bloguei
  Eu blogo, tu blogas, ele bloga, nós blogamos e todos dão opinião.
bloguei Ribeirão Preto Dicas, Notícias e Muito mais...
 
 Confiança do comércio cai de novo e atinge menor nível da história, diz FGV
Em agosto, o índice recuou 4,1%, aos 86,1 pontos.
Queda foi determinada pela piora da percepção ante o momento atual.

A confiança do comércio diminuiu novamente de julho para agosto, segundo pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgada nesta segunda-feira (31). O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) recuou 4,1% e atingiu 86,1 pontos, o mínimo histórico da série iniciada em março de 2010. Segundo a FGV, a fase de desaceleração do comércio persiste neste início de segundo semestre. Em julho, o índice recuou 1% e atingiu 89,8 pontos.

A queda da confiança em agosto foi determinada pela piora da percepção dos empresários em relação ao momento atual. O índice da situação atual, que retrata o grau de satisfação com a demanda, recuou 12,1%, chegando aos 56,5 pontos, o menor nível da série.

Já o índice de expectativas avançou 0,4% em agosto, atingindo 115,7 pontos. A alta sucede quedas de 1% e 4,6%, respectivamente, em junho e julho, mas é insuficiente para inverter a tendência de queda do indicador. A melhora foi influenciada pela evolução do indicador que mede o grau de otimismo em relação à evolução da situação dos negócios nos seis meses seguintes, que avançou 1,8% em relação ao mês anterior.

“A deterioração da percepção sobre o nível atual de demanda mostra que o comércio continua enfrentando dificuldades no terceiro trimestre. No terreno das expectativas, a diminuição pontual de pessimismo em relação ao horizonte de seis meses é um resultado favorável mas, por enquanto, insuficiente para sinalizar uma inversão de tendência, considerando-se as previsões cada vez mais negativas para a evolução do pessoal ocupado no setor”, disse Aloisio Campelo Jr., superintendente adjunto para ciclos econômicos da FGV/IBRE.

Fonte: Globo.com
 
 
 Sempre fui destemida, diz primeira piloto de avião sem braços da história.
"Sempre fui destemida", diz 1ª piloto de avião sem braços da história

Jessica Cox, de 32 anos, nasceu sem braço, mas pratica artes marciais e aprendeu a pilotar um avião sem o uso de próteses. Conheça a história da mulher que entrou para a história da aviação

A primeira coisa que você nota sobre a americana Jessica Cox, 32, é que ela não tem braços. Tudo bem, ela está acostumada os olhares. Mas quando você conhecer a primeira piloto sem braços e faixa preta do mundo, você descobre que a deficiência não define quem ela é.
Cox nasceu sem os membros e logo cedo se adaptou à sua condição. Os médicos não encontraram uma explicação para seu caso. Ela pratica esportes regularmente e trabalha como palestrante motivacional.  À Marie Claire americana, Cox falou sobre sua rotina e como entrou para a história da aviação.


MC: Ser a primeira pessoa sem braços a pilotar um avião é bastante impressionante.
JC: Se você me perguntasse sobre a obtenção de uma licença de piloto antes de 2005, eu diria que você estava louca. Depois de me formar na faculdade, um piloto de caça me perguntou se queria voar em um monomotor. Sempre tive um medo de estar em um avião, mas aceitei a oportunidade. Fiquei viciada e fiz um comentário sobre me tornar um piloto. Queria motivar os outros a não deixarem o medo ficar no caminho das oportunidades.

MC: De que exatamente você tinha medo?
JC: Bem, era perder o contato com o solo, não a altura em si. Sempre fui destemida, eu gostava de escalar e olhar para baixo a partir de novas alturas. Mas talvez fosse a falta de controle [que deu medo].  Logo aprendi que, se você pode voar um avião com competência, você pode voar com segurança, mesmo se algo acontecer.

MC: Em seu site, está escrito: "Foram necessários três estados, quatro aviões, dois instrutores de voo e um ano desanimador para encontrar a aeronave certa." Por que demorou tanto tempo até conseguir a licença em 2008?
JC: Não só era um medo emocional, que não me parou, mas era mais um desafio logístico. Aviões não são projetados para serem pilotados com os pés. Eu voei em um Ercoupe, que é o único sem pedais no leme. Ele não é um avião que foi modificado por mim, ele não foi construído para mim. Eventualmente encontrei um Parrish Traweek com o qual treinei, pois  possuía seguro que permitia uso por estudantes.

MC: Como é estar no ar?
JC: Decolar não é nada assustador, mas aterrissar, sim. Quando está no ar, você sente aquela sensação de liberdade sem limites.

MC: Você não é um caso de amputação, pois nasceu sem braços e sem explicação médica. Foi frustrante não ter nenhuma compreensão sobre seu corpo quando era mais jovem?
JC: Me incomodou um pouco porque estava muito insistente em encontrar uma resposta. A maioria das crianças são curiosas sobre o que os torna como são. Fui até minha mãe e perguntei: "Por que estou diferente? Tem tantas pessoas ao meu redor com braços ..." Pelo que vi, eu era a única que não tinha. Foi um tempo especialmente difícil para a minha mãe. Meus pais não tinham ideia de que eu iria nascer com uma deficiência. Ela teve uma gravidez normal e ela estava animada que seria primeira menina. Na maioria das vezes, é mais [chocante] para os pais do que a criança, porque ela não conhece nada diferente. Este é o meu normal e eu amadureci para aceitar [a condição].

MC: Você optou por alguma prótese?
JC: Usei aos 11 anos. Elas se tornaram parte da minha rotina diária: Eu as colocava assim como vestia um casaco (ou equipamento de futebol) para a escola. Eu tinha muita paciência com elas e com a terapia, mas eu não gostava. Minha mãe sabia disso, mas ouviu do especialista que eu precisava delas durante o desenvolvimento. Os médicos diziam que se eu não aprendesse a usá-las enquanto  era mais jovem, não havia nenhuma chance de que seria capaz de usá-los na vida adulta. Eles tinham que ter certeza de eu teria esta opção. Veio o oitava ano, aos 14, e eu me livrei delas.

MC: Por que você decidiu finalmente abandoná-las?
JC: É difícil explicar isso para alguém com braços, você não consegue imaginar algo diferente. Como nasci assim, pareceu mais natural fazer tudo com os pés. Além disso, não há nada como a sensação de sentir as coisas com carne e osso.  Senti-me muito estranha com as próteses. Você as coloca nos ombros e apoia com o peitoral. Elas são pesadas ​​e desconfortáveis. Se alguém lhe dá um abraço, você não quer perder o toque. Elas foram mais como uma gaiola para mim.

MC: Assisti ao vídeo em que você toca piano, come com hashi, digita em um teclado, tudo com os pés. Como você treinou para fazer todas essas atividades consideradas "normais"?
JC: Não vi isso como um treinamento, mas como adaptação, assim como uma criança de 3 anos de idade aprende as letras na pré-escola. Todo mundo aprende durante a infância na fase de desenvolvimento, e eu passei por todos os estágios normais. Houve um pouco de atraso para engatinhar [e andar], porque a maioria das crianças usa os braços para se apoiar nos móveis e se levantar. Eu fiz terapia para aprender a andar e, provavelmente, comecei a [andar] de dois a três meses mais tarde do que as crianças em geral.

MC: E para se vestir?
JC: Ah sim, se vestir é um processo. Eu sempre digo que é a tarefa física mais difícil para alguém sem braços. Colocar uma camisa não foi nada demais, mas vestir calças e calcinha foi uma questão quando era criança. Levei de 10 a 11 anos de descobrir um sistema que iria funcionar. Eu uso um gancho que prende na parede, parecido com aqueles que ficam atrás das portas para pendurar roupas. Posso levar para qualquer lugar que for.

MC: Basicamente, você arrebenta na vida e também é faixa preta. Por que você quer começar a praticar taekwondo?
JC: Quando tinha 10 anos, minha mãe matriculou a mim e meus irmãos no taekwondo porque pensou que seria uma maneira fenomenal de fazermos algo juntos como família. Além disso, eu tendia a aliviar minha raiva e frustração em chutes e, infelizmente, meus irmãos eram os alvos. Minha mãe precisou me colocar em algo que canalizaria minhas emoções de uma forma muito positiva, e, de acordo com o meu irmão, realmente ajudou.
Eu imaginei que iria conseguir a faixa-preta, e quatro anos mais tarde consegui a minha na  Federação Internacional de Taekwondo. Eu parei por um tempo e voltei novamente na faculdade. Eu me matriculei numa escola e ganhei a minha segunda faixa preta na Associação Americana de Taekwondo. Tenho praticado desde o segundo ano da faculdade, em 2002, e agora sou um faixa preta de terceiro grau.


Fonte: revistamarieclaire.globo.com
 
 
 Ministério da Saúde lança aplicativo do Sistema Único de Saúde (SUS)
Paciente pode trocar informações com médicos e ver registros de pressão.
Aplicativo permite o usuário ter o Cartão SUS na versão digital.

O Ministério da Saúde lançou uma versão digital do Cartão SUS, que é a identidade do cidadão no Sistema Único de Saúde. O aplicativo disponibiliza ferramentas importantes como o controle da aferição de pressão e medição de glicemia, o que é essencial para quem tem diabetes e hipertensão.

Ao preencher as informações, a ferramenta mostrará os últimos registros de pressão máxima e mínima e também a evolução das taxas de glicemia. O aplicativo já está disponível para smartphones com sistema Android e a previsão é de que em novembro ele já esteja disponível na Apple Store.

Os usuários também podem indicar se possuem alguma alergia, informar se faz uso contínuo de medicamentos, adicionar contatos de emergência e compartilhar as informações com médicos por quem estejam sendo acompanhados.

Como emitir o Cartão SUS
Para descobrir o número do Cartão, o cidadão pode entrar no aplicativo, informando seu número de CPF e data de nascimento. Quem ainda não tiver o Cartão SUS, pode fazer o cadastro e emitir pelas unidades de saúde pública que prestam atendimento nos estados e municípios. É necessário informar o nome do usuário do SUS, o nome da mãe, o sexo, raça e etnia, o município de naturalidade, a data de nascimento e o endereço.

As unidades da rede pública de saúde devem prestar atendimento à população independentemente da apresentação do cartão. Se o paciente não tiver o cartão (digital ou em mídia plástica) ou mesmo o número, o registro pode ser feito no momento do atendimento. Isso vale tanto para as unidades públicas como privadas.

O objetivo do novo aplicativo é trazer economia para os cofres públicos, já que, só em 2014, o Ministério da Saúde destinou R$ 4 milhões para a compra de mais de 13 milhões de mídias plásticas do cartão.

Fonte: http://g1.globo.com/
 
 
 Índice de mamografias no Brasil está abaixo da média mundial
Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 40% das mulheres brasileiras, de 50 a 69 anos de idade, não fazem mamografia.

Essa faixa etária é definida como prioritária para a realização do exame preventivo pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que recomenda que pelo menos 70% das mulheres sejam avaliadas periodicamente.

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. Dados do Instituto do Câncer (Inca) apontam que, no Brasil, as taxas de mortalidade continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estágios avançados.

Na população mundial, 61% das pacientes sobrevivem após cinco anos de diagnóstico.

Para Ruffo de Freitas Junior, presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia, o número de mulheres que não fazem o exame é preocupante. “Melhorou muito em relação ao passado, mas ainda não atingimos a meta da OMS, que é de 70%. Hoje, temos mamógrafos suficientes no país mas, infelizmente, eles estão mal distribuídos. A maioria está nas grandes cidades e capitais, ficando boa parte da população do interior e de pequenas cidades descoberta, com impossibilidade de fazer o exame de maneira rápida”, afirma.

De acordo com o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), existem 2.507 mamógrafos em uso no SUS. O parâmetro é de um mamógrafo para cada 240 mil habitantes, portanto a necessidade corresponderia a  833 equipamentos.

Segundo o Ministério da Saúde, o total de exames realizados entre mulheres de 50 e 69 anos aumentou 61,9% entre 2010 (1.547.411) e 2014 (2.506.339). Já em números totais de exames (em todas as faixas etárias), o aumento somou 41,8% entre 2010 (3.035.421) e 2014 (4.304.619). Até junho deste ano, foram realizados 1.820.195, dos quais 1.071.531 na faixa etária prioritária, 50 a 69 anos.

A Pesquisa Nacional de Saúde mostrou que o maior número de mamografias foi realizado por mulheres brancas (66,2%) e com superior completo (80,9%). As menores proporções foram observadas em mulheres negras (54,2%), pardas (52,9%) e com fundamental incompleto (50,9%). A região Norte registrou a menor proporção de mulheres que haviam feito o exame (38,7%), seguida das regiões Nordeste (47,9%), Centro-Oeste (55,6%), Sul (64,5%) e Sudeste (67,9%).

Para Ruffo de Freitas Junior, outro ponto importante é o medo que as mulheres têm de fazer a mamografia.

“Há o medo da dor, do desconforto e o medo de encontrar um câncer. São aspectos que mostram que a mulher por si só, sem ser estimulada, não fará o exame”, comenta.

O presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia lembra que a mamografia é o único exame que pode reduzir a mortalidade por câncer de mama. A partir dos 40 anos, ele recomenda que o procedimento seja feito anualmente.

"Temos alguns dados que mostram que a mortalidade por câncer de mama está aumentando no interior de vários estados, diferentemente das capitais. Em Porto Alegre, no Rio de Janeiro [capital], em Belo Horizonte e no Recife, a mortalidade começa a cair. Entretanto, no interior, há falta de mamógrafos e de estrutura. Temos uma mortalidade por câncer de mama crescente e esse é um dos números mais drásticos que mostram a diferença entre as grandes cidades e os pequenos centros”, declara.

O Ministério da Saúde informou que, em outubro de 2012, foi lançado o Programa de Mamografia Móvel no SUS, que tem como objetivo aumentar a cobertura mamográfica em todo território nacional. Atualmente, há 12 unidades habilitadas, sendo cinco na Bahia, quatro no Distrito Federal e três no Tocantins.

De acordo com o ministério, de 2010 a 2014, o gasto para fortalecer a rede de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer no país aumentou 45%. Em 2010, foram repassados R$ 2,3 bilhões para tratamentos como quimioterapia, radioterapia e cirurgia oncológica, e para diagnósticos como o exame citopatológico e as mamografias. No ano passado, a despesa subiu para R$ 3,3 bilhões.


Fonte: cenariomt.com.br
 
 
 Confira as Smart TVs mais em conta no Brasil e escolha o seu tipo
As Smart TVs são as novas queridinhas do público, mas nem todo mundo tem dinheiro para bancar um modelo top de linha. Porém, temos uma excelente notícia: há sim boas opções no mercado que não custam uma fortuna. Infelizmente nenhuma sai por menos de R$ 1 mil, mas preparamos uma lista que caberá com mais facilidade dentro do seu orçamento.

Confira algumas opções de Smart TV com configuração de respeito para quem não quer gastar muito. 

Samsung UN40F5500
Custando em torno de R$ 1.500, o modelo de 40 polegadas da Samsung oferece bons recursos para quem quer custo-benefício em uma TV de LED. Com resolução Full HD e 120Hz de CMR, ela conta com Wi-Fi embutido, Função Futebol  e o sistema Smart Hub da Samsung, que permite acesso rápido a aplicativos e outras funções. De entradas ela vem com três HDMI, duas USB e uma RJ-45. A TV também permite  reprodução de vários tipos de arquivos de vídeo, como .MOV ou .MKV, pelo pendrive,  além de contar com reprodução via DLNA.


Philco PH32U20DSGW
O modelo de 32 polegadas da Philco oferece um excelente custo-benefício para quem quer TVs menores.Podendo ser encontrada em torno de R$ 1 mil em promoções, ela conta com tela IPS de LED com resolução HD, 120Hz BMR e Wi-Fi embutido. Ao todo são 2 entradas HDMI,  2 USB e uma entrada de rede RJ-45. Ela também tem suporte para reprodução de arquivos pelo pendrive e reprodução via DLNA, além de aplicativos como Netflix e Youtube.


Panasonic Viera TC-32AS600B
Outra ‘baratinha’ de 32 polegadas, o modelo da Panasonic também é uma boa opção para quem precisa de uma smart tv um pouco menor. Com resolução HD, tela de LED LCD e 120Hz de BMR, o modelo conta com Wi-Fi embutido e aplicativos como o Netflix, Facebook e Twitter. Ela possui duas entradas HDMI, duas USB e uma RJ-45. Também oferece reprodução de arquivos via pendrive e DLNA, além de espelhamento da tela do smartphone via Miracast. Ela pode ser encontrada por cerca de R$ 1.100


Semp Toshiba DL 40L5400
Custando cerca de R$ 1.500, o modelo de 40 polegadas da Semp Toshiba tem alguns recursos interessantes. O melhor deles sem dúvidas é o atalho no controle para os aplicativo do Netflix . O outro é a possibilidade de gravar o conteúdo da TV em um pendrive ou HD externo. Ela tem resolução Full HD a 60Hz, Wi-Fi integrado e navegador desenvolvido pela Opera. O modelo conta com três entradas HDMI,  duas USB e saída para fones de ouvido.

LG 42LF6400
Podendo ser encontrada por cerca de R$ 1.800, o modelo de 42 polegadas da LG tem bons atrativos. Ela roda o Web OS, considerado um dos melhores sistemas para TV, tem tecnologia 3D e possibilidade para gravar conteúdo em pendrive ou hd externo. O modelo tem tela IPS com resolução Full HD, Wi-Fi integrado e compatibilidade com dispositivos Miracast. Entre as conexões ela possui três HDMI, três USB e entrada de rede RJ-45.
 
 
 Após queda no PIB do segundo tri, economistas pioram projeção para 2015 e 2016
Pesquisa Focus, realizada pelo Banco Central, mostra segunda queda seguida na expectativa para a inflação de 2015; para o ano que vem, nova alta.

RIO - Os economistas ouvidos pelo Banco Central (BC) na pesquisa Focus mais uma vez reduziram as perspectivas para o PIB. A projeção para o resultado da atividade econômica neste ano caiu pela sétima semana seguida, passando de -2,06% para -2,26%. Para 2016, a previsão piorou pela quarta semana consecutiva: em vez de um recuo de 0,24%, como previsto no último boletim, agora, espera-se uma baixa de 0,40%.

Já a projeção para a inflação de 2015 foi aliviada pela segunda semana seguida, após uma maratona de 17 altas consecutivas. O número, no entanto, ainda é muto alto: 9,28%. A expectativa para o ano que vem, por outro lado, foi elevada pela quarta semana, a 5,51%.

A queda de 1,9% no PIB do segundo trimestre deste ano, divulgada na última sexta-feira pelo IBGE, foi maior do que a prevista por analistas. Economistas consultados pela agência de notícias Bloomberg estimavam, na média, uma retração de 1,7%. Isso levou a revisões imediatas do resultado para o ano. Logo após a divulgação do instituto, bancos e consultorias anunciaram novos números: o pior deles prevê que a atividade econômica encolherá 2,7% este ano. A piora nas projeções da pesquisa Focus, no entanto, ainda não devem ter capturado o impacto do resultado do PIB. Por isso, tendem a ser ainda piores no relatório que será divulgado na segunda-feira que vem.

A deterioração das projeções para o PIB de 2015 também puxa para baixo a expectativa para o ano que vem. Há apenas quatro semanas, a pesquisa do BC mostrava que a economia encolheria menos de 2% em 2015, com um recuo de 1,80%. O dado referente a 2016 ainda aparecia no azul, com uma projeção de leve expansão da atividade econômica de 0,20%. Quando o número de deste ano ultrapassou a barreira dos 2%, com perspectiva de encolhimento de 2,01%, a projeção do ano seguinte também entrou no vermelho, em -0,15%.

Já a inflação de 2015 deu trégua pela segunda semana seguida. Em vez de 9,29%, a expectativa para este ano é que o IPCA fique em 9,28%. O relatório divulgado na semana passada mostrara, pela primeira vez desde abril, uma redução na expectativa para o índice oficial de preços este ano.

Por outro lado, houve piora pela quarta semana seguida na perspectiva para a inflação no ano que vem. Em vez de um IPCA de 5,50%, os economistas apostam que a taxa fique em 5,51% — acima da meta de inflação do Banco Central, que é de 4,5%, podendo variar dois pontos para cima ou para baixo.

Em relação ao dólar, o relatório Focus mostrou a manutenção da taxa de câmbio prevista tanto para o fim de 2015 quanto para 2016. Depois de cinco altas seguidas, os economistas mantiveram em R$ 3,50 o valor esperado para a moeda americana em dezembro deste ano. Já para o ano que vem, a previsão foi mantida pela segunda semana consecutiva em R$ 3,60.

A taxa básica de juros, a Selic, deve ser mantida no atual patamar, de 14,25%, segundo os economistas, que não alteraram essa projeção pela quinta semana seguida. Para o ano que vem a pesquisa mostrou manutenção da expectativa em 12%. O Comitê de Política Monetária (Copom) vai se reunir nesta semana.


Fonte: oglobo.globo.com
 
 
 Secretaria Municipal de Saúde prorroga campanha de vacinação contra a Poliomelite
Capital está longe de atingir meta contra a paralisia infantil. Pouco mais de 50% das crianças foram imunizadas em Belo Horizonte

Os belo-horizontinos terão um prazo maior para vacinar as crianças contra a Poliomelite (conhecida popularmente como paralisia infantil). A prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informou na tarde desta segunda-feira que a campanha, que terminaria hoje, será estendida até a próxima sexta-feira. Conforme balanço divulgado pela PBH, até o momento foram vacinadas 70.974 crianças de seis meses a 4 anos de idade, o que representa 55,9% do público-alvo. A meta da Prefeitura de Belo Horizonte é vacinar 126.863 crianças. 

Na última sexta-feira, a Secretaria de Estado de Saúde (SES), mais de mais de 400 mil crianças ainda não haviam sido vacinadas contra a doença em Minas Gerais. Pouco mais de 740 mil crianças foram tinham sido imunizadas da doença em todo o estado, o que representava 64% do público prioritário da campanha. 

Para vacinar, é preciso ir a um Posto de Saúde do SUS e levar a Carteira de Vacinação da criança. Assim, o profissional de saúde verificará também se o calendário de imunização está em dia. Mesmo os pais ou responsáveis que não puderem levar a carteirinha, poderão vacinar a criança sob a prerrogativa de fazer outro cartão.
 
 
 Conheça o avião do futuro que irá decolar na vertical
Uma startup americana está desenvolvendo um avião particular que pousa e decola verticalmente, como um helicóptero. Chamado de TriFan 600, o avião da XTI Aircraft tem capacidade para cinco pessoas (mais o piloto) e sua velocidade máxima será de 629 km/h.

O TriFan 600 terá três dutos que o impulsionam para cima, na posição vertical. Após a decolagem, duas hélices mudam da posição paralela para a perpendicular para que o avião seja impulsionado para a frente.

Segundo o site da startup, o avião poderá decolar em 90 segundos e chegar a uma altitude de 9.100 metros. Além disso, o TriFan 600 economiza 2,3 horas de voo para o passageiro, quando comparado com helicópteros. A autonomia de voo da aeronave deverá ficar entre 1.200 e 1.900 quilômetros.

A startup pretende fazer uma pré-venda do avião -- que custará entre 10 milhões e 12 milhões de dólares. Os interessados poderão fazer um depósito reembolsável e reservar um TriFan 600. Ainda não há data para o início da fabricação do avião.
 
 
 Mergulhador registra batalha de cobra e peixe venenoso na Austrália
Um praticante de pesca submarina australiano capturou uma bizarra batalha entre um dos peixes mais venenosos do mundo e uma cobra mortal.

O caso aconteceu na última quinta-feira no litoral de Darwin, no norte da Austrália.

Rick Trippe avistou uma cobra do mar enrolada no que seria um peixe-pedra.

As fotos da batalha rapidamente viralizaram na internet.

Em entrevista à BBC, Trippe disse que estava mergulhando perto dos destroços de um navio da 2ª Guerra Mundial no porto de Darwin quando registrou a cena incomum.

Trippe disse que aproveitou sua experiência de remover cobras de galinheiros para retirar as estranhas criaturas da água, agarrando a cobra marinha pela boca.

"Posso ser bobo, mas não sou louco. Sabia que aquilo era perigoso. Mas também sabia que se eu agarrasse aqueles animais, não seria mordido", disse Trippe.

"Podia ouvir o peixe reclamando; então devolvi os dois para a água, mas a cobra voltou a se engalfinhar com o peixe", disse ele.

Não se sabe o que aconteceu com os animais depois disso.

O veneno expelido pelos 13 espinhos das escamas do peixe-pedra pode matar um ser humano em duas horas se o socorro não foi imediato.

Trippe disse já ter se deparado com cenas estranhas na costa de Darwin.

Há duas semanas, ele fez parte de uma equipe que ajudou a resgatar um cavalo encontrado à deriva.
 
 
 Em cidades grandes, 52% das obras do PAC Saneamento têm problemas
Levantamento do Trata Brasil analisa obras de água e esgoto do PAC 1 e 2.
Problemas em projetos e licitações são apontados como motivo para atraso.

A maioria das obras de água e esgoto do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) nas grandes cidades do país está em situação inadequada em relação a seus cronogramas, aponta um estudo do Instituto Trata Brasil divulgado nesta terça-feira (1º) e referente a 2014.
Das 337 obras planejadas para os municípios acima de 500 mil habitantes (41 cidades no total), 175 (52%) estavam paralisadas, atrasadas ou ainda não haviam sido iniciadas em dezembro do ano passado.
Já 29,1% dos projetos analisados (ou 98 obras) estavam concluídos no final de 2014. Desse total, porém, 19 obras estavam fisicamente prontas, mas ainda apresentavam pendências e não haviam sido entregues para uso público.
“As obras de água e esgoto formam uma amostra muito relevante do PAC, de R$ 21,1 bilhões, e isso é muito dinheiro. Escolhemos o recorte de cidades grandes porque teoricamente elas sabem fazer projetos, licitações. Isso agrava o quadro, pois apesar de notarmos um avanço nas obras concluídas, metade delas ainda têm problemas”, diz o presidente do instituto, Édison Carlos.
De acordo com o levantamento, os principais problemas citados pelos tomadores dos recursos das obras que estão em situação inadequada são atrasos na elaboração de projetos executivos e em licitação, dificuldades e demora na obtenção de licenças de órgãos ambientais, adiamentos por conta da crise hídrica, entre outros.

Fases do PAC
Segundo Carlos, os status das obras de cada fase do PAC são distintos e devem ser analisados de forma separada.
Das 337 obras monitoradas, 213 são do PAC 1. O levantamento aponta que 45% das obras estavam concluídas, mas 42% estavam paralisadas ou atrasadas. Já entre os 124 projetos do PAC 2, os números são ainda mais preocupantes: apenas 2% estavam concluídos. Além disso, 41% ainda não haviam sido iniciados.
“Quando fazemos a soma das duas fases, o 2 puxa o resultado geral para baixo. E mesmo o 1 puxando o resultado para cima com o percentual de obras concluídas, não podemos ignorar que 42% das obras ainda têm algum tipo de problema”, diz o presidente.
Carlos também destaca os problemas específicos de cada fase. “Quando o PAC do Saneamento começou, em 2007, o setor vinha de duas décadas sem investimentos. Assim, os projetos que foram aprovados eram projetos engavetados que precisavam ser readequados. Isso leva tempo e atrasa o processo”, diz.

Com o PAC 2, anunciado em 2011, o setor esperava que a execução fosse ser mais rápida, já que todos já tinham a experiência de participar da primeira fase. Os dados, porém, mostram outra realidade. “Comparada com a fase 1, [os contratos do PAC 2] são novos, mas é preocupante perceber que muitas obras nem começaram. Era para ser melhor que o PAC 1, mas o PAC 2 sofre de burocracia muito forte, excessiva. Sofre de lentidão de aprovação de projeto e de licitação, bem como de obtenção de licenças ambientais”, comenta Carlos.
Evolução com problemas
Da amostra total, 181 são obras de esgoto. Neste recorte, o percentual de obras inadequadas é ainda mais alto que a média das obras de saneamento no geral: 54% dos projetos estavam paralisados, atrasados ou ainda não foram iniciados.
Entre 2013 e 2014, houve um aumento no número de obras paralisadas, que passaram de 34 (19%) para 38 (21%). Ao mesmo tempo, porém, houve queda nas obras atrasadas - de 32 (18%) para 30 obras (17%). O percentual de obras concluídas também cresceu, passando de 15% para 26%.
“Houve uma evolução nas obras de esgoto, mas isso era esperado, pois muitas obras estavam bem avançadas quando fizemos esta análise no ano passado”, diz Carlos. “Mas o que percebemos é que as obras problemáticas ficam ‘saltando’ entre os status. De atrasada para paralisada, depois volta para atrasada, e assim vai. O que vai mudando nos percentuais é que as obras com andamento normal vão sendo concluídas.”

