 Como usar a função Snap e abrir mais de um app na tela
O Windows 10 recebeu uma grande atualização na ferramenta Snap, que divide a tela em mais de um aplicativo. Embora a função não seja nova, a Microsoft adicionou atalhos e liberou um recurso para abrir e redimensionar até quatro programas diferentes ao mesmo tempo.
Confira o passo a passo e aprenda a usar o Snap no novo sistema operacional da Microsoft no modo desktop e no modo tablet. A função ajuda a economizar tempo e aumentar a produção de trabalhos. 
- Modo desktop
Se você utiliza um computador sem tela sensível ao toque, o Windows Snap pode ser ativado de diversas formas. Confira as dicas.
Dica 1. Arrastando a janela
Passo 1. Quando quiser dividir a tela do Windows, arraste a primeira janela para uma das laterais do display;
Passo 2. O assistente da Microsoft vai exibir miniaturas das janelas abertas na outra lateral. Clique na que for da sua preferência.

Dica 2. Atalhos no teclado
Passo 1. Para dividir a tela do Windows usando o teclado, basta apertar a “tecla Windows” e a seta para a lateral onde você quer colocar. Como exemplo, usaremos “Windows+Seta para esquerda”;
Paaso 2. O assistente do Windows vai exibir a miniatura na lateral oposta. Navegue com as setas do teclado e, quando escolher, pressione Enter para abrir.

Dica 3. Como abrir três ou quatro janelas
Passo 1. Posicione uma janela normalmente em uma das laterais utilizando o teclado;
Passo 2. Aperte “Windows+Seta pra cima” para posicioná-la no parte superior ou “Windows+Seta para baixo” para parte inferior;
Passo 3. Abra outro programa e repita a operação até que você abra o número de janelas desejado.

Dica 4. Redimensionando as janelas
Passo 1. Após o Update 1 do Windows 10, é possível redimensionar ambas as janelas no modo desktop ao mesmo tempo. Para isso, coloque o mouse em cima da divisão entre os programas e aguarde que a linha fique sombreada;
Passo 2. Arraste para a direita ou esquerda para redimensionar a tela. Quando terminar, solte o Mouse.

Dica 5. Arraste conteúdo entre programas
Se quiser, o usuário também pode usar o modo Snap para arrastar conteúdo entre as janelas abertas. Isso funciona, por exemplo, entre janelas do Explorer; navegador da Web e editor de texto; arquivos PDF e aplicativos de tradução, entre outros.
- Modo tablet
O modo tablet do Windows também conta com o modo Snap turbinado. Confira como executar as principais tarefas.

Dica 1. Abrir dois aplicativos na tela
Passo 1. Abra um aplicativo e arraste o dedo do canto superior da tela até a metade dela para que se solte. Em seguida, arraste o app para uma das laterais até criar um sombreado;
Passo 2. O assistente do Windows mostrará apps na lateral oposta. Escolha com qual você deseja dividir a tela.

Dica 2. Como trocar um aplicativo
Passo 1. Com dois apps abertos, arraste o dedo no canto esquerdo da tela ou toque sobre o botão de gerenciar aplicativos na barra de tarefas;
Passo 2. Escolha um programa na lista e, enquanto ele flutua na tela, indique um canto para que se posicione.

Dica 3. Como redimensionar os apps
Passo 1. Toque na divisória entre os aplicativos e arraste-a para a direita ou esquerda;
Passo 2. Solte quando encontrar o tamanho adequado.
Alguns aplicativos do Windows precisam de um tamanho mínimo para funcionar. Por isso, pode ser que alguns desses apps fiquem inacessíveis;

Dica 4. Maximizado um dos apps
Passo 1. Para exibir um app em tela cheia novamente, basta tocar na divisória e arrastar até o canto, fazendo com que o programa desejado ocupe a tela inteira;
Passo 2. O outro aplicativo não será encerrado. Caso queira usá-lo, basta arrastar o dedo na extremidade esquerda da tela ou tocar no botão de aplicativos da barra de tarefas.
Pronto. Agora você já sabe como usar o Windows Snap para trabalhar com mais de um aplicativo no modo tablet ou desktop.
 
 
 Como usar o Snip, nova ferramenta de prints e anotações do Windows 10
O Snip é uma ferramenta nativa do Windows 10 que ajuda a tirar prints. O recurso acaba com a dificuldade que os usuários tinham em capturar imagens da tela, algo que concorrentes como o OS X sempre se destacaram com a facilidade. 
Confira como tirar proveito do app, que também permite fazer anotações, desenhar na tela, gravar comentários por voz e compartilhar com os amigos. O recurso de screenshot acaba com a dificuldade em procurar o print na área de transferência e colar no Paint.
Capturando prints
Há duas maneiras de tirar prints com o Snip: clicando na janela flutuante do app na tela ou usando o botão dedicado no teclado. Em ambos os casos, o usuário vê um cursor que permite delimitar a área exata de captura, bastando, para isso, clicar e arrastar o ponteiro do mouse.
Para capturar exatamente o que se deseja, a ferramenta oferece uma lupa digital. Com o zoom, é possível posicionar o mouse no pixel correto e, assim, capturar a imagem da tela com mais detalhes possíveis.
Editando prints
Assim que um print é tirado, a imagem vai parar dentro do Snip, em uma biblioteca própria de imagens. Lá, o usuário pode exclui-las ou dar um duplo-clique para expandir o screenshot e incluir anotações.
Há pincéis de várias cores e tamanhos para fazer marcações, o que ajuda em relatórios e catalogação de sites para estudos. A barra de ferramentas do Snip também oferece botões de borracha, além do recurso copiar, que coloca a imagem na área de transferência do Windows.
Desenhando
O Snip também serve para fazer desenhos livres, como no Paint. Basta clicar no ícone central da janela pop-up do app para abrir uma tela em branco, com espaço suficiente para fazer todo tipo de rabisco com pincéis coloridos. No final, é possível clicar em “Copy” para colocar o desenho criado direto na área de transferências ou colar em outro aplicativo.
Capturando fotos da webcam
O terceiro botão da interface do Snip abre uma janela para a webcam integrada ou para qualquer outra câmera ligada ao computador. Você pode tirar fotos de si mesmo, anotar e rabiscar na imagem livremente. É uma maneira simples, por exemplo, de obter uma foto sua para a conta de usuário do Windows 10.
Gravando comentários
Em qualquer print, desenho ou foto da webcam, o Snip permite ainda gravar comentários usando a voz. Dedicado a quem está fazendo fichamentos e relatórios, o recurso tem um botão próprio no menu superior e pode ser usado quantas vezes quiser para criar uma narração sobre a imagem. No final, você pode dar Play para ver o resultado.
Salvando e compartilhando
Os prints são salvos por padrão como PNG e podem ser armazenados na área de transferência (botão "Copy") ou em pastas do sistema (botão "Save"). O botão "Compartilhar" permite enviar a imagem por e-mail usando um aplicativo de mensagens padrão do Windows 10, que pode ser o Outlook.com, o Mail ou outro instalado e configurado pelo usuário.
Os prints com comentários de voz oferecem mais opções de envio. Armazenados no formato de vídeo em MP4, as imagens podem ser salvas na máquina ou compartilhadas por meio de link para assistir online. Esse mesmo endereço gerado pode ser copiado para a área de transferência ou usado para enviar por e-mail junto com uma imagem.
 
 
 ProShot recebe atualização e promete versão para Windows 10 Mobile em breve
Um dos populares aplicativos de terceiros para as câmeras dos aparelhos Windows Phone, ProShot, recebeu uma atualização. E além disso, uma notícia agradável: os desenvolvedores do app, Rise Up Games, anunciaram oficialmente que uma versão 10 do Windows está em desenvolvimento.
A atualização recente trouxe o app para a sua versão de número 5.6.1.1, e seu changelog afirma que foi aprimorada o seu recurso de "gerenciar função original para grandes conjuntos de dados". Também foram realizadas algumas otimizações e melhorias sem maiores detalhes. Apesar de não trazer grandes mudanças nessa atualização, as notas de versão também falam sobre sua próxima versão 10 do Windows, que será construída do zero. Possivelmente esse é o motivo para poucas atualizações no app atual.
"Obrigado a todos vocês por seu amor e apoio ao longo dos anos. Tem sido uma jornada incrível, e estamos muito gratos à comunidade do Windows por ter-nos. Estamos felizes em anunciar que estamos a trabalhar arduamente sobre a próxima versão do ProShot, construído a partir do zero e projetado especificamente para o Windows 10. Ele está realmente indo para ser algo especial, e não podemos esperar para compartilhar com você. Teremos mais detalhes nas próximas semanas. Por favor, siga-nos no Twitter RiseUpGames para as últimas informações."
Mais informações sobre o ProShot para Windows 10 deverão chegar em breve, e se o leitor é usuário do aplicativo ou tem interesse pelas próximas notícias, poderá acompanhar as futuras novidades pelo Twitter.
O serviço é muito bem avaliado pelos seus usuários e possui recursos bem úteis, tais como ajuste de velocidade do obturador, ISO, balanço de brancos, compensação da exposição, ajustes de foco e flash, luz auxiliar para foco. Os modos de disparo incluem disparo contínuo (até 5 FPS), temporizador de selfie, intervalômetro (para timelapse) e HDR.
O app está disponível em sua nova versão na página do ProShot na Windows Store e custa R$ 10,30.
 
 
 Windows 10: libere espaço no HD excluindo apps pré-instalados com o 10AppsManager
Windows 10 foi lançado pela Microsoft como uma união do que há de melhor nos antecessores Windows 7 e 8/8.1. E um entre os aspectos controversos que o novo sistema herdou da versão lançada em 2012 é a presença de aplicativos pré-instalados, prontos para rodar em uma interface Modern. São soluções práticas para usuários que realmente necessitam delas, mas para os demais significam apenas menos espaço livre no disco rígido, mas há uma forma muito simples de resolver essa situação.
A remoção de aplicativos pré-instalados no sistema pode ser feita de maneira manual com o conhecimento técnico adequado, mas não é nada prático excluir aplicativo por aplicativo em um total de até 23 por meio do PowerShell. Pensando em tornar essa tarefa menos complexa e acessível a todos os usuários é que foi criado o 10AppsManager, um aplicativo com interface simples que exibe a lista de aplicativos elegíveis para remoção e permite realizar a exclusão com um simples clique.
Como percebemos nas imagens acima e abaixo, ao abrir o 10appsmanager você poderá não apenas remover os aplicativos indesejados como também restaurar todos eles para o sistema, um processo que infelizmente não permite selecionar apenas um app específico (para a reinstalação). Também se recomenda que antes de realizar a remoção de apps para liberar espaço no disco rígido seja criado um ponto de restauração para eventuais erros.
Os interessados podem baixar o 10AppsManager gratuitamente por meio do link abaixo, ele pesa irrisórios 70k e não precisa ser instalado, basta executar e realizar a limpeza no Windows 10.
http://www.thewindowsclub.com/downloading-10appsmanager
 
 
 Hello Windows 10 acessa câmera sem você pedir veja como desligar
A Microsoft implementou no Windows 10 um recurso de segurança que permite  desbloquear o computador usando reconhecimento facial, o Windows Hello. Porém, há questões polêmicas sobre privacidade. O problema está na ativação automática da webcam, que pode ser feita pelo sistema mesmo que o dono tenha desabilitado o componente por completo nas configurações. Ou seja, mesmo quando a câmera está desligada, ela ainda pode rastrear a face do usuário no momento do login.
Essa característica foi percebida por alguns usuários. Segundo relatos, mesmo que a câmera seja completamente desabilitada nas configurações, o Windows Hello se sobrepõe a essa escolha e liga o hardware para fazer a leitura de face. A ativação é avisada pelo acendimento do LED da câmera ou por meio de notificação em computadores que não têm essa luz indicativa de status.
Se você quiser desabilitar a sua câmera por completo e ter o controle total das imagens capturadas pelo computador, o único jeito é desativar o Windows Hello e voltar a fazer o login somente com senha. 
Confira como desligar o Windows Hello e a câmera do computador:
Passo 1. Acesse as configurações do Windows;
Passo 2. Vá até a opção “Contas”;
Passo 3. Clique em “Opções de Entrada”;
Passo 4. Na seção “Windows Hello”, procure por “Entrada com Face” e desabilite a função.
Depois disso, o Windows não terá mais permissão de ligar a sua câmera sem um aviso prévio, o que deverá deixar mais tranquilos aqueles que querem garantia de que não estão sendo “vigiados” – embora a Microsoft garanta que os dados do rastreio de face são mantidos offline, vale considerar o histórico de obtenção de informações pessoais do Windows 10, que pode não ser nada bom.
 
 
 Windows 10 Como rastrear e localizar seu PC em caso de roubo
O Windows 10 tem uma ferramenta valiosa para garantir a segurança e a privacidade do usuário: o rastreamento de computadores e tablets com o sistema. O recurso grava a última localização do dispositivo assim que o aparelho se conecta à Internet, para que você possa localizá-lo em caso de perda ou roubo.
O serviço já funciona de forma parecida no iPhone, Android e Windows Phone. Se você quer ficar mais seguro, confira no tutorial como buscar e localizar seus dispositivos com o sistema de rastreamento da Microsoft.
Etapa 1. Ativar o rastreamento
Passo 1. Abra as configurações do Windows;
Passo 2. Escolha a opção “Atualização e Segurança”;
Passo 3. Escolha a seção “Localizar meu Dispositivo” na parte esquerda da tela;
Passo 4. Toque sobre o botão "Alterar" indicado na tela;
Passo 5. Toque sobre a chave para ativar o recurso;
Pronto! Agora o Windows vai guardar localização do seu dispositivo periodicamente para que você saiba onde localizá-lo;

Etapa 2. Procurar pelo seu dispositivo
Passo 1. Abra o navegador e acesse a página “account.microsoft.com/devices”;
Passo 2. Na página que aparece, toque sobre a opção “Entrar”;
Passo 3. Faça login com seu e-mail e senha utilizados no Windows 10 do dispositivo perdido ou roubado;
Passo 4. O Windows 10 exibirá uma lista com todos os dispositivos conectados à sua conta. Localize o seu computador e observe que a página fornece uma prévia da última localização dele;
Passo 5. Se quiser ter mais informações sobre a localização do dispositivo, toque sobre o link “Localizar Meu Dispositivo”. Uma página será aberta com o mapa e a localização onde o computador foi detectado pela última vez.
Pronto! Agora você sabe como localizar um PC com Windows 10 roubado ou perdido. Por enquanto, a Microsoft ainda não permite o bloqueio à distância nem formatação do PC, como ocorre nos celulares.
 
 
 Dois meses após anúncio, maior parte do ajuste fiscal não 'decolou'
Metade do ajuste seria implementada por meio da reativação da CPMF.
Para analistas, pode haver rombo e nova perda do grau de investimento.

Dois meses depois de anunciar um pacote de R$ 64,9 bilhões para tentar acabar com o buraco nas contas de 2016, o governo conseguiu colocar muito pouco em marcha. Desse valor todo, apenas pouco mais de R$ 10 bilhões já “entraram em vigor”, segundo levantamento feito pelo G1.
O anúncio foi feito no dia 14 de setembro pelos ministros da Fazenda, Joaquim Levy, e do Planejamento, Nelson Barbosa, para tentar reverter o mal-estar causado no mercado pela admissão, dias antes, de que as contas do próximo ano teriam um rombo de R$ 30,5 bilhões – e que levou o país a perder o grau de investimento pela agência Standard & Poor’s.
O objetivo das medidas é atingir um superávit primário (receitas menos despesas, sem contar juros da dívida) de 0,7% do PIB, ou R$ 43,8 bilhões, para todo o setor público no ano que vem.
Mas de todo o pacote fiscal, o que está valendo e é, de fato, certo para o ano que vem, é pouco perto do que foi anunciado – e o cenário permanece indefinido. O mercado financeiro, até o momento, ainda não acredita que será possível que as contas públicas voltem ao azul no ano que vem.
Até o momento, o governo alterou as alíquotas de ressarcimento do Reintegra (de estímulo às exportações), que subirão em dezembro, com melhora da arrecadação de R$ 2 bilhões em 2016, além da mudança de fonte do Minha Casa Minha Vida (impacto de R$ 4,8 bilhões no ano que vem) – parte dos recursos virá do lucro do FGTS, não do Orçamento da União. O governo informou ainda que cortará R$ 3,8 bilhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), sem contar o Minha Casa Minha Vida.

CPMF
A principal medida defendida pela equipe econômica, o retorno da Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF), com alíquota de 0,2% e previsão de arrecadar R$ 32 bilhões em 2016, enfrenta fortes resistências na sociedade e entre os parlamentares e sequer começou sua tramitação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) – o primeiro passo no 
Congresso Nacional.

Depois disso, ainda teria de passar por uma comissão especial e por duas votações no plenário da Câmara, além de comissões e duas votações no plenário do Senado Federal para ter validade. Nos plenários da Câmara e do Senado, precisa do apoio de 3/5 dos parlamentares. Também seria preciso cumprir noventena (90 dias) para começar a produzir efeitos na arrecadação.


Medidas Provisórias
Algumas ações foram implementadas por meio de Medidas Provisórias e já estão valendo. Entretanto, pelas regras, elas ainda têm de ser confirmadas pelo Congresso Nacional em até 120 dias ou perdem a validade. Nesse caso, teriam pouco impacto no orçamento do ano que vem. São elas: mudanças no regime especial da indústria química, nos juros sobre capital próprio e no Imposto de Renda sobre ganhos de capital.


Sequer foram enviadas
Outras medidas anunciadas há dois meses, como a redução de 30% nas alíquotas do Sistema S e Sebrae e oneração da contribuição previdenciária incidente sobre a folha em 0,9% e também a dedução do valor devido ao Sesi, Sesc e Sest equivalente ao benefício do IRPJ pela exclusão dos dispêndios com pesquisa tecnológica, sequer foram publicadas no “Diário Oficial da União”. Essa informação foi divulgada pelo Ministério da Fazenda.
O impacto estimado destas medidas é de R$ 8 bilhões. A equipe econômica anunciou, em setembro, que elas seriam implementas por meio de Medida Provisória.


Despesas
No campo do corte de despesas, também não há certeza de que o governo será capaz de passar no Congresso medidas equivalentes a todo o valor anunciado há dois meses, de R$ 26 bilhões.
Alguns ofícios foram enviados à Comissão Mista de Orçamento, como adiamento de reajuste de servidores e suspensão de concursos, e ainda estão sendo avaliados pelos parlamentares.
Sobre a redução do gasto constitucional com Saúde, com impacto estimado de R$ 3,8 bilhões no ano que vem, o Ministério do Planejamento informou que a implementação deste item depende do processo que ainda está em curso na Comissão Mista de Orçamento.
Outras medidas, como a reforma administrativa, ainda estão sendo gradativamente implementadas pelo governo. Questionado pelo G1 se as medidas atingirão o impacto estimado de R$ 2 bilhões em 2016, o Ministério do Planejamento não respondeu.


Mercado já vê resultado negativo em 2016
As incertezas em torno do pacote fiscal e seu real impacto nas contas públicas já se refletem nas projeções do mercado financeiro. Na semana anterior ao anúncio das medidas, em 11 de setembro, a expectativa dos bancos, colhida por meio da pesquisa semanal feita pelo Banco Central, era de um resultado neutro, ou seja, sem déficit nem superávit, nas contas do setor público consolidado em 2016. Na semana passada, o mercado já estimava um déficit primário, ou seja, um rombo, de 0,5% do PIB para o ano que vem.


Três anos seguidos de rombo nas contas
Se confirmado, será o terceiro ano seguido em que as contas públicas ficarão no vermelho. No ano passado, as contas de todo o setor público (governo, estados, municípios e empresas estatais) registraram o primeiro déficit primário (receitas menos despesas, sem contar juros) anual da história. Em 2014, o déficit primário foi de R$ 32,53 bilhões, ou 0,63% do PIB.
Neste ano, o secretário do Tesouro Nacional, Marcelo Saintive, admitiu que o rombo nas contas pode superar a marca de R$ 100 bilhões, caso não ocorra, em 2015, o leilão das hidrelétricas, previsto para novembro, e que tenham de ser pagas neste ano todas as "pedaladas" fiscais do ano passado – as dívidas da União com os bancos públicos.


Pacote fiscal 'em aberto'
Para o economista Mansueto Almeida, especialista em contas públicas, o pacote fiscal anunciado em setembro pela equipe econômica ainda está "em aberto". "Aquele pacote de corte de despesas não está muito claro. Não se sabe se vão conseguir postergar aumento de servidor. E a CPMF não tem nem relator ainda na Comissão [de Constituição e Justiça]. Agora não tem clima para a CPMF no Congresso e na sociedade. Não há sinalização positiva de ajuste fiscal para o país", avaliou.



Fonte: g1.globo.com
 
 
 'Inflação do aluguel' acumula alta de 10,61% em 12 meses, diz FGV
De outubro para novembro, IGP-M perdeu força, chegando a 1,45%.
Desaceleração dos preços no atacado influenciou resultado na 2ª prévia.

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), também conhecido como inflação do aluguel porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, desacelerou para 1,45% na segunda prévia de novembro, depois de avançar 1,86% no mesmo período de outubro.

Com isso, o indicador acumula alta de 9,92% no ano, e e de 10,61% em 12 meses - número acima do teto da meta de inflação do Banco Central, de 6,5%, e do mercado financeiro, que estima para o IPCA uma taxa de 10,04% no final deste ano. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (19) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Usado no cálculo do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que avalia os preços no atacado, perdeu força, passando de 2,63% para 1,88%. A variação dos produtos agropecuários recuou de 3,55% para 2,26% e dos industriais, de 2,27% para 1,74%.

Já o indicador que mede os preços no varejo e também entra no cálculo do IGP-M acelerou da segunda prévia de outubro para a mesma prévia do mês seguinte. De 0,57% passou para 0,78%, com destaque para o grupo alimentação, cuja taxa passou de 0,35% para 0,90%.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), que também é usado no cálculo mas que possui o menor peso no IGP-M, apresentou variação de 0,29%, contra 0,14% no mês anterior.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 BC do Japão mantém política monetária mesmo diante de recessão
Expectativa é que a economia vá em breve sair da recessão.
'Economia do Japão continuou a se recuperar de forma moderada', diz BC.

O banco central do Japão manteve a política monetária nesta quinta-feira (19), provavelmente esperando que a economia vá em breve sair da recessão com um mercado de trabalho apertado elevando os salários e sustentando o consumo.

"A economia do Japão continuou a se recuperar de forma moderada, embora as exportações e a produção tenham sido afetadas pela desaceleração em economias emergentes", disse o banco central em comunicado, mantendo sua avaliação econômica.
O banco central reiterou sua promessa de elevar a base monetária, ou dinheiro e depósitos no banco central, a um ritmo anual de 80 trilhões de ienes (US$ 650 bilhões) através de compras de títulos do governos e ativos de risco.

A decisão foi por 8 votos a 1.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Desemprego atinge maior taxa para outubro desde 2007, diz IBGE
Índice passou de 7,6% em setembro para 7,9% em outubro.
População desocupada chegou a 1,9 milhão, o maior número desde 2002.

A desocupação no Brasil aumentou e os salários dos trabalhadores empregados sofreram redução mais uma vez. De setembro para outubro, a taxa de desemprego passou de 7,6% para 7,9% - o índice mais elevado para outubro desde 2007, quando a desocupação chegou a 8,7%.

A população desocupada somou 1,9 milhão de pessoas e mostrou um aumento de 67,5% em relação a outubro de 2014, quando a taxa era de 4,7%. "Foi a maior variação [na comparação anual] da população desocupada na série histórica da pesquisa, em 2002", de acordo com o IBGE. Em relação a setembro, o número de desocupados ficou praticamente igual.

Consequentemente, a população ocupada diminuiu e chegou a 22,5 milhões. Frente a setembro, o recuo foi de 1% e contra outubro de 2014, de 3,5%. A população não economicamente ativa cresceu 1,4% na comparação mensal e quase 3%, na anual.

Na análise das áreas que empregam os brasileiros, a população ocupada ficou estável em quase todas, menos na Indústria, onde a queda sentida foi de 3,9%. Os resultados são diferentes frente a outubro de 2014. Na indústria, a baixa foi de 8,7%, na construção, de 5,2%, e nos serviços prestados às empresas, de 3,7%.

O número de trabalhadores com carteira assinada somou 11,2 milhões - estável sobre setembro e 4% menor que em outubro do ano anterior.

O chamado "rendimento médio real habitual dos trabalhadores" ficou em R$ 2.182,10 em outubro: 0,6% abaixo da média de setembro e 7,0% inferior ao ganho de um ano atrás.

Resultados por região
Na comparação com setembro, a taxa de desemprego ficou mais alta apenas em São Paulo. Em relação a outubro de 2014, todas as regiões pesquisadas mostraram aumento: Salvador (12,8%); São Paulo (8,1%); Recife, (9,8%); Belo Horizonte (6,6%); Rio de Janeiro (6%) e Porto Alegre (6,8%).


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Cacique abre processo após ter sua imagem relacionada a Eduardo Cunha
Chefe de aldeia de Peruíbe (SP) diz que foi ofendido ao reclamar.
Audiência sobre o caso está marcada para esta quinta-feira (19).

O cacique Ubiratã Jorge de Souza Gomes, chefe da Aldeia do Bananal, em Peruíbe, no litoral de São Paulo, entrou na Justiça contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). De acordo com o processo, o cacique afirma que a imagem do político foi relacionada à sua de maneira negativa em dois sites que usaram a foto dele para ilustrar uma reportagem na qual ele não é citado. Procurado pelo G1 para comentar o processo, Cunha não se posicionou.
A audiência sobre o caso está marcada para esta quinta-feira (19) no Fórum de Peruíbe. A polêmica começou em fevereiro deste ano, quando dois portais usaram uma foto do cacique em uma matéria sobre o apoio do chefe do Legislativo Federal à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215, que altera regras para a demarcação de terras indígenas. O problema, segundo Ubiratã, é que ele não participou de qualquer reunião sobre o tema e é contra a emenda.


Questionado sobre o motivo da ação, o advogado que representa o índio, Enio Pestana Junior, disse o cacique teria sido ofendido pela assessoria do deputado quando ligou para reclamar da imagem. O advogado também fotografou a publicação, pediu que os sites retirassem as imagens do ar e, no mês de março, registrou um documento em cartório comprovando o ocorrido.
“Quando vi a minha foto relacionada à 'guerra', sendo que não fui convidado nem participei da reunião, minha reação foi de total indignação. Eu liguei no gabinete dele [Eduardo Cunha] para reclamar, mas não deram bola e disseram que qualquer índio é índio, que todos somos iguais, e não é bem assim. Cada um de nós tem uma imagem a zelar. Eu trabalho na área da Educação há 11 anos e não quero o meu nome ligado à política”, argumenta Ubiratã.
O G1 entrou em contato com a assessoria da Presidência da Câmara dos Deputados por e-mail, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.
A PEC-215, que foi alvo de diversas manifestações índigenas contrárias à proposta, foi aprovada no dia 27 de outubro por uma Comissão Especial da Câmara. O texto ainda tem que ser votado pelo plenário da Câmara e pelo Senado.

O advogado alega ainda que a imagem do índio foi utilizada fora de contexto, porque ele não participou do encontro realizado com o deputado em fevereiro deste ano, em Brasília.

“A foto que usaram na matéria é antiga e não tem nada a ver com o propósito. Colocaram uma frase do Eduardo Cunha, como se o Ubiratã estivesse travando uma guerra com os políticos, e não é nada disso. Claro que a proposta é uma afronta à comunidade indígena de todo o País, mas não foi o Ubiratã quem disse, e isso fere a imagem do povo dele. Estamos pedindo indenização por perdas e danos, materiais e morais”, afirma.

O cacique, representante do povo tupi-guarani no Estado, é formado em Pedagogia pela Universidade de São Paulo (USP). Além do uso indevido da imagem, Ubiratã entende que houve um suposto favorecimento à bancada ruralista, que foi a favor de desarquivar a PEC das Terras Indígenas.


Ele é contra o texto que muda a Constituição e permitiria que o Congresso Nacional tomasse a decisão final sobre a demarcação de terras indígenas, função hoje exclusiva do Executivo, por meio da Fundação Nacional do Índio (FUNAI).

"Estou com a minha imagem completamente distorcida perante aqueles que conhecem minha vida, como também toda a minha batalha diplomática em defesa de nosso povo indígena. Hoje  lutamos não mais com o arco e flecha, mas sim por meio do conhecimento das leis que nos amparam como sociedade", acrescenta o cacique.

Em Brasília
A discussão ganhou repercussão em fevereiro deste ano, quando o cacique Nhaket Mekrangnotire, representante do povo Kayapó, que vive no interior do Pará, se reuniu com Eduardo Cunha em Brasília e, contrário à emenda, disse que o presidente da Câmara “queria destruir os índios”.

Para a comunidade indígena, Cunha demonstrou apoio e favorecimento à bancada ruralista do Congresso, prejudicando a história e a cultura do povo nativo do Brasil, que tem nas terras o sinônimo de vida.

“Vocês são eleitos nas cidades e, em vez de ficarem de bem com todo o povo brasileiro, com os negros, com os índios, vocês querem destruir o povo do interior, querem destruir os índios. Podem até conseguir acabar com a gente, mas vai ter muito sangue derramado. Estamos aqui para pedir: não vote essa PEC”, disse à época o cacique paraense a Cunha, com a ajuda de um intérprete.
Durante o encontro, Eduardo Cunha afirmou ao grupo que o Regimento Interno da Câmara não permitia que o presidente impedisse o desarquivamento do texto, se isso for cobrado, mas garantiu que iria oferecer “todas as condições de diálogo” para que as lideranças indígenas fossem ouvidas.

O que muda?
A proposta proíbe a ampliação de terras indígenas já demarcadas e fixa o dia 5 de outubro de 1988, data da promulgação da Constituição, como marco temporal para definir o que são terras permanentemente ocupadas por indígenas e quilombolas. O texto também prevê indenização para proprietários ou possuidores de áreas inseridas em terras indígenas demarcadas.
O pedido de desarquivamento da PEC foi feito pelo ex-coordenador da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Luiz Carlos Heinze (PP-RS).


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Sexo é para amadores, gravidez é para profissionais, diz ministro da Saúde
Afirmação foi dada após Marcelo Castro ser questionado sobre os cuidados que devem ser adotados para gravidez em razão do aumento de casos de microcefalia no país

Questionado sobre os cuidados que devem ser adotados para gravidez em razão do aumento de casos de microcefalia no país, o ministro da Saúde, Marcelo Castro, sentenciou: 

— Sexo é para amadores, gravidez é para profissionais.

O ministro ressaltou a necessidade de o casal discutir com o médico a conveniência de uma gestação no momento em que se investiga a possibilidade de o zika vírus provocar no feto a malformação. Se a decisão for engravidar, disse, o ideal é que todos os cuidados sejam adotados, tanto antes quanto durante o período da gestação.

Considerada até então uma doença rara, a microcefalia aumentou de forma nunca vista na história recente. O país contabiliza 399 casos, a maioria identificada nos últimos três meses. Somente em Pernambuco, foram notificados 268 bebês com a malformação, um indicador 29 vezes maior do que a média anual registrada no período de 2010-2014, de 9 casos.

Além de Pernambuco, os casos foram identificados em Sergipe, Rio Grande do Norte, Paraíba, Piauí, Ceará e Bahia.

Não há ainda como afirmar a causa do problema, mas a maior suspeita é a de que o súbito aumento tenha sido provocado pela infecção por zika vírus da mãe, no período da gestação. Isso porque cerca de 80% das gestantes apresentaram nos primeiros meses febre, coceiras e manchas pelo corpo.

Essa possibilidade foi reforçada na terça-feira, com a divulgação de um teste feito no líquido amniótico de dois fetos, na Paraíba. O resultado, antecipado pelo jornal O Estado de S. Paulo, identificou a presença do zika vírus.

O ministro argumentou que, com não há literatura sobre o assunto, é preciso ter cautela para afirmar de forma categórica que o aumento de casos é fruto da infecção pelo zika, um vírus que chegou ao País este ano, provocou epidemia no Nordeste e já está presente em 14 Estados, incluindo Rio e São Paulo.

— Qualquer que seja a hipótese, o cenário é gravíssimo.

Caso a microcefalia seja de fato provocada pela infecção vertical (mãe-bebê) do zika, Castro afirmou haver risco de haver surtos da malformação em outros Estado do Brasil e em outros países.

Em visita ao Brasil, a diretora da Organização Mundial da Saúde, Margaret Chan, afirmou que a entidade está acompanhando de perto a investigação que está em curso no país.

— Apesar do achado de ontem ser de grande importância é preciso continuar o trabalho. A ligação entre a microcefalia e o zika ainda não está determinada — disse, referindo-se aos testes de cordão umbilical. 

A diretora considerou incomum o aumento de casos da doença no país e avaliou que o Brasil está tomando todas as ações necessárias.


Fonte: http://zh.clicrbs.com.br/
 
 
 ANS suspende venda de 43 planos de saúde de 16 operadoras
Negativas indevidas de cobertura e descumprimento dos prazos máximos de atendimento foram os principais motivos da suspensão.

A partir desta quinta-feira (19), a ANS suspendeu a venda de 43 planos de saúde, administrados por 16 operadoras. Esses planos receberam muitas reclamações dos clientes.
Segundo a ANS, foram muitas reclamações em relação às negativas indevidas de cobertura e descumprimento dos prazos máximos de atendimento.

A suspensão desses 43 planos não afeta os beneficiários. As 16 operadoras é que ficam impedidas de receberem novos clientes até que elas comprovarem que o serviço de fato melhorou. Hoje, 38 planos de saúde que estavam com a comercialização suspensa já corrigiram as falhas e foram autorizados a retomar as vendas.

A associação que representa os planos de saúde disse que orienta as operadoras a aprimorarem os seus procedimentos para que o setor preste um serviço cada vez melhor.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Ibama prevê que lama chegará ao Oceano Atlântico na sexta-feira
Presidente do órgão diz que novas multas à mineradora Samarco estão sendo estudadas

BRASÍLIA - O mar de lama da mineradora Samarco chegará ao Oceano Atlântico, na costa do Espírito Santo, na próxima sexta-feira, de acordo com o cálculo informado ontem à noite ao Ibama. Os rejeitos da mineradora Samarco passaram a ser transportados com mais velocidade no leito do Rio Doce. À tarde, a presidente do Ibama, Marilene Ramos, ainda esperava a chegada da lama à foz do rio somente no próximo domingo.

Marilene dá como certa a contaminação do mar pelos rejeitos da mineradora e diz que novas multas, cada uma com valor máximo de R$ 50 milhões, poderão ser aplicadas. A Samarco já tinha sido multada em R$ 250 milhões pelo Ibama, na semana passada.

A presidente do Ibama listou cinco novos impactos: contaminação da foz do rio, ambientalmente sensível e com áreas de reprodução de tartarugas e de formação de ninhos de aves; ameaça às espécies de peixes na zona costeira; falta de água em Colatina (ES); impactos nos reservatórios de usinas hidrelétricas; e contaminação de unidades de conservação. Cada episódio pode render nova multa máxima de R$ 50 milhões, o que totalizaria mais R$ 250 milhões. Os danos ainda serão avaliados.

Marilene disse que, somente num trecho já avaliado pelos técnicos do Ibama, pelo menos 900 hectares de preservação permanente foram destruídos (o equivalente a 900 campos de futebol).

— A lama poderá chegar de forma mais amortecida (ao mar), mas alguma coisa vai chegar, certamente. Estamos nos preparando para o pior, que é chegar um nível de turbidez elevado e isso impactar na ictiofauna, na fauna que vive nessas áreas úmidas, ou até uma impossibilidade de captação e abastecimento de água em Colatina — diz ela.

A interrupção do abastecimento de água em Governador Valadares (MG) foi a razão de uma das cinco multas aplicadas pelo Ibama na semana passada, no valor máximo de R$ 50 milhões cada. As outras quatro se referiram a morte de espécies, destruição de áreas urbanas, risco à saúde humana e lançamento dos rejeitos no Rio Doce.

A presidente do Ibama defende o reajuste do valor máximo das multas, previsto em lei de 1998 e congelado desde então. Segundo Marilene, as tarifas do Ibama estavam sem reajuste desde 2000 e passaram por um aumento recente de 170%. Levando em conta esse parâmetro, o valor da multa máxima saltaria, pelo menos, para R$ 135 milhões. Marilene diz que o Ibama vai elaborar um projeto de lei a respeito.

O fato de ter havido cinco rompimentos de barragens de mineração em pouco mais de dez anos é “um fator de alerta”, segundo a presidente do Ibama:


— Precisamos rever a metodologia de cálculos e de construção de barragens. O próprio governo federal está começando essa discussão e pretendemos nos inserir nesse debate, pois o dano ambiental acaba recaindo sobre o Ibama.

Para Marilene, o que ocorreu foi um desastre ambiental:

— Só uma investigação vai mostrar as causas, até para prevenir eventos futuros. As ações serão no curto, médio e longo prazo. A bacia precisará ser monitorada. Vamos notificar a empresa para que apresente um plano de recuperação.


Fonte: http://oglobo.globo.com/
 
 
 Número de brasileiros estudando nos EUA cresce 78% em um ano, diz ONG
Matrículas de brasileiros nos Estados Unidos foram de 13.286 para 23.675.
Brasil já é o 6º país que mais envia alunos para universidades americanas.

O número de universitários brasileiros estudando nos Estados Unidos cresceu 78% entre 2013 e 2014, fazendo com que o Brasil pulasse da 10ª para a 6ª posição no ranking de países que mais enviam intercambistas para os EUA. Segundo o relatório anual Open Doors, do Instituto de Educação Internacional (IIE, na sigla em inglês), divulgado nesta segunda-feira (16), entre os 25 países no topo desta lista, nenhum cresceu a uma velocidade tão alta quanto o Brasil.

Segundo o instituto, no ano letivo de 2014-2015 os Estados Unidos registraram 23.675 brasileiros matriculados no ensino superior americano. No ano letivo anterior, o número era de 13.286. Os brasileiros atualmente representam 2,4% do total de estudantes estrangeiros nos EUA.

O IIE creditou esse aumento, mais uma vez, ao programa Ciência sem Fronteiras (CSF), criado pelo governo federal em 2011. Mas também lembrou o "interesse crescente" dos estudantes brasileiros em se matricular em instituições americandas.

O relatório faz parte de um censo anual que o IIE conduz desde 1919, e desde 1972 a pesquisa é feita em parceria com o setor de Educação e Assuntos Culturais do Departamento de Estado americano.

6ª posição no ranking
Atualmente, o Brasil ultrapassou o México, o Vietnã, o Japão e Taiwan, e está atrás apenas de cinco países em quantidade de intercambistas: China, Índia, Coreia do Sul, Arábia Saudita e Canadá.

"O Brasil subiu para o número seis entre os países de origem [dos estudantes] (comparado ao número 10 no ano anterior), refletindo o terceiro ano letivo completo de estudantes de graduação vindo aos Estados Unidos com bolsa de estudos do programa de mobilidade científica do governo brasileiro, além de um interesse crescente de estudar nos EUA entre os alunos brasileiros", afirmou a entidade, em um comunicado.
A procura por universidades e faculdades americanas como destino de graduação de brasileiros não caiu por causa da alta do dólar neste ano. Em setembro, o Consulado dos Estados Unidos em São Paulo registrou uma participação recorde de 86 instituições americanas participando da edição de São Paulo da EducationUSA, a maior feira de intercâmbio do governo americano.
À época, o cônsul-geral, Ricardo Zuniga, afirmou que "o Brasil é muito importante e está se tornando mais importante para as instituições de ensino superior americanas".


Americanos no Brasil
O número de estudantes dos Estados Unidos matriculados em instituições brasileiras, porém, não seguiu o mesmo ritmo de crescimento. Entre os anos letivos de 2012-2013 e de 2013-Nº de brasileiros estudando nos EUA cresce 78% em um ano, diz ONG2014 (o IIE sempre publica as estatísticas sobre os americanos com um ano de atraso), a quantidade de matrículas de alunos americanos no Brasil ficou estagnada (foi de 4.223 para 4.226).


O Brasil representa o 15º país na opção de destino dos intercambistas americanos (no ano passado, ele ocupava a 14ª colocação). No mesmo período, a África do Sul, a Argentina e a China registraram queda na entrada de estudantes americanos, de 6,9%, 5,5% e 4,5%, respectivamente.


Quase um milhão de estrangeiros
No período de um ano, o IIE registrou um aumento de 88 mil estudantes estrangeiros nos Estados Unidos, e o número total chegou a 974.926 intercambistas. Isso representa um avanço de 10%, e o número de estrangeiros já responde por 4,8% do total de 20,3 milhões de universitários nos EUA – essa é a porcentagem mais alta em pelo menos 11 anos, de acordo com os dados.

A Califórnia continua, de longe, o estado com mais intercambistas: eles eram 135.130 em 2014-2015, um aumento de 11,1% em relação ao ano anterior. O segundo estado é Nova York, com 106.758 estudantes de fora dos EUA. O Texas veio em terceiro lugar, com 75.888 intercambistas.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Taxa de analfabetismo cai 4,3 pontos percentuais em 14 anos, diz IBGE
Em 2014, total foi de 8,3%, o que equivale a 13,2 milhões de pessoas.
Meta do Plano de Educação é reduzir para 6,5% a taxa até 2015.


A taxa de analfabetismo entre brasileiros com 15 anos ou mais em 2014 foi estimada em 8,3% (13,2 milhões de pessoas), segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No ano de 2013, esse indicador havia sido de 8,5% (13,3 milhões). O número de analfabetos é maior do que a população inteira da cidade de São Paulo, cerca de 12 milhões de pessoas, segundo estimativa do IBGE.

“Esse analfabetismo está fortemente na região Nordeste e também concentrado na população de mais de idade”, ressaltou Maria Lucia Vieira, gerente da Pnad.
De acordo com a Pnad, a taxa de analfabetismo vem diminuindo ao longo dos últimos anos no país. Entre 2001 e 2014, os pesquisadores observaram uma redução de 4,3 pontos percentuais, o que corresponde a uma redução de 2,5 milhões de analfabetos.
Os resultados da Pnad 2014 foram divulgados nesta sexta-feira (13). O estudo investiga dados sobre população, migração, educação, emprego, família, domicílios e rendimento.
De acordo com Ernesto Faria, coordenador de projetos da Fundação Lemann, os dados de analfabetismo podem não ser exatos. "Não temos controle da consistência desses números, já que a pergunta da Pnad é autodeclaratória", diz.

"É possível que a situação seja mais grave. As pessoas que participam da pesquisa podem só ter algum pequeno domínio de leitura, mas não se declarararem analfabetas", completa.
Os dados verifcados especificamente no ano passado ainda estão distantes das metas do Plano Nacional de Educação (PNE), que prevê reduzir para 6,5% a taxa de analfabetismo da população maior de 15 anos até 2015 e erradicá-la em até dez anos; e no mesmo período, reduzir a taxa de analfabetismo funcional pela metade.

O maior desafio está nas faixas etárias mais altas. Se consideradas as pessoas com 60 anos ou mais, a taxa foi de 23,1% em 2014, ante 24,3% em 2013. Os números também são mais altos no grupo entre 40 e 59 anos (9,2% em 2014 e 9,4% em 2013).
Para Faria, é mais difícil sanar o problema nas faixas etárias de pessoas mais velhas. A solução seria que instituições incentivassem a alfabetização. "O mercado de trabalho poderia valorizar mais a educação dos funcionários. Além do ponto de vista econômico e social, seria também um benefício no desenvolvimento econômico", afirma o coordenador. "As escolas poderiam engajar as famílias dos alunos e incentivar que estudem, para quebrar esses ciclos de desigualdade."
Alejandra Meraz Velasco, coordenadora-geral do Todos Pela Educação, diz que é preciso investir em programas mais eficazes para a alfabetização de jovens e adultos. "Os programas de EJA estão sofrendo queda de matrículas e não há como mudar a realidade do analfabetismo sem programas específicos para esta faixa etária."
Para Alejandra, mais do que resolver o problema de queda nas matrículas, é necessário investir em "propostas pedagógicas mais atrativas que respondam à realidade dessa população."
Entre os adolescentes e jovens (15 a 19 anos), a taxa de analfabetismo verificada foi de 0,9% em 2014 e 1% em 2013.
As disparidades regionais também são outro desafio relevante para os gestores. Com redução de 0,3 ponto percentual, a região Nordeste segue como a que tem a maior taxa, com 16,6%, seguida do Norte (9,5%), Centro-Oeste (6,5%), Sudeste (4,8%) e Sul (4,6%).
A taxa era praticamente equivalente entre homens (49,8%) e mulheres (50,2%).


Analfabetismo funcional
A pesquisa também considerou a taxa de analfabetismo funcional. Ela é definida pelo IBGE como a proporção das pessoas com 15 anos ou mais com menos de 4 anos de estudo em relação ao total de pessoas na população com a mesma faixa etária.
Neste grupo, o analfabetismo funcional passou de 18,1% em 2013 para 17,6% em 2014. A principal redução foi verificada na Região Norte, passando de 21,6% para 20,4%, queda de 1,2 ponto percentual.
A Região Nordeste manteve-se com a taxa de analfabetismo funcional mais alta no País, 27,7% em 2013 e 27,1% em 2014. As Regiões Sudeste e Sul também continuam a apresentar os indicadores mais baixos, 12,7% e 13,8%, respectivamente.

Tempo de estudo
A pesquisa verificou que o número médio de anos de estudo para o Brasil era de 7,7 anos em 2014. A Região Sudeste apresentava a maior média, 8,4 anos. As Regiões Nordeste e Norte
registraram as menores médias, 6,6 e 7,2 anos de estudo, respectivamente.
Ainda de acordo com a PNAD, em todas as chamadas "Grandes Regiões", as mulheres apresentaram as maiores. Em 2014, as mulheres tinham 8 anos e os homens, 7,5 anos de estudo.

As maiores diferenças são apontadas na Região Norte, com 7,6 anos para as mulheres e 6,8 anos para os homens; e na Região Nordeste, com 7,0 anos para as mulheres e 6,2 anos para os homens. A menor diferença foi encontrada na Região Sudeste, com 8,5 anos para as mulheres e 8,3 anos para os homens.

Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Ministério da Saúde divulga boletim epidemiológico sobre microcefalia
O maior número de casos foi registrado em Pernambuco (268); em seguida, estão Sergipe (44), Rio Grande do Norte (39), Paraíba (21), Piauí (10), Ceará (9) e Bahia (8)

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (17) o primeiro boletim epidemiológico sobre microcefalia. Até o momento, foram notificados 399 casos da doença em recém-nascidos de sete Estados da região Nordeste.

O maior número de casos foi registrado em Pernambuco (268), primeiro Estado a identificar aumento de microcefalia em sua região e que conta com o acompanhamento de equipe do Ministério da Saúde desde o dia 22 de outubro. Em seguida, estão Sergipe (44), Rio Grande do Norte (39), Paraíba (21), Piauí (10), Ceará (9) e Bahia (8).

A investigação desses casos está sendo realizada pelo Ministério da Saúde de forma integrada com as secretarias estaduais e municipais de saúde, com o apoio de instituições nacionais e internacionais. 

O Ministério da Saúde enviou a todas as secretarias estaduais de saúde orientações sobre o processo de notificação, vigilância e assistência às gestantes e aos bebês acometidos pela microcefalia. Essas informações serão constantemente atualizadas.

Ainda não é possível ter certeza sobre a causa para o aumento de microcefalia que tem sido registrado nos sete Estados. 

