bloguei
  Eu blogo, tu blogas, ele bloga, nós blogamos e todos dão opinião.
bloguei Ribeirão Preto Dicas, Notícias e Muito mais...
 
 Política Ambiental
 A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto - CODERP, sociedade de economia mista, acredita na preservação do meio ambiente como um dos fatores de sua estratégia corporativa. 
O desenvolvimento ambiental da empresa está baseado nos seguintes pontos:

- Compromisso com a melhoria contínua ambiental;
- Compromisso com a prevenção a poluição;
- Compromisso com o atendimento aos requisitos legais e outros requisitos subscritos por esta organização;
- Gestão adequada de resíduos associados à natureza dos nossos negócios; 
- Conscientização ambiental dos nossos colaboradores.
 
 
 Ações de Sustentabilidade
 A Coderp vem aplicando algumas ações para que todos entendam a importância de se tornar uma empresa sustentável!

 
Lâmpadas Fluorescentes

As lâmpadas fluorescentes não podem ser descartadas junto aos resíduos comuns, porque contém mercúrio, um metal reconhecidamente tóxico. O processo de tratamento de tais lâmpa¬das possibilita a separação e o reaproveitamento de todos os seus componentes.

Após a implantação do ECODERP, todas as lâmpadas substituídas no Centro Administrativo Coderp estão armazenadas em um suporte, instalado no estacionamento, conforme mostra a imagem abaixo. Após acumular uma determinada quantidade será realizado o descarte correto destas lâmpadas. Uma ação simples que colabora com o meio ambiente.

* a1;- Suporte para lâmpadas fluorescentes de 16W e 32W, as mais utilizadas no
Centro Administrativo Coderp.





Lâmpadas LED

A CODERP iniciou, no mês de abril de 2013, a substituição das lâmpadas tubulares fluorescentes por lâmpadas tubulares do tipo LED. 
O principal objetivo desta troca é aplicar o desenvolvimento sustentável dentro da empresa. Além de ser ecologicamente correta, são inúmeras as vantagens da tecnologia LED. Confira abaixo as principais características:

Economia financeira, pois consome menos energia;
Não utiliza reatores;
Menor geração de carga térmica;
Não é nocivo ao ser humano;
Alta longevidade, dura aproximadamente cinco vezes mais;
Alta eficiência;
Ausência de metais pesados, que podem contaminar o solo;

As três primeiras salas escolhidas pela diretoria para implantação das lâmpadas foram as que funcionam 24 horas por dia. São elas: Sala de Monitoramento, Sala de Impressão e o NOC (Network Operation Center).

Devido ao alto valor de investimento, as lâmpadas serão substituídas gradativamente.





Arejadores para torneiras

Os arejadores conseguem diminuir a vazão de água nas torneiras, isto acontece porque uma parte do diâmetro de saída da água é tampada por uma peça plástica. Este tipo de produto é muito utilizado, pois diminui o consumo de água sem perder o conforto. No mês de dezembro/2012 foram instalados arejadores em mais de 30 torneiras do Centro Administrativo Coderp. A redução do consumo de água será analisada ao longo dos próximos meses. Uma atitude simples, que além de economizar recursos financeiros da empresa, economizará recursos hídricos e, consequentemente, contribuirá para o meio ambiente.





Descargas "dual flush".

A descarga dual flush consiste em uma descarga de duplo acionamento, ou seja, permite que o usuário escolha, de acordo com a necessidade, o volume de água a ser utilizado na descarga sanitária.

O sistema é silencioso e permite o controle entre a vazão econômica e de maior consumo, permitindo economizar até 60% de água em relação às descargas tradicionais.

O principal objetivo da implantação deste mecanismo é evitar o desperdício de recursos hídricos e, consequentemente, gerar economia financeira para a empresa.

A CODERP investiu na compra de 21 unidades de descargas “dual flush”, que estão sendo instaladas nos principais banheiros do Centro Administrativo Coderp.

Em todos os vasos sanitários que receberam tal mecanismo serão anexados informativos, instruindo os funcionários com a maneira correta de utilizar a nova descarga.





Reciclagem e economia de papel

Após a instalação dos “Ecopontos” em todas as salas do Centro Administrativo Coderp, os papéis que iriam para o lixo comum agora são fragmentados e vendidos para posterior processo de reciclagem.

Motivos para reciclar papel:
Para fazer uma tonelada de papel são derrubados 20 eucaliptos, que levam, em média, sete anos para crescer. Pense na quantidade de papel que você já jogou fora até hoje e imagine quantas árvores você poderia ter ajudado a preservar.

Cada 50 quilos de papel usado transformado em papel novo evita que uma árvore seja cortada.
 