Já entre as 156 obras de água da amostra do levantamento, os números são ligeiramente melhores: 33% estavam concluídas e outras 17% estavam em situação normal de andamento. “Há sempre um interesse maior das autoridades de fazer obras de água, pois a população reconhece mais esses projetos que os de esgoto”, diz Carlos.
Apesar disso, 50% das obras estavam em situação inadequada - 19% paralisadas, 17% atrasadas e 14% não iniciadas.
“As obras de água costumam ser maiores e, por isso, tem chance de encontrar mais problemas no terreno e na execução. Há uma burocracia muito grande na forma como o projeto é aprovado. A equipe faz a sondagem de solo e registra que é fácil de escavar. Mas, se durante a obra encontra uma rocha e precisa fazer a detonação, isso faz o projeto parar e voltar tudo para trás, forçando uma reprogramação. Um episódio que devia ser rápido se torna muito burocrático”, diz Carlos.
O Ministério das Cidades foi contatado para comentar os dados do levantamento do Instituto Trata Brasil, mas não respondeu até a publicação desta matéria.
Veja abaixo as obras da amostra do estudo que estavam em situação inadequada em dezembro de 2014:
ESGOTO
Atrasada
- Aracaju (SE) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BAIRRO ARUANA - emissários, ligações prediais, rede, estações elevatórias.          
- Aracaju e Barra dos Coqueiros (SE) - AMPLIACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - rede, coletores tronco, ligações domiciliares.              
- Belém (PA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - RECUPERACAO DA ESTACAO ELEVATORIA FINAL DO
ESGOTO DA AREA CENTRAL              
- Belém (PA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - BACIA DO UNA- ETE             
- Brasília (DF) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO EM SAMAMBAIA - Unidade de Gerenciamento de Lodo na ETE Melchior              
- Brasília (DF) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - SOBRADINHO, SETOR DE MANSÕES E NOVA COLINA - rede, ramais prediais, estações elevatórias, linhas de recalque.     
- Curitiba (PR) - IMPLANTACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - BACIAS DOS RIO IGUACU, BELÉM, FORMOSA, PADILHA E BARIGUI - recalque, rede, ligações domiciliares              
- Duque de Caxias (RJ) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - BAIRRO DA PAVUNA - rede, ligações.            
- Goiânia (GO) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - interceptor, linha de recalque, rede.            
- Goiânia (GO) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - rede, ligações prediais, interceptor e ETE.           
- Guarulhos (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - VERTENTE 2 ETE SÃO MIGUEL - coletores tronco, estações elevatórias, redes.             
- Guarulhos (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - SISTEMAS S. JOÃO E BONSUCESSO - ETE, interceptores, coletores tronco, rede.             
- João Pessoa (PB) - IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - JD CIDADE UNIVERSITÁRIA - emissários, estações elevatórias, rede, ligações domiciliares.              
- Joinville (SC) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - rede, ligações prediais, interceptores, estação elevatória e ampliação ETE JARIVATUBA.              
- Natal (RN) - IMPLANTACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BAIRRO DE CAPIM MACIO E PARTE DO BAIRRO DE NEOPOLIS - rede, estações elevatórias, emissário             
- Natal (RN) - AMPLIACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BACIAS E, F, I, K, L -BAIRROS BOM PASTOR, CIDADE NOVA, FELIPE CAMARÃO, QUINTAS, PLANALTO, CIDADE ESPERANÇA - rede, estações elevatórias, emissários.              
- Natal (RN) - IMPLANTACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - BACIA LS - BAIRRO PLANALTO - rede, interceptores, emissários e estações elevatórias.             
- Recife (PE) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BAIRRO SETúBAL, E PARTE DOS BAIRROS BOA VIAGEM E IMBIRIBEIRA - estações elevatórias, emissários.              
- Rio de Janeiro (RJ) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BACIA SANTA CRUZ - rede, ligações prediais, coletores tronco, interceptores, ETE.              
- Rio de Janeiro (RJ) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - ALEGRIA - coletor tronco.              
- Rio de Janeiro (RJ) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - ÁREA DE PLANEJAMENTO 5 - rede, ligações prediais, coletores tronco, estações elevatórias e ETE.              
- Rio de Janeiro e São Gonçalo (RJ) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - ILHA DE PAQUETÁ - estação elevatória, coletor tronco, rede, ligações prediais.              
- Santo André (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - INTERCEPTACAO DE ESGOTO PARA TRATAMENTO - CÓRREGOS TAMANDUATEÍ, COMPRIDO E CASSAQUERA - interceptores, coletores tronco.              
- Santo André (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - ramais domiciliares, redes, coletores tronco, interceptores, ligações.              
- Santo André e Mauá (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - coletores tronco e secundários.              
- São Bernardo do Campo e Diadema (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - FAVELA NAVAL - coletores tronco.              
- São Bernardo do Campo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BACIAS RIBEIRÃO DOS COUROS E BILLINGS MARGEM NORTE - coletores tronco, coletores secundários, elevatórias, linhas de recalque, redes, ligações.
- São José dos Campos (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - PARARANGABA - rede, ligações prediais, coletores tronco, linha de recalque, estações elevatórias e ETE.
- São Luís (MA) - AMPLIACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - SISTEMAS ANIL,VINHAIS E SAO FRANCISCO - rede, estação elevatória, emissário, ETE, ligações prediais, subestações elétricas, kits sanitários, canteiros              
- São Paulo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - FAVELA PARAISOPOLIS - rede e coletores tronco
Não iniciada
- Aracaju (SE) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - ZONA NORTE - rede, estações elevatórias, emissários, ligações prediais e ETEs.
- Aracaju (SE) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - 2a Etapa Região Norte Aracaju - Subsistemas Jabotiana e ERQ Norte - rede coletora, linha de recalque, estações elevatórias, coletores e ligações prediais
- Belém (PA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - Belém - APA Utinga - ETE, estações elevatórias, emissários, interceptores, rede coletora, ligações.
- Brasília (DF) - AMPLIAÇÃO ETE Sobradinho - 2a. Etapa
- Brasília (DF) - "IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - CONDOMÍNIOS LA FONT, MANSÕES ENTRE LAGOS E NOVO HORIZONTE - ramais
condominiais, rede, interceptores, estações elevatórias."
- Brasília (DF) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - SETOR DE MANSÕES DOM BOSCO - ramais condominiais, rede, interceptores, estação elevatória e linha de recalque.
- Brasília (DF) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - COLÔNIAS AGRÍCOLAS ÁGUAS CLARAS, BERNARDO SAYÃO, IAPI, SMPW - ramais condominiais, rede, interceptores, estações elevatórias e linhas de recalque.
- Campinas (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - Boa Vista - ETE, emissário, interceptor.
- Campinas (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO -bairros Cidade Satélite Iris II e III, Solar de Campinas e Pq dos Pomares - redes coletoras, emissários, linhas de recalque e estações elevatórias.
- Contagem (MG) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - diversos bairros - redes coletoras, interceptores, elevatórias, emissários, ligações.
- Contagem (MG) - AMPLIAÇÃO ETE Nova Contagem - 2a. Etapa
- Fortaleza (CE) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - Comunidade Planalto Palmeira - rede coletora, estação elavatória, linha de recalque, ligações.
- Fortaleza (CE) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO -bacias CD 1 . CD 2, CD 3 - rede coletora, estações elevatórias, linha de recalque, ligações domiciliares.
- Fortaleza (CE) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - Bacia SE 1 - rede coletora, elevatórias, ligações, ampliação ETEs.
- Fortaleza (CE) - IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - lado sul da Lagoa do Opala - bairro Vila União - rede coletora, elevatória, linha de recalque, ligações.
- Joinville (SC) - AMPLIAÇÃO ETE Javarituba - Joinville
- Joinville (SC) - IMPLANTAÇÃO DE REDE COLETORA - BACIAS 8.1 e 9 - redes e ligações.
- Maceió (AL) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - região baixa Maceió e Portal da Barra - estações elevatórias, rede coletora, ligações prediais.
- Porto Alegre (RS) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - Navegantes - Bacia do Arroio da Areia - redes coletoras, ligações.
- Porto Alegre (RS) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - Ponta da Cadeia - bacia Arroio Dilúvio -redes coletoras, ligações.
- Porto Alegre (RS) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - Zona Sul - Bacia Arroio Capivara AC 2 e AC 3 - redes coletoras, ligações.
- Porto Alegre (RS) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO -Ponta da Cadeia - EE Bom Sucesso - rede coletora, linha de recalque.
- Porto Alegre (RS) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - Salso-Restinga - coletores tronco, interceptores, ligações.
- Porto Alegre (RS) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - Cavalhada - coletor tronco C2 - coletores tronco, ligações.
- Salvador (BA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - diversos bairros de Salvador - redes coletoras, estações elevatórias, linhas de recalque, ligações.
- São Paulo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - coletor-tronco Anhagabaú, interceptores ITa-1J e ITI-7, elevatória Nova Piqueri e interligações.
- São Paulo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO -ETEs Barueri, Pq Novo Mundo, e São Miguel - interligações.
- São Paulo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - .ETE Parque Novo Mundo, ETE ABC e ETE Barueri na Região Central - e coletores tronco e interligações.
- São Paulo, Embu- Guaçu e Embu das Artes (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - Bacia do Pinheiros RMSP, Embu das Artes - estação elevatória, coletores tronco, interligações.
Paralisada
- Belo Horizonte (MG) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - rede, ligações prediais, interceptores, estações elevatórias.
- Brasília (DF) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - CONDOMÍNIOS POR DO SOL E SOL NASCENTE - rede e estações elevatórias.
- Brasília (DF) - IMPLANTACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO- COLONIAS AGRÍCOLAS VICENTE PIRES E SAMAMBAIA - rede, estações elevatórias, linhas de recalque e interceptores.
- Brasília (DF) - "AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - SANTA MARIA- SETOR RIBEIRÃO - linha de recalque."
- Brasília (DF) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BRAZLÂNIA - ESTOR INCRA 8 - rede, ramais condominiais, ETE.
- Brasília (DF) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - SETOR HABITACIONTAL S. BARTOLOMEU/ JD BOTÂNICO - estação elevatória, rede coletora e rede interceptora.
- Contagem (MG) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BACIA VÁRZEA DAS FLORES - rede, ligações prediais, interceptores, estações elevatórias, linha de recalque.
- Feira de Santana (BA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - FEIRA DE SANTANA, COMPLEMENTAÇÃO BACIA JACUÍPE - ligações prediais, rede, estação elevatória, ETE.
- Feira de Santana (BA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO – COMPLEMENTAÇÃO DA BACIA SUBAÉ - rede, ligações, estação elevatória, ampliação de ETE.
- Fortaleza (CE) - AMPLIACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO -BACIA CE-6
- Fortaleza (CE) - AMPLIACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO -BACIA SD-6
- Fortaleza (CE) - AMPLIACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BACIA CE-4 - rede, interceptores, emissários, estação elevatória, ligações prediais, travessias.
- Fortaleza (CE) - AMPLIACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BACIA CE-5 - rede, interceptores, emissários, ligações prediais, travessias.
- Goiânia (GO) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - INTERCEPTOR ANICUNS MARGEM ESQUERDA E CAVEIRINHA - rede, ligações domiciliares, interceptores.
- Goiânia (GO) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - rede, estações elevatórias, linha de recalque e ETE.
- Guarulhos (SP) - "AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - VERTENTE 3 ETE SÃO MIGUEL - coletores tronco, estações elevatórias, redes."
- Guarulhos (SP) - "AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - SUB BACIAS SB 08 E SB 09 - interceptores, coletores tronco, estações elevatórias, redes."
- Guarulhos (SP) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BAIRRO VÁRZEA DO PALÁCIO - ETE, interceptores, coletores trondo, estação elevatória, linha de recalque.
- Guarulhos (SP) - COMPLEMENTAÇÃO DOS SISTEMAS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - São João e Bonsucesso , e Bairro Água Azul - coletores tronco, estações elevatórias, linhas de recalque, redes coletoras e ligações prediais.
- João Pessoa (PB) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BAIRRO PADRE ZÉ E JOSÉ AMÉRICO - rede coletora, estação elevatória, emissário, ligações domiciliares.
- João Pessoa (PB) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BAIRRO CRUZ DAS ARMAS - rede, emissários, estações elevatórias, ligações domiciliares.
- João Pessoa (PB) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BAIRRO FUNCIONÁRIOS 1 E JOSÉ AMÉRICO - rede, ligações domiciliares, ligações intradomiciliares.
- João Pessoa (PB) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BAIRROS JOSÉ AMÉRICO E LARANJEIRAS - emissários, estações elevatórias, rede e ETE
- João Pessoa (PB) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - COMUNIDADE JD ESTER - rede, coletor tronco, emisários, ligações domiciliares e intradomiciliares.
- João Pessoa (PB) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BAIRRO ALTIPLANO CABO BRANCO - rede, coletor tronco, ligações domiciliares.
- Natal (RN) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BACIA GS BAIRROS: TIROL, LAGOA NOVA, NOVA DESCOBERTA E PQ DAS DUNAS - redes, emissários, estação elevatória e ligações prediais
- Natal (RN) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BAIRROS ALECRIM E QUINTAS - estação elevatória, emissário.
- Recife (PE) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - PARTE DO BAIRRO BOA VIAGEM, VILA IPSEP E ENTORNO AV MASCARENHAS DE MORAES - estações elevatórias, emissários de recalque, rede, ligações, ETE
- Recife (PE) - AMPLIAÇÃO E ADEQUAÇÃO DA ETE CABANGA
- Salvador (BA) - AMPLIACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - DIVERSOS BAIRROS - redes condominial e convencional, estação elevatória, ligações domiciliares
- Salvador e Lauro de Freitas (BA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - rede coletora, linha de recalque, estações elevatórias, coletores e ligações prediais
- Santo André (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - DESPOLUICAO DO CÓRREGO GUARARÁ -REMANEJAMENTO REDE E COLETORES VILA JD STO ANDRE
- São Gonçalo (RJ) - ADEQUAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - MELHORIA DA ETE SÃO GONÇALO
- São Gonçalo (RJ) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BACIAS RIOS MUTONDO E COELHO - BAIRROS NOVA CIDADE, TRINDADE E LUIZ CAÇADOR - rede, ligações domiciliares
- São Luís (MA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - BACIA DO BACANGA - ligações prediais, rede.
- São Paulo, Embu das Artes e Itapecerica da Serra (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO - SP, EMBU, ITAPECERICA DA SERRA - rede, ligações, coletores, estação elevatória.
- Teresina (PI) - AMPLIACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - MARGEM DIREITA MACROBACIA DO RIO PARNAÍBA - rede, ligações domiciliares, coletores, interceptores, estações elevatórias
- Teresina (PI) - AMPLIACAO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITARIO - ZONA SUL - rede, estações elevatórias, emissários e ETE.
ÁGUA
Atrasada
- Aparecida de Goiânia e Goiânia (GO) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - VILA ADÉLIA - adutora, booster, ETA.
- Aracaju (SE) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - adutora e ETA da barragem do Rio Poxim
- Belém, Ananindeua e Marituba (PA) - AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - R.M. de Belém - ETA, elevatória, adutoras, etc.
- Brasília, Águas Lindas de Goiás, Cidade Ocidental, Luziânia, Novo Gama (DF) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Águas Lindas
de Goiás e RIDE - Sistema Corumbá Sul - ETA Valparaiso
- Campinas (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - reservatórios, subadutora e redes de distribuição na região do DIC e adjacências
- Campo Grande (MS) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - poços, adutoras, reservatórios, estação elevatória, rede e ligações prediais.
- Feira de Santana (BA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - elevatórias, reservatórios e rede.
- Goiânia (GO) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - BAIRROS JD PRESIDENTE E SETOR REAL CONQUISTA - adutora, booster, elevatória, reservatório, rede, ligações.
- Goiânia (GO) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - adutora, booster, reservatório.
- João Pessoa (PB) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - João Pessoa - adutoras, elevatória, reservatório.
- João Pessoa (PB) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Conjuntos Cidade Verde, Cidade Jardim e Adjacências em João Pessoa - PB - elevatória, adutora, reservatório, rede e ligações.
- João Pessoa (PB) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Reservatório RC (R21) no município de João Pessoa, PB
- Joinville (SC) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - BAIRROS BOM RETIRO E S MARCOS - adutora, sub adutora.
- Recife (PE) - ADEQUAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - alimentadores e anéis secundários na rede existente.
- Recife (PE) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - MORROS IBURA - sub adutoras.
- Ribeirão Preto (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - poços, reservatórios, adutoras.
- Rio de Janeiro (RJ) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Zona Oeste - bairros Barra da Tijuca, Vargem Grande e Vargem Pequena - reservatórios, adutoras, rede.
- Rio de Janeiro (RJ) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - BANGU - sub adutora, elevatória, anéis de distribuição, troncos alimentadores.
- Salvador (BA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Salvador e Ilha dos Frades - Abastecimento de água em Salvador
- São Gonçalo (RJ) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - BAIRRO MONJOLOS - reservatórios, troncos alimentadores, redes.
- São Paulo (SP) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - FAVELA PARAISÓPOLIS - rede e ligações prediais.
- São Paulo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Bairro Americanópolis - adutora, reservação e rede distribuidora
- São Paulo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - SETORES CAMBUCI E IPIRANGA - rede.
- São Paulo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Setores Brooklin, Consolação, Mooca, Avenida, Penha e Artur Alvim - rede primária
- Sorocaba SP AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - BAIRRO APARECIDINHA - reservatórios e adutoras.
- Sorocaba SP AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - BAIRRO BRIGADEIRO TOBIAS - elevatória e adutora.
Não iniciada
- Belém (PA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Belém – Redes, elevatórias, ligações domiciliares, adutora e reservatórios
- Belo Horizonte (MG) - "AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Portal Sul - ZA 18 - adutora e reforço de estação elevatória"
- Brasília (DF) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Sistema Produtor de Água Paranoá - captação, ETA, elevatória, adutoras.
- Brasília (DF) - "AMPLIAÇÃO RESERVATÓRIOS - SAA do
Descoberto"
- Curitiba (PR) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - ETA Passaúna
- Feira de Santana (BA) - AMPLIAÇÃO E MELHORIAS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - zona Leste de Feira de Santana - adutora, reservatórios, elevatória, rede e medidores.
- Fortaleza (CE) - SISTEMA ADUTOR e RESERVAÇÃO - Taquarão
- Guarulhos (SP) - OBRAS COMPLEMENTARES DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - reservatórios, redes primárias, estação elevatória, redes secundárias.
- Guarulhos (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Adutoras, elevatórias, reservatório - Bairros Pimenta e Bonsucesso
- João Pessoa (PB) - SISTEMA ADUTOR - Abiaí-Papocas na RM João Pessoa - 2a etapa
- João Pessoa (PB) - SISTEMA ADUTOR - Abiaí-Papocas na RM João Pessoa - 3a etapa.
- Joinville (SC) - "AMPLIAÇÃO DA ETA Cubatão no bairro
Pirabeiraba"
- Juiz de Fora (MG) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - ETA, adutoras, elevatórias, reservatórios, redes e hidrõmetros.
- Ribeirão Preto (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - reservatorios, poços, adutoras, redes.
- Salvador (BA) - "MELHORIA NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Salvador -
rede, linhas tronco. área de atendimento do reservatório R7 e R23"
- Santo André (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - ETA, captação, adutoras, elevatórias, reservatório.
São Lourenço da
- Serra, Juquitiba, Ibiúna, Vargem Grande Paulista (SP) - SISTEMA PRODUTOR - São Lourenço - captação, adutoras, ETA.
- São Paulo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Sistema Cantareira - Reservatório R3
- São Paulo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - adutoras Jardim América-Lapa e ABV-Jardim América
- São Paulo e Francisco Morato (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Setores Perus, em São Paulo,Liliane e Parque 120, em Francisco Morato, e Franco da Rocha Centro - reservatórios e elevatória.
- Sorocaba (SP) - IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA PRODUTOR - Água Tratada - Vitória Régia
- Sorocaba (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Captação, adução e Tratamento da ETA Éden
Paralisada
- Aparecida de Goiânia, Trindade, Goiânia (GO) - "AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Goiânia - Construção do Sistema Produtor João Leite -
2ª fase"
- Belém (PA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - ETA Sideral
- Belo Horizonte (MG) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Melhorias na tomada d'água, ETA, elevatória e subestação, implantação de linha de transmissão e reservatório
- Belo Horizonte (MG) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - adutora, elevatória, boosters, reservatórios, rede.
- Brasília (DF) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Ceilândia - recuperação de reservatórios de água
- Buritis, Unaí,Abadiânia, Água Fria de Goiás (DF) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Rio Corumbá - adutoras e ETA - Sistema Corumbá Sul
- Cidade Ocidental, Luziânia, Novo Gama, Valparaíso de Goiás e Brasília (DF) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - ETA e adutora.
- Contagem (MG) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - sede municipal
- Duque de Caxias (RJ) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Bairro Campos Elíseos - adutora, ETA, reservatório, tronco alimentador, rede distribuidora, ligações domiciliares.
- Duque de Caxias (RJ) - ADEQUAÇÃO E MELHORIAS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Bairro Jardim Primavera - rede e ligações.
- Duque de Caxias,Rio de Janeiro (RJ) - ADEQUAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Bairro Parque Fluminense - rede, recuperação do reservatório, ligações domiciliares.
- Goiânia, Aparecida de Goiânia, Goianira e Trindade (GO) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - adutoras, reservatórios, estação elevatória, rede e ligações prediais.
- Itaboraí, Niterói e São Gonçalo (RJ) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - duplicação adutora, melhorias ETA.
- João Pessoa (PB) - IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - LOTEAMENTO CIDADE RECREIO - sub adutora, reservatório, rede, elevatória, ligações domiciliares.
- Juiz de Fora (MG) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - ETA Dr. alfrido Machado Mendonça
- Mesquita, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Nilópolis, Duque de Caxias e Queimados (RJ) - MELHORIA NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Baixada Fluminense - medidores, válvulas reguladoras
- Nova Iguaçu (RJ) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - BAIRROS PRADOS VERDES E OUTROS - tronco distribuidor, rede, ligações prediais.
- Nova Iguaçu (RJ) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - REGIÃO GRÃO PARÁ - adutora, rede, ligações prediais.
- Nova Iguaçu (RJ) - MELHORIA DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - BAIRROS JD VIGA E JD ESPLANADA - adutora e reforma reservatório.
- Nova Iguaçu (RJ) - ADEQUAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - dique e alteração na captação de água do Sistema Guandu
- Recife (PE) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - BAIRRO SETÚBAL - rede, estação de medição, ligações domiciliares.
- Recife (PE) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - BAIRROS IPUTINGA, CAXANGÁ, DOIS IRMÃOS, APIPUCOS E MONTEIRO.
- Rio de Janeiro (RJ) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - linha de recalque e recuperação bombeamento de elevatória.
- Rio de Janeiro (RJ) - "AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - ZONA OESTE - reservatórios, adutora, anéis de
distribuição, travessias."
- Rio de Janeiro e São Gonçalo (RJ) - ADEQUAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - bairros Marques Maneta, Columbandê, Trindade, Tribobó e Amendoeira - troncos, rede e ligações
- Salvador (BA) - REMANEJAMENTO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - reservatórios, linhas tronco, etc.
- São Gonçalo (RJ) - MELHORIA DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - recuperação booster e reservatórios, ligações prediais.
- São Luís (MA) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - BACIA RIO BACANGA - barragem, ETA, rede, ligações.
- São Paulo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - adutoras, estação elevatória.
- São Paulo (SP) - AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - SETOR JARAGUÁ - rede.
 
 
 Mulheres transformam sacola plástica em peça de roupa
'Moda descartável': mulheres transformam sacola plástica em peça de roupa

Muitas pessoas utilizam peças do guarda-roupa que já não são usadas para serem transformadas em outros itens. Assim, uma calça jeans pode virar uma bolsa ou até mesmo um shorts e uma camiseta velha em um pano de chão ou um top.

As mulheres asiáticas levaram a customização de roupas a outro nível. Isso porque jovens do Taiwan estão publicando fotos nas redes sociais em que elas aparecem usando apenas sacolas plásticas de supermercado.

A ideia é reciclar as sacolas e transformá-las em peças de roupa, como vestidos e regatas. O que você acha dessas peças inusitadas? 
 
 
 Microsoft apresenta Windows 10 mais intuitivo com a volta do menu Iniciar
Nova versão, que terá upgrade gratuito para quem já usa o sistema, também conta com novo navegador e assistente de voz
O número 10 não é à toa. Ao pular da versão 8 para a lançada nesta quarta-feira, a Microsoft indica o fechamento de um ciclo, com a correção de defeitos graves e um teste de águas em novos setores. Gratuito para quem já tem Windows 7, 8 ou 8.1, o novo sistema operacional traz de volta o menu Iniciar, aposenta o Internet Explorer e mostra o Cortana, assistente de voz (surfando a onda da Siri, da Apple) da empresa dirigida por Satya Nadella.
Microsoft pula versão e anuncia Windows 10
Conheça prós e contras de 5 serviços para armazenamento de dados na nuvem
Por falar em Nadella, esse é o primeiro grande lançamento da companhia sob a batuta do americano com ascendência indiana – que substituiu Steve Ballmer e foi nomeado CEO por Bill Gates em fevereiro do ano passado. A intenção dele fica clara na frase do executivo destacada no evento desta quarta: “Queremos sair do momento em que as pessoas precisavam do Windows, para chegar a um momento em que as pessoas escolhem o Windows e, enfim, que elas amem o Windows”. Gustavo Lang, diretor de Windows da empresa no Brasil considera essa versão quase um “Windows definitivo”:
– Quando a gente introduz o Windows como produto, não precisaria ter o 10 na frente. É a nossa plataforma, e o nosso compromisso é mantê-la sempre atualizada. Já fui perguntado se a Microsoft atingiu a perfeição, mas é exatamente o contrário, queremos renová-la com muito mais rapidez, constantemente.
Especialistas reforçam a importância do novo Windows para a gestão de Nadella. Ousado, o sistema operacional indica possíveis caminhos para a empresa, principalmente pelo fato de unificar a experiência do usuário em diversas plataformas. O novo Windows estará disponível para PCs, tablets, smartphones, Raspberry Pi, Xbox One, HoloLens, entre outras.
— É a chance de a Microsoft se reposicionar. Passar a ter sistemas não só para desktop, mas para tablet, celular etc. Ela começa a botar as mãos num mercado que é todo da Android. E, ao disponibilizar o Windows de graça, a empresa passa a mensagem de que vende serviços, soluções, e deixa de ser uma companhia que vende o software — analisa Julio Machado, professor da faculdade da informática da PUCRS que trabalha junto ao Centro de Inovação da Microsoft na universidade e já testou as versões beta do sistema operacional.
Se o pulo do Windows 7 para o 8 foi um susto — o sistema operacional apresentou muitas mudanças que desagradaram os usuários e causou certa estranheza na base de consumidores —, a evolução para o 10 é mais suave. A blogueira Vanessa Nunes, especialista em tecnologia, descreveu a transição como “nada traumática”, e o sentimento ao utilizar a nova versão, “de alívio”. Isso porque defeitos — e mudanças antipáticas aos usuários — foram corrigidos.
O menu Iniciar é um organizador. E funciona, como sempre funcionou. A aposentadoria do Internet Explorer era quase uma obrigação — o produto já havia se tornado piada e chegou a ser descrito pela própria Microsoft como “o navegador que você ama odiar”. Com o seu sucessor, o Edge, a experiência de navegação fica mais rápida, mais leve e mais atualizada.
Por último, o Cortana pode ser um atrativo bastante importante para possíveis novos consumidores. Bastante parecido com a Siri, software da Apple que responde a comandos de voz do usuário, o Cortana ainda não tem versão em português, o que atrapalha a experiência, mas parece ser uma evolução importante no escopo da Microsoft. A empresa garante que até o final do ano a versão para brasileiros estará disponível para os “Windows insiders” – grupo de usuários beta. Depois de aprovada, é liberada para todo mundo – ainda não há prazo oficial.
Com o update, a Microsoft espera que 1 bilhão de pessoas usem o Windows até 2018. Nos Estados Unidos, o Windows 10 Home custa US$ 119 (cerca de R$ 402) para quem não tem versões posteriores ao Windows 7 em seu computador. A versão Pro sai por US$ 199 (cerca de R$ 672).
 