A Fiocruz, que participa das investigações, notificou nesta terça-feira (17) que o Laboratório de Flavivírus do Instituto Oswaldo Cruz concluiu diagnósticos que constataram a presença do genoma do vírus Zika em amostras de duas gestantes da Paraíba, cujos fetos foram confirmados com microcefalia por meio de exames de ultrassonografia. O material genético (RNA) do vírus foi detectado em amostras de líquido amniótico, com o uso da técnica de RT-PCR em tempo real.

Apesar de ser um achado científico importante para o entendimento da infecção por Zika vírus em humanos, os dados atuais não permitem correlacionar inequivocamente, de forma causal, a infecção pelo Zika com a microcefalia. 

Ações

Na semana passada, foi declarada Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para dar maior agilidade às investigações. Trata-se de um mecanismo previsto para casos de emergências em saúde pública que demandem o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública.

Também está em funcionamento, desde o dia 10 de novembro, o Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), um mecanismo de gestão de crise que reúne as diversas áreas para responder a esse evento. 

O Ministério da Saúde orienta que todos os casos de microcefalia sejam comunicados imediatamente por meio de um formulário online que, a partir desta quarta-feira (18), estará disponível a todas as secretarias de saúde.

Sobre as gestantes, é importante que elas mantenham o acompanhamento e as consultas de pré-natal, com a realização de todos os exames recomendados pelo médico. 

A doença

A microcefalia não é um agravo novo. Trata-se de uma malformação congênita, em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada. Na atual situação, a investigação da causa é o que tem preocupado as autoridades de saúde. Neste caso, os bebês nascem com perímetro cefálico (PC) menor que o normal, que habitualmente é superior a 33 centímetros. Esse defeito congênito pode ser efeito de uma série de fatores de diferentes origens, como as substâncias químicas, agentes biológicos (infecciosos), como bactérias, vírus e radiação.


Fonte: brasil.gov.br/
 
 
 Reino Unido alerta sobre risco para a saúde associado a alimentos torrados
Acrilamida se forma em certos alimentos em preparo em altas temperaturas.
Batata assada e pão torrado são alguns dos que contêm substância.

O consumo excessivo de alimentos ricos em amido preparados em altas temperaturas, como torrada ou batata assada, pode trazer riscos para a saúde. Isso porque, durante seu preparo, uma reação química leva à formação da substância acrilamida, que já foi associada ao aumento de risco de câncer e danos ao sistema nervoso e reprodutivo.

Um relatório científico publicado pela Agência de Normas Alimentares do Reino Unido (FSA) no início do mês chamou a atenção para esses riscos e recomendou estratégias para evitar a formação da substância durante o preparo dos alimentos.

Provavelmente carcinogênicos
A acrilomida faz parte da lista de produtos provavelmente carcinogênicos para humanos estabelecida pela Agência Internacional de Pesquisa do Câncer (Iarc) da Organização Mundial da Saúde (OMS). Esta é a mesma categoria em que a carne vermelha passou a ser enquadrada recentemente.

Os efeitos nocivos da substância foram verificados em testes com animais e em laboratório. Segundo a FSA, o efeito nos humanos depende da quantidade do produto ingerida.

Torradas, batatas assadas e cereais
A acrilamida pode aparecer em torradas, pães e biscoitos crocantes, batatas assadas ou fritas, cereais, além de café. Geralmente, a cor escurecida típica de alimentos torrados indica a presença de acrilamida.
A agência enfatiza que não recomenda que as pessoas parem de comer qualquer alimento específico, mas sugere algumas medidas para limitar a formação de acrilomida durante o preparo de comidas:
- Ao fritar batatas em casa, elas devem ser retiradas do óleo quando tiverem uma cor levemente dourada
- Ao fazer torradas, retire-as do calor quando ainda estiverem com uma cor clara
- Instruções de fabricantes sobre como fritar ou aquecer alimentos devem ser seguidas com cuidado

Fonte: g1.globo.com/bemestar/
 
 
 Cearense é eleito melhor novo estilista de moda masculina do Canadá
Culturas de todos os locais do globo se encontram na maior cidade do Canadá, Toronto, que sedia uma das mais importantes fashion weeks do mundo. Em fevereiro deste ano, a cidade se tornava a oitava do mundo a promover uma semana dedicada exclusivamente à moda masculina.

Seguindo a diversidade cultural, profissionais de várias nacionalidades participaram da edição de estreia e desfilaram suas coleções na Toronto’s Official Men’s Fashion Week. Entre eles, ganhou destaque um nome saído de Quixeramobim que, no evento, dava seu primeiro grande passo. Foi então que o nome de João Paulo Guedes, do interior do Ceará, começou a ecoar pelo mundo.

Antes de desfilar coleções em grandes eventos, João Paulo teve que enfrentar as dificuldades de chegar a um novo país apenas com um sonho e malas na mão. Publicitário de formação, foi ao Canadá sem falar uma só palavra em inglês, a fim de estudar a língua, e dois anos se passaram até começar a seguir a ambição de se tornar estilista.

“Como não falava a língua, tive que fazer todo tipo de trabalho. Para ser sincero, limpei muito chão no início (risos). Trabalhava como zelador de um prédio super chique. Trabalhei também muito como garçom, até conseguir o visto permanente. Foi um grande aprendizado na minha vida. Após me estabilizar, comecei a procurar outros trabalhos e voltar a estudar”, lembra. Mesmo com as dificuldades, o cearense persistiu e cursou Fashion Design em uma das melhores escolas de Toronto, a George Brown College.

Primeiros passos como estilista
Em Fortaleza, João trabalhava como artista gráfico e analista de marketing para uma empresa de software. O ramo da moda sempre foi de seu interesse, mas até então se resumia apenas ao costume de assistir aos desfiles do Dragão Fashion Brasil. Ainda em terras alencarinas, chegou a desenhar roupas femininas para uma uma loja na qual trabalhou. Só no Canadá, porém, deu seus primeiros passos como estilista profissional.

Após o término do curso de Fashion Design foi selecionado em um projeto da província de Ontario, onde se encontra a cidade de Toronto, que oferece bolsas a estudantes locais para estagiar fora do país. Seu destino foi a Índia, conhecida pelo ramo têxtil, onde passou três meses trabalhando para grandes estilistas contemporâneos. O cearense foi aprendiz de um dos maiores nomes da moda indiana, Shantanu & Nikhil, e no país vivenciou as mais diversas experiências profissionais.

“Foram dois meses bem intensos, mas de muito aprendizado. Após acabar o meu estágio, viajei pelo país, para conhecer um pouco mais da cultura indiana, viajei de Norte a Sul. E o melhor de tudo foi a oportunidade que tive de criar os meus próprio tecidos e estampas, que acabei trazendo para o Canadá”. Na Índia, João reforçou sua identidade enquanto estilista, com criações carregadas de estampas exclusivas.

Destaque nas semanas de moda
De volta à Toronto, João Paulo desenvolveu uma coleção inspirada nas experiências vivenciadas na Índia. “Criei várias estampas baseadas nos templos indianos que visitei. Mas estava esperando o momento certo para apresentar esta coleção. Foi quando fui selecionado para competir na primeira Semana de Moda Masculina de Toronto como um novo estilista”, conta. Cinco estilistas do país foram selecionados para a competição, oportunidade para apresentar a nova coleção, que garantiu ao cearense o título de melhor novo estilista de moda masculina do Canadá.

Sua estreia no Brasil foi dentro de casa, no Dragão Fashion Brasil 2015. Convidado para desfilar sua coleção Outono/Inverno 15, foi o único estilista a apresentar uma coleção inteiramente masculina na edição do evento. Há dois anos no mercado da moda, João Paulo criou três coleções durante sua trajetória e vende suas peças em lojas do Canadá, além da loja virtual recém-inaugurada, na qual venderá também para os Estados Unidos.

“No início tudo é difícil, principalmente por ser uma marca nova no mercado, mas posso dizer que cresci bastante nestes últimos anos. Em 2015, o retorno financeiro foi bem maior”, revela. Além da marca autoral o estilista trabalha para a Canada Goose, uma das maiores produtoras de casacos de frio. O plano para 2016, porém, é dedicar-se a seu próprio negócio. Sua próxima coleção será lançada também na Semana de Moda Masculina de Toronto, em fevereiro do ano que vem.

“Acho que nesta vida você precisa trabalhar com algo que você goste, algo que você tenha uma grande paixão, independente da área, porque no final a recompensa aparece”, finaliza o estilista, de Quixeramobim para o mundo.

Fonte: cidadeverde.com
 
 
 Vistas com curiosidade, lavanderias self service ganham espaço no Brasil
Inovação e baixo investimento atraem empresários para o segmento.

Especialista afirma que para ter público fiel é preciso apostar em diferencial.

Sempre vistas em filmes americanos, as lavanderias self service ainda são consideradas novidade no mercado brasileiro. Embora não tenha estimativas sobre os números desse segmento no país, a Associação Brasileira de Lavanderias (Anel) aponta que o baixo custo de investimento e a inovação do modelo fez com que essa modalidade crescesse nos últimos cinco anos.
“Foi feito um grande esforço para a implantação deste tipo de lavanderias há 20 anos, (...) mas das muitas que abriram, a maioria fechou. Recentemente, de cinco anos para cá, uma nova investida vem sendo feita. É um novo ciclo, num mercado diferente de 20 anos atrás”, afirma Othon Barcellos, presidente da Anel.
Para Barcellos, o que deu errado nos empreendimentos que abriram duas décadas atrás foi o alto custo para manter uma lavanderia de autoatendimento, mas hoje há uma demanda real para esse serviço. “Lavar roupas em casa já é um autosserviço. Portanto essas lavanderias são como a extensão do que se faz em casa”, explica.
O surgimento de franquias de lavanderias self service facilitou no crescimento da modalidade, com empresários que se mostraram dispostos a apostar no modelo. “Eu passei um tempo na Califórnia e lá esse modelo de lavanderias automáticas é muito popular”, conta Alexander Porto, que abriu uma franquia da rede Prima Clean há 7 meses na região da Avenida Paulista, em São Paulo.

O investimento inicial em uma franquia dessa rede é de R$ 200 mil (somando taxa de franquia e capital de giro), com previsão de retorno em até 36 meses. Quando foi abrir o negócio próprio, Porto já sabia que seria uma lavanderia, mas tinha dúvidas sobre adquirir uma franquia. A assistência oferecida foi um dos fatores decisivos.
Outro novato no ramo de lavanderias self service é Fernando Simas, que há seis meses abriu uma franquia da rede Laundromat dentro de um supermercado na zona norte do Rio de Janeiro. “Eu queria investir em novo empreendimento, começamos a analisar os modelos de negócio e eu achei que [lavanderia de autoatendimento] tinha a ver com a tendência do mercado, porque as pessoas estão tendo um custo maior com domésticas e as casas estão cada vez menores”, conta Simas.
Abrir uma lavandeira da rede Laundromat custa entre R$ 115 mil a R$ 315 mil, contando o capital de instalação e de giro, além da taxa de franquia. Tendo em mente o quanto poderia gastar para abrir o próprio negócio, André Volpe abriu uma lavandeira da rede há um há um ano e cinco meses na Vila Madalena, em São Paulo.
“Eu era usuário desse tipo de lavandeira há cinco anos e comecei a prestar atenção no movimento que ela tinha e fiquei interessado”, lembra Volpe. O empresário não sabia da existência de franquias self service e escolheu adquirir uma pela possibilidade de um público diversificado. “Minha loja tem máquinas de autosserviço e é uma lavanderia tradicional ao mesmo tempo. Tenho clientes que trazem a roupa da família toda e aqueles que, semanalmente, só utilizam o autoatendimento”, afirma.

Mudança de hábito
Embora pareça atraente, é preciso ter cautela antes de investir no modelo self service de lavanderias. “É um mercado bem enigmático. Já teve outras ondas desse tipo de negócio no Brasil e, em momentos anteriores, isso não deu certo”, afirma Marcelo Nakagawa, professor de empreendedorismo da Insper.
Para Nakagawa, lavar roupas em casa já é um costume brasileiro e seria necessária uma mudança de hábitos para que as lavanderias de autoatendimento emplacassem. “O empreendedor está apostando fortemente numa mudança de atitude que já é um costume nos Estados Unidos, onde os jovens lavam suas roupas nas lavanderias das universidades e já levam isso para o resto da vida”.


Fonte: globo.com
 
 
 DNA sugere que menino sacrificado pelos incas era de uma linhagem perdida
Corpo do garoto foi encontrado mumificado próximo ao topo do Aconcágua

Há 500 anos um menino de sete anos era sacrificado durante um ritual inca. Cientistas colocaram em ordem a sequência do genoma desse garoto e seu DNA sugere que a Cordilheira dos Andes era muito mais geneticamente diversa antes da chegada dos espanhois nas Américas.

O corpo do menino foi encontrado em 1985 perto do topo do Aconcágua, a montanha mais alta do mundo fora da Ásia - ele foi mumificado naturalmente pelo frio. Ele fez parte de um ritual chamado capacocha, no qual as crianças eram levadas ao topo de montanhas, mortas e abanadonadas lá.

Como os restos do garoto de sete anos eram os mais conservados, ele foi o escolhido para ser estudado pela equipe do geneticista Antonio Salas, da Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha. Em estudo publicado na Scientific Reports, os pesquisadores relatam como isolaram e colocaram em ordem todo o genoma mitocondrial do garoto, formado por 37 genes passados somente por sua mãe, de um de seus pulmões. 

As variações genéticas do corpo mostram que ele fazia parte de uma população chamada C1b, uma linha comum da Mesoamerica e dos Andes que data de 18 mil anos atrás. Há vários subgrupos dessa linhagem, mas o DNA do menino não correspondeu a nenhum deles. 

Isso mostra que o garoto pertencia a uma população sulamericana nunca identificada até então. Salas e sua equipe a nomearam de C1bi e estimam que ela tenha existido há 14 mil anos. Ao procurar o código genético em questão, os pesquisadores encontraram três pessoas da modernidade com traços da população antiga: elas são residentes do Peru e da Bolívia. 

Fonte: revistagalileu.globo.com
 
 
 Rússia diz que bomba derrubou avião no Egito e afirma que ato foi terrorista
País diz ter achado traços de explosivos em destroços de aeronave.
224 pessoas morreram em queda no Sinai, no Egito.

O Serviço de Segurança Federal da Rússia (FSB) disse nesta terça-feira (16) que a queda do avião russo sobre o Sinai, no Egito, em outubro foi resultado de um ato terrorista, causado por uma bomba que explodiu a bordo.

Segundo a FSB, traços de explosivos foram encontrados nos destroços da aeronave. O avião da companhia aérea russa KogalimAvia, mais conhecida como Metrojet, caiu no dia 31 de outubro pouco após decolar do litoral do Egito com destino a São Petersburgo, na Rússia.

As 224 pessoas a bordo morreram. O Estado Islâmico reivindicou a queda, mas sem explicar como teria executado o ataque.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que vai encontrar os responsáveis pela queda do avião e ordenou que os serviços especiais russos foquem em encontrá-los.
"Durante o voo foi ativado um artefato explosivo de fabricação caseira com potência equivalente a um quilo de TNT", indicou Putin.

Alguns minutos antes, o diretor do FSB, Alexander Bortnikov, também afirmou que a catástrofe foi um atentado. “Podemos dizer inequivocamente que foi um ato terrorista”, disse Bortnikov, em um encontro com o presidente.

"De acordo com uma análise feita pelos nossos especialistas, uma bomba caseira contendo até 1 quilo de TNT explodiu durante o voo, levando o partir-se em pleno ar, o que explica o fato de a fuselagem estar espalhada por uma distância tão grande", disse Bortnikov.


Ataques na Síria

Segundo o Kremilin, como resultado das investigações, Putin ordenou uma intensificação dos bombardeios russos na Síria. O país realiza desde o mês passado uma campanha aérea contra o Estado Islâmico e em apoio ao governo sírio no país.
"O trabalho de nossa aviação de guerra na Síria não só deve continuar. Deve se intensificar de tal modo que os criminosos entendam que a vingança é inevitável", disse Putin.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 PATs oferecem 86 oportunidades de emprego na região de Ribeirão Preto
PATs oferecem 86 oportunidades de emprego na região de Ribeirão Preto

Há vagas para frentista, assistente de loja, fiscal de ônibus e porteiro.
Interessados devem comparecer aos postos com documentos pessoais.


Os Postos de Atendimento ao Trabalhador (PAT) em Sertãozinho (SP), Bebedouro (SP), Barretos (SP) e Ribeirão Preto (SP) estão com 86 vagas de emprego abertas nesta segunda-feira (16). Entre os cargos oferecidos, estão supervisor de lavanderia, farmacêutico, fiscal de ônibus, eletricista industrial, cozinheira, sorveteiro e médico do trabalho.

Os interessados devem comparecer a uma das unidades do PAT portando documentos pessoais como RG e CPF, além de comprovante de residência, carteira de trabalho, PIS/Pase ou NIT e currículo.



Sertãozinho

O PAT está localizado na Rua Epitácio Pessoa, nº 1429, Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 3942-3566.
Confira as vagas disponíveis:
Controlador de acesso (masculino) – Possuir ensino médio completo. O funcionário trabalhará em Ribeirão Preto (SP).

Cozinheira (feminino) – Com experiência na função.

Eletricista de automação (ambos os sexos) – Com experiência em montagens e inversores de frequência.

Eletricista de automóveis (ambos os sexos) – Com experiência em manutenção geral e instalação.

Encarregado de comércio eletrônico (ambos os sexos) – Com experiência em marketing digital e E-commerce.

Mecânico automotivo (masculino) – Com experiência em alinhamento, balanceamento e suspensão.

Mecânico de bombas hidráulicas (masculino) – Com experiência em Imbil e KSB.

Operador de balança eletrônica (masculino) – Com experiência na função.

Operador de britador (masculino) – Com experiência na função.

Operador de perfuratriz de solo (masculino) – Com experiência na função e Carteira Nacional de Habilitação na categoria D.

Operador de triturador (masculino) – Com experiência, para sexo masculino.

Sorveteiro (ambos os sexos) – Com experiência na fabricação de sorvetes e fórmulas.

Técnico de calibração (ambos os sexos) – Com experiência, ensino superior completo e curso de instrumentação e mecatrônica. O funcionário trabalhará em Ribeirão Preto.

Técnico eletromecânico (masculino) – Com experiência em ponte rolante, talhas elétricas e painéis.

Tecnólogo em telecomunicações (masculino) – Com experiência técnica e disponibilidade para viagens.

Vendedor externo (masculino) – Com conhecimento em bombas KSB, Imbil e mecânica. O candidato deve possuir Carteira Nacional de Habilitação nas categorias A e B.

Vendedor externo (masculino) – Com experiência em equipamentos weg motores e carteira Nacional de Habilitação nas categorias A e B.

Vendedor externo (ambos os sexos) – Com experiência em máquina de solda e ferramentas, além de Carteira Nacional de Habilitação na categoria B.

Vendedor interno (ambos os sexos) – Com experiência e curso de automação, mecânica, eletrônica, vendas e licitação. O candidato trabalhará em Ribeirão Preto.
Vendedor interno (ambos os sexos) – Exige experiência em vendas de cursos.


Barretos
O PAT está localizado na Rua 32, 1.243, no Centro de Barretos. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (17) 3322-5544 e (17) 3322-5801.

Confira as vagas disponíveis:
Atendente de balcão - Com experiência na função, possuir ensino médio e disponibilidade de horário
Auxiliar de frota – Com experiência na função, ensino médio completo, conhecimento em informática e Carteira Nacional de Habilitação nas categorias A e B.
Cozinheiro geral  – Com experiência em eventos e disponibilidade de horário.
Decorador de balões – Com experiência em eventos e disponibilidade de horário.
Doméstica – Com experiência na função.
Eletricista industrial - Com experiência na função, possuir curso NR-10 e ensino fundamental.
Farmacêutico - Com experiência na função e disponibilidade de horário
Fiscal de ônibus - Com experiência na função e ensino médio completo.
Frentista - Com experiência na função e disponibilidade de horário
Gerente de lojas - Com experiência na função e curso superior em administração.
Orientador pedagógico – Com experiência na função e curso superior em pedagogia.
Pintor de edifícios - Com experiência na função e ensino fundamental.
Porteiro – Com experiência na função, ensino médio e disponibilidade de horário.
Supervisor de lavanderia – Com experiência em supervisão de pessoal e disponibilidade de horário.
Surfassagista – Com experiência em lentes de óculos e ensino médio completo.
Torrador de café – Com experiência em máquina de torrefação.



Bebedouro

O PAT está localizado na Rua Prudente de Moraes, 700, no Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (17) 3342-3422. Confira as vagas disponíveis:
Agente de vendas e serviços (1 vaga) - Para candidatos do sexo masculino, com idade entre 20 e 35 anos, e experiência com vendas de móveis.

Auxiliar administrativo (1 vaga) - Para mulheres acima de 20 anos, que esteja cursando o último ano ou sejam formadas em contabilidade, com experiência e referência.

Auxiliar administrativo (1 vaga) - Para candidatos com deficiência, de ambos os sexos e com idade entre 20 e 40 anos.

Auxiliar administrativo (1 vaga) - Para candidatos com deficiência, de ambos os sexos, com idade acima de 18 anos e curso técnico em administração de empresas.

Auxiliar de escritório (1 vaga) – Para candidatos com idade entre 18 e 21 anos, cursando ensino superior em administração e que tenha experiência  em informática. Também é exigido Carteira Nacional de Habilitação nas categorias A e B.

Auxiliar de limpeza (1 vaga) - Para pessoas com deficiência, com idade entre 20 e 40 anos.

Auxiliar de manutenção de ar (1 vaga) - Para homens maiores de idade, com experiência na função e referências.

Auxiliar de pintor de automóveis (1 vaga) - Para maiores de idade, com experiência na função e referências.

Carpinteiro (2 vagas) – Para pessoas com idade entre 25 e 50 anos, com experiência na função e referências.

Caseiro (1 vaga) - Vaga para o casal trabalhar e morar na fazenda.

Consultor de tecnologia da informação (1 vaga) – Candidato deve possuir veiculo próprio e curso superior na área de informática.

Controlador de mão de obra (1 vaga) - Para trabalhar com reagendamento de serviços, baixar ordens de serviço no sistema, com experiência na função e referências.

Cozinheira (1 vaga) - Para mulheres entre 20 e 50 anos de idade, e com experiência na função.

Diarista (1 vaga) - Para mulheres entre 25 e 45 anos, com experiência na função.

Eletricista (1 vaga) - Para candidatos com idade entre 25 e 40 anos, com experiência em eletrônica e referências. 

Encarregado de obras (1 vaga) - Para homens com idade entre 25 e 50 anos, com experiência na função e referências.

Farmacêutico (1 vaga) - Para pessoas com idade acima de 23 anos, com ensino superior completo e referência na função.

Instalador de antenas (1 vaga) - Para homens com idade entre 18 e 35 anos, com experiência na função.

Instrumentista (1 vaga) - Para candidatos com experiência no mínimo de três anos na área de automação elétrica, comprovados em carteira de trabalho, e curso de instrumentista industrial.

Lavador de veículos (1 vaga) – Para homens com idade entre 18 e 45 anos, e experiência na função.

Marceneiro (1 vaga) - Para homens com idade entre 20 e 50 anos, e experiência comprovada em carteira de trabalho.

Mecânico (1 vaga) - Para candidatos acima de 28 anos, com conhecimento de motores a combustão e experiência em motores estacionários.
Médico do trabalho (1 vaga) - Para candidatos graduados, com especialização em medicina do trabalho e registro no Conselho Regional de Medicina.

Montador (1 vaga) - Para candidatos com experiência e referências em marcenaria e montagem.
Operador de telemarketing (1 vaga) - Para mulheres com idade entre 18 e 40 anos, ensino médio completo e experiência em call center.

Pedreiro (3 vagas) - Para homens com idade entre 25 e 50 anos, com experiência na função e referências.

Pintor de automóveis (1 vaga) - Para candidatos acima de 20 anos, com experiência comprovada em carteira de trabalho e referências.

Promotor de vendas (1 vaga) – Para mulheres com idade entre 20 e 28 anos, com experiência na função e referência.

Projetista de móveis (1 vaga) - Para mulheres com idade entre 20 e 35 anos, com experiência na função e referência.

Supervisor comercial (1 vaga) - Para candidatos com idade entre 25 e 50 anos, com   experiência em coordenação de equipe

Supervisor de vendas (1 vaga) - Para candidatos com idade a partir de 30 anos, com experiência em vendas e conhecimento avançado em informática.

Técnico de análise química (1 vaga) - Para maiores de idade, com curso de química, experiência na função e referências.

Técnico em enfermagem (1 vaga) - Para pessoas com idade acima de 25 anos, com curso técnico ou auxiliar de enfermagem e registro no Conselho Regional de Enfermagem (Coren).

Técnico de refrigeração (1 vaga) - Para homens que tenham mais de 25 anos de idade, com experiência e referência em refrigeração de usinas.

Vendedor porta a porta (2 vagas) - Para maiores de idade com disponibilidade de horário.

Vendedor de comércio varejista (1 vaga) - Para pessoas com idade entre 25 e 40 anos, ensino médio completo e experiência na função.



Ribeirão Preto

O PAT Ribeirão Preto está localizado na Avenida Santa Luzia, 203, no bairro Jardim Sumaré. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A unidade não realiza atendimentos por telefone.
Confira abaixo as vagas disponíveis:
Atendente comercial em agência postal
Atendente de telemarketing
Auxiliar de cozinha
Auxiliar de limpeza
Confeiteiro
Mecânico de manutenção de máquinas agrícolas
Salgadeiro
Supervisor de teleatendimento
Vendedor de serviços
Vigilante




Fonte: g1.globo.com
 
 
 Alemães criam tecnologia de realidade virtual que permite sentir impactos
Pesquisadores do Instituto Hasso Plattner, na Alemanha, criaram um tipo de pulseira que torna a experiência de uso da realidade virtual mais imersiva. Batizada de Impacto, ela tem a função dela é dar ao usuário sensações físicas de impacto durante o uso de um headset, como o Oculus Rift. Usando retorno háptico e estímulo elétrico muscular, o protótipo já permite a simulação de diversos tipos e intensidades de impacto.

O principal mecanismo de ação da Impacto é o estímulo elétrico que age nos músculos do usuário. Com a aplicação de uma corrente elétrica pequena, o dispositivo pode causar a contração muscular do braço para simular um golpe mais intenso. Com retorno háptico simples, o dispositivo reproduz sensações mais sutis

No processo de desenvolvimento, os pesquisadores da instituição alemã usaram um jogo de computador de boxe e uma unidade do Oculus Rift. A meta foi criar uma simulação que desse ao usuário variadas intensidades de impactos físicos, sempre em compasso com aquilo que o jogador vê nas telas do headset de realidade virtual.
De acordo com as observações dos cientistas, assim que o jogador sente o impacto, em conjunto com a simulação que ele vê pelo Oculus Rift, sua reação natural é a de mover o braço para longe, como seria natural numa luta de verdade.

Por consistir apenas num tipo de pulseira, o Impacto reproduz sensações físicas apenas na área de contato, no braço. Simulações mais complexas dependeriam de acessórios que cobrissem outras áreas do corpo.
O Impacto foi criado como um exercício no interior do instituto alemão. Não há previsão para que o protótipo seja tornado um produto comercial, mas vale ressaltar que todas as tecnologias empregadas no seu funcionamento já existem, o que tornaria a criação de versões comerciais mais complexas possível no médio prazo.

Fonte: techtudo.com.br/
 
 
 Jovens e gosto pela ciencia, Expo Física em Cabo Verde
O Ministério cabo-verdiano de Ensino Superior, Ciência e Inovação (MESCI) quer multiplicar parceiros visando a criação de um programa de extensão científica animado e poder assim atrair mais jovens para a área da ciência.

Esta intenção foi manifestada quinta-feira passada pelo ministro do Ensino Superior, Ciência e Inovação, António Correia e Silva, durante uma visita à “expo-física” no Liceu Domingos Ramos, na cidade da Praia; uma exposição itinerante trazida para Cabo Verde pela Comissão Nacional da UNESCO de Portugal e que está permitindo aos alunos a realização de experiências.

O ministro considera de importante as ações do género já que, conforme indicou, as mesmas acabam por complementar o ensino formal das salas de aulas, permitindo que a ciência seja bem aprendida.

Para tal quer criar uma rede de circulação de exposição por forma a alunos e professores terem a possibilidade de experimentar, brincar e jogar com a ciência. Cabo Verde tem uma relação muito forte com a Universidade de Aveiro que ajudou a montar a Casa da Ciência da Praia e está a montar a Casa da Ciência do Mindelo.

Uma parceira está também a ser desenvolvida com a Fundação Francesa “Main à la Pâte”, que também está virada para a divulgação da ciência, disse António Correia e Silva.

O Ministério cabo-verdiano do Ensino Superior, Ciência e Inovação, António Correia e Silva, num som da Rádio Nova, Emissora Católica Cabo-verdiana a quem agradecemos.


Fonte: http://pt.radiovaticana.va/
 
 
 Dez dicas para vender mais no varejo da moda
Os seis primeiros episódios tratam sobre as lojas fast fashion, termo que significa moda rápida em português e utilizado para designar a renovação constante das peças comercializadas no varejo de moda. Nos últimos anos, diversas lojas de departamento aderiram ao sistema fast fashion, inclusive no Brasil; Mas o conceito, que em geral implica um negócio bastante lucrativo e dinâmico, pois a troca de coleções é feita a cada 25 dias, não se aplica somente à grandes corporações; As quatro dicas restantes podem ser aplicadas para qualquer loja de roupas e acessórios, independente do público ao qual se destina

Agência Sebrae - O mundo da moda é muito dinâmico e o varejista que atua no segmento precisa estar sempre atento às novidades e tendências. Para ajudar os cerca de 800 mil pequenos negócios ligados ao varejo da moda no Brasil, o Sebrae elaborou dez dicas para os esses empresários que vendem roupas, calçados e acessórios. A nova temporada da série 10 dicas está disponível gratuitamente no canal do Youtube da instituição. 

Cada episódio traz, em cerca de dois minutos, informações-chave para os varejistas da moda conquistarem mercado e aumentarem a lucratividade. Os seis primeiros episódios tratam sobre as lojas fast fashion, termo que significa moda rápida em português e utilizado para designar a renovação constante das peças comercializadas no varejo de moda. Nos últimos anos, diversas lojas de departamento aderiram ao sistema fast fashion, inclusive no Brasil. Mas o conceito, que em geral implica um negócio bastante lucrativo e dinâmico, pois a troca de coleções é feita a cada 25 dias, não se aplica somente à grandes corporações. Micro e pequenas empresas têm investido nesse modelo como diferencial competitivo.

As quatro dicas restantes podem ser aplicadas para qualquer loja de roupas e acessórios, independente do público ao qual se destina. De forma didática, o Sebrae ensina como planejar uma vitrine, oferecer um bom mix de produtos e identificar nichos de mercado. “Estabelecer e investir em um nicho é uma forma de agregar valor no varejo de moda. Mas, antes, o empresário deve conhecer a fundo o gosto, o comportamento e o estilo do seu público-alvo”, ressalta a coordenadora nacional de Varejo da Moda do Sebrae, Wilsa Sette.

Veja as dez dicas:

1 – Entenda o conceito de fast fashion

O varejo padrão quer consolidar sua marca como criadora de tendências para o mercado consumidor, em que se oferece um produto de alta qualidade com preços um pouco acima da média. Já as fast fashions querem ser lembradas como marcas seguidoras das tendências da moda que estão em alta no momento. Priorizam a competitividade e reduzem os preços de seus produtos. Também trabalham com o conceito de minicoleções: em média a troca de produtos precisa ser feita a cada 25 dias. Para garantir que as peças sejam trocadas com rapidez, é importante ter várias opções de fornecedores e fazer compras com regularidade. O varejista precisa aliar preços competitivos, novidades que atraem a clientela e um pequeno estoque de peças.

2 – Esteja ciente das vantagens e desvantagens desse modelo de negócios

A principal vantagem das fast fashions é a variedade. A cada semana, o cliente encontra produtos novos na loja. Para isso, a reposição de peças precisa ser constante, até diária em algumas lojas. A ideia é vender ao máximo os produtos expostos na loja e liquidar rapidamente os que não tiveram saída. Porém, o modelo também tem suas desvantagens. Como o foco das fast fashions está na variedade, e não na quantidade, nem sempre será possível suprir as necessidades de todos os clientes. Portanto, observe bem o seu nicho e ofereça peças que vendam rapidamente. Fique atento: ao oferecer o que está na moda, é preciso ter muito cuidado com peças parecidas com as de grife. Verifique sempre os registros de produtos, marcas e modelos para não ter problemas legais.

3 - Conheça seus clientes

Uma loja fast fashion está sempre renovando suas coleções, de olho nas últimas tendências da moda. Portanto, se você trabalha com esse modelo, é fundamental conhecer seus clientes. Faça pesquisas de opinião para saber o que seus clientes procuram. Com uma simples entrevista, você pode descobrir se as peças estão sendo bem aceitas. A partir daí, defina requisitos para as próximas microcoleções. No ato da compra, registre informações sobre preferências de estilo, de cores, temas das estampas, medidas, entre outros detalhes. Com essas informações valiosíssimas em mãos, ofereça exatamente o que seus clientes buscam.

4 – Estreite o relacionamento com o fornecedor

Procure aqueles fornecedores que possuem canais de comunicação diretos com o varejista. Assim, os produtos serão entregues de forma correta e no tempo certo. Trabalhe com distribuidores que consigam dar respostas rápidas e flexíveis. O lead-time na produção dos artigos precisa ser reduzido, principalmente quando se trata de produtos que estão em tendência no momento. Faça uma análise minuciosa dos seus fornecedores e se certifique de que eles são capazes de entregar produtos com grande variedade de estilos e com boa qualidade, que o custo de logística permite oferecer ao seu cliente um preço final justo e que o prazo de entrega é curto e atende às suas necessidades. Também é importante ter um bom número de fornecedores e garantir a variedade que a loja precisa.

5 – Ofereça serviços diferenciados

Para aumentar a competitividade do modelo fast fashion, ofereça serviços diferenciados, que vão além das roupas. Dessa forma, você melhora a experiência da compra para o cliente e garante a sua fidelidade. Uma delas é fazer parcerias com oficinas de reparos de roupas e que possam buscar e devolver as peças para reparo na sua loja. Todos saem ganhando. O cliente, por não precisar se deslocar a outro local para fazer os ajustes na roupa, e o empresário, que tem mais chance de vender uma peça que não se ajustou perfeitamente ao corpo do cliente. Ao oferecer esse serviço, a loja cria uma oportunidade para retorno do cliente e mais uma chance de venda. Outro serviço que pode ser oferecido é o de personal stylist, profissional que ajuda o cliente a fazer compras mais específicas, direcionadas ao seu estilo e corpo.

6 – Invista em marketing e nas redes sociais

Divulgue sua marca. As mídias sociais atingem um público jovem e antenado em moda. Poste fotos, apresente novidades, personalize suas páginas e conquiste a atenção do seu futuro cliente. É assim que as pessoas vão ter interesse pela loja. Faça promoções que são a cara da clientela. Ofereça outros produtos e serviços ligados à moda e fisgue o comprador. Um total de 44% das pessoas que compram pela primeira vez em uma loja, por conta de uma promoção, tornam-se fieis à marca. Organize sua loja para que itens relacionados fiquem perto um do outro. Daí, o cliente lembra que aqueles produtos combinam e pode levar os dois.

7 – Proporcione uma experiência de compra agradável

O cartão de visitas da sua loja é a fachada. Deixe o seu nome em destaque e use a iluminação para expor a marca à noite. Isso aumenta as chances do local ser visto pelos clientes. E se a fachada causa a primeira impressão, é na vitrine que a venda começa a ser feita. Procure dar destaque às peças com maior procura e, caso haja uma novidade, ressalte-a já na vitrine. No interior da loja, o espaço deve ser agradável para o cliente. Separe um bom espaço para circulação e crie locais para descanso. A loja deve refletir a proposta da marca. Limpeza, iluminação adequada e decoração atrativa fazem o cliente se sentir em casa. Cartazes e sinalizações indicando mostruário, provadores e caixa são sempre bem-vindos. No entanto, cuidado com a quantidade de avisos. As sinalizações devem ser discretas e de acordo com a decoração da loja. Atente também para a organização dos produtos. O gerenciamento por categorias, roupas sociais separadas das esportivas, por exemplo, é uma facilidade para o cliente na hora de escolher. E, dentro das categorias, a disposição por cores facilita a visualização dos produtos.

8 – Planeje a vitrine

A vitrine pode contribuir com até 80% das vendas. O importante é mudar a vitrine toda semana, ou, no máximo, de 15 em 15 dias. Identifique seu público-alvo, fique  de olho na concorrência e nas tendências do momento e desenvolva o projeto da vitrine. Uma boa ideia é contratar um designer para criar um modelo em 3D que permitirá visualizar como a vitrine ficará após sua conclusão. Calcule o quanto você irá gastar para comprar o material e montar a vitrine e avalie o projeto como um todo, reveja os elementos, preços e materiais. Se precisar, faça adequações.

9 – Identifique nichos

A moda plus size, ou GG, atende clientes que usam roupas acima do padrão convencional das lojas. Formado principalmente por mulheres, é um segmento exigente e sofisticado. Procure oferecer roupas caprichadas, que valorizem as curvas delas. Já a moda gestante, formada por um público restrito, também pode ser uma ótima oportunidade. Ofereça peças elegantes e confortáveis, que acompanhem as mudanças do corpo durante a gravidez. Um nicho bem abrangente é o de moda ecológica, formado por consumidores conscientes que buscam produtos feitos de materiais reciclados e orgânicos. Ainda no campo da sustentabilidade, a moda brechó é uma boa pedida. Seus clientes buscam peças exclusivas, a preços acessíveis e que são reaproveitadas. Quem também está sempre na moda são os adeptos da religião evangélica. As mulheres, público-alvo da moda gospel, buscam roupas com decote fechado, além de saias e vestidos mais longos que a média. A moda streetwear valoriza as roupas largas, descombinadas e descomplicadas. É direcionado principalmente aos jovens que se identificam com a cultura do skate. Já a moda country é bem popular entre os fãs de música sertaneja.

10 – Faça um mix de moda adequado

É importante saber que o mix em uma loja pode ser dividido em três tipos: Mix de Produtos, Mix de Moda e Mix de Coleção. O mix de produto é definido como a variedade de peças oferecidas pela loja. Ele pode ser abrangente, se você quer ter várias linhas de produtos e vender outros itens além de roupas; pode ser extenso, se dentro de cada linha você tiver vários artigos disponíveis, ou pode ser profundo, caso você opte por oferecer vários tamanhos, cores e tecidos para um produto. O Mix de Moda é definido de acordo com o ciclo de vida do produto. O básico é composto por peças com pouco diferencial inovador, mas que têm uma probabilidade de venda mais alta, como calças jeans e camisetas simples. Deve representar pelo menos 10% da coleção. Ofashion é formado por modelos que seguem as tendências da estação e têm cores, cortes e tipos de tecido bem específicos. Esses produtos devem representar certa de 70% do mix. O ciclo conceitual se compromete com tendências futuras. O apelo comercial não é o mais importante nesse caso, os produtos devem causar impacto e chamar a atenção do cliente. O mix de coleção é definido pelos tipos de produtos, quantidade de peças por cada modelo, além da matéria-prima e os tamanhos oferecidos. Os tops, ou a parte de cima das roupas devem ser responsáveis por 50% do mostruário, enquanto os bottoms, a parte de baixo, compõem 25%. 


Fonte: http://www.brasil247.com/pt/247/empreender/205446/Dez-dicas-para-vender-mais-no-varejo-da-moda.htm
 
 
 Recifes de Abrolhos ameaçados pela lama de Mariana
Força-tarefa de ambientalistas tenta salvar animais na foz do Rio Doce de rejeitos


RIO - O vilarejo de Regência, em Linhares (ES), jamais imaginou profecias tão violentas para o encontro do Rio Doce com o mar. Com o rompimento de barragens da Samarco em Mariana (MG), o temor de ambientalistas é que rejeitos de minério, ao chegarem à região, arrasem um dos mais importantes ecossistemas do Brasil: os recifes de corais de Abrolhos. Acostumados com ações de proteção a golfinhos e tartarugas ameaçadas que vivem e se reproduzem apenas ali, eles passaram a última semana numa força-tarefa. O esforço é para reduzir possíveis impactos dos rejeitos nas mais de 500 espécies na área, entrada para o banco de Abrolhos. Os recifes de corais — considerados “amazônias oceânicas” — estão bem mais próximos que o arquipélago, a 221 quilômetros do estuário. Não é possível dizer a que distância os resíduos serão levados, o que dependerá da posição de mar e vento. Segundo boletim do Serviço Geológico do Brasil no sábado, a chegada da água turva à barra está sendo reavaliada em razão de sua passagem por reservatórios de usinas hidrelétricas.

— Não sabemos a magnitude do impacto, já que não temos certeza sobre o que chegará. Se o padrão de impacto nas cabeceiras se mantiver, será um arraso na fauna e na flora — prevê João Carlos Thomé, coordenador nacional do Tamar/ICMBio. — Essa é uma das regiões com maior biodiversidade marinha do Brasil. É o começo do banco de Abrolhos, onde há ressurgências, com águas frias e ricas em nutrientes, com taxas de produtividade altíssimas.


Próximo à foz, convivem jubartes, dourados, meros, raias mantas. É ali o limite Norte no Brasil das toninhas, golfinho mais ameaçado do país. A região — considerada pelo governo federal área prioritária de conservação — também é ponto estratégico para sobrevivência de botos-cinza. O local é ainda o único ponto no Atlântico Sul ocidental com concentração de desovas de tartaruga-de-couro, espécie mais ameaçada de extinção no Brasil; e 2º maior ponto de concentração de desova de tartaruga cabeçuda, assistidas por uma importante unidade do Tamar em Regência.

Os répteis foram os primeiros alvos da força-tarefa de ambientalistas. No fim da semana passada, duas dúzias de ninhos foram deslocados de lugar. Na segunda, retroescavadeiras começaram a tentar reabrir a passagem do rio para o mar, bloqueada por uma faixa de areia desde junho, quando o Doce, devido à seca, não mais teve força para desaguar no mar. O temor é que, com a passagem fechada, a lama fique retida no estuário, zona de reprodução de espécies e cuja capacidade de absorção é muito menor que a do oceano. Há técnicos mobilizados para, caso seja preciso, transferir peixes do estuário para tanques em duas lagoas próximas.

— Nossa preocupação é com a possível contaminação da foz com metais pesados e a mortalidade de animais aquáticos por onde a lama passa. A quantidade de partículas em suspensão está asfixiando os bichos — diz Antônio Serra de Almeida, gestor da Reserva Biológica de Comboios, a apenas um quilômetro da foz.

Monitoramento na água feito pela prefeitura de Governador Valadares (MG) indicou turbidez 80 mil vezes acima do tolerável na última terça. A quantidade de ferro encontrada em amostras foi 13,6 mil vezes acima desse limite, e a de alumínio, 6.500 vezes. Há previsões pessimistas também sobre a duração dos danos.

— Qualquer coisa que sair dali (da foz) pode atingir os recifes de corais de Abrolhos. Se a lama chegar a eles e impedi-los de respirar, serão milhares de anos de recuperação — diz o professor da Universidade Federal do Espírito Santo Agnaldo Martins.

Procurada, a Samarco — multada em R$ 250 milhões pelo Ibama — diz que está executando sistema emergencial de monitoramento ambiental e que contratou uma empresa para diagnosticar a área atingida e elaborar um plano de recuperação.


Fonte: http://oglobo.globo.com/
 
 
 Pela 1ª vez, mercado prevê inflação acima de 10% neste ano
Analistas passaram a prever inflação em dois dígitos no ano de 2015.
Para 2016, previsão sobe para de 6,5%, no limite da meta de inflação.

Os economistas do mercado financeiro passaram a prever que a inflação oficial será de dois dígitos neste ano, ou seja, superará a barreira dos 10%. A estimativa, feita na semana passada, foi divulgada nesta segunda-feira (16) pelo Banco Central por meio do relatório de mercado, também conhecido como Focus. É fruto de pesquisa com mais de 100 instituições financeiras.

Para 2015, a expectativa dos economistas dos bancos é de que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial, feche o ano em 10,04%. Na semana anterior, a taxa esperada era de 9,99%. Se confirmada a previsão, representará o maior índice em 13 anos, ou seja, desde 2002 – quando ficou em 12,53%.

Essa foi a nona alta seguida no indicador. O BC informou, no fim de setembro, que estima um IPCA de 9,5% para este ano. Segundo economistas, a alta do dólar e, principalmente, dos preços administrados (como telefonia, água, energia, combustíveis e tarifas de ônibus, entre outros) pressiona os preços em 2015. Além disso, a inflação de serviços ainda segue pressionando os preços.

Para 2016, os economistas das instituições financeiras elevaram sua expectativa de inflação de 6,47% para 6,5% na última semana - no limite da meta de inflação para o ano que vem. Foi a 15ª alta seguida do indicador que continua se distanciando da meta central de 4,5% fixada para o ano que vem.

Pelo sistema que vigora no Brasil, a meta central para 2015 e 2016 é de 4,5%, mas, com o intervalo de tolerância existente, o IPCA pode oscilar entre 2,5% e 6,5%, sem que a meta seja formalmente descumprida. Com isso, a inflação deverá superar o teto do sistema de metas em 2015, algo que não acontece desde 2003.

Recentemente, o BC admitiu que não conseguirá trazer o IPCA para a meta central de 4,5% no próximo ano. Segundo a autoridade monetária, isso será possível somente em 2017. Na semana passada, o diretor de Política Econômica do Banco Central, Altamir Lopes, informou que, apesar da desistência da autoridade monetária de trazer o IPCA para 4,5% em 2016, que ele permanecerá dentro da banda do sistema de metas, ou seja, abaixo de 6,5%. "[A inflação] estará contida no intervalo do regime de metas [em 2016]", disse ele na ocasião.


Contração de 2% para o PIB de 2016
Para o PIB deste ano, o mercado financeiro manteve a estimativa de retração de 3,10%. Se confirmado, será o pior resultado em 25 anos, ou seja, desde 1990 – quando foi registrada uma queda de 4,35%.
Para 2016, os economistas das instituições financeiras aumentaram de 1,90% para 2% a expectativa de contração na economia do país. Esta foi a sexta queda seguida na previsão do mercado para o PIB do próximo ano.
Se a previsão se concretizar, será a primeira vez que o país registra dois anos seguidos de contração na economia – a série histórica oficial, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), tem início em 1948.

O PIB é a soma de todos os bens e serviços feitos em território brasileiro, independentemente da nacionalidade de quem os produz, e serve para medir o comportamento da economia brasileira. No mês passado, a "prévia" do PIB do BC indicou uma contração de 2,99% até agosto.

No fim de agosto, o IBGE informou que a economia brasileira registrou retração de 1,9% no segundo trimestre de 2015 em relação aos três meses anteriores, e o país entrou na chamada "recessão técnica", que ocorre quando a economia registra dois trimestres seguidos de queda. De janeiro a março deste ano, o PIB teve baixa de 0,7% (dado revisado).

Taxa de juros
Após o Banco Central ter mantido os juros estáveis em 14,25% em outubro, o maior patamar em nove anos, o mercado manteve a estimativa de que não devem ocorrer novos aumentos de juros em 2015. Para o fim de 2016, a estimativa permaneceu em 13,25% ao ano – o que pressupõe redução da taxa Selic ao longo do ano que vem.
A taxa básica de juros é o principal instrumento do BC para tentar conter pressões inflacionárias. Pelo sistema de metas de inflação brasileiro, a instituição tem de calibrar os juros para atingir objetivos pré-determinados. As taxas mais altas tendem a reduzir o consumo e o crédito, o que pode contribuir para o controle dos preços.