 
 Parque Prefeito Luiz Roberto Jábali
Inaugurado em 18 de novembro de 2000, o complexo ambiental de 152 mil metros quadrados de vegetação, transformado no maior espaço de lazer da cidade. O projeto elaborado pela prefeitura, transformou o local num ambiente ideal para passeios e caminhadas. Foram construídas cachoeiras e lagos artificiais próximos a uma Praça de Eventos. Entrecortada por trilhas, a área é ideal para caminhadas e passeios de bicicleta.

O parque está localizado em uma área de antiga exploração de basalto.  Esta rocha foi formada de erupções vulcânicas ocorridas há cerca de 130 a 60 milhões de anos.

O solo do Parque, formado dessa rocha, recebe o nome de Litólico. É um solo muito raso, com no máximo 30 centímetros de profundidade, que armazena pouca água. Por isso, são poucas as espécies de árvores que se adaptam a estas condições. É inteiramente formado por vegetação de floresta tropical como angicos, aroeiras e farinhas-secas dentre outras espécies. A vegetação é classificada como Mata Decídua, que tem como principal característica a perda total das folhas durante o inverno.

Devido ao afloramento de rochas no solo, que impedem o surgimento de vegetação rasteira, a área possui aparência de bosque. As trilhas receberam asfalto para permitir fácil acesso às dependências do parque.

A fauna silvestre é representada por aves como o Pica-Pau e o Quero-Quero, por mamíferos como o Sagui ou Mico-Estrela, por répteis e tantos outros.

As cachoeiras e lagos da Praça de Eventos, servem para embelezar e refrescar esse ambiente. A beleza e o frescor oferecidos dependerão do bom uso que se fizer destes elementos. Eles não foram feitos para banhos e sim para contemplação.

Para abastecer as cachoeiras e renovar a água dos lagos, onde serão criados peixes, será utilizada uma mina. A água suja servirá para irrigação da grama na área da platéia, proporcionando a criação de um microclima ecologicamente auto-sustentável.

Um espaço para apresentações ao ar livre, com palco e capacidade para 20 mil pessoas, também foi concebido. Ao redor do palco, cinco lagos e outras duas cachoeiras menores completam o paisagismo.

Com objetivo de reforçar ainda mais o paisagismo, foram plantadas outras quatro mil mudas nativas, entre elas paineiras, farinhas-secas, ipês (branco, rosa, roxo e amarelo) e palmeiras (jerivá, guariroba e macaúba), além de novas aroeiras e angicos.

O parque possui três setores distintos. Na entrada fica o estacionamento, com capacidade para 200 carros. O setor destinado a eventos, com 15 mil metros quadrados, pode abrigar até 20 mil pessoas ou mais. Por último há o entorno, onde ficam as trilhas. 


CÓDIGO E NOME DA LINHA

G 203 - RIBEIRÂNIA
H 403 - JD. MANOEL PENNA
H 503 - RECREIO DAS ACÁCIAS
I 204 - CITY RIBEIRÃO

Recomendações Importantes

• É proibida a entrada de animais!

• É proibido circular pelo parque com veículos automotores: carros, motos e similares.

• É proibido abandonar ou soltar animais no parque.

• Não cause danos à vegetação!

• Não deixe vestígios!

• Respeite os funcionários, são eles que garantem nossa segurança, nos orientam e auxiliam.

• Jogue o lixo nas lixeiras!

• Evite retirar qualquer material do Parque. APENAS OBSERVE!

• Evite se aproximar das bordas da pedreira. PERIGO DE QUEDA!

• Não entre na Mata, ela está em processo de recuperação.

• NÃO FUME! Você sentirá o ar puro e evitará incêndios.

• Evite colocar as mãos em locais cheios de folhas, pedras ou buracos. CUIDADO COM ANIMAIS PEÇONHENTOS!

• Não perturbe nem alimente os animais que vivem no Parque.

• CICLISTA! Mantenha-se nas ciclovias.

• PEDESTRE! Utilize a faixa demarcada para pedestres. Caminhe somente pelas trilhas asfaltadas e sempre acompanhado.

• Pais! as crianças são sua responsabilidade!

Utilize o Parque para caminhadas e passeios. Desfrute e se beneficie da natureza. Curta o silêncio, o ar puro e o canto dos pássaros aqui presentes.

Horário de Funcionamento:

- Diariamente das 06:00 às 20:00 hs

Mapa do Parque:

Pistas:- Total - 3,5 mil metros
Circuito Interior - 320 metros - proibido trânsito de bibicletas 
Circuito Médio - 1.000 metros - com faixas para pedestres e ciclistas
Circuito Longo - 1.400 metros - com faixas para pedestres e ciclistas

Obs. Nos fins de semana e feriados é proibido o trânsito de bicicletas devido a grande demanda de público.
 