 
 Como resolver erro ao abrir o iniciar no Windows 10
Aqueles que fizeram uma instalação do Windows 10, podem passar por pequeno problema: o botão Iniciar deixa de responder ou simplesmente não abre.
O problema, que aparece em mais frequência para aqueles que fizeram um upgrade do Windows 7/8/8.1 tem uma solução fácil. Veja como neste tutorial.
Como resolver erro ao abrir o iniciar no Windows 10
Essa solução é válida para casos onde tanto o iniciar como a barra de pesquisa do Windows ou não funcionam ou aparecem por alguns segundos e depois desaparecem.
A solução mais rápida é alternar para o Modo tablet e depois retornar ao modo comum. Basta clicar no ícone localizado na Central de Ações para desativar ou ativar o Modo Tablet.
Se ao fazer isso o botão continuar a problemas, será necessário usar o prompt de comando. É preciso estar conectado com uma conta com direitos de administrador, caso não esteja, conecte-se.
Clique com o botão direito do mouse sobre o botão de iniciar e escolha Prompt de comando (Admin).
Digite powershell para alternar o prompt de comando para o modo Powershell.
Copie e cole o seguinte comando Get-AppXPackage -AllUsers | Foreach {Add-AppxPackage -DisableDevelopmentMode -Register "$($_.InstallLocation)AppXManifest.xml"}.
Aguarde o processo ser finalizado.
Tanto o botão iniciar como a barra de pesquisa voltarão a funcionar corretamente. Caso não volte, reinicie o computador. 
 
 
 Como obter reembolso de compras de aplicativos na loja do Windows 10
A Microsoft estreou na nova loja do Windows 10 com um defeito grave. Ao fazer compras de aplicativos, não há um recurso automático de reembolso em caso de arrependimento, como na Google Play. Porém, se você adquiriu um app, desenvolvido pela própria Microsoft, e deseja obter o dinheiro de volta, há uma alternativa: entrar em contato com o suporte via telefone. Você deve fazer login na mesma conta usada no ato da compra, que não deve ter sido feita há mais de 14 dias. Confira.
Passo 1. Acesse a página de suporte da Microsoft e faça login na sua conta. Para isso, clique em “Entrar”;
Passo 2. Role a página para baixo e selecione “Entre em contato com o Answer Desk”;
Passo 3. Na janela pop-up, clique em “Contas e cobrança”;
Passo 4. Depois, selecione “Windows, Office e outros aplicativos e assinaturas da Microsoft”;
Passo 5. Na tela seguinte, clique em “Ligue-me assim que possível”;
Passo 6. Insira o número de telefone no formato XX XXXX-XXXX;
Passo 7. Escolha a opção de agendamento;
Passo 8. Defina data e hora exatas para ser ligado por um representante da Microsoft;
Passo 9. Durante a ligação, informe todos os dados pedidos, inclusive as informações do cartão de crédito usado na compra.
Pronto. Caso sua compra tenha sido feita usando a mesma conta da Microsoft há, no máximo, 14 dias, o reembolso será feito por meio de um estorno no cartão de crédito, apesar da loja oficial informar que não existe reembolso. Para fins de comprovação, você receberá um e-mail de confirmação.
 
 
 Sites com conteúdo pirata começaram a banir usuários do Windows 10
De acordo com informações do site TorrentFreak, sites com conteúdo pirata começaram a banir usuários do Windows 10. O novo sistema operacional foi lançado no dia 29 de julho.
O motivo para isso é medo: rumores de que a Microsoft pode desativar conteúdo pirata armazenado no PC do usuário (como jogos, por exemplo) a qualquer momento começaram a circular na Web nos últimos dias
Sites com conteúdo pirata começaram a banir usuários do Windows 10
O motivo para isso é medo: rumores de que a Microsoft pode desativar conteúdo pirata armazenado no PC do usuário (como jogos, por exemplo) a qualquer momento começaram a circular na Web nos últimos dias.
A realidade não é tão desesperadora assim. A controvérsia surgiu por culpa de uma pequena linha nos termos de licença de uso dos serviços da Microsoft:
b. Às vezes, você precisará de atualizações de software para continuar usando os Serviços. Podemos verificar automaticamente sua versão do software e baixar atualizações do software ou das alterações de configuração, incluindo aquelas que o impedem de acessar os Serviços, jogando jogos falsificados ou usar dispositivos periféricos de hardware não autorizados.
Vale destacar que esta mudança não é específica para o Windows 10. Na verdade, ela cobre vários serviços da empresa. Além disso, não há nenhuma indicação de que isso será usado em jogos de terceiros.
O nível de desinformação dos administradores dos sites com conteúdo pirata é tão grande que eles acreditam quer o Windows 10 envia todo o conteúdo do disco rígido para os servidores da Microsoft. O que é algo totalmente ridículo.
Eles também acham que o sistema operacional envia dados sobre buscas no disco rígido para grupos contra pirataria – o que é mais uma teoria sem nenhum fundamento.
Não existem evidências de que o Windows 10 está reportando conteúdo pirata armazenado nos PCs dos usuários para estas empresas. Isso tudo não passa de paranoia.
 
 
 WINDOWS 10 USA PARTILHA DE FICHEIROS PARA DISTRIBUIR ACTUALIZAÇÕES
Uma novidade do Windows 10 é a utilização de um sistema de partilha de ficheiros semelhante ao Bittorrent para distribuir as actualizações do sistema operativo entre vários computadores através da Internet. A funcionalidade chama-se ‘Optimização da Entrega do Windows Update’ e foi concebida para evitar congestionamentos no serviço Windows Update e fazer com que os updates cheguem mais depressa à máquinas dos utilizadores.
Esta funcionalidade está ligada por defeito no Windows 10 Home e Pro.
Nas versões Education e Enterprise, a ‘Optimização da Entrega do Windows Update’ também está ligada por defeito, mas apenas funciona dentro da rede local.
Quando esta funcionalidade está ligada, o computador faz parte de uma rede ponto-a-ponto em que as várias máquinas distribuem pequenos pedaços dos ficheiros de actualização entre si numa lógica de proximidade. A distribuição pára automaticamente quando todas as máquinas tiverem os ficheiros completos.
No entanto, este sistema pode causar alguns dissabores a quem tem ligações à Internet com limite de tráfego porque o Windows Update pode iniciar a transmissão ou recebimento de actualizações automaticamente e esgotar rapidamente o plafond. Por isso, a Microsoft incluiu uma forma para o utilizador indicar que a ligação de dados, seja Wifi ou rede de das móveis, tem tráfego limitado para evitar atingir ou ultrapassar o limite de tráfego:
Aceda a Definições > Rede e Internet > Wi‑Fi > Opções avançadas.
Depois utilize o botão de alternar em Definir como ligação com tráfego limitado para definir a sua ligação Wi‑Fi como sendo de tráfego limitado.
Se quiser desligar o sistema de todo faça o seguinte:
Aceda a Definições > Actualização e segurança > Windows Update e seleccione Opções avançadas. De seguida aceda a ‘Escolha a forma de entrega das actualizações’ e clique no interruptor para desligar.
 
 
 Como remover os apps padrão do Windows 10
O Windows 10 vem com diversos programas instalados, como o Mapas, Pessoas, Alarmes, aplicativo Xbox e muitos outros. Se você não deseja tê-los no computador, há uma maneira simples de removê-los. Veja como no tutorial abaixo.
Como remover os apps padrão do Windows 10
Alguns aplicativos, como o aplicativo Dinheiro, podem ser removidos diretamente do menu iniciar ao clicar com o botão direito do mouse e escolher Desinstalar.
Já outros – como o aplicativo Xbox ou o Email – só podem ser removidos com o Powershell. O Powershell é uma framework de configuração e gerenciamento da Microsoft. Ela é voltada para usuários avançados e permite a configuração ou aplicação de tarefas administrativas dentro do sistema operacional.
Atenção: É necessário estar conectado com uma conta com direitos de Administrador para efetuar qualquer procedimento no Powershell. Caso não esteja, faça-o.
Para acessá-la, vá na busca do Windows, digite Powershell
Alternativamente, você pode usar o executar (Windows+R) e digitar powershell.
Após aberto, você deverá adicionar uma linha de comando que funciona da seguinte forma: Get-AppxPackage Nome do App | Remove-AppxPackage
Ou seja, para remover o aplicativo Notícias, é preciso digitar: Get-AppxPackage *bingnews* | Remove-AppxPackage. Ao fazer isso, uma tela como a abaixo será mostrada e o processo de desinstalação será iniciado. O tempo varia de 15 segundos a um minuto.
Vantagens e perigos de remover os apps padrão do Windows 10
Não existe uma vantagem no desempenho do computador pela remoção de tais programas. Inclusive não recomendamos a remoção de alguns, como é o caso da calculadora, do aplicativo Xbox e da Loja. Caso queira remover também a nova calculadora do Windows, veja como adicionar a calculadora clássica neste tutorial. Já ao remover o aplicativo Xbox você perderá a função Game DVR, que permite gravar vídeos dos jogos e tirar fotos.
O aplicativo Loja não deve ser removido sob hipótese alguma. Apesar de ser possível removê-lo, reinstalá-lo é possível apenas com uma nova instalação do Windows 10 ou com uma restauração do sistema. Vale lembrar também que, ao remover o aplicativo Fotos, você deverá definir um novo aplicativo padrão para imagens. Saiba como fazer isso no Windows 10
Esta é Lista completa de comandos no Powershell para remover os apps padrão do Windows 10. Copie um por vez, cole na linha de comando e aperte Enter.
3D Builder: Get-AppxPackage *3dbuilder* | Remove-AppxPackage
Alarmes e relógios: Get-AppxPackage *windowsalarms* | Remove-AppxPackage
Calculadora: Get-AppxPackage *windowscalculator* | Remove-AppxPackage
Calendário e e-mail: Get-AppxPackage *windowscommunicationsapps* | Remove-AppxPackage
Câmera: Get-AppxPackage *windowscamera* | Remove-AppxPackage
Groove Música: Get-AppxPackage *zunemusic* | Remove-AppxPackage
Mapas: Get-AppxPackage *windowsmaps* | Remove-AppxPackage
Microsoft Solitaire Collection: Get-AppxPackage *solitairecollection* | Remove-AppxPackage
Dinheiro: Get-AppxPackage *bingfinance* | Remove-AppxPackage
Filmes e TV: Get-AppxPackage *zunevideo* | Remove-AppxPackage
Notícias: Get-AppxPackage *bingnews* | Remove-AppxPackage
OneNote: Get-AppxPackage *onenote* | Remove-AppxPackage
Pessoas: Get-AppxPackage *people* | Remove-AppxPackage
Fotos: Get-AppxPackage *photos* | Remove-AppxPackage
Esportes: Get-AppxPackage *bingsports* | Remove-AppxPackage
Gravador de Voz: Get-AppxPackage *soundrecorder* | Remove-AppxPackage
Clima: Get-AppxPackage *bingweather* | Remove-AppxPackage
Xbox: Get-AppxPackage *xboxapp* | Remove-AppxPackage
Adquira o Office: Get-AppxPackage *officehub* | Remove-AppxPackage
Adquira o Skype: Get-AppxPackage *skypeapp* | Remove-AppxPackage
Isso conclui o tutorial para remover os aplicativos padrão do Windows 10.
 
 
 Como mostrar ícones da área de notificação do Windows 10
Mostrar ícones da área de notificação no Windows 10 agora é feito em um novo local. Aprenda como acessá-lo e quais as diferenças no tutorial abaixo.
Como mostrar ícones da área de notificação do Windows 10
Quando certos aplicativos são iniciados no Windows, um ícone deles é mostrado na área de notificação. Até o Windows 8.1, determinar quais ícones seriam ou não exibidos era feito na opção Personalizar.
Agora, isso é feito por meio da nova área de Configurações, que pode ser acessada no botão Iniciar.
Clique nela e escolha Sistema.
Vá para Notificações e ações.
Clique na opção Selecione os ícones que devem aparecer na barra de ferramentas.
Na janela é possível definir quais os ícones que serão mostrados diretamente na barra de tarefas ou agrupados na área de notificação.
Também é possível desabilitar os ícones do sistema na opção Ativar ou desativar ícones do Sistema.
Na mesma guia está disponível as suas ações rápidas e quais notificações devem ou não ser mostradas na barra de notificações da nova Central de ações.
Outra opção para acessar a área Notificações e ações é diretamente da barra de tarefas. Clique com o botão direito sobre ela e escolha Propriedades.
Dentro dela escolha Personalizar, ao lado de área de notificação e você será levado diretamente para Notificações e ações.
A antiga área de notificação ainda está disponível, mas apenas acessível por meio de um comando no Executar. Abra-o com (Windows+R), copie e cole o seguinte texto: explorer.exe shell:::{05d7b0f4-2121-4eff-bf6b-ed3f69b894d9} e ela será aberta.
 
 
 Windows 10: redes sociais que já tem apps para usar com o Menu Iniciar
O Windows 10 chegou aos computadores com diversos atrativos para quem gosta de usar as redes sociais a partir de aplicativos. Além de economizar tempo para acessar o seu perfil, os apps da Windows Store são integrados com os recursos do novo sistema, como a Central de Notificações e os blocos dinâmicos (live tiles). Confira a lista com as redes sociais já disponíveis na loja da Microsoft.
Facebook (grátis)
Se você não gosta de perder nenhuma novidade do Facebook, o aplicativo para Windows 10 pode dar uma forcinha ao incluir suas notificações na central do sistema. De forma geral, o app consegue realizar a maior parte das funções da versão Web do site, como postar foto comentários e interagir com amigos. 
Além disso, o aplicativo pode ser fixado em um bloco dinâmico do Menu Iniciar e oferece a possibilidade de conversar com seus amigos sem precisar instalar um software adicional ou mudar de janela. O único defeito, por enquanto, é a impossibilidade de responder comentários específicos, recurso que chegou recentemente às versões web e móveis (reply), em posts da sua linha do tempo e de páginas de fãs.
Twitter (grátis)
Antes mesmo do lançamento oficial do Windows 10, o Twitter lançou uma atualização do seu aplicativo adaptado ao novo sistema. Além de uma interface renovada, o app apresenta um feed de notícias organizado, com possibilidade de responder, curtir ou retuítar um post. Há também as suas notificações, mensagens diretas, zona de pesquisas de tópicos e Trending Topics (ainda não separados por países). Ao publicar uma nova mensagem, o usuário também pode adicionar fotos a ela.
Foursquare (grátis)
Se você gosta de descobrir novos lugares, o Foursquare é o aplicativo perfeito para seu Windows 10. Embora a rede tenha perdido a função de check-in para o Swarm, é possível usá-la para pesquisar bares, restaurantes, pontos de lazer e outros estabelecimentos na localidade mais próxima. Além disso, é possível conferir as dicas dos seus amigos e conferir as dicas que eles deixaram onde visitaram.
VK (grátis)
A VK é uma rede social russa considerada por muitos brasileiros como a sucessora do finado Orkut. Disponível para Windows 10, ela conta com funções aclamadas como comunidades e fóruns. Além disso, é possível entrar em contato com os seus amigos, visualizar perfis de pessoas, enviar mensagens e solicitações de amizade, participar de eventos e muito mais usando app do VK.
 
 
 Antivírus no Windows 10; entenda por que o seu não está funcionando
Quem atualizou o PC para o Windows 10 e está enfrentando problemas com antivírus pode, agora, tirar todas as suas dúvidas. O TechTudo apurou um por um e traz os detalhes: alguns programas de segurança ainda não estão compatíveis com o sistema operacional, outros precisam de update. 
Windows 10: 20 coisas que você precisa saber antes de instalar no PC
Porém, a maioria está disponível e batam alguns clique para tudo funcionar, já que versões mais antigas não suportam o Windows 10. Confira agora uma lista com os antivírus mais populares que oferecem suporte ao novo sistema da Microsoft e suas respectivas edições atualizadas para fazer download.

Avast
De acordo com o blog oficial, o avast! Free Antivirus, um dos antivírus gratuitos mais populares do mercado, já ganhou versão compatível com o Windows 10. 
Porém, mesmo assim, muitos usuários relataram incompatibilidade com o novo sistema da Microsoft. Os desenvolvedores do programa foram corrigindo os problemas aos poucos. A versão mais recente do Avast (2015.10.3.2223) ganhou melhorias na compatibilidade com o sistema e, agora, funciona melhor.
Essa informação se aplica à versão gratuita do antivírus. Algumas soluções pagas da companhia ainda não foram totalmente adaptadas ao Windows 10. Por exemplo, segundo este tópico no fórum do Avast, a solução Avast Endpoint Protection, que é voltada para o meio corporativo, ainda não está compatível.

AVG
A AVG informa em seu suporte que as versões 2013, 2014 e 2015 já estão compatíveis com o Windows 10 e " funcionarão sem qualquer limitação". Se você atualizar para o novo sistema operacional da Microsoft e o AVG não tiver sido instalado automaticamente, é porque você usava uma versão incompatível: AVG 9, AVG 2011 e AVG 2012. Para corrigir, acesse o site da AVG e baixe novamente.

Avira
O antivírus alemão Avira também já está compatível com o Windows 10, desde a versão 15.0.11.579. A fabricante de antivírus fez questão de estampar isso na página inicial do site e nos artigos de suporte técnico. As seguintes edições já estão prontas para o novo sistema da Microsoft: Avira Antivírus Free; Pro; Launcher; System Speedup; Internet Security Suite, Ultimate Protection Suite e Avira Browser Safety, extensão que é compatível com os navegadores Chrome e Firefox.
Se você ainda usa versões anteriores à 15.0.11.579 de algum desses produtos Avira, ela não será compatível com o Windows 10. Os produtos Family Protection Suite, Internet Security e Internet Security Plus foram descontinuados, além da extensão Browser Safety para Internet Explorer.

Baidu
O antivírus chinês Baidu está longe de ser o favorito no setor e para piorar, ao contrário de seus rivais, o programa ainda não tem suporte para o Windows 10, segundo o Centro de Compatibilidade da Microsoft. A versão mais recente (5.2) é compatível apenas com o Windows 8.1. A equipe do TechTudo buscou uma resposta com a assessoria de impressa da Baidu e nos artigos de suporte do antivírus, mas não encontrou nenhum dado sobre uma atualização para o Windows 10.

BitDefender
O BitDefender Internet Security foi um dos primeiros a se adaptar ao Windows 10. Desde a versão 18.23.0.1604, o programa pode ser instalado no novo sistema da Microsoft. A equipe do TechTudo fez testes com a versão mais recente do BitDefender e constatou que ele já está totalmente adaptado.

Comodo
A página inicial da Comodo faz questão de destacar que todos os seus produtos já têm suporte ao Windows 10. Há, ao lado de cada antivírus, um selo que confirma a compatibilidade do programa com o novo sistema. Ainda de acordo com comunicado oficial, publicado pela própria empresa, desde a versão 8.2, o produto Comodo Internet Security pode ser instalado no Windows 10.

ESET NOD 32
Segundo uma página de perguntas e respostas da ESET, as seguintes versões de seus softwares de proteção já são compativeis com o Windows 10: ESET NOD32 Antivirus versões 8 e 7; ESET Smart Security versões 8 e 7. A empresa informa que usuários das edições 3, 4, 5 e 6 terão seus antivírus automaticamente atualizados para a versão 8. Portanto, se após fazer a atualização para o Windows 10 a sua instalação do ESET parou de funcionar, experimente desinstalar e baixar a versão mais recente.

F-Secure
O antivírus finlandês F-Secure aparece em todas as listas de compatibilidade com o Windows 10 desde a sua versão 15.3, inclusive no AV-Comparatives. Segundo o site oficial, o F-Secure Internet Security abrange todo o suporte, desde a instalação do Internet Security em um novo PC com Windows 10 até o upgrade em PCs com versões do Windows 7/8.x para o Windows 10.
O software foi instalado com êxito a versão mais recente do F-Secure Internet Security numa máquina com Windows 10. A instalação e o escaneamento foram feitos sem problemas no sistema.

Kaspersky
O antivírus russo Kaspersky informou no seu blog que o software está compatível com o Windows 10. Havia apenas a necessidade da implementação de um patch de correção para que o programa de segurança rodasse normalmente. Portanto, antes de fazer a atualização para o novo sistema operacional, seja ela feita via Windows Update ou via instalação limpa, desinstale o antivírus do computador. Após ter feito o upgrade para o Windows 10, baixe a versão mais recente do programa. 
Caso não faça o procedimento, alguns recursos - como escaneamento da memória, proteção contra screen lockers, vírus criptografados, rootkits e análise heurística - podem não funcionar corretamente.

McAfee
O antivírus McAfee, que atualmente conta com uma parceria com a Intel, também já está compatível com o Windows 10. Eles divulgaram a informação neste artigo de suporte. O programa já podia ser instalado no Windows 10 desde as versões beta. Porém, se você usa uma edição anterior à 14.0.1029, ela não funcionará no novo sistema operacional da Microsoft, faça o update.

PSafe
A PSafe é uma empresa brasileira que oferece um antivírus gratuito. O programa não é incluído em nenhuma lista de compatibilidade com o Windows 10, nem na listagem feita pela AV-Comparatives, nem no Centro de Compatibilidade da Microsoft. Na página oficial do produto, também não é feita nenhuma menção ao suporte ao novo sistema operacional, apenas Windows XP, 7, 8 e 8.1. A PSafe informa que a versão Windows 10 segue em desenvolvimento, sem previsão de lançamento.

Symantec Norton
O Norton está compatível com o Windows 10. Na página oficial da Symantec, a empresa explica como os usuários que planejam fazer o upgrade para o novo sistema da Microsoft poderão aproveitar o antivírus.
Durante os testes, foi instalado o Norton Antivírus em uma máquina com Windows 10 sem problemas e, inclusive, foi realizado o escaneamento padrão em busca de vírus. Tudo funcionou perfeitamente.

TrendMicro
De acordo com a página de suporte, os produtos TrendMicro Premium Security; Maximum Security; Internet Security e AntiVirus+ Security já têm suporte para o Windows 10 desde a nova versão do antivírus (10.0.1150). Como o navegador Microsoft Edge ainda não aceita plugins e add-ons, a empresa alerta que o TrendMicro Internet Security ainda não protege a navegação nesse browser.
A única recomendação é de que, antes de atualizar o sistema para o Windows 10, o usuário baixe e instale a edição mais recente do antivírus TrendMicro. A equipe do TechTudo fez alguns testes com ele. O programa funcionou muito bem e está compatível com o sistema operacional.
 
 
 Como remover a tela de bloqueio do Windows 10
O Windows 10 trouxe, entre tantas novidades, a tela de bloqueio. Embora ela mostre sempre imagens com um visual agradável, nem todos os usuários podem gostar, pois ela adiciona um passo a mais na hora de fazer o login e inserir a senha para liberar o computador para uso.
Como desativar a reprodução automática de mídias no Windows 10 
Confira como desativar a imagem de bloqueio e encurte o tempo de acesso ao computador. Basta fazer alguns ajustes no editor de registros do novo sistema operacional da Microsoft.
Passo 1. Acesse o editor de registros digitando “regedit” na busca do Windows 10. Clique para abri-lo;
Passo 2. No menu lateral, procure pelo caminho HKEY_LOCAL_MACHINE > SOFTWARE > Policies > Microsoft > Windows;
Passo 3. Com a pasta “Windows” selecionada, vá ao menu “Editar” e selecione “Novo > Chave”;
Passo 4. Uma nova pasta será criada automaticamente. Digite nela o nome “Personalization”;
Passo 5. Com a nova pasta Personalization selecionada, vá novamente ao menu “Editar > Novo”, mas dessa vez selecione a opção “Valor DWORD (32 bits)”;
Passo 6. Um item novo será adicionado ao painel do lado direito. Nomeie-o como “NoLockScreen” (sem aspas);
Passo 7. Dê um duplo-clique para abrir detalhes do valor criado;
Passo 8. Em “Dados do Valor”, coloque o número “1” e clique “Ok”.
Pronto. Bloqueie o computador e veja que, ao desbloquear, você será redirecionado para a tela de login, sem o intermédio da imagem de bloqueio. 
Em caso de arrependimento, é muito simples retornar ao que era antes: basta ir até o valor “NoLockScreen” e inserir o número “0” em "Dados do valor".
 
 
 Dilma diz que país irá superar crise sem 'nadinha' de amargura e ódio
Presidente participou nesta sexta de entrega de casas em Caucaia (CE).
Ela pediu 'muito amor no coração' para o Brasil vencer as dificuldades.

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira (28), durante evento em Caucaia (CE), que o país irá superar a crise sem "nadinha" de amargura e ódio. Ao participar da cerimônia de entrega de unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, ela também pediu "muito amor no coração" para o Brasil vencer as dificuldades.

Em meio a uma crise econômica, Dilma tem dito em eventos dos quais participa que as dificuldades enfrentadas pelo Brasil são "momentâneas" e que o governo tem adotado medidas para superá-las. Ao considerar 2015 um ano de "travessia" no cenário econômico, a presidente tem declarado que nos próximos anos será possível retomar o crescimento e a geração de empregos com redução da inflação.

"O Brasil, hoje, é um país democrático e um país que sabe superar suas dificuldades. Como todos os países do mundo, nós temos a garra de superar as nossas dificuldades. Mas tem uma característica especial: nós superamos isso com muita esperaça e muito amor no coração, e com nadinha de amargura ou de ódio. Nós somos um país tolerante, que respeita os outros e que quer ver seus filhos e filhas sendo criados em um mundo de paz", declarou.

Ao ser anunciada no evento, a presidente foi ovacionada pela plateia, formada em sua maioria por beneficiários do Minha Casa, Minha Vida. Antes de iniciar seu discurso, Dilma assistiu aos presentes entoarem o grito de "não vai ter golpe!", assim como tem ocorrido em outros eventos dos quais ela participa.

Em um discurso que durou cerca de 35 minutos, Dilma disse que há "minoria" de "pescadores de águas turvas" que apostam no "quanto pior, melhor". "Mas nós vamos ter clareza de afirmar não só que o Brasil é um país forte, mas também que vai crescer e vai superar as dificuldades que tem, que são momentâneas", acrescentou.

Durante sua fala, apresidente ressaltou que a população conquistou "muita coisa" nos últimos anos e que o governo não permitirá que haja "retrocessos" nos programas sociais e na democracia. Em uma referência ao regime militar, ela destacou ter "sofrido" o período em que o Brasil era um país "não democrático" porque as pessoas "não podiam manifestar opinião."

Equívoco
No evento em Caucaia, Dilma se equivocou ao cumprimentar o líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), e o chamou, primeiramente, de líder do PMDB na Câmara dos Deputados e, depois, de líder do governo no Senado. Em seguida, ela corrigiu a informação.

Fonte: Globo.com
 
 
 Caçadores de tesouro encontram trem que seria comboio carregado de ouro.
IMAGENS DE RADAR CONFIRMAM QUE TREM BLINDADO ESTÁ ESCONDIDO EM MONTANHAS NA POLÔNIA
SUSPEITAS APONTAM PARA UM COMBOIO NAZISTA DESAPARECIDO NO FINAL DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

O secretário de Conservação da Herança Nacional da Polônica, Piotr Zuchowski, confirmou que um trem blindado foi encontrado por um georradar a 100 metros da superfície em uma região montanhosa do país. Imagens mostram que poderia ser o comboio nazista carregado de ouro perdido há 70 anos -- conhecido como "trem do ouro" -- nas proximidades de Walbrzych e supostamente descoberto há poucos dias por dois caçadores de tesouros.

Segundo Zuchowski, os caça-tesouros souberam da informação sobre a localização do trem graças a uma pessoa que tinha participado de sua camuflagem. "Informações sobre onde este trem está e qual o conteúdo dele foram reveladas por uma pessoa que conhecia o segredo e preferiu contar o que sabia antes de morrer", disse ele em coletiva de imprensa, em Varsóvia, nesta sexta-feira (28/08).

O secretário diz que autoridades polonesas, então, encontraram evidências da localização do trem através de um satélite de alta penetração no solo, .

Quanto ao conteúdo, ainda há dúvidas. Zuchowski afirma não ter certeza do que há no interior do comboio. "Provavelmente equipamento militar, mas também possivelmente joias, peças de arte e documentos. Trens blindados dessa época eram usados para carregar itens extremamente valiosos e este é um deles. E dos grandes!", disse.

"Embora se desconheça seu conteúdo, o fato de ser um transporte blindado leva a crer que o trem carregasse objetos de valor", afirmou Zuchowski.