Câmbio, balança e investimentos
Nesta edição do relatório Focus, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2015 recuou de R$ 4 para R$ 3,96 por dólar. Para o término de 2016, a previsão dos analistas para a taxa de câmbio ficou estável em R$ 4,20.
A projeção para o resultado da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações) em 2015 subiu de US$ 14,6 bilhões para US$ 14,95 bilhões de resultado positivo. Para 2016, a previsão de superávit avançou de US$ 29 bilhões para US$ 30,55 bilhões.

Para este ano, a projeção de entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil subiu de US$ 62,3 bilhões para US$ 62,8 bilhões. Para 2016, a estimativa dos analistas para o aporte recuou de US$ 60 bilhões para US$ 58 bilhões.


Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 Alimentos ficam mais caros, e inflação pelo IPC-S ganha força
Indicador ficou em 0,86% na segunda prévia de novembro, diz FGV.
Hortaliças e legumes ficaram quase 7% mais caras frente a primeira prévia.

O preço dos alimentos voltou a pressionar o Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) acelerou 0,86% na segunda prévia de novembro, segundo informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta segunda-feira (16).

Nesta apuração, metade das oito classes de despesa usadas no cálculo do índice apresentaram avanço de preços, com destaque para o grupo alimentação (de 0,71% para 1,13%), influenciado pelo aumento das hortaliças e legumes, cuja taxa passou de -3,64% para 6,48%.
Também subiram as taxas relativas a vestuário (de 0,51% para 0,87%), habitação (de 0,63% para 0,65%) e comunicação (de 0,23% para 0,27%).

Na contramão, desaceleraram as variações de preços de transportes (de 1,82% para 1,52%),
educação, leitura e recreação (de 0,25% para 0,20%), despesas diversas (de 0,10% para 0,08%) e saúde e cuidados pessoais (de 0,66% para 0,65%).

Veja a variação de alguns itens:
Tarifa de ônibus urbano (de 1,45% para 0,60%)
Passagem aérea (de 4,72% para -3,58%)
Alimentos para animais domésticos (de -0,24% para  -0,79%)
Medicamentos em geral (de 0,18% para 0,07%)
Roupas (de 0,60% para 1,07%)
Tarifa de eletricidade residencial (de 0,94% para 1,38%)
Pacotes de telefonia fixa e internet (de 0,06% para 0,13%)


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Cinco bairros de Ribeirão Preto recebem consultório de rua nesta semana
A Secretaria da Saúde de Ribeirão Preto divulgou a programação do Dr. Móvel para esta semana, de 16 a 19 de novembro. Nesse período, o Consultório de Rua percorrerá cinco bairros diferentes.

A Comunidade do bairro Jardim Itaú receberá os serviços nesta segunda-feira (16), das 8h às 12h e das 14h às 16h. O equipamento ficará estacionado na Rua Madre Teresa de Calcutá, em frente ao nº 644.

Na terça-feira (17), o Dr. Móvel atenderá os moradores dos bairros Jardim Jockey Club e Jardim Iara. O ônibus ficará na Rua Serra Negra 318, das 8h às 12h. Na quarta-feira (18), o Dr. Móvel estará em Bonfim Paulista, na comunidade Faiane, das 8h às 12h e das 14h às 16h.

Na quinta-feira (19), os serviços de saúde serão levados aos moradores do Jardim Salgado Filho II, na Rua Arealva s/n, em frente da Emei Roberto Afonso Pontes, das 8h às 12h. Na sexta-feira (20), é feriado municipal em razão do Dia da Consciência Negra e não haverá atendimentos.

Fonte: Prefeitura de Ribeirão Preto
 
 
 Estudantes de Gastronomia preparam pratos à base de insetos
Salsicha empanada com larva e doce de leite com barata estão entre pratos.
Professor diz que insetos oferecem mais proteína do que a carne de gado.

Uma turma de estudantes de Gastronomia de Florianópolis aceitou o convite para comer e preparar pratos a base de insetos, como mostrou o Jornal do Almoço. Professores deste grupo visitado pela reportagem da RBS TV enfatizam que os insetos apresentam mais proteína do que as carnes, além da facilidade de digestão, mas não é qualquer inseto que pode ir pro prato. 
“Usar insetos na gastronomia é uma forma de retorno às origens, porque, querendo ou não, os indígenas já consumiam e consomem insetos há tempos”, diz o professor Daniel Lorandi.
Conforme a reportagem da RBS TV, comer insetos faz bem, desde que sejam próprios para consumo, pois têm mais proteína que carne de boi, além de outras vantagens.

“Eles são de mais fácil digestão do que outras carnes, por exemplo, o inseto tem em média 40% de proteína, o que é um pouco mais do que a carne de gado, que nosso corpo demora muito para quebrar a proteína. A do inseto é prontamente absorvida”, afirma o chef de cozinha Rossano Linassi.

Mas não é todo inseto que está apto a ir parar na panela. “Se pegar o inseto que está na nossa casa, com certeza, ele é sujo, é vetor de doenças e não deve ser consumido de maneira nenhuma. Os insetos com os quais trabalho são todos de criação. Todos eles são limpos e talvez até mais do que outros tipos de carnes”, diz Linassi.
Entre as receitas da turma de estudantes estão salsicha empanada com larva, dadinhos de tapioca com larva, queijo com doce de leite e barata e rolinhos de vegetais com inseto.
“Tudo que é novidade, num primeiro momento, principalmente para o brasileiro choca, mas aos poucos, vai se adaptando como aconteceu com o sushi sashimi”, explica o professor Daniel Lorandi.

O professor faz referência à comida oriental que mesmo não fazendo parte da cultura brasileira, já caiu no gosto dos mais jovens. Se depender deles, os insetos têm chance de ir pelo mesmo caminho: “Parece um camarãozinho, né? Dá pra enganar, né?”, diz um dos alunos.

Fonte:  g1.globo.com
 
 
 Custo em alta faz empresas mudarem os planos de saúde
Pesquisa da Mercer Marsh mostra que 40% dos entrevistados planejam trocar de fornecedor


HELENICE LAGUARDIA
O lado mais temido do corte de custos nas empresas é a demissão. Nos bastidores, porém, várias outras medidas são estudadas para melhorar o equilíbrio financeiro delas. Administrar melhor o plano de saúde, mudando coberturas ou até trocando de fornecedor, é uma das alternativas – e que está no radar de 40% das empresas que oferecem assistência média a seus empregados. É que a inflação médica – o aumento dos custos da saúde acima da inflação econômica – tem sido a dor de cabeça da maioria das empresas e planos.

“Em 2015, as empresas tiveram um aumento médio de 14,8% nos custos de planos de saúde para funcionários. Isso ocorreu por conta de a inflação médica estar acima da inflação de preços, entre 7 e 8 pontos percentuais. O custo da assistência médica na folha de pagamento subiu de 10,38% para 11,54% neste ano”, atesta o consultor sênior da Mercer Marsh Benefícios, Francisco Bruno. Os dados constam da 27ª Pesquisa de Benefícios da Mercer Marsh, realizada com 513 empresas de 31 segmentos da economia, sendo que 7% atuam em Minas Gerais.

Segundo o estudo, 45% das empresas entrevistadas pretendem fazer alguma mudança em seus programas de saúde em até um ano e outras 13% farão mudanças nos próximos dois anos. Entre as que planejam fazer alterações, 26% declaram que o farão em busca de redução de custos. Cerca de 40% delas dizem que irão fazer mudança de fornecedor (planos de saúde, odontológicos etc.) em até um ano. Outros 9% da amostra farão mudanças em até dois anos. Em 60% dos casos, a mudança será para reduzir custos.

O conjunto da amostra – que abriga 1,2 milhão de empregados e 2 milhões de segurados, incluindo dependentes – revela que a despesa média por trabalhador com a assistência médica, que era de R$ 196,17 em 2014, subiu para R$ 225,23 em 2015. Por isso, uma das estratégias para controlar gastos com a assistência médica aos trabalhadores tem sido o compartilhamento de custo – o patrão paga uma parte e o empregado, outra. Segundo a pesquisa da Mercer Marsh, neste ano, 51% das empresas passaram a dividir com os funcionários o pagamento do custo mensal fixo dos planos de saúde. A Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) e a Bradesco Saúde alegaram luto para não dar entrevista.

Particular

Rede. Neste ano, a rede particular de saúde perdeu 400 mil clientes por conta do desemprego, segundo o presidente da Associação dos Hospitais, Francisco Balestrin. Esse número pode piorar.

Unimed-BH tem 60% em contratos coletivos

Com 1,182 milhão de clientes, a Unimed-BH tem 20% deles em planos individual ou familiar; 20% em contratos coletivos por adesão e 60% em contratos coletivos empresariais. São cerca de 25 mil empresas que oferecem planos da Unimed-BH a seus funcionários. O superintendente comercial e de marketing da cooperativa, Marcelo Coury, concorda que “de fato, há um aumento nos custos médicos e isso leva à necessidade de reajustes, com impactos significativos, principalmente no cenário atual”.

A Unimed-BH tem analistas acompanhando o histórico, a evolução do índice de utilização de serviços e as negociações para reajuste. “Isso permite que ações sejam promovidas caso haja um uso inadequado, por exemplo, que pode gerar desperdício e impactar no custo para o beneficiário ou a empresa”. Além disso, tem o Unimed Pleno, “que pode ser uma alternativa de uso mais racional do plano, com reflexos nos custos”. 


Fonte: otempo.com.br/
 
 
 Neste século, judô é o esporte que mais deu medalhas olímpicas ao Brasil
Com nove conquistas, modalidade esportiva é a principal esperança de medalhas do país para os Jogos Olímpicos Rio 2016; vôlei de praia aparece em segundo lugar

A virada de século representou o início de uma nova fase no esporte olímpico brasileiro. Após deixar os Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, sem ter conquistado uma medalha de ouro sequer, as três edições seguintes registraram campanhas inéditas. Em Atenas 2004, o país levou cinco ouros, sua melhor marca até hoje. Já em Pequim 2008 e Londres 2012, o Time Brasil atingiu seus resultados mais expressivos no quesito total de medalhas: 15 e 17, respectivamente.

Para 2016, a expectativa do Comitê Olímpico do Brasil (COB) é ainda maior: conquistar 27 medalhas e terminar a competição entre os dez países mais bem classificados. Por isso, a entidade dividiu as modalidades esportivas em quatro subcategorias: vitais, que serão os carros-chefes no Rio; potenciais, devido ao seu histórico olímpico; contribuintes, nas quais o Brasil possui um único atleta com condições de trazer medalhas; e legado, cuja meta é o longo prazo.

Essa divisão feita pelo COB é baseada, sobretudo, nos resultados recentes. Tomando apenas os Jogos Olímpicos como referência, é possível identificar com clareza os esportes nos quais o Brasil deve ganhar mais medalhas.
Neste século, nenhum esporte conseguiu mais pódios do que o judô: nove. O vôlei de praia aparece logo atrás, com seis, seguido por vela e vôlei, ambos com cinco. Em uma comparação com as modalidades que mais deram medalhas ao Brasil na história das Olimpíadas, nota-se que praticamente 50% do total das conquistas do judô (19), líder dessa lista, vieram nas últimas três edições. Ou seja, o esporte apresentou uma grande evolução em termos de resultados.
O atletismo, por sua vez, vive situação oposta. Das 14 medalhas brasileiras nos Jogos, apenas duas foram obtidas no século 21. Isso significa que a modalidade, apesar de continuar sendo a terceira que mais deu conquistas ao país, ocupa apenas a oitava posição no levantamento que contabiliza somente os resultados de Atenas 2004, Pequim 2008 e Londres 2012.


Fonte: http://sportv.globo.com/
 
 
 Reservatórios no Nordeste caem a nível crítico
Volume de água nas hidrelétricas está em 6,6%, abaixo do registrado em 2001, ano do racionamento

RIO - A forte seca que castiga o Nordeste deixou os reservatórios das hidrelétricas da região em nível crítico, o menor de sua história. De acordo com dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o volume de água armazenado nas usinas chegou a 6,6% no último dia 11, uma queda de 43,3% em relação há um mês, quando o nível estava a 12%. Comparado com janeiro, quando estava em 18,3%, o volume despencou 62,8%.

Para se ter uma ideia, o menor nível já registrado nos reservatórios da região até então era o de novembro de 2001, ano do racionamento de energia, quando ficou, em média, em 7,84%. Para especialistas, o risco é que, com a escassez de água nas hidrelétricas, as usinas térmicas mais caras (como as movidas a diesel) sejam religadas, encarecendo a conta de luz.

A medida pode ser necessária mesmo com o alto volume de chuvas na Região Sul, onde os reservatórios estão acima de 97%. Isso porque o sistema interligado nacional tem um limite de capacidade de transmissão de energia de uma região para outra do país. A Região Nordeste responde por cerca de 12% da energia gerada no país.

João Carlos Mello, presidente da consultoria Thymos, destaca que a situação é mais grave nas usinas do Rio São Francisco. Cita a hidrelétrica de Sobradinho (que responde por 58,2% da energia da região), cujo nível chegou a 2,88%, o menor da história.

— O motivo para um nível tão baixo está relacionado a fatores climáticos como o El Niño. Com isso, você tem a região Sul cheia de água, e o Sudeste com chuvas dentro da média — disse Mello.

GERAÇÃO EÓLICA

Rafael Kelman, da PSR Consultoria, acredita que as térmicas mais caras terão de ser acionadas caso a situação da região não melhore, principalmente a partir de dezembro, quando começa o período das chuvas. Segundo Kelman, apesar do nível baixo, a usina de Sobradinho é obrigada a liberar 900 metros cúbicos de água por segundo, e estão chegando ao seu reservatório só 300 metros cúbicos por segundo. Ou seja, ele está se esvaziando lentamente.

— A produção de energia eólica está superior à hídrica no Nordeste. Se não chover, não tem outra saída senão ligar mais térmicas de custo mais caro — disse Kelman.

No Nordeste, as hidrelétricas estão produzindo 2.725 megawatts (MW) médios, enquanto os parques de energia eólica estão gerando 3.275 MW. A geração de térmicas está em 3.400 MW.

Segundo o ONS, o nível dos reservatórios de Centro-Oeste e Sudeste — que respondem por 70% da energia gerada no país — está em 27,4%, acima dos 23,04% de novembro de 2001, mas também no menor patamar desde março deste ano. Na Região Sul, o nível está em 97,2% da capacidade e acima dos 86,9% de 2001. No Norte, em 22,1%, acima dos 17,9% do ano do racionamento, mas o menor nível de 2015.

Assim, diz Mello, o governo pode ser forçado a religar as térmicas mais caras (com custo variável unitário acima de R$ 600/MWh) já em 2016. Em setembro, essas unidades foram desligadas, o que, segundo estimativas do governo, permitiu uma economia de R$ 5,5 bilhões neste ano e a redução do valor da bandeira vermelha (tarifa extra cobrada na conta de luz dos brasileiros) de R$ 5,50 para R$ 4,50 a cada 100 kW consumidos.

— O que está ajudando hoje é que a atividade econômica do país está fraca. É isso que está segurando o risco de racionamento — destacou.

Já o Ministério de Minas e Energia (MME) disse, em nota, que “os órgãos e entidades que compõem o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) acompanham continuamente as condições de suprimento energético no país”. O MME lembrou que o “CMSE avaliou, em sua mais recente reunião, que o risco de qualquer déficit de energia no Nordeste é zero neste ano, da mesma forma que nas demais regiões”. Por isso, “neste momento não há evidências de que seja necessário religar essas usinas térmicas”, diz a nota. O MME destacou ainda que foram adicionados, ao longo do ano, 4.436 MW ao sistema, com novos projetos de geração.

SITUAÇÃO CONTORNÁVEL

Nivalde de Castro, coordenador do Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel) do Instituto de Economia da UFRJ, destacou que, apesar do nível crítico dos reservatórios do Nordeste, é preciso aguardar o início do período das chuvas:

— Esses níveis tão baixos mostram que vivemos um problema muito grave de abastecimento de água. Mas, em termos de energia, a situação é contornável pelo fato de o sistema elétrico ser interligado. Além disso, temos as eólicas que estão produzindo energia na região.

Fonte: oglobo.globo.com/
 
 
 'Cofre' de sementes no Ártico pode ser esperança de lavouras do futuro
BBC tem acesso exclusivo a construção que abriga mais de 5 mil sementes de todo o mundo dentro de montanha e sob o gelo.

Em pouco menos de um mês, líderes mundiais se encontrarão em Paris para tentar entrar em acordo sobre ações contra as mudanças climáticas e o aumento da temperatura global. Uma das principais preocupações é que o aquecimento global afete safras de alimentos.

Para garantir que plantas sobrevivam aos piores cenários possíveis, amostras de sementes estão sendo reunidas no chamado Silo Global (ou Internacional) de Sementes – um armazém nas ilhas Svalbard, no Ártico. A BBC teve acesso ao interior do local. Confira o depoimento do repórter David Shukman:

"Chegar ao que supostamente é o lugar mais seguro do planeta dá uma sensação amedrontadora.

No topo de uma montanha no Ártico, em meio à ventania, uma porta de concreto leva ao Silo Global de Sementes Svalbard, construído para assegurar a sobrevivência das plantas mais valiosas do mundo.

Criado para suportar as condições mais pessimistas de um apocalipse, o lugar faz com que os visitantes não se sintam muito bem.

A primeira barreira para chegar lá é a localização absolutamente remota – as ilhas Svalbard ficam a apenas 1.300 km no Polo Norte.

E, apesar das muitas luzes vindas da Noruega, e do aumento da popularidade de aventuras no Ártico, a população no local é esparsa e o turismo de massa ainda não é uma opção.
Há ainda um perigo não planejado: uma lâmina de gelo duro cobre o pequeno estacionamento do local. Cada passo dado pode ser traiçoeiro.

As chaves do reino
A porta externa é feita de aço, mas pode ser aberta com uma chave surpreendentemente comum – do tipo que a maioria de nós usa em casa.

Os primeiros passos nos tiram do vento cortante e nos levam a uma atmosfera de extrema quietude. Um conjunto de capacetes de segurança está esperando para ser usado.
Outra porta se abre para um túnel que suavemente desce mais profundamente dentro da montanha. A temperatura é -4ºC e agora estamos no "permafrost" – solo que nunca descongela.
A maior parte do túnel é forrada de concreto, mas mais para dentro as paredes de rocha estão expostas. Nossas vozes começam a ter eco.

O conceito do projeto é simples: imaginar tudo o que pode dar errado com as principais lavouras do mundo e assegurar que amostras delas fiquem intocadas aqui.

Por isso, a entrada do lugar fica 130 metros acima do nível do mar – uma distância confortavelmente acima das piores projeções do quanto os oceanos podem subir caso haja um derretimento total das calotas polares nos próximos séculos.
Ser esculpido na rocha também deve garantir que as sementes sejam imunes à guerra. Svalbard fica bem distante de qualquer conflito militar, mas digamos que um deles exploda no Ártico – o que não é totalmente inconcebível – e que uma arma aleatória chegue até lá. Em teoria, ela não deveria conseguir passar.

Chegamos a outra porta, sobre a qual há uma fina camada de gelo. A temperatura está caindo.

Passar por ela nos leva a um lugar chamado "a catedral", uma vasta caverna que dá acesso aos silos de sementes propriamente ditos.

Sobre nós estão os canos prateados do sistema de resfriamento e cristais de gelo cintilam nas paredes rochosas.


Caixas da Coreia do Norte
Há mais uma porta à frente, que está incrustada no gelo. O ar ali dentro é mantido há -18ºC. Estamos protegidos contra o frio por nossas roupas, mas qualquer pedaço de pele exposta fica gelado rapidamente e minha caneta para de funcionar quase imediatamente. Gravamos vídeos o mais rápido que podemos.
O armazém tem filas de prateleiras, cada uma delas cheia de grandes caixas de plástico do tipo que você usa para guardar arquivos dentro de casa. Dentro delas há pequenos pacotes que contêm as sementes. São mais de 865 mil pacotes no total, representando mais de 5 mil espécies e quase a metade das lavouras mais importantes do mundo.

As etiquetas são fascinantes – há sementes da África, da Ásia e das Américas. Há, inclusive, caixas da Coreia do Norte.
Mas a história mais emocionante é a que está por trás das caixas plásticas da Síria. Havia um centro regional de pesquisas de agricultura em áreas secas em Aleppo. Mas cortes de energia constantes e a guerra civil, que teve início em 2011, impediram a continuidade do trabalho. Por causa disso, as sementes fizeram uma longa jornada até aqui.

Esse é exatamente o propósito deste lugar. A maior parte dos países têm seus próprios armazéns das variedades de plantas mais importantes, mas o Silo Global de Sementes foi feito para funcionar como uma alternativa a estas alternativas.
O lugar começa a fazer sentido quando você pensa em locais onde enchentes ameaçam silos de sementes nacionais; onde a agricultura de escala industrial reduziu tanto a variação genética que pragas podem ser catastróficas; onde projeções para mudanças climáticas ameaçam suprimentos de alimentos.
No início deste mês – muito antes do que se esperava – veio o primeiro exemplo de que o cofre está realmente fazendo seu trabalho.

Algumas das sementes sírias, incluindo variedades antigas e possivelmente resistentes de trigo, cevada e grão-de-bico, foram retiradas das prateleiras congeladas porque são necessárias no Oriente Médio.

No total, 128 caixas – de um total de 350 enviadas originalmente de Aleppo – foram levadas de volta, para serem usadas no Líbano e no Marrocos.

As sementes derivam de plantas cultivadas em alguns dos primeiros exemplos de agricultura no Crescente Fértil – região que engloba Palestina, Israel, Jordânia, Kuwait, Líbano, Chipre e partes da Síria, do Iraque, do Egito, do sudeste da Turquia e sudoeste do Irã. Agora, elas serão plantadas para produzir duplicatas.

Em breve, haverá agricultores no Oriente Médio cujas lavouras do futuro poderão render mais ou ser mais resistentes à seca, porque pacotes de sementes foram guardados em um bunker nas montanhas solitárias do distante Ártico."


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Aneel realiza leilão de energia de fontes solar e eólica nesta sexta
Empresa de Pesquisa Energética recebeu 1.379 projetos para a disputa.
Suprimento começa em 1º de novembro de 2018, com prazo de 20 anos.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realiza nesta sexta-feira (13), em São Paulo, leilão destinado à contratação de energia elétrica de novos empreendimentos, de fonte solar fotovoltaica e eólica.

Denominado “2º Leilão de Energia de Reserva”, o certame está marcado para as 10h, na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). O objetivo do leilão, conforme o governo, é aumentar a segurança do fornecimento de energia elétrica no país e reduzir os riscos de desequilíbrio entre a oferta e a demanda.

Segundo a Aneel, os leilões de reserva servem para incrementar a garantia física do sistema e, nesse caso, a energia pode ser contratada com qualquer antecedência. 

Contratos
O suprimento começa em 1º de novembro de 2018, com prazo de duração de 20 anos. De acordo com a Aneel, serão negociados Contratos de Energia de Reserva na modalidade por quantidade de energia.


Preço inicial
O preço inicial do produto por quantidade será de R$ 381,00 por MWh (megawatt-hora) para fonte solar fotovoltaica, e de R$ 213,00 por MWh para fonte eólica.


Projetos
A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) recebeu 1.379 projetos para o leilão, distribuídos em 14 estados, sendo 730 de usinas eólicas e 649 de energia solar. As propostas têm potência superior a 39.917 MW (megawatts).



Fonte: g1.globo.com
 
 
 Ministro do Esporte defende legado de consolidação da prática esportiva
George Hilton participou de conferência que definiu educação física como direito fundamental

A revisão da Carta Internacional de Educação Física, Atividade Física e Esporte foi aprovada nesta quarta-feira (11), em Paris, por todos os 195 estados-membros da Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura). O Brasil foi representado pelo ministro do Esporte, George Hilton.

A Carta Internacional de Educação Física, Atividade Física e Esporte surgiu em 1978. Entretanto, o documento jamais havia sido revisado. O novo texto referendado pelos países recomenda aos governos que invistam no ensino da educação física nas escolas por considerar a prática desportiva um direito fundamental.

A sessão final da Comissão de Ciências Humanas e Sociais da 38ª Conferência-Geral da Unesco decidiu também criar o Dia do Esporte Universitário, a ser comemorado em 20 de setembro. 

Hilton lembrou que o Brasil está na reta final dos preparativos para sediar a próxima Olimpíada, na cidade do Rio de Janeiro. "É simbólico para nós, brasileiros, que este trabalho esteja sendo realizado justamente quando nosso país finaliza os preparativos para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016", afirmou.

"Mais do que o legado físico dos Jogos Rio 2016, queremos um legado cultural, de consolidação da prática esportiva. Esta revisão da Unesco demonstra, de maneira clara, universal, que o ensino de educação física nas escolas é fundamental para a construção de pátrias esportivas", acrescentou o ministro do Esporte.

O apoio brasileiro à renovação da Carta recebeu os cumprimentos de Hadidja Youssouff, presidente da Comissão de Ciências Humanas e Sociais da Unesco. À camaronesa, Hilton reiterou que o momento da atualização do documento coincide com a formulação do Sistema Nacional do Esporte, que deve chegar ao Congresso Nacional até o final do ano.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Esporte
 
 
 Mulheres criam tecnologia para combater assédio sexual
Mulheres criam tecnologia para combater assédio sexual
Apps e aparelhos recebem dinheiro de apoiadores em 'vaquinhas na web'.
Para jovens, somente educação pode barrar manifestações de machismo.

Cansadas de andarem pelas ruas com medo do próximo “fiu fiu”, jovens mulheres passaram a recorrer à tecnologia para combater o assédio sexual. De aplicativo a “computador vestível”, as invenções vêm unindo uma legião de admiradores, que chegam a doar altas quantias para vê-las funcionando.

“As estatísticas de violência contra as mulheres são assustadoras, e se tornou evidente que nada que existia no mercado eram ferramentas de que as mulheres realmente precisavam”, afirmou Yasmine Mustafa, presidente-executiva da empresa Roar for Good.

A empresa criou a Athena, um aparelhinho do tamanho de uma moeda que, quando acionado, envia pedidos de ajuda a conhecidos. Para ser carregado dentro do bolso, o dispositivo também emite um barulho para afastar possíveis agressores.
Depois de encabeçar o movimento “Vamos Juntas?”, que incentiva mulheres a andarem juntas para afastar o assédio, a gaúcha Babi Souza, de 24 anos, quer levar a ideia para o mundo dos celulares. Com a ajuda de uma empresa, ela desenvolve um aplicativo que servirá como uma espécie de “Waze do abuso”.

Nele, as mulheres são convidadas a relatar ameaças encontradas pelos caminhos que percorrem – da falta de iluminação a homens que frequentemente as assediam na rua. A partir daí, quando uma rota for traçada, os possíveis itinerários serão acompanhados das fontes de assédio que possuírem. A expectativa é que o app chegue a celulares Android e iOS em janeiro de 2016.

Outra iniciativa é a da estudante paulista Catharina Doria, de 17 anos. Ela usou o dinheiro com que pagaria sua viagem de formatura para custear a criação do “Sai Pra lá”. O app mapeia as manifestações de assédio sexual contra mulheres, da buzinada a contatos físicos.

Apoio
Depois de estrear na primeira semana de novembro, o “Sai pra lá” foi inundado por acessos, o que sobrecarregou seus servidores. Na hora do rush, por volta das 18h, recebia 250 envios. Para melhorar a infraestrutura do app, Catharina iniciou uma campanha de financiamento coletivo na internet. Com 54 dias para o fim, já arrecadou 112% da meta inicial, de R$ 5 mil.

O Athena também é desenvolvido com dinheiro arrecadado online. A pouco mais de dez dias para o fim da campanha, o projeto já recebeu cinco vezes o valor estipulado, de US$ 40 mil. “Nós queríamos criar algo que atendesse às necessidades da mulher moderna ao mesmo tempo que fosse uma ferramenta contra o abuso”, diz Yasmine.


Assédio
Em geral, todas as ideias surgiram depois de as mulheres se depararem com casos de violência sexual ou encararem o medo de ser a próxima vítima.
Após ouvir muitas mulheres contarem histórias de abuso em uma viagem à América do Sul, em 2013, Yasmine retornou à Filadélfia (EUA), mas a violência bateu à sua porta. “Uma semana depois de voltar pra casa, uma mulher da minha vizinhança foi brutalmente estuprada apenas a um quarteirão de onde eu estava morando”, afirmou.
Já Babi cansou de ficar apreensiva ao andar sozinha pelas ruas em um dia que saiu do trabalho tarde da noite. “Eu pensei, ‘Bah que merda ser mulher, chega a hora de voltar pra casa e, em vez de tu ficar feliz, fica com medo por ser tarde’."
Catharina foi chamada de “gostosa” por um homem muito mais velho, que disse que queria levá-la para casa. Não respondeu, mas levou o incômodo de não ter feito nada para casa. Quatro meses depois, o aplicativo foi lançado.


Não é suficiente
Apesar de recorrer à tecnologia, as desenvolvedoras acreditam que criar aplicativos ou aparelhos não é um esforço suficiente. “Definitivamente, a tecnologia tem potencial de ajudar a focar essas questões. Enquanto dispositivos como o Athena são capazes de ajudar a deter ataques e conseguir ajuda instantaneamente, ele não foca na raiz da causa de abusos e violência”, diz Yasmine.
A Roar for Good, destina uma percentagem do dinheiro arrecadado com a venda dos aparelhos para organizações que trabalham na conscientização de jovens. Um décimo da grana arrecadada na campanha de financiamento coletivo no site “Indiegogo” vai para a One Love Foundation, que se dedica a criar programas de educação para acabar com a violência doméstica. “Nosso objetivo é que aparelhos como o Athena um dia não sejam mais necessários. Até lá, nós faremos tudo que pudermos empregando a tecnologia para ajudar a diminuir os abusos”, comenta Yasmine.
A criadora do “Vamos Juntas?” recorreu ao financiamento coletivo para criar um portal de informações sobre o que é feminismo.
Para Catharina, levar a discussão da violência contra mulher para o mundo digital não resolve o problema. “A questão é essa: a tecnologia é suficiente? É tipo uma semente. Para uma plantinha crescer, você tem que regar com água. Nesse caso, essa água é a educação. A gente tá apenas tentando podar a situação. O aplicativo faz com que a gente mapear os assédios para depois as instituições colocarem cartaz, colocar mais luz, falar com as faculdades. Mas o certo seria a educação desde pequeno: o homem ser conscientizado desde pequenininho que ele não pode fazer isso.”


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Saída para crise passa por diálogo entre Lula e FHC, diz Marina Silva
Ao G1, ex-senadora classificou de 'caos' atual situação política do país.
Ela voltou a defender afastamento de Cunha da presidência da Câmara.

Terceira colocada nas eleições de 2010 e 2014, a ex-senadora Marina Silva (Rede-AC) afirmou em entrevista ao G1 que a saída para a atual crise política exige diálogo entre os ex-presidentes da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Para ela, se na época em que governaram, os dois negociaram com lideranças polêmicas a fim de garantir a governabilidade, eles têm condições de dar uma trégua às divergências pessoais para ajudar o país a superar as dificuldades.
Segundo a ex-ministra do Meio Ambiente, pela história e pela trajetória, Lula e FHC têm força para frear o agravamento da crise política desencadeada na última campanha presidencial. Marina afirma que a polarização entre PT e PSDB está "fazendo um mal tremendo" para o Brasil.

"Está na hora de o presidente sociólogo e o presidente operário conversarem. Se foi possível Fernando Henrique conversar com ACM, se foi possível Lula conversar com [José] Sarney, [Fernando] Collor, Renan [Calheiros], Jader Barbalho e Eduardo Cunha, por que não é possível conversarem dois ex-presidentes da República para que possamos viver os últimos suspiros da polarização?", questionou a ex-senadora.
Na opinião de Marina, o país está perdendo grandes oportunidades por causa do "atraso" na política. "Ex-presidentes estão aí para assumir o papel de ex-presidentes e ajudar o país a sair do caos", declarou.

A ex-senadora afirmou que a instabilidade política tem contaminado a economia, afastando investidores. Para ela, há pessoas que estão trocando o futuro do país "por causa de uma eleição".
"As pessoas estão brincando. Qual é o investidor que vai olhar para uma situação como essa e vai achar que é sério investir no Brasil?", indagou.

"O que está acontecendo é que as pessoas estão trocando o futuro do Brasil por causa da próxima eleição. E não se troca o futuro de uma nação por causa de uma eleição", complementou.

Em julho, Fernando Henrique publicou um texto em sua página pessoal no Facebook no qual afirmou que, naquela ocasião, não era momento de se aproximar do governo, e sim do povo.
A declaração do tucano ocorreu um dia após o jornal "Folha de S.Paulo" publicar reportagem informando que Lula havia autorizado interlocutores a procurarem assessores do ex-presidente tucano para que fosse articulada uma conversa entre os dois.
Apesar das recentes desavenças entre Lula e FHC, Marina Silva destacou que um eventual encontro entre eles não seria visto como um "pacto de impunidade", mas sim um "pacto de responsabilidade".
"Não é ninguém ir conversar para dizer: 'olha, estou aqui vergando a sua coluna'. Não, é um diálogo mesmo. O PSDB decidiu agora que vai votar a DRU. Enfim, é a proposta deles. É incoerente não votar", defendeu a ex-senadora.
Ela se referia à manifestação dos tucanos de que, em prol da “governança”, votarão a favor da proposta de emenda à Constituição (PEC) que prorroga a permissão para que a União utilize livremente parte dos recursos do Orçamento, a chamada Desvinculação de Receitas da União (DRU).

Eduardo Cunha
Dirigente da Rede Sustentabilidade – um dos dois partidos que apresentaram representação no Conselho de Ética da Câmara contra o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – Marina Silva afirmou ao G1 que não considera a versão do peemedebista uma resposta para a denúncia apresentada pela legenda. A ex-senadora voltou a defender o afastamento de Cunha do comando da Câmara.
Na semana passada, em entrevista ao G1 e à TV Globo, Eduardo Cunha reafirmou, entre outras coisas, que não tem contas bancárias nem é proprietário, acionista ou cotista de empresas no exterior. Ele admitiu, contudo, ser "usufrutuário" de ativos mantidos na Suíça e não declarados à Receita Federal e ao Banco Central porque, segundo afirmou, são recursos que obteve no exterior, mantidos em contas das quais não é mais o titular.
O presidente da Câmara foi acusado no Conselho de Ética, pela Rede e pelo PSOL, de ter quebrado o decoro parlamentar ao, supostamente, mentir à CPI da Petrobras, afirmando que não tem contas fora do país.

"A nossa atitude [da Rede], desde o princípio, foi de que, se houvesse denúncia, deveria haver o afastamento [de Eduardo Cunha da presidência da Câmara]. Mas, na ausência do afastamento, com as denúncias, das provas consistentes que foram apresentadas pela Justiça, então, tem um lugar para se fazer essa avaliação, que é o Conselho de Ética", disse Marina Silva.

Segundo ela, não se pode fazer um "pacto de impunidade" para salvar o mandato do presidente da Câmara. A fundadora da Rede Sustentabilidade afirmou que, "tanto o governo quanto a oposição", resolveram "protelar" a análise da reprentação do partido no Conselho de Ética, o que, consequentemente, acabou atrasando a tramitação do processo de cassação.
"Um porque queria o impeachment, e o outro porque queria evitá-lo. E não se pode instrumentalizar uma coisa como essa. Não acho que se deva fazer agora um pacto de impunidade, nem para conseguir o que a oposição quer nem o que a situação quer", opinou.

Tragédia em Mariana
A ex-ministra do Meio Ambiente falou ainda ao Blog do Matheus Leitão sobre a tragédia na região de Mariana (MG), causada pelo rompimento de duas barragens de lama pertencentes à mineradora Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP.

Para Marina, a enxurrada de lama é catastrófica e a negligência, a ser investigada, gerou um "dano incalculável”.
"Por mais que você consiga precificar os danos econômicos, do patrimônio histórico, você jamais vai conseguir calcular as vidas que se perderam, as histórias que desapareceram, as relações que as pessoas estabeleceram com aquilo que produziram e acumularam. Isso não tem preço”, afirmou Marina.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 ONU oferece curso técnico on-line gratuito sobre meio ambiente
A ONUDI (Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial), agência da ONU (Organização das Nações Unidas) está com inscrições abertas para curso on-line gratuito sobre Energias Renováveis. Há certificação ao final, depois de uma prova de avaliação.

Viabilizado por meio do Observatório de Energias Renováveis para América Latina e Caribe, as videoaulas são voltadas para alunos interessados em temas ambientais. As aulas foram desenvolvidas junto a instituições espanholas renomadas, como a Universidade de Salamanca e a Universidade Politécnica de Madri.

Após realizar a formação completa, os alunos serão capazes de desenvolver projetos de energia renovável. Os módulos podem ser feitos em português, inglês e espanhol e abordam os seguintes temas: Energia e Mudanças Climáticas; Energia Mini-Eólica; Biogás; Energia Mini-Hidrelétrica; Energia Solar Térmica; Energia Solar Fotovoltaica; Eficiência Energética em Edifícios.


Fonte: catracalivre.com.br
 
 
 iPhone 6s e iPhone 6s plus começam a ser vendidos no Brasil
Preços dos novos smartphones da Apple variam de R$ 4 mil a R$ 4,9 mil.

Câmera mais potente e 3D Touch são as novidades dos aparelhos.

A Apple iniciou nesta sexta-feira (13) a venda de seus novos smartphone, iPhone 6s e iPhone 6s plus, por preços que variam entre R$ 4 mil e R$ 4,9 mil.

As versões do iPhone 6S e 6S Plus têm opções de armazenamento de 16 GB, 64 GB ou 128 GB, e chegam nas cores prata, cinza espacial, dourado e ouro rosado. O iPhone "tradicional" tem tela de 4,7 polegadas, enquanto que a versão plus possui um display de 5,5 polegadas.
Lojas de varejo, como a de operadoras e de eletrônicos, começam a vender os aparelhos a partir da 0h01 desta sexta. As lojas da Apple no Brasil, no Rio e em São Paulo, abrem em horários comercial.

Câmera
A versão do smarphone da Apple lançada este ano deu atenção especial à câmera, que não ganhava uma atualização de respeito desde 2011, quando o iPhone 4s ganhou uma câmera de 8 MP, saindo dos 5 MP da versão anterior do aparelho. No iPhone 6s, a câmera para fotos agora é de 12 MP, e concentra a maioria das novidades do produto.
Não só as fotos ficaram (um pouco) melhores em relação ao iPhone 6, como agora é possível gravar vídeos com resolução 4K, que é quatro vezes superior à resolução Full HD.
Os amantes de selfies também foram beneficiados com a nova câmera frontal do aparelho, que agora é de 5 MP e tem um flash ao estilo "gambiarra", já que a tela do celular pisca rapidamente no brilho máximo para iluminar ambientes com pouca luz.

Live Photos
Ainda falando de fotografia, outro recurso apresentado no iPhone 6S é o Live Photos - ao ativar a função na hora de bater uma foto, o celular registra um segundo e meio de áudio e vídeo antes e depos da foto, deixando-a com a cara de GIF.


3D Touch
Essa foto é visualisada em sua forma "animada" ao pressionar a tela um pouco mais forte - outra novidade exclusiva do iPhone 6S, chamada 3D Touch.

Por meio de um sensor de pressão no aparelho, o smartphone sabe o quanto de força está sendo imprimida na tela, e possibilita ativar funções ou comandos opcionais. É possível acessar atalhos de aplicativos sem a necessidade da abri-los primeiro, como ir diretamente para o modo selfie da câmera ou pular para a tela de uma nova postagem para o Instagram, por exemplo.

O 3D Touch funciona aliado a sensores que ficam entre o painel de retroiluminação do display e o vidro da tela, que monitoram a diferenças microscópicas de distância entre os componentes. Aliado a tudo isso, há um motor tátil que "vibra" quando o 3D é acessado, dando uma resposta física ao usuário.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Como ter o calendário do GMAIL no Windows 10
O Windows 10 é o sistema operativo do momento! Com milhares de instalações por todo o mundo, a Microsoft lançou ontem a grande actualização de Novembro que trouxe até ao utilizador final mais novidades em termos de funcionalidades mas também ao nível da interface.
Para quem já tem o Windows 10 instalado  e pretender ligá-lo com o calendário do GMAIL hoje mostramos quais os passos a seguir.
Ter a app calendário sincronizada com o calendário do GMAIL é algo bastante simples de configurar e rápido.
São apenas alguns passos, mas que vão trazer para o Windows 10 uma interligação com um dos serviços Google mais usados, e que não existe de forma directa.
Para tal, basta abrir a app calendário que vem com o  Windows 10 e que está acessível via Menu Iniciar.
Depois de aberta a app escolhemos a opção Adicionar Conta e das opções disponibilizadas escolhemos Google.
Para que o windows 10 tenha permissões de aceder ao calendário têm de indicar as vossas credenciais de acesso à conta do gmail.
Se a autenticação foi realizada com sucesso, então em poucos segundos os evento começarão a aparecer na app calendário.
Na app calendário do Windows 10 é ainda possível realizar algumas personalizações, carregando para isso em Definições dentro do próprio calendário.
A app calendário do Windows 10 tem uma interface bastante simples e organizada. Facilmente podemos marcar um evento, definir lembretes e em poucos segundos a informação é sincronizada entre todos os equipamentos que têm a conta do gmail associada. Se não usam esta app, aqui fica a nossa sugestão.
 
 
 Xbox One começa a receber o Windows 10 com retrocompatibilidade e outras novidades
A Microsoft anunciou recentemente que estaria lançando a atualização que leva o Xbox One ao Windows 10 no dia 12 de novembro, e aparentemente decidiu cumprir sua promessa, já que de fato consoles de todo o mundo já estão recebendo o update para a plataforma universal da companhia. A atualização chega sob o nome "New Xbox One Experience", e traz uma interface completamente renovada para o aparelho, além de uma infinidade de funções que ainda precisam ser testadas para que possamos saber mais sobre a sua real utilidade.
Vale destacar que todos os consoles que não forem atualizados até o dia 23 de novembro terão o Windows 10 instalado automaticamente assim que uma conexão com a internet for estabelecida, sendo esta uma maneira encontrada pela Microsoft para que todos os usuários estejam no mesmo patamar em relação às novidades que serão distribuídas a partir de agora. Caso você não tenha recebido o aviso sobre o update, basta acessar a central em seu Xbox One e selecionar a opção "procurar atualizações".
A grande novidade da atualização para o Windows 10 fica por conta da retrocompatibilidade do sistema com jogos de Xbox 360, permitindo assim que você aproveite mais de 100 títulos adquiridos para a geração passada do console e que ficaram abandonados após a chegada do "irmão mais novo". A lista completa com os atuais jogos compatíveis conta com alguns nomes interessantes como Fable II e Fallout 3, além da franquia Gears of War e várias outras opções que devem ser elogiadas pelos usuários.
O changelog liberado pela Microsoft inclui:

Retrocompatibilidade
Aproveite a lista cada vez maior de jogos do Xbox 360 (digitais ou físicos) compatíveis com o Xbox One, podendo aproveitar todas as funções da nova geração como captura de tela, streaming em tempo real e muito mais.
Donos de uma conta Xbox Live Gold poderão realizar multiplayer entre plataformas diferentes, aumentando consideravelmente o número de jogadores disponíveis para cada partida.

Experiência inédita e aprimorada
Novas tecnologias incluídas com o Windows 10 permitem ganho de performance de até 50% em jogos.
Multitarefas aprimorada para uma transição mais suave entre jogos e outros aplicativos.

Novo Guia e Comunidade
Pressione o botão principal no controle do One para acessar seu novo guia. Veja lista de amigos, inicie partidas multiplayer, vá para as configurações, veja suas notificações e mensagens, e muito mais.
A nova comunidade exibe tudo o que há de mais importante em relação a notícias da Xbox Live, sendo possível interagir com as novidades por meio de curtidas, comentários ou compartilhamento, basicamente da mesma forma como já faz em sua rede social.

Interface reformulada
Home: compartilhe suas capturas de tela e gravações de forma mais rápida e prática, e veja o que seus amigos estão fazendo diretamente da tela inicial.
OneGuide: veja novidades de seus programas de TV favoritos, navegue entre os canais disponíveis e execute seus vídeos armazenados.
Windows Store: a loja foi categorizada em quatro principais opções, permitindo que você encontre mais facilmente seus jogos, filmes, músicas ou aplicativos.

Game Hub
Acesse a sua central de jogos diretamente da tela inicial, podendo executar o último game jogado ou visualizar detalhes sobre suas últimas aquisições e conquistas, além de ver o que amigos estão jogando e como eles estão se saindo.
Muitas outras novidades devem ser percebidas pelos usuários nas próximas semanas, restando aguardarmos que o update seja difundido para que tenhamos uma melhor ideia de como o Xbox One se portará agora que é mais um produto dentro da categoria de dispositivos com Windows 10. Como a versão liberada para o console é a mesma 10586 tida como edição RTM do Windows 10 Mobile, é provável que os smartphones também estejam em vias de receberem o update, restando aguardarmos pelos próximos episódios para vermos quanto tempo de fato demorará até que isto ocorra.
 