 
 Calçadão – Quarteirão Paulista
Inaugurado no início da década de 30, o Theatro Pedro II era o retrato dos bons momentos vividos no auge do café. Não seria este, no entanto, o único marco da época na cidade. Em plena crise, o imigrante alemão Antonio Diederichsen construiu em Ribeirão Preto o primeiro edifício da cidade, o Prédio Diederichsen. Com cinco andares reservados a escritórios, consultórios, apartamentos, cinema e hotel, o prédio reanimou a economia e definiu a nova vocação de Ribeirão Preto – comércio e prestação de serviços.

O Quarteirão Paulista, tradicionalmente conhecido, é formado pelo conjunto arquitetônico que abrange o Theatro Pedro II, o prédio do antigo Palace Hotel, o Edifício Meira Júnior e o Pingüim , que tem a tradição de oferecer o melhor chopp do país.

O Calçadão, que abrange o Quarteirão Paulista e imediações, vem contemplar o comércio central, resgatar a tradição dos prédios históricos , além de funcionar como referência local para milhares de ribeirãopretanos e visitantes.
 
 
 Cemitério da Saudade de Ribeirão Preto
 O Cemitério da Saudade está localizado no Bairro mais populoso de Ribeirão Preto: Campos Elíseos, no quadrilátero formado pela avenida da Saudade e ruas Flavio Uchoa, Luiz Barreto e Fernão Salles.
Nas quatro entradas estão localizados guaritas e banheiros públicos, sendo que na entrada principal – pela avenida da Saudade – fica a área administrativa. 

Nasceu para suprir as necessidades urbanas da cidade de Ribeirão Preto, que se encontrava numa fase de expansão advinda da simbiose café-ferrovia. Ele foi construído no bairro dos Campos Elíseos, que na época, assemelhava-se bastante ao bairro paulistano do Brás, dado ao constante movimento de operários nesta parte da cidade. Ele segue o modelo de planta padrão composto por quadras alinhadas e seqüenciadas. Trata-se de uma cidade em miniatura com vias de acesso a um prédio principal, que no caso é a Capela. Esse local público está imbuído de elementos cívicos e religiosos. 

Esse cemitério convencional secularizado nos deixa nítidas a exaltação da morte, a intolerância de perder um ente próximo e também a imortalização dos mesmos através dos monumentos ali instalados. Ele é considerado um patrimônio histórico-cultural, já que a antiga necrópole tem muito a nos revelar através de sua diversidade arquitetônica. Vê-se que no silencio dos símbolos presentes, produziu-se certo gosto artístico facilmente assimilado pela população local: o neoclássico, o ecletismo, o realismo e o art nouveau. Os túmulos construídos no fim do século XIX e inicio do século XX contém uma série de imagens e adornos cultuados pelas pessoas, segundo sua formação religiosa e moral. Há o predomínio de símbolos cristãos, como as imagens de anjos, santos e santas. Suas expressões plásticas nos revelam diferentes períodos que a cidade vivenciou, dentre eles o auge do café com seus coronéis; as diversas crises, como por exemplo, a de 1929; as epidemias de febre amarela e de varíola; o ciclo da cana-de-açúcar e da agroindústria, enfim ficam expressas as diferenças sociais dentro de um mesmo recinto repleto de memórias. Nos túmulos modernos também persiste o despertar dos mais profundos e significativos sentimentos, que contribuíram para construir o “inconsciente coletivo” da sociedade ribeirão pretana. Apesar das demolições e do abandono de alguns túmulos, ainda existem alguns monumentos importantes que podem ser avaliados dentro do aspecto turístico, arquitetônico e histórico, potencializando dessa forma a visita ao Cemitério da Saudade. 

Dentre as personalidades ilustres enterradas no Cemitério da Saudade estão – os políticos Antonio Duarte Nogueira, Costábile Romano, Fábio de Sá Barreto, João Rodrigues Guião, Joaquim Camilo de Moraes Mattos, Orlando Jurca Condeixa Filho, Veiga Miranda; – as famílias Martins, Maciel, Delgado, Junqueira, Alves Ferreira, Penteado, Lemos do Val, vinculadas à monocultura cafeeira – os comerciantes bem sucedidos como os da família Espinelli, os da família Rocha e os da família Biagi; – os artistas e intelectuais Leonello Berti, Jirges Dieb Ristum, Pedro Manuel Gismond; – os marmoristas que constituíram muitos túmulos no local, Carlo Barberi, Antonio Roselli, João de Bortolli e Amleto Belloni. Os mais religiosos podem visitar os túmulos de Dom Aparício, Padre José Alsemi e das Irmãs Ursulinas. Também encontramos túmulos de romarias, como os da Menina Piedade, do Menino Zezinho e da Nossa Senhora da Cabeça. A grande parte anônima da cidade encontra-se enterrada nas gavetas de muro dispostas em fileiras, decoradas de modo muito particular pelos parentes-proprietários que expressam seus sentimentos de acordo com o gosto estético popular e particularizado. 