Autoridades polonesas pediram aos caça-tesouros e curiosos que parem as buscas pelo trem e permitam que os especialistas montem um esquema de segurança no perímetro.

Na cidade de Walbrzych (sudeste da Polônia) existe há décadas o boato sobre um trem nazista que desapareceu nos últimos meses da Segunda Guerra Mundial, quando transportava um tesouro, provavelmente ouro e joias que seriam enviados à cidade de Breslávia.

Durante a ocupação nazista foram construídas na região instalações militares subterrâneas para proteção contra ataques aéreos aliados.

Segundo a lenda local, um dos comboios ferroviários nazistas desapareceu dentro de um desses túneis durante o avanço do Exército soviético rumo a Berlim em 1945.

Fonte: epocanegocios.globo
 
 
 iPhone 5C será abandonado pela Apple, diz site; celular não tem sensor de digitais
A Apple pode descontinuar a produção do iPhone 5C  após o lançamento dos novos smartphones, em evento marcado para 9 de setembro. Segundo rumores do site 9to5Mac publicados nesta quinta-feira (27), a companhia deve manter apenas a fabricação dos modelos de iPhone 5S, iPhone 6 e iPhone 6 Plus. O celular colorido com design de plástico foi lançado em 2013.

A escolha do aparelho para sair de linha não é tão inusitada, já que o iPhone 5C é o único modelo ainda fabricado com o processador mais antigo, A6 com tecnologia de 32 bits, o mesmo do já descontinuado iPhone 5, de 2012.

Além disso, ele não vem equipado com o Touch ID, leitor biométrico integrado ao botão Home, adicionado na época do seu “irmão” iPhone 5S. Pelo jeito, dentre os novos modelos apresentados em setembro, não é provável que a Apple invista em um suposto iPhone 6C.
O iPhone 5C é equipado com uma tela de 4 polegadas, memória RAM de 1 GB e câmeras de 8 megapixels na traseira e 1,2 MP na lente frontal. No armazenamento interno estão opções de 8, 16 e 32 GB. O modelo foi lançado com o iOS 7 e a Apple deve manter as tradicionais atualizações do sistema operacional por mais alguns anos.
Segundo as fontes do site, um novo smartphone "econômico" não deve aparecer durante a conferência em setembro deste ano. A fabricante deve lançar apenas os iPhones 6S e 6S Plus, com possível processado avançado, Force Touch, câmera de 12 MP e gravação em 4K. Ainda não há confirmação sobre estes dados e para saber mais sobre os novos celulares, resta esperar a apresentação no próximo mês.
Via 9to5Mac, Mashable

Fonte: Techtudo
 
 
 Lula diz que, se necessário, disputará Presidência em 2018
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou na manhã desta sexta-feira, 28, em entrevista à Rádio Itatiaia em Montes Claros, Região Norte de Minas, que, se for preciso, disputará a Presidência da República em 2018.

"Não posso dizer que sou nem que não sou candidato. Sinceramente, espero que outras pessoas sejam candidatas. Agora, uma coisa é certa: se a oposição acha que vai ganhar, que não vai ter disputa, e que o PT está acabado, ela pode ficar certa do seguinte: se for necessário eu vou para a disputa e vou trabalhar para que a oposição não ganhe as eleições".

Lula participou ontem em Montes Claros do 1o Encontro dos Povos das Gerais, para discussão de políticas para comunidades indígenas, quilombolas e populações ribeirinha.

Hoje, o ex-presidente participa em Belo Horizonte da abertura do Congresso da Central Única dos Trabalhadores (Cut).

Ato será em  conjunto com um encontro da União Estadual dos Estudantes (UEE).

Fonte: msn.com
 
 
 Como passar pelo inverno em forma e com saúde
36,5 ºC é a temperatura normal do corpo humano. É sabido que quando o termômetro marca mais que isso entramos em estado febril. O que a maioria desconhece é que se a temperatura ficar abaixo dessa marca, o metabolismo deixa de produzir energia suficiente para manter o equilíbrio interno do corpo; como consequência, o cérebro reduz gradativamente suas funções.
Para que não haja desconforto, as atividades físicas são recomendadas entre 20ºC e 25ºC. Abaixo de 14 ºC o corpo pode sofrer com:
 
• respiração dificultada
• reações físicas e mentais mais lentas
• confusão mental
• calafrios
• coordenação motora prejudicada
• risco de parada cardíaca, caso a temperatura não suba rapidamente
 

PARE
Você conhece bem os sintomas das gripes e resfriados: espirros, tosse, dor no corpo, coriza e, às vezes, febre. Entenda qualquer um desses sintomas como sinal para suspender a prática de atividades físicas e repousar. “Um sintoma é o corpo chamando sua atenção para algo que está errado”, afirma o dr. Nabil Ghorayeb, cardiologista especialista em medicina do esporte. “Qualquer exercício sob essas condições pode agravar os sintomas e complicar o quadro do paciente.”
 
Seu esporte é a natação?
Saiba que você não deve abandonar a piscina no inverno, principalmente se sofre de problemas respiratórios. Nos dias frios, a umidade do ar fica muito baixa, causando crises. A água da piscina e os movimentos do corpo submerso privilegiam uma respiração mais “limpa” após a prática. Apenas tome cuidado com o choque térmico ao sair da piscina.

 
Lesões
“As baixas temperaturas exercem algumas  alterações na musculatura, como vasoconstrição (redução no diâmetro dos vasos sanguíneos) e redução da circulação sanguínea periférica”, explica o fisiologista do esporte e treinador Diego Leite de Barros. Esses fatores elevam as chances de lesão. Para evitar, invista em:
 
Aquecimento
Dedique mais tempo a essa etapa, aproximadamente dez minutos, ou acrescente cinco minutos ao tempo dedicado à prática no verão. A execução dos movimentos deve ser feita de maneira mais específica, para se aproximar ao máximo da atividade esportiva que será realizada. O diretor técnico da Academia Leven, Rodrigo Cenzi, dá dois exemplos:
 
FUTEBOL - Comece com um trote e aumente a velocidade gradativamente. Passe para séries de alongamentos dinâmicos. Realize alguns sprints com mudanças de direções e freadas bruscas. Finalize com atividades com bola e de velocidade de reação de jogo.

CORRIDA DE 10 KM - Inicie com um trote leve. Em seguida, passe para um alongamento dinâmico e finalize com uma sequência de movimentos educativos de corrida para melhorar a eficiência do deslocamento durante a prática.

Hidratação
No inverno, o ar está mais seco e há menos sudorese, por esses motivos é natural sentir menos sede. Nem por isso o consumo de líquidos deve ser menor, principalmente entre quem pratica exercícios. Para não ser enganado pelo seu organismo, procure consumir
de 300 a 600 ml de água por hora.
 
Um chazinho
A ingestão de líquidos aquecidos (chá, chocolate quente, leite, café) é realmente capaz de aumentar a temperatura interna do corpo, além de dar sensação de conforto. Antes e depois da atividade física no inverno, aposte em bebidas desse tipo.
 
Desaquecimento
Poucas pessoas lembram dessa etapa. O desaquecimento tem funções fisiológicas importantes, como ajudar o corpo a retornar ao estado de repouso com segurança. No frio, tome cuidado redobrado para não se expor a situações climáticas extremas, enquanto ainda estiver aquecido pela atividade física. Uma queda de temperatura corporal brusca pode causar danos que vão de uma gripe a confusões mentais.

Fonte: gq.globo.com/
 
 
 PIB recua no segundo trimestre e país entra em recessão técnica
PIB recua 1,9% no 2º trimestre, e país entra em recessão técnica
No primeiro trimestre, economia teve queda de 0,7%, segundo IBGE. 
Investimentos tiveram a maior queda desde o primeiro trimestre de 1996.

O Produto Interno Bruto (PIB) recuou 1,9% no segundo trimestre de 2015, em relação aos três meses anteriores, e o país entrou na chamada "recessão técnica", que ocorre quando a economia registra dois trimestres seguidos de queda. De janeiro a março deste ano, o PIB teve baixa de 0,7% (dado revisado).   

Os números foram divulgados nesta sexta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Essa retração de 1,9% é a maior desde o primeiro trimestre de 2009, quando a economia também registrou o mesmo recuo.
Neste trimestre, contribuíram para o desempenho negativo da economia a queda dos investimentos (-8,1%) e do consumo das familias (-2,1%). Em contrapartida, o consumo do governo registrou alta de 0,7%.
Na análise dos setores, todos registraram queda, puxada pela indústria, que teve retração de 4,3%, pela agropecuária, de 2,7%, e pelos serviços, de 0,7%.

Em relação ao segundo trimestre de 2014, a baixa foi ainda mais profunda, de 2,6%, a maior desde o primeiro trimestre de 2009, quando o recuo também foi de 2,6%. Em valores correntes, o PIB no segundo trimestre do ano alcançou R$ 1,43 trilhão.

O resultado do PIB foi pior que o esperado pelo mercado, indicando que a retração da economia em 2015 poderá ser maior do que a queda de 2,06% projetada pelos economistas e analistas, segundo a última pesquisa do Banco Central.
Recessão técnica
O Brasil voltou a ter dois trimestres seguidos de queda no PIB e, por isso, entrou em “recessão técnica”. Na prática, essa classificação serve como uma espécie de “termômetro” para medir o desempenho da economia. Isso porque, de acordo com economistas, não são apenas dois resultados negativos seguidos que indicam a recessão, mas sim um conjunto de indicadores negativos, como aumento do desemprego, queda na produção e falência de empresas.
O Brasil também havia registrado uma recessão técnica no último trimestre de 2008 e primeiro de 2009, durante a crise econômica mundial.
“Várias coisas voltam lá para 2009. Na época, em 2008 e 2009, o consumo das famílias não tinha sido tão afetado [pela crise], existiam medidas para tentar reduzir o efeito [sobre o consumo das famílias]. São momentos um pouco diferentes [2015 e 2009], mas ambos com turbulências internacionais. Isso é um fato similar, no caso", analisou a coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca de La Rocque Palis.

Segundo ela, tanto a turbulência política quanto econômica estão afetando todas as atividades. "É um movimento que está afetando a economia toda”, disse.
No ano, de janeiro a junho, a economia registra contração de 2,1%, na comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com o IBGE, esse resultado é o pior desde o primeiro semestre de 2009, quando caiu 2,4%.
O que aconteceu em cada setor
De acordo com o IBGE, a queda registrada na indústria – frente ao primeiro trimestre – foi puxada principalmente pelo desempenho negativo da construção civil, que recuou 8,4%. Na sequência, a aparece a indústria de transformação, que também sofreu forte queda de 3,7%.

No caso do setor serviços, o que mais influenciou foi o movimento do comércio, que vem mostrando seguidamente resultados desanimadores. Neste segundo trimestre, a queda foi de 3,3%, seguida pelo recuo de 2% em transportes, armazenagem e correio.
“Tanto pela ótica da produção quanto pela da despesa, a gente tem que os três principais setores do PIB apresentaram queda em relação ao trimestre anterior”, apontou Rebeca.

Consumo e investimentos
No segundo trimestre, em relação ao primeiro, os investimentos registraram o oitavo trimestre seguido de baixa, chegando a 8,1% e arrastando o PIB para baixo, assim como a despesa de consumo das famílias, que  recuou 2,1%, pelo segundo trimestre seguido. Já a despesa de consumo do governo cresceu 0,7% na mesma base de comparação.

Quanto ao setor externo, as exportações de bens e serviços cresceram 3,4%, e as importações, por outro lado, recuaram 8,8%.
Na comparação com o segundo trimestre de 2014, os investimentos sofreram uma queda ainda maior, de 11,9% - a maior desde o primeiro trimestre de 1996, quando o indicador recuou 12,7%.
"Este recuo é justificado, principalmente, pela queda das importações e da produção interna de bens de capital, e também pelo desempenho negativo da construção civil."
Nessa base de comparação, a despesa de consumo do governo caiu 1,1%, e os gastos das famílias, que também entram no cálculo do PIB, recuaram 2,7% - a segunda baixa seguida.

De acordo com o IBGE, essa retração de 2,7% é a maior queda o quarto trimestre de 1997, quando caiu 2,8%.
"O resultado pode ser explicado pela deterioração dos indicadores de inflação, juros, crédito, emprego e renda ao longo do período", informou o IBGE.
Também entram no cálculo do PIB as exportações de bens e serviços, bem como as importações feitas pelo país. Nesse caso, as vendas tiveram expansão de 7,5%, e as compras caíram 11,7%, "ambas influenciadas pela desvalorização cambial de 38% registrada no período".

Poupança e taxa de investimento
No segundo trimestre, a taxa de investimento foi de 17,8% do PIB. No segundo trimestre de 2014, o índice havia atingido percentual maior, de 19,5%.

A taxa de poupança recuou em relação ao ano passado, passando de 16% no segundo trimestre de 2014 para 14,4%, nos mesmos meses de 2015.
Expectativas negativas confirmadas
A expectativa do Banco Central era de que o PIB tivesse mesmo recuado de abril a junho deste ano. O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), que é uma espécie de "prévia do PIB", indicava uma retração de 1,89% no segundo trimestre deste ano, frente aos três meses anteriores. Com isso, quando foram divulgados, em meados de agosto, os números já apontavam que a economia brasileira entraria em recessão técnica.
Já a estimativa do mercado financeiro para o ano todo, apresentada no início da semana pelo boletim Focus do Banco Central, indicava que a economia deverá ter uma retração de 2,06%, seguida por uma queda de 0,24% em 2016.
Dois anos seguidos de recessão
A expectativa dos economistas dos bancos é que a queda do PIB neste ano seja seguida por uma retração em 2016, de 0,24%.
Se confirmada a previsão, será a primeira vez que o país registrará dois anos seguidos de contração na economia, pela série do IBGE iniciada em 1948.  Todas as seis vezes em que o país fechou o ano com PIB negativo foram sucedidas por uma rápida recuperação nos anos seguintes.
O cenário atual é bem diferente, segundo o economista da Fundação Getulio Vargas (FGV/IBRE) Paulo Picchetti. “A recessão começou sem ser possível enxergar os mecanismos que vão levá-la ao fim. Não há instrumentos de política econômica capazes de reverter esse quadro num futuro razoavelmente rápido."

Ranking de países
O resultado do 2º trimestre colocou o Brasil na 33º posição em uma lista de 35 países, segundo ranking elaborado pela agência de classificação de risco braisleira Austin Rating,à  frente somente da Rússia e a Ucrânia.
Como um país sai de uma recessão?
O fim de uma recessão só é constatado quando existe um movimento consistente de retomada em todos os indicadores econômicos, segundo o economista Paulo Picchetti. Dados como taxa de desemprego, vendas no comércio, produção industrial e outros precisam mostrar de forma clara e conjunta que estão em recuperação.

Fonte: g1.globo
 
 
 Economia brasileira está há 15 meses sem crescer
Resultado do PIB do segundo trimestre de 2015 foi divulgado nesta sexta-feira (28) pelo IBGE

O resultado do Produto Interno Bruto do segundo trimestre de 2015, divulgado nesta sexta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que a economia brasileira está há cinco trimestres consecutivos sem crescer.

De abril a junho de 2015, a soma das riquezas produzidas pelo Brasil caiu 1,9% em relação a janeiro, fevereiro e março, a maior queda desde o primeiro trimestre de 2009. Nos três primeiros meses deste ano, a economia caiu 0,7% em relação aos últimos meses de 2014.

O segundo semestre do ano passado foi marcado por taxas estáveis. No quarto trimestre, não houve variação do PIB e, no terceiro, a economia variou positivamente 0,1%, o que não é considerado crescimento pelo IBGE.

Já no segundo trimestre de 2014, houve uma queda de 1,1% em relação ao trimestre imediatamente anterior, o último de crescimento da economia brasileira, que subiu 0,7%.

A coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca de La Rocque Palis, disse que todas as atividades econômicas foram afetadas. "O PIB é a medida síntese da economia. Existe uma deterioração de praticamente todos os indicadores econômicos", destacou. "Existe uma turbulência política e indicadores econômicos fracos que estão tendo impacto importante sobre praticamente todas as atividades econômicas", acrescentou.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, o PIB caiu 2,6%, quinta retração seguida nos números trimestrais e também a mais intensa desde o primeiro trimestre de 2009.

Fonte: diariosp.com.br / Por: Agência Brasil 
 
 
 Coleção de moda inclui saias e sapatos de salto feitos em casa com impressora 3D
(SÃO PAULO) – A impressão 3D existe há quase 30 anos. Estilistas como Iris van Herpen – uma das preferidas de Lady Gaga – e Francis Bitonti a colocaram nas passarelas. Mas ninguém antes da estilista israelense Danit Peleg tinha imprimido em 3D uma coleção inteira em casa. 

A estilista de 27 anos usou exclusivamente impressoras 3D destinadas a pequenos consumidores para criar sua coleção de conclusão de curso. De sapatos de salto vermelhos a uma saia longa e listrada, todas as peças foram impressas em pequenos pedaços do tamanho de uma folha A4 e coladas. O processo é extremamente demorado – algumas peças levaram mais de 300 horas para ficarem prontas – e, portanto, muito caro.

Apesar disso, Peleg acha que este é o futuro do setor, em parte por causa da velocidade cada vez maior com que as impressoras operam e também porque os preços estão caindo rapidamente. Uma impressora 3D Witbox, como uma das que Peleg usou, custa cerca de US$ 2.000 – um preço razoável considerando­se que algumas das peças criadas por Peleg chegam a custar 2.500 libras (US$ 3.856).

Futuro do mercado
Mas as impressoras 3D não estão se saindo tão bem quanto se esperava. Um dos maiores players do setor, a 3D Systems Corporation, não atingiu as estimativas do segundo trimestre – como informou a empresa no começo de agosto– devido a um “contexto operacional desafiador”. O diretor de tecnologia e ex­presidente da 3D Systems Corporation é Chuck Hull, o inventor da estereolitografia, mais comumente conhecida como impressão 3D. O futuro do mercado parece incerto. De acordo com um relatório publicado em 27 de outubro pela
Gartner, os gastos dos consumidores em impressoras 3D chegarão a US$ 13,4 bilhões até 2018; um relatório publicado no mesmo dia por analistas da CCS Insight sugeriu que o mercado será menos valioso, com um crescimento para US$ 4,8 bilhões até 2018. Diversos fatores, como os custos altos dos materiais de impressão e questões de direito autoral, estão dificultando o avanço do setor. Parece que ainda faltam alguns anos para poder acordar de manhã e imprimir as nossas roupas em 3D antes de sair para o trabalho.


Fonte: infomoney.com.br - Por Martina Andretta
 
 
 Comparativo: Qual é melhor navegador para usar no Windows 10?
Windows 10 chegou com promessas de um futuro melhor e, além das mudanças na interface e no desempenho do produto, a Microsoft caprichou no aplicativo mais usado: o navegador.
Pois é, como você já deve saber, o novo sistema deixa de lado o Internet Explorer e oferece um novo programa chamado Edge. O ícone ainda lembra o antecessor, mas a funcionalidade foi aprimorada visando conquistar o consumidor novamente.
Mas será que este é o melhor navegador para o sistema? Como de costume, nós resolvemos fazer uma série de testes para conferir na prática qual aplicativo é mais competente no dia a dia. Para esta análise, nós rodamos testes com o Google Chrome, o Microsoft Edge, o Mozilla Firefox e o Opera — que são os quatro principais softwares do gênero para o Windows.

Máquina de testes
Sistema: Windows 10
Processador: Intel Core i7-3689Y com clock de 1,5 GHz
Memória: 8 GB DDR3
Armazenamento: SSD de 240 GB
Resolução: 1366x768 pixels
Softwares utilizados

Google Chrome 44
Microsoft Edge 20
Mozilla Firefox 40
Opera 31
Execução dos testes

Para saber qual navegador oferece a melhor experiência, nós selecionamos alguns pontos a serem analisados. Entre as características verificadas, temos a inicialização, o carregamento de páginas, o consumo de memória RAM, o desempenho em games online, a performance em benchmarks e o gerenciamento de downloads.
Em outros carnavais, nós costumávamos fazer uma análise que começava pela instalação, mas resolvemos cortar essa parte neste comparativo, já que o tamanho do instalador não muda nada no dia a dia. Os instaladores trazem gerenciadores que baixam os arquivos durante a instalação — exceto o Edge, que já vem no sistema —, então não convém levar isso em conta.
Na tentativa de deixar o artigo ainda mais completo, nós acrescentamos itens que não são mensuráveis, mas que podem ser importantes quando pensamos na interação e experiência geral com os softwares. Neste comparativo, vamos falar sobre a interface (incluindo a adaptação dos programas às telas sensíveis ao toque) e segurança.

Inicialização
Nós sabemos que a inicialização do navegador depende de uma série de fatores, mas o hardware ajuda muito nesse quesito. Como nossa máquina tem uma configuração robusta, todos os navegadores apresentaram o mesmo tempo de inicialização. Não notamos atraso entre o clique e a aparição do aplicativo na tela. Em apenas um segundo já é possível navegar.
Dessa forma, exclusivamente para este teste, nós resolvemos fazer um teste com uma máquina mais simples, com processador inferior, menor quantidade de memória RAM e um disco rígido (algo mais comum em computadores modestos). A configuração utilizada foi a seguinte:
Sistema: Windows 10
Processador: Intel Core i5-4210U com clock de 1,7 GHz
Memória: 4 GB DDR3
Armazenamento: HD de 500 GB (5.400 RPM)
Resolução: 1366x768 pixels

Como você pode observar no gráfico acima, o navegador que abre com maior velocidade é o Microsoft Edge. A diferença é brutal se comparado aos concorrentes. Ele está pronto para uso na metade do tempo que o Opera leva para processar suas configurações iniciais.
O Mozilla Firefox não faz feio, demorando um pouco mais que o Opera para estar pronto para utilização. A surpresa é ver que o Google Chrome foi o que mais demorou, chegando a quase 9 segundos para carregar a página padrão.
Vale ressaltar que nós executamos os testes três vezes em cada navegador, obtendo tempos diferentes e fazendo uma média. Os programas foram executados de forma isolada e uma reinicialização foi efetuada antes de rodar os testes novamente.
De qualquer forma, esperar 3 segundos para usar o Edge ou 8 segundos para trabalhar com o Chrome não é algo que faça grande diferença no dia a dia. É importante comentar ainda que a segunda inicialização (após fechá-lo e abrir novamente) de cada software leva apenas 1 segundo!
Além do tempo de inicialização, nós efetuamos uma verificação para conferir a quantidade de memória RAM utilizada por cada aplicativo. Novamente, quem levou a melhor foi o Microsoft Edge, seguido pelo Opera, Chrome e Firefox.

Carregamento de páginas
Com a correria do dia a dia, ninguém quer ficar esperando muito tempo para poder navegar em seus sites favoritos. Para averiguar a capacidade dos navegadores em diferentes situações, nós testamos seis sites, na tentativa de identificar possíveis variações de velocidades entre os navegadores e evitar problemas com oscilações de rede. Os sites testados foram os seguintes:
UTFPR
UFPR
USP
Click Jogos
TecMundo
Baixaki
Observação: os testes foram rodados depois que o navegador estava totalmente carregado e a finalização de cada teste se deu quando os aplicativos não apresentavam mais ícones ou status de carregamento (seja na barra de endereço, título da página, cursor do mouse ou outro elemento dos programas com tal finalidade).
Acredite se quiser, o Microsoft Edge se mostrou extremamente veloz em todos os testes, perdendo apenas no carregamento do site da USP por uma fração de segundo para o Firefox. Em muitos casos, o novo navegador do Windows alcançou resultados surpreendentes, deixando os demais comendo poeira.

O navegador da Mozilla também não fez feio, ficando na frente dos demais em quase todas as verificações. O Opera ficou com a terceira posição, marcando bons resultados em boa parte das análises. O Google Chrome foi o último colocando. Ele quase empatou com o Opera em alguns testes, mas deixou a desejar em muitas situações.

Consumo de memória RAM
Uma das coisas que mais incomodam as pessoas atualmente é o consumo excessivo de memória RAM dos navegadores. Aplicativos que outrora eram elogiados, hoje mostram sérios problemas para conter sua voracidade no consumo de recursos.
Nós rodamos dois testes para mensurar o desempenho dos navegadores. O primeiro foi para verifica o impacto na memória durante a primeira inicialização. O segundo teste foi para conferir o consumo de recursos com 10 abas abertas simultaneamente. Os valores foram obtidos no Gerenciador de Tarefas do Windows. Os sites carregados foram os seguintes:
Baixaki
Click Jogos
TecMundo
MegaCurioso
Baixaki Jogos
Minha Série
Quiz Pop
Robô Laranja
Jogos de Meninas
Rexposta
Como você pode conferir nos gráficos acima, o navegador mais leve no primeiro boot é o Microsoft Edge. Ele é seguido de perto pelo Opera, Chrome e Firefox. A diferença entre o primeiro e o último colocado nesta verificação não é tão discrepante, então não podemos dizer que é um absurdo o consumo de memória do programa da Mozilla.
Entretanto, quando partimos para o carregamento de vários sites, o quadro quase que se inverte totalmente. O Firefox que era o último colocado consegue a primeira posição, poupando o computador e consumindo menos de 500 MB de memória RAM. O Opera fica em segundo lugar e também se destaca por ficar próximo dos 750 MB de memória.
O Firefox é ideal para computadores modestos, já que economiza memória RAM e carrega sites com rapidez
Infelizmente, o tão adorado Google Chrome é um verdadeiro problema para os computadores mais modestos, já que ele ultrapassou o consumo de 1 GB de memória RAM. E o mais impressionante é ver que o Edge não consegue se comportar quando tem muita coisa aberta, chegando a quase 1.400 MB de memória.

Desempenho gráfico
Como os navegadores estão demonstrando um passo claro em direção à tecnologia HTML5 e praticamente abandonando o flash, decidimos realizar um teste de desempenho em jogos com um benchmark capaz de testar os softwares de forma idêntica. O site utilizado foi o Peacekeeper, que foi desativado, mas ainda tem a opção para realização do teste.
De acordo com os resultados obtidos, o Opera é o melhor produto disparado para jogar games na web e trabalhar com gráficos tridimensionais, seguido pelo Edge e o Firefox. O Google Chrome foi o pior colocado nesta verificação, mas isto não significa que ele é incapaz de rodar os jogos online mais recentes.

Benchmarks
Ainda que os testes manuais sejam mais práticos e possam dar uma noção do desempenho dos navegadores no dia a dia, ferramentas de benchmarks podem analisar o desempenho dos softwares com precisão, averiguando o potencial dos browsers em atividades específicas. A lista de serviços usados foi a seguinte:
Dromaeo
JetStream
V8
Browser Mark
Observações: todos os benchmarks foram executados com as janelas maximizadas e individualmente, para que não houvesse interferência de outros aplicativos rodando simultaneamente. O Dromaeo foi executado com a opção “Run Recommended Tests”.
Nestes quatro benchmarks, o Google Chrome levou a melhor em dois testes. O Firefox fez bonito em duas ocasiões, mas nas outras ele ficou em último lugar. O Opera se mostrou um navegador equilibrado, conquistando um primeiro lugar e ficando apenas uma vez em último.

Diferente de grande parte dos testes práticos, o Microsoft Edge não conseguiu abocanhar o primeiro lugar em nenhum dos benchmarks. Entretanto, isso não quer dizer que o programa não esteja bem preparado. Muito pelo contrário, em diversas verificações ele ficou próximo dos concorrentes, o que significa que ele apresenta bom desempenho em várias situações.

Downloads
Todo mundo costuma baixar arquivos da internet. Sejam eles pequenos ou grandes, a quantidade de downloads é absurda. Para esta análise, nós optamos por um benchmark capaz de detectar ping, variações e outras informações que não seriam visualizadas através dos gerenciadores de downloads.
No gráfico acima, você pode conferir que o Google Chrome levou a melhor na hora dos downloads, mas todos os aplicativos conseguiram médias similares. O melhor software na hora dos uploads foi o Opera, enquanto que o Firefox fez muito feio neste quesito.
É importante ressaltar contudo, que, além desses valors, o benchmark indicou que o Firefox apresentou o maior ping (ou seja, ele demorou mais para se conectar ao servidor), bem como foi o programa que apresentou a maior variação na hora dos downloads, ou seja, ele nem sempre manteve as transferências próximas da média.