 
 Vaza build 10586 do Windows 10 para dispositivos focados em Internet das Coisas
A Microsoft liberou hoje a build 10586 do Windows 10 para desktops em geral e consoles Xbox One, faltando agora apenas uma publicação oficial para dispositivos móveis e aparelhos voltados para a Internet das Coisas. Enquanto no primeiro caso há apenas a informação de a publicação oficial ocorrerá em dezembro para "modelos selecionados", no segundo as coisas podem ser um pouco mais animadoras, pois acaba de vazar na rede compilações desta edição para três plataformas utilizadas de prototipação muito conhecidas neste setor.
Como os arquivos ISO de instalação não foram liberados oficialmente, ainda não há qualquer informação sobre as mudanças realizadas em relação à atual build 10556 disponível para dispositivos IoT, restando aguardarmos que a própria Microsoft se pronuncie sobre o assunto para vermos quais serão as novidades para esta área ainda em desenvolvimento da tecnologia. Entretanto, considerando que nas versões do sistema para os demais tipos de aparelhos tivemos apenas uma correção massiva de bugs, é provável que o mesmo tenha sido realizado para o mundo da Internet das Coisas.
Vale destacar que, ainda que não tenha sido feita uma liberação por parte da própria Microsoft, todos os links disponibilizados são dos servidores da própria companhia, o que nos dá certeza de que nenhum tipo de arquivo malicioso foi inserido em conjunto com a atualização. Além disso, diversos fóruns ao redor do mundo os estão utilizando sem qualquer tipo de problema, indicando que em breve poderemos ter um anúncio por parte da companhia.
http://api.viglink.com/api/click?format=go&jsonp=vglnk_144736080318715&key=1ba68d619b59ebe545458cc5f0b35f80&libId=igwns32h01012o2z000DLmqnerunn&loc=http%3A%2F%2Fmicrosoft-news.com%2Fwindows-10-build-10586-iot-core-leaks%2F&v=1&out=http%3A%2F%2Fdownload.microsoft.com%2Fdownload%2FB%2F8%2FC%2FB8C74558-9284-4EC0-A706-FBB17AFCB383%2F10586.0.151029-1700.TH2_Release_IOTCoreRPi_armFRE.ISO&ref=http%3A%2F%2Fadmin.tudocelular.com%2Fadmin%2F&title=Windows%2010%20Build%2010586%20IoT%20Core%20leaks%20-%20Microsoft%20News&txt=Click%20here%20to%20download%20IoT%20Core%20for%20the%20Raspberry%20Pi%202

http://api.viglink.com/api/click?format=go&jsonp=vglnk_144736081313117&key=1ba68d619b59ebe545458cc5f0b35f80&libId=igwns32h01012o2z000DLmqnerunn&loc=http%3A%2F%2Fmicrosoft-news.com%2Fwindows-10-build-10586-iot-core-leaks%2F&v=1&out=http%3A%2F%2Fdownload.microsoft.com%2Fdownload%2FF%2F1%2F3%2FF13A3159-524A-446B-BDFC-30ED13E2D748%2F10586.0.151029-1700.TH2_Release_IOTCoreMBM_x86FRE.ISO&ref=http%3A%2F%2Fadmin.tudocelular.com%2Fadmin%2F&title=Windows%2010%20Build%2010586%20IoT%20Core%20leaks%20-%20Microsoft%20News&txt=Click%20here%20to%20download%20IoT%20Core%20for%20the%26nbsp%3BMinnowBoard%20Max

http://api.viglink.com/api/click?format=go&jsonp=vglnk_144736081936319&key=1ba68d619b59ebe545458cc5f0b35f80&libId=igwns32h01012o2z000DLmqnerunn&loc=http%3A%2F%2Fmicrosoft-news.com%2Fwindows-10-build-10586-iot-core-leaks%2F&v=1&out=http%3A%2F%2Fdownload.microsoft.com%2Fdownload%2F5%2F5%2F6%2F55613146-588F-4D2E-B28A-BD4E39CAD6C6%2F10586.0.151029-1700.TH2_Release_IOTCoreQCDB410C_armFRE.ISO&ref=http%3A%2F%2Fadmin.tudocelular.com%2Fadmin%2F&title=Windows%2010%20Build%2010586%20IoT%20Core%20leaks%20-%20Microsoft%20News&txt=Click%20here%20to%20download%20IoT%20Core%20for%20the%26nbsp%3BDragonBoard%20410c
 
 
 Facebook Beta chega ao Windows 10 com possível uso do Bridge for iOS
Durante a apresentação de seus primeiros dispositivos com o Windows 10 Mobile, a Microsoft afirmou que vários aplicativos universais seriam disponibilizados por terceiros na Windows Store em breve, incluindo versões atualizadas de clientes importantes como Facebook, Messenger e Instagram. Recentemente vimos que a aplicação beta do Facebook para dispositivos móveis gerida pela própria Microsoft recebeu uma grande atualização, tendo seu visual adaptado para os padrões do Windows 10 Mobile e contando com várias outras novidades. Entretanto, o que deixou muita gente desapontada foi o fato do aplicativo continuar sob a "tutela" da gigante de Redmond, não havendo qualquer menção à participação da Facebook Inc. em seu desenvolvimento.
Como todos sabem, a dona da rede social sempre foi responsável diretamente apenas pela aplicação para desktops, demonstrando o seu claro desinteresse no sistema para dispositivos móveis da Microsoft. Com a unificação das plataformas proposta pelo Windows 10, isto parece prestes a mudar, pois a empresa acaba de liberar um update para o seu aplicativo beta presente na Windows Store, levando diversas novidades visuais para uma maior identificação ao sistema. Vale notar que o app aparentemente foi portado por meio do projeto Windows Bridge for iOS, pois diversos elementos remetem à plataforma da Apple.
Isto fica especialmente claro devido ao fato de que não é possível realizar login na rede social, sendo apresentada uma janela com o erro de número 400 que conta com exatamente o mesmo design visto em mensagens de aviso no sistema presente nos iPhones. Ainda não há qualquer informação sobre o que está causando a falha na autenticação, porém é provável que ainda hoje uma nova atualização seja liberada para corrigir o problema. Além disso, não há qualquer previsão para a chegada deste update para a edição estável do aplicativo, restando aguardarmos por detalhes.
Caso possua um desktop com Windows 10, basta acessar a Windows Store e realizar o download de cerca de 222MB gratuitamente, lembrando que por ser uma edição beta do Facebook alguns erros podem ser encontrados. Além disso, como já mencionado, atualmente não é possível realizar login na rede social, não havendo qualquer tipo de prazo para que uma correção para o bug seja liberada. Vale lembrar que até mesmo uma fanpage para a edição do app para dispositivos móveis foi criada, o que significa que podemos estar próximos do dia em que a Facebook Inc. irá finalmente gerir a aplicação.
 
 
 Principais novidades e correções do Windows 10 Threshold 2
A Microsoft liberou ontem (12/11) a primeira grande atualização para o Windows 10, que ficou conhecida como Threshold 2. O update levou o sistema para a compilação de número 10586, inserindo uma grande quantidade de correções para bugs encontrados na edição anterior e também algumas novidades interessantes para usuários e desenvolvedores da plataforma. Para os que ainda não atualizaram ou não viram todas as mudanças realizadas, resolvemos separar uma lista com as principais alterações feitas pela companhia nesta versão, buscando assim auxiliar os usuários a utilizarem todo o potencial do sistema.
Vale notar que o principal objetivo desta atualização foi tornar o Windows 10 verdadeiramente estável, já que desde o seu lançamento oficial ao final de julho que muitas reclamações circulam relatando os mais variados bugs, algo que segundo a Microsoft não será mais problema a partir de agora. Além disso, foi visto um aumento considerável no desempenho durante tarefas gerais, mesmo em comparação com sistemas anteriores que não possuíam tantas funções. A lista com as principais mudanças inclui:
Aumento de até 30% no desempenho em relação ao Windows 7, incluindo tempo de boot.
Utilize uma caneta stylus para realizar anotações na Cortana, já que seu software de reconhecimento foi atualizado para reconhecer escrita manual, permitindo que a assistente identifique números de telefone, e-mail, endereços e muito mais. O mesmo vale para anotações de eventos, reserva de filmes, pedidos do Uber e muito mais.
Por falar na Cortana, a assistente está disponível agora para Japão, Canadá, Austrália e Índia, sendo os três últimos em inglês.
Microsoft Edge foi atualizado com melhoras de performance e responsividade, carregando páginas de forma mais fluida e rápida. Navegador também sincroniza agora configurações e favoritos entre dispositivos, permitindo que você salve uma página no desktop e a abra no smartphone, por exemplo. Edge também recebeu um modo de visualização prévia das abas abertas, permitindo que o usuário saiba o conteúdo de cada aba apenas posicionando o ponteiro do mouse sobre ela.
Novas versões de aplicativos nativos como Mail, Calendar, Photos, Groove, Xbox, Store, OneNote e Solitaire.
Windows Update for Business permite a distribuição de atualizações escolhidas pelo administrador da rede para cada dispositivo.
Windows Store for Business permite que companhias tenham controle sobre os aplicativos e serviços que podem ser utilizados nos aparelhos.
Novas opções de segurança, incluindo suporte a vários tipos de autenticação biométrica pelo Windows Hello e novas definições para o Windows Defender.
Modo tablet agora funciona basicamente como no Windows 8.1, permitindo uma interação muito mais intuitiva e prática.
Além do changelog oficial liberado pela Microsoft, algumas outras mudanças pontuais foram encontradas ao analisarmos o sistema mais a fundo, como a possibilidade de finalmente retirar a imagem do Windows 10 da tela de login do sistema, permitindo que seja exibida apenas a cor do tema escolhido pelo usuário. Vale destacar ainda a facilidade de ter o fuso horário atualizado automaticamente, já que utilizando o sistema de localização do próprio dispositivo o sistema será capaz de reconhecer qual a configuração mais adequada, basicamente como temos em smartphones.
 
 
 Novidades no Windows 10 Threshold 2 para empresas
Além de anunciar a disponibilidade da atualização, a Microsoft também anunciou hoje algumas novidades no Windows 10 Threshold 2 para empresas
Novidades no Windows 10 Threshold 2 para empresas
O Windows Update for Business permitirá que as empresas tenham maior controle sobre o processo de distribuição de atualizações em seus ambientes.
Com isso os administradores poderão especificar quais aparelhos/PCs receberão primeiro as atualizações, especificar horários para a implantação das atualizações e distribuir as atualizações usando tecnologia peer to peer.
Ele também terá integração com ferramentas existentes, como System Center e Enterprise Mobility Suite.
A Windows Store for Business oferecerá aos departamentos de TI um local onde eles poderão encontrar, adquirir, gerenciar e distribuir apps para dispositivos com Windows 10. Isto inclui tanto apps normais da Windows Store como apps específicos para ambientes corporativos.
As empresas poderão escolher seu método preferido de distribuição: atribuição direta de apps, publicação através de uma versão privada da loja de apps ou via conexão com outras soluções de gerenciamento.
Com o suporte para gerenciamento de dispositivos móveis, os departamentos de TI poderão gerenciar uma grande variedade de dispositivos com Windows, incluindo PCs, tablets e smartphones.
Já com o Azure Active Directory Join, será possível manter um único diretório para que os funcionários tenham um único login e acessem seus dados de forma segura em diferentes dispositivos com Windows 10.
O Azure Active Directory Join também permite que os administradores deixem qualquer PC com Windows 10 pronto para ambientes corporativos com poucos cliques.
 
 
 Windows 10 recebe a mais importante atualização até agora
Estão previstas algumas mudanças de interface que estavam planeadas para a versão final do sistema operativo. O novo Skype é uma das principais novidades.
Os mais de 110 milhões de computadores com o Windows 10 começarão a receber a partir de hoje a mais importante atualização para o sistema operativo lançada até agora.
Até agora as atualizações concentraram-se em corrigir determinados erros com o sistema operativo mas a atualização de hoje incidirá na interface de utilizador propriamente dita, introduzindo mudanças que haviam sido planeadas para a versão final do Windows 10. As aplicações de uma forma geral também serão modificadas, mais precisamente ao nível do aspeto dos ícones para se assemelharem mais ao estilo de aplicações especialmente feitas para o sistema operativo.
Como refere o The Verge, outra grande novidade é a nova versão do Skype, desta feita dividida em duas aplicações: uma referente a mensagens e outra a vídeo chat.
 
 
 Windows 10: como instalar a grande atualização de novembro agora mesmo
Nesta semana, a Microsoft lançou uma grande atualização para o Windows 10. Trata-se do primeiro grande pacote de novidades (Major Update) para o sistema operacional, sendo também chamado de "Atualização de novembro" pela desenvolvedora. Mas nem todos os consumidores vão poder baixar o novo pacote neste momento — pois a Microsoft está fazendo a liberação dos arquivos gradativamente.
Não é de se espantar. O Windows 10 já está instalado em 115 milhões de máquinas  e fazer a liberação de atualizações para esse alto volume não é nada fácil. Por outro lado, se você não quiser esperar pela sua vez, você pode furar a fila de um modo bem simples. O processo é simples e rápido e garante que você consiga fazer o download do grande upgrade em seu computador sem qualquer dificuldade.
Se você já possui o Windows 10 instalado em sua máquina, pode optar por manter seus arquivos pessoais. Mesmo assim, é sempre recomendado fazer um backup com o que você tem de mais importante em seu disco rígido. Confira abaixo todos os passos necessários para fazer a atualização do seu equipamento.
Para maior segurança, faça um backup de todos os seus arquivos;
Assim que estiver pronto para fazer o upgrade, acesse: https://www.microsoft.com/en-us/software-download/windows10
Carregue o aplicativo assim que o processo terminar;
Aguarde alguns minutos enquanto a nova versão é baixada no seu PC
Selecione a opção Upgrade This PC (Atualize esse PC) e clique em Next (Próximo);
Você terá que ler uma guia de termos de licença e clicar em "Aceitar" antes de prosseguir;
Antes de ordenar o início da instalação, marque a opção "Manter arquivos e aplicativos pessoais";
Clique em "Instalar" e aguarde o processo ser concluído. Após alguns minutos, o computador vai reiniciar e começar o upgrade. É possível que o processo demore para ser concluído, por isso tenha paciência.
Importante: caso você tenha feito o upgrade para o Windows 10 a partir do Windows 8.1 ou Windows 7 nos últimos 30 dias e ainda está considerando voltar ao SO anterior, não instale este pacote. Ao optar por fazer o upgrade, você perderá a possibilidade de retornar às versões antigas do sistema da Microsoft.
 
 
 Windows 10: confira os melhores recursos da grande atualização de novembro
Nesta semana, a Microsoft lançou uma grande atualização para o Windows 10. Trata-se do primeiro grande pacote de novidades (Major Update) para o sistema operacional, sendo também chamado de "Atualização de novembro" pela desenvolvedora. Você pode conferir neste link um guia bem simples de como atualizar o seu PC agora mesmo.
Além de algumas correções de bugs e melhorias de desempenho, o novo pacote também trouxe alguns novos recursos para os consumidores. Apesar de nem todos eles terem sido amplamente divulgados pela desenvolvedora, eles têm recebido bons elogios por todos os lados. Confira agora mesmo quais são essas novidades e aproveite ainda mais o seu PC.
1. Encontrar dispositivo
Essa função já é bem conhecida dos donos de smartphones, mas agora também está disponível para PCs (desktop e laptop). Sincronizando o serviço à conta Windows, você pode fazer a localização do equipamento com bastante facilidade em caso de perda, esquecimento ou roubo.
2. Fuso horário automático
A partir de agora, quando o Windows identificar que você está se conectando de algum outro país, ele fará a modificação automática da "Time zone" para ajustar o relógio ao horário local.
3. Enviar mídia
Mesmo em equipamentos sem DLNA ou Miracast, o Windows 10 pode fazer o envio de arquivos de mídia do Edge para outros dispositivos. Basta clicar sobre o botão "Cast Media do Device".
4. Sicrononização do Edge
A partir de agora, o Microsoft Edge faz uma melhor sincronização dos dados. Isso significa que favoritos, senhas e listas de leitura salvos em um equipamento podem ser acessados em outro — desde que seja usada a mesma conta.
5. Gerenciamento de janelas
Trazendo de volta alguns recursos do Windows 8, o novo sistema permite que os usuários façam alguns ajustem bem interessantes nos apps universais. Isso significa uma melhor facilidade para deixar janelas lado a lado, por exemplo.
6. Novidades na Cortana
Uma novidade bem legal — mas que não veremos no Brasil, por enquanto — é a otimização da Cortana. Agora, ela pode ser usada para responder a mensagens de texto diretamente pelo PC; alertar sobre ligações perdidas e; ainda interagir com diversos apps.
 
 
 Sabia que o Windows 10 “espia” tudo o que fazemos
A adopção do novo Windows 10 está a ser um autêntico sucesso. A Microsoft revelou ontem que o número total de instalações do SO chegou às 67 milhões tendo sido atingido picos de largura de banda na ordem dos 15 Tbps.
Mas um dos assuntos que ainda pouco foi abordado é a questão da Privacidade. Sabia que esta nova versão “espia” tudo aquilo que faz através do sistema?
Lembram-se quando falamos que o Windows 10 tinha um keylogger? Na verdade a Microsoft tem definidas algumas políticas “estranhas” que, na prática, lhe dão toda a liberdade de obter informações dos utilizadores das mais diversas formas.
Sem que o utilizador desse alguma autorização para tal, o Windows 10 traz activas por omissão um conjunto de políticas que podem ser consultadas na Declaração de Privacidade. Na prática o documento criado pela Microsoft informa que a empresa poderá recolher informações dos utilizadores (nome, e-mail, preferências, pesquisas feitas, chamadas telefónicas, configurações, etc), incluindo informação que é passada por voz para o sistema.
Por exemplo “Dados pessoais que recolhemos”
"A Microsoft recolhe dados para atuar de forma eficaz e lhe proporcionar as melhores experiências com os nossos serviços. Alguns destes dados são diretamente fornecidos, como por exemplo quando cria uma conta Microsoft, envia uma consulta de pesquisa para o Bing, pronuncia um comando de voz à Cortana, carrega um documento para o OneDrive ou nos contacta para obter suporte. Obtemos alguns desses dados ao registar a sua forma de interação com os nossos serviços, como por exemplo, na utilização de tecnologias como cookies e ao receber relatórios de erros ou dados de utilização de software que estejam a ser executados no seu dispositivo. Também obtemos dados através de terceiros (incluindo outras empresas)."
Como desactivar tais políticas?
Caso não pretenda que as políticas de privacidade definidas pela Microsoft estejam activas, basta que vá ao Menu Iniciar e depois escolha Definições.
Depois escolha a opção Privacidade
E, por fim, deve desligar todas as opções ligadas à privacidade que não deseja. Por exemplo, como podem ver pela imagem seguinte, o Windows 10 envia informações à Microsoft sobre como escrevemos para nos ajudar a melhorar a escrita no futuro?!?!?!
Descartando más interpretações, a Microsoft deixa bem explícito que toda a informação será sempre usada com o objectivo de implementar melhorias no sistema. Como sempre, os utilizadores esperam que tais informações não acabem por “cair em mãos” de terceiros… e quem não quiser ser “espiado” basta que desligue tais políticas.
 
 
 Exoplaneta rochoso, muito perto da Terra, pode ter atmosfera
O GJ1132b é o exoplaneta do tamanho da Terra mais próximo já observado.
Ele é muito quente para ter água líquida, mas parece ter atmosfera.

Um novo exoplaneta rochoso que pode ter uma atmosfera foi descoberto a "apenas" 127 anos-luz da Terra, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira (11) na revista científica britânica "Nature".
Batizado de GJ 1132b, trata-se do exoplaneta do tamanho da Terra mais próximo jamais observado. Ele está a 127 anos-luz - no canto da rua, na escala do Universo.
"Nossa galáxia cobre cerca de 100.000 anos-luz", ressalta em comunicado Zachory Berta-Thompson, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) nos Estados Unidos e co-autor do estudo. "É um vizinho realmente próximo do sol".
Rochoso como a Terra
O exoplaneta, 1,2 vezes maior que nossa Terra, orbita uma pequena estrela. Após ter medido a oscilação da última, os pesquisadores puderam estimar a massa do exoplaneta em 1,6 vezes a da Terra. Tomando como base o tamanho e a massa, acredita-se que o GJ 1132b é rochoso, como a Terra.

Mas as semelhanças com o nosso mundo, infelizmente, terminam aí, pois lá faz muito calor, 226ºC, segundo estimativas dos pesquisadores. "O planeta é tão quente quanto um cookie que acabou de sair do forno", explica Berta-Thompson.
Devido às temperaturas escaldantes, o GJ 1132b provavelmente não pode ter água em forma líquida, o que o torna incompatível com a vida como a conhecemos.
Mas os cientistas acreditam que estas temperaturas permitem a presença de uma atmosfera.
Calor demais para ser habitável
"Faz muito calor para ser habitável, mas as temperaturas ainda são muito mais amenas do que em outros planetas rochosos que conhecemos", afirmou Zachory Berta-Thompson.
"A maioria dos exoplanetas rochosos são bolas de fogo, quentes demais para terem uma atmosfera", acrescentou.
Os investigadores esperam que a nova geração de telescópios possa descobrir a composição química da atmosfera.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Presidente vai visitar áreas atingidas por lama de mineradora em MG
Dilma Rousseff deve passar por Mariana e Governador Valadares.
Em BH, ela se reúne com governador e prefeitos de cidades atingidas.

A presidente Dilma Rousseff vem a Minas Gerais nesta quinta-feira (12) visitar áreas atingidas pelo rompimento das barragens do Fundão e Santarém da Samarco Mineradora, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais. Conforme a agenda, ela vai passar por Belo Horizonte, Mariana, Governador Valadares, no Leste de Minas, e por Colatina, no Espírito Santo.

Na última quinta-feira (5), as barragens se romperam provocando o despejo de 62 milhões de metros cúbicos de rejeito de minério e água. O “tsunami” de lama devastou o distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, atingiu ainda outros distritos da cidade e chegou ao Rio Doce, passando por várias cidades de Minas e do Espírito Santo.
Até a noite desta quarta-feira (11) seis corpos de vítimas da tragédia já haviam sido identificados. Outros dois corpos aguardavam identificação. Dezenove pessoas eram consideradas desaparecidas.
De acordo com a agenda da presidente, pela manhã, ela decola de Brasília para a capital mineira, onde encontra com o prefeito de Mariana, Duarte Júnior (PPS). Eles vão sobrevoar distritos devastados pela lama, como Bento Rodrigues e Paracatu. Inicialmente, em BH, estava prevista uma reunião com prefeitos de cidades atingidas e com o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), o que não foi confirmado na última agenda oficial divulgada.
Na sequência, a presidente segue para Governador Valadares, no Leste de Minas, onde vai sobrevoar o Rio Doce. Na cidade, ela ainda participa de reunião com lideranças locais.
A agenda de Dilma ainda prevê o sobrevoo a Colatina, no Espírito Santo, e uma reunião na cidade.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Lucro do Banco do Brasil sobe para R$ 3,062 bilhões no 3º trimestre
Resultado foi 10,1% maior em relação ao mesmo período de 2014.
Carteira de crédito do banco cresceu quase 10% em 12 meses.

O Banco do Brasil, maior banco do país em ativos, anunciou nesta quinta-feira (12) que teve lucro líquido de R$ 3,062 bilhões no terceiro trimestre de 2015. O resultado ficou 10,1% acima do registrado no mesmo período de 2014 e 1,8% superior ao obtido pela instituição financeira no segundo trimestre deste ano.

No ano, de janeiro a setembro, o banco acumula ganhos de R$ 11,888 bilhões - acima dos R$ 8,287 bilhões verificados no mesmo período do ano passado.

De acordo com o balanço, os ativos do Banco do Brasil chegaram a R$ 1,6 trilhão em setembro, um crescimento de 10% em 12 meses e de 2,7% frente ao trimestre anterior, "favorecido principalmente pela expansão da carteira de crédito ampliada".

A carteira de crédito, que é quanto o banco tem emprestado, cresceu 9,8% em 12 meses e 3,6% no trimestre ao atingir R$ 804,6 bilhões. O destaque ficou para o financiamento imobiliário, que registrou aumento de 34% em 12 meses e de 6,4% no trimestre.

No final de setembro, o que mede a inadimplência de operações vencidas há mais de 90 dias representou 2,20% da carteira de crédito do banco.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Medicina em Ribeirão Preto é o curso mais concorrido da Fuvest 2016
São mais de 71 candidatos para cada vaga.
Prova da primeira fase será em 29 de novembro.

O curso de medicina no campus de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP) é o mais concorrido da Fuvest 2016 . São 71,93 candidatos para cada uma das 90 vagas. O total representa um crescimento de da concorrência em 42% em relação a 2015.
A Fuvest divulgou a concorrência de todos os cursos nesta terça-feira (10). (VEJA ABAIXO A RELAÇÃO COMPLETA) No ranking dos mais disputados, o curso de psicologia está em segundo lugar com 59,80 candidatos por vaga.
O terceiro lugar na lista das maiores relações candidato/vaga é ocupado pelo curso de medicina - campus de São Paulo, com 58,75

O curso menos concorrido desse vestibular é o de ciência da informação e documentação, no campus de Ribeirão Preto, com 1,28 candidato por vaga.

O segundo menos concorrido é o de licenciatura em ciências exatas, no campus de São Carlos, com 2,49; seguido por ciência dos alimentos, em Piracicaba com 3,08.
No total estão inscritos para a Fuvest 2016, 142.721 candidatos. Eles disputam 9.568 vagas em cursos da USP e 120 da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
Concorrência em queda
Se considerada evolução da concorrência em relação ao ano passado, a engenharia civil em São Carlos foi o curso que teve a maior diminuição percentual. A concorrência caiu 16%, de 40 para 33,6 candidatos por vaga.
Na sequência, com diminuição de 8,7%, aparece o curso de jornalismo. em 2015, a concorrência era de 36,75 e caiu nesta edição para 33,53 candidatos por vaga.
Também houve queda nos cursos publicidade e propaganda (3,68%), artes cênicas ‐ bacharelado (3,39%), engenharia aeronáutica ‐ São Carlos (1,98%) e arquitetura ‐ São Carlos (1,9%).
Enem
Pela primeira vez a USP decidiu adotar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A instituição decidiu que 1.489 das 11.057 vagas do vestibular 2016 serão preenchidas por meio da nota do exame. A adesão é considerada "experimental" pela universidade.
O valor representa 13,5% do total de vagas nos cursos de graduação da USP, mas a decisão de aderir ou não ao Sisu é feita em cada unidade. A Faculdade de Medicina da Capital, por exemplo, se recusou a aderir ao Enem. Já a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto terá 10% das vagas selecionadas pelo Sisu e 90% pela Fuvest.
As provas
A primeira fase será em 29 de novembro, domingo, com início às 13h. A duração será de cinco horas. A prova terá 90 questões sobre português, história, geografia, matemática, física, química, biologia e inglês.
Na segunda fase, os candidatos fazem três provas discursivas. Todas as provas terão quatro horas de duração:
- 10/01/2016 (domingo): dez questões de português e redação
- 11/01/2016 (segunda-feira): 16 questões de história, geografia, matemática, física, química, biologia e inglês.
- 12/01/2016 (terça-feira): 12 questões com disciplinas de acordo com a área da carreira escolhida.
A primeira chamada será divulgada em 2 de fevereiro de 2016 no site www.fuvest.br.
TODOS OS CURSOS
Veja abaixo a relação completa dos cursos da Fuvest e a relação candidato vaga:

Administração − Ribeirão Preto 10,02
Administração − Piracicaba 10,13
Arquitetura − FAU 24,70
Arquitetura − São Carlos 27,36
Artes Cênicas − Bacharelado 36,20
Artes Cênicas − Licenciatura 12,90
Artes Visuais 4,80
Artes Visuais (antes da prova específica antecipada) 32,50
Biblioteconomia 4,66
Ciências Contábeis − Ribeirão Preto 9,45
Ciências da Informação e da Documentação − Ribeirão Preto 1,28
Ciências Sociais 8,27
Curso Superior do Audiovisual 38,60
Design 26,08
Direito 24,47
Economia, Administração, Ciências Contábeis e Atuária 9,74
Economia Empresarial e Controladoria − Ribeirão Preto 5,92
Economia − Piracicaba 7,48
Economia − Ribeirão Preto 11,63
Editoração 14,07
Filosofia 6,90
Geografia 5,35
Gestão Ambiental − USP Leste 6,30
Gestão Ambiental − Piracicaba 3,84
Gestão de Políticas Públicas − USP Leste, SP 6,92
História 8,99
Jornalismo 33,53
Lazer e Turismo − USP Leste 3,51
Licenciatura em Educomunicação 4,40
Letras - 4,89
Marketing − USP Leste, SP 9,55
Música − ECA 3,40
Música − ECA (antes da prova específica antecipada) 13
Música − Ribeirão Preto 1,70
Música − Ribeirão Preto (antes da prova específica antecipada) 4,17
Pedagogia 8,01
Pedagogia − Ribeirão Preto 11,40
Publicidade e Propaganda 34,52
Relações Internacionais 43,08
Relações Públicas 14,46
Têxtil e Moda − USP Leste 11,31
Turismo 7,07
Ciências Biológicas 15,51
Ciências Biológicas − Piracicaba 8,27
Ciências Biológicas − Ribeirão Preto 10,05
Ciências Biomédicas 31,15
Ciências Biomédicas − Ribeirão Preto 19,55
Ciências dos Alimentos − Piracicaba 3,08
Educação Física e Esporte 9,13
Educação Física e Esporte − Ribeirão Preto 7,83
Educação Física e Saúde − USP Leste, SP 5,07
Enfermagem 11,44
Enfermagem − Ribeirão Preto 5,90
Engenharia Agronômica − Piracicaba(*) 7,85
Engenharia Florestal − Piracicaba (*) 5,75
Farmácia−Bioquímica 9,56
Farmácia−Bioquímica − Ribeirão Preto 5,77
Fisioterapia 23,76
Fisioterapia − Ribeirão Preto 12,78
Fonoaudiologia 6,20
Fonoaudiologia − Bauru 3,50
Fonoaudiologia − Ribeirão Preto 6,63
Gerontologia − USP Leste, SP 8,81
Medicina 58,75
Medicina − Ribeirão Preto 71,93
Medicina Veterinária 33,28
Medicina Veterinária − Pirassununga 20,44
Nutrição 18,89
Nutrição e Metabolismo − Ribeirão Preto 14,67
Obstetrícia − USP Leste, SP 8,60
Odontologia 11,26
Odontologia − Bauru 9,80
Odontologia − Ribeirão Preto 12,54
Psicologia 59,80
Psicologia − Ribeirão Preto 37,66
Saúde Pública 1,94
Terapia Ocupacional 7,04
Terapia Ocupacional − Ribeirão Preto 6,39
Zootecnia − Pirassununga 8,25
Treinamento Biológicas 15,69
Ciências Biomoleculares − São Carlos 6,22
Ciências da Natureza − USP Leste, SP 3,36
Computação 11,23
Engenharia Aeronáutica − São Carlos 26,30
Engenharia Ambiental − Lorena 6,40
Engenharia Ambiental − São Carlos 9,58
Engenharia Bioquímica − Lorena 6,87
Engenharia Civil − São Carlos 33,63
Engenharia de Alimentos − Pirassununga 6,39
Engenharia de Biossistemas − Pirassununga 7,83
Engenharia de Materiais − Lorena 6,43
Engenharia de Materiais e Manufatura − São Carlos 6,14
Engenharia de Produção − Lorena 26,03
Engenharia Elétrica e de Computação − São Carlos 12,86
Engenharia Física − Lorena 7,13
Engenharia na Escola Politécnica 11,73
Engenharia Química − Lorena 11,67
Engenharia − São Carlos 15,81
Fís. / Fís. Comput. / Meteor. / Geofís. / Astron. / Estatís. / Mat. / Mat. Apl. 5,72
Física Médica − Ribeirão Preto 4,59
Geologia 9,56
Informática Biomédica − Ribeirão Preto 3,64
Sistemas de Informação − São Carlos 9,93
Licenciatura em Ciências Exatas − São Carlos 2,49
Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental 4,69
Licenciatura em Matemática / Física  3,36
Matemática Aplicada − Ribeirão Preto 3,49
Oceanografia 8,10
Química (Bacharelados) − Ribeirão Preto 6,09
Química − Bacharelado e Licenciatura 9,00
Química − Licenciatura − Ribeirão Preto 3,94
Química (Bacharelados) − São Carlos 6,02

Maratona de vestibulares
Justamente por causa da concorrência, vestibulandos que escolheram tentar uma vaga em medicina ainda terão, para além da Fuvest,  uma maratona de provas pela frente: não só de instituições públicas, como particulares. 


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Senado aprova obrigação de bolsista colaborar com escola pública
Proposta ainda tem de ser avaliada pela Câmara dos Deputados.
Bolsistas no exterior cumprirão a obrigação quando retornarem ao Brasil.

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (11) um projeto que obrigada estudantes que recebem bolsas de estudos a prestar serviços em escolas públicas.

Essa medida vale, de acordo com o texto, para estudantes de graduação de instituições federais que recebem bolsas de estudos custeadas com recursos federais.

O projeto, de autoria do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), ainda tem de ser votado pela Câmara. Se aprovado também pelos deputados, seguirá para sanção da presidente Dilma Rousseff.

O texto prevê que os estudantes prestem “serviços de divulgação, formação e informação científica e educacional”, por pelo menos duas horas semanais, em estabelecimentos públicos de educação básica, durante o período de duração da bolsa.

Os estudantes que recebem bolsas no exterior cumprirão a obrigação quando retornarem ao Brasil, de acordo com o texto.
O projeto exclui da obrigação os estudantes que são beneficiários de bolsas de iniciação à docência, de assistência estudantil e ele formação de professores.

Também ficam liberados os estudantes que já fazem trabalhos em escolas públicas devido a atividades curriculares ou de extensão, ou em razão de atividade profissional, com carga horária igual ou superior à estabelecida na lei.

Caberá à União, junto com os sistemas estaduais e municipais de educação, estabelecer os deveres e direitos dos bolsistas, o mecanismo de acompanhamento das atividades, além de definir a forma pela qual esses estudantes irão atuar nas escolas públicas.

Fonte: g1.globo.com

 
 
 Gastronomia paulista em festa, veja como foi a final do Sabor SP
Grande destaque ficou por conta dos 61 pratos finalistas, que atraíram um público estimado de 70 mil pessoas no Parque Villa-Lobos, na capital

Entre bicicletas, triciclos, skates, patins e caminhantes, o Parque Villa-Lobos foi palco da final do Festival Gastronômico Sabor SP neste último fim de semana (dias 7 e 8 de novembro), transformando-se em uma ambiente repleto de sabores, aromas, temperaturas e preferências, além de inúmeras atrações musicais.  

O grande destaque ficou por conta dos 61 pratos finalistas, que atraíram um público estimado de 70 mil pessoas, interessado em experimentar as guloseimas por preços acessíveis, de até 15 reais.   

Para muitos participantes, o programa da Secretaria de Estado de Turismo foi mais que um festival de gastronomia, mas sim um divisor de águas em suas vidas profissionais. O Sabor SP, da Secretaria de Estado da Cultura, percorreu 15 região do Estado de São Paulo, incentivando a gastronomia paulista e fortalecendo o turismo regional.

Fonte: saopaulo.sp.gov.br
 
 
 Governo declara emergência em saúde por casos de microcefalia
Houve aumento de casos de microcefalia, principalmente em Pernambuco.
Ministro anunciou estado de emergência em saúde pública em coletiva.

O Ministério da Saúde afirmou, em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (11), que está investigando o aumento de casos de microcefalia no Nordeste. Trata-se de uma anomalia caracterizada por um crânio de tamanho menor que o a média. O ministro da saúde, Marcelo Castro, declarou estado de emergência em saúde pública por causa da situação. "Todas as hipóteses estão sendo avaliadas", disse o ministro.

O ministério foi acionado pela Secretaria de Estado da Saúde de Pernambuco, que observou o aumento drástico da anomalia nos últimos quatro meses. Foram identificados 141 casos em recém-nascidos em 44 municípios de Pernambuco este ano.
Segundo o ministro, a média de casos para o estado era de 10 por ano, o que representa um aumento incomum. "Estamos de fato em uma situação inusitada em termos de saúde pública", disse Castro. A situação tem sido acompanhada pelo Ministério desde o dia 22 de outubro.
Situação na PB e no RN está sendo investigada
Além da situação de Pernambuco, há relatos de profissionais de saúde sobre um possível aumento de casos de microcefalia na Paraíba e no Rio Grande do Norte, porém esse aumento ainda não foi documentado e o Ministério da Saúde investiga as ocorrências.

Segundo o ministério, o estado de emergência em saúde pública garante que os serviços de saúde tratem a questão da microcefalia com prioridade. A investigação das possíveis causas do aumento vai ser feita em conjunto por equipes do Ministério da Saúde e dos governos estaduais e municipais.
Hipótese de ligação com zika vírus
Sobre a hipótese que tem sido discutida pela comunidade médica, de que o aumento de casos de microcefalia poderia estar relacionado a infecções por zika vírus - vírus que foi identificado pela primeira vez no país em abril deste ano - os representantes do ministério afirmaram que ainda é precipitado atribuir o evento a essa causa.

O vírus já foi confirmado em 14 estados brasileiros desde abril, segundo informação divulgada pelo Ministério da Saúde na semana passada durante seminário organizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro.
Segundo documento divulgado pela Secretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SEVS/SES-PE), parte das mulheres que tiveram bebês com microcefalia apresentaram erupções na pele durante a gravidez. Apesar de este ser um dos sintomas do zika vírus, não há evidências suficientes para associá-lo à microcefalia, de acordo com o órgão.

De acordo com o ministério, entre os casos de microcefalia registrados recentemente, alguns são graves, no entanto ainda não é possível observar um padrão claro em relação ao grau de microcefalia mais frequente na situação atual.

Entenda o que é a microcefalia
Microcefalia é uma condição médica que se caracteriza por um crânio menor do que o tamanho médio, geralmente por causa de uma falha no desenvolvimento do cérebro. O problema pode estar associado a síndromes genéticas ou a outros fatores como abuso de álcool e drogas durante a gravidez ou a infecção da gestante por rubéola, catapora ou citomegalovirus.
Crianças que nascem com microcefalia podem ter o desenvolvimento cognitivo debilitado. Não há um tratamento definitivo capaz de fazer com que a cabeça cresça a um tamanho normal, mas há opções de tratamento capazes de diminuir o impacto associado com as deformidades.
Segundo o Instituto Nacional de Distúrbios Neurológicos e AVC dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (Ninds-NIH), algumas crianças acometidas pela anomalia podem ter algun nivel de incapacitação. Outras podem se desenvolver de forma similar a outras crianças e ter inteligência normal.

Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Ministério da Saúde investiga suspeita de ebola em paciente em BH
Homem estava na Guiné e apresenta sintomas da doença desde o último dia 8

O Ministério da Saúde confirmou nesta quarta-feira (11) que um homem de 46 anos internado na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Pampulha está com suspeita de ebola. 

O homem veio da Guiné e começou a apresentar sintomas como febre, dor muscular e dor de cabeça no último dia 8, sendo internado na unidade de saúde na tarde de ontem (10). A unidade de saúde foi fechada seguindo o protocolo de segurança. 

O caso está sendo investigado e a Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte informou que "todas as medidas sanitárias estão sendo tomadas". Agora, a instituição aguarda o resultado das análises.Todos os pacientes e profissionais da unidade que tiveram contato com ele foram orientados e estão sendo monitorados pela secretaria. 

O paciente deverá ser encaminhado, ainda nesta quarta-feira (11), para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), no Rio de Janeiro (RJ), que é referência nacional para casos de ebola.

Fonte: http://noticias.r7.com/
 
 
 Novembro Azul chama atenção para a saúde do homem
Penúltimo mês do ano marca intensa campanha pela conscientização masculina contra o câncer de próstata

O mês de outubro é sempre especial. Graças ao “Outubro Rosa”, campanha de prevenção e conscientização contra o câncer de mama, milhares de mulheres em todo o Brasil são estimuladas a fazer o autoexame e darem início ao tratamento – quando necessário – para tratar da doença o mais cedo possível. Agora o mês de novembro já chegou e o foco é outro: é tempo do Novembro Azul. 

A campanha muda de direção e mira nos homens para falar de um assunto que ainda é tratado como tabu por muitos: a prevenção do câncer de próstata. O dia 17 de novembro é o dia mundial de combate contra a doença.

A campanha Novembro Azul ganhou força nos últimos anos, quando o Instituto Lado a Lado pela Vida lançou ideias de projetos e ações para fomentar os homens a buscarem mais informações sobre a doença e fazerem os exames de rotina, em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia. O instituto é “uma instituição brasileira sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), idealizada em 2008. Desenvolve conceitos e projetos, além de apoiar e implantar ações voltadas ao campo da humanização em saúde e da atenção integral ao cidadão em diferentes fases da vida”, como seu próprio site o descreve. 

Em todo o Brasil, estão previstos Circuitos da Saúde, palestras em empresas para conscientizar os funcionários sobre a importância da prevenção, ações em estradas, estádios de futebol e locais públicos de grande circulação, além da iluminação azul de vários monumentos públicos. Inclusive uma sessão solene está prevista no Congresso Nacional em homenagem à iniciativa do Instituto Lado a Lado Pela Vida, para celebrar a campanha e fomentar discussões para que a política de atenção à saúde do homem seja definitivamente implantada.
 
“Neste ano criamos um novo portal, o www.novembroazul.com.br, com um leque maior de informações e uma nova identidade visual. Queremos que o homem preste mais atenção à sua saúde e por isso teremos eventos e ações diversas para criarmos um forte impacto nesse público”, explica a presidente do Instituto Lado a Lado, Marlene Oliveira.
 
Além de incentivar os homens a fazerem os exames de sangue e de toque para combate ao câncer de próstata, Novembro Azul tem por finalidade incentivá-los a fazer um acompanhamento periódico com um médico. As mulheres costumam se consultar com mais frequência do que os homens. A afirmação é feita com base na Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), que diz que, 78% das mulheres se consultaram ao menos uma vez no último ano, enquanto com homens, essa porcentagem cai para 63,9%. Não somente atentar-se para o câncer de próstata, mas muito além, a campanha Novembro Azul é uma tentativa de derrubar tabús e fazer os homens entenderem que cuidar da saúde não é questão de frescura ou perda de tempo, mas sim, fundamental para cuidados básicos. E neste sentido, o conhecimento é o principal aliado. Além disso, o incentivo da família e de quem está próximo é fundamental. Dar injeções de ânimo para que ele faça visitas regulares aos médicos é importante, dá confiança e tranquilidade para que o homem tome decisões.



Fonte: anoticia.clicrbs.com.br/
 
 
 Cervejaria cria a Fio Terra para o Novembro Azul
São Paulo - Em diversas ocasiões o humor pode ser um caminho interessante para falar sobre assuntos mais delicados, polêmicos ou que dizem respeito à quebra de tabus.

A Urbana, cervejaria artesanal paulistana, resolveu soltar a mão na ousadia e criar duas bebidas especiais para o Novembro Azul, período em que se ressalta a prevenção do câncer de próstata.

A ideia é simples, tomar uma Fio Terra ou uma Centeio Dedo em prol da conscientização e prevenção da doença, que pode ser identificada com um simples exame de toque.

Para promover a ação, a marca fará um "Bigoday" para o lançamento, no Empório Alto dos Pinheiros (EAP), em São Paulo, no dia 13 de novembro.

A iniciativa é uma parceria com o Instituto Lado a Lado Pela Vida em apoio à campanha Novembro Azul.

O objetivo é que nesse dia os consumidores usem azul, tomem uma Fio Terra (uma India Pale Ale com amarillo, aroma de maracujá e laranja) ou uma Centeio Dedo (uma American Rye IPA com 30% de centeio na receita) já que R$0,50 da venda de cada garrafa e R$1 da venda de cada litro de chope serão revertidos ao Novembro Azul.

Também é feito um convite para os participantes tirarem uma foto com o bigode símbolo da campanha - que será distribuído no local do evento - e postarem nas redes sociais com as hashtags #novembroazuloficial e #urbanaladoalado.

Fonte: http://exame.abril.com.br/
 
 
 Ministra do Meio Ambiente diz que desastre é o maior do Brasil nos últimos 10 anos
Governo será rigoroso na punição da Samarco por desastre em Mariana, diz ministra

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, disse que o governo federal vai ser rígido na apuração de responsabilidades pela catástrofe nas barragens de Mariana, em Minas Gerais.

No momento, os esforços se concentram em socorrer as vítimas, apoiar as famílias e adotar ações para garantir o abastecimento de água da região suportada pelo Rio Doce, que segue para o Espírito Santo.

"É um desastre de dimensão catastrófica. Para você ter uma ideia, se a gente comparar o volume de lama desse acidente, chega a ser até seis vezes o volume do maior acidente nacional ocorrido nos últimos dez anos. O maior incidente nesse período foi de 10 milhões de metros cúbicos, esse é de 50 milhões", comentou a ministra.

Segundo Izabella, a mineradora Samarco, controlada pela Vale e pela BHP, será obrigada a fazer toda a limpeza e reconstituição integral do meio ambiente em toda a região atingida pelo rompimento das barragens. Sobre a aplicação de multa, Izabella disse que ainda aguarda mais informações sobre as causas do acidente e ações da empresa, mas garantiu que o governo não vai 'flexibilizar'.


"Temos que verificar as condições. O Ibama está monitorando tudo e terá relatórios de danos. Se couber aplicação de multa federal, nós aplicaremos. Seremos rígidos. Não tem essa história de achar que a pessoa não pune etc. Vai ter punição. Tem que, pela legislação brasileira, restaurar ambientalmente. Não podemos dizer quais são as causas, mas a responsabilidade legal é da empresa", disse Izabella.

Na segunda-feira, a ministra tem um encontro agendado com os governos de Minas Gerais e do Espírito Santo para discutir o tema, além de tratar de possíveis mudanças nas regras de licenciamento e fiscalização ambientais.

"O governo federal atua de maneira coordenada com o Ministério da Integração e Defesa Civil. Colocamos todos os nossos insumos à disposição. Temos que verificar o caráter preventivo e se a legislação que está proposta é suficiente ou não para fazer esse enfrentamento. Minas Gerais tem sido alvo de rompimentos de barragens, e esse acidente não está associado a período de chuvas", afirmou a ministra.

Segundo Izabella Teixeira, os impactos na fauna são extremamente graves, envolvendo mortandade de peixes e animais de pequeno porte, além de afetar áreas da floresta de preservação permanente.


Fonte: http://noticias.r7.com/
 
 
 AB InBev aprova oferta formal para compra da cervejaria rival SABMiller
Valor da operação ultrapassa os US$ 100 bilhões.
Fusão poderá se tornar a terceira maior da história.

A Anheuser-Busch InBev, maior cervejaria do mundo, lançou sua oferta de mais de US$ 100 bilhões pela SABMiller nesta quarta-feira (11) e concordou com a venda da fatia da rival na norte-americana MillerCoors, em uma tentativa de obter aprovação regulatória para a união.

A AB InBev disse que concordou em vender a fatia de 58% da SABMiller na MillerCoors para o outro principal acionista do negócio, a Molson Coors, por US$ 12 bilhões.
Uma vez aprovada pelas autoridades de concorrência, a fusão poderá se tornar a terceira maior da história e a maior aquisição de uma companhia britânica.
A AB InBev estava oferecendo 44 libras por ação da SABMiller, junto com uma alternativa composta principalmente por ações criada especialmente para dos dois maiores acionistas da rival, a fabricante de cigarros Altria e a família colombiana Santo Domingo, que juntos possuem 40,5% da SABMiller.

A oferta de aquisição foi avaliada em US$ 107 bilhões e vai reforçar a posição de domínio do mercado mundial de cerveja pela AB InBev, formando um grupo responsável por um terço de toda a produção global.
Bilionário brasileiro por trás do negócio
A AB InBev é parcialmente controlada pelo fundo de private equity 3G Capital, administrado por investidores brasileiros, e controla indiretamente a brasileira Ambev.
A AB Inbev tem entre os seus donos os brasileiros Jorge Paulo Lemann (homem mais rico do Brasil com fortuna estimada em mais de US$ 25 bilhões, segundo a Bloomberg), Carlos Alberto Sicupira e Marcel Herrmann Telles.
Dono do fundo 3G Capital e sócio da AB Inbev, Lemann tem feito negócios em parceria com a Berkshire Hathaway, de Warren Buffet, como a compra da Heinz e fusão da companhia com a Kraft Foods.
Confira a seguir as  5 maiores fusões/aquisições da história:
1 - O grupo britânico de telecomunicações Vodafone adquire em 1999 a alemã Mannesmann por US$ 172 bilhões, incluindo a dívida.
2 - Em 2013, a Vodafone vende 45% de sua participação na Verizon Wireless à gigante americana das telecomunicações Verizon por US$ 130,1 bilhões.
3 - A britânica SABMiller aceita em outubro de 2015 a oferta de compra da AB InBev, de capital belga e brasileiro, avaliada, segundo a Dealogic, em US$ 122 bilhões, incluindo a dívida.
4 - Em 2000, a americana Time Warner anuncia uma fusão com a compatriota AOL por US$ 112,1 bilhões, símbolo dos primeiros excessos das empresas ponto.com. As duas empresas se separaram em 2009.
5 -A farmacêutica americana Pfizer adquire em 1999 a rival Warner Lambert por US$ 111,8 bilhões, incluindo a dívida. A Pfizer se tornou pouco depois a maior empresa farmacêutica mundial.

Fonte: g1.globo.com
 
 
 Caminhoneiros fazem protestos pelo país
Governo aumentou para R$ 5.746 multa a quem bloquear estradas.
Caminhoneiros fazem ato com concentração, mas sem bloqueios.