No interior do cemitério tem uma Capela e um Cruzeiro com local próprio para queimar velas.

Novidade:
Implantação de monitoramento por câmeras

Serviços:
- Sepultamento
- Exumação
- Inumação
- Construção
- Limpeza, Manutenção e Vigilância


Dados Técnicos:
- Inaugurado no dia 30 de setembro de 1.893
- Área de 100.000 m²
- 7.500 jazigos (sem área para novas concessões)
- 2.622 gavetas ossuárias (muro)
- 126.868 pessoas sepultadas até 17/10/2013.


Horário de Funcionamento:
Visitantes: das 7h às 18h
Administração: das 7h30 às 17h30
Sepultamentos: das 8h às 11h e das 13h às 17h


Missas:
- Todas as segundas-feiras, às 8h
- Dia de "Finados"
- 7h30 – Frei José Ricardo Terêncio
- 9h – Dom Moacir da Silva
- 16h – Frei Mauro Luiz de Oliveira
- No dia de "Finados" haverá tendas com aferição de pressão, massagista, Anjo e músicas no palco central nos intervalos entre as missas.


Túmulos mais visitados:
- Menino Zezinho - Q.12 Sep.1632
- Túmulo das Almas - Q.27 e Q.16
- Túmulo dos Padres - Q.08
- Menina da Piedade - Q.15
- Alfredo Condeixa Filho - Q.18 Sep.1551
- Antonio Duarte Nogueira - Q.03 Sep.5084
- Associação Olivetanos do Mosteiro São Bento - Q3 Sep.960
- Camilo de Mattos - Q.10 Sep.1274
- Costabile Romano - Q.07 Sep.6027
- Dom Aparício - Q.18 Sep.2477
- Dom Giovanni Rabaioli - Q.07 Sep.586
- Fabio Barreto - Q.07 Sep.866
- Geraldo Correa de Carvalho - Q.10 Sep.374
- Irmandade Servas Jesus Sacercote - Q.23 Sep.6165
- Irmãs Ursulinas - Q.07
- Loja Maçônica Estrela D'Oeste - Q.03
- Loja Maçônica Abolição e Independência - Q.12
- Loja Maçônica Luz de Ribeirão Preto - Q.04 Sep.8578
- Missionários Filhos do Coração de Maria - Q.18 Sep.5773
- Nossa Senhora da Cabeça - Q.22
- Padre Francisco Paulo Sino - Q.06 Sep.5699
- Padre Jose Anselmi - Q.10
- Policia Militar - Q.27 Sep.3227
- Policia Rodoviária - Q03 Sep.5014
- Sinhá Junqueira - Q.21 Sep.2011
- Veiga Miranda - Q.18 Sep.1848


Fonte: artefunerariabrasil
 
 
 
Categorias
0
Cemitérios
Cidades
Ciência
Cultura e Lazer
Dicas
Economia
Educação
Esporte
Gastronomia
Iphone
Meio Ambiente
Moda
Mundo
Natureza
Notícias
Parques
Planeta Bizarro
Política
Prefeituras
Saúde
Tecnologia
windows 10
posts bloguei Posts
Setembro de 2010 5  postagens    
Fevereiro de 2011 5  postagens    
Março de 2011 26  postagens    
Maio de 2011 19  postagens    
Julho de 2011 11  postagens    
Agosto de 2011 11  postagens    
Janeiro de 2012 19  postagens    
Julho de 2012 8  postagens    
Outubro de 2012 1  postagens    
Novembro de 2012 8  postagens    
Maio de 2013 4  postagens    
Junho de 2013 16  postagens    
Outubro de 2013 1  postagens    
Novembro de 2013 1  postagens    
Dezembro de 2013 1  postagens    
Janeiro de 2014 4  postagens    
Junho de 2014 9  postagens    
Agosto de 2014 1  postagens    
Setembro de 2014 1  postagens    
Novembro de 2014 1  postagens    
Dezembro de 2014 5  postagens    
Janeiro de 2015 7  postagens    
Fevereiro de 2015 36  postagens    
Março de 2015 19  postagens    
Abril de 2015 17  postagens    
Maio de 2015 29  postagens    
Junho de 2015 16  postagens    
Julho de 2015 44  postagens    
Agosto de 2015 73  postagens    
Setembro de 2015 214  postagens    
Outubro de 2015 238  postagens    
Novembro de 2015 198  postagens    
Dezembro de 2015 125  postagens    
Janeiro de 2016 70  postagens    
Fevereiro de 2016 125  postagens    
Março de 2016 126  postagens    
Abril de 2016 28  postagens    
Junho de 2016 1  postagens    
Todos os Posts
 
Untitled Document