Segurança
Segurança é algo muito importante e os quatro softwares testados mostram capacidade para manter o usuário muito bem protegido. Todos trazem as mais recentes tecnologias compatíveis com seus respectivos motores, de modo que é muito difícil apenas listar as ferramentas e dizer se um ou outro é melhor.
Dessa forma, para garantir uma comparação justa, optamos por rodar o teste Browserscope, que realiza uma bateria de 17 testes, averiguando as reações de cada aplicativo de acordo com possíveis ações dos sites (o que inclui verificações de java, questões de política de segurança, links maliciosos, invasões de diversas formas e trabalho com cookies).
Nestes testes, o Google Chrome e o Opera empataram, falhando no mesmo item (API de páginas estáticas toHTML). O Microsoft Edge também se comportou bem, mas apresentou deficiência no mesmo teste e ainda ao trabalhar com headers de diferentes origens. O Firefox falhou nos mesmos testes e ficou em última colocação ao atuar de forma incorreta com opções de X-Content.

Interface
Uma das principais questões que levamos em consideração neste artigo foi a interface dos navegadores. Considerando a proposta do Windows 10 de se adaptar tanto aos computadores quanto aos tablets, acreditamos que tal característica tem impacto significativo no dia a dia.
A mais recente versão do Firefox vem justamente para ajustar pequenos pontos e deixar o aplicativo mais adaptado aos produtos sensíveis ao toque. O navegador responde rapidamente aos ajustes no dimensionamento da tela e se adapta perfeitamente a grandes e baixa resoluções.
O Chrome é o navegador mais compacto, o que significa que ele tem mais espaço para o conteúdo. barra de menu enxuta, poucos botões, bom aproveitamento do espaço. A Google sabe o que faz e não é por acaso que seu navegador agrada todo mundo. O único inconveniente deste software é o tamanho dos itens, que não facilita o uso em tablets.
O Edge aposta na simplicidade, mas tem visual perfeito para computadores e tablets
O Edge chegou inovando. A Microsoft caprichou no visual do aplicativo e apostou na simplicidade. Ele tem apenas o essencial na ponta dos dedos (ou do clique), mas apresenta bom tamanho dos itens, garantindo ótima experiência com aparelhos touchscreen. Navegador muito rápido para os dois tipos de interface.
O Opera também não faz feio e se mostra muito simples de usar independente do tipo de tela ou forma de execução do Windows 10. Ele tem ícones grandes, menus fáceis e uma aba inicial (a Speed Dial) que é perfeita para tablets e computadores. Certamente, uma boa opção!

Conclusão
Em questão de interface, todos os programas apresentam visuais caprichados, que agradam o consumidor e ajudam na questão da familiaridade com botões e posicionamento dos recursos. O único que sai na desvantagem nesse ponto é o Chrome, já que ele não prioriza o espaço de visualização e assim reduz muito o tamanho das barras e ícones.
Analisando aspectos como inicialização e desempenho para carregamento de páginas, o grande navegador que nos surpreendeu foi o Edge. O tempo de boot é excelente e o tempo para carregar os sites é impressionante. Nesse segundo quesito, somente o Mozilla Firefox consegue brigar com o produto da Microsoft.
Falando ainda no navegador da Raposa, podemos concluir que ele é o melhor programa em questão de gerenciamento de memória RAM. O browser consegue economizar recursos do computador, sendo perfeito para máquinas modestas. Nesse quesito, o Microsoft Edge e o Google Chrome não foram muito bem, mas não devem ser problemáticos para computadores robustos.
O Chrome é muito seguro, mas o Opera oferece segurança e ainda é bom para jogos
Quanto aos benchmarks, os testes foram bem equilibrados. Em desempenho gráfico, o Opera foi o melhor disparado, sendo o software mais recomendado para quem costuma curtir games em HTML5. Nos benchmarks gerais, o Google Chrome conseguiu o primeiro lugar duas vezes e deve apresentar boa compatibilidade com uma grande gama de sites.
Além disso, o navegador da Google foi o melhor em downloads, mas os demais produtos também ficaram muito bem colocados neste comparativo. Por fim, no quesito segurança, o Firefox foi o pior colocado, enquanto que Edge ficou em segundo lugar, sendo que Opera e Chrome empataram.
No fim das contas, todos se mostram boas opções, mas cada um tem suas vantagens em determinados aspectos. Vale você verificar qual atende melhor as suas necessidades e lhe agrada mais.
 
 
 Microsoft revela que só irá detalhar atualizações relevantes do Windows 10
O Windows 10 foi lançado finalmente para todos os consumidores da Microsoft no fim do último mês, agora finalmente há milhões de usuários no mundo inteiro. Algumas informações até indicam que o sistema já foi instalado em mais de 50 milhões de máquinas ao redor do mundo, apesar da companhia não ter confirmado nada. É claro que, como ainda está no início, diversas atualizações estão sendo lançadas para corrigir os pequenos bugs.
Na última semana a companhia lançou mais uma atualização para o novo sistema operacional, porém, a companhia não revelou muito sobre a novidade. Só foi informado que o update contém melhorias para aprimorar a funcionalidade do Windows 10.
Alguns usuários do sistema ficaram impressionados com a informação, já que normalmente a Microsoft informa sobre suas atualização. Felizmente a companhia anunciou uma explicação para o ocorrido, e provavelmente não agradará os consumidores mais assíduos do Windows 10.
 “Assim como fizemos no passado, postaremos informações relevantes para a maioria das atualizações que entregamos ao Windows como um serviço. Depende da relevância da atualização, e se isso trouxer novas funcionalidades aos consumidores do sistema, nós podemos optar por fazer promoção adicional dos novos recursos”, afirmou um porta-voz da empresa".
Atualmente o Windows 10 já possui milhões de usuários, as informações indicam que o sistema já representa 5% do mercado. Não é nenhuma surpresa que a companhia não queira publicar todas as informações sobre cada atualização lançada, por isso os usuários nem sempre saberão quais serão todas as mudanças.
 
 
 Entenda por que o processo System do Windows 10 ocupa tanta memória RAM
Se você é uma das milhões de pessoas que já se renderam ao novo sistema operacional da Microsoft que vem fazendo um sucesso estrondoso, talvez já tenha se assustado com o processo “System”, que ocupa uma quantidade fora do comum de memória RAM, sobrecarregando muitas vezes mais de 1 GB.
Para entender o porquê disso acontecer no Windows 10, precisamos primeiro saber como o processo funcionava nas versões anteriores do sistema operacional. Tudo que está em funcionamento no computador ocupa memória RAM. Conforme você vai usando mais e mais coisas e essa memória fica sobrecarregada, e o sistema automaticamente passa a armazenar dados no próprio HD – um recurso chamado paginação.
O lado ruim desse funcionamento é que quando é necessário acessar novamente os dados contidos na paginação, tudo fica mais demorado, pois o funcionamento do HD é muito mais lento que da memória RAM.

Compactando processos abertos
Já o novo Windows 10 age de forma diferente quando a memória RAM do computador fica muito cheia. Em vez de fazer a paginação e armazenar informações no HD, ele passa a comprimir os dados para economizar a memória de acesso randômico, assim como um arquivo ZIP faz com seu conteúdo. Como o recurso de paginação não é mais utilizado, tudo acaba ficando apenas na memória RAM mesmo, eventualmente sobrecarregando-a.
Se isso está atrapalhando o desempenho de sua máquina, as únicas saídas são aumentar a memória RAM do seu dispositivo ou encerrar os processos que estiverem abertos sem necessidade para economizar o espaço utilizado.
Caso isso não esteja fazendo seu computador ficar mais lento, não há nenhum problema, afinal, memória RAM é para ser usada. Porém, se isso está atrapalhando o desempenho de sua máquina, as únicas saídas são aumentar a memória RAM do seu dispositivo ou encerrar os processos que estiverem abertos sem necessidade para economizar o espaço utilizado.
 
 
 Como personalizar e desativar o acesso rápido no Windows 10
O que antes era o local dos favoritos no Windows 8, agora é a barra de Acesso rápido no Windows 10. Aprenda como personalizá-la ou desativá-la no tutorial.

Como personalizar e desativar o Acesso rápido no Windows 10
Ao acessar o explorador de arquivos do Windows 10, o local padrão a ser aberto é o acesso rápido. Ele mostra as pastas mais acessadas no computador e todos os documentos recentes.
Para adicionar uma pasta nova, clique com o botão direito sobre ela e escolha Fixar no Acesso rápido.
Caso queira que o Explorador de arquivos abra o meu computador ao invés do acesso rápido, clique em Arquivo e Alterar opções de pasta e pesquisa.
Na opção Abrir o Explorador de arquivos, selecione Meu computador e clique em Aplicar.
Também é possível fazer com que o acesso rápido funcione de maneira similar aos antigos Favoritos. Na janela Opções de pasta e pesquisa, desmarque as duas opções mostradas na imagem.

Como remover o acesso rápido.
Não há no momento uma opção para remover o ícone de acesso rápido da barra lateral do explorador de arquivos, apenas se editar o registro do Windows. Atenção: Mudanças no registro como essa pode causar erros ou problemas futuros. Ainda é recomendável remover todas as pastas com a opção Desafixar do Acesso Rápido.
Caso ainda queira remover o ícone de acesso rápido, abra o editor de registro do Windows ao pesquisar regedit ou no Executar (Windows+R) com regedit.exe
Dentro dele, navegue até HKEY_CLASSES_ROOTCLSID{679f85cb-0220-4080-b29b-5540cc05aab6} e escolha a chave ShellFolder. Esta chave está protegida pelo Windows, sendo necessário adquirir permissão para modificá-la.
Clique com o botão direito sobre ela e escolha Permissões.
Na nova janela, vá em Avançadas.

Clique em Alterar.
Digite no campo inferior Administrators e aperte Verificar nomes. O resultado será NOMEDOLOCALAdministrators. Clique em OK e feche a janela.
Na janela da direita, clique duas vezes no valor Attributes, altere-o de a0100000 para a0600000 e clique em OK.
Aperte Ctrl+Shift+Esc para abrir o Gerenciador de tarefas. Selecione Windows Explorer e escolha Reiniciar.
O ícone de acesso rápido será removido, como mostrado.
Para readicionar, altere o valor Attributes para a0100000.
 
 
 Google Chrome de 64 bits apresenta problemas em última versão do Windows 10
Desde o lançamento da versão 10525 do Windows 10 no começo desta semana começaram a aparecer problemas para os usuários das versões de 64 bits do Google Chrome, que passou a apresentar dificuldades para carregar certas páginas ou plugins sem “quebrar”.
A Google já tem plena noção do problema e se manifestou em seu fórum oficial:
 “Nós podemos confirmar o problema e dizer que temos muita gente trabalhando nele, apontar agora que também está acontecendo na sua máquina pode ser uma distração desnecessária. Por favor apenas se manifestem se vocês tiverem alguma dúvida ou precisarem de algum feedback específico".
 "Também vale lembrar que este tipo de problema é esperado de usuários com máquinas com a versão “fast ring” no Windows 10. Nós certamente apreciamos sua ajuda para rastrear estes problemas, mas se você não está confortável com este tipo de interrupção ou análise, alvez a versão “fast ring” não seja para você.”
Neste ínterim, os usuários do Windows 10 com o último build podem continuar a navegar utilizando a versão 32 bits do navegador. Eles também podem usar esta pequena correção que tem se mostrado efetiva enquanto o programa não é atualizado oficialmente.
Basta clicar com o botão direito no atalho do Google Chrome no seu desktop e ir até “Propriedades”.
Lá, vá até o campo de texto que mostra o caminho para o aplicativo e acrescente ao final “--no--sandbox” (sem as aspas). Isto vai lhe dar privilégios de administrador que devem prevenir o problema.
 
 
 Samsung planeja lançar tablet com Windows 10
De acordo com um novo rumor surgido nesta semana, a Samsung está planejando lançar um tablet com Windows 10 que será posicionado como um concorrente direto da linha Surface Pro.
Suposto tablet com Windows 10 da Samsung teria 12 polegadas e seria posicionado como concorrente direto da linha Surface Pro da Microsoft

Rumor: Samsung planeja lançar tablet com Windows 10
O rumor começou quando um usuário do site chinês Weibo que já vazou informações reais sobre testes de desempenho de outros aparelhos no passado.
Esta pessoa afirma que o suposto tablet com Windows 10 da Samsung terá tela com 12 polegadas e resolução de 2560 x 1600 ou 3840 x 2400.
Outras informações sobre o hardware do suposto tablet incluem processador Intel Core M baseado no processo de fabricação de 14 nm, 4GB de memória RAM e caneta S-Pen.
A existência do tablet é uma possibilidade, mas até agora nada foi confirmado pela Samsung.
 
 
 Em breve, Cortana poderá ligar Windows 10 ao som de sua voz
Atualmente, você pode pedir para a assistente pessoal do Windows 10 para lembrá-lo de comprar leite, ditar um e-mail e dizer para você o quão alto é o Empire State Building. Mas no ano que vem, você poderá dizer a ela para ligar o seu computador, mesmo que você ainda estiver em sua cama. 
Durante o Intel Developer Forum nesta semana, a Intel mostrou duas tecnologias que, juntas, ajudarão a acordar o seu PC ao som da sua voz. O primeiro recurso é o “wake on voice” – baseado na tecnologia Smart Sound da Intel e irá estrear no processador Skylake. A outra – Intel Ready Mode – é um estado de baixa energia que pode ser encontrado dentro do Haswell, Broadwell, e agora nos chips do Skylake.
E como funcionará? O seu computador poderá estar no estado standby, mas será “acordado” – podendo então realizar varreduras para vírus, baixar e-mails, e sem a necessidade de estar completamente ligado. Quando você disser “Hey Cortana”, o sistema irá ligar completamente e mostrará a tela bloqueada. A essa altura, você conseguirá informar sua senha ou PIN – ou ainda se você tiver o Windows Hello instalado – simplesmente sentar-se a sua mesa e deixar que o seu computador o reconheça. 

Por que isso importa
O Windows Hello é uma conveniência, mas isso serve como uma segurança: seu computador pode reconhecê-lo por seu rosto e autenticá-lo em outros sites através da Internet (a tecnologia da Intel, True Key, funciona de forma similar). A tecnologia Smart Sound é muito mais que um luxo, afinal de contas, você poderia certamente tocar a barra de espaço do seu computador ou o botão de ligar para fazer o mesmo trabalho, certo?
Enquanto a tecnologia Ready Mode já se encontra ativa em milhares de PCs, a Smart Sound somente será lançada no próximo ano, disse um engenheiro da Intel. Ao que parece, você conseguirá o “wake on voice” no Windows 10 ao acessar o menu configurações, da mesma forma que você consegue acessar o Windows Hello. A outra possibilidade é que você conseguirá ativá-lo via configurações da Cortana.  
 
 
 Atualização para o Windows 10 corrige grave falha de segurança do Internet Explorer
Microsoft publicou nesta quarta-feira (19) uma importante atualização de segurança para todas as versões suportadas do navegador Internet Explorer, visando garantir a proteção contra uma perigosa brecha que poderia permitir uma invasão no computador com o mesmo nível de acesso do usuário proprietário.
A gigante de Redmond explica que a vulnerabilidade permitiria a um invasor acessar um computador quando o usuário estivesse usando o Internet Explorer para visitar uma página especialmente concebida para se aproveitar da falha. E no caso de usuários com conta de administrador os riscos seriam ainda maiores, já que o invasor teria os mesmos privilégios para modificações no sistema.
Todos os equipamentos que estiverem com as atualizações automáticas devidamente ativadas receberão a atualização, se ainda não a receberam. Os que desejarem aplicar a correção manualmente também podem fazê-lo baixando o arquivo com um clique aqui (MS15-093). Desde a versão 7 até a 11 do navegador Internet Explorer precisam ser atualizadas com o patch. Lembrando que o navegador ainda está presente no Windows 10, apesar do novo Microsoft Edge ser a opção padrão do sistema.
Para os usuários do novo sistema da Microsoft, o Windows 10, recordamos que a atualização é cumulativa. Além de conter atualizações não relacionadas à segurança, ela também contém todas as correções de segurança para todas as vulnerabilidades que afetam o Windows 10 enviadas com o lançamento de segurança deste mês. A atualização está disponível somente por meio do Catálogo do Windows Update. Para maiores informações você pode consultar os detalhes sobre o pacote KB3081444.
Finalmente, a Microsoft também alerta que o Windows Server Technical Preview 2 não está livre da vulnerabilidade e recomenda que os clientes que estiverem executando esse sistema operacional apliquem a atualização, disponível via Windows Update.
 
 
 Windows 10, mais de duas semanas após o lançamento: sucessos e fracassos
Foi lançado a 29 de julho com toda uma nova filosofia: a mobilidade e a computação em nuvem estão na linha da frente.
A atualização é gratuita para os utilizadores do Windows 7 e 8.1 em 190 países.
Existem algumas novidades : uma “assistente” controlada pela voz (como a famosa Siri da Apple), um navegador de internet mais rápido, jogos personalizados e um interface mais fácil de usar e o regresso do menu “Iniciar”.

Será esta a última oportunidade para o Windows?
Os responsáveis da empresa de software esperam que o Windows 10 consiga apagar da memória dos utilizadores as últimas versões. O Vista ou o 8 foram muito criticados. Existem várias teorias sobre o facto do novo Windows se chamar “10” e não “9” como seria de esperar. Mas uma das mais razoáveis será a de o distanciar da versão anterior.
Assim sendo, mais de duas semanas depois do lançamento, deve fazer-se a atualização? O que aconteceu com a “nova era”?

SUCESSOS
Muitos, muitos downloads . De acordo com várias fontes, mais de 50 milhões.
Atingiu 10% do mercado em alguns países.
Os verdadeiros especialistas da tecnologia aprovaram o Windows 10.
Até mesmo os “utilizadores da Apple”:
http://www.huffingtonpost.com/vivek-wadhwa/i-used-to-doubt-microsoft-then-i-installed-windows-10_b_8004624.html aprovaram o novo software.

FRACASSOS
Controlo de privacidade deficitário. Na configuraçao de base é feita uma partilha dos dados pessoas com a Microsoft. Esta questão foi resolvida.
Há quem diga que nada foi resolvido .
O Windows 10 partilha a sua ligação de internet com outros utilizadores que tenham feito a atualização.
 
 
 Como sincronizar o celular Android com Windows 10?
O Windows 10, novo sistema da Microsoft, pode ser sincronizado com o Android, facilitando diversas tarefas do dia a dia. Com a integração, usuários podem transmitir fotos entre celular e computador de forma automática, compartilhar listas, notas, dados do calendário e muito mais. Veja como conectar seu Windows com Android e fazer tudo mais rápido. 

Passo 1. No computador com Windows 10 clique no menu iniciar e busque pelo recurso de “Complemento para telefone”;

Passo 2. Em seguida selecione o item “Android”

Passo 3. Será exibida uma lista com os serviços de sincronização disponíveis entre o Android e o computador, que variam de acordo com a região. Basta selecionar um deles e fazer a conexão. Vamos usar como exemplo o compartilhamento de fotos do OneDrive;

Passo 4. Digite seu endereço de e-mail e selecione “Avançar”;

Passo 5. Agora no celular abra o aplicativo do OneDrive e faça o login na mesma conta de e-mail digitada no passo anterior. Quando logar, volte para o computador e selecione a caixa de texto de “Entrei no aplicativo do OneDrive em meu telefone ou tablet” e confirme em “Avançar”;

Passo 6. No celular, ative o upload automático da câmera para enviar as fotos da galeria para a nuvem do OneDrive. Para isso acesse o menu lateral, selecione “Configurações”, toque em “Carregamento” e ative a chave ao lado de “Carregamento”;

Passo 7. Volte para o computador e marque a caixa de texto ao lado de “Ativei a Câmera Upload no aplicativo do OneDrive em meu telefone ou tablet” e confirme em “Avançar”;

Passo 8.  Pronto. Agora, basta acessar a pasta do OneDrive no computador para visualizar as fotos carregadas da câmera do Android em “Imagens da Câmera”.

Os outros serviços podem ser sincronizados da mesma forma. Aproveite a dica para tornar  atividades ainda mais práticas. 
 
 
 SUS terá mês de atenção especial à saúde da mulher no campo
Durante 30 dias, serão priorizadas ações como prevenção do câncer do colo do útero e de mama, diabetes, hipertensão e esquema vacinal

O Ministério da Saúde está promovendo um conjunto de ações para melhorar a saúde das mulheres do campo, das florestas e das águas. As iniciativas atendem às reivindicações das trabalhadoras rurais, extrativistas, indígenas e quilombolas que fazem parte da Marcha das Margaridas, movimento que está em Brasília esta semana. São ações que incluem um mês de ações intensivas para a mulher desta área, odontologia e vigilância. “Vamos avançar no cuidado ao câncer, particularmente de mama e do colo. Vamos aprimorar as condições para o tratamento de intoxicações por agrotóxicos e por acidentes com animais peçonhentos. Teremos também avanços significativos na atenção à saúde bucal”, enumerou a presidenta da República, Dilma Rousseff, durante do lançamento do plano de ação.

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, reforçou que “todas essas iniciativas são um compromisso do governo federal para intensificar a saúde da mulher do campo, da floresta e das águas, expressas em programas como o Mais Médicos, que hoje conta com 1.510 médicos que atendem às comunidades ribeirinhas, quilombolas e indígenas”. 

Mês da mulher no campo

Uma das conquistas destacada pela presidenta Dilma foi a entrada da Saúde da Trabalhadora do Campo no calendário do Sistema Único de Saúde (SUS). Isso porque, a partir de 2015, todos os anos haverá um mês dedicado à saúde da mulher. Serão 30 dias para monitorar e intensificar as ações de atenção integral à saúde feminina por meio de mobilização nacional. Neste ano, será em novembro, quando os postos de saúde se organizarão para acolhê-las, de forma prioritária, ofertando consultas clinico-ginecológicas e exames preventivos, como papanicolau e mamografia, reforçando, assim, o cuidado ao câncer, especialmente de mama e colo. Também será feita a detecção de hipertensão e diabetes, distribuição da vacina do HPV, de pílula do dia seguinte e atualização do esquema vacinal. “São ações que estão disponíveis nas unidades de saúde durante todo o ano, contudo, no mês de mobilização nacional, o atendimento será prioritário”, explica Chioro.

“Estamos muito felizes com este plano. Por conta das dimensões continentais deste país é muito difícil chegar a todas as mulheres e no campo o acesso é ainda mais difícil. É importante que essas medidas possam chegar até nós” comentou Maria das Neves, da União Brasileira das Mulheres. Ela lembrou que um dos grandes problemas tem sido a falta de exames preventivos do câncer de mama e do colo do útero. “O câncer tem levado à morte prematura de muitas mulheres no campo e uma medida que eu quero destacar é universalização da vacina contra o HPV para as nossas jovens, principalmente na região Norte do País”, completou.

Para prevenção e tratamento do câncer de mama e do colo do útero, o Ministério da Saúde realizou no ano passado mais de 9,3 milhões de exames citopatológicos e 4,3 milhões de mamografias no País todo.

O plano também vai reforçar o enfrentando da mortalidade materna. Para tanto, o Ministério da Saúde está propondo a capacitação de 200 parteiras tradicionais da população do campo e de áreas distantes e entregar um conjunto de instrumentos para auxiliá-las neste ofício. No mesmo sentido, será incorporada ao Sistema Único de Saúde (SUS) a distribuição de kits anti-hemorragia (traje de emergência), para serem utilizados, caso necessário, após o parto para controle de sangramento. Evitando a morte por hemorragia, dando tempo necessário para que a mulher possa ser transportada ao hospital mais próximo. Assim, serão disponibilizados, neste primeiro momento, 500 trajes de emergência e serão treinados profissionais de saúde para utilizá-los.

De 1990 a 2012, a razão da mortalidade materna no Brasil caiu 57%, passando de 143,2 mortes por 100 mil nascidos vivos para 61,5 óbitos por 100 mil nascidos vivos. Um dos fatores que contribuiu para essa redução foi o aumento do número de consultas de pré-natal pelo SUS. Somente em 2014, foram realizadas mais de 20 milhões de consultas, ampliação de 105% em relação a 2003.

O Ministério da Saúde investiu R$ 16,7 milhões na compra de 102 Unidades Odontológicas Móveis para distribuir, ainda em 2015, a municípios que tenham população em área rural, que fazem parte do Programa Brasil Sem Miséria, e outras sete em áreas indígenas. A cada ano, serão repassados R$ 6,1 milhões para o custeio dessas unidades que conseguem chegar a locais de difícil acesso, facilitando o atendimento para tratamento de cáries e outros serviços geralmente só feitos na zona urbana.

Intoxicação e animais peçonhentos

Por trabalharem no campo, as mulheres e suas famílias estão sujeitas tanto a contaminação por uso de agrotóxicos como a acidentes com animais peçonhentos. Por isso, o governo federal assumiu o compromisso na V Marcha das Margaridas de ampliar o acesso regulamentado aos Serviços e Centros de Informação Toxicológica na rede de urgência e emergência. Esses serviços são geralmente mantidos por organizações não governamentais e não estão inseridos na rede do SUS. A medida também inclui aumentar a divulgação desses serviços, que poderão ser acessados por telefone para esclarecimentos e orientações tanto para profissionais de saúde, por meio do Telessaúde, quanto para a população em geral em caso de intoxicação ou picada por animal peçonhento.

Entre 2007 e 2014 foram notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) 1.442 casos de intoxicação por agrotóxicos de mulheres trabalhadoras das áreas de agricultura, pecuária, extrativismo e pesca, esse total representa 24,34% (5.923) das notificações para esse conjunto de trabalhadores (campo, águas e floresta). Foram repassados aos estados um total de R$ 22,7 milhões para o fortalecimento das ações de vigilância em saúde de populações expostas a agrotóxicos.

Com isso, o objetivo é ofertar melhores condições para que os profissionais possam tratar com qualidade as intoxicações agudas e crônicas por agrotóxicos e acidentes por animais peçonhentos, pela exposição no trabalho, acidente doméstico ou ingestão intencional. Na zona rural, os acidentes mais comuns são com cobras, principalmente com trabalhadores rurais. No ano passado, ocorream 27 mil acidentes com cobras em todas as áreas, urbana e rural.

“Queremos que todas essas medidas tragam condições mais saudáveis para todas nós, para mãe e o bebê, principalmente para nossas jovens”, afirma Maria das Neves.

Fonte: brasil.gov.br
 
 
 Ballet Fitness alia os benefícios da dança ao alto gasto calórico
Com foco no trabalho intenso dos músculos, a atividade une passos clássicos e aeróbicos.

Misturando passos de balé clássico com exercícios de agachamento, abdominal e flexão, o ‘Ballet Fitness’ tem se mostrado uma interessante alternativa de atividade física para aqueles que querem fugir da musculação e das séries de repetições de uma academia. A modalidade, que já é uma febre no eixo Rio - São Paulo, finalmente chega a Manaus e promete agradar a todos que buscam um corpo longilíneo, flexível e tonificado. 

Criado há 22 anos pela professora Betina Dantas, após ela ter sofrido uma lesão no joelho e não poder mais subir na sapatilha de pontas, o ‘Ballet Fitness’ funciona, não como uma dança, mas como um treino acessível e dinâmico. “Não necessariamente o aluno precisa ter conhecimento de dança ou balé. Qualquer um, homem ou mulher, pode praticar o ‘Ballet Fitness’. A diferença é que, quem já praticava o balé clássico, ou alguma dança, vai poder acompanhar a aula mais rapidamente”, explicou o bailarino Arley Paiva.

Além de promover uma melhora no sistema respiratório, no equilíbrio e na agilidade do corpo, a modalidade também é um auxílio para os que buscam perder alguns quilinhos. “Em uma aula de uma hora de duração, o aluno pode queimar de 800 a 1.000 calorias. Estes exercícios, aliados a outros fatores, ajudam o praticante a emagrecer”, afirmou Arley, que, atualmente, concluiu o seu curso de graduação em Educação Física. 

Para que o Ballet Fitness substitua completamente a ginástica e a musculação, o ideal, segundo Arley, é que o aluno faça de duas a três aulas por semana. “As aulas, obviamente, não são recomendadas para pessoas com lesões graves, mas isso é também uma preocupação nossa, tanto que, quando recebemos aluno novo, a professora pergunta se ele tem algum problema nos joelhos ou na coluna, por exemplo”, disse Arley, que também é proprietário do Studio 7, em Manaus, espaço que sedia as aulas.