Os caminhoneiros fazem protestos pelo país pelo terceiro dia nesta quarta-feira (11). No entanto, o movimento perdeu força após o governo aumentar a multa a quem bloquear estradas. Nesta quarta, são registrados protestos no PR, RS e SC.
Na terça-feira (10), o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo anunciou o endurecimento na punição por bloqueios nas estradas. A multa para quem fizer os bloqueios passa de  R$ 1.915 para R$ 5.746. Os organizadores de manifestações com bloqueio poderão ser multados em R$ 19.154.
A presidente Dilma Rousseff também afirmou, na terça, que obstruir rodovias "é crime".
Veja a situação por estado:
- PARANÁ
BR-376, km 45, Apucarana - caminhões são impedidos de seguir
PR-466, km 145, Manoel Ribas - caminhões são impedidos de seguir
- RIO GRANDE DO SUL
BR-158, km 265, em Júlio de Castilhos - sem interdição
BR-392, km 717, em Porto Xavier - sem interdição
BR-285, km 337, em Carazinho - sem interdição
BR-285, km 497,9, em Entre-Ijuís - sem interdição
BR-472, km 155,5, em Santa Rosa -  sem interdição
BR-472, km 168, em Santa Rosa -  sem interdição
BR-292, km 297, em São Sepé - sem interdição
ERS-287, km 104, em Santa Cruz do Sul - sem interdição

- SANTA CATARINA
BR-116, km 54, Papanduva - concentração em acostamento
Movimento
O grupo que participa do movimento foi convocado pelo Comando Nacional do Transporte. Os manifestantes são autônomos e se declaram independentes de sindicatos. Eles são contra o governo Dilma Rousseff, pedem o aumento do valor do frete, reclamam da alta de impostos e da elevação nos preços de combustíveis, entre várias outras questões.
O movimento não tem adesão total dos caminhoneiros. A Confederação Nacional dos Transportes Autônomos afirmou, em nota, que não concorda com a mobilização, já que a pauta não tem relação com os problemas específicos da categoria. A União Nacional dos Caminhoneiros também informou que discorda dos bloqueios.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Receita libera consulta ao 6º lote do Imposto de Renda 2015
Este é o penúltimo lote do ano; valores serão pagos em 16 de novembro.
Quem não estiver neste lote nem no de dezembro cai na malha fina.

A Receita Federal liberou nesta terça-feira (10) as consultas ao sexto lote de restituições do Imposto de Renda 2015 e a lotes residuais (para quem caiu na malha fina) de anos anteriores. Os valores serão pagos em 16 de novembro.
As consultas podem ser feitas no site da Receita, em:
http://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/Atrjo/ConsRest/Atual.app/paginas/index.asp
Também podem ser feitas pelo telefone 146 (opção 3) ou por aplicativo para dispositivos móveis (smartphones e tablets).

Malha fina
Quem não estiver neste lote de novembro do Imposto de Renda, e nem no de dezembro, que é o último deste ano, está automaticamente na malha fina do Leão, ou seja, quando a declaração é retida para verificação de inconsistências.
No ano passado, 937,9 mil contribuintes caíram na malha fina do leão e, com isso, tiveram sua declaração do IR. Segundo o Fisco, a omissão de rendimentos foi o principal motivo de incidência na malha em 2014, com declarações retidas, o que representa 52% do total de declarações que caíram na malha fina em 2014.
Geralmente, são liberados sete lotes do IR a cada ano, entre junho e dezembro. Os valores das restituições do Imposto de Renda são corrigidos pela variação dos juros básicos da economia, atualmente em 14,25% ao ano. Em 2015, o Fisco recebeu 27,8 milhões de declarações de Imposto de Renda até 30 de abril – o prazo legal.
Valores e número de contribuintes
Segundo o Fisco, o sexto lote do IR 2015 pagará R$ 2,3 bilhões em restituições para 2,1 milhões de contribuintes. As restituições virão corrigidas em 7,57%, índice correspondente à variação da taxa básica de juros (Selic) entre maio e novembro de 2015.
Considerando os valores dos lotes residuais de anos anteriores, as restituições sobem para R$ 2,5 bilhões no lote deste mês, englobando 2,15 milhões de contribuintes, dos quais 16.319 contribuintes idosos e 1.989 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.
De acordo com as regras, depois desses contribuintes, as restituições serão pagas pela ordem de entrega da declaração do Imposto de Renda, desde que o documento tenha sido enviado sem erros ou omissões.

Como saber se está na malha fina?
A Receita Federal lembra que os contribuintes podem saber se sua declaração do Imposto de Renda caiu na malha fina por conta de erros, omissões ou inconsistências.
Para isso, é preciso acessar a página da Receita Federal e consultar o chamado "extrato" do Imposto de Renda – disponível no e-CAC (Centro Virtual de Atendimento). Nesse local, o contribuinte consegue saber quais pendências ou inconsistências foram encontradas pelo Fisco na sua declaração do IR.
Para acessar o extrato do IR, é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.
Em posse da informação sobre pendências e inconsistências, o contribuinte pode enviar uma declaração retificadora ao Fisco e, deste modo, sair da malha fina. Quando a situação for resolvida, caso tenha direito à restituição, ela será incluída nos lotes do IR.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Desigualdade, mulheres brasileiras trabalham de graça desde 19 de outubro
Especialista leva em conta diferença salarial para calcular que, se mulheres recebessem o mesmo que os homens, só estariam sendo pagas pelo trabalho de 291 dias por ano.

Se alguém te pedisse para trabalhar de graça até o final do ano, você aceitaria? Provavelmente não.
Mas é o que de certa forma ocorre com as mulheres, na visão de um grupo de ativistas por igualdade de salários, que, levando em conta a diferença salarial entre homens e mulheres na Grã-Bretanha (14,2%), calculou que as britânicas "pararam de receber" neste ano na segunda-feira passada, dia 9.

Em um mundo com salários iguais para o mesmo trabalho, homens e mulheres trabalhariam 365 dias por ano recebendo o mesmo. No Brasil, devido à desigualdade de salários entre homens e mulheres no Brasil, elas já estão trabalhando "de graça" desde o dia 19 de outubro.
O cálculo foi feito com base em estatísticas do IBGE pela especialista em economia de gênero Regina Madalozzo, do Insper, a pedido da BBC Brasil.
Segundo o IBGE, a diferença média entre os salários de homens e mulheres no país, para quem trabalha 40 horas por semana, é de 20,32%.
Como trabalham os mesmos 365 dias, é como se esse finalzinho do ano fosse de graça. Elas só recebem pelo trabalho de 291 dias – completados no último dia 18. A partir daí, passaram a trabalhar sem receber por isso.
A metodologia é a mesma usada no Reino Unido para marcar o "Equal Pay Day", um dia de luta pela igualdade de salários entre homens e mulheres. No país, que tem uma diferença salarial menor que a do Brasil (14,2%), a última segunda-feira foi o dia em que elas "pararam de receber".
Brasil
No caso do Brasil, foram usados os dados ajustados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) de 2013, último dado disponível.
Segundo a pesquisa, o salário médio dos homens é de R$ 1.886,50 e o das mulheres, de R$ 1.503,17. Esses valores foram calculados com dados de pessoas entre 16 e 65 anos de idade que trabalham no mínimo 40 horas por semana.
Mulheres brasileiras ganham, em média, 20% a menos que homens
A conta usa a média salarial de pessoas em diferentes profissões. Mulheres costumam seguir carreiras com salários menores, como enfermagem, e homens têm profissões mais bem remuneradas, como engenharia.
Segundo Regina, esse cálculo base é usado internacionalmente porque leva em conta que a discriminação pode ocorrer na hora da escolha da carreira.
"Sim, mulheres escolhem profissões que pagam menos. Mas essas profissionais merecem um salário menor ou paga-se menos nelas porque há muitas mulheres? E por que as mulheres optam menos que os homens por engenharia, por exemplo? Por que elas se acham piores em matemática?", questiona.
"Quando você considera apenas pessoas que estão na mesma profissão, é como se você admitisse que não há um problema, que não existe preconceito em relação à escolha profissional", diz ela. "A média considera que podem haver outros preconceitos que influenciam na escolha profissional", completa a especialista.
Escolaridade
Quando o cálculo é feito considerando a escolaridade, os dias trabalhados "de graça" por elas aumentam ainda mais para alguns grupos. Isso ocorre porque, no Brasil, quanto mais escolarizada é uma mulher, menos ela recebe em comparação aos homens com o mesmo nível de estudo.
As mulheres que têm nível superior completo, por exemplo, estão trabalhando sem receber nada, teoricamente, desde o dia 13 de agosto.
Já aquelas sem nenhum tipo de instrução começaram a trabalhar de graça no dia 7 de novembro.
Mas isso não significa que não vale a pena estudar – as mulheres com nível de educação maior têm um salário bem mais alto do que as que não estudaram.
E por que as mulheres ainda recebem menos que os homens?
"É o famoso e conhecido preconceito", diz a professora Maria José Tonelli, da FGV/EAESP. "O Brasil tem muita fama de igualdade, mas a gente tem uma série de preconceitos velados", acrescenta.
"Um liberal te diria que é porque elas trabalham menos", diz Hildete Pereira de Melo, professora da UFF (Universidade Federal Fluminense) especialista em trabalho e desigualdade de gênero.
"Mas elas também fazem o trabalho doméstico. Trabalham mais, mas isso não é valorizado."
Segundo ela, a jornada média das mulheres brasileiras é de 30 horas, e, se não forem consideradas apenas jornadas de 40 horas, como faz o levantamento usado pela reportagem, a diferença salarial entre homens e mulheres está na faixa dos 30% – o que faria com que elas trabalhassem ainda mais dias "de graça".
Mas a professora acrescenta que, mesmo dentro das mesmas jornadas, há diferença. "É uma sociedade patriarcal, em que homens ainda veem mulheres como de segunda categoria."
Metodologia usada em cálculo no Brasil é a mesma do Reino Unido, onde 'Equal Pay Day' marca a luta por salários igualitários
Para Regina, além da diferença na escolha das profissões, uma das explicações está no fato de as mulheres negociarem menos, aceitarem salários mais baixos e pedirem menos aumentos.
"O homem pensa assim: se a empresa me contratou, tem que pagar o que eu valho. Já para a mulher é como se fosse um favor que a empresa faz. Li outro dia alguém dizendo que a gente pediu licença para entrar no mercado de trabalho e é como se continuasse pedindo. Pensamos: 'Que bom, a empresa me aceitou'."
Mudanças
Para a especialista, uma mudança importante passaria pela concessão de licença-paternidade para homens.
Ela acredita que, se eles pudessem ficar em casa mais tempo com o bebê, a sociedade poderia ver homens e mulheres de forma mais igual, compartilhando as mesmas responsabilidades com a família e com o trabalho doméstico, o que poderia ter impacto no mercado de trabalho.
Hildete acrescenta que há necessidade de incentivar garotas do ensino médio a gostar da área de exatas e dar a elas a oportunidade de seguir carreiras como engenharia e informática.
Segundo especialista, mulheres aceitam salários mais baixos e pedem menos aumentos
As especialistas, porém, concordam que o momento é positivo para mudanças.
"Houve um grande debate ligado à questão do assédio (#PrimeiroAssédio) e depois os homens cedendo espaço para mulheres se manifestarem (#AgoraÉqueSãoElas). É bom, as mulheres têm que se mobilizar", diz Maria José.
"Tem uma coisa vibrante que não é só na classe média, reverbera também entre meninas pobres, negras. Ninguém vai dar nada de graça. Os homens que comandam empresas não vão dizer que as oportunidades são iguais se as mulheres não disserem 'eu também quero'", conclui Hildete.

Fonte: g1.globo.com
 
 
 Petrobras suspende nova reunião com grevistas
Petroleiros protestam principalmente contra o plano de venda de ativos.
Na véspera, sindicatos decidiram manter greve após reunião com a estatal.

A Petrobras suspendeu a segunda rodada de negociações que havia agendado com sindicatos dos petroleiros nesta terça-feira (10), segundo nota divulgada pela Federação Única dos Petroleiros (FUP).

A Petrobras não informou o motivo da suspensão da reunião, em que seriam tratadas "negociações do Acordo Coletivo de Trabalho". A companhia irá reagendar as reuniões e está trabalhando em proposições com vistas ao fechamento do ACT. Assim que forem definidas as novas datas para reunião, os empregados serão informados", disse a empresa em nota.

A primeira reunião da empresa com os sindicatos desde o início da greve aconteceu na segunda-feira (9), mas não houve acordo e os trabalhadores decidiram manter a paralisação.

Os petroleiros protestam principalmente contra o plano de venda de ativos da estatal, de mais de US$ 15 bilhões até 2016. Além disso, querem a retomada dos investimentos da Petrobras, o fim das demissões e a garantia de benefícios.

"A Petrobras continua empreendendo esforços na busca por entendimentos para o fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho 2015", disse a empresa em comunicado divulgado nesta segunda. A companhia informou ainda que "se dispôs a avançar em itens reivindicados pelas entidades sindicais e discutir aqueles não relacionados diretamente ao ACT".

Perda na produção diminui, diz Petrobras
A Petrobras informou que a estimativa de barris de petróleo que deixaram de ser produzidos nesta segunda por causa da greve dos petroleiros permaceneu em 115 mil - mesmo informado na sexta (6). A petroleira diz ainda que reduziu em 60% a perda diária de óleo desde o início da paralisação.
Na quinta-feira (5), a empresa havia dito que "através de seu plano de contingência, tem conseguido reduzir os impactos da greve sobre suas operações".
Na quinta, a perda estimada foi de 127 mil barris. Na quarta (4), a perda de produção foi de 134 mil barris de petróleo, "o que significa uma recuperação de 25% com relação à registrada no dia anterior", segundo a Petrobras.
Segundo a empresa, na segunda-feira (2) houve queda de produção de 273 mil barris de petróleo, o que corresponde a 13% da produção diária no Brasil. Na terça (3), a queda divulgada pela empresa foi de 178 mil barris de petróleo.
Na sexta, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) informou em nota à imprensa que o número de unidades marítimas da Petrobras na Bacia de Campos atingidas pela greve caiu para 46, ante 48 unidades na quinta (5).

A greve
A greve foi iniciada no dia 29 de outubro por cinco sindicatos que compõem a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP). No dia 1º de novembro, uniram-se ao movimento os sindicatos filiados à Federação Única dos Petroleiros (FUP), incluindo o da Bacia de Campos.
Em nota, a FNP informou que, aos poucos, os sindicatos que integram a FUP começaram a aderir, no domingo (1), ao movimento iniciado pelos sindipetros Litoral Paulista, São José dos Campos, Rio de Janeiro, Alagoas/Sergipe e Pará/Amazonas/Maranhão/Amapá.
A categoria, que pede reajuste salarial de 18%, rejeitou a proposta da Petrobras de reajuste de 8,11%. A paralisação também protesta contra o plano de venda de ativos da estatal e busca manter direitos dos trabalhadores, em meio às dificuldades financeiras da estatal.
Contrária ao plano de desinvestimentos na Petrobras, a FUP reivindica interrupção do processo de terceirização em curso na empresa e a retomada dos investimentos no país. "Os cortes de investimentos, venda de ativos, interrupção de obras e paralisação de projetos impactam o desenvolvimento do país e a soberania nacional", disse.

Fonte: g1.globo.com
 
 
 Corte de verba faz Marinha suspender projeto para defesa do pré-sal
Falta de dinheiro fará submarino nuclear atrasar 4 anos, diz comandante.
Orçamento ficou 30% menor em 2015 e 200 trabalhadores serão cortados.

O corte de recursos devido à crise econômica levou a Marinha a suspender o projeto para monitorar o mar territorial do país e proteger os recursos do pré-sal, avaliado por possuir ao menos 176 bilhões de barris de recursos não descobertos e recuperáveis de petróleo e gás natural, de acordo com um estudo da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Também foi afetado pelo corte o projeto do submarino nuclear brasileiro, cuja previsão inicial de entrada em operação, avaliada para 2025, sofrerá um atraso de três a quatro anos, segundo o comandante da Marinha, almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira.

“Com orçamento 30% menor do previsto neste ano, tivemos que refazer o cronograma físico e financeiro de uma série de projetos. Todos os projetos sofreram redução de ritmo em diferentes graus”, informou Leal Ferreira a jornalistas em São Paulo. "Temos que enfrentar esta realidade e dar nossa contribuição para se adaptar [à crise econômica no país]. Não podemos desistir e nos desesperar", acrescentou.

O governo federal bloqueou em maio R$ 69,9 bilhões em gastos para 2015. Pela Lei Orçamentária, a Marinha teria disponíveis R$ 3,85 bilhões para custeio e R$ 2,1 bilhões para investimentos neste ano. Com o corte, porém, de R$ 2 bilhões, restou para investimento R$ 1,3 bilhão. Sobraram quase mais R$ 2,6 bilhões para custeio.

O projeto para controlar e vigiar a a zona econômica exclusiva brasileira do Oceano Atlântico, chamado de Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul (Sisgaaz), uma área de 4,5 milhões de quilômetros quadrados, tem investimento estimado de R$ 13 bilhões e tinha previsão inicial de estar concluído em 2027.
A interrupção ocorreu no dia 29 de outubro “devido às restrições orçamentárias impostas”, quando uma carta, comunicando oficialmente a decisão, foi enviada aos três consórcios concorrentes. O documento não foi divulgado.

 Segundo a Marinha, o alerta foi enviado às candidatas a contratante principal, sendo elas: Embraer Defesa & Segurança, Odebrecht Defesa e Tecnologia e Orbital Engenharia. Não há previsão de quando o programa será retomado, o que pode ocorrer “assim que as condições financeiras 

Invasões
Semelhante ao projeto que o Exército possui para vigiar as fronteiras terrestres, o Sisgaaz tem como missão garantir maior segurança marítima e a defesa no Atlântico Sul, gerando maior eficiência dos órgãos brasileiros para a fiscalização de narcotráfico e contrabando pelo mar, operações de busca e salvamento e também impedir que embarcações de outros países invadam as águas jurisdicionais brasileiras.

Em 30 de outubro, o jornal “Folha de S. Paulo” divulgou que navios de guerra dos Estados Unidos realizaram operações marítimas na costa brasileira em 2014 sem avisarem às autoridades e sem terem sido percebidas. Segundo o comandante da Marinha, o ocorrido se deve a uma diferença de entendimento sobre como o Brasil e os Estados Unidos analisam cláusulas da convenção da ONU sobre os direitos do mar. Ele minimizou suspeitas de que outras invasões podem ter ocorrido.

“Eu considero estes meus direitos, de autorizar manobras militares, em especial com emprego de armas, em nossa zona econômica exclusiva. O americano tem uma posição diferente, ele acha que a navegação ali é livre e não inclui qualquer restrição a operações militares. É a interpretação que ele tem e ele tenta forçar a ideia de que o ponto de vista dele está coerente”, afirma Leal Ferreira sobre o tema.

“Este é um assunto para ser discutido no ponto de vista diplomático e não no âmbito militar”, diz. “São pequenos pontos divergentes que não podemos transformar em grandes contendas”.

O Sisgaaz, quando introduzido plenamente, permitirá ao Brasil identificar navios invasores em toda a sua área de controle, afirma o comandante. Com a suspensão do programa, não há previsão de quando isso irá acontecer.


Submarino a ver navios
A construção do submarino nuclear, que também servirá como fator de dissuasão para impedir a invasão de embarcações estrangeiras e impor o poder militar brasileiro no mar, também foi atingida pelo corte de recursos.

Além do atraso em até 4 anos para a sua finalização, haverá corte de 200 funcionários civis em São Paulo e Iperó entre o fim de 2015 e início de 2016. Hoje são 3 mil pessoas trabalhando no desenvolvimento - 1.200 são profissionais qualificados, como cientistas, que não podem ser desvinculados do projeto por possuírem informações estratégicas.
O projeto do submarino nuclear brasilerio teve início em 1979 e já consumiu mais de R$ 1 bilhão de recursos. "Fomos afetados pelo corte orçamentário e tivemos que reduzir o ritmo, mas não paralisou. Em 2015, o esperado era de R$ 320 mil para custeio, e recebemos R$ 250 mil. Esta redução significativa deve se manter em 2016", afirmou Leal Ferreira.

A Marinha também vem emperrando em adversidades para desenvolver a propulsão nuclear, pois os países que detêm o conhecimento – o seleto grupo com assento permanente no Conselho de Segurança da ONU (EUA, Rússia, China, Inglaterra e França) – não desejam repassá-los ao Brasil.

"Com certeza, vai atrasar. Há duas dificuldades. A primeira é financeira, temos que ter um fluxo de dinheiro constantemente. Porque fazemos contratos para daqui a três, quatro anos, e repactuar um contrato destes sempre fica muito difícil, os próprios fornecedores ficam desconfiados. A outra é dificuldade técnica, porque estamos desenvolvendo tudo sozinho, sozinho, sozinho. Mas nós estamos avançando", diz Leal Ferreira.

“Quando eles (outros países) tomam conhecimento que nós vamos usar aquele determinado equipamento no programa nuclear, eles proíbem a venda. Tudo nós temos que descobrir por nós mesmos. Apesar das dificuldades técnicas, nós estamos sempre avançando, até agora não teve nada intransponível. Mas com a redução dos recursos, tivemos que reduzir mais", salientou o comandante da Marinha.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Volkswagen contrata ex-executivo da Apple para nova área digital
Em meio a crise, montadora aponta que apostará em novas tecnologias.
Johann Jungwirth foi diretor de pesquisa e desenvolvimento na Mercedes.

A Volkswagen contratou um ex-executivo da Apple para atuar em um novo departamento chamado de Estratégia Digital pela montadora. Johann Jungwirth ficou apenas 1 ano na empresa que fabrica o iPhone e estaria ligado ao projeto de carros da marca, afirma o jornal "The New York Times". Oficialmente, era diretor de engenharia de sistemas Mac.

Antes, o romeno trabalhou na Mercedes-Benz, chegando a chefiar a área de Pesquisa e Desenvolvimento da montadora alemã na América do Norte, tendo responsabilidade sobre tecnologias de carros autônomos e elétricos, além de ter sido vice-presidente de sistemas multimídia ("infotainment").
Jungwirth, de 42 anos, responderá diretamente ao novo presidente do grupo Volkswagen, Matthias Müller, que assumiu em setembro, logo após o estouro do escândalo da fraude em motores a diesel.

O grupo está sob investigação após assumir ter instalado um programa de computador em 11 milhões de carros com esse tipo de motor para fraudar testes de emissão de poluentes.
Um dos principais reflexos do caso foi a renúncia do então presidente, Martin Winterkorn. Müller assumiu, prometendo resgatar a confiança dos clientes e algumas mudanças na organização do grupo foram realizadas.
A Volkswagen tem sinalizado que apostará em novas tecnologias. No Salão de Tóquio, há 15 dias, em sua primeira apresentação nesse tipo de evento depois do escândalo estourar, a montadora pediu desculpas pela fraude e destacou carros elétricos (veja mais no vídeo abaixo).
No mesmo dia foi divulgado que a empresa sofreu o primeiro prejuízo trimestral em pelo menos 15 anos, no período referente a julho e setembro últimos.
"Com a contratação de Jungwirth, a Volkswagen reforça sua posição em digitalização, que será um campo muito importante para indústria automotiva no futuro", disse o comunicado da companhia.

Fonte: g1.globo.com
 
 
 Medida que endurece punição a quem bloqueia rodovia é publicada no DO
Governo já havia anunciado a MP para conter greve dos caminhoneiros.
Desde o início da semana, ato bloqueia rodovias em todo o país.

O governo publicou no "Diário Oficial da União" desta quarta-feira (11) a medida provisória que endurece as penalidades aos caminhoneiros que mantiverem os bloqueios de rodovias no país. Com a publicação, as novas regras da MP já podem ser aplicadas.
A medida foi anunciada nesta terça, pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Entre as mudanças está o aumento da multa para quem fizer os bloqueios, que passa de  R$ 1.915 para R$ 5.746. Os organizadores de manifestações com bloqueio poderão ser multados em R$ 19.154.

Nesta terça, houve registro de atos em nove estados. Na segunda, ao menos 14 estados foram alvos dos protestos. Os manifestantes que fizeram os últimos bloqueios dizem ser autônomos e se declaram independentes de sindicatos.
Eles são contra o governo Dilma Rousseff, pedem o aumento do valor do frete, reclamam da alta de impostos e da elevação nos preços de combustíveis, entre outras reivindicações.

"Estamos criando uma nova situação [ao publicar a medida], com a introdução de um novo artigo no Código Nacional de Trânsito: 'Usar veiculo para deliberadamente interromper, restringir ou perturbar a circulação na via, se classifica como infração gravíssima, e será aplicada multa de R$ 5.746", explicou o ministro na terça. Em caso de reincidência, o valor será dobrado.
Com a medida provisória, também serão diferenciados aqueles que bloqueiam as vias daqueles que organizam os atos. No caso dos organizadores, a multa cobrada passará a ser de R$ 19.154. Para quem for reincidente, o valor também será cobrado em dobro.

Entre as sanções que serão endurecidas, também estão a proibição, por dez anos, de o grevista reincidente receber incentivo de crédito para adquirir veículos. Outros pontos, como a suspensão do direito de dirigir por 12 meses e apreensão do veículo, que já estão previstos no Código Nacional de Trânsito, continuam valendo.

Outro trecho incluído no texto permite que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contrate guinchos particulares para remover os veículos que bloquearem vias. O custo com os guinchos será pago pelo próprio motorista. De acordo com o ministro, entre segunda e terça-feira foram aplicadas mais de 100 multas a caminhoneiros por bloqueios.
Além disso, Cardozo autorizou que a Força Nacional auxilie a PRF na desobstrução das estradas. "Não se trata de uma ação governamental para calar opositores. Há uma tentativa de atender ao interesse público", explicou o ministro.

'Crime'
Na terça, a presidente Dilma Rousseff afirmou, em visita ao Rio de Janeiro, que obstruir rodovias "é crime". "Obstruir é crime. Obstruir, afetar a economia popular é crime. Manifestar é algo absolutamente legal. É da democracia. É algo que faz bem ao pais e à democracia", afirmou, mais cedo, a presidente.


"Reivindicar, nesse país, é um direito de todo mundo. Então reinvindicação, no Brasil, há muito tempo não é crime. Nós construímos a democracia para não ser crime. Agora, esse país é um país responsável. Interditar estradas, comprometer a economia popular, desabastecendo com alimentos ou combustíveis, isso tem componentes de crime", disse Dilma.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Estudantes gastam até R$ 7 mil com taxas para vestibular de medicina
Candidatos reclamam que preços são abusivos; há taxas de até R$ 600.
MEC diz que não tem ingerência sobre os processos seletivos.

Estudantes que sonham em cursar medicina gastam até R$ 7 mil em taxas de inscrição para os vestibulares. As inscrições custam, em média, 300 reais cada, e são quatro vezes mais altas do que as dos demais cursos, segundo os alunos. Na Universidade Severino Sombra (USS), em Vassouras, no Rio de Janeiro, a taxa custou R$ 600.
O Ministério da Educação informou que não tem ingerência sobre os processos seletivos das instituições e elas possuem autonomia para criarem regras próprias. Em nota, o MEC lembrou que o Enem democratizou a participação nos processos seletivos, pois ao pagar a taxa de R$ 65, e fazer a prova, o candidato terá neste ano, a possibilidade de ingressar em 128 instituições, entre federais e estaduais.

A USS informou que a taxa de inscrição para o vestibular de medicina custa R$ 600 porque o processo seletivo é feito por uma empresa especializada, além disso é necessário aplicar a prova em duas praças, por conta da quantidade de candidatos. A universidade ainda alegou que precisa investir mais em segurança para evitar fraudes.
Thays Ledo, de 20 anos, diz que este ano já gastou R$ 7 mil em taxas com os vestibulares do meio do ano até agora. O valor, no entanto, apesar de alto, ainda é menor, do que o investido no ano anterior: foram R$ 10 mil.
“No ano passado prestei 25 vestibulares e gastei cerca de R$ 10 mil em taxas. Neste ano serão 13 provas e R$ 7 mil”, diz. A mãe de Thays é médica, por isso ela não se importa de pagar as inscrições, pois também já passou por isso. Porém, para Thays, os valores são injustos, pois acabam eliminando muitos candidatos. “Tem gente que não tem condição de pagar e deixa de fazer a prova, mas que poderia ser um bom médico.”
Ana Carolina Pieruci Florenzano, de 19 anos, também conta com o apoio emocional e financeiro do pai, que é médico. “Ele sabe como é, então me deixa bem tranquila para escolher o que quero prestar”, diz. Ela fará 13 vestibulares e gastará mais de R$ 4 mil em taxas.
Pelas contas de Gabriela Fiori, de 20 anos, já foram R$ 5 mil em taxas, fora as despesas para fazer as provas em instituições fora de São Paulo. “Meu pai sabe que é caro e estava previsto no orçamento.”
Lucas Sandes, de 18 anos, faz seu primeiro ano de cursinho e também vai gastar R$ 5 mil em taxas para fazer 15 provas. “Desde o começo do ano já previa ter esse gasto grande. Não tem como economizar.”


Fonte: g1.globo.com

 
 
 Insiders do Windows 10 conseguem ver update Redstone nas configurações
A próxima grande atualização do Windows 10 está mais perto do que nunca. De acordo com informações publicadas pelo WinBeta, alguns usuários puderam ver que a compilação "rs1_release" apareceu como uma atualização de software "natural" em seus computadores, e sabendo que a Microsoft já trabalha arduamente no desenvolvimento do update, é possível que o código já esteja praticamente pronto para seu lançamento oficial, embora ele não deva acontecer ainda neste ano.
A nomenclatura "_release" é geralmente enviada em compilações para Insiders, assim como já aconteceu para aqueles que participavam do programa Threshold 2 Insider Preview, que receberam o update "th2_release". Com isto em mente, não é de se esperar que a atualização rs1_release de fato exista.
Mas, apesar de ter aparecido para um número bem pequeno de usuários, esta ação apenas garante que os usuários possam fazer o download do Redstone completo quando for lançado oficialmente.
Nas configurações do sistema, como pode ser visto na imagem abaixo, é possível ver um novo menu que inclui o download dos updates th2_release e rs1_release. Esse menu suspenso não era visto, até então, em nenhum outro computador, mesmo que estivesse registrado no programa de Insiders da Microsoft.
É claro, isto ainda pode ter sido um erro por parte da Microsoft que acabou revelando o download da atualização. E mesmo que a Microsoft já esteja trabalhando internamente no desenvolvimento do Redstone, a atualização ainda assim deverá chegar para os usuários dividida em duas ondas, como a empresa fez com o lançamento oficial do novo sistema.
 
 
 Windows 10 Mobile traz pequena e curiosa novidade na lista de apps
A Microsoft vem trabalhando de modo bastante efetivo no lançamento de novas compilações do Windows 10 Mobile para participantes do programa Windows Insider, embora nem todos os updates tragam grandes novidades. Recentemente a empresa lançou a compilação 10581, que apenas trazia correções de bugs e de problemas conhecidos, mas sem adição de nenhum grande recurso.
Mas a Microsoft deverá lançar massivamente a build 10586 para os Insiders – esta versão só alcançou um número pequeno de usuários –, resolvendo uma série de questões como a de reinicialização inesperada em alguns dispositivos. Mas uma parte bastante curiosa desta compilação, como publicado pelo site NokiaPowerUser, citando fontes próprias, é que a Microsoft trouxe algumas pequenas mudanças nesta build.
De acordo com o NPU, a lista de aplicativos do Windows 10 Mobile conta com um botão de "Pesquisar Loja" (Search Store) na parte final. Ao clicar neste botão, os usuários são redirecionados para lojas adicionais além das disponibilizadas pela própria Microsoft, mas ainda não ficou muito claro como este recurso deverá funcionar quando chegar para todos os usuários.
A mudança, é claro, está longe de ser algo extremamente radical e está mais para um adicional do sistema. Mas, de qualquer maneira, é sempre bom ver que a Microsoft está trabalhando para melhorar o Windows 10 Mobile mesmo que o seu lançamento esteja mais próximo.
Ainda nesta semana, uma operadora de telefonia móvel polonesa deixou vazar prováveis datas para o sistema ser liberado publicamente, com a data mais próxima marcada para o dia 14 de dezembro. Ainda não temos confirmação direta da Microsoft, embora a expectativa dos usuários gire em torno de um lançamento mais breve.
 
 
 Microsoft nega campanha de fabricantes de PCs contra o Windows 10
Recentemente, começaram a surgir relatos ameaçadores para a Microsoft. Equipes de suporte de fabricantes de PCs parceiras estariam recomendando que seus clientes não atualizassem seus computadores antigos para o Windows 10, e, se já tivessem instalado, que voltassem à versão anterior do sistema.
A Microsoft divulgou um comunicado diminuindo a questão, afirmando que tem recebido grande apoio dos parceiros, que já estão produzindo os primeiros aparelhos a saírem de fábrica com o novo sistema. 
A companhia cita que ficou ciente de relatos da recomendação de não-atualização. No entanto, pelo menos um dos parceiros, a HP, diz que que esta não é uma recomendação da empresa e chegou a usar o caso como um “momento de aprendizado no treinamento de colaboradores”, afirma um porta-voz da Microsoft. 
Os relatos iniciais diziam que equipes de suporte estavam recomendando que usuários não atualizassem seus PCs porque não se sabia como o sistema se sairia em hardware antigo, no qual ele não havia sido testado. Além disso, havia a indicação de que os funcionários de suporte não estavam treinados para oferecer apoio com o Windows 10 instalado. 
Abaixo está o comunicado oficial da Microsoft na íntegra: 
“Nossos parceiros têm dado um suporte fundamental ao Windows 10. Temos trabalhado lado a lado por muitos meses para garantir que as pessoas tenham uma ótima experiência com o Windows 10. Recentemente lançamos novos dispositivos junto com nossos parceiros globalmente – cada um deles construído para fazer o melhor com o Windows 10. 
Vimos relatos de equipes de suporte ao consumidor dando a orientação para que os consumidores voltem para uma versão anterior do Windows. Um desses parceiros, HP, disse que isso não é a recomendação deles e que está usando o exemplo como um momento de aprendizado no treinamento de seus colaboradores. Nossos parceiros continuam confiantes de que o Windows 10 oferece uma excelente experiência para os usuários” 
 
 
 Microsoft tentou instalar o Windows 10 à força, diz relatório
Recentemente, começaram a surgir relatos ameaçadores para a Microsoft. Equipes de suporte de fabricantes de PCs parceiras estariam recomendando que seus clientes não atualizassem seus computadores antigos para o Windows 10, e, se já tivessem instalado, que voltassem à versão anterior do sistema.
A Microsoft divulgou um comunicado diminuindo a questão, afirmando que tem recebido grande apoio dos parceiros, que já estão produzindo os primeiros aparelhos a saírem de fábrica com o novo sistema. 
A companhia cita que ficou ciente de relatos da recomendação de não-atualização. No entanto, pelo menos um dos parceiros, a HP, diz que que esta não é uma recomendação da empresa e chegou a usar o caso como um “momento de aprendizado no treinamento de colaboradores”, afirma um porta-voz da Microsoft. 
Os relatos iniciais diziam que equipes de suporte estavam recomendando que usuários não atualizassem seus PCs porque não se sabia como o sistema se sairia em hardware antigo, no qual ele não havia sido testado. Além disso, havia a indicação de que os funcionários de suporte não estavam treinados para oferecer apoio com o Windows 10 instalado. 
Abaixo está o comunicado oficial da Microsoft na íntegra: 
“Nossos parceiros têm dado um suporte fundamental ao Windows 10. Temos trabalhado lado a lado por muitos meses para garantir que as pessoas tenham uma ótima experiência com o Windows 10. Recentemente lançamos novos dispositivos junto com nossos parceiros globalmente – cada um deles construído para fazer o melhor com o Windows 10. 
Vimos relatos de equipes de suporte ao consumidor dando a orientação para que os consumidores voltem para uma versão anterior do Windows. Um desses parceiros, HP, disse que isso não é a recomendação deles e que está usando o exemplo como um momento de aprendizado no treinamento de seus colaboradores. Nossos parceiros continuam confiantes de que o Windows 10 oferece uma excelente experiência para os usuários” 
 
 
 Como definir um PIN para autenticação no Windows 10
Com o Windows 10 a Microsoft implementou um conjunto de mecanismos de segurança. No campo da autenticação, a empresa de Redmond disponibiliza agora vários métodos e até o suporte para hardware adicional. Os utilizadores podem autenticar-se com uma password, PIN, com uma imagem, através de um sensor biométrico, etc.
Hoje ensinamos como podem definir um PIN para entrar no Windows 10.
A utilização de um código PIN simplifica todo o processo de autenticação no sistema, garantindo a melhor protecção do mesmo. Além disso a introdução de um código PIN é por norma mais cómodo e rápido que a utilização de uma password.
Como criar um código PIN para aceder ao Windows 10?
Para criar um código PIN basta que siga os seguintes passos:
Passo 1 – Abra o Menu Inciar e depois Definições
Passo 2 – Depois abrir a opção Contas
Passo 3 – No menu lateral, escolher a opção “Opções de início de sessão” e em seguida no botão Alterar ou Adicionar, do lado direito onde diz PIN.
Passo 4 – Caso já tenha definido anteriormente um PIN, pode proceder à alteração do mesmo. Caso contrário pode adicionar um.
E está feito, agora basta reiniciar o sistema para verificar que o método de autenticação por PIN passa a estar também disponível nas opções de início de sessão.
 
 
 Atualização Redstone para o Windows 10 pode trazer "Modo TV" com interface similar à do Xbox One
Recentemente vimos o lançamento da primeira Smart TV do mundo com Windows 10 rodando de fábrica, indicando que vários outros modelos podem ser anunciados nos próximos meses. Algo que deixou muitos usuários com o pé atrás foi o fato do equipamento contar com a interface padrão do sistema, ou seja, a mesma utilizada em desktops, o que provavelmente causará uma certa confusão na hora de utilizar o controle remoto.
De acordo com informações coletadas pelo pessoal do WinCentral, entretanto, isto pode não ser problema em um futuro breve, pois a dita atualização Redstone para o Windows 10 pode trazer o inédito "Modo TV" para a plataforma. Esta função seria utilizada de maneira muito semelhante ao que temos atualmente no Continuum, permitindo que a interface fosse totalmente adaptada para o uso com controles direcionais, basicamente como vimos na atualização do Xbox One para o Windows 10.
Segundo revelado, o Modo TV será compatível neste primeiro momento apenas com os mesmos smartphones que já possuem suporte ao Continuum, ou seja, os Lumias 950 e 950 XL e o Acer Jade Primo. Com isso, bastará que você conecte o dispositivo ao seu monitor externo por meio do Miracast ou cabo HDMI e escolha a opção, contando assim com uma interface muito mais adaptada para a reprodução de arquivos multimídia do que para produtividade.
Vale notar que não foi comentado exatamente sobre a chegada desta nova organização às TVs com o Windows 10, porém é pouco provável que a Microsoft disponibilize a função para smartphones e deixe de lado os aparelhos que realmente se beneficiariam da novidade, restando aguardarmos que mais detalhes sobre o assunto sejam revelados para que possamos descobrir os reais planos da empresa para o seguimento de televisores.
Outro ponto importante desta função é que a Microsoft alegadamente está trabalhando para otimizar a execução de jogos universais, o que significa que os televisores terão a capacidade de rodar todos os títulos presentes na Windows Store sem qualquer tipo de problema, algo que deve aumentar bastante agora que o Xbox One foi incluído no nicho de produtos com o Windows 10. Além disso, a companhia supostamente está desenvolvendo um controle exclusivo que seria similar ao de seu console de jogos, para que assim smartphones e outros aparelhos possam ter comandos executados de maneira mais intuitiva durante a jogatina.
Ainda não há qualquer comentário oficial com relação à atualização Redstone, porém informações coletadas até o momento indicam que o possível "Windows 10.1" pode ser anunciado já em março do próximo ano, chegando aos consumidores em geral por meio de uma atualização até o mês de julho. Além disso, uma "Redstone 2" seria liberada ao final de 2016, trazendo todas as novidades que não forem finalizadas em tempo de serem inseridas na primeira versão.
 
 
 Poderoso mini PC com Windows 10 faz sucesso na Internet
Já imaginou ter um pequeno PC de bolso, do tamanho de um HD externo aproximadamente, rodando o Windows 10 completo? Pois bem, em breve isso será possível. Graças ao Ockel Sirius B, projeto de aparelho que ganhou um grande apoio da comunidade do Indiegogo, superou sua meta de arrecadar fundos e vai sair do papel até o fim do ano.
O mini computador tem processador Intel, sistema Windows 10, duas entradas USB, WiFi dual band, armazenamento em Flash, Bluetooth, slot microSD, saída HDMI e consumo eficiente de energia. Segundo os desenvolvedores, ele é super silencioso, pesa somente 120 gramas e é do tamanho de um smartphone.
O que já parece incrível fica ainda melhor com o preço. Por incrível que pareça, sua versão mais em conta sai por apenas US$ 149 (cerca de R$ 600). Entretanto, ela vem sem o sistema operacional. A edição completa, com Windows e mais um cartão microSD de 64 GB sai por US$ 174 (em torno dos R$ 700).
Com as portas USB e HDMI, ele pode ser conectado a acessórios como teclado, mouse e monitor, por exemplo, e funcionar como um computador completo, porém mais leve, silencioso e que você pode levar para qualquer lugar de maneira super simples e prática.
O projeto do Sirius no Indiegogo já arrecadou quase US$ 150 mil (algo em torno de R$ 600 mil) e só restam seis dias para o final dele. Apesar do seu grande sucesso e da enorme demanda, ainda restam algumas unidades do produto, que pode ser entregue em qualquer parte do mundo.
 
 
 Windows Store é atualizada no Windows 10 Mobile e na versão para PC
Microsoft continua trabalhando para acertar os últimos detalhes antes do lançamento do Windows 10 Mobile na versão final nas próximas semanas. Um dos aspectos mais importantes da renovada plataforma de Redmond é a Windows Store, que oferece cada vez mais soluções universais com o propósito de unificar os sistemas para PC e dispositivos móveis. E ambas as versões das lojas de aplicativos acabam de receber uma atualização.
A nova atualização da Windows Store para o Windows 10 em computadores e tablets altera o número da versão de 2015.10.13.1 para 2015.21.12.0 e, como você pode perceber nas imagens abaixo, a ordem das opções no menu foi alterada. As opções “Biblioteca” e “Downloads e atualizações” saíram da parte inferior para figurarem entre as primeiras.
Partindo para a atualização no Windows 10 Mobile também temos as mesmas mudanças nas opções do menu principal, mas nenhuma novidade adicional foi percebida até esse momento. Lembramos que a Microsoft também atualizou outro importante aplicativo relacionado a atualização do sistema móvel, o Windows Insider, que deve estar preparado para levar uma nova compilação para os usuários que participam do programa de testes até a próxima sexta-feira.
E então, você também já atualizou a Windows Store em seus dispositivos? Notou mais alguma novidade além daquelas que foram relatadas acima?
 
 
 Como desinstalar o OneDrive no ​​Windows 10
O OneDrive é uma funcionalidade nativa do sistema no Windows 10. No entanto, nem todo mundo precisa ou quer usar o serviço de armazenamento em nuvem, seja porque consome processamento ou porque não o utiliza. Nesses casos, o melhor a fazer é desinstalar o software do PC.
Confira o passo a passo para desinstalar o OneDrive no Windows 10. Após o procedimento, além de ficar livre do programa da Microsoft, o computador também pode ficar muito mais leve.
Passo 1. Antes de desinstalar, feche o aplicativo OneDrive. Para fazer isso, clique com o botão direito no ícone que fica na barra de tarefas. No menu que aparece, selecione a opção “Sair”;
Passo 2. Ao fazer isso, aparecerá uma janela de confirmação. Nela, basta clicar no botão “Fechar o OneDrive” para sair do app. Isso também vai finalizar o processo OneDrive;
Passo 3. Descubra qual é a arquitetura do sistema, clicando com o botão direito do mouse no Menu Iniciar, ou pressione as teclas "Win + X". Quando o menu de contexto aparecer, clique na opção “Sistema”. A informação sobre a arquitetura fica no campo “Tipo de sistema”;
Passo 4. Depois disso, clique novamente com o botão direito do mouse no Menu Iniciar ou pressione as teclas "Win + X". Quando o menu de contexto aparecer, clique na opção “Prompt de Comando (Admin)”;
Passo 5 Ao ser solicitada a autorização para acessar o programa, entre com a senha de administrador ou clique no botão “Sim”;
Passo 6. Com o Prompt de Comando aberto, digite o comando de desinstalação do OneDrive, dependendo da arquitetura do seu sistema (verificada no passo 3).  Se você estiver usando um sistema de 32 bits, utilize o comando abaixo;
%systemroot%System32OneDriveSetup.exe /uninstall
Passo 7. Se você estiver usando um sistema de 64 bits, utilize o comando a seguir;
%systemroot%SysWOW64OneDriveSetup.exe /uninstall
Passo 8. Feito isso, abra o Explorer do Windows e confira se o OneDrive não aparece mais na opção “Acesso rápido” do gerenciador de arquivos do sistema.
Pronto! O OneDrive está desinstalado e seu Windows 10 está livre do serviço. Agora você pode usar outra opção de armazenamento na nuvem ou simplesmente aproveitar melhor os recursos do PC. 
 
 
 Mais de 25% de usuários do Steam já usam o Windows 10
Quando o Windows 8 foi lançado em 2012 um dos que não gostaram da plataforma foi Gabe Newell, ao afirmar que o SO da Microsoft era fechado e representava uma ameaça aos jogadores. Isso e outras coisas levaram a Valve a desenvolver o SteamOS, como forma de oferecer uma solução própria e mais amigável.
Problem is, desenvolvedores de games AAA não gostam do Linux. Pombas, eles mal portam seus títulos para Mac, a quantidade de jogos compatíveis com Windows está anos-luz dos que rodam no SO da Apple. Resultado, o Windows 8 foi bem recebido embora ainda permanecesse atrás do Windows 7.
Só que o Windows 10 chegou e o cenário mudou em muito pouco tempo.
Para desgosto de Newell nada mudou na percepção do público de que quando o assunto é games no PC, o Windows é o melhor companheiro. Em nova pesquisa realizada pela Valve junto a seus consumidores para saber como são as máquinas que usam para acessar o serviço, a empresa descobriu que as versões do SO da Microsoft respondem por nada menos que 95,45% de toda a base instalada de usuários. Já o Mac vem em segundo com 3,49%. Linux? Faz-me rir, continua dando ponto de audiência com 0,95%, portanto ainda não será desta vez o Ano do Linux em desktops.
Olhando de perto a distribuição das versões de Windows utilizadas pelos clientes do Steam vemos que muita coisa mudou desde que o Windows 10 foi introduzido: com pouco mais de três meses de vida, o SO em sua versão de 64 bits já assumiu a segunda posição como sistema mais utilizado respondendo por 26,42% dos usuários totais. O Windows 7 64 bits ainda é o primeiro com 36,67%; somando com as versões de 32 bits temos respectivamente 27,42% e 44,86%. O Windows 8/8.1 responde por apenas 20,37% dos usuários, se somarmos todas as variantes.
Claro que é preciso lembrar que a pesquisa não é obrigatória. Por outro lado as Steam Machines, a grande aposta da Valve para conquistar o consumidor e levar os games de desktop para a sala de estar não estão vendendo tanto quanto a empresa gostaria, por vários motivos. É fato que o domínio da Microsoft no cenário gamer para PCs continuará por muito tempo, mas de qualquer forma é impressionante ver que o Windows 10 já está presente em mais de um quarto dos computadores dos usuários, mostrando que Redmond fez um bom trabalho e entregou um sistema simples e mais importante, estável.
 
 
 Juros máximos do consignado de aposentados sobem a partir de hoje
Decisão foi aprovada pelo Conselho Nacional da Previdência Social.
Para empréstimo pessoal, percentual passa de 2,14% para 2,34% ao mês.