Conforme a professora de Ballet Fitness, Bárbara Barbosa, o grande foco da prática é o aumento no número de repetições e no tempo de isometria e sustentação muscular nos exercícios. “Não há uma área que é mais trabalhada do que a outra. Trabalhamos o corpo todo durante as aulas. Perna, braços, costas, peito, abdômen, tudo recebe a devida atenção”, disse a professora formada em Educação Física pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Ela diz, ainda, que em um ou dois meses, já é possível notar diferenças no corpo. “Os primeiros meses são um pouco puxados, mas nada que vá além do limite de cada pessoa. Durante as aulas, começamos com alongamento, trabalhando a flexibilidade, e, depois, passamos para as barras, executando movimentos clássicos do balé. Também utilizamos alguns pesos e caneleiras. Por fim, vamos para os colchonetes e fazemos abdominais”, disse ela, que também praticou o balé clássico até os 12 anos, no Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro.

Bárbara ressaltou, ainda, que para começar as aulas, o equipamento necessário é básico: leging, colant e sapatilhas. Com foco na tonificação corporal, a professora contou que o Ballet Fitness também trabalha a memorização, alonga os músculos, alinha o corpo, fortalece o abdômen e a lombar.

História 
E foi justamente na busca de uma atividade física que fugisse dos alteres e esteiras que a ex-bailarina Betina Dantas criou o Ballet Fitness e o tornou uma marca registrada sua. Decidida a usar os movimentos e exercícios do balé clássico ao seu favor, Dantas deu seguimento ao projeto que proporcionaria às praticantes um físico de bailarina, ou, em suas palavras, “o físico mais bonito e harmônico de todos”.  
 
 
 Para entrar em forma, evite dietas da moda
Larissa Reis, a primeira Musa Fitness brasileira a ter destaque nos Estados Unidos, exibiu seu corpo musculoso no Deserto de Las Vegas. Quando o assunto é alimentação, a atleta afirma que não existe receita de bolo e que o mais adequado para quem busca boa forma é procurar um profissional e não seguir dietas da moda.

“O que posso falar é que existem dietas maravilhosas e eficientes para cada tipo de pessoa e objetivos específicos. Porém, o mais adequado é buscar orientação de um nutrólogo ou nutricionista para que seja avaliado o tipo de dieta que cada um, individualmente, deve seguir. Vemos por aí muitas receitas de bolo, que para muitos pode servir, mas acho que o melhor de tudo é aprender a comer limpo, ou seja evitar o que faz mal, como por exemplo, açúcar, sal , e gorduras transgênicas, e incluir o que é saudável como proteínas , vegetais e legumes”, afirma a loira.

A Musa Fitness acredita que alimentação proporciona prazer e o perigo é quem não tem limites. “Todos sabemos que comer é prazeroso e existem pessoas que têm problemas sérios com a alimentação. Começam a comer de tudo e não sabem seus limites. Somos o que comemos, isso é fato”, pensa a atleta.

Apesar de ostentar um corpo, a sarada não é tão rigorosa assim na dieta. “Existem atletas que são extremamente rigorosos o ano inteiro com suas dietas, eu não. Eu sei a hora de me permitir comer coisas gostosas e a hora de me disciplinar. Estou sempre na dieta, pois é um estilo de vida. Mas sei a hora de parar, não sou uma psicopata. Toda minha vida segue de acordo com minhas datas de apresentação nos eventos e nas competições”, revela.

Fonte: parana-online.com.br
 
 
 A importância de exercícios para a saúde da mulher
Segundo pesquisa feita nos Estados Unidos, uma em cada cinco mulheres sofre de problemas cardiovasculares, justamente por não realizar atividades físicas com regularidade. No Brasil, 67 milhões de brasileiros são sedentários e a maioria é do sexo feminino.

O Notícia da Manhã mostrou o exemplo da aposentada Carmélia Assunção, 77 anos, que faz capoterapia e academia. Segundo ela, as atividades melhoraram seus reflexos e vem mantendo a musculatura em dia. “Tudo contribui para a pessoa ficar com mais disposição para a vida”, falou.

A doutora Lia Damásio recomenda a prática de exercícios físicos regulares, pois ajuda a prevenir e controlar doenças crônicas como diabetes e hipertensão. Ela destacou ainda que as mulheres têm algumas particulares que devem ser observadas, como a necessidade do controle hormonal e do nível das endorfinas, o que a atividade física possibilita.

A médica ainda disse que para prevenir doenças cardiovasculares, controlar o peso e o ciclo menstrual recomenda-se atividade aeróbica três vezes por semana, pelo menos 30 minutos. Já para evitar a intensa perda óssea na mulher, que começa a partir dos 35 anos e acentua bastante no período do climatério, após a menopausa, o ideal é um exercício com mais resistência e peso ou uma caminhada mais forte, para prevenir a osteosporose e fraturas.

Ainda sobre a importância da mulher praticar alguma atividade física, a ginecologista citou um estudo que atribuiu ao sedentarismo a principal causa de morte entre mulheres, superando até mesmo o tabagismo.

Fonte: cidadeverde.com
 
 
 As novas melhorias que virão no iphone 6s
No começo de junho, a Apple apresentou ao mundo todas as novidades que serão vistas no sistema operacional iOS 9. Como você deve saber, o sistema operacional ainda está em fase Beta, sendo que seu lançamento oficial deve ser coincidente com a chegada de novos aparelhos no mercado, os sucessores da atual geração de smartphones da fabricante, composta por iPhone 6 e iPhone 6 Plus.
Mas o que podemos esperar destes novos aparelhos? Será que eles serão somente dois modelos ou existe uma surpresa a caminho? Confira agora mesmo o nosso apanhado de informações para saber quais são as grandes probabilidades em relação à próxima geração dos aclamados smartphones da Apple. Será que os iPhones estão prestes a receber uma grande novidade?

Os novos modelos
É quase impossível que a Apple anuncie um “iPhone 7” neste ano. A considerar os últimos anos da empresa, as grandes chances estão em “iPhone 6S” e “iPhone 6S Plus”. Estes dispositivos seriam a evolução natural do aparelho, contando com algumas atualizações de hardware — que nós abordamos com mais detalhes logo à frente — e pequenas melhorias.
Mas existe outra possibilidade ainda pouco clara para o mercado internacional. Alguns rumores de fontes ligadas à Apple apontam para a chegada de um smartphone com dimensões reduzidas: o iPhone 6C. Ele seria uma resposta da fabricante aos consumidores que não se adaptaram às telas maiores, chegando com cerca de 4 polegadas e um design similar ao visto no iPhone 5C.
Caso este aparelho seja confirmado, é bem provável que a Apple o coloque no mercado com o hardware visto na atual geração de dispositivos e o trate como uma opção de baixo custo para os consumidores. Se isso vai mesmo acontecer, só saberemos quando a própria Apple realizar os anúncios oficiais.

Mudanças no design
Como já dissemos, o iPhone 6S deve ser uma evolução natural da atual geração, mas isso não significa que ele chegará ao mercado com o design idêntico ao dos atuais aparelhos. É claro que não estamos falando sobre mudanças radicais no layout dos dispositivos, mas não podemos descartar a possibilidade de que os novos iPhones cheguem ao mercado com novas cores.
De acordo com o site Apple Insider, o novo iPhone deve contar com uma nova opção “Rose Gold” — chegando pronta para competir com os modelos dourados do Galaxy S6 e do Galaxy S6 Edge. Existe também outra possibilidade, ainda que menos provável... Cogita-se a chance de a Apple lançar um dispositivo de luxo similar ao “Apple Watch Edition”, com acabamento em ouro e preços bem elevados.
Surgiram novas imagens que supostamente são do novo iPhone 6S. Como você pode ver na galeria abaixo, o novo aparelho não terá diferenças na estrutura externa, mas traz alguns pequenos ajustes nos encaixes internos.

Novo hardware
O iPhone 6 ainda utiliza 1 GB de memória RAM, e muitos consumidores afirmam que isso é o bastante para a execução do iOS. Mesmo assim, por estratégias de mercado, é bem possível que a fabricante anuncie o novo modelo com 2 GB de memória — ficando menos distante dos principais nomes do Android, que já apresentam 3 GB e até 4 GB em alguns casos mais específicos.
Em relação aos processadores, não há muitas dúvidas de que a fabricante vá trazer o Apple A9 para os novos aparelhos. Também sem grandes surpresas, ele será apresentado com recursos para melhoria no processamento central e gráfico, sendo ainda responsável por uma redução no consumo de energia. As únicas dúvidas estão nos valores que isso vai representar oficialmente.
Nas outras configurações do aparelho, devemos ver uma bateria um pouco mais robusta, mas nada que realmente se sobressaia nas novidades.

Force Touch
O sistema Force Touch foi introduzido pela Apple nos relógios Apple Watch e agora deve ser levado também para os iPhones. Caso você não saiba, o recurso permite que os consumidores configurem o aparelho para que ele interprete diferentes níveis de pressão na tela, sendo que isso pode resultar em diversas ações distintas.
O Force Touch também já pode ser visto no Macbook e você pode conferir aqui como isso funciona com mais detalhes. Nos iPhones, a tecnologia deve permitir que os consumidores tenham acesso a uma série de comandos mais completos do que nos outros dispositivos — pois os smartphones podem usar o sistema tanto nos comandos básicos quanto nos aplicativos.

Tela
Nas versões principais — iPhone 6S e 6S Plus — do smartphone, é bem pouco provável que haja alguma mudança em resolução e tamanhos de tela. Mas existem alguns rumores surgindo acerca do material utilizado para a construção das telas. Há quem ainda aposte nos materiais de cristal Sapphire, mas poucos especialistas acreditam que a Apple volte a falar nessas telas para smartphones — lembrando que alguns modelos do Apple Watch utilizam esse material.
Agora, o que deve acontecer com a nova versão do iPhone é a instalação do sistema mais recente da Corning, o Project Phire. A fabricante promete que isso traz a mesma proteção dos cristais Sapphire, mas com um custo de fabricação mais baixo e muito mais facilidade na manufatura.

Melhorias na câmera
Desde a chegada da primeira versão dos iPhones, a Apple é reconhecida por produzir smartphones com câmeras de alta qualidade. Não há uma edição dos dispositivos que não tenha sido citada entre os melhores “câmera-phones” dos anos em que foram lançados e isso deve acontecer novamente em 2015, assim que os iPhones 6S e 6S Plus forem anunciados oficialmente.
Isso exige melhorias a cada versão. Por causa disso, são grandes as chances de que o sensor dos novos iPhones seja um pouco melhor do que o visto anteriormente. Estima-se que a Apple apresente a câmera do novo iPhone com 12 megapixels (em vez dos 8 atuais), mas ainda não se sabe o que mais haveria de mudanças nos recursos de captura.
 
 
 Evento de lançamento do iPhone 6S e de novos iPads já teria data marcada
De acordo com um vazamento vindo do BuzzFeed, a Apple já tem uma data marcada para seu evento de lançamento dos novos iPhones: 9 de setembro de 2015. Espera-se que a companhia lance pelo menos o iPhone 6S e o 6S Plus, mas o rumor ainda especula sobre a presença de novos modelos dos iPads no mesmo evento.
Essa estratégia seria um tanto diferente para a Maçã, que tradicionalmente traz novos smartphones em setembro e novos tablets em outubro. Ou seja, sempre em datas diferentes. Ainda assim, essa não seria a única novidade para o tal evento: a marca deve também apresentar a nova versão da Apple TV, produto que está estagnado na mesma geração há três anos.
Juntamente com isso, a companhia ainda apresentaria o seu serviço de TV por assinatura via internet. Basicamente, essa seria uma forma de driblar as operadoras de TV por cabo e satélite e entregar conteúdo ao vivo para os clientes diretamente pela web.

iPad grandão?
Ainda não há informações concretas sobre o hardware dos novos smartphones, tablets nem sobre o aparelho de streaming, mas alguns rumores especulam sobre uma novidade na tela dos iPads. Neste ano, a Apple poderia finalmente lançar seu iPad Pro, com tela de 12’’, mas os vazadores do BuzzFeed não acreditam muito nisso.
Sobre os iPhones, como neste ano a Apple deve apresentar aparelhos da linha “S”, o hardware e a aparência deles não devem mudar muito. O que a marca pode trazer é algum recurso interessante para atrair novos compradores, como o Force Touch.
Essa data de 9 de setembro parece ser o dia mais provável que está em consideração na Apple, mas há a possibilidade de o evento acontecer em qualquer outro dia da mesma semana. No ano passado, os iPhones 6 e 6 Plus apareceram no mercado exatamente nesta data.
 
 
 Sony Xperia Z4 vs iPhone da Apple 6
A Sony lançou oficialmente o seu mais recente smartphone da capitânia, o Xperia Z4 ontem, no que era um anúncio muito tranquila e under-the-radar.
À primeira vista, parece muito semelhante ao seu antecessor, o Xperia Z3, mas como ele se compara a outros telefones no mercado? Mais especificamente, como ele se compara ao da Apple iPhone 6?
Vamos dar uma olhada mais de perto.

Projeto
Tendo acabado de dizer que o Xperia Z4 parecido com o Z3 à primeira vista, esta ainda permanece após uma inspeção mais próxima do smartphone. Os dois telefones são praticamente idênticos, com a Sony continuando o tema de um olhar mais quadrada quando comparado com o iphone 6.
Medindo 146 x 72 x 6,9 milímetros, o Z4 é ligeiramente mais alto e mais largo que o iPhone 6, que vem em 138,1 x 67 x 6,9 milímetros. Smartphone da Sony também é significativamente mais pesado, pesando 15g mais do que o aparelho da Apple.
Este aumento de tamanho e peso provavelmente não vai ser maciçamente perceptível para quem gosta de um grande telefone, mas pode demorar um pouco para se acostumar para alguém mais familiarizado com telefones menores.

Exibição
O Xperia Z4 limpa o chão com o iPhone 6 na frente da tela, embalagem um 5,2 polegadas tela de pixels 1920 x 1080 em comparação com da Apple de 4,7 polegadas esforço 1344 x 750.
A densidade de pixels 424ppi também é maior do que a do significado iPhone (326ppi), apesar dos esforços da Apple para fornecer saturação de cores de alta qualidade, parece que a Sony saiu por cima.

Câmera
Novamente, as especificações mostram que a Sony está bem à frente da Apple em termos de câmeras, com o Z4 caracteriza uma poderosa câmera traseira de 20,7 megapixels e câmera frontal de 5.1 megapixels, em comparação com 8 megapixels e 1,2 megapixel esforços do iPhone.
Dito isto, a Apple faz para essa lacuna de outras maneiras. Sua tecnologia iSight na câmera traseira do iPhone 6 proporciona maior desempenho e consistência que permite a Apple para fora tirar muitas outras câmeras no mercado.
Nós não tivemos a chance de testar completamente as duas câmeras em bairros próximos ainda, mas este poderia ser um jogo muito mais perto do que parece à primeira vista.

Sob o capô
Internamente, o Xperia Z4 possui um processador Qualcomm Snapdragon 810, a execução de um quad-core Cortex-A53 CPU clock de 1.5GHz e um quad-core Cortex-A57 CPU com clock de 1.4GHz.
Apesar de este ser o chip mais recente Qualcomm, usado pelos gostos de HTC One em seu Smartphone M9, calor excessivo é conhecido por ser um problema, por isso poderia ser um ponto de discórdia para o Z4.
Em comparação, o iPhone 6 executa um processador dual-core da Apple A8 com clock de 1.4GHz, significativamente menor do que o Z4.
Em termos de memória, a Sony tem embalado 3GB de RAM para o Z4 e uma base de 32 GB de armazenamento interno, em comparação com 1GB de RAM e 16GB de armazenamento da base da Apple. O iPhone 6, no entanto, incluem um modelo de 128GB em sua faixa, enquanto você precisará de um cartão microSD para alcançar este nível no Z4.

Veredito
A minha primeira reacção quando vi as especificações desses dois telefones foi que o Xperia Z4 leva a coroa. As câmeras são significativamente mais forte em termos de megapixels e seu processador octa-core é muito mais poderoso, tornando este parecer uma vitória confortável.
Na minha opinião, as categorias de concepção, de tamanho e peso são mais atraentes no iPhone 6, mas 2930 mAh do Z4 faz trunfo que a do iPhone 6 (1,810mAh), que é um fator importante.Além disso, o Xperia Z4 continua a ser à prova de água com certificação IP68, então eu acho que não sair por cima no final.
 
 
 A batalha dos lançamentos do note 5 e iphone 6s plus
Data de lançamento
Todas as indicações são de que a Samsung vai lançar o Galaxy Note 1 pouco antes de maio os rumores apontam para 12 de agosto, o que lhe daria quase um mês de antecedência. Para os 6s iPhone Além disso não há nenhuma confirmação oficial, mas há rumores de que o lançamento será em setembro . Tudo o que eu tenho dito para iOS da Apple em setembro e provavelmente virá no outono, como em outras ocasiões, os 6s iPhone Além disso acompanhar a apresentação oficial do novo sistema operacional móvel da empresa californiana.
Modelos semana passada AT & T e da Verizon Galaxy Nota 5 foram confirmados, o que sugere que a chegada do dispositivo pode ser iminente. No começo havia uma conversa de 21 de Agosto, mas os últimos rumores sugerem que mesmo poderia antes.

Tamanho e resolução de tela
O Samsung Galaxy Note 5 é suposto que possuem uma tela de 5,7 polegadas e resolução de Quad HD (2560 x 1440). Por seu lado, a Apple não vai fazer grandes mudanças nas dimensões do 6s iPhone Além disso , mantendo os 5,5 polegadas e usando um display Retina HD para reprodução de maior qualidade de conteúdo de vídeo.

Características Únicas
Se prestarmos atenção aos rumores, tanto o iPhone Nota Samsung Galaxy 5 e 6s o Plus vêm com duas funções originais relacionados ao controle e interação. Ele vem no caso da nota 5 S-Pen caneta escrito à mão livre e desenhar na tela. Por seu lado, a Apple vai introduzir a tecnologia de toque Força já sabemos do MacBook e do relógio inteligente da Apple Assista .
Graças a  Força de toque do dispositivo pode detectar diferentes níveis de pressão exercida sobre a tela, permitindo que um novo conjunto de comandos e funções de controle, dependendo do aplicativo ou ferramenta que você precisa para usar.

Melhorias Camera iPhone 6s Além disso,
Enquanto rumores sugerem que o Samsung Galaxy Note terá um sensor de 16 megapixels principal e uma de 5 megapixels secundário, como fizera na Nota 4, iPhone Mais de 6s falando de melhorias significativas, aumentando 1,2-5 megapixels na parte frontal (para melhorar a qualidade de selfies) e um sensor de 12 megapixels principal ea capacidade de fotografar em qualidade 4K.

Mais poder
O poder de processamento de ambos os dispositivos estarão entre as mais altas da grande final. Dois dispositivos projetados para usuários exigentes e pode cumprir as tarefas diárias sem problemas de velocidade ou falhas.
Além disso 6s iPhone terá uma maior autonomia , a bateria mais extenso e um novo processador Qualcomm para dobrar a velocidade de conectividade LTE. No caso da Samsung, a nota 5 vai usar o novo processador Exynos 7422 com 4 GB de RAM. A este respeito, o iPhone 6s Além disso permanecerá em apenas 2 GB se os rumores acabam por ser bem sucedido.

Modelos premium
Samsung finalmente acabou tomando uma direção similar ao de design da Apple, plástico abandonando seus dispositivos para começar a usar materiais Premium. No caso de 6s para iPhone Mais de grandes mudanças são esperadas , será sim uma revisão interna que oferece a Apple estendendo processamento tecnologias de potência e de dispositivo.
Samsung, por outro lado, passou a copiar alguns elementos básicos do projeto da Apple: bateria não-removível, remover slots de memória microSD e uso de materiais na habitação premium.

Opções de armazenamento
Opções de memória Storage Plus para iPhone 6s ainda não foram confirmados , mas sabemos que nenhum dos dois dispositivos terão slot para cartão microSD. Rumores indicam que a memória no caso de o novo iPhone para iPhone 6s e 6s Além disso, poderia deixar o modelo de 16GB para usar 32 GB , enquanto continua com modelos de 64 GB e 128 GB de memória, enquanto em Para Samsung Galaxy Note podem ser modelos com 32, 64 e 128 GB.

Novas opções de cores
Além disso 6s iPhone vêm em cinza espaço, prata, ouro e, possivelmente, um novo e exclusivo versão em ouro rosa . Por seu lado, a Samsung vai incluir quatro cores para nota 5 acordo com rumores: branco, preto, prata e verde.

OS
A grande luta, além do design e poder, é na seção do sistema operacional. The Apple iPhone Além disso 6s vêm com o lançamento da nova plataforma iOS em setembro , atualmente disponível em versão beta, enquanto que no caso do Samsung Galaxy Note maio haverá nenhuma notícia, basta executar a versão Android 5.1.1 Lollipop.
 
 
 iPhone 6s vs Samsung Galaxy S6: O que sabemos até agora
Julho foi um mês movimentado para o iPhone rumores 6s eo Samsung Galaxy S6. Com uma versão para iPhone 6s supostamente se aproximando , queremos dar uma olhada em algumas das principais coisas que os compradores precisam saber como nós fazemos o nosso caminho para o mês de agosto.
Em fevereiro Samsung emitiu sua resposta às 6 iPhone e dispositivos Android superior vôo com o lançamento do Samsung Galaxy S6 e S6 Galaxy Borda. As duas iniciativas emblemáticas surgiu na MWC 2015, com uma tonelada de poder de fogo e que recebeu excelentes críticas em cima de sua liberação em abril .
Galaxy Samsung S6 e S6 Galaxy Borda foram duelo do iPhone e iPhone 6 6 Plus durante vários meses agora, porém, parece que eles estão indo para ver o aumento da concorrência da Apple e seu icônico do smartphone.
O iPhone 6s não está confirmada, mas graças a uma avalanche de vazamentos e rumores , é claro que a Apple está planejando um lançamento do iPhone 2015 para substituir modelos do ano passado.
No mês passado, vimos uma série de iPhone 6s rumores delinear potenciais especificações e detalhes de data de lançamento. Estes detalhes, e outros, vai ser extremamente importante para aqueles que estão procurando em uma marca novo smartphone nos próximos dias e semanas.
Nós também vimos uma série de Galaxy S6 detalhes relacionados surgir em julho . E com aqueles e os rumores iPhone 6s em mente, queremos dar uma olhada em como estes dispositivos estão comparando agora. Isso inclui uma olhada especificações, mas ele também dá uma olhada em algumas das coisas que não estiveram no centro das atenções.
Aqui está o que você precisa saber sobre o iPhone 6s vs. Galaxy S6 à medida que avançamos em agosto.

Data de lançamento do iPhone 6s
Se você está tentando decidir entre comprar o Galaxy S6 ou à espera para o iPhone 6s para chegar, sei que você provavelmente só tem poucas semanas antes de você vai ser capaz de comparar os dois.
A Apple não tem meios para fora convida portanto, não tem um iPhone 6s confirmada data de lançamento. O que temos, porém, é confirmada 9 iOS da Apple data de lançamento (queda), o fim do ano fiscal da Apple (28 de setembro), e um recente anúncio da T-Mobile. Temos também vários rumores que apontam para o início da produção do iPhone 6s.
No mês passado, vimos uma série de rumores sugerem a início da produção do iPhone 6s  à frente da data de lançamento do dispositivo. Parceiros de fabricação da Apple são esperados para pegar o ritmo em agosto, um sinal de que uma liberação provavelmente virá no próximo mês.
No final de julho, T-Mobile começou a oferecer um acordo que permite aos consumidores para comprar o iPhone 6 ou iPhone 6 Plus agora e depois mudar para os novos modelos antes do final do ano. O programa tem duração até 08 de setembro, o que significa que há uma boa chance de o lançamento do iPhone 6s não virá antes disso.
A Apple normalmente libera seus iPhones antes do final de seu ano fiscal. O exercício social da empresa termina em 28 de setembro, o que significa que uma versão para iPhone 6s é provável que ocorra antes disso. E com uma data de lançamento iOS 9 confirmado para a queda (queda começa em 23 de setembro), está olhando como liberação da Apple para iPhone 6s será semelhante ao iPhone 6 lançamento do ano passado.
Nada está escrito em pedra, mas todos os sinais estão apontando para setembro e potenciais Galaxy S6 / iPhone 6s compradores vai querer preparar como se o iPhone 6s será antes do final do próximo mês.

iPhone 6s vs. Galaxy S6 Especificações
O Samsung Galaxy S6 é um carro-chefe a partir de 2015 e, portanto, ele vem com algumas especificações de alta potência , incluindo um ecrã Quad HD resolução, câmera de 16MP excelente, e um processador octa-core Exynos 7 que ajuda a oferecer jogos de alta performance, multitarefa e mais .
O iPhone 6s é uma flagship rumores a partir de 2015 e, assim, é rumores de ter algumas especificações de alta potência , incluindo dois de exibição tamanhos Retina, uma nova câmera de 12MP na parte traseira, câmera de 5MP na frente, e um novo processador A9 que pode vir equipado com um chip Qualcomm que ajuda a fornecer dados LTE mais rápido .
Aqui está um resumo das especificações a bordo do Galaxy S6 e 6s iPhone rumores. Principais diferenças incluem resolução de tela, Force Toque exibição tecnologia, e armazenamento:

Galaxy S6
5.1-inch monitor Quad HD - 2560 x 1440 pixels de resolução a 577 PPI.
5.1 polegadas Galaxy variante S6 Borda com visor curvo
16MP câmera traseira de 5MP câmera / de frente
Exynos 7420 processador octa-core
3GB de RAM
32GB / 64GB / 128GB de armazenamento interno
Android 5.1.1 Lollipop

iPhone 6s (rumores)
4,7 polegadas Retina Display (iPhone 6s)
5,5 polegadas Retina Display (iPhone 6s Plus)
Força toque exibe
Processador A9 com o chip Qualcomm (LTE mais rápido, melhor bateria)
2 GB de RAM
12MP câmera traseira / câmera de 5MP FaceTime
Armazenamento de 16 / 32GB / 64GB / 128GB
iOS 9
A maioria dos analistas acredita que Força toque de tecnologia de exibição do Apple, o novo processador e bata na RAM, e as melhorias para a câmera do iPhone serão os três maiores mudanças no iPhone e iPhone 6s 6s Plus.

Design diferenças e semelhanças
O Samsung Galaxy S6 e S6 Galaxy Borda chegou com uma nova linguagem de design da marca, que oferece uma taça de volta e bordas de metal. É um fator de forma de prémio que claramente foi inspirado pelo que a Apple fez com o iPhone projeto ao longo dos anos. Mudança da Samsung veio com algumas desvantagens embora.
O projeto Galaxy S6 não dispõem de uma bateria substituível e vem sem um slot para cartão microSD que significa que você está preso com o armazenamento interno ea nuvem. O Galaxy S6, no entanto, vêm com um sensor de impressão digital baseada em toque que é muito melhor do que os sensores no Galaxy Note 4 e Galaxy S5.
IPhone deste ano provavelmente não será o iPhone 7 , como é não deverá entrar com um completo no redesign . Em vez disso, o iPhone 6s é esperado para manter um projeto que é semelhante aos fatores de forma all-metal do iPhone 6 e iPhone 6 Plus.
Isto também significa que o iPhone 6s, como o Galaxy S6, provavelmente não virá com uma bateria removível ou armazenamento expansível. Há também uma boa chance de ele contará com o bem-conhecido sensor de impressão digital touch ID da empresa embutido no botão home.
O que isto significa é que você pode entrar em uma loja agora e obter hands-on com o Galaxy S6 e iPhone 6 / iPhone 6 Plus. Familiarize-se com a forma como eles se sentem em sua mão e em seu bolso. Se você fizer isso, você provavelmente tem uma boa idéia sobre como o iPhone 6s projeto irá comparar com o Galaxy S6.

Alterações à maneira que você Comprar
Agora, para alguns outros menores, mas importantes detalhes sobre o iPhone 6s vs. Galaxy S6 confronto.
Primeiro, você vai querer saber que as transportadoras estão preparando para a queda com algumas alterações à forma como você vai comprar o iPhone ou Galaxy 6s S6.
AT & T recentemente batido o preço da sua taxa de ativação em um contrato de dois anos até 45 dólares e promulgou uma nova taxa AT & T próxima atualização de US $ 15 . Ambos afetam o Galaxy S6 e quaisquer iPhones potenciais que o planejamento da Apple para lançar ainda este ano.
Uma fonte confiável disse recentemente Gotta Be Móvel que a morte de contratos de dois anos a Verizon está próximo. Estamos informados de que o interruptor da Verizon da Verizon Borda para planos de pagamento de dispositivo é o precursor para a próxima mudança. Nosso palpite é que a Verizon vai fazer isso antes do iPhone 6s chega. Nós não temos sido capazes de confirmar que embora.

Mais barato Galaxy S6
Com os novos telefones Galaxy e iPhones no caminho, Samsung viu-lo apto para cortar o preço do Galaxy S6 e S6 Galaxy Borda  que significa que eles vão certamente ser mais barato do que o iPhone 6s em alguns lugares.
Nós ainda não temos um 6s confirmados iPhone ou 6s para iPhone Mais de preço, mas a Apple está preso a um ponto de partida $ 199,99 preço para seu carro-chefe por isso não estamos à espera de nada mais ou menos do que isso neste momento.
Procure mais promoções Galaxy S6 a surgir em agosto e setembro como transportadores e varejistas reagir aos vários lançamentos que ocorrem neste outono.
O Samsung Galaxy Note e Galaxy 5 S6 Borda + são esperados em 13 de agosto.
 
 
 O iPhone 6 Plus, com case impermeável, sobrevive meses no mar
Uma coisa engraçada sobre viagens nas quais você experimenta algumas coisas novas é que nada é previsível e tudo (nem sempre coisas boa) pode acontecer. O usuário do imgur "ehtnaerokyug" divulgou um relato bem interessante no dia 29, dizendo que, ao praticar kayak, acabou deixando o seu iPhone 6 Plus cair no mar. No entanto, antes da viagem, ele tinha comprado uma case na Amazon da empresa Kobert Internacional, esta que protege o iPhone e é impermeável.
"Bem, infelizmente, eu caí na água (risos) e eu estava em pânico porque eu pensei que ia morrer ainda que estivesse usando colete salva-vidas, mas foi porque meu pé ficou preso em algas."
Ainda que pareça dramático, o rapaz realmente ficou apavorado com a situação e perdeu o seu iPhone sem perceber – o aparelho estava preso em seu pescoço. "Eu fiquei realmente triste naquela hora [que percebeu que estava sem o seu iPhone]", disse ele. Um dos trabalhadores do local que aluga os barcos também voltou para o mar para tentar encontrar o telefone, mas não teve muita sorte. "Eu então coloquei o meu telefone no modo perdido e deixei meu número e o de amigos para quem encontrasse ele". Depois de uma semana de espera, ele desistiu e se contentou que o seu iPhone havia sido "engolido" pelo mar.
Já no dia 8 de maio deste ano, ele recebeu uma notificação de que o iPhone estava ligado e havia sido rastreado. Sorte pura. Então, ele marcou um encontro com o outro rapaz que havia encontrado o aparelho para pegá-lo de volta.
"Quando cheguei ao local marcado, o iPhone estava no mesmo saco que eu tinha comprado na Amazon!" A pessoa que encontrou o aparelho havia ido praticar mergulho e viu o aparelho perto de uma rocha, ainda na bolsa. Claro, o rapaz que teve o seu aparelho resgatado ficou imensamente feliz por tê-lo novamente.
Como o iPhone não foi molhado nem um pouquinho, continuou em perfeito estado. Talvez ele não tivesse tanta sorte assim se a bolsa estivesse sido rasgada ou algo do tipo, mas este relato entra para mais uma daquelas listas de coisas incríveis e inusitadas que se acontecem na vida.
Há pouco tempo, publicamos um relato semelhante onde um iPhone 5C também foi submerso na mesma situação e foi resgatado pelo proprietário após ficar 152 dias no mar.
Como já aconteceu com estes dois rapazes, não queria esperar para que o mesmo aconteça com você e compre também uma dessas cases se for fazer alguma viagem e decidir entrar no mar com o seu celular. Nunca se sabe.
 
 
 o grande iphone 6 plus e o sony xperia z3+
Antes um ponto fraco para a Apple, o tamanho do display do iPhone hoje é seu diferencial, quando se trata do iPhone 6 Plus, phablet de 5,5 polegadas da marca, maior que o último Sony Xperia Z3+, conforme indicado em comparação no site Comparar Celular, que detalhou também as especificações das duas telas. Clique aqui para ler a matéria completa com a comparação dos dois celulares.

FICHA TÉCNICA DO IPHONE 6 PLUS
Fabricante: Apple Inc.;
Categoria: phablet high-end;
Série: oitava geração;
Antecessor: iPhone 5S (lançado no Brasil em 22 de novembro de 2013)
Anúncio oficial no Brasil: 14 de novembro de 2014;
Anúncio oficial no exterior: 17 de setembro de 2014 (EUA, Austrália, Canadá, China, França, Alemanha, Japão, Cingapura, Reino Unido e Hong Kong);
Slogan: "Bigger than bigger" ("maior do que maior", em tradução livre);
Sistema Operacional: Apple A8;
Operadoras: Claro, Oi, Tim e Vivo;
Preço no Brasil: R$ 3.499,00;
Preço no exterior: US$ 814,99 (cerca de R$ 2.485,00).

DADOS GERAIS DO SONY XPERIA Z3+
Fabricante: Sony Mobile Communications
Anúncio oficial no exterior: quebrando todas as expectativas de um possível lançamento em setembro, o aparelho foi lançado restritamente para o Japão, no último dia 20 de abril;
Anúncio oficial no Brasil: até o momento, não há nenhuma previsão de lançamento, nem mesmo se o modelo assumirá o nome de Xperia Z3+ ou Xperia Z4;
Sistema Operacional: Android 5.0 Lollipop;
Preço no Brasil: caso assuma o preço de seu antecessor, pode sair na faixa de 2.099 reais, na versão de 16 gigabytes;
Preço no exterior: estimativa de 499 dólares, na versão de 16 gigabytes;
Antecessor: Sony Xperia Z3, 3ª geração da linha Xperia Z;
Anúncio do antecessor: 4 de setembro de 2014.
Possíveis variantes: Sony Xperia Z4 Ultra e Sony Xperia Z4 Compact.
 
 
 Capa traseira de suposto iPhone 6s Plus exibe pequenas mudanças em sua estrutura
A Apple deve anunciar no início de setembro o iPhone 6s e sua versão Plus, renovando assim a sua linha de smartphones com novas tecnologias presentes no mercado. De uns tempos pra cá, os rumores acerca destes dispositivos se tornaram cada vez mais frequentes, o que é normal se considerarmos que estamos a poucas semanas de seu lançamento.
Agora, uma galeria de imagens foi divulgada demonstrando o que seria a capa traseira do iPhone 6s Plus, indicando assim que teremos algumas mudanças em sua estrutura com relação ao que é visto no atual iPhone 6 Plus. Algo que pode ser notado logo de cara é o aumento no tamanho do espaço reservado para o alto-falante do dispositivo, o que significa que poderemos ter uma grande melhoria neste quesito.
Além disso, o responsável pelo vazamento afirmou que o material com o qual a parte traseira do aparelho é construído é muito mais resistente do que tínhamos no modelo anterior, sendo pouco provável que ele passe pelo mesmo problema de envergamento que tivemos no iPhone 6 Plus. Isto vai de encontro a um rumor recente de que os novos produtos da Apple serão construídos em alumínio da série 7000, sendo este o mesmo composto utilizado em equipamentos voltados para atividades físicas de alto desempenho como bicicletas de corrida.
Com o que é visto nas imagens, entretanto, não é possível esperarmos grandes mudanças em termos de design, pois todos os elementos externos vistos são posicionados exatamente da mesma forma como temos atualmente, o que inclui a câmera, o flash dual-LED, e as portas localizadas em sua lateral inferior. Assim como tivemos nos recentes MacBooks, contudo, é especulada a presença de uma porta USB Type-C ao invés da conexão Lightning utilizada já há algum tempo.
Como nada foi confirmado pela Apple até o momento, não é possível atestarmos a veracidade de nenhuma das imagens disponibilizadas, sendo necessário aguardarmos que a própria companhia decida se pronunciar sobre o assunto para que possamos saber quais serão as reais características do novo phablet de Cupertino. Entretanto, dificilmente temos uma mudança realmente notável na geração "s" do iPhone, o que dá uma chance maior destas fotos serem bem próximas do que veremos em breve.
O iPhone 6s Plus deve ser anunciado junto à sua versão menor no próximo dia 11 de setembro, ganhando uma novíssima cor ouro rosé em adicional aos tradicionais modelos em branco, dourado, e cinza espacial, e sendo vendido já na semana seguinte em vários locais do mundo
 
 
 Veja aqui comparação dos displays do iPhone 6 e iPhone 6S
O anúncio do iPhone 6S só deve ocorrer em 9 de setembro, porém as informações sobre o novo smartphone da Apple não param de pipocar na internet. O site MacManiak publicou recentemente um vídeo (que você pode conferir no topo do texto) comparando o iPhone 6 com o iPhone 6S e trazendo mais detalhes sobre a tela e os componentes do dispositivo.  
As diferenças são bem sutis, já que só o posicionamento das partes internas que foi modificado – aparentemente, tudo o que vemos na carcaça do iPhone 6 será mantido. Essas diferenças supostamente ocorrerão para acomodar o uso do Force Touch (utilizado também no Apple Watch) e, por isso, o cabo flex (responsável por conectar o componente com o restante das peças) teve que ser reposicionado.
Em vez de dois conectores verticais, também encontramos aqui um horizontal e vertical – como você pode conferir nas fotos abaixo. Quanto às especificações, é esperado um chipset Apple A9 mais rápido, 2 GB de RAM e uma câmera traseira de 12 megapixels. Seja como for, somente com o anúncio oficial da Apple poderemos ter 100% de certeza sobre essas especificações.
Veja o video no link a seguir:
https://www.youtube.com/watch?v=GdAGoCGRqUk&feature=youtu.be
 
 
 Segundo blog chinês, iPhones 6S e 6S Plus realmente serão mais espessos
Informações do iPhone 6S e 6S Plus não param de pipocar em vários sites estrangeiros nos últimos dias, e hoje temos mais alguns detalhes do futuro aparelho da Apple. Já sabemos que o iPhone 6S possui 7.1 milímetros de espessura em vez dos 6.9 milímetros do iPhone 6; um leve aumento de tamanho que deve ter ocorrido devido ao acréscimo do recurso Force Touch. O mesmo ocorre no iPhone 6S Plus, que foi de 7.1 milímetros para 7.3 milímetros.
O Force Touch (como já mencionamos aqui no TecMundo) é capaz de identificar a quantidade de força que você faz sobre o visor para realizar diferentes tipos de comandos, algo já visto no Apple Watch. Com exceção do aspecto mencionado, as demais dimensões dos novos dispositivos continuarão iguais às do iPhone 6 e 6 Plus (inclusive, ainda teremos a câmera traseira protuberante no aparelho). Não existem mudanças visuais.
De acordo com um blog chinês, podemos ver algumas supostas imagens do iPhone 6S (veja a galeria logo abaixo). A fonte diz que essas imagens foram obtidas através de funcionários antigos da Foxconn – onde os dispositivos foram construídos. Você também pode visualizar fotos de demais componentes dos smartphones, como o botão Home que está com contornos dourados.
 
 
 Comparativo do G Flex 2 vs iPhone 6 Plus
O iPhone 6 Plus é o maior e mais parrudo smartphone que a Apple tem no mercado nacional, até mesmo lá fora. Do outro lado deste comparativo, coloquei o aparelho da LG com o hardware mais potente de todos, que é o G Flex 2 e seu polêmico processador Snapdragon 810. Qual dos dois será o melhor? Vale o investimento extra no iPhone, ou a economia ao levar o Android é realmente positiva?

Design
A Apple adota um corpo totalmente feito em metal, com exceção para a parte frontal de vidro. Esta escolha resulta em um acabamento mais refinado e, infelizmente, um smartphone que é bastante escorregadio nas mãos. O G Flex 2 continua com o plástico em mente, mas a curvatura do corpo do aparelho encaixa melhor na mão, pode regenerar alguns riscos leves e ainda permite até entortar levemente, sem qualquer dano para o dispositivo. Em beleza, o iPhone é o vencedor aqui. Em durabilidade e conforto, o G Flex 2. Empate técnico.

Hardware
Por aqui há uma grande diferença em números, já que a LG escolheu o mais parrudo processador da Qualcomm para o G Flex 2, que é o Snapdragon 810 rodando oito núcleos. São quatro núcleos em 1.5 GHz e outros quatro núcleos em 2 GHz, acompanhado de 2 GB de memória RAM e 16 GB de memória interna, junto de uma GPU Adreno 430. Já o iPhone é mais modesto, entregando um chip A8 com processador dual-core de 1.4 GHz, acompanhado de 1 GB de memória RAM, opções entre 16 GB, 64 GB e 128 GB de memória interna e uma GPU PowerVR GX6450. Esta sopa de letrinhas resulta em um desempenho que não está tão longe um do outro, como sugerem os dados técnicos. O G Flex 2 abriu primeiro o Facebook, Twitter e Instagram em nossos testes. Para jogos, o Real Racing 3 conseguiu abrir mais rápido no iPhone, mas a jogatina foi muito semelhante em ambos os casos - uma taxa de quadros por segundo quase que igual, com os mesmos efeitos e detalhes para os dois lados. Vencedor por aqui: G Flex 2.

Câmera
O G Flex 2 conta com 13 megapixels de câmera traseira, que briga com os 8 megapixels do iPhone 6 Plus. O resultado final das imagens é muito semelhante entre ambos os aparelhos para imagens com boas condições de luz, enquanto em fotos noturnas o G Flex 2 é um pouco superior ao exibir mais detalhes e uma maior quantidade de brilho entrando. Vencedor por aqui: G Flex 2.

Conclusão
O G Flex 2 custa, em média, R$ 1 mil mais barato do que o iPhone 6 Plus e isso já seria uma forma de declarar a vitória para o aparelho da LG. Junto disso, temos uma câmera um pouco superior para o G Flex 2, junto de design que proporciona uma pegada mais confortável e o corpo mais resistente, para fecharmos a vitória do G Flex 2. Por fim, na bateria temos quase que um empate técnico, já que o G Flex 2 entrega 3.000mAh contra 2.915mAh de seu concorrente por aqui, o que resulta em uma autonomia de poucas horas extras já no segundo dia de uso.
 
 
 Produção do iPhone 6s irá atrasar em até duas semanas diz famoso analista
Ming-Chi Kuo, um analista que possui um histórico impressionantemente positivo quando se trata de assuntos da Apple, veio a público mais uma vez pela companhia KGI Securities para falar acerca da produção em massa do iPhone 6s e a variante phablet, iPhone 6s Plus. De acordo com o profissional de mercado que atua no continente asiático, a fabricação das peças e montagem da carcaça dos futuros modelos da gigante de Cupertino irá atrasar em até duas semanas, forçando a tomada de ações visando não atrasar a estreia comercial da próxima dupla a integrar a família de smartphones com a maçã estampada em suas carcaças.
Ainda nas palavras de Ming-Chi Kuo, o atraso obrigou a Apple a cortar notavelmente a taxa de montagens do iPhone 6 e iPhone 6 Plus a favor de seus sucessores, então acredita-se que as duas semanas adicionais não irão afetar no calendário de distribuição pública dos lotes do iPhone 6s e iPhone 6s Plus. As duas corporações industriais responsáveis pela manufatura do par com iOS são a Foxconn e a Pegatrox, sendo que a primeira, presente de modo massivo em terras taiwanesas e chinesas, está em cargo de 60% dos processos inclusos na preparação dos exemplares dos aparelhos, mantendo seu cargo de fornecedora e sócia mais rentável da Maçã.
Em termos técnicos, espera-se que o iPhone 6s e sua variante de dimensões avantajadas tenham a mesma aparência encontrada nos dispositivos atuais da Apple, portando apenas mudanças internas, como a implementação do chipset A9, trazendo um processador de litrografia mais eficiente e uma placa gráfica mais poderosa na reprodução de recursos tridimensionais, 2 GB de RAM, câmera de 12 megapixels e a tecnologia Force Touch, que já está presente no smartwatch da marca e no novíssimo Macbook, permitindo a diferenciação de pressões na superfície da tela, adicionado mais funções ao iOS.
Reza a lenda que a Apple reunirá sua melhor equipe de palestrantes em um evento marcado para 11 de setembro a fim de apresentar suas novidades mais recentes aos seus fãs. E, tão impressionante quanto nos anos passados, tanto o iPhone 6s quanto o iPhone 6s Plus já devem ser disponibilizados um dia depois da cerimônia, portanto sendo encontrados na loja virtual e estabelecimentos físicos da Maçã a partir de 12 de setembro. Se tudo ocorrer como o planejado, os preços praticados pelos celulares remodelados serão os mesmos cobrados pelas versões de 2014. Vamos aguardar ansiosamente pelo próximo mês.
 
 
 Imagem sugere pequenas mudanças no design do iPhone 6s
Desta vez, uma nova imagem publicada por informantes industriais que alegam proximidade aos planos da gigante de Cupertino, é possível analista algumas mudanças sutis que devem acontecer no design do iPhone 6s, revelando a forma dos botões físicos ligeiramente mais arredondados e integrados em comparação aos mesmos componentes presentes em seus antecessores, iPhone 6 e a variante phablet iPhone 6 Plus, que trazem duas partes separadas.
Naturalmente, os entusiastas da Maçã ou simplesmente entendedores de tecnologia já não esperavam por alterações bruscas na aparência do novo dispositivo da companhia dos Estados Unidos. A razão disto está na próxima linha que a Apple irá atualizar, ‘iPhone s’, que geralmente chega às prateleiras apenas com novos componentes internos. Sendo assim, imagine o exato mesmo visual encontrado no iPhone 6, porém com mais ‘poder de fogo’ encontrado em sua lista de especificações técnicas, cujo resultado é destinado a quem já é um adepto ao gadget da marca estadunidense, mas quer desfrutar de uma fluidez aprimorada.
As mudanças internas incluem a adição de mais memória volátil, responsável por armazenar os dados temporários de aplicativos, saltando para 2 GB de RAM, a troca do chipset que funciona como ‘cérebro digital’ do eletrônico, ganhando um processador com clock superior, placa gráfica mais potente e arquitetura com menos nanômetros, isso tudo integrado no módulo A9. Finalizando, especula-se que a Maça implemente sua tecnologia própria de diferenciação de toques e níveis de pressão na tela, Force Touch, que já se encontra no Apple Watch e nos Macbooks mais recentes, oferecendo funções adicionais de interação com a interface iOS.
Todas as alterações devem ser compactadas em uma carcaça mais espessa e resistente do que a anterior, servindo como prevenção a acidentes como o #BendGate, polêmica criada na época de lançamento dos modelos atuais de iPhone quando algumas unidades sofreram variações em seu ângulo, sendo entortados com ‘facilidade’. Sabendo disto, Apple deve lançar o iPhone 6s e iPhone 6s Plus para, além de promover uma rapidez avantajada, corrigir os infortúnios vividos pela geração de 2014.
 
 
 Novas imagens exibem suposto iPhone 6s em linha de produção
A Apple irá apresentar sua nova geração de iPhones em setembro, cumprindo assim o cronograma que temos visto ano após ano na empresa. Até o momento, foram coletadas algumas informações importantes sobre o aparelho, como um grande upgrade em sua câmera principal que agora será capaz de filmar em 4K e algumas novas funções como o Force Touch, que deve acarretar em um aparelho levemente mais grosso que seus antecessores.
Recentemente, vimos o vazamento de imagens que seriam da parte traseira do iPhone 6s, demostrando que o dispositivo deve contar com pouquíssimas mudanças em sua estrutura e design, contando apenas com algumas melhorias em pontos criticados do atual iPhone 6. Agora, chegou a vez do pessoal do nowhereelse.fr liberarem algumas fotos da suposta linha de produção do novo smartphone da Maçã, permitindo assim que vejamos um pouco de seu painel frontal.
De acordo com as imagens, não é possível notarmos nenhuma diferença com relação ao atual dispositivo da Apple, sendo basicamente o mesmo componente visto nos modelos anunciados no último ano. Ainda assim, vale destacar que não foram revelados detalhes sobre o material com que as peças foram fabricadas, sendo esperada finalmente a troca do Gorilla Glass pelo Safira nesta geração.
Como não tivemos qualquer confirmação por parte da Apple sobre a veracidade das imagens divulgadas, não podemos acreditar que elas foram de fato capturadas nas linhas de produção do novo smartphone da empresa, restando aguardarmos que algo mais concreto seja liberado para que possamos saber quais serão as suas reais características. De acordo com o que tivemos até o momento, o novo iPhone 6s deve contar com a mesma tela de 4,7 polegadas , porém com o chipset Apple A9, 2GB de RAM e uma câmera principal de 12MP, com um módulo frontal de 5MP.
 
 
 O iPhone 6S terá pelo menos 32 GB de memória interna
Os iPhones com 16 GB de memória interna podem estar com os dias contados. A partir do iPhone 6S, previsto para chegar às lojas neste ano, a Apple deve adotar a versão de 32 GB como modelo mais básico para seus smartphones. Os rumores sobre o tema não são novos, mas foram reforçados pela imprensa especializada nesta semana.
Vale lembrar que o Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge, apresentados na Mobile World Congress 2015, apresentam ao menos 32 GB de espaço interno.
Com cada vez mais necessidade de espaço para fotos, músicas e aplicativos, os 16 GB dos iPhones de hoje passam a parecer pouco. Além disso, a falta de slot para cartões de memória agrava a situação para os compradores de smartphones da Apple. Enquanto isso, aumentar o armazenamento do sucesso do iPhone 6 para ao menos 32 GB é natural.
Ao anunciar o iPhone 6 e iPhone 6 Plus, a Apple revelou modelos com máximo de 128 GB de espaço interno, o dobro do que existia até o iPhone 5S. Curiosamente, o modelo atual do iPhone não oferece 32 GB (ele pula de 16 GB para 64 GB).
O iPhone 6S deve ser apresentado em setembro deste ano, segundo o calendário tradicional da Apple. Também é esperada a renovação do iPhone 6 Plus. A companhia não se manifestou sobre o tema.
 
 
 Lançamento do iphone 6c adiada para 2016
Os sucessores do iPhone 6 têm gerado informações ainda não confirmadas na Internet. As mais recentes divulgadas por sites de tecnologia revelam que a Apple vai lançar dois modelos ainda este ano, o 6S e 6S Plus, que deverão ser apresentados no habitual evento da marca, em setembro.
Já o iPhone 6C (mais pequeno do que os modelos S) não deverá estar disponível em 2015, contrariando informações anteriores que davam conta que a marca iria lançar três smartphones ainda este ano.
O modelo 6C, sucessor do 5C e que deverá ter um tamanho semelhante a este e ao 5S, estava, de acordo com o Business Insider, a ser desenvolvido desde o início de 2015.
As mais recentes informações, avançadas pelo DigiTimes, revelam que existe a possibilidade do iPhone 6C chegar apenas aos consumidores no segundo trimestre de 2016. Assim, fica posto de lado o rumor de que a Apple ia cancelar a produção deste modelo.
 
 
 Apple utilizará liga de alumínio 60% mais forte no iPhone 6S
A Apple deverá utilizar uma nova liga de alumínio super resistente na construção do seu próximo top de linha, provavelmente o iPhone 6S. De acordo com jornal Taiwan Economic Daily, o metal é 60 % mais forte do que o utilizado na geração atual e corresponde a 1/3 da densidade do aço inoxidável.
Denominado de “Série 7000”, o material já foi utilizado no Apple Watch e deve trazer resistência suficiente ao novo iPhone, para evitar o “entortamento” da carcaça. Para ter uma ideia da força deste tipo de metal, ele é largamente utilizado na construção de bicicletas de competição. Outra novidade que o 6S irá herdar do Apple Watch é a tecnologia chamada de Force Touch, que permite ao sensor toque capacitivo identificar toques leves e toques pesados no display.
Além da nova carcaça e sensor de toque, o iPhone 6S pode vir equipado com um novo Retina Display e processador A9 de 64 bits, ambos desenvolvidos pela Samsung. É provável que não ocorram alterações no tamanho da tela, mantendo-se a resolução HD/4,7 polegadas no iPhone 6 e Full HD/5,5 polegadas no iPhone 6 Plus.
É quase certo que a Apple mantenha sua agenda histórica e apresente os seus novos aparelhos em setembro. Até lá novas informações devem surgir.
 
 
 IPhone 6S pode ter conexão à Internet turbinada sem gastar mais bateria
Os novos modelos de iPhone devem ser anunciados em setembro, mas rumores apontam que tanto o iPhone 6S, como o 6S Plus, virão com novo modem 4G, que permitirá downloads de até 300 mbps. Essa velocidade é o triplo do atual smart da Apple. De acordo com o site 9to5mac, o chip super veloz, desenvolvido pela Qualcomm, ainda reduz o consumo de bateria.
O modem MDM9635M, também conhecido como “Gobi” ou “9X35”, foi apresentado pela Qualcomm em 2013, aparentemente, sendo aproveitado somente este ano. O iPhone 6 e o iPhone 6 Plus, tops de linha atuais da Apple utilizam a geração anterior deste chip, a “9X25”, que atinge velocidades de download de até 100 mbps.
Outra informação trazida pelo site revela que a nova geração “S” deverá ter mesmo um novo par de câmeras digitais. Um documento vazado por um funcionário da Foxconn revela que os sensores terão 5 e 12 megapixels, nas câmeras frontal e traseira, respectivamente. Nos modelos atuais, são 1,2 e 8 megapixels.
Para acomodar as novidades, os novos iPhones devem “engordar” 0,1 mm na versão 6S e 0,3 mm na versão 6S Plus. A fabricante de cases ITSkins, já trabalha nos acessórios para os novos aparelhos e deixou escapar os projetos com as suas medidas. Consolidando os dados vazados até o momento, os modelos S terão um novo processador 64 bits A9, 2 GB de memória RAM e um novo corpo de alumínio super-resistente.
Há ainda o rumor de uma nova cor, a ouro rosé, e do novo sensor de toque inteligente Force Touch, mas até agora nada foi confirmado. A Apple não comenta vazamentos.
 
 
 Câmera de 12 MP do iPhone 6s ainda seria protuberante
Talvez um fator da aparência do iPhone 6 e iPhone 6 Plus tão comentado quanto as listras de proteção à antena na parte posterior da estrutura seja a presença de uma protuberância na área onde o sensor fotográfico está localizado. Piadas foram feitas pelos rivais e houve uma quantidade notável de reclamações partindo de usuários do iOS, porém isso não limitou as vendas da Apple, que bateu todos os recordes possíveis de venda. Desta forma, em seus próximos modelos, a gigante de Cupertino parece não querer mudar o ingrediente que destacou a câmera da estrutura principal, mantendo a parte saltada ao adicionar um componente de 12 megapixels.
Segundo o blog NowhereElse, que sempre está por dentro das situações industriais em solo chinês, as imagens acima foram retiradas de fornecedoras que já estão trabalhando a todo o vapor para entregar os lotes pedidos pela Apple antes da apresentação formal do iPhone 6s e iPhone 6s Plus. As fotografias do sensor fotográfico, que ainda está em fase de produção, revelam que devemos realmente esperar por câmeras que formam relevo na carcaça posterior dos futuros celulares com iOS, mantendo exatamente a mesma aparência de seus antecessores, algo comum em relação à linha 's' da empresa dos Estados Unidos.
De fato, acredita-se que os novos iPhones possuam basicamente a mesma estrutura das versões do ano de 2014, incluindo o tamanho de tela, 4,7 polegadas no smartphone e 5,5 polegadas no phablet. Sabendo disto, devemos aguardar somente por alterações no interior dos produtos, incluindo o salto de 8 megapixels para 12 megapixels na câmera principal, a presença de um chipset aprimorado, cujo processador e placa gráfica rodariam em um clock superior, além de usar menos energia para funcionar, aliando-se a uma bateria com capacidade avantajada em miliamperes a fim de impulsionar a autonomia dos aparelhos renovados.
 
 
 Apple está trabalhando em iPhone 6S na cor rosa
De acordo com as imagens vazadas na última semana e alguns novos rumores, a Apple já estaria trabalhando na nova versão do iPhone. De acordo com fontes que trabalham em fornecedores e parceiros da Apple, o processo de fabricação do iPhone 6S já está em andamento e inclui uma versão rosa do aparelho.
O analista Ming-Chi Kuo da KGI Securities foi o primeiro a relatar que a Apple estava planejando adicionar uma nova opção de cor ao seu smartphone ainda neste ano. Apesar das imagens mostrarem apenas uma carcaça do atual iPhone 6 pintada de rosa, ela mostra como o iPhone 6S nesta cor deverá parecer, visto que o novo modelo deverá ter aparentemente poucas mudanças no design externo, com diferenças apenas nas entradas e saliências do aparelho, bem como o encaixe do hardware dentro da carcaça.
A nova opção de cor oferecerá aos usuários a oportunidade de escolher entre quatro cores diferentes - além da rosa, o iPhone é comercializado nas cores ouro, cinza e prata.
Segundo as fontes, a Apple está planejando enviar para as lojas ao menos 50 milhões de unidades do iPhone 6S no último trimestre do ano, quando as vendas costumam aumentar consideravelmente devido às festas de final de ano. Considerando a fabricação do iPhone 5S, iPhone 6, iPhone 6 Plus e agora o iPhone 6S, a Maçã chegaria a alcançar a marca de 240 milhões de unidades produzidas neste ano, um aumento considerável em relação aos 192 milhões de aparelhos fabricados em 2014.
A chegada do iPhone 6S é prevista para acontecer em setembro e deve trazer algumas modificações consideráveis em relação aos modelos anteriores, como o aumento para 2 GB de RAM, melhoria no sensor da câmera, um processador mais rápido e a tecnologia Force Touch, o que tornaria a experiência do iPhone ainda mais fluída e satisfatória.
 