As taxas máximas de juros no crédito consignado (com desconto na folha de pagamento) de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ficam mais altas a partir desta segunda-feira (9). A elevação foi aprovada no mês passado pelo Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) e publicada no Diário Oficial desta segunda.

Para empréstimo pessoal, o percentual passa de 2,14% para 2,34% ao mês. Já para empréstimos feitos pelo cartão de crédito, a taxa sobe de 3,06% para 3,36% ao mês, acrescentou o Ministério da Previdência Social.
O Conselho Nacional de Previdência Social debatia o aumento da taxa de juros do crédito consignado de aposentados e pensionistas desde maio deste ano. Segundo o Ministério da Previdência, o sistema financeiro que opera o crédito consignado para aposentados e pensionistas pedia um aumento maior ainda – o que não foi aceito.

O limite do crédito consignado também foi ampliado de 30% da renda para 35%, segundo lei sancionada no dia 22 de outubro.
De acordo com o texto, esse percentual a mais, de 5%, só poderá ser usado para bancar as despesas com cartão de crédito. Ou seja, além de o trabalhador poder pedir um crédito ao banco equivalente até 30% do que ganha por mês, como antes, ele também poderá comprometer mais 5% do seu salário para pagar suas dívidas com cartão de crédito, que tem taxas de juros muito mais altas.
Uma pessoa que recebe R$ 2.000 por mês antes podia comprometer com empréstimo em folha até R$ 600 (30%). Com a nova regra, esse valor sobe para R$ 700 (35%), e desse total, R$ 100 só podem ser usados para pagar as dívidas do cartão de crédito.

Fonte: g1.globo.com
 
 
 Mercado prevê a maior inflação em treze anos
Previsão para IPCA sobe para 9,99% neste ano e quase fura teto em 2016
Estimativas do mercado para inflação foram divulgadas pelo Banco Central.
Analistas também passaram a prever contração maior do PIB nos 2 anos.

O mercado financeiro subiu para 9,99% sua estimativa de inflação para este ano. Para 2016, a previsão dos economistas avançou para 6,47% – ou seja, quase no limite do teto do sistema de metas de inflação brasileiro, segundo o relatório de mercado, também conhecido como Focus. O documento, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira (9), é fruto de pesquisa com mais de 100 instituições financeiras na semana passada.
Para 2015, a expectativa dos economistas é que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial, feche o ano em 9,99%, beirando a marca dos 10%. Na semana anterior, a taxa esperada era de 9,91%. Se confirmada a estimativa, representará o maior índice em 13 anos, ou seja, desde 2002 – quando ficou em 12,53%.

Essa foi a oitava alta seguida no indicador. O BC informou recentemente que estima um IPCA de 9,5% para este ano. Segundo economistas, a alta do dólar e, principalmente, dos preços administrados (como telefonia, água, energia, combustíveis e tarifas de ônibus, entre outros) pressiona os preços em 2015. Além disso, a inflação de serviços, impulsionada pelos ganhos reais de salários, segue pressionando os preços.
Para 2016, os economistas das instituições financeiras elevaram sua expectativa de inflação de 6,29% para 6,47% na última semana. Foi a 14ª alta seguida do indicador que continua se distanciando da meta central de 4,5% fixada para o ano que vem e que passou a ficar muito próxima do limite de 6,5% do sistema de metas de inflação.
Pelo sistema que vigora no Brasil, a meta central para 2015 e 2016 é de 4,5%, mas, com o intervalo de tolerância existente, o IPCA pode oscilar entre 2,5% e 6,5%, sem que a meta seja formalmente descumprida. Com isso, a inflação deverá superar o teto do sistema de metas em 2015, algo que não acontece desde 2003.
Recentemente, o BC admitiu que não conseguirá trazer o IPCA para a meta central de 4,5% no próximo ano. Segundo a autoridade monetária, isso será possível somente em 2017. Na semana passada, o diretor de Política Econômica do Banco Central, Altamir Lopes, informou que, apesar da desistência da autoridade monetária de trazer o IPCA para 4,5% em 2016, que ele permanecerá dentro da banda do sistema de metas, ou seja, abaixo de 6,5%. "[A inflação] estará contida no intervalo do regime de metas [em 2016]", disse ele na ocasião.

Produto Interno Bruto
Ao mesmo tempo, o mercado financeiro também passou a estimar uma retração maior da economia em 2015 e, também, no ano que vem.
Para o PIB deste ano, o mercado financeiro passou a prever uma retração de 3,10%. Foi a 17ª revisão para baixo consecutiva do indicador. Até então, a expectativa era de uma contração um pouco menor neste ano: de 3,05%. Se confirmado, será o pior resultado em 25 anos, ou seja, desde 1990 – quando foi registrada uma queda de 4,35%.


Para 2016, os economistas das instituições financeiras aumentaram de 1,51% para 1,90% a expectativa de contração na economia do país. Esta foi a quinta queda seguida na previsão do mercado para o PIB do próximo ano.
Se a previsão se concretizar, será a primeira vez que o país registra dois anos seguidos de contração na economia – a série histórica oficial, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), tem início em 1948.
O PIB é a soma de todos os bens e serviços feitos em território brasileiro, independentemente da nacionalidade de quem os produz, e serve para medir o comportamento da economia brasileira. No mês passado, a "prévia" do PIB do BC indicou uma contração de 2,99% até agosto.
No fim de agosto, o IBGE informou que a economia brasileira registrou retração de 1,9% no segundo trimestre de 2015 em relação aos três meses anteriores, e o país entrou na chamada "recessão técnica", que ocorre quando a economia registra dois trimestres seguidos de queda. De janeiro a março deste ano, o PIB teve baixa de 0,7% (dado revisado).
Taxa de juros
Após o Banco Central ter mantido os juros estáveis em 14,25% em outubro, o maior patamar em nove anos, o mercado manteve a estimativa de que não devem ocorrer novos aumentos de juros em 2015. Para o fim de 2016, a estimativa subiu de 13% para 13,25% ao ano – o que pressupõe redução, embora menor, da taxa Selic ao longo do ano que vem.
A taxa básica de juros é o principal instrumento do BC para tentar conter pressões inflacionárias. Pelo sistema de metas de inflação brasileiro, a instituição tem de calibrar os juros para atingir objetivos pré-determinados. As taxas mais altas tendem a reduzir o consumo e o crédito, o que pode contribuir para o controle dos preços.
Câmbio, balança e investimentos
Nesta edição do relatório Focus, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2015 permaneceu em R$ 4 por dólar. Para o término de 2016, a previsão dos analistas para a taxa de câmbio ficou estável em R$ 4,20.
A projeção para o resultado da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações) em 2015 subiu de US$ 14 bilhões para US$ 14,6 bilhões de resultado positivo. Para 2016, a previsão de superávit avançou de US$ 26,3 bilhões para US$ 29 bilhões.
Para este ano, a projeção de entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil caiu de US$ 64,6 bilhões para US$ 62,3 bilhões. Para 2016, a estimativa dos analistas para o aporte permaneceu inalterada em US$ 60 bilhões.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Post ofensivo a mulher, negro, LGBT e indígena entra na mira do governo
Ferramenta buscará agressões e manifestações de ativistas em rede social.
Serviço será apresentado por ministério até o fim de novembro.

Hoje submersos no mar de posts das redes sociais, os comentários ofensivos contra negros, mulheres, indígenas e à comunidade LGBT estão prestes a entrar no radar do governo federal.
A pedido da antiga Secretaria de Direitos Humanos (SDH), da Presidência da República, o Laboratório de Imagem e Cibercultura (Labic), da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) criou um serviço que funcionará como uma peneira. Irá vasculhar de forma automatizada Twitter, Facebook e Instagram em busca de manifestações de ativistas, apoio a vítimas de discriminação e, principalmente, agressões aos direitos humanos.
O chamado Monitor dos Direitos Humanos exibirá as mensagens compiladas na íntegra, mas não trará a identidade dos autores. Os links originais serão incluídos. A ferramenta ainda está inacabada e em fase de testes.
Segundo a SDH, a ferramenta foi criada “para que os órgãos do governo que trabalham com a temática [dos direitos humanos] tenham conhecimento do que circula publicamente”. A pasta foi fundida com outras duas pastas em outubro, na reforma ministerial promovida pela presidente Dilma Rousseff, para dar origem ao Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos.
De acordo com Fábio Malini, um dos coordenadores do Labic, nem todas as publicações reunidas serão indicativos de crimes de ódio. “Na modelagem de dados, a gente separa, dentre os milhões de citações ao racismo, o que é ameaça, o que é ‘empoderamento’ negro, intolerância religiosa e o que é expressão de violência contra o negro.” As mensagens poderão ser crivada por tempo (15 minutos, 24 horas, 7 ou 30 dias).
Algoritmos serão responsáveis pela coleta, filtragem e exibição das mensagens. Por trás do Monitor, há 15 desses programas. Cada um possui uma função específica. O Marta, por exemplo, nomeado em homenagem à jogadora de futebol, coleta o histórico de um perfil no Twitter.

#SomosTodosTaisAraújo
No fim de outubro, a atriz Taís Araújo foi alvo de comentários racistas no Facebook. A campanha de apoio a ela criou a hashtag #SomosTodosTaísAraújo, que foi um dos temas mais discutidos no Twitter.
Para evitar que casos de grande repercussão dominem os resultados, o Monitor não peso somente aos assuntos que viram “trending topics”. Por isso, as mensagens são filtradas por meio de palavras-chave e não apenas pela popularidade nas redes.
Por ser uma ferramenta de acompanhamento, destinada a militantes, jornalistas, gestores públicos e jornalistas, terá poder apenas para jogar luz sobre o que é dito nas redes sociais, mas não para responsabilizar possíveis criminosos. Ele indicará os canais atuais de denúncia, como Disque 100 e Humaniza Redes.
O Monitor é uma ferramenta de que a SDH ainda não dispõe. Essa lacuna acabará no fim de novembro, para quando está prevista a apresentação oficial. Malini diz que os planos são de entregá-lo a tempo do Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Lei estabelece que renda familiar será critério de desempate em vestibular
Medida é válida para instituições de ensino públicas.
Assinada pela presidente Dilma Rousseff, lei já está em vigor.

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta quinta (5) uma lei que estabelece a renda familiar como critério de desempate em vestibulares de instituições públicas. A medida modifica a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional .

De acordo com a lei, publicada no Diário Oficial da União, a prioridade dos processos seletivos, quando houver mais de um candidato com o mesmo desempenho, é selecionar aquele que comprovar renda familiar inferior a dez salários mínimos. Ou, como segunda opção, dar a vaga àquele que tiver menor renda familiar.

A nova lei já está em vigor.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 MEC define custo mínimo anual por aluno em R$ 2.545
Valor é referente ao repasse do Fundeb. 
Dinheiro é disponibilizado de acordo com matrículas do censo escolar.

O custo anual, mínimo, por aluno para 2015 é de R$ 2.545,31. Este é o valor de repasse do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) definido em portaria publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (6).

O valor ficou ligeiramente abaixo da estimativa publicada em portaria no dia 29 de dezembro de 2014. Na ocasião, o valor anual mínimo nacional por aluno havia sido estabelecido em R$ 2.576,36.

A assessoria de imprensa do FNDE informou que as estimativas são feitas com base numa expectativa de arrecadação dos impostos.

"Caso ocorra uma arrecadação maior ou menor que o estimado, há ajustes quanto ao valor anual mínimo nacional por aluno."

Os municípios de São Luís Gonzaga do Maranhão (MA) e Balneário Barra do Sul (SC) tiveram reajuste do repasse, de acordo com a portaria, porque retificaram os dados do censo escolar 2014. 

O repasse do Fundeb é feito aos municípios com base no número de alunos da educação infantil e do ensino fundamental, de acordo com os dados do último censo escolar. E é feito aos estados com base no número de alunos do ensino fundamental e médio.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Consultoras pregam desintoxicação de consumidores de moda
Closet Detox, de Porto Alegre, auxilia na reorganização do guarda-roupa. Objetivo é combater o consumismo, doando ou vendendo peças. 

“Menos é mais” – um dos lemas da Bauhaus, escola alemã de design, artes e arquitetura – é a ideia que guia as consultoras de moda Milena Faé, 26 anos, e Bruna Holderbaum, 29, sócias da Closet Detox. Com o objetivo de reduzir o consumismo e o desperdício de roupas, a dupla iniciou, em julho deste ano, um serviço de consultoria que se propõe a otimizar o uso das peças que já estão no guarda-roupa e repassar o que não vai mais ser usado.

Formadas em Moda pela Universidade Feevale, Milena e Bruna trabalharam com grandes marcas de roupas e calçados, mas não ficavam confortáveis com a insistente pressão por vendas.  “As pessoas pensam que têm de ter a sandália preta, a rosa, a azul, a de tirinha, a de lacinho. Nunca fui de gastar muito. Sempre busquei roupas em brechós, mas nunca tive ‘cara de hippie’. Minhas amigas frequentemente tinham dúvidas e me pediam dicas. Tornei isso minha profissão”, afirma Milena.
A primeira etapa da “desintoxicação”, como elas chamam, é a avaliação do guarda-roupa. “Identificamos o estilo dos clientes a partir das peças que têm. Não dizemos ‘isso está errado’ ou ‘isso está certo’”, explica Milena. O objetivo é decidir o que fica, o que vai embora e o que pode ser ajustado. A quantidade de roupa que levam varia de acordo com cada cliente, mas geralmente é grande. “Em geral, os clientes se desfazem de, pelo menos, 50 peças”, diz Bruna. Depois disso, as consultoras criam um guia de estilo, em que fotografam as peças remanescentes e montam um determinado número de looks, conforme o serviço contratado.

Peças podem ser vendidas ou doadas
As peças descartadas podem ter dois destinos. As que têm valor comercial são postas à venda no Brick de Desapegos e pela internet – e a Closet Detox fica com um percentual de comissão. “Já teve uma cliente que recebeu de volta a metade do que nos pagou pelo serviço”, lembra Milena.
As outras são encaminhadas para doação. Segundo Bruna, a ideia é variar a entidade que recebe as roupas. Nos últimos dias, as peças foram levadas para o Ginásio Tesourinha, para ajudar os desabrigados pela chuva de outubro no Rio Grande do SUl.

Serviços oferecidos
A Closet Detox tem cinco pacotes de serviços. “Acho que nosso nome é bem explicativo. Propomos fazer uma limpeza, tirando o que não faz bem e deixando somente as peças que o cliente gosta”, diz Bruna.
No Detox Premium, são feitas duas visitas para analisar o estilo do cliente e organizar o roupeiro. As peças selecionadas são catalogadas em um guia com 40 sugestões de looks. O arquivo pode ser baixado no celular. O Detox Express é uma versão mais enxuta.
No pacote Armário-cápsula, a ideia é criar um guarda-roupa funcional, utilizando de 30 a 40 peças, suficientes para três meses – ou uma estação do ano. Também vem com um guia sugerindo looks. O pacote Tenho Festa! ajuda a pensar a combinação entre traje, cabelo, maquiagem, esmalte, sapato, bolsa e acessórios. Já no Fazendo a Mala, o objetivo é auxiliar a preparar a bagagem conforme o destino, o tempo da viagem e as atividades que serão feitas.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Dilma sanciona novas regras para aposentadoria
Regra varia conforme a expectativa de vida da população brasileira.
Artigo que permitia a desaposentação, no entanto, foi vetado.

A presidente Dilma Rousseff sancionou e publicou no "Diário Oficial da União" a lei que institui nova regra para aposentadoria que varia progressivamente de acordo com a expectativa de vida da população brasileira. De acordo com o texto do DO, as novas regras entram em vigor nesta quinta-feira (5).

As novas regras já estavam incluídas em uma medida provisória editada pela presidente Dilma Rousseff como uma alternativa à regra 85/95, aprovada, em maio, pelo Congressox Nacional e que pôs fim ao fator previdenciário.
Foi vetado, no entanto, o artigo que autorizava a "desaposentadoria", ou "desaposentação", que é a possibilidade de o aposentado que continuou trabalhando fazer novo cálculo do benefício, tomando por base o novo período de contribuição e o valor dos salários.
A possibilidade da “desaposentadoria” foi incluída pela Câmara, por meio de uma emenda, e geraria rombo à Previdência Social de R$ 70 bilhões em 20 anos, segundo o governo. Na justificativa ao veto publicada nesta quinta-feira, o governo afirma que a medida "contraria os pilares do sistema previdenciário brasileiro, cujo financiamento é intergeracional e adota o regime de repartição simples".


Nova fórmula de aposentadoria
A fórmula aprovada pelo Legislativo, na época, permitia aposentadoria integral quando a soma da idade e do tempo de contribuição atingisse 85, para as mulheres, e 95, para os homens.

A presidente Dilma Rousseff vetou esse cálculo, sob a justificativa de que aumentaria o rombo na Previdência Social, e editou a medida provisória com outras regras.
A lei sancionada pela presidente nesta quinta-feira (5) indica que a primeira alta na soma, de 85/95 para 86/96, será em 31 de dezembro de 2018. A partir daí, será adicionado um ponto no cálculo a cada dois anos.

Pontuação
Veja abaixo como fica a pontuação mínima para homens e mulheres, em cada dois anos, para receber 100% do benefício de aposentadoria:
- Em 31 de dezembro de 2018: 86 para mulheres e 96 para homens (acréscimo de 1 ponto na fórmula 95/85)
- Em 31 de dezembro de 2020: 87 para mulheres e 97 para homens (acréscimo de 2 pontos na fórmula 95/85)
- Em 31 de dezembro de 2022: 88 para mulheres e 98 para homens (acréscimo de 3 pontos na fórmula 95/85)
- Em 31 de dezembro de 2024: 89 para mulheres e 99 para homens (acréscimo de 4 pontos na fórmula 95/85)
- Em 31 de dezembro de 2026: 90 para mulheres e 100 para homens (acréscimo de 5 pontos na fórmula 95/85)


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Brasil sairá da recessão só depois de resolver questões fiscais, diz Levy
'O prazo depende de quando a gente vai resolver a questão fiscal', disse.
Ele defendeu retorno provisório do 'monstro' da CPMF para ajustar contas.


O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse nesta quinta-feira (5) que o reequilíbrio das contas públicas continua sendo imprescindível e será o primeiro passo para a retomada do crescimento econômico. Segundo ele, o país só sairá da recessão após resolver a questão fiscal.

“Acho que a gente vai sair [da recessão] um pouco depois da gente resolver as questões fiscais”, disse Levy, após participar de seminário na sede da Fiesp, em São Paulo. Na semana passada, o governo passou a admitir que o PIB (Produto Interno Bruto) irá cair também em 2016. O governo agora estima uma retração de 2,8% em 2015 e uma queda de 1% em 2016.
Questionado sobre prazos, o ministro evitou falar em data para a saída da recessão, mas falou que a história mostra que a economia costuma reagir em até 6 meses.
“O prazo depende de quando a gente vai resolver a questão fiscal”, disse. “Quando você olha outras experiências, dá dois trimestres e você já começa a ver resultados”, lembrou.
Segundo ele, apesar das dificuldades que o governo continua enfrentando no Congresso para aprovar as medidas de ajuste fiscal, avanços têm sido conquistados. “A discussão fiscal tem evoluído um pouquinho. Já começamos a ver alguns indicadores, até de confiança, se estabilizando, porque a ficha caiu. Se sabe que tem de fazer alguma coisa, alguma coisa já para o Brasil crescer rápido”, destacou Levy.

O ministro disse ainda que o câmbio tem sido favorável para a indústria brasileira, o que poderá contribuir para a recuperação da atividade econômica interna e maior competitividade do fornecedor nacional. “Agora, o empresário só irá fazer a encomenda se tiver segurança que o problema fiscal foi vencido, que não tem dúvida, que está todo mundo junto nesse caminho do crescimento, da retomada”, completou.

Levy voltou a defender a recriação da CPMF como peça fundamental para alcançar um superávit primário (economia feita para pagar juros da dívida pública) em 2016.
Segundo ele, a CPMF deve ser vista como uma “ponte para o futuro, enquanto se constrói as outras coisas necessárias para o país voltar a crescer”.
A Fiesp, que promoveu o seminário com a participação do ministro, tem se posicionado publicamente contra o aumento de impostos e a recriação da CPMF – uma das principais medidas defendidas pelo governo para buscar em 2016 uma meta de superávit primário (economia feita para pagar juros da dívida pública) de 0,7% do PIB para todo o setor público consolidado.
Ao falar sobre a CPMF, Levy reconheceu que muitos empresários não gostam do "monstro", mas lembrou que a prorrogação do tributo em 1999, durante no governo Fernando Henrique Cardoso, ajudou na estabilização e na retomada da confiança.
"É ruim, dói, mas vai dar certo. A economia volta e cresce", disse o ministro, acrescentando que o governo também tem procurado atuar no corte de despesas.

Para Levy, a CPMF é o tipo de tributo que menos impacta na atividade produtiva e no investimento, por ser um imposto previsível, transparente e proporcional ao gasto. Sobre os riscos e consequências da não aprovação do retorno do tributo, Levy destacou que o que está em jogo é uma arrecadação de R$ 32 bilhões.
"R$ 32 bilhões de déficit é o tamanho do Bolsa Família, é mais ou menos o tamanho do seguro desemprego. Se não tem determinado recurso, você vai ter que decidir o que irá deixar de gastar, como é que vai ser a vida”, afirmou Levy, alertando que a não aprovação da CPMF trará ainda mais intranquilidade para a economia.
Para o ministro, a perspectiva de ter superávit primário em 2016 é "necessária e viável", mas exigirá decisões e um "orçamento crível, que atenda a sustentabilidade da dívida".
"A perspectiva para 2016 é que vamos ter que fazer escolhas", resumiu.
Plano 1,2,3
Como estratégia para retomada de um crescimentode sustentável dopaís, ministro Levy voltou a defender o plano "1, 2, 3".
Na primeira etapa, haveria a "estabilização fiscal" para a retomada da confiança; na segunda, o aumento da demanda, via estabilização do câmbio, queda dos juros de longo prazo, relaxamento das condições de crédito; já o terceiro passo incluiria reformas estruturais de forma a permitir um aumento da oferta.
"A primeira coisa a fazer é colocar a casa em ordem, criar o clima de confiança", destacou Levy.
Entre as reformas defendidas pelo ministro estão mudanças nas regras de gastos obrigatórios e vinculantes do Orçamento, mudanças na idade mínima para aposentadoria, maior abertura comercial e simplificações tributárias.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Ocupação urbana em Ribeirão Preto ameaça recarga do aquífero Guarani
Sorocaba, 05 - A ocupação urbana ameaça a principal área de recarga do aquífero Guarani, segunda maior reserva hídrica subterrânea do mundo, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. O aquífero responde pelo abastecimento dos 660 mil moradores, mas está baixando de um a dois metros por ano na região.

Na área de 65 quilômetros quadrados, equivalente a 7 mil campos de futebol, destinada a recompor o volume de água, avança a ocupação desordenada e há sinais de degradação, como a deposição irregular de esgoto, lixo e entulho, conforme constatou o Ministério Público de São Paulo.

Uma ação do MP local tenta frear a ocupação dessa área, sob forte pressão urbana, na zona leste do município. No dia 30 de setembro, a juíza Lucilene Camilla de Melo deu liminar obrigando a prefeitura a não autorizar novos parcelamentos de solo na região, sob pena de multa diária de R$ 100 mil.

O município entrou com recurso e, em decisão divulgada na terça-feira, 3, o Tribunal de Justiça de São Paulo cassou a liminar, por entender que contraria a legislação municipal. O Plano Diretor do município permite a urbanização de parte da área.

A Procuradoria Geral de Justiça, órgão do MP estadual, vai entrar com novo recurso. De acordo com a promotora Claudia Maria Habib, do Grupo de Atuação Especial para o Meio Ambiente (Gaema) de Ribeirão Preto, a situação é preocupante, pois a cidade tem outros espaços para crescer, mas poucas opções de abastecimento.

Atualmente, Ribeirão capta cerca de 200 mil litros de água por hora em 103 poços perfurados no manancial. "Já há pontos em que o cone de rebaixamento do aquífero chega a 72 metros, o que significa que a água pode acabar em cinco ou dez anos", disse Cláudia. A espessura do aquífero na região varia de 80 a 120 metros.

O desequilíbrio ocorre quando há mais consumo do que reposição da água pelas chuvas. A recarga é feita nos afloramentos porosos localizados nas bordas das formações. A impermeabilização do solo prejudica a capacidade de reposição. "Já temos centenas de ações contra empreendimentos porque afetam as áreas de permeabilidade", disse a promotora.

O município tem projeto de captação no Rio Pardo, mas a obra é de alto custo e a água não tem a mesma qualidade. Será preciso investir em estações de tratamento e novo sistema de distribuição. Para a promotora, o aquífero não pertence apenas a Ribeirão Preto. "É um patrimônio mundial."

A prefeitura informou que não discorda do MP em relação à necessidade de preservar as áreas de recarga do aquífero e está dialogando com a promotoria para que a preservação seja mantida. Informou ainda considerar "fundamental e de extrema importância" a preservação da zona leste, por isso colocou esse item na revisão do plano diretor.

"O plano diretor vigente permite a urbanização de algumas áreas, por isso a prefeitura foi obrigada a entrar com agravo na ação. Ribeirão Preto precisa que a revisão seja aprovada com urgência", afirmou a administração municipal, em nota.

O plano diretor atual, de 2003, vem sendo discutido com os vereadores desde 2011 e a revisão aguarda votação desde o ano passado. A Câmara informou que o projeto do novo plano ainda está em tramitação, não havendo data para a votação final.

O aquífero Guarani se estende do Brasil à Argentina, sendo que dois terços da sua área total, de 1,2 milhão de km2, fica no País, abrangendo os Estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.


Fonte: em.com.br
 
 
 Campanha vai reforçar combate ao racismo no Esporte
Com a aproximação dos Jogos Olímpicos Rio 2016, governo prepara ação para combater a intolerância nos estádios, ginásios e quadras de esporte

A criação de um grupo de trabalho interministerial para combater o racismo foi tema debatido nesta terça-feira pelos ministros do Esporte, George Hilton; e das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Nilma Lino. "Esse grupo trabalhará ações que envolvam a política de igualdade racial com o esporte, para  assim trabalharmos com uma grande ferramenta contra o racismo, contra a intolerância", disse George Hilton.

"Neste momento em que o País se afirma como sede do maior evento esportivo do mundo nada melhor do que ter as duas pastas trabalhando de maneira integrada para que a gente possa ecoar um grito contra todo tipo de racismo, todo tipo de intolerância e promover inclusão social, utilizando os estádios, ginásios, tatames, quadras", reforçou o ministro do Esporte.

Hilton afirmou que será editada uma portaria para definir as frentes de atuação do grupo, que contará com a participação de representantes da sociedade civil, dos clubes, das confederações, das instituições que trabalham com a promoção da Igualdade Racial.

Reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares, José Vicente, participou da reunião. "Foi uma conversa que abriu horizontes importantes na tratativa desse tema do combate ao racismo no esporte, da tolerância. É necessário que o esporte se debruce sobre esse assunto, seja para prevenir ou pra reprimir quando esse tipo ocorrência acontecer. Nós temos procurado comunicar que a sociedade precisa sair da neutralidade, assim como entidades que estão relacionadas ao esporte, como confederações e clubes".

Segundo José Vicente, o País deve deixar um legado olímpico também no combate à discriminação racial.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Esporte
 
 
 Evento reúne profissionais da gastronomia em Florença
FLORENÇA, 05 NOV (ANSA) - Cerca de 1,5 mil cozinheiros - alguns deles bastante renomados -, vários barmans, dezenas de sommeliers, aproximadamente 150 empresas relacionadas à produção de alimentos e vinhos e milhares de amantes da gastronomia estarão no "Food And Wine in Progress", em Florença.   

A 28ª edição do evento acontecerá entre os dias 8 e 10 de novembro e apresentará o trabalho de vários profissionais do ramo da culinária, com cooking shows, degustações, debates e palestras.   

Organizada pelo Congresso Italiano dos Cozinheiros, a feira foi apresentada na última terça-feira, dia 3, na cidade, e é promovida pela Federação Italiana de Cozinheiros (FIC) e pela União Regional de Cozinheiros Toscanos (Urct), em parceria com a Associação Italiana de Sommeliers da Toscana.   

As maiores atrações dos três dias de evento são Niki Romito, Claudio Sadler, Igles Corelli, Mauro Uliassi, Enrico Derfingher, Filippo La Mantia, Igor Macchia, Giancarlo Perbellini e Paolo Teverini, entre outros. (ANSA)


Fonte: noticias.uol.com.br/
 
 
 Harmonia entre a Ciência e a Igreja
Analisando as bases do cristianismo é fácil perceber que ele é uma religião diferente das outras pois, além da fé, é baseado na racionalidade

Em um pronunciamento na catedral da cidade alemã de Colônia, em 15 de novembro de 1980, o papa João Paulo II constatou que a relação entre a Ciência e a Igreja era muito mais harmoniosa na prática do que na parecia na teoria. Na ocasião o papa se dirigia a estudantes e professores universitários pela recordação dos 700 anos de falecimento de Santo Alberto Magno. O santo alemão é doutor da Igreja e padroeiro dos cientistas. Foi frade dominicano e seu intelecto abrangeu todas as áreas de conhecimento da época, desde a teologia, a filosofia, até as ciências naturais. Apesar de não ter havido muitos outros como ele na abrangência de conhecimentos investigados, há inúmeros outros que dedicaram suas vidas à fé e à ciência. Foi em relação a estas pessoas que se referiu o papa.

De fato, analisando as bases do cristianismo é fácil perceber que ele é uma religião diferente das outras pois, além da fé, é baseado na racionalidade. Deus se manifesta e é o Logos encarnado que se comunica com o homem. Percebendo que o universo pode ser compreendido intelectualmente, ou seja, é inteligível, o homem se lança neste empreendimento magnífico chamado ciência. Não só as ciências naturais, mas todas elas, as humanas, as filosóficas e, por que não, a teologia. Ou seja, o cristianismo dá bases para que o homem possa ter a pretensão de compreender não só o mundo, mas o próprio Deus. Claro que nossa capacidade é limitada, mas a vontade parece que não. Se o cristianismo pode ser identificado como uma religião racional, a relação entre a Igreja e a Ciência deve ser harmoniosa. Evidentemente que houveram alguns momentos de atrito, mas foram mínimos e via de regra hoje muito mal compreendidos. Na sua última coluna o Marcio clarificou alguns mitos sobre Galileu.

Ao longo da história sacerdotes, religiosos e religiosas sempre foram pessoas muito instruídas.

Grande parte desta erudição se deve aos estudos teológicos que faziam parte da formação e da vida destas pessoas. Evidentemente que pessoas instruídas tendem a ter os horizontes intelectuais abertos para outras áreas. Creio que esta seja a grande razão de terem surgido grandes cientistas entre muitas pessoas da Igreja. Copérnico, que propôs que a Terra girava em torno do Sol, era cônego. O descobridor do primeiro asteroide, Ceres, foi o padre Giuseppe Piazzi. Mendel descobriu as leis da genética no seu mosteiro na República Checa. E para citar só os mais famosos ainda é preciso lembrar do padre Lemaître que propôs a teoria do Big Bang e de Nicolau Steno, que foi bispo e é considerado o pai da Geologia moderna. Essa lista nada modesta só inclui sacerdotes cujos trabalhos científicos causaram grande impacto. Há muitos outros ainda que não foram citados. Uma lista como esta não quer dizer que a Igreja é um celeiro de vocações científicas, mas sim que na prática as relações entre a Igreja e a Ciência são muito frutíferas. Como afirmou o papa João Paulo II há 30 anos em Colônia.

Outro aspecto prático destas boas relações entre a Igreja e a Ciência são famosas Universidades criadas e/ou mantidas pela Igreja, onde a ciência é livre para ser desenvolvida. Além das Universidades, a Igreja ainda mantém institutos de pesquisa, como o Observatório Astronômico do Vaticano, do qual falei um pouco no último artigo. A Specola Vaticana, como é conhecido o Observatório, é mantido pela Santa Sé e por doações e gerenciado por padres jesuítas que também são astrônomos. Além do Observatório Astronômico a Santa Sé mantém uma das mais antigas academias de ciência do mundo. A Pontifícia Academia de Ciências é constituída por cientistas de renome mundial, muitos deles ganhadores do prêmio Nobel. Juntos eles discutem temas importantes referentes às grandes questões científicas mundiais, especialmente as que dizem respeito ao ser humano e ao futuro do planeta. Grande parte do trabalho desenvolvido pela Academia pode ser encontrado no site do vaticano e lido gratuitamente.

Mas muito embora a Igreja valorize a Ciência como um grande e importante empreendimento humano, ela não cansa de alertar para os perigos que a Ciência pode trazer se usada da maneira errada. Os riscos são vários, mas três se destacam e mereceram muita atenção nos discursos papais mais recentes, inclusive na última encíclica do papa Bento XVI, Caritas in Veritate. Em primeiro lugar está o risco do conhecimento científico ser usado por grupos de poder para dominar os outros. Já vimos isso com as bombas atômicas ou então com o monopólio de conhecimentos, como algumas patentes de remédios. Com o desenvolvimento tecnológico cada vez mais acelerado o risco do conhecimento ser usado efetivamente como arma é muito grande. É preciso que fiquemos todos muito alertas e que não aceitemos este tipo de uso indevido da ciência, que deve sempre promover o bem de todos.

Um segundo risco alertado pelo papa envolve as questões éticas relativas ao valor do ser humano. Como exemplo mais dramático temos as células tronco embrionárias e a eugenética, que é a manipulação genética do ser humano para criar pessoas “perfeitas”. Em seus discursos o papa tem lembrado que cada ser humano é uma criação única e que não faz sentido valorizar as pessoas só por meia dúzia de características (como beleza, força, inteligência) pois somos muito mais complexos que isso. A manipulação da vida humana em laboratório precisa respeitar as dignidade de cada ser humano e este é um limite claro para a Ciência. Definitivamente ela não é onipotente!

O terceiro risco que corremos com o desenvolvimento errado da Ciência é um risco moral. Frente ao sucesso das técnicas científicas muitos tendem a tornar absoluto o poder da Ciência crendo inclusive que ela é capaz de dar respostas às indagações humanas sobre o sentido da nossa existência. Estas visões são bem representadas hoje pelo cientificismo e pelo declínio moral de nossa época. O papa sempre alerta para falsidade do cientificismo, seu fracasso como princípio norteador da moral e o perigo de levar à intolerância religiosa.

Para encerrar quero dizer que vejo horizontes muito promissores para as relações entre a Ciência e a Igreja. Certamente há muitos pontos que podem ser delicados, como os três que citei acima, mas penso que a medida que a humanidade for conhecendo mais a Ciência, vai entender melhor seus limites e ver como, através da história, a Igreja sempre colaborou para o desenvolvimento científico. Sem que no entanto isto seja uma meta sua pois, como dizia o padre Lemaître, “à Igreja bastam a cruz e o evangelho”.


Fonte: http://pt.aleteia.org/2015/11/04/harmonia-entre-a-ciencia-e-a-igreja/
 
 
 Somos reféns não da tecnologia, mas da energia elétrica
Somos reféns não da tecnologia, mas da energia elétrica

Dia desses, fiquei parada por horas num aeroporto porque perdi uma conexão devido ao atraso no primeiro voo. Tive tempo pra observar o comportamento das pessoas na sala de embarque e percebi um dos critérios preferidos para escolher onde sentar: a proximidade da tomada. O mundo que gira nos smartphones não alivia a vida da bateria. Portanto, hoje, tomada virou artigo de primeira necessidade.

Na sala de embarque do aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, há várias delas. De todos os tipos, em vários lugares. Num cantinho meio escondido, pessoas isolavam-se nos seus smartphones presos à parede pelos cabos enquanto, na mesma parede, havia um orelhão solitário e vazio. Com meu iPhone na mão, devo ter chamado alguma atenção (se é que algo chama a atenção quando estamos imersos no celular) ao chegar lá, tirar o fone do gancho e checar se funcionava. Sim, tinha linha.

Numa outra parte da sala de embarque, percebi diversas pessoas sentadas ao lado umas das outras enquanto havia cadeiras vagas bem perto. Procurei o motivo e, de novo, energia elétrica. Uma operadora de celular colocou um painel destacando que oferecia cabos para carregar o celular. Eles surgiam dos cantos com várias opções de conexão. Bastava plugar o telefone.

Por mais tecnologia que já tenha sido inventada, a força de algumas coisas segue imbatível. Temos internet, apps, redes sociais. E vivemos nesse mundo muitas vezes mais do que gostaríamos. Nos tornamos refém dele? Pode ser. Mas, antes disso, somos reféns de algo que não tem nada de moderno: a energia elétrica.

Na mesma viagem, experimentei o app de Entretenimento da TAM durante o voo. Falarei dele em outro post.


Fontes: http://wp.clicrbs.com.br/
 
 
 Fure a fila, como atualizar seu PC para o Windows 10 agora mesmo
Windows 10 foi lançado nesta quarta-feira (29). Logo, é de se imaginar que muitas pessoas estejam esperando o momento de atualizar suas versões, o que pode deixar alguns mais impacientes. Entretanto, o site Life Hacker descobriu uma forma de fazer isso furando a fila daqueles que estão aguardando. 
Segundo o site, basta realizar algumas etapas para que o seu computador seja atualizado para o Windows 10. Entretanto, é válido mencionar que isso só funciona para upgrades, e que o teste foi feito em uma máquina que possuía a reserva de uma cópia do novo sistema operacional da Microsoft. 
Confira o que fazer a seguir: 
Antes de qualquer coisa, faça um backup de todos os seus arquivos;
Assim que estiver pronto para fazer o upgrade, acesse esta página e baixe a Microsoft Media Creation Tool. Carregue o aplicativo assim que o processo terminar;
Selecione a opção Upgrade This PC (Atualize esse PC) e clique em Next (Próximo);
Espere a Creation Tool concluir o processo. Após alguns minutos, o computador vai reiniciar e começar o upgrade, e quando o processo for concluído basta acessar Settings – About (Configurações – Sobre) para ver que o Windows 10 foi ativado. 
Um adendo: caso não esteja seguro sobre esse método, aguarde o aviso da Microsoft de que você está pronto para atualizar o seu sistema para a nova versão do Windows.
 
 
 Skype vai funcionar no Microsoft Edge sem instalar nenhum plugin
O navegador Microsoft Edge será compatível com os recursos do Skype sem a necessidade de instalação de plugins e extensões no Windows 10. Segundo o time de desenvolvedores do aplicativo VoIP, os recursos permitirão que os usuários realizem chamadas por voz e vídeo sem a necessidade de instalar nada, nenhuma versão do mensageiro.
A novidade, que deve chegar ainda neste ano aos usuários da plataforma via atualização gratuita do navegador, é possível graças ao uso de novas ORTC APIs introduzidas pela Microsoft nas versões Insider Preview do Windows 10. 
Essas novas estruturas foram criadas especificamente para permitir que aplicativos para o Edge possam rodar chamadas por áudio e vídeo no navegador. Similar ao que faz o Firefox Hello, com bate-papo sem instalar programas.
Embora já presentes nas compilações mais recentes do Windows 10, essas estruturas ainda estão inacessíveis. Quando forem finalmente liberadas ao público, além de poder rodar uma chamada por vídeo diretamente do navegador, o suporte do Skype sem plugins será estendido ao mensageiro no Outlook.com
No momento, não há informações sobre o suporte desses novos recursos do Skype em navegadores concorrentes. Chrome, Firefox e Safari oferecem suporte aos mesmos padrões de operação da nova API da Microsoft. Mas, no momento, não há informações sobre a chegada do Skype sem plugins também nesses navegadores.
 
 
 Conexão limitada reduz consumo de dados no Windows 10
O Windows 10 permite reduzir o uso de dados móveis de redes 3G e 4G consumidos pelo sistema operacional e por aplicativos. A função é ideal para quem usa uma conexão limitada e precisa economizar para não estourar o plano do modem e ficar sem Internet. Confira o passo a passo e veja como ativar o recurso que reduz o consumo de dados no sistema da Microsoft.
Passo 1. Clique no ícone do Wi-Fi, no canto inferior direito da tela, e selecione “Configurações de rede”;
Passo 2. Na janela de configurações, clique em “Opções avançadas”;
Passo 3. Ative a opção “Definir como conexão limitada”.
Pronto. Dessa forma, quando você estiver usando uma rede limitada, o sistema e os aplicativos reduzirão o consumo de dados para evitar gastos.
 
 
 Descubra quais são as causas da tela azul da morte no Windows
Se você é usuário do Windows há algum tempo, a chance é grande de que, ao menos uma vez, você já tenha se deparado com a temida tela azul da morte. Aqui vamos falar sobre as causas mais comuns desse erro, que é um sintoma sério de um colapso do seu sistema, e também sobre métodos que podem ajudar você a isolar os problemas para saber o que de errado está acontecendo.
Antes de discutir os erros e as possíveis causas, é interessante que você tenha em mente que há algumas ferramentas importantes para identificar problemas.
- Blue Screen View: esse software permite que você encontre o histórico de tela azul do seu computador.
- AIDA64: nesse aplicativo, há informações detalhadas sobre o funcionamento do seu hardware. É uma ferramenta ideal para a identificação de conflitos e erros.
- CPU-Z: na mesma linha do AIDA64, esse aplicativo dá acesso a uma série de dados em tempo real e estatísticas sobre o funcionamento do seu computador.
Cada tipo de erro que provoca uma tela azul usa um tipo de código, criado para explicar em linhas gerais onde está o problema. Se na sua tela azul os códigos citados não aparecerem, use o Blue Screen Viewer para encontrá-los.
Com as informações a seguir e essas ferramentas em mãos, você terá dados para tentar resolver a ocorrência de tela azul sozinho ou, no mínimo, estará munido de detalhes para explicar ao seu técnico.
Pode parecer besteira, mas máquinas mal refrigeradas são uma das principais causas da tela azul. Essa tela de erro é acionada pelo Windows quando o sistema se depara com uma falha grave no funcionamento do hardware (ou dos drivers). Tela azul causada por calor é a maior suspeita em casos de computadores com overclock excessivo, ou em que nenhuma modificação recente de hardware poderia explicar o problema.
Calor excessivo pode ser o gatilho para uma tela azul nesses casos. Leve em consideração os componentes mais propensos a aquecer: processador e GPU. Caso um deles suba a temperaturas superiores a 100 graus por longos períodos de tempo (nesse caso, alguns minutos) o silício, que é o material usado para fazer chips, pode ter seu comportamento como semicondutor anulado. Indo muito além de 150 graus, o calor causa danos estruturais irreparáveis e os chips derretem.
A tela azul é o jeito do Windows impedir a tragédia. Para confirmar o problema, monitore a temperatura do seu computador. Registros de 100 graus por muito tempo são indicativos sérios de que a causa da tela azul é a temperatura.
Soluções: Procure verificar se as entradas de ar de seu computador estão desimpedidas e se há acumulo de resíduos capturados pelos ventiladores ao longo do tempo. A poeira de meses, ou anos, de operação pode se depositar nos dissipadores de calor, prejudicando o seu funcionamento.
Memória RAM
Se você colocou novos pentes de memória no seu computador recentemente e, do nada, começou a receber a tela azul, eis aí o problema. E há como confirmar: caso a tela azul da morte venha acompanhada do código DATA_BUS_ERROR, não resta dúvida sobre a origem do problema. Caso o código seja PFN_LIST_CORRUPT, o pente de memória está com algum defeito.
Solução: Nesse caso, você pode se preparar para comprar novos pentes, porque aqueles que estão instalados no seu computador ou estão com algum defeito de fabricação, ou são incompatíveis com as especificações dos barramentos da sua placa. Em casos mais curiosos, e em computadores mais antigos, pode ser que a memória esteja apenas mal colocada no slot.
Problemas de hardware
A tela azul é, basicamente, um registro de que o Windows perdeu a capacidade de controlar o hardware. Caso calor e memória não sejam o seu problema, pode ser que o erro esteja sendo provocado por outros componentes: placa-mãe, processador, placa gráfica, disco rígido, ou algum periférico.
Erros vinculados diretamente ao hardware são acompanhados dos códigos:
PAGE_FAULT_IN_NONPAGED_AREA: problemas de hardware, como memória, placa-mãe e etc.
UNEXPECTED_KERNEL_MODE_TRAP: overclock instável, fonte de energia sem a potência necessária, calor, erros na BIOS ou memória RAM.
BAD_POOL_CALLER: código vinculado a erros causados por hardware instalado incorretamente. Procure remover a peça nova e instalá-la novamente para verificar se o código volta a aparecer.
DRIVER_IRQL_NOT_LESS_OR_EQUAL: incompatibilidade de hardware causada por peças recém instaladas, ou com defeito. Se você colocou uma placa de vídeo nova, tente trocar de slot.
Solução: Para isolar problemas com hardware, sempre procure peças instaladas recentemente, que podem explicar a mudança no comportamento. Caso você não tenha trocado nenhum componente, é possível que um driver novo tenha começado a provocar os erros. Tente reverter para uma versão antiga para ver se os problemas são corrigidos.
Erros no disco rígido
Há possibilidade de que HDs com problemas causem tela azul, especialmente se o erro estiver em trilhas cruciais para o processo de inicialização do sistema operacional. O código INACCESSIBLE_BOOT_DEVICE é exibido quando o computador não consegue encontrar informações válidas de inicialização no disco que armazena o sistema, por exemplo.
Os códigos NTFS_FILE_SYSTEM ou FAT_FILE_SYSTEM são sintomas de que seu disco rígido está morrendo. É uma situação de urgência: desligue o computador, remova o disco rígido e realize backup dos seus dados porque o uso contínuo desse HD pode acabar tornando a extração de dados inviável no futuro próximo.
Até mesmo o uso de um pendrive, ou HD externo com estrutura de arquivos corrompidas podem causar tela azul. Antes de se preocupar com seu disco rígido, verifique se a ocorrência desse erro é precipitada quando você usa algum tipo de armazenamento externo.
Soluções: Alguns tipos de erros em mídias não são possíveis de ser consertados. O melhor que você pode fazer é se certificar de que há backups dos seus dados e usar aplicativos de diagnóstico de HDs para conferir a existência dos erros.
Problemas de acesso à placa de vídeo
O erro a seguir é mais raro de ocorrer, já que atualmente é praticamente impossível instalar o driver errado para algum componente, já que fabricantes e o próprio Windows possuem salvaguardas para impedir esse tipo de situação.
Mas, se por algum acaso, você receber a mensagem VIDEO_DRIVER_INIT_FAILURE, significa que seu computador está rodando um software controlador de vídeo que é incompatível com a placa que você está usando no momento. O erro THREAD_STUCK_IN_DEVICE_DRIVER reporta que o driver de vídeo parou de funcionar, aguardando alguma instrução do sistema que acabou não vindo.
Solução: Em ambos os casos, desinstale o driver de vídeo atual e procure o software adequado para a sua placa na página do fabricante.
Processador com defeito
Ao lado dos erros com HDs, talvez esse seja o mais temido, já que é potencialmente o mais caro de todos: você vai precisar de um processador novo. Se você der sorte, pode ser um sintoma de que sua fonte não tem potência necessária para fazer seu computador funcionar com estabilidade.
Caso a sua tela azul venha acompanhada de MACHINE_CHECK_EXCEPTION, não resta dúvida de que o erro está no processador.
Solução: Para isolar o problema, primeiro, teste o computador com outro processador igual. Caso não funcione, ou a tela azul persista, há grande possibilidade de que o erro esteja sendo provocado pelo uso de uma fonte de energia incapaz de fazer seu computador funcionar corretamente. Teste novamente, mas dessa vez com uma fonte mais potente.
Vírus pode causar tela azul
Alguns vírus complexos podem, por exemplo, comprometer a inicialização do sistema operacional no disco rígido, causando os erros de disco que explicamos anteriormente.
Outros tipos de malware são capazes de cancelar o funcionamento de serviços cruciais do Windows, como drivers de vídeo e recursos que controlam as memórias, provocando as telas azuis, dando a impressão de que o problema é de hardware.
Solução: Embora mais raro, a ocorrência desse tipo de problema precisa ser levada em consideração antes de sair por aí trocando de componentes.
Tela azul por overclock
Overclock exagerado faz com que o computador tente trabalhar em velocidades muito superiores aos limites previstos pelo fabricante. A instabilidade provoca tela azul e o erro mais comum nesses episódios é o UNEXPECTED_KERNEL_MODE_TRAP.
Outra ocorrência comum desse erro é quando a fonte de energia não consegue alimentar componentes periféricos com corrente estável o suficiente.
 
 
 Microsoft libera grande atualização do Windows 10 para testadores
A Microsoft está liberando uma nova grande atualização para o Windows 10. No dia de hoje, apenas os testadores do programa Insider que estão no primeiro círculo de atualizações estão recebendo o novo software, mas ele deve chegar aos demais usuários já na próxima semana, no dia 10/11.
Vários pequenos problemas de builds anteriores do sistema foram corrigidos, e algumas melhorias foram feitas na interface para torná-la mais consistente. Isso ficou evidente com a padronização do menu de contexto nos vários ambientes em que ele pode aparecer.
Fora isso, a barra de título dos programas para desktop está mais parecida com a dos apps universais, aqueles que são baixados a partir da Loja. Falando em Loja, apps e games devem apresentar menos erros durante o download a partir de lá.
A Microsoft ainda está enviando junto com essa “build 10586” dois apps distintos que servirão como mensageiros-padrão do SO. Eles permitirão uma integração mais profunda do Skype com o Windows e evitarão que o usuário precise baixar essa ferramenta de forma separada.
 
 
 Problema! Windows 10 é o XP com design plano, diz designer da Google
O vice-presidente de design da Google, Matias Duarte, alfinetou diretamente a rival Microsoft em sua conta no Twitter. O chileno usou a rede social para contar suas impressões sobre o Windows 10.
"Eu acabei de instalar um Surface 4 e Windows 10 – não sei por que eu estava ansioso para testar uma coisa nova, já que é basicamente o Windows XP com um design plano", publicou.
Duarte recebeu várias respostas de fãs da Google que concordam com a opinião, mas também sofreu algumas críticas. "Isso é melhor que o Chrome OS, que ainda tem que ser tão funcional quanto o XP conseguiu", escreveu um seguidor.
As pancadas continuam
"Windows 10? Está mais para Windows dez anos atrás!", tweetou em seguida. Novamente, respostas furiosas: "Pelo menos ele não tira gigabytes atrás de gigabytes de RAM como um certo navegador", disse um seguidor, referindo-se ao consumo de memória do Google Chrome.
Depois de sofrer críticas pesadas, o gerente se justificou em uma nova postagem. "Cara, eu atingi um ponto sensível! Deixando de lado o tweet-isca, eu sempre gostei do que a Microsoft estava tentando fazer com o Windows 8 – mudar o paradigma", finalizou Duarte, que não voltou a tocar no assunto na rede social.
 
 
 Windows 10, próxima grande atualização sai no começo de novembro
O Windows 10 vive recebendo pacotes de conteúdo desde o lançamento, mas uma atualização em massa está a caminho e até já tem data aproximada para chegar. Quem avisou foi Paul Thurrott, um especialista na empresa que conta com boas fontes na área.
Segundo ele, a atualização Threshold 2 chega no início de novembro e será chamada de "Atualização da Primavera do Windows 10" (ou Outono, no Hemisfério Norte). Com ela, o sistema operacional passa para a versão 1511. Você poderá pular direto da versão de fábrica (RTM) para a da nova atualização sem passar pelos downloads anteriores.
Entre as mudanças, a ferramenta de criação de mídia será modificada e melhorada, os apps do desktops poderão ter barras de título coloridas, os menus de contexto serão melhorados e uma nova coluna de tiles será adicionada no Menu Iniciar.
Além disso, a Cortana ganhará novas localizações e funções. O navegador Microsoft Edge também recebe aprimoramentos, mas ainda não é a hora dos tão prometidos add-ons extensões. A maioria dessas novidades deveria ter sido lançada junto com o Windows 10, mas a equipe perdeu o prazo. Como a própria Microsoft ainda não se pronunciou sobre o assunto.
 
 
 Dois em um, como iniciar o Windows 10 ou Windows 7 a partir de um mesmo PC
O novo sistema operacional da Microsoft tem conquistado usuários do mundo todo – para referência, vale mencionar que mais de 110 milhões de PCs já contam com o Windows 10 instalado. Mas há ainda quem não abra mão do famigerado Windows 7. Seja por problemas de incompatibilidade ou devido à instabilidade do recém-lançado SO, a versão atualizada do software gera desconfiança.
Ainda está com “a pulga atrás da orelha”? Que tal, então, criar uma máquina dual boot e acessar, por meio de um mesmo computador, tanto o Windows 10 quanto o Windows 7? Neste tutorial, você vai aprender a criar uma partição dedicada à instalação de ambos os sistemas operacionais, o que pode fazer com que você decida de uma vez qual edição do Windows melhor satisfaz suas necessidades.
Antes de seguirmos rumo à criação de outra partição, algumas observações têm de ser feitas. Confira a seguir quais requisitos são necessários à criação do dual-boot.
Não use seu computador principal;
Faça o backup dos seus arquivos junto de uma unidade externa;
Cerca de 20 GB deverão estar disponíveis em seu Windows 7.
Nota: o Windows 10 é um software “parasita”, pois, para funcionar, outro sistema operacional tem de ser usado como base. Como não é possível instalar a atualização sobre uma partição vazia, o Windows Technical Preview (que então poderá receber o update) é que vai funcionar como opção ao Windows 7.
O processo descrito abaixo pode ser aplicado também  ao Windows 8 ou Windows 8.1.
Crie uma partição para o Windows 10
Se você pretende instalar o Windows 10 em um HD alternativo, partição extra alguma tem de ser criada. Mas, se seu computador possui apenas uma unidade de armazenamento, então um espaço terá de ser reservado para o Technical Preview.
Para acessar a ferramenta “Gerenciamento de disco”, pressione o atalho “Win + R” e digite o comando “diskmgmt.msc”, sem aspas. Aperte “Enter” e execute o programa.
Clique com o botão direito do mouse sobre o disco usado pelo seu sistema (provavelmente “C”) e escolha a opção “Diminuir Volume...”. Inicie o processo em “Diminuir” – em torno de 20 GB deverão estar disponíveis para a instalação do SO.
Baixe o Windows Technical Preview
O Windows Technical Preview pode ser instalado a partir do próprio site da Microsoft. Criar um CD ou até mesmo um pendrive bootável é também possível. Confira a partir dos links abaixo o processo completo para o download do programa.
Configure a instalação
Insira o CD ou pendrive com o Windows Technical Preview em seu computador e desligue o sistema. Reinicie a máquina e aguarde pela execução automática do processo de instalação do novo Windows.
Clique sobre o aviso “Instalar agora” e, na tela de definições das preferências de instalação, selecione a opção “Personalizada: Instalar apenas o Windows (avançado)”. Este modo evita que seus arquivos sejam movidos e possibilita a seleção do local de instalação do Windows Technical Preview.
Na aba “Onde você deseja instalar o Windows?”, a partição criada a partir da ferramenta “Gerenciamento de disco” deverá ser selecionada – clique sobre “Espaço não alocado” (ou “Unallocated Space”). Crie, ainda neste espaço, uma nova partição para que o software seja instalado. Siga com o processo em “Aplicar” (ou “Apply”) e “Próximo” (ou “Next”).
Aguarde pela finalização da instalação do Windows Technical Preview e pronto! Seu sistema será novamente reiniciado, mas agora em modo dual-boot.
Escolha seu sistema-padrão
Clique sobre “Alterar padrões ou escolher outras opções” e visite as demais opções de inicialização do sistema. Altere, por exemplo, o tempo definido para o boot, escolha o sistema operacional padrão ou use ferramentas de reparo do Windows nesta tela.
Gerenciamento de arquivos
O Windows 10 e o Windows 7 serão instalados cada um em uma determinada partição. Basta, assim, acessar a opção “Meu Computador” e renomear o “Novo Volume (E:)” para “Windows 10”, por exemplo. Todos os arquivos salvos durante a operação e um ou outro SO poderão ser, então, acessados sem dores de cabeça.
Clique com o botão direito sobre a nova unidade e a renomeie de acordo com a versão do Windows.
 
 
 Windows 10, como desabilitar o sensor WiFi e gerenciar redes compartilhadas
O gerenciamento das opções de compartilhamento de conexões WiFi é um recurso familiar a usuários do Windows para mobiles. O recurso, agora disponível também no Windows 10 para notebooks, permite que redes privadas sem fio sejam usadas por amigos conectados via Facebook, Outlook e Skype.
Enquanto o envio de informações a computadores ou celulares alternativos pode agradar internautas que buscam uma solução prática de integração, dados pessoais (como senhas) podem ficar, em última análise, suscetíveis a ataques. Vale lembrar, contudo, que, conforme esclarece a própria fabricante do Windows, “o password é armazenado pelo banco de dados da Microsoft, em um formato criptografado, que ninguém pode hackear” (saiba mais sobre segurança online aqui).
Neste tutorial, você vai aprender a desabilitar o sensor WiFi do seu PC portátil. Selecionar os serviços que podem funcionar como “ponte” ao compartilhamento do sinal de internet sem fio é também possível. Veja como é fácil administrar o recurso.
Gerencie o compartilhamento do sinal WiFi
Abra o Menu Iniciar por meio da tecla “Win” ou clique sobre o ícone do Windows localizado à esquerda da Barra de tarefas. 
Acesse então a opção “Rede e internet” e selecione o campo “WiFi”.
Em “Gerenciar configurações de WiFi”, as preferências do sensor poderão ser, por fim, ajustadas. Mas atenção: este recurso conecta hotspots sem fio a contatos compartilhados e ativa também o serviço de localização. Ao desativar a chave “Conectar a hotspots abertos sugeridos”, nenhum contato conectado via Facebook, Skype ou Outlook poderá acessar sua rede WiFi.
Deseja fazer com que apenas alguns amigos possam compartilhar seu sinal? Pois então selecione as redes sociais exibidas pela página e gerencie, assim, as suas conexões.
Segurança
A conexão temporária a hotspots não seguros pode ser também desativada por meio da interface de gerenciamento WiFi. Acesse o campo “Serviços WiFi” e clique sobre as redes desconhecidas listadas para gerenciar cada uma delas.
 
 
 Windows 10, como usar o gravador de tela do SO em qualquer jogo ou programa
Chega de ficar usando softwares de terceiros para gravar o que acontece na tela de seu computador: o Windows 10 possui uma ferramenta nativa (e bastante prática, por sinal) que lhe permite registrar imagens de qualquer aplicativo ou jogo que esteja em execução no seu desktop, incluindo o novíssimo navegador Microsoft Edge.
Trata-se, na verdade, de um recurso do app oficial do Xbox que foi projetado para permitir que os jogadores compartilhem clipes de gameplay na plataforma Live, mas ele pode ser usado normalmente para outras finalidades. Neste tutorial, você vai conferir por si mesmo como é fácil usar essa ferramenta para gravar e tirar screenshots da tela de seu computador equipado com o Windows 10.
Vale observar, porém, que o recurso de gravação não é compatível com qualquer computador; é necessário que sua máquina seja equipada com alguma placa de vídeo que suporte essa funcionalidade. As GPUs compatíveis são: Radeon HD 7000, HD 7000M, HD 8000, HD 8000M, R9, R7 (da AMD), GeForce série 600 ou posterior, série 800M ou posterior, Quadro série Kxxx ou superior (da NVIDIA), HD Graphics 4000 ou posterior e Iris Graphics 5100 ou posterior (da Intel).
Passo a passo
É muito simples usar a ferramenta de gravação nativa do Windows 10. Tudo o que você precisa fazer é pressionar a combinação de teclas “Windows + G”. Uma pequena barra surgirá na tela, pedindo que você confirme a abertura da barra de jogos. Clique na caixa de seleção ao lado da opção “Sim, isso é um jogo” (mesmo que não seja; o SO não precisa ficar sabendo).
A barra de jogos é um tanto intuitiva e possui apenas seis botões. Da esquerda para a direita, suas funções são: abrir o app oficial do Xbox, gravar um clipe curto com os últimos 30 segundos do game, tirar uma screenshot, iniciar uma gravação de tempo livre, abrir a janela de configurações e mover a barra para outro lugar da tela.
Basta clicar na opção desejada ou utilizar algum dos atalhos do teclado (Windows + Alt + G para gravar 30 segundos, Windows + Alt + R para gravação livre e Windows + Alt + PrtScrn para salvar uma screenshot). Todos os arquivos ficam armazenados na seção “DVR de Jogos”, dentro do aplicativo do Xbox, mas você também pode localizá-los na pasta “Captura”, no diretório de vídeos do sistema operacional.
 
 
 Baiano e Costa fazem acareação a partir desta quinta-feira em Curitiba
Delatores da Operação Lava Jato estarão frente a frente na Polícia Federal.
Teor da divergência não foi divulgado pelas defesas, nem pela PF.

Uma acareação entre o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e o lobista e operador da Lava Jato Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, deve ocorrer nesta quinta-feira (5), em Curitiba. A informação foi confirmada pelas defesas de ambos e pela Polícia Federal.
Os dois são investigados na Lava Jato e, além de serem réus em processos originados na operação, também já foram condenados em ações penais por crimes como corrupção e lavagem de dinheiro. Eles também firmaram acordos de delação premiada.
A acareação será às 14h, na sede da Polícia Federal (PF), segundo a assessoria de João Mestieri, que faz a defesa de Paulo Roberto Costa. O ex-diretor da Petrobras cumpre prisão em regime semiaberto diferenciado, no Rio de Janeiro. Já o lobista está preso no Complexo Médico-Penal em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.
A acareção deve continuar também na sexta-feira (6). Embora as defesas e a PF tenham confirmado a acareação, não há informações sobre o teor das divergências entre eles.
Por serem delatores, os dois estão sujeitos a perder os benefícios da colaboração premiada, caso tenham mentido ou omitido fatos criminosos que tenham participado ou presenciado.

Fernando Baiano
Fernando Baiano é apontado por procuradores como operador do PMDB no esquema. O partido nega as acusações. Neste papel, segundo o Ministério Público Federal (MPF), ele atuava na negociação de propinas e na distribuição de dinheiro que saía da estatal para os envolvidos nos crimes.
Preso em novembro do ano passado, quando a 7ª fase da operação foi deflagrada, Fernando Baiano deve ser solto dia 18 deste mês, graças ao acordo de delação premiada que ele fechou com o MPF.
Ele já foi condenado a 16 anos de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em processo de contratação de navios-sonda para a estatal. Na ocasião, ele operou U$S 15 milhões de propina e, segundo o delator Júlio Camargo, deste total US$ 5 milhões foram pagos ao presidente da Câmara Federal, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Conforme Camargo, Fernando Baiano era sócio oculto de Cunha.
Baiano ainda responde a mais um processo que envolve pessoas ligadas à empreiteira Andrade Gutierrez.
Paulo Roberto Costa
Embora tenha sido condenado em vários processos da Lava Jato, o ex-diretor da Petrobras foi beneficiado com o acordo de colaboração premiada que celebrou com o MPF. Em troca das penas menores, ele foi um dos que denunciou o esquema de desvio de recursos da Petrobras.
No regime semiaberto diferenciado, Costa deve voltar para casa todos os dias, no máximo, até as 20h e não sair nos fins de semana. A partir de 1º de outubro de 2016, ele passará ao regime aberto e poderá, inclusive, viajar, desde que tenha autorização judicial.
Investigações
Foi um carro no nome de Costa que levou a Polícia Federal a mudar o foco das investigações da Lava Jato. Inicialmente, a operação seguia os passos de uma quadrilha de doleiros chefiada por Alberto Youssef. No entanto, pouco antes da prisão do grupo, os policiais encontraram um carro que pertencia a Costa, mas que estava registrado no endereço de Youssef.
Ao ser preso, os policiais acreditavam que Costa era apenas mais um membro da quadrilha ou que tinha usado os serviços deles para lavar dinheiro da empresa que criou após sair da Petrobras, a Costa Global. A empresa de consultoria foi o primeiro elo entre a participação de Youssef no esquema de desvios da Petrobras.
O ex-diretor foi preso junto com a quadrilha, em março de 2014, na deflagração da Lava Jato. Dias depois, conseguiu um habeas corpus da Justiça, mas voltou a ser preso. Após dois meses na prisão, decidiu colaborar com as investigações e detalhou como funcionava o esquema.
Foi a partir dos depoimentos dele que os policiais desvendaram como funcionava a distribuição de recursos desviados da Petrobras. Empreiteiras que mantinham contratos com a estatal superfaturavam os valores dos serviços que prestavam, por meio de contratos aditivos às obras. Parte dos valores do superfaturamento era usado para pagar propina a diretores da Petrobras e também para abastecer o caixa de partidos políticos, no caso o PT, PMDB e PP.
Paulo Roberto Costa virou diretor da Petrobras em 2004, por indicação do ex-deputado federal José Janene (PP), morto em 2010.  Costa permaneceu no cargo até 2012, quando pediu demissão e abriu a empresa de consultoria.

Fonte: g1.globo.com
 
 
 Picciani já articula para assumir vaga de Eduardo Cunha
Deputado do Rio é visto pelo Planalto como melhor nome para o cargo

BRASÍLIA - Um dia após a instauração do processo de cassação do mandato de Eduardo Cunha no Conselho de Ética, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani, desembarcou nesta quarta-feira em Brasília, ampliando o debate sobre a sucessão à presidência da Câmara. Ele esteve no Palácio do Planalto reunido com a presidente Dilma Rousseff, o ministro Ricardo Berzoini (Governo) e o assessor especial Giles Azevedo. O líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani — filho de Jorge — é visto pelo Planalto como um fiel aliado e o melhor nome para assumir a vaga de Cunha.

Segundo relatos de deputados da base, a sucessão foi tratada na reunião com Dilma, que já esteve ao menos duas vezes com os Picciani desde meados deste ano para negociações diretas depois que Cunha rompeu com o governo. Depois, Jorge Picciani esteve também com o ex-deputado Valdemar Costa Neto, condenado no mensalão. Segundo relatos, a conversa também tratou da sucessão na Câmara, mas Valdemar teria dito que “não é momento” de se discutir o assunto e não ofereceu garantias de que o PR irá apoiar Leonardo Picciani para a presidência da Câmara.

ANIVERSÁRIO COM PERFIL DE “FESTA DE SUCESSÃO”

Cunha está irritadíssimo com Leonardo. Além das conversas de seu pai para viabilizar seu nome, Leonardo também fez duas comemorações antecipadas de seu aniversário, que ocorre amanhã, com perfil de “festa da sucessão”, segundo convidados. Na noite de terça-feira, houve jantar para cerca de 50 pessoas na casa do empresário Antônio Venâncio, o mesmo que foi anfitrião de Cunha quando ele disputou a presidência da Câmara. Ontem, um almoço na casa do deputado Fabio Ramalho (PV-MG) teve a presença do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

Em almoço mais discreto e menos prestigiado em sua residência oficial ontem, Cunha comentou com deputados da base sua revolta.

— Ele está desencadeando a sucessão neste momento turbulento pelo qual estou passando — disse Cunha, segundo relatos.

A movimentação deixou deputados da base e da oposição ressabiados em relação a Picciani. Eles acreditam ser precoce investir desta maneira na disputa e lembram que Cunha terá poder de influenciar sua sucessão.

O presidente do Conselho de Ética da Câmara, José Carlos Araújo (PSD-BA), adiou para hoje, ao meio-dia, o anúncio do nome do relator no processo de cassação do mandato de Cunha. Araújo quis finalizar algumas conversas antes de decidir. O favorito é o deputado Fausto Pinato (PRB-SP), que tem boa relação com aliados de Cunha.

Araújo disse ter conversado com os três deputados sorteados — além de Pinato, Vinícius Gurgel (PR-AP) e Zé Geraldo (PT-PA) — e com pessoas próximas a eles para obter informações.


— Tenho que tomar todas as precauções, porque não posso errar. Tenho que me cercar de todo tipo de informação antes de decidir — justificou.

O presidente do Conselho de Ética também procurou o líder do PRB, Celso Russomanno (SP), para sondar se o partido pretendia exercer alguma influência sobre Pinato.

— O partido não vai interferir no processo, quer única e exclusivamente que Pinato seja correto e sério nessa demanda — disse Russomanno.


Fonte: oglobo.globo.com
 
 
 Governo decide adiar até dia 30 prazo do eSocial após problemas no site
Empregadores enfrentam dificuldades para emitir guia; prazo era até sexta.
Prorrogação será publicada nesta quinta (5).

O governo federal decidiu adiar o prazo de cadastro e pagamento do eSocial, o Simples Doméstico, que unifica o recolhimento dos tributos devidos aos empregados domésticos, como FGTS e INSS, e que terminaria nesta sexta-feira (6). Uma portaria será publicada nesta quinta-feira pelo governo prorrogando o prazo de pagamento até o dia 30 deste mês.
(Correção: ao ser publicada, esta reportagem errou ao afirmar que o prazo de cadastro e pagamento do Simples Doméstico foi prorrogado por 30 dias e que a decisão seria publicada por medida provisória. A informação havia sido passada pelo governo federal, que depois a retificou. A reportagem foi corrigida às 19h27.)

A Receita Federal informou em nota nesta quarta-feira (4) que, devido a problemas técnicos, apenas 265.503 guias de pagamento, ou 22,9% do total, foram emitidas do Simples Doméstico até as 19h, a dois dias do prazo inicial.
"As medidas adotadas para solucionar os problemas de instabilidade nos sistemas informatizados do site do eSocial ainda não são suficientes para garantir que todos os empregadores domésticos consigam imprimir o Documento de Arrecadação do eSocial – DAE até a próxima sexta-feira, 6 de novembro", justificou a Receita.

"Diante dessa situação, a Receita Federal propôs e os Ministros da Fazenda e do Trabalho e Previdência Social editarão portaria conjunta que prorrogará o prazo para pagamento do DAE até o último dia útil de novembro. A medida permitirá que o Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) conclua seu trabalho de saneamento dos problemas dos sistemas, oferecendo aos empregadores mais tempo e qualidade nos serviços oferecidos no site do eSocial."

Segundo a Receita, "os contribuintes que emitiram o DAE com vencimento em 6 de novembro poderão pagar o documento até essa data ou emitir outro DAE para pagamento até a data do novo vencimento".

Instabilidade no sistema
Mais cedo, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, já tinha admitido que o prazo poderia ser prorrogado em razão dos problemas técnicos para emitir a guia de pagamento dos tributos.
Até a véspera, a Receita descartava qualquer possibilidade de mudança na data. Mas, nesta quarta-feira, o Fisco passou a cogitar a possibilidade, diante dos problemas enfrentados pelos empregadores para emitir a guia.
A Receita informou que solicitou nesta quarta ao Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) uma "avaliação técnica definitiva" sobre a instabilidade do programa. Essa avaliação serviria de base para o governo decidir "quanto à possibilidade de prorrogação dos prazos do eSocial", disse a Receita, em nota divulgada mais cedo.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) informou que havia encaminhado no início da tarde ofícios aos ministérios da Fazenda e do Trabalho, e também à Receita Federal, solicitando a prorrogação do prazo.
“Não parece razoável a este Conselho Federal da OAB que os empregadores domésticos sejam penalizados em razão de falhas no Sistema implementado pela Secretaria da Receita Federal”, afirmou nos ofícios o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcus Vinicius Furtado Coêlho.
Enquanto isso, os empregadores continuavam enfrentando dificuldades para emitir a guia de pagamento.
De acordo com o Fisco, 1,13 milhão de patrões já estão cadastrados no site do eSocial, ao mesmo tempo em que 1,16 milhão de empregados domésticos também estão com cadastro finalizado. A diferença, de 33 mil empregados a mais, refere-se aos patrões que têm mais de um empregado doméstico.
A Receita teve cinco meses para implantar o eSocial. A lei do Simples Doméstico foi regulamentada no dia 1º de junho e, no início de outubro, começou o cadastro de trabalhadores no sistema.
Neste domingo (1º), as guias de pagamento começaram a ser emitidas pela internet, mas muitos empregadores tiveram dificuldades com o site.
Dificuldades encontradas
Muitos internautas relataram por meio do VC no G1 que passaram todo o feriado prolongado tentando gerar a guia, mas que sempre dava erro no final da operação. Alguns deles dizem que o site chegou a ficar fora do ar na manhã desta terça-feira (3).
Muitos se queixam ainda de lentidão na operação do sistema, que trava em alguns momentos. Nem mesmo o acesso inicial estaria sendo possível.
Outra reclamação recorrente é que os contribuintes estão conseguindo gerar o boleto para recolhimento do FGTS de novembro com vencimento em dezembro, mas o de outubro para pagamento até o dia 6 deste mês eles não conseguem.
Ainda em relação ao pagamento, muitos relatos informam que quando chega na etapa para calcular o valor total a ser pago do Simples Doméstico, surge um aviso de que o pagamento está com atraso, sendo que o vencimento seria na sexta-feira.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Reino Unido anuncia projeto de lei para 'espionar' uso da internet
Se lei passar, provedores guardarão histórico de navegação de usuários.
Policiais poderão acessar a dados sem mandado judicial. 

O Reino Unido anunciou nesta quarta-feira (4) um projeto de lei para aumentar seu poder de vigilância, que inclui o direito de identificar quais sites usuários visitam na internet.
Consideradas vitais pelos ministros para manter o país seguro, as medidas são criticadas por ativistas que julgam se tratarem de um ataque às liberdades individuais.
As operadoras de telefonia e provedores de conexão terão de guardar durante 12 meses os dados de navegação de internet de seus clientes.

Sem a necessidade de mandados judiciais, policiais e outros agentes de forças do governo, como espiões, terão acesso apenas ao "histórico de conexão à internet", quais sites foram visitados por usuários. Isso exclui informações a respeito das ações dos usuários nessas páginas, como, por exemplo, o conteúdo de mensagens.
O projeto tem ainda de ser aprovado pelos parlamentares. A ministra do Interior, Theresa May, disse aos congressistas que o novo documento detalha pela primeira vez o que membros do governo podem fazer e como serão supervisionados.
"[O documento] tornará as garantias e as medidas de supervisão mais fortes", comentou. "E dará aos homens e mulheres de nossas agências de segurança e de inteligência... os poderes que precisam para proteger nosso país."
A secretária garantiu que muitas das medidas da nova lei só atualizam os poderes existentes ou explicam melhor suas atribuições, já que a legislação vigente é tida como pré-internet.

Fonte: g1.globo.com
 
 
 União Europeia prevê chegada de 3 milhões de migrantes até 2017
Número é esperado entre 2015 e 2017, segundo a Comissão Europeia.
Fluxo tem impacto 'leve mas positivo' na economia do bloco.

A Comissão Europeia calcula que quase 3 milhões de pessoas chegarão à União Europeia (UE) entre 2015 e 2017, fugindo da guerra e da pobreza, anunciou o Executivo comunitário.
"Quase três milhões de pessoas adicionais chegarão à UE no período", afirma a Comissão nas previsões econômicas de outono (hemisfério norte), nas quais considera que o fluxo ter uma impacto "leve mas positivo" na economia do bloco.
"Haverá um impacto sobre o crescimento econômico que poder ser leve, mas positivo para a UE em seu conjunto e aumentará o PIB entre 0,2% e 0,3% em 2017", indicou o comissário europeu para Assuntos Econômicos, Pierre Moscovici.
As previsões econômicas de outono (hemisfério norte, primavera no Brasil) da comissão também indicam que a zona do euro registrará em 2016 e 2017 um crescimento moderado, "apesar das condições mais difíceis da economia mundial".
O Produto Interno Bruto (PIB) do conjunto dos 19 membros da Eurozona deve crescer 1,8% no próximo ano e 1,9% em 2017, depois de uma alta de 1,6% este ano, sustentada pelo preço reduzido do petróleo, uma política monetária de acomodatícia e a fragilidade relativa do euro.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Idosas que tatuaram rosto por moda no passado relatam arrependimento
Tatuagens eram sinal de beleza feminina entre povos tradicionais na Argélia.
Algumas foram obrigadas por pais e maridos a marcarem a pele.

Em um povoado remoto da Argélia, uma geração inteira de mulheres idosas convive com as tatuagens faciais que fizeram quando eram adolescentes.
Para o povo berber da região de Chaouia, nas montanhas Aures, a beleza das mulheres era julgada no passado por suas tatuagens. Segundo a tradição, quanto mais tatuagens elas tivessem, mais cotadas eram entre os homens locais.

Hoje, muitas se arrependem, principalmente por motivos religiosos. Algumas pessoas têm dito a elas, que são muçulmanas, que ao se tatuarem elas cometeram um pecado de acordo com o Islã.
A crença local é de que elas serão punidas após a morte e uma cobra comerá seu cadáver. Para tentar compensar, muitas estão doando suas joias e bens de valor para as mulheres mais pobres que conhecem. No ritual que seguem, elas esfregam essas joias nas tatuagens, para simbolizar que estão se livrando delas.
Apesar disso, uma das mulheres entrevistadas acredita que as tatuagens lhe trouxeram sorte e a ajudaram a ter filhos, “salvando seu casamento”. Outra acredita que apenas seguiu um costume local e por isso não será punida.

Muitas ainda se lembram da dor que sentiram na época em que foram tatuadas por parentes ou por pessoas da comunidade. Veja a seguir o depoimento de algumas delas:

Fatma Tarnouni, 106
Ela foi tatuada aos 10 anos por um homem da região do Sahara. “Era a regra. E era moda também. Todas as garotas eram tatuadas. Para ser bonita, você tinha quer ter tatuagens, então eu fiz”, conta.
Ela se arrepende. “Serei punida por Deus e serei comida pela cobra no meu túmulo. Se eu soubesse que não era permitido pela minha religião, claro que eu não teria feito isso”, afirma.

Fatma Badredine, 94
Badredine foi tatuada aos 13 anos por um mulher nômade de região. “Tive que encarar uma dor terrível só para parecer bonita”, diz. “Agora queria remover a tatuagem, mas o médico me disse que na minha idade não seria possível”, completa.


Djemaa Daoudi, 90
Djemaa foi forçada a fazer a tatuagem por seu marido logo depois do casamento deles, quando ela tinha 15 anos. Uma mulher da cidade a tatuou. Ela se arrepende. “Mesmo não tendo sido uma decisão minha, peço perdão a Deus. Doei tudo o que considero precioso, como minhas joias de prata e minhas roupas de lã, como oferenda para tentar ser perdoada”, diz.


Khamsaa Hougali, 68
O caso de Khamsaa é diferente de muitas outras. “Minha sogra me sugeriu que eu me tatuasse para me trazer sorte depois da morte dos meus três primeiros filhos”, conta. “Meu primo e minha cunhada me tatuaram. Eu tinha a intuição de que Deus me daria uma criança que eu queria e salvaria meu casamento. Não era aceitável que uma esposa não desse filhos ao marido.”
Ela garante que deu certo “Acredite ou não, depois que fui tatuada eu tive seis filhos e estão todos vivos”, relata.
Por tudo isso, ela não se arrepende. “Eu apenas segui a tradição dos meus ancestrais e foi por um bom motivo, já que salvou meu casamento.”


Djena Benzahra, 74
Djena foi forçada a se tatuar quando tinha nove anos por sua mãe, que queria que ela parecesse bonita. Todas as garotas de sua idade tinham tatuagens, disse sua mãe. “Ainda lembro, foi tão dolorido. Eu chorava, me recusava”, diz. Ela hoje se arrepende de ter permitido que fizessem as tatuagens nela.


Aisha Djelal, 73
Arrependida de suas tatuagens, Aisha chorou enquanto fazia as oferendas para tentar se livrar da suposta punição divina que receberia após a morte. "Senti que cada lágrima lavava um pouco das minhas tatuagens", diz.

Khadra Kabssi, 74
Kabssi foi tatuada aos 21 anos por seu primo logo depois da independência da Argélia em relação à França. “Fiz isso para ficar bonita para a independência do meu país. E todas as meninas da minha idade tinham tatuagens”, diz.
Ela não se arrepende e não acredita que será punida por Deus. “Não acredito no que dizem. Se uma cobra quer comer meu corpo, tudo bem, já estarei morta mesmo. Não vou sentir nada.”



Fonte: g1.globo.com
 
 
 A moda é para apenas para os fortes
O mundinho da moda, como é pejorativamente chamado por quem não faz parte dele, está passando por um furacão, ou vórtice da loucura, como bem sinalizou uma colega de redação - qualquer um pode ser tragado inesperadamente.

Tudo começou faz um bom tempo, mas ganhou a atenção da mídia e dos especialistas na semana passada, enquanto acontecia o SPFW. Raf Simons, o estilista belga (e mega-talentoso) que havia assumido a direção criativa da Dior, não renovou seu contrato depois de três anos e meio, alegando motivos pessoais.

Todo mundo abalado, análises mundo afora e vem outra bomba. Na quarta-feira, 28 de outubro, Alber Elbaz, que tirou a Lanvin do ostracismo, saiu de cena depois de 14 anos e 16 minutos de desabafo numa premiação.

"Eu preciso de mais tempo. Todo mundo hoje na moda precisa de mais tempo", declarou, ressaltando que não quer ter Instagram pessoal ou ter que recepcionar clientes em lojas, apenas algumas das funções que foram se acumulando com o passar do tempo.

A verdade?

Estamos todos à beira de um colapso nervoso. Uns saem de um jeito chique, como Raf e Elbaz, outros, como John Galliano e Christophe Decarnin, acabam surtando. É, ao que parece, uma questão de personalidade, embora tudo leve a um ponto em comum: precisamos mesmo de tudo isso?

Desde que as redes de fast-fashion entraram com força no business (começo dos 2000), o prêt-à-porter foi se remodelando. Além dos tradicionais verão e inverno, somam-se agora coleções intermediárias de resort e pre-fall. E, desde que as mídias sociais substituíram os jornais, a importância dada ao Instagram ou ao Snapchat extrapolou qualquer limite razoável.

Estilistas com faro de marketing - Christopher Bailey (Burberry), Olivier Rousteing (Balmain), Jeremy Scott (Moschino) ou Karl Lagerfeld (Chanel/Fendi) - aumentaram o job description dos cargos adicionando o fator web celeb: além de desenhar, é preciso comparecer a eventos, ter milhões de seguidores e amigas famosas, bem famosas. #preguiçaalheia

Até aí nenhum problema, se eles gostam de um agito e muito holofote. O drama é que isso passou a ser visto como obrigação de toda uma geração de designers ou jornalistas de moda. A regra é trabalhar 24 por 7, estar disponível, ou melhor, grudado no smartphone postando sem parar. A era do parecer, não do ser. A era dos pixels na tela, não das conversas.

Sendo assim, gente reclusa, mas cheia de talento, vai perdendo espaço, como se vivesse em dívida. "Quantos seguidores você tem?" tomou o lugar do bom e velho currículo. Gente sensível e criativa se sente esmagada pela planilha de Excell. Como criar algo realmente novo, pensado, que faça diferença, em um espaço de tempo cada vez mais curto e povoado de imagens ou notícias que no fundo não dizem nada? Quem souber, deixa a resposta abaixo!

Eu não sei se essa roda vai parar de girar, nem sou do tipo nostálgica, que acha que tudo era melhor no passado. Mas está mais do que na hora de ela desacelerar ou cairemos todos no tal vórtice da loucura. Quem é são parece louco. E os loucos vão tomando conta da casa. #oalienista


Fonte: http://www.brasilpost.com.br/
 
 
 Brasileiros são premiados em Fórum de Ciência e Inovação do Brics
A delegação brasileira que participou do I Fórum de Inovação Tecnológica da Juventude do BRICS e União Eurasiática fez bonito na Rússia. Os jovens cientistas e inovadores do país trouxeram para casa quatro prêmios. Primeiro colocado na categoria Tecnologia da Informação, Bruno Martin defende que inovar é fundamental para alavancar o desenvolvimento e permite “não só gerar divisas para a economia, mas também resolver problemas da sociedade”.

Realizado entre 29 e 31 de outubro em Moscou, o Fórum reuniu delegações de diversos países, em atividades de formação e apresentação de trabalhos nas áreas de ciência e inovação. Além de Martin, outros três jovens tiveram seus trabalhos reconhecidos: Thiago Brito (segundo lugar na categoria Energia), Fernanda Luccas (segundo lugar na categoria Agricultura) e Pedro Jatobá (segundo lugar na categoria Tecnologia da Informação).

Martin foi premiado pelo projeto Mapas Culturais, um software livre utilizado para mapeamento colaborativo e gestão da cultura. O sistema é alimentado tanto pelo poder público, que insere na plataforma informações sobre os equipamentos culturais, programações oficiais e editais, quanto pela comunidade, que se cadastra como agente de cultura e pode divulgar suas próprias ações.

Formado em ciência da computação, Martin é um entusiasta do software livre. “Buscamos levar ao evento ferramentas livres, para tentar pautar lá o debate da importância do software livre na construção de um modelo comum de cooperação entre os países do bloco”, destacou.

Ele avalia que as ferramentas de código aberto têm um grande papel a cumprir no debate sobre a inovação que busca a transformação. “Ao mesmo tempo em que a inovação é pautada muito por um discurso de mercado, no sentido econômico, a gente acha que há muitas inovações sociais que também podemos fazer. Uma inovação com um aspecto importante de transformação social. E o Software Livre tem um papel grande nisso. Gera produtos e conhecimentos abertos, que resolvem problemas da sociedade e podem ser apropriados, não geram dependência”, disse.

De acordo com ele, a participação no Fórum possibilitou construir uma rede de contatos, compartilhar conhecimentos, trocar ideias e aprender sobre a realidade de outros países. “Pudemos apresentar o projeto, mostrar que ele pode ser utilizado em outros lugares. Para um bloco que se propõe a colaborar, construir uma identidade, uma cooperação econômica, a ciência e a inovação são essenciais”, analisou. 

A plataforma Mapas Culturais, "criada a muitas mãos" em um projeto financiado pelo Instituto TIM, hoje é utilizada ou está em fase de implementação pela Prefeitura de São Paulo, pelos governos do Rio Grande do Sul, do Ceará, do Tocantins, do Distrito Federal e pelo Ministério da Cultura.

“O MinC usa o projeto para implementar o Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais e também uma demanda antiga da comunidade cultural, que é o Cadastro Nacional de Pontos de Cultura. Hoje ele é feito na nossa ferramenta, exercitando esse modelo, que é característica do software livre, de colaboração com a comunidade. A partir do momento em que a comunidade começa a usar, contribui com o desenvolvimento da ferramenta. Com isso, ela vai ganhando mais valor, agregando funcionalidades, abrindo possibilidades de uso”, explicou.

A delegação brasileira no Fórum foi liderada por Thomas de Toledo, professor universitário de Relações Internacionais especialista em Brics, e Tamara Naiz, representante da Associação Nacional de Pós Graduandos (ANPG). Ao site da ANPG, Toledo afirmou que o diferencial da delegação brasileira e dos trabalhos apresentados foi a inversão da lógica mercadológica imposta, reduzindo, desta forma, o impacto ambiental, econômico, garantindo assim, uma sociedade mais igualitária e justa.


Fonte: http://www.vermelho.org.br/noticia/272354-1
 
 
 Dinossauros carnívoros abriam mandíbulas em até 90 graus
Reconstrução de um crânio de Tiranossauro Rex mostrando a abertura da mandíbula normal (acima) e com a abertura máxima (abaixo)
Um grupo de cientistas britânicos estudou o quanto diferentes tipos de dinossauros conseguiam abrir a boca e descobriu que o ângulo de abertura da mandíbula está diretamente relacionado à dieta dos répteis pré-históricos.

Em geral, carnívoros como o conhecido Tiranossauro rex escancaravam a mandíbula em até 90 graus, enquanto os dinossauros herbívoros só conseguiam abri-la até 45 graus. O estudo, liderada por Stephan Lautenschlager, da Universidade de Bristol (Reino Unido), foi publicado nesta quinta-feira, 5, na revista Royal Society Open Science.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas utilizaram modelos computacionais para processar os dados, que foram obtidos com minuciosas análises de fósseis e com os registros disponíveis sobre o ângulo de abertura das mandíbulas de diversas aves e répteis modernos.

Os cientistas estudaram a tensão muscular durante a abertura de mandíbula de três diferentes dinossauros terópodes que tinham hábitos alimentares distintos. Os terópodes - palavra composta dos termos gregos "therós" (fera) e "podós" (pés) - eram um grande grupo de dinossauros bípedes que inclui os maiores carnívoros que já viveram sobre a Terra.

"Os dinossauros terópodes, como o Tiranossauro rex e o Alossauro, são muitas vezes retratados com mandíbulas muito abertas, presumivelmente para enfatizar sua natureza carnívora. Mas até agora nenhum estudo havia realmente detalhado a relação entre a musculatura da mandíbula, sua abertura máxima e o estilo de alimentação", disse Lautenschlager.

Os três dinossauros estudados foram o Tyrannosaurus rex, um grande terópode carnívoro com um crânio robusto e dentes de 15 centímetros, o Alosaurus fragilis, um terópode menor e mais frágil, embora igualmente carnívoro e o Erlikosaurus andrewsi, um parente próximo dos dois anteriores, mas que se alimentava de plantas.

"Todos os músculos, incluindo os que são utilizados para abrir e fechar a mandíbula, só podem esticar até certo ponto antes de arrebentarem. Isso limita consideravelmente o quanto um animal consegue abrir a boca e, portanto, como e de que ele pode se alimentar", explicou Lautenschlager.

A fim de entender em detalhes a relação entre tensão muscular e abertura da mandíbula, minuciosos modelos computacionais foram criados para simular a abertura e fechamento da boca, enquanto eram medidas as alterações no comprimento dos "músculos digitais". As espécies de dinossauros estudadas também foram comparadas aos seus parentes vivos, como crocodilos e aves, cuja tensão muscular e abertura máxima da mandíbula são conhecidas.

O estudo mostrou que o Tiranossauro e o Alossauro eram capazes de abrir a mandíbula em até 90 graus, enquanto o Erlikossauro abria a boca só até 45 graus.

Entre os dois carnívoros, os resultados mostraram que o Tiranossauro podia, com sua mordida, produzir uma força muscular persistente com diversos ângulos de abertura das mandíbulas - o que seria necessário para romper a pele, despedaçar a carne e esmagar os ossos das presas.

"Sabemos, por meio dos animais modernos, que os carnívoros são frequentemente capazes de abrir as mandíbulas mais que os herbívoros. É interessante ver que isso acontece também no caso dos dinossauros terópodes", afirmou Lautenschla.


Fonte: http://noticias.uol.com.br/
 
 
 Carateca de Ribeirão Preto conquista medalha de prata no Open de Curaçao
A carateca Maike Steffen, da Equipe de Caratê de Ribeirão Preto, conquistou o segundo lugar no Open de Curaçao pela Seleção Brasileira. A competição foi realizada na ilha da América Central no último final de semana.

Na vice-liderança no ranking nacional, ela, que compete na categoria até 61 kg, disputa o primeiro lugar com Érica Santos, também de Ribeirão, na busca da classificação para o Campeonato Mundial de 2016.

“Esta medalha foi mais um passo dado para o objetivo final, porém tem muita coisa pela frente ainda”, diz Maike que se recuperou de uma cirurgia feita no menisco durante o primeiro semestre para retornar às competições importantes da temporada.

De acordo com Ricardo Aguiar, técnico de Maike e Érica em Ribeirão Preto e, também, na Seleção Brasileira, a disputa entre elas faz com que a equipe nacional chegue forte para o Mundial de Áustria em 2016.

“O mês de novembro será um mês decisivo para a Maike e Érica. A conquista nesse final de semana faz com que a disputa seja mais acirrada elevando o nível das duas atletas. Isto só faz com que o caratê brasileiro e, sobretudo, o de Ribeirão Preto, ganhem”, comenta.

Fonte: Prefeitura de Ribeirão Preto
 
 
 Após avaliar eSocial nesta quarta, Receita não descarta adotar 'plano B'
Maior dificuldade é para emitir guia de pagamento de tributos a domésticos.
Prazo para pagamento acaba nesta sexta, mas não será adiado, diz órgão.

A Receita Federal fará nesta quarta-feira (4) uma nova avaliação do eSocial, o Simples Doméstico, que unifica o pagamento dos tributos devidos aos empregados domésticos, como FGTS e INSS.
Isso porque o programa vem apresentando falhas na hora de o patrão do empregado doméstico emitir a guia de pagamento. Na véspera, o órgão não descartou a possibilidade de levar adiante um "plano de contingência", mas garantiu que não vai prorrogar o prazo de pagamento dos tributos dos empregados domésticos - que acaba na próxima sexta-feira (6).
Se a falha persistir, o órgão informará, ao meio-dia desta quarta, se adotará alguma alternativa para permitir a emissão das guias de pagamento.

"As pessoas não precisam se preocupar. Não vamos deixar as pessoas sem a possibilidade de poder pagar. Se tem algum lugar que se preocupa com o pagamento de impostos é a Receita Federal. Acreditamos que a evolução vai ser exponencial. Se não acontecer, vamos aplicar uma alternativa. Um plano. Vamos estudar qual é a alternativa mais fácil de cumprir sua obrigação. A Receita não vai deixar os contribuintes sem alternativa de pagar", disse nesta terça-feira o subsecretário de Fiscalização da Receita Federal, Iágaro Jung Martins.

São muitos os relatos de empregadores que estão enfrentando dificuldades. Segundo a Receita,134.740 guias de pagamento foram emitidas até as 17h desta terça-feira, o equivalente a pouco menos de 13% dos empregados cadastrados.
De acordo com Martins, 1,13 milhão de patrões já estão cadastrados no site do eSocial, ao mesmo tempo em que 1,16 milhão de empregados domésticos também estão com cadastro finalizado. A diferença, de 33 mil empregados a mais, refere-se aos patrões que têm mais de um empregado doméstico.
Dificuldades na emissão da guia
O subsecretário de Fiscalização avaliou que a maior dificuldade, neste momento, trata-se da emissão da guia para o pagamento. De acordo com ele, já foram encerradas as folhas de pagamento de 711 mil domésticos, ou seja, pouco mais de 60% dos 1,16 milhão empregados cadastrados no eSocial.

Dificuldades encontradas
Internautas relataram por meio do Vc no G1 que estão enfrentando dificuldades para emitir a guia de pagamento do eSocial.
(O eSocial é o site em que o patrão deve registrar todas as informações sobre o empregado para emitir uma guia para pagar todos os tributos. Veja como funciona e o passo a passo para fazer o cadastro mais abaixo).

Muitos internautas relatam que passaram todo o feriado prolongado tentando gerar a guia, mas sempre dá erro no final da operação. Alguns deles dizem que o site chegou a ficar fora do ar na manhã desta terça-feira (3). Muitos se queixam ainda de lentidão na operação do sistema, que chega a travar em alguns momentos. Nem mesmo o acesso inicial estaria sendo possível.

Paulo Henrique Ferreira Castro de Oliveira, de Brasília, diz que além de não funcionar a geração da guia DAE, o sistema exibe uma mensagem informando que é necessário entrar em contato com a Central de Atendimento, mas que não há nenhum telefone disponível no site do eSocial. Além disso, há relatos de que o telefone 146 da Receita não está funcionando.

“A mensagem que manda entrar em contato com a Central de Atendimento é um deboche. O consumidor não deveria ser responsável por procurar esse telefone feito doido no site. Ele deveria vir dentro do texto que informa que não foi possível processar o pagamento. Texto esse, aliás, que eu tive que ler incontáveis vezes nos últimos dias”, diz.

Outra reclamação recorrente é que os contribuintes estão conseguindo gerar o boleto para pagamento do FGTS de novembro para pagamento em dezembro, mas o de outubro para pagamento até o dia 6 deste mês eles não conseguem.

Ainda em relação ao pagamento, muitos relatos informam que quando chega na etapa para calcular o valor total a ser pago do Simples Doméstico, surge um aviso de que o pagamento está com atraso, sendo que o vencimento é na sexta-feira.

Documentos, código e senha
Para cadastramento são necessários CPF e número de recibos da declaração do Imposto de Renda de 2014 e 2015 do empregador. Quem não tiver os recibos deve consultar o site da Receita ou procurar uma agência do órgão. Se o empregador for isento do IR, deverá utilizar o número do título de eleitor para o cadastro.

Caso o empregador também não tenha o título de eleitor, deverá utilizar o Certificado Digital, obtido também pelo atendimento da Receita na internet.

No caso do empregado são necessários nome, CPF, data de nascimento registrada na carteira de trabalho e número do NIS - o mesmo número usado no pagamento do INSS, além do endereço, telefone, início do contrato de trabalho, salário e jornada.

Ao final, o sistema gera um código de acesso, e o contribuinte deve criar uma senha. O código e a senha serão necessários para acessar o site novamente e emitir a guia de pagamento.

Guias disponíveis desde domingo
As guias para pagamento unificado de todas as obrigações do empregador estão disponíveis desde domingo (1º) para quem tiver feito o cadastro no eSocial. Já o primeiro pagamento neste novo modelo de recolhimento de encargos vence no dia 6, e é referente ao que foi pago ao empregado no mês de outubro. Quem atrasar fica sujeito a multa de 0,33% ao dia, limitada a 20%.
A guia única terá código de barras e o valor poderá ser pago em qualquer agência ou canais eletrônicos disponíveis pela rede bancária.
Caso até o dia 6 o empregador não conseguia emitir a guia, há ainda uma alternativa de pagamento específico do FGTS - por meio da guia "GRRF Internet Doméstico" disponível no portal eSocial.

Abatimento no Imposto de Renda
A Receita Federal explicou que o empregador que desejar abater os gastos com o INSS do empregado doméstico na declaração do IR de 2016 deverá colocar seu CPF no cadastramento, e não de outra pessoa da família, para poder realizar esse procedimento.
No IR de 2015, relativo ao ano-base 2014, o limite de abatimento é de R$ 1.152,88. Esse valor correspondeu à alíquota de 12% aplicada sobre o salário mínimo de R$ 724 vigente no ano passado.
Caso o empregador pague mais de um salário mínimo, ele não pode abater todo o valor gasto com a contribuição patronal do INSS.
Novos direitos dos domésticos
Esse novo modelo de pagamento já estava previsto na chamada PEC das Domésticas, lei que foi aprovada em abril de 2013. Mas eles só foram regulamentados no último mês de junho, e apenas agora começam a valer.
O Simples doméstico contempla o recolhimento dos seguintes encargos:
- FGTS: equivalente a 8% do salário do trabalhador;- Seguro contra acidentes de trabalho: 0,8% do salário;
- Fundo para demissão sem justa causa: 3,2% do salário;
- INSS devido pelo empregador: 8% do salário;
- INSS devido pelo trabalhador: de 8% a 11%, dependendo do salário;
- Imposto de Renda Pessoa Física: se o trabalhador receber acima de R$ 1.930,00


Veja como funciona o cadastro e o recolhimento os tributos:

– O empregador deve iniciar seu cadastro preenchendo os seguintes dados:
Nome completo
Data de nascimento
CPF
NIS (Número de Identificação Social).
O NIS pode ser o Número de Inscrição na Previdência Social - NIT, no Programa de Integração Social - PIS, no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público - PASEP, ou no Sistema Único de Saúde - SUS.


– A cartilha explica que, antes de realizar o cadastramento dos trabalhadores, o empregador poderá verificar se o CPF e o NIS estão aptos para serem utilizados no sistema. Está disponível na página inicial do eSocial o link “Consulta Qualificação Cadastral”.
– Depois do cadastro do empregador, é preciso realizar o cadastro do empregado, informando os dados do contrato.
– O empregador precisará realizar seu cadastro e de seus empregados apenas uma vez, mas a folha de pagamento deverá ser feita mensalmente.
– O empregador precisa documentar no sistema ocorrências como afastamentos (por doenças, licenças, férias etc), comunicado de acidente de trabalho, aviso prévio e demissão.
– Ao fechamento de cada mês, é emitida uma guia para o pagamento de todos os tributos e do FGTS.



VEJA O PASSO A PASSO PARA FAZER O CADASTRO:
1. Acesso ao sistema
O usuário encontra o espaço para acessar o sistema no canto superior da tela. Existem duas opções para fazer o acesso: certificado digital ou código de acesso.
A primeira opção é para quem possui um certificado digital e-CPF. O site da Receita Federal reúne orientações para quem quer ter um certificado digital. A segunda opção, de código de acesso, é para quem não tem certificado digital.
Para acessar o sistema com código de acesso, o empregador deverá clicar em “primeiro acesso” para gerar o seu código. O sistema irá solicitar: CPF, data de nascimento e Número dos recibos de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF), dos últimos dois exercícios. Caso o empregador não tenha feito declaração do IR no último exercício, será solicitado o número do título de eleitor.
2. Cadastro do empregador
No primeiro acesso, o sistema trará o CPF e nome vinculados ao código de acesso gerado. Então, é preciso informar telefone e e-mail para contato, e em seguida clicar no botão “salvar”.

É possível adicionar informações complementares, como opção pelo registro eletrônico de empregados e indicativo de situação da pessoa física, mas elas não são obrigatórias.
3. Cadastro do empregado
Segundo a cartilha, o empregador deverá cadastrar todos os seus empregados nesta opção, inclusive aqueles que foram admitidos antes de 1º de outubro de 2015. Para fazer isso, é preciso clicar no botão “Cadastrar/Admitir” na tela de Gestão de Trabalhadores.
A cartilha explica ainda que os empregados admitidos antes de 1º de outubro de 2015 deverão ser cadastrados no sistema até o fechamento da folha de pagamentos da competência 10/2015 (prazo limite em 06/11/2015). Para empregados contratados a partir do dia 1º de outubro de 2015, o registro no eSocial deverá ocorrer até um dia antes do início das atividades.

Os dados do empregado que o sistema irá solicitar para fazer o cadastro são:
- CPF
- Data e país de nascimento
- NIS
- Raça/cor e escolaridade
Em seguida, o campo “Data de admissão” deverá ser preenchido com a mesma data de assinatura na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Os campos “Grupo” e “Categoria do trabalhador” já são preenchidos automaticamente e não permitem alterações.
Depois, devem ser informados o número, série e UF (Estado) da CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social), telefone e e-mail para contato. O sistema ainda irá pedir o endereço do empregado e informações sobre dependentes, caso a pessoa possua.
4. Preenchimento dos dados de contrato 
O sistema irá pedir informações sobre o contrato de trabalho. É preciso informar qual é o tipo de contrato (determinado ou indeterminado), cargo, salário base e periodicidade de salário (mensal, semanal, quinzenal etc.).

Caso o empregador já recolha o FGTS (o recolhimento passa a ser obrigatório em 01/10/2015, mas o empregador já tinha a opção de fazer isso voluntariamente antes disso), é preciso preencher a data em que ele começou a realizar os recolhimentos para aquele empregado.

Caso o usuário informe que o local de trabalho é o mesmo informado como endereço do empregador, o campo é preenchido automaticamente. Mas, se esse não for o caso, é preciso informar o local onde o empregado irá trabalhar clicando em "informar outro endereço".
Em seguida, o empregador deve apontar qual foi a jornada de trabalho contratada, escolhendo entre três opções: semanal, 12 x 36 ou demais tipos (escala, turno de revezamento, permutas, horários rotativos, etc.).
Com exceção da opção de 12 x 36, o sistema apresenta em seguida opções para preencher o detalhamento da jornada.

Se precisar alterar alguma informação sobre o empregado ou sobre o contrato, o usuário deverá acessar a página de dados cadastrais e contratuais, na tela "gestão de trabalhadores".
Clicando sobre o nome do trabalhador, o empregador terá acesso aos links dos dados cadastrais e contratuais. Ao clicar na opção que deseja alterar, é preciso em seguida clicar em "alterar dados cadastrais" ou "alterar dados contratuais", conforme o caso.
VEJA COMO REGISTRAR EVENTOS TRABALHISTAS:
O acesso aos eventos trabalhistas poderá ser feito clicando em “Trabalhador”, em seguida em “Registrar Evento Trabalhista”, depois no nome do empregado e na matrícula. Essa mesma opção poderá ser acessada em “Trabalhador”, depois “Gestão de Trabalhadores” e em seguida clicando no nome do empregado e depois no link “Evento Trabalhista”.
Veja os eventos que devem ser registrado (com exceção de folha de pagamentos, fechamentos de mês e aviso prévio, que não foram disponibilizados pela cartilha).
1. Afastamentos
Os afastamentos – tais como doenças e licença maternidade – devem ser registrados no
tópico “Afastamento Temporário”. O empregador precisa informar a data de início do afastamento e o motivo. Para isso, é necessário escolher um tipo dentro da lista disponível no próprio campo. Caso o afastamento já tenha terminado, é possível informar também a data de término.

2. Acidente de trabalho
Para esse motivo de afastamento, além do registro do evento no eSocial, a Comunicação de
Acidente do Trabalho (CAT) também é obrigatória.
A empresa ou o empregador doméstico deverão comunicar o acidente do trabalho à Previdência Social até o primeiro dia útil seguinte ao da ocorrência. 

3. Mudança no afastamento
A cartilha explica que, para o eSocial, cada passo do afastamento é registrado como um evento/registro. Portanto, a inclusão de um afastamento é um evento, o registro posterior do retorno do empregado é considerado outro evento. Da mesma forma, a alteração do motivo de afastamento também é considerada um novo evento.
Muitas vezes, por questões de avaliação de perícia médica e/ou decisão judicial, o afastamento por doença não relacionada deve ser alterado.
O link para registro de alteração do motivo de afastamento está localizado na tela
"Movimentações Trabalhistas".
Ainda segundo a cartilha, para alteração de motivo de afastamento, nos casos em que já houve o registro do retorno, é necessário excluir previamente o registro/evento de retorno para que o sistema aceite o comando de alteração do motivo. Após a alteração do motivo de afastamento, o empregador poderá incluir novamente a data de retorno do empregado.
4. Retorno de afastamentos
O retorno de afastamentos – caso não tenha sido informado no momento do registro do
início do afastamento – deve ser realizado pelo empregador através do link "Retorno de
Afastamento Temporário" localizado na tela de Movimentações Trabalhistas.


5. Férias
Para registrar o aviso de férias, o empregador deve acessar o sistema com 30 dias de antecedência e clicar em "registrar férias".
É preciso preencher o período e informar se haverá a conversão de parte das férias em dinheiro. Empregador e empregado também podem entrar num acordo e dividir as férias em períodos diferentes, desde que uma das partes tenha ao menos 14 dias. Isso também deve ser registrado no sistema.

Após preencher todos os campos, o empregador deverá clicar em “Salvar Aviso de Férias”.
No dia em que o empregado sair de férias ou em data posterior, o empregador deverá acessar o sistema novamente e clicar em "registrar saída de férias". Será exibida uma tela detalhando o período aquisitivo e com a situação "Em andamento".
Ao clicar sobre o período aquisitivo para abrir a programação de férias, serão exibidos os links para impressão do aviso de férias e recibo de pagamento.
É preciso também registrar o retorno de férias, no dia do retorno do empregado ou em data posterior.



Fonte: g1.globo.com
 
 
 Brasil é 12º país com maior riqueza individual, diz consultoria
Ranking de 20 países mais 'ricos' do mundo foi feito com base em estimativa da soma da riqueza de seus habitantes; saiba quem está no topo da lista.

O Brasil foi classificado como o 12º país com maior riqueza particular do mundo por um estudo da consultoria New World Health.
A pesquisa, chamada de "W20", resultou em um ranking listando os 20 países com maior "riqueza individual total" - uma estimativa da soma da riqueza de seus habitantes. Essa riqueza junta dinheiro, ações e propriedades. O estudo estimou o total da riqueza individual do Brasil em US$ 2,687 trilhões.

O documento divulgado pela consultoria não esclarece os critérios usados para estimar a riqueza individual de cada país.
Os Estados Unidos lideraram o ranking, com riqueza individual estimada em US$ 48,734 trilhões, seguidos de China (US$ 17,254 trilhões), Japão (US$ 15,230 trilhões), Alemanha (US$ 9,358 trilhões) e Reino Unido (US$ 9,24 trilhões).
A Índia, outro país integrante do grupo Brics de economias emergentes, ficou na 10ª posição, com riqueza individual em US$ 3,492 trilhões. A Rússia, que também compõe o bloco, ficou em 18º, com US$ 1,473 trilhão.
O México, segunda maior economia da América Latina, ocupa a 15ª colocação (US$ 1,865 trilhão).
"No passado, análises usaram o Produto Interno Bruto (PIB) para medir os países mais ricos do mundo", disse a empresa em comunicado.
"No entanto, isto não é correto, já que um PIB alto não se reflete necessariamente em grande riqueza".


Riqueza per capita
A consultoria também classificou os países pela média da riqueza per capita. Neste ranking, o Brasil ficou na 16ª colocação, com riqueza estimada em US$ 13,5 mil por pessoa.
Este ranking é liderado pela Suíça (riqueza per capita de US$ 285,1 mil), seguida por Austrália (US$ 204,4 mil), Estados Unidos (US$ 150,6 mil), Reino Unido (US$ 147,6 mil) e Suécia (US$ 146 mil). A Índia ocupa a lanterna (US$ 2,8 mil).
O estudo revelou que a riqueza per capita do Brasil teve aumento de 207% nos últimos 15 anos. Em 2000, era de US$ 4,4 mil; em 2015, estava em US$ 13,5 mil.
A New World Health é uma consultoria baseada em Johanesburgo e presta serviços para companhias de luxo, bancos privados e investidores.



Fonte: g1.globo.com
 
 
 Alta de 12,55% no etanol surpreende motoristas em Ribeirão Preto, SP
Litro do combustível saltou de R$ 2,39 para R$ 2,69 nos postos da cidade.
Gasolina subiu para R$ 3,69; Sincopetro culpa repasse feito por usinas.

Novos reajustes de até 12,55% nos combustíveis surpreenderam os motoristas de Ribeirão Preto (SP) no fim de semana que antecede o feriado de Finados. A maior variação foi registrada para o litro do etanol, que saltou de R$ 2,39 para R$ 2,69 desde sexta-feira (30).
Já a gasolina comum, antes comprada em média por R$ 3,59, agora está R$ 0,10 mais cara - uma elevação de 2,78%.
Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro), Osvaldo Manaia, a variação foi aplicada pelos postos porque as distribuidoras repassaram os custos.

De acordo com ele, tanto o preço da gasolina - que tem etanol anidro em sua composição - quanto o do etanol combustível foram influenciados por um aumento estabelecido pelas usinas de cana-de-açúcar.
O presidente do Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético (Ceise Br), Antonio Eduardo Tonielo Filho, explica que o reajuste do álcool aconteceu por causa da elevação dos custos de produção. Por outro lado, diz que aumentos aplicados pelas próprias distribuidoras e postos também pesam nos preços a serem pagos pelos consumidores.
Os dois combustíveis haviam sofrido reajustes entre o final de setembro e em outubro. "Levamos um susto. A gente esperava esse aumento a partir da semana que vem, no pós-feriado, não agora. Nunca vimos um aumento de sexta-feira, sábado", disse Manaia.
Segundo o frentista Carlos Henrique dos Santos, a alta deixa os motoristas ainda mais confusos em relação à melhor alternativa. "A gente até acaba ficando com uma calculadora no bolso para fazer as contas", disse.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Atrasado há 3 anos em Ribeirão Preto, novo calçadão agora fica para 2016
Obras serão suspensas para festas de fim de ano e retomadas em janeiro.
Pelo 4º ano seguido, lojistas do Centro terão Natal com projeto inacabado.

Depois de três anos adiando a entrega do calçadão no Centro, a Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) agora projeta a finalização do projeto para 2016.
Sem definir data, a administração municipal confirmou nesta terça-feira (3) que, mais uma vez, as obras serão interrompidas a partir de 1º de dezembro em função do aumento do fluxo de pessoas para as festas de fim de ano e que os trabalhos somente serão retomados em janeiro.


Desde 2012, quando a revitalização no Centro foi iniciada, quem anda pelo calçadão enfrenta transtornos para se locomover.
O problema tem sido prolongado por sucessivos aditamentos de contrato justificados por questões meteorológicas e burocráticas - chuvas e problemas com a empresa responsável -, além da adição de itens não previstos, como lâmpadas de LED e câmeras "olhos de águia".
Assim, a obra que deveria ter sido concluída em 2013 ao custo de R$ 8 milhões, chegará a 2016 ainda não finalizada custando ao menos R$ 9 milhões.
Obras interrompidas
Após reunião com representantes do comércio, companhias de telefonia e com a empresa responsável pelas obras no calçadão nesta terça-feira, a Prefeitura definiu que vai interromper os trabalhos em 1º de dezembro. A informação já tinha sido adiantada pelo secretário municipal de Obras, Abranche Fuad Abdo.
De acordo com a administração municipal, até 30 de novembro deverá ter sido implantada toda a rede subterrânea de cabos bem como deverá ter sido finalizada a instalação do piso e das tampas das caixas de inspeção.
Até a segunda quinzena do mês, a Prefeitura promete finalizar ainda os serviços de concretagem no trecho da Rua Barão do Amazonas, entre as ruas General Osório e Duque de Caxias.
Depois disso, a próxima etapa será a retirada de postes antigos, a partir de janeiro. Se antecipada para o fim do ano, a ação geraria mais transtornos devido ao uso de máquinas pesadas, informou o Executivo.
Em nota, a Prefeitura garantiu que, com piso nivelado, o calçadão "estará livre e totalmente acessível" aos comerciantes e consumidores durante as compras de fim de ano. Além disso, confirmou que a iluminação deverá estar pronta até 1º de dezembro para ser ligada com a decoração natalina no local.


O caso
Iniciados em abril de 2012, os trabalhos na região central da cidade deveriam ter sido finalizados no segundo semestre de 2013. O atraso, segundo a Prefeitura, ocorreu devido a problemas com a empresa responsável pelo serviço e a questões meteorológicas.
O impasse desencadeou inúmeras reclamações de comerciantes, que relatam que a dificuldade para caminhar pela área e os riscos de queda afastam os clientes.
No ano passado, as obras foram paralisadas em dezembro para não prejudicar o movimento do comércio no Natal e Ano Novo. Na ocasião, a Prefeitura informou que a previsão era de que a revitalização fosse concluída em fevereiro de 2015, o que não ocorreu devido a uma alteração no projeto.
Em fevereiro deste ano, a Prefeitura anunciou que o projeto ficaria R$ 1 milhão mais caro devido à inclusão de itens de iluminação e que as obras seriam adiadas em cinco meses, também por causa das chuvas.


Fonte: g1.globo.com/
 
 
 Exposição “A Boca de Cinema de São Paulo” chega a Ribeirão Preto
Representando o período do cinema nacional conhecido como “Boca do Lixo”, o MIS Ribeirão Preto apresenta a exposição “A Boca de Cinema de São Paulo”, no espaço expositivo do 1º andar do Shopping Santa Úrsula, a partir das 19h desta quinta-feira (5), escolhido por ser o Dia Mundial do Cinema. A curadoria é de José Adalto Cardoso.

O MIS recebeu em 2012 a doação de peças de alguns nomes que passaram pela “Boca”: David Cardoso, Virgílio Roveda e José Adalto Cardoso. Em 2013, oito cineastas da “Boca” se juntaram para fazer um longa sobre os tempos áureos do local, e que foi lançado em setembro de 2015.

A exposição conta com livros sobre os filmes produzidos pela “Boca do Lixo” e sobre o lendário personagem Zé do Caixão, além de cartazes de filmes, quadros com cenas de filme do David Cardoso, encosto da cadeira usada pelo Mazzaropi (que utilizava mão de obra da “Boca do Lixo” nos seus filmes), roteiro de filme escrito por José Adalto, com argumento do Mazzaropi e projetores cinematográficos. Também será feita uma homenagem ao ex-vereador ribeirão-pretano José Velloni, que participou de filmes do Mazzaropi.

Além da exposição, serão exibidos os filmes “Memórias da Boca”, às 10h, no Centro Cultural Palace e “Sem Defesa”, às 15h, seguido por debate com David Cardoso. O filme “Memórias da Boca” tem oito episódios independentes de ficção e documentários, dirigido por cineastas remanescentes, recuperando o espírito da produção cinematográfica realizada entre os anos 1950 e 1990. O filme “Sem Defesa” é o último filme da carreira de David Cardoso. Ele atua, dirige e produz o mesmo.

“Boca do Lixo” era o nome dado à Rua do Triunfo em São Paulo, no bairro da Luz, onde o cinema independente nacional fez grande sucesso entre as décadas de 60 e 80, em plena Ditadura Militar, com produções de terror, ação, faroeste, policial, drama e comédia, com doses de erotismos, que deu origem ao termo pornochanchada.

Serviço

“A Boca de Cinema de São Paulo”

Data: 5 de novembro (quinta-feira)

Horários: Centro Cultural Palace

10h – Exibição do filme “Memórias da Boca”

15h – Exibição do filme “Sem Defesa”

Debate

Shopping Santa Úrsula

19h – Abertura da exposição 1º andar

Informações: (16) 3636-1206


Fonte: Prefeitura de Ribeirão Preto
 
 
 Ciclismo de Ribeirão Preto domina 100km de Brasília e coloca três atletas no pódio
O ciclista Antoelson Dornelles, da equipe de ciclismo de Ribeirão Preto, venceu a 34ª edição dos 100 km de Brasília, que aconteceu no último domingo (1º), na capital federal. Além dele, outros dois ribeirão-pretanos subiram ao pódio: Rodrigo Nascimento em terceiro e Mário Veríssimo em quarto. A segunda colocação da prova foi de Elton Pedrozo, da Memorial/Santos e em quinto ficou Raphael Mesquita, da UFF.

Assim como na etapa da Copa América, também realizada em Brasília, a estratégia da equipe funcionou. Na fuga, Ribeirão Preto teve três ciclistas, levando vantagem sobre os outros competidores.

“Deu tudo certo na corrida. A gente seguiu à risca o que propomos, nos posicionamos bem e vencemos. Estou muito contente com a vitória, já que é uma prova importante no calendário nacional”, disse Dornelles.

A prova teve pontuação válida para o ranking nacional. Até o momento, Ribeirão Preto aparece na terceira posição, com 1310 pontos, atrás de São José dos Campos com 1595 e Taubaté, que lidera com 2083. Como a equipe joseense não foi para Brasília, existe uma possibilidade de o time ribeirão-pretano diminuir a distância na classificação geral.

O próximo compromisso da equipe é o Desafio Ciclístico de Salvador, que será realizado neste domingo, dia 8, na capital baiana. “Vamos para Salvador com pensamento positivo e tentar fazer o melhor para fechar o ano com chave de ouro”, afirma o campeão dos 100 km.

Depois, os ciclistas seguem se preparando para a etapa final da Copa América de Ciclismo, em Botucatu, no próximo dia 15. O cubano Michel Fernandez tem chances de título, já que está na terceira colocação, a sete pontos do líder.



Fonte: Prefeitura de Ribeirão Preto
 
 
 Útil e agradável. Felipe Aranha leva gastronomia funcional para os coquetéis
Gaúcho radicado em São Paulo assina cardápios saudáveis para grifes renomadas como Louis Vuitton, Gucci e Versace

Felipe Aranha é mais um case de sucesso ao substituir terno e gravata por dólmã e toque blanche. Sempre ligado nas panelas, o gaúcho radicado em São Paulo é um dos pioneiros a trabalhar com gastronomia funcional no Brasil. 

Atualmente, Ipe, como é mais conhecido, assina coquetéis com comidas saudáveis e saborosas para grifes renomadas como Louis Vuitton, Gucci e Versace. 

Outro serviço que vem dando o que falar na capital paulista é o detox. Ipe entra na casa do cliente – entre cinco e 10 dias – e prepara as seis refeições diárias, além de ajudá- lo com compras e hábitos alimentares. Ele manda uma dica básica: 

– Tirar a farinha branca da vida, pois tudo o que é branco perdeu as propriedades no final do processo de polimento. A pessoa come puro carboidrato.


Fonte: zh.clicrbs.com.br/
 
 
 Para grandes ateliês, moda 'fit slim' masculina é passado
Para grandes ateliês, moda 'fit slim' masculina é passado

A moda "fit slim", de roupas justas, para homens é passado. Para 2016, as apostas são que paletós e jaquetas masculinas voltarão a ser mais macios, terão um comprimento que cobrirá os quadris e não estarão grudados no corpo, mas sim seguirão levemente a sua silhueta. Por isso, os típicos blazers de três botões ou de duplo peito voltam com tudo. As calças muito justas e desconfortáveis, que muitas vezes dificultam movimentos, também irão ceder a novos modelos, mais contidos e menos extremos. Já a cor da moda será o azul royal e as estampas voltarão às clássicas, como de riscas e a príncipe de gales.   


Após estações de "total white", as camisas que estarão na moda no próximo ano serão com estampas listradas. É este o novo cavalheiro desenhado pelo Atelier Panetta em Roma, fundado pelo estimado Vito Panetta, em 1949.   

"Para nós, a palavra de ordem é 'tailoring'. Deste conceito foi criado o estilo do novo homem de negócios, com as peças-chave do guarda-roupa do trabalhador", afirmou o advogado Rocco Panetta, neto do famoso estilista.   

Como para as mulheres, os homens também se importam em saber qual será a cor da moda das novas estações. "Em 2016, o azul royal é, para nós, uma tonalidade que veste todos os tamanhos e alturas e se adapta melhor a eventos elegantes e esportivos. À diferença da cor caramelo, sempre presente, porém mais adaptado para os homens altos, o azul royal é uma cor perfeita para todos", disse Panetta.   


Além disso, em relação ao "fit slim" das vestes masculinas, há anos muito utilizado, o advogado também explicou que "os blazers de um homem devem simplesmente acompanhar o corpo". "Os modelos muito justos podem ser incômodos, já que o homem precisa colocar tudo na parte interna, do celular aos óculos escuros, e não quer ver [os objetos] externamente", continuou o italiano.   

"Sempre vejo nos paletós e blazers a tendência [dos modelos] de três botões, ainda melhor se forem com [a estampa] príncipe de gales. [Já] as calças ideais devem sempre acompanhar as pernas, mas nunca grudar nelas e tampouco deixarem muito espaço nos movimentos. Não há muito o que fazer, é preciso um pouco de passarelas para avaliar a largura certa", afirmou Panetta.   


"E a propósito das lapelas, tão em moda ultimamente, elas devem ser de 4 centímetros, ou, para não errar, devem ser de corte inglês, ou seja, retas", afirmou o profissional. Já nas camisas, as listras são sempre indispensáveis, perfeitas com o blazer de duplo peito e que combinam com todas as gravatas.   

Além disso, Panetta disse que "basta com os colarinhos à francesa ou à italiana por que nenhuma gravata combina com eles". "Melhor um colarinho com uma lapela curta, que dá um apelo mais moderno. Já em relação aos pulsos, os que estão na moda são os de ângulos retos", explica ele.   

E por fim, o neto do fundador do Atelier Panetta também fala sobre gravatas. "As sutis de 4 centímetros vão melhor com os jovens, e as de 8 centímetros tem a largura atual". Sobre os nós de gravatas, eles nunca devem estar muito longos. (ANSA)

Fonte: noticias.uol.com.br/
 
 
 Bolsas nos EUA sobem, puxadas por ações de energia e tecnologia
Dow Jones subiu 0,5%, S&P 500 avançou 0,27%, Nasdaq ganhou 0,35%.
Nasdaq 100 superou pela 1ª vez patamares do boom da Internet em 2000.

Os papéis de grandes empresas de tecnologia e do setor de energia impulsionaram os ganhos das bolsas dos Estados Unidos nesta terça-feira (3), com o índice que engloba as 100 maiores empresas do Nasdaq fechando em patamar recorde de alta.
Os três principais índices acionários dos EUA mantiveram-se no terreno positivo neste início de novembro, depois de registrarem seu melhor desempenho mensal em quatro anos em outubro.

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,5%, a 17.918 pontos, o S&P 500 avançou 0,27%, para 2.109 pontos, e o Nasdaq subiu 0,35%, a 5.145 pontos.
O índice Nasdaq 100 subiu 0,32%, para 4.719 pontos, superando pela primeira vez os patamares atingidos durante o boom da Internet em 2000.
O índice setor de energia do S&P subiu 2,5%, no quinto avanço diário seguido, acompanhando a alta dos preços do petróleo.

As grandes petrolíferas Exxon e Chevron subiram 1,8% e 3,3%, respectivamente, exercendo grande influência na alta do Dow e do S&P.
Embora os papéis de energia tenham subido cerca de 22% desde o fim de agosto, o setor ainda acumula perda de cerca de 10% no ano.
"As pessoas estão em busca de ações baratas em setores que podem representar valor", disse Robert Pavlik, estrategista-chefe da Boston Private Wealth, em Nova York. "Caminhando para o fim do ano, o mercado começa a subir e as pessoas ficam receosas de ficarem para trás."
Seis dos 10 índices setoriais do S&P fecharam em alta, incluindo o setor de tecnologia que subiu 0,6%. A Apple subiu 1,1%, e Microsoft avançou 1,7%, com os dois papéis exercendo a maior influencia positiva para o S&P e o Nasdaq.


Fonte: g1.globo.com
 
 
 Apaixonados por tecnologia retrô se reúnem em Jaú
Modelos de computadores das décadas de 80 e 90 chamaram a atenção.
MSX, um misto de computador e videogame lançado em 1983, foi atração.

Um encontro realizado em Jaú (SP) no domingo (1) reuniu vários apaixonados por tecnologia de décadas atrás, a chamada tecnologia retrô. Os modelos antigos de computadores chamaram a atenção no 18º encontro de admiradores do MSX, um misto de computador e videogame lançado em 1983.

A terapia em forma de jogos e programas transportou os fanáticos de volta para os anos 1980 e 1990.  A máquina fez história e significou um avanço em uma época em que poucas pessoas tinham acesso ao computador. "É uma paixão que marca uma época e que essas pessoas têm como terapia", conta o representante do Rankbrasil, Luciano Cadari.
O MSX parou de ser fabricado por volta de 1993 no Japão, mas ainda existe no mercado o desenvolvimento de softs e hards, devido a milhares de pessoas apaixonadas por este computador clássico, muito usado para jogos e desenvolvimento de programas que exploram o máximo de um 8 bits.


A admiração é tanta que um grupo de Ribeirão Preto fez uma versão mais moderna do MSX sem deixar nenhuma característica do antigo computador de lado. O técnico em eletrônica Luciano Sturaro ajudou a colocar a ideia em prática. "Esse tipo de montagem de máquina, hoje em dia, é feito pelo pessoal que é aficionado. Você não vai encontrar comercialmente pessoas que se proponham a fazer esse serviço. Então é como se fosse um hobby, na verdade."
Além de expor modelos originais e “tunados”, o MSX também constrói novas histórias. Cristina Simões e Sérgio Vladisauskis se conheceram por meio da informática, mas a paixão e a cumplicidade aumentaram nas telas do antigo computador. “Uniu porque desde que eu apresentei para ela o MSX, ela ficou fascinada", conta Sérgio.



Fonte: g1.globo.com
 
 
 Ministério da Saúde determina estudos sobre os efeitos da fosfoetanolamina
Em 60 dias, a equipe formada por representantes de vários órgãos deve apresentar relatório sobre a eficácia da droga no combate do câncer


O ministro da Saúde, Marcelo Castro, anunciou que o ministério vai criar um grupo de trabalho para analisar a eficácia e a segurança da fosfoetanolamina na cura de casos de câncer através de uma portaria publicada no Diário Oficial da União. 

— Vamos financiar e colocar os laboratórios públicos a disposição dos pesquisadores para chegarmos o quanto antes a um parecer final sobre essa substância — declarou.

A fosfoetanolamina foi sintetizada pela equipe de pesquisadores chefiada por Gilberto Chierice, do Instituto de Química da Universidade de São Paulo, em São Carlos, há cerca de 20 anos, e ficou conhecida nas redes sociais como “pílula do câncer”, pela suposta capacidade de destruir tumores malignos. O problema é que a substância não passou oficialmente pelas etapas de pesquisa exigidas pela legislação, que prevê uma série de estudos antes de um medicamento ser usado por seres humanos.

Segundo o ministro, os donos da patente concordaram durante audiência pública no Senado, realizada no dia 29 de outubro, em cumprir as exigências científicas para determinar a eficácia da droga e vão participar do grupo composto por representantes do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Para a realização dos estudos clínicos, os pesquisadores terão o apoio do Instituto Nacional do Câncer e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

— Nós estamos torcendo para que essa substância tenha efetividade, e que seja segura, mas temos a preocupação de que esse tensionamento todo que foi criado e que está na sociedade leve pessoas a abandonarem tratamentos comprovadamente eficientes para se aventurarem com uma droga que não cumpriu os protocolos científicos — alertou.


Marcelo Castro explicou que as exigências do Brasil para a liberação de medicamentos estão de acordo com os protocolos definidos pela Organização Mundial de Saúde, praticados no mundo inteiro. Esse método científico inclui testes em células e em cobaias antes de ensaios clínicos em humanos. Para ressaltar a importância dos testes, o ministro citou dois medicamentos, o anti-inflamatório Viox e o tranquilizante Talidomida, que apresentaram problemas após a comercialização:

— Medicamento é coisa importante e séria. Estou dando o exemplo de duas drogas que obedeceram todas as exigências científicas e, mesmo assim, trouxeram graves problemas para a população. Imagine uma droga que nunca foi testada. 

Por algum tempo, cápsulas de fosfoetanolamina sintética foram fornecidas, de graça, em São Carlos, mas a USP proibiu a produção e distribuição porque o medicamento não é registrado na Anvisa. Desde então, pacientes que tinham conhecimento dos estudos têm entrado na Justiça para obter a substância.

No início de outubro, o Supremo Tribunal Federal liberou o acesso à fosfoetanolamina a um paciente do Rio de Janeiro que estava na fase terminal da doença. Desde então, a demanda pela substância não para de aumentar. 

— Nós vamos dar todo o suporte necessário para fazer os ensaios clínicos e chegar a um veredicto sobre essa substância. Não podemos ficar na situação que estamos hoje, agravada por decisões judiciais — concluiu o ministro.


OS PASSOS DE UM MEDICAMENTO

Para que uma droga seja aprovada como remédio para uso humano, são necessárias várias etapas, que podem se prolongar por mais de uma década.

FASE PRÉ-CLINICA

Duração: três a seis anos

• Experimentos em laboratório: Em um primeiro momento, a nova droga é testada em laboratório, por meio de sua interação com células cancerígenas. Nesta fase, muitas moléculas apresentam propriedades promissoras. No entanto, estima-se que, para cada 5 a 10 mil substâncias analisadas, só uma vai vencer todas as fases seguintes de pesquisa e efetivamente ter efeito como medicação. Segundo o oncologista André Fay, pesquisador do Dana-Farber Cancer Institute, só essa etapa laboratorial foi realizada no caso da fosfoetanolamina.

• Modelos animais: As substâncias que apresentam bons resultados nos testes com culturas de células são testadas, na etapa seguinte, em animais com tumores.

FASE CLÍNICA

Duração: seis a sete anos

• Primeira fase: Se há sucesso com animais, a droga pode começar a ser testada em pessoas. Em geral, cinco substâncias, de cada 5 mil a 10 mil descobertas, chegam nesta fase. Ela consiste em analisar se a droga é tolerada pelo organismo, se oferece segurança, em que doses pode ser administrada. Os teste são feitos com 20 a cem voluntários.

• Segunda fase: Quando já se conhecem as doses seguras e os perfis de toxicidade, avalia-se a efetividade da substância em pacientes humanos. Também se confirmam quais as doses mais adequadas. Os voluntários são entre cem e 500.

• Terceira fase: A droga é testada em um grupo maior de pacientes, para que se possa avaliar seus resultados em comparação com os dos tratamentos já existentes. Nessa etapa, 1 mil a 5 mil pacientes participam.

DEPOIS DA APROVAÇÃO

Aprovada a medicação, o tratamento passa a ser oferecido a uma quantidade ampla de pacientes e monitora-se o seu funcionamento. Até esse momento, podem ter transcorrido duas décadas, com custos que chegam a US$ 3 bilhões.

Fonte: André Fay, professor de oncologia da PUCRS, pesquisador-visitante do Dana-Farber Cancer Institute e médico do Instituto do Câncer do Hospital Mãe de Deus

*Com informações da Agência Brasil.


Fonte: http://zh.clicrbs.com.br/
 
 
 Estimativa do mercado para inflação deste ano se aproxima de 10%
Na última semana, mercado subiu previsão para IPCA de 2016 para 9,91%.

Ao mesmo tempo, economistas passaram a prever queda maior do PIB.

As previsões do mercado financeiro para a inflação deste ano e de 2016 continuaram piorando na semana passada. Houve piora também na estimativa dos analistas para o nível de atividade da economia brasileira, segundo o relatório de mercado, também conhecido como Focus. O documento, divulgado pelo Banco Central nesta terça-feira (3), é fruto de pesquisa com mais de 100 instituições financeiras.

Para 2015, a expectativa dos economistas é que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial, feche o ano em 9,91%, se aproximando assim da marca dos 10%. Na semana anterior, a taxa esperada era de 9,85%. Se confirmada a estimativa, representará o maior índice em 13 anos, ou seja, desde 2002 – quando ficou em 12,53%.
Essa foi a sétima alta seguida no indicador. O BC informou recentemente que estima um IPCA de 9,5% para este ano. Segundo economistas, a alta do dólar e, principalmente, dos preços administrados (como telefonia, água, energia, combustíveis e tarifas de ônibus, entre outros) pressiona os preços em 2015. Além disso, a inflação de serviços, impulsionada pelos ganhos reais de salários, segue elevada.
Para 2016, os economistas das instituições financeiras elevaram sua expectativa de inflação de 6,22% para 6,29% na última semana. Foi a 13ª alta seguida do indicador que continua se distanciando da meta central de 4,5% fixada para o ano que vem. Recentemente, o BC admitiu que não conseguirá trazer o IPCA para a meta central de 4,5% no próximo ano. Segundo a autoridade monetária, isso será possível somente em 2017.
Pelo sistema que vigora no Brasil, a meta central para 2015 e 2016 é de 4,5%, mas, com o intervalo de tolerância existente, o IPCA pode oscilar entre 2,5% e 6,5%, sem que a meta seja formalmente descumprida. Com isso, a inflação deverá superar o teto do sistema de metas em 2015, algo que não acontece desde 2003.
Produto Interno Bruto
Ao mesmo tempo, o mercado financeiro também passou a estimar uma retração maior da economia em 2015 e, também, no ano que vem.

Para o PIB deste ano, o mercado financeiro passou a prever uma retração de 3,05%. Foi a 16ª revisão para baixo consecutiva do indicador. Até então, a expectativa era de uma contração um pouco menor neste ano: de 3,02%. Se confirmado, será o pior resultado em 25 anos, ou seja, desde 1990 – quando foi registrada uma queda de 4,35%.

ESTIMATIVAS PARA O PIB 2015

Para 2016, os economistas das instituições financeiras aumentaram de 1,43% para 1,51% a expectativa de contração na economia do país. Esta foi a quarta queda seguida na previsão do mercado para o PIB do próximo ano.
Se a previsão se concretizar, será a primeira vez que o país registra dois anos seguidos de contração na economia – a série histórica oficial, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), tem início em 1948.
O PIB é a soma de todos os bens e serviços feitos em território brasileiro, independentemente da nacionalidade de quem os produz, e serve para medir o comportamento da economia brasileira. Na semana passada, a "prévia" do PIB do BC indicou uma contração de 2,99% até agosto.
No fim de agosto, o IBGE informou que a economia brasileira registrou retração de 1,9% no segundo trimestre de 2015 em relação aos três meses anteriores, e o país entrou na chamada "recessão técnica", que ocorre quando a economia registra dois trimestres seguidos de queda. De janeiro a março deste ano, o PIB teve baixa de 0,7% (dado revisado).
Taxa de juros
Após o Banco Central ter mantido os juros estáveis em 14,25% em outubro, o maior patamar em nove anos, o mercado manteve a estimativa de que não devem ocorrer novos aumentos de juros em 2015. Para o fim de 2016, a estimativa permaneceu em 13% ao ano – o que pressupõe reduções da taxa Selic ao longo do ano que vem.
A taxa básica de juros é o principal instrumento do BC para tentar conter pressões inflacionárias. Pelo sistema de metas de inflação brasileiro, a instituição tem de calibrar os juros para atingir objetivos pré-determinados. As taxas mais altas tendem a reduzir o consumo e o crédito, o que pode contribuir para o controle dos preços.
Câmbio, balança e investimentos
Nesta edição do relatório Focus, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2015 permaneceu em R$ 4 por dólar. Para o término de 2016, a previsão dos analistas para a taxa de câmbio ficou estável em R$ 4,20.
A projeção para o resultado da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações) em 2015 permaneceu em US$ 14 bilhões de resultado positivo. Para 2016, a previsão de superávit ficou inalterada em US$ 26,3 bilhões.
Para este ano, a projeção de entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil subiu de US$ 62,5 bilhões para US$ 64,6 bilhões. Para 2016, a estimativa dos analistas para o aporte permaneceu inalterada em US$ 60 bilhões.
 
 
 Alta do dólar impacta nos produtos mais procurados para a ceia de Natal
Dólar subiu 60% desde outubro de 2014 e ultrapassou a barreira dos R$ 4.
Consultora dá dicas para fugir dos preços altos e manter a ceia tradicional.

Quem gosta da ceia de Natal tradicional já tem que começar a pesquisar os preços. Muitos produtos são importados e estão custando mais por causa da disparada do dólar.

Ninguém aguenta mais ouvir a palavra crise. Não é novidade que o dólar subiu 60% desde outubro do ano passado, até ultrapassar a barreira dos R$ 4.
Em termos práticos, os produtos importados da ceia de natal aumentaram cerca de 20%, mas para muitas pessoas, no final do ano tem muitos produtos importados que não podem faltar à mesa, como frutas secas e cristalizadas, queijos, panetones, bebidas e bacalhau.
A consultora Ana Waleska Bulhões deu algumas dicas para fugir dos preços altos sem deixar de ter os produtos tradicionais. “Eu encontrei no supermercado um champanhe francês por pouco mais de R$ 200 e encontrei um espumante de uma vinícola do Sul do país por R$ 20. Então tem que fazer os comparativos, pesquisar, que é possível ter um Natal clássico em casa”, diz.

Fonte: g1.globo.com
 
 
 Serasa realiza feirão online para limpar o nome a partir desta terça
Na internet, o serviço estará disponível entre os dias 3 e 14 de novembro.
Versão presencial acontece em São Paulo e Rio de Janeiro.

A Serasa Experian realiza a partir desta terça-feira (3) mais um Feirão Limpa Nome para ajudar os consumidores a saírem dos cadastros de restrição ao crédito, renegociando dívidas atrasadas diretamente com os credores.
Até o dia 14 de novembro, os consumidores inadimplentes poderão fazer as renegociações online. Poderão participar consumidores de todo o país.

Para participar, é preciso acessar o site www.serasaconsumidor.com.br/superfeirao e preencher um cadastro. O consumidor será levado a uma página onde estarão listadas todas as empresas com as quais ele possui alguma dívida pendente e que consta na base de dados da Serasa.

O site é desenvolvido em ambiente protegido, segundo a Serasa. Assim, quem não tiver internet em casa poderá usar qualquer computador para negociar suas pendências.
Dívidas
Ao escolher e clicar no nome da companhia surgirá uma página apresentando as dívidas em aberto e os canais de atendimento disponíveis (telefones, e-mail, chat).
A partir daí, o consumidor pode entrar em contato diretamente com a empresa para negociar possíveis descontos e condições de pagamento diferenciadas – em alguns casos, um boleto pode estar disponível, a partir de uma proposta feita pela própria empresa. Todas as propostas são apresentadas pelos credores de forma individualizada.
Dependendo das condições da dívida, os descontos podem chegar a 95%, segundo os especialistas.

Inadimplência
Levantamento da Serasa Experian estima que, atualmente no país, 40% da população adulta, com mais de 18 anos, está inadimplente.
Segundo a Serasa, o consumidor deve se preparar antes de negociar, seja presencialmente ou no site, colocando na ponta do lápis todas as despesas fixas e as dívidas já assumidas ou previstas. Assim, é possível saber quanto deve sobrar para pagar a nova dívida que será negociada com a empresa (ou mais, se for o caso), escolhendo quais as condições e formas de pagamento melhor se encaixam no orçamento.
Feirões presenciais
As cidades do Rio de Janeiro e São Paulo farão feirões presenciais.

No Rio, o evento será entre os dias 3 e 7 de novembro, no estacionamento do Shopping Nova América, na Avenida Pastor Martin Luther King Júnior, 126 – Del Castilho, das 8h às 18h.
Já em São Paulo, o evento será entre os dias 24 e 28 de novembro, no estacionamento do Shopping Itaquera, na Av. José Pinheiro Borges, s/nº, Zona Leste de São Paulo, das 8h às 18h.

Empresas
No feirão do Rio, as empresas confirmadas são: Bradesco Cartões, Bradescard, Cartões American Express, HSBC/Losango, Banco Pan, Recovery, Sky, Claro, Embratel, NET, FOZ 5 e lojas Leader.
Já o de São Paulo reunirá empresas como Bradesco Cartões, Bradescard, Cartões American Express, HSBC/Losango, Recovery, Banco Pan, Avista Cartões, Eletropaulo, Santander e Sky.

Entre as empresas que estarão no feirão online estão Academia Olímpico, AES Eletropaulo, Ana Paula Aparecida Barbosa Moveis, Ativos, Banco do Brasil, Banco Fiat S/A, Banco Itaú BBA S/A, Banco Itaucard, Banco Itauleasing S/A, Banco Pan, Cd Distribuidora De Produtos De Consumo Eireli, Centro Educacional De Piraporinha, CNA Vila Maria, Confecções Tucumã, Cp7 Studio Fotográfico Ltda, Credsystem, Deva Veículos, Ecapre Escola de Capacitação e Preparátorio, Farmácia Santana, Financeira Itaú Cbd S/A, Frei Caneca Materiais Para Construção, Gazin Atacado, Herval, Hipercard Adm Cartões Credito, Hipperfio Cabos Especiais Ltda, HSBC/Losango, Itaú, Itaú Unibanco Financeira S/A, Itaucred, Jive, Leader Card, Losango, Luizacred S/A, Mercado Móveis, Mfh Clinica Odontologica Ltda, Millena Souza Santos, Mz Imobiliária, Netion Soluções em Internet Via Rádio Ltda Me, Pernambucanas, Porto Seguro Cartões, Recovery, Renova, Supermercado Bahamas, Supermercados Cidade Canção, Unimarka Distribuidora, Vical, Vivo, Vox Populi Comercio De Papeis Ltda - Epp.
Veja passo a passo feito pelos especialistas da Serasa para uma renegociação bem-sucedida:
1. Olhe para todos os seus débitos atrasados. Não