 
 Apple perde a liderança em vendas de smartphones na China mesmo com o lançamento do iphone 6
A Apple não é mais rainha do mercado de smartphones na China, segundo a empresa de pesquisa Canalys. Para o segundo trimestre do ano, a fabricante local, Xiaomi, se recuperou com uma quota de mercado estimada de 15,9%, roubando o primeiro lugar da Maçã. Em segundo temos a Huawei que apresentou um ótimo resultado no mercado de smartphones em 2015 com um total 15,7% das vendas. A demanda por telefones de ambos os rivais locais da Apple empurrou a empresa para o terceiro lugar, depois de ter sido a protagonista deste setor nos dois últimos trimestres.

No último trimestre de 2014, o iPhone 6 e iPhone 6 Plus ajudaram a Apple a prender o primeiro lugar na China pela primeira vez, de acordo com a Canalys, superando tanto Xiaomi e Huawei. Dado que o preço de venda do iPhone é maior do que o de telefones feitos por fornecedores chineses, Canalys chamou isso de "um resultado surpreendente" naquele momento. A Apple manteve a sua posição dominante na China durante o primeiro trimestre de 2015, segundo a empresa de pesquisas International Data Corporation, com uma quota de 14,7% e os embarques de 14,5 milhões de mercado.

O que há por trás da mudança nas fileiras? O iPhone 6 e iPhone 6 Plus agora estão com 10 meses de idade, e a próxima geração da Apple tende a ser revelada em setembro. A demanda para a formação atual tipicamente tende a diminuir com cada novo trimestre. Sendo o segundo trimestre da Apple (terceiro trimestre fiscal) geralmente o mais fraco. Além disso, o mercado de smartphones chinês tornou-se mais saturado e lento, levando a uma maior consolidação entre os principais fornecedores. Ambos oferecem uma vasta gama de produtos de nível médio com preços mais acessíveis aos consumidores.

"O mercado chinês de smartphones continua a amadurecer, permanecendo estagnado trimestre a trimestre", disse o analista da Canalys, Jingwen Wang, em um comunicado de imprensa. "A competição entre as principais marcas nunca foi tão intensa. Huawei registrou os maiores embarques de smartphones em sua história, sem comprometer a sua margem de produto ou rentabilidade."
Em seu breve comunicado de imprensa, Canalys não especificou a quota de mercado no segundo trimestre da Apple na China. Mas um relatório do Counterpoint Research previu números de participação de mercado de 15,8% para Xiaomi, 15,4% para Huawei e 12,2% para a Apple, de acordo com o TechCrunch. Embarques de smartphones da Apple na China manteve-se forte, de acordo com Counterpoint, apesar da desaceleração sazonal.

China continua a ser um forte mercado para a Apple. Durante o primeiro trimestre do ano, a China passou oficialmente os EUA como maior mercado para o iPhone. Durante o segundo trimestre, as vendas do smartphone da Maçã no país mais que dobrou, de acordo com a Apple. China está no caminho certo para adicionar quase US$ 60 bilhões em vendas para as receitas globais e quase US$ 15 bilhões em receita operacional em 2015, da Apple, disse Counterpoint. No entanto, o CEO da empresa, Tim Cook, reconheceu que a China poderia ver algumas dificuldades de fornecimento por causa de problemas econômicos.

A China é o maior mercado de smartphones do mundo. Mas a demanda por celulares vem caindo. O crescimento do mercado de smartphones do país durante todo 2015 será relativamente plano, previu o IDC China. O país é muitas vezes considerado como um mercado emergente, mas a realidade é que a grande maioria dos telefones vendidos na China são smartphones, semelhante a outros mercados de primeiro mundo como os EUA, Reino Unido, Austrália e Japão.
 
 
 Novidades nas musicas do iphone 6
O Apple Music permite que os usuários acompanhem seus artistas favoritas através do Connect. O recurso já vem habilitado e, por padrão, você já está seguindo os cantores e bandas das músicas da sua biblioteca do iCloud. Confira as dicas sobre como usar o Connect para seguir seus artistas e bandas favoritas.

Configurando o seu perfil
Passo 1. No iOS, abra o novo aplicativo de músicas e toque sobre o botão no canto superior esquerdo da tela. Em seguida, toque sobre o seu nome;
Passo 2. Toque em “Editar”, no canto superior direito da tela. Por fim, entre com um apelido (@nome) e adicione uma foto;
Passo 3. Para configurar o seu perfil no computador, usando o iTunes, clique sobre o seu nome de usuário, à esquerda da barra de buscas. Em seguida, clique sobre o seu nome;
Passo 4. Por fim, edite o seu nome, adicione um apelido e, após fazer os ajustes desejados, clique em “Salvar” ;
Passo 5. No iOS, abra o novo aplicativo de músicas e toque sobre o botão localizado no canto superior esquerdo da tela. Em seguida, toque em “Seguindo”. A lista de artistas que você está seguindo será carregada;
Passo 6. Toque em “Não seguir” para deixar de acompanhar um artista. Caso queira seguir alguma banda ou músico, toque em “Seguir mais artistas e curadores”. Por fim, localize-o e toque em “Seguir”;
Passo 7. No iTunes para computador, o usuário pode usar a busca integrado do aplicativo para localizar um artista ou banda;
Passo 8. Nos resultados da pesquisa, acesse a página do artista ou banda clicando sobre o resultado na seção “Artistas”;
Passo 9. Por fim, clique em “Seguir” para acompanhar os trabalhos do artista;
Passo 10. No iOS, o feed de notícias do Connect pode ser acesso pelo aplicativo de músicas, tocando sobre o botão localizado no canto inferior direito da tela;
Passo 11. Caso esteja no computador, basta abrir o iTunes e clicar em “Connect”, na barra superior da janela.

Pronto! Com essas dicas, você poderá usar o Connect para acompanhar os trabalhos dos seus artistas e bandas preferidas.
 
 
 Como boquear musicas consideradas explicitas no iphone 6
Alguns usuários do Apple Music, serviço de streaming de músicas, se depararam com um problema, no mínimo, inconveniente. Algumas faixas e até mesmo álbuns inteiros estavam desativados. Inicialmente se pensou que eram porque tais faixas não estavam disponíveis no Brasil, mas não é bem por aí.
As faixas ficam marcadas como explícitas e são "puladas" pelo player, que mostra os títulos em cinza. Em rádios e playlists, elas também não aparecem. Álbuns de rap chegam a ficar totalmente bloqueados.
Uma rápida investigação nos dados da faixa, mostra que as músicas que contém "letras vulgares" ou outras palavras de baixo calão são classificadas como “Inadequadas" e marcadas por um "E" vermelho. 
A Apple entende que essas músicas são ofensivas e acha por bem escondê-las dos seus usuários, de forma conservadora. Aprenda a ativar tais faixas e ouça a música que você quiser no PC ou no iPhone.

Passo 1. Acesse o aplicativo “Ajustes” e depois vá em “Geral”. Em seguida, toque em “Restrições”;
Passo 2. Toque em “Ativar Restrições”, se ela já não estiver ativa. Será necessário digitar a sua senha duas vezes;
Passo 3. Vá até a sessão “Conteúdo permitido” e acesse o item “Música e Podcasts”;
Passo 4. Ative a opção “Explicit”. Se ela já estiver ativada, desative e logo em seguida ative novamente;
Passo 5. Volte para a tela anterior e desative as restrições, se assim desejar.

Quem usa o Apple Music pelo computador, seja ele Windows ou Mac, pode se deparar com a mensagem abaixo no iTunes (programa necessário para ouvir o streaming em desktops). Ela também bloqueia música classificadas como "Explicit". Confira como resolver o problema no computador.

Passo 1. Acesse o menu do iTunes, tocando no botão do canto superior esquerdo e depois vá em "Preferências";
Passo 2. Na janela que abrir vá até a opção "Parental";
Passo 3. Nela, desmarque a caixa de seleção que diz "Músicas com conteúdo explicíto".

Pronto, desta forma você poderá resolver o problema de músicas desativadas e ouvir qualquer música.
 
 
 Como melhorar a qualidades da chamada do iphone 6
O iOS conta com uma opção de acessibilidade que permite deixar o som das chamadas telefônicas com menos ruído. O recurso, embora seja destinado a pessoas com necessidades especiais, pode ser usado para melhorar a qualidade das ligações em ambientes com muito barulho. Confira como ativar o "cancelamento de ruído" em seu iPhone.

Passo 1. Acesse as configurações do iOS e toque em “Geral”;
Passo 2. Em seguida, toque em “Acessibilidade”. Por fim, deslize a tela até a seção “Audição” e ative a opção “Cancelamento de Ruído”.

Pronto! Com essa dica simples, a qualidade do som das suas ligações deve melhorar em ambientes com muito ruído.
 
 
 Como receber ligações apenas dos favoritos no iphone 6
Bloquear contatos no iPhone é uma excelente opção para quem não deseja ser incomodado. O que pouca gente sabe é que a ferramenta “Não Perturbe” conta com uma opção que permite receber ligações apenas de contatos favoritos. Para entender a função, veja o nosso passo a passo.

Passo 1. Siga até as configurações do sistema e acesse “Não Perturbe”. Em seguida, entre em “Permitir Ligações de”;
Passo 2. Marque a opção “Favoritos”. Agora, com Não Perturbe ligado, você receberá apenas ligações de seus contatos marcados como favoritos. Para ligar o Não Perturbe é simples. Basta abrir a central de controle do iOS e tocar sobre o ícone de lua.

Pronto. Aproveite a dica e mantenha seu iPhone recebendo ligações apenas de pessoas que você considera importantes.
 
 
 Você realmente sabe usar o seu iphone 6? Confira
Apesar do preço "salgado", o iPhone 6 trouxe recursos que o mantiveram no pódio de melhores smartphones do mercado. Porém, diante de tantas funcionalidades, boa parte das pessoas sequer sabe o que fazer para tirar o máximo de proveito do aparelho e do sistema iOS. Confira uma lista cheia de dicas e truques para deixar o smart da Apple ainda melhor.

1. Crie uma ficha médica para situações de emergência 
O iOS 8 tem uma funcionalidade que pode ser muito útil em casos de emergência. Os usuários que desejarem podem cadastrar uma ficha médica dentro do app Saúde - aplicativo nativo do iPhone 6. Nela é possível informar dados importantes como tipo sanguíneo, ficha médica, contatos para recorrer em casos urgentes e mais. O mais interessante é que esses dados podem ser acessados a qualquer momento, sem precisar desbloquear o iPhone. 

2. Economize bateria deixando a tela do aparelho em preto e branco
O iPhone permite que o usuário customize uma série de opções do aparelho, inclusive a cor da tela. Para deixá-la em preto e branco, entre em "Ajustes" > "Geral" > "Acessibilidade" > "Tons de cinza". Este recurso pode ser um ótimo aliado para economizar a bateria do seu gadget.

3. Ligue o Acesso Guiado para limitar os apps que podem ser abertos
Esta função pode ser muito interessante para quem tem criança em casa. Isso porque ela limita seu dispositivo a um único app e permite que você controle quais recursos estarão disponíveis para serem usados. Dessa forma, você poderá restringir temporariamente o dispositivo iOS a um app específico ou desativar áreas da tela que não são pertinentes. Para isso, acesse "Ajustes" > "Geral" > "Acessibilidade" > "Acesso guiado". Este é um recurso pouco conhecido, mas permite que pais controlem o que seus filhos acessam e funciona também para bloquear o conteúdo de outros adultos enxeridos. 

4. Oculte imagens do álbum de fotos
O iPhone 6 traz um recurso que permite "esconder" imagens do álbum de fotos. Para isso, pressione a figura que deseja ocultar e aguarde. O iPhone mostrará duas opções: copiar e ocultar. Aperte em Ocultar e a imagem não vai mais aparecer naquele álbum.  

5. Edite textos dentro do Bloco de notas
Uma função bem legal do iPhone 6 é poder editar textos dentro do Bloco de notas - app nativo do dispositivo. É possível colocar palavras em negrito, itálico, sublinhada ou até acrescentar imagens dentro do documento. Para editar uma palavra, selecione-a - como no procedimento usado para copiar. Depois de selecionada, vão aparecer opções como "Cortar", "Copiar", "Colar" e uma seta para o lado direito. Clique na seta e você poderá ver mais opções. Feito isso, aperte em BIU. Pronto, agora você verá alternativas como colocar em negrito, itálico ou sublinhado. 
Para inserir uma foto dentro do texto, selecione uma palavra e você verá a opção "Inserir uma foto". Ao clicar, o iPhone te redirecionará para o álbum de fotos. Basta selecionar a que você deseja que apareça. 

6. Nomeie grupos de mensagens 
Para facilitar a vida dos usuários, o gadget da Apple criou uma função que ajuda a organizar o app nativo Mensagens (ou SMS). É possível nomear conversas quando mais de uma pessoa fizer parte da mensagem. Basta acessar a palavra "Detalhes", no topo direito da tela e escolher um nome para o grupo, como mostra a foto acima. Simples, não é? 

7. Compartilhe sua localização com um contato
Ainda falando sobre o aplicativo Mensagens, é possível usar o programa para enviar sua localização para um contato. Para isso, entre em "Detalhes" e aperte "Compartilhar Localização". Você pode selecionar se deseja compartilhar sua localização por uma hora, até o fim do dia ou sem limite - como indica a imagem acima. 

8. Configure seu smart para apagar mensagens frequentemente 
Existe uma forma de configurar o aplicativo Mensagens para que as conversas trocadas com outros contatos sumam de acordo com o tempo que você programar. Para isso, entre em "Ajustes" > "Mensagens" > "Manter mensagem". Selecione se você deseja mantê-las por tempo indeterminado, um ano ou 30 dias. 

9. Escaneie seus cartões de crédito
Para quem costuma fazer compras online, essa pode ser uma ótima funcionalidade. O iOS 8, além de salvar o número dos seus cartões de crédito, ainda permite usar a câmera para escanear um cartão. Assim, os usuários não precisam mais perder tempo digitando os números e o risco de digitar algo errado acaba, pois os dados como nome, número e data de validade do cartão são preenchidos automaticamente. O recurso também está disponível no Safari, quando um campo de cartão de crédito é identificado – basta tocar em “Preenchimento Automático” e “Usar Câmera”.

10. Veja qual app está acabando com a sua bateria
O iOS 8 conta com um recurso útil para quem precisa passar muito tempo com o iPhone ou iPad longe da tomada. Agora, o sistema registra o gasto energético de cada aplicativo e "dedura" os vilões da bateria. Com essa informação, o usuário pode desinstalar o aplicativo, evitar usá-lo quando precisar poupar a bateria ou bloquear a execução em segundo plano. Para isso, entre em "Ajustes" > "Geral" > "Uso" > "Uso da bateria". 
Após identificar os aplicativos que mais consomem bateria, você tem três opções: desinstalar, evitar usá-los quando estiver com pouca carga ou desativar a atualização em segundo plano.
 
 
 Novo aparelho para o iphone 6 plus e o ipad
Os óculos AirVR prometem levar os usuários do iPhone 6 Plus e iPad mini a uma realidade virtual em 3D. O novo par de lentes foi divulgado no site Kickstarter, e seu projeto de financiamento coletivo precisa arrecadar US$ 20 mil (R$ 47 mil) até o dia 16 de outubro. O dispositivo custa US$ 49 (R$ 115, sem impostos), com previsão de entrega para dezembro deste ano, caso o produto seja um sucesso. No Brasil, a empresa canadense Metatecture cobra um frete que é variável, que deve ser escolhido pelo próprio cliente.
A tecnologia do AirVR é similar ao Gear VR, da Samsung, que utiliza aparelhos móveis Galaxy como visores. Ele também concorre com o Oculus Rift, cuja fabricante foi comprada pelo Facebook em março, por US$ 2 bilhões (R$ 4,7 bilhões). O par de lentes do AirVR é estereoscópico, ou seja, passa a impressão de imersão em um ambiente tridimensional. A versão que funciona com o iPhone 6 Plus se chama AirVR+.
O acessório apresenta um painel de botões chamado TouchStrip, que permite mexer com aplicativos de seu tablet ou smartphone assim que ele estiver conectado. A tecnologia MFi iOS também possibilita ligar gamepads para apreciar jogos com o AirVR. O gadget tem acelerômetro, giroscópio, GPS, sistema de desenvolvimento Unity e pesa 190 gramas no modelo padrão normal. A versão para iPhone 6 Plus pesa um pouco menos: 150 gramas.
Os chamados PhotoVR e MovieVR são aplicativos que fornecerão novas dimensões de fotografias e filmes armazenados. Já o programa PanoramaVR oferece a opção de registro de imagens em 360 graus.
 
 
 Descubra como liberar espaço no seu iphone 6
Todo mundo que tem um iPhone ou iPad e já se deparou com pouco espaço no disco do smartphone sabe o quanto esta situação pode atrapalhar funções comuns, como tirar fotos e instalar aplicativos. É comum tentar solucionar o problema apagando as imagens ou removendo outros apps, mas existem outras medidas que podem ser tomadas para ajudar. Veja uma lista com dez dicas para ganhar espaço no iOS.

1. Libere espaço com o app PhoneClean
A primeira dica é baixar o aplicativo PhoneClean no TechTudo Downloads. O programa fará uma varredura no sistema operacional e hard disk de seu aparelho, buscando arquivos que estejam sobrando e que "congestionam" a memória do telefone ou do tablet. Dentre os tipos de arquivos que serão limpos, estão caches, cookies, dados offline e temporários.
Esta também uma ótima dica para os que estão sentindo que o iOS está mais lento do que deveria, uma vez que o programa ajuda na otimização do smartphone e, consequentemente, fará com que ele fique mais rápido.

2. Limpe a lista de leitura do Safari
O Safari, navegador nativo do iOS, tem uma função bem legal, a lista de leitura, que permite ao usuário salvar qualquer link para ler posteriormente. Porém, como o recurso disponibiliza todo o conteúdo salvo para ler até offline, isso significa que ele salva esses dados no seu iPhone, e guarda tudo em cache.
Para apagar todo esse conteúdo, basta ir em Ajustes > Geral > Uso > Gerenciar Armazenamento > Safari. Ao fazer isso, você verá o botão “Editar” no topo. Aperte ali e exclua a Lista de Leitura Offline.

3. Faça backup de suas fotos e vídeos
É inevitável: apagar as fotos e os vídeos do seu smartphone é a maneira mais rápida de conseguir espaço livre no disco do aparelho. Para você não perder esse conteúdo, faça o backup para um computador, um HD externo ou mesmo para nuvem, através dos serviços disponíveis como Dropbox, iClound, Skydrive e outros. 

4. Limpe o histórico do navegador 
Pode parecer óbvio, mas pouca gente faz. Para recuperar o espaço ocupado pelos dados do histórico, vá em Ajustes > Safari> Limpar Histórico e dados dos sites. É simples, mas resolve boa parte do problema.

5. Pare de salvar as fotos originais no Instagram
Toda vez que você compartilha uma foto no Instagram, o aplicativo salva no seu celular uma foto diferente com os filtros que você utilizou, além da foto original. Dessa forma, você fica com duas fotos praticamente iguais no dispositivo. Para que a rede social pare de salvar essas fotos duplicadas, entre no Instagram e vá até as configurações do app. Depois basta desmarcar a opção “Salvar fotos originais”.

6. Não guarde as mídias do WhatsApp
Com a troca de imagens e vídeos pelo WhatsApp cada vez mais comum, os smartphones ficam ainda mais sem espaço livre. Para resolver esse inconveniente, entre no mensageiro e clique em Ajustes. Depois, acesse Ajustes de Conversa e desmarque a opção Salvar Mídia Recebida, como mostra a imagem.

7. Não mantenha duas fotos iguais ao usar o recurso HDR
O recurso HDR, do inglês “High Dinamic Range” ou “Grande Alcance Dinâmico”, ajusta imagens que têm áreas claras e escuras (entenda o que é a função HDR no app de câmera do iOS). Porém, para conseguir uma foto com essa característica, a câmera captura, pelo menos, três imagens com exposições diferentes da mesma cena. Isso pode fazer com que o seu álbum de fotos do iOS tenha imagens repetidas.
Para se certificar de que você não está com fotos duplicadas no iPhone ou iPad, entre em  Ajustes > Fotos e Câmera > e desmarque a opção no final Manter Foto Normal.

8. Mantenha só as músicas que você realmente ouve
Pare e pense: você realmente precisa de todas as músicas que estão no seu smartphone? Se a resposta for não, faça uma varredura do que você não escuta mais e apague as músicas que você não ouve com tanta frequência.
Aproveite e apague suas músicas duplicadas. O iTunes faz isso autonomamente, o que é muito útil para organizar sua biblioteca. O recurso pega o nome de todas as faixas e lista as que possuem nomes iguais.

9. Elimine mensagens antigas SMS ou do iMessage
Poucos conhecem esse recurso, mas o iPhone permite que os usuários do iMessage apaguem automaticamente as mensagens. Por padrão, a configuração vem em “Sempre”, o que fará com que as mensagens não sejam apagadas nunca, porém, você pode mudar esse tempo de armazenamento para um ano ou 30 dias. Para isso, entre em Ajustes > Mensagens > Manter Mensagens. Clique no tempo de sua preferência.

10. Descubra quais apps estão monopolizando mais espaço 
É bem simples descobrir quais apps estão gastando mais a memória do seu smartphone. Para isso, entre em Ajustes > Geral > Uso > Gerenciar Armazenamentos. Agora, resta decidir quais aplicativos ficam e quais você vai remover do aparelho.
 
 
 Transgrida o IOS do seu iphone 6 de IOS 9 para IOS 8.4
O iOS 9 teve a primeira versão beta pública lançada no início de julho e trouxe várias novidades. Se você instalou para testar os novos recursos e está com problemas, pode voltar para o iOS 8.4. Confira a dica e veja como reinstalar a última versão do sistema anterior ao beta. O procedimento é o mesmo para iPhones, iPads e iPods.

Preparativos
Passo 1. Em seu computador, acesse o site ipsw.me. Nele, selecione o modelo do seu aparelho e, à direita, a última versão estável do iOS – em verde. Vale ressaltar que só é possível voltar para a versão mais recente. Nesse caso, o iOS 8.4;
Passo 2. O download pode demorar algumas horas para ser concluído, dependendo da velocidade da sua conexão. Nesse tempo, caso ainda não tenha feito, aproveite para instalar o iTunes e fazer um backup do seu aparelho, tanto no computador quanto pelo iCloud;

Desativando busca
Passo 3. Para restaurar um iPhone, iPod ou iPad com a versão anterior do sistema, primeiro é necessário desativar a ferramenta de busca. Para isso, Acesse as configurações do iOS e toque em “iCloud”. Em seguida, toque em “Buscar iPhone” – ou “Buscar iPad”;
Passo 4. Desative a opção “Buscar iPhone” ou “Buscar iPad”, dependendo do tipo do seu dispositivo. Por fim, digite a senha da sua conta iCloud, para desativar a busca;

Fazendo downgrade
Passo 5. Após concluir o download do arquivo IPSW, abra o iTunes e conecte o seu gadget ao computador. Em seguida, clique sobre o ícone do dispositivo, no canto superior esquerdo da janela;
Passo 6. Pressione a tecla “option” e, à direita, clique sobre o botão “Restaurar iPhone…”. Caso esteja usando o Windows, pressione a tecla “shift”;
Passo 7. Por fim, localize o arquivo IPSW baixado e confirme que deseja restaurar o dispositivo. Algumas pessoas recomendam colocar o iPhone ou iPad em modo DFU antes de restaurar o sistema, mas o procedimento não é obrigatório.

Pronto! O seu iPhone ou iPad será restaurado com a versão estável do iOS. Se você fez backup dos dados durante o processo de configuração inicial, terá a opção de restaurá-los.
 
 
 Impressão 3D chega ao iPhone 6 com lançamento de novo scanner
O iSense, scanner 3D doméstico para iPod, agora também está disponível para iPhones. A 3D Systems, empresa desenvolvedora do aparelho, anunciou o lançamento nessa semana, além de uma grande atualização para o aplicativo do gadget, tanto para usuários de iPad como de iPhone. 
O novo iSense é compatível com os smartphones iPhone 6 e iPhone 6 Plus e também conta com uma case exclusiva que pode ser encaixada no iSense. Já a nova versão do aplicativo é gratuita e oferece maior acompanhamento, mapeamento de textura e aumento da velocidade, se tornando até três vezes mais rápido que as versões anteriores.
O dispositivo, com design compacto, transforma o iPhone em um scanner 3D com reconhecimento automático de objetos para extrair aspectos precisos e até mesmo fundos visualmente complexos. O escaneamento pode ser feito entre cinco e 30 segundos e o app ainda apresenta corte rápido e ferramentas de valorização e solidificação.
A partir do aplicativo, você envia o comando para uma impressora 3D para que os objetos possam ser impressos. O iSense é compatível com qualquer modelo de impressora 3D da 3D Systems. A empresa oferece modelos dos mais diversos, com preços que variam entre o equivalente a R$ 3,4 mil e mais de R$ 250 mil, dependendo do tamanho máximo do objeto, resolução, tecnologia de impressão e matéria-prima.
A chegada do iSense aos smartphones pode ajudar a popularizar a tecnologia de impressão 3D. Como o dispositivo é compacto e muito simples de usar, pode fazer sucesso entre os usuários de iPhone. Com ele, é possível criar presentes de última hora e diversos objetos de decoração, por exemplo. Porém, a necessidade de ter uma impressora 3D pode dificultar, já que aumenta muito os custos.
O iSense para iPhone pode imprimir objetos em 3D em questão de poucos minutos. Ele está disponível para pré-venda no Cubify e outros distribuidores e começará a ser distribuído no dia 7 de julho. Ele custa U$ 499 (cerca de R$ 1.550,69 em conversão direta) e pode ser enviado para o Brasil.
 
 
 
Categorias
0
Cemitérios
Cidades
Ciência
Cultura e Lazer
Dicas
Economia
Educação
Esporte
Gastronomia
Iphone
Meio Ambiente
Moda
Mundo
Natureza
Notícias
Parques
Planeta Bizarro
Política
Prefeituras
Saúde
Tecnologia
windows 10
posts bloguei Posts
Setembro de 2010 5  postagens    
Fevereiro de 2011 5  postagens    
Março de 2011 26  postagens    
Maio de 2011 19  postagens    
Julho de 2011 11  postagens    
Agosto de 2011 11  postagens    
Janeiro de 2012 19  postagens    
Julho de 2012 8  postagens    
Outubro de 2012 1  postagens    
Novembro de 2012 8  postagens    
Maio de 2013 4  postagens    
Junho de 2013 16  postagens    
Outubro de 2013 1  postagens    
Novembro de 2013 1  postagens    
Dezembro de 2013 1  postagens    
Janeiro de 2014 4  postagens    
Junho de 2014 9  postagens    
Agosto de 2014 1  postagens    
Setembro de 2014 1  postagens    
Novembro de 2014 1  postagens    
Dezembro de 2014 5  postagens    
Janeiro de 2015 7  postagens    
Fevereiro de 2015 36  postagens    
Março de 2015 19  postagens    
Abril de 2015 17  postagens    
Maio de 2015 29  postagens    
Junho de 2015 16  postagens    
Julho de 2015 44  postagens    
Agosto de 2015 73  postagens    
Setembro de 2015 214  postagens    
Outubro de 2015 238  postagens    
Novembro de 2015 198  postagens    
Dezembro de 2015 125  postagens    
Janeiro de 2016 70  postagens    
Fevereiro de 2016 125  postagens    
Março de 2016 126  postagens    
Abril de 2016 28  postagens    
Junho de 2016 1  postagens    
Todos os Posts
 
Untitled